Saúde

Vacinação contra a Covid em família de elite provoca polêmica em Manaus

Foto: Reprodução

A vacinação contra a Covid-19 começou em Manaus na terça-feira, 19, com polêmica. Profissionais de saúde que estão na linha de frente desde o início da pandemia do novo coronavírus ficaram revoltados porque duas herdeiras de uma tradicional família do estado estão entre as primeiras imunizadas. Recém-formadas em medicina, as gêmeas Gabrielle Kirk Lins e Isabelle Kirk Lins são da família de Nilton da Costa Lins Júnior, presidente da mantenedora da Universidade Nilton Lins, uma das maiores de Manaus. Além de força no âmbito econômico, o clã Lins também tem membros com carreira política.

Os profissionais do sistema de saúde local, que enfrenta seríssimas dificuldades pela escassez de leitos de oxigênio em meio à escalada de casos da doença, dizem-se revoltados porque as gêmeas, que atuam há pouco tempo como servidoras da prefeitura de Manaus, tomaram a CoronaVac antes de médicos e enfermeiros de hospitais estaduais que estão em situação mais caótica, como Delphina Aziz e o 28 de Agosto. Dentro do terreno da Universidade Nilton Lins, há uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

A polêmica começou quando as duas médicas postaram no Instagram que estavam sendo imunizadas contra o novo coronavírus. Imediatamente, essas imagens começaram a circular nos grupos de WhatsApp de profissionais de saúde junto com uma imagem do Diário Oficial de Manaus com a nomeação de Gabrielle, no dia 18 de janeiro, um dia antes do início da vacinação, como gerente de projetos da Secretaria Municipal de Saúde. A irmã dela foi nomeada no dia 19 de janeiro.

Matéria completa da Veja AQUI.

Opinião dos leitores

  1. Segundo o STF (a pedido dos partidos de esquerda), corroborado pela Globo, a culpa pelo caos em Manaus é do MINIISTÉRIO DA SAÚDE…Os políticos e gestores de lá são todos isentos!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Família de menina infectada e porcos são monitorados após 2.º caso de H1N2 no Paraná

Foto: Albari Rosa / Gazeta do Povo / Arquivo

Após confirmação sábado (19) do segundo caso no Paraná em 2020 da rara infecção por H1N2, a família da menina de 4 anos que contraiu a gripe causada pela mutação do vírus Influenza A e as criações de porcos na cidade de Rebouças, no Centro-Sul do estado, estão sendo monitoradas por autoridades sanitárias. O Ministério da Saúde foi comunicado da infecção transmitida de suínos para humanos. Como a doença tem potencial pandêmico, o ministério tem que notificar a Organização Mundial de Saúde (OMS).

A criança, cujo pai trabalha na criação de porcos, já está recuperada. Porém, a menina e mais 16 pessoas que tiveram contato com ela recentemente seguem monitoradas pela Secretaria Municipal de Saúde de Rebouças.

Apesar de não haver relatos de transmissão do H1N2 entre pessoas, apenas de porcos para humanos, a Secretaria de Saúde investiga a possibilidade de outros casos entre produtores de suínos da região, incluindo a cidade vizinha de Irati. O trabalho é feito por equipes da Vigilância Sanitária e Epidemiológica do município, que estão entrando em contato com os suinocultores para que façam o exame.

Segundo a secretária de Saúde de Rebouças, Tania Maria Selhorst, não é possível dizer exatamente como ocorreu a contaminação da criança. Uma das possibilidades é de que o vírus tenha sido transmitido no contato da menina com a saliva de um porco infectado. “O pai trabalha com criação de suínos e levava a criança para acompanhá-lo na alimentação dos animais”, conta Tania.

Força-tarefa para controlar o vírus

Ao dar entrada no Hospital Darcy Vargas com sintomas de gripe em 16 de novembro, a suspeita inicial era de Covid-19. No Laboratório Central do Estado (Lacen), o exame deu negativo para o novo coronavírus, mas apontou presença do vírus Influenza A. Na sequência, a amostra foi encaminhada ao laboratório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, onde o sequenciamento de genoma confirmou que o vírus é do subtipo H1N2.

O caso da menina de Rebouças também será investigado por uma força-tarefa técnica formada pela Vigilância Sanitária do Paraná, Lacen, Ministério da Saúde, Ministério da Agricultura e Fiocruz. O grupo vai articular ações para investigar e controlar o caso. “Em meio à pandemia da Covid-19, qualquer novo vírus com potencial epidêmico identificado merece toda a atenção e imediata implementação de medidas de prevenção e controle”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, à Agência Estadual de Notícias.

O primeiro caso de H1N2 no Paraná foi detectado em abril, em uma mulher de 22 anos de Ibiporã, no Norte do estado, que se recuperou sem maiores consequências. Antes, apenas um caso havia sido notificado no Brasil, em 2016. Em 2005, a OMS emitiu alerta para o H1N2, após 26 pessoas se contaminarem no mundo, a maioria com quadros leves.

Gazeta do Povo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Família é expulsa de avião após filha de 2 anos se recusar a usar máscara

(Fotos: Reprodução/Instagram)

A coach de saúde e bodybuilder norte-americana Eliz Orban estava com a família a caminho de Nova York para seguir com a tradição que tem há anos de ver a árvore de Natal Rockefeller, mas ela, o marido e a filha de 2 anos do casal, Edeline, não puderam seguir viagem, uma vez que a criança se recusava a permanecer de máscara dentro do avião e, por isso, a família foi convidada a retirar-se da aeronave.

Em vídeo e post compartilhados no Instagram, Eliz contou aos seguidores, chorando, a situação pela qual passou com a família. No texto na legenda da publicação ela escreveu:

“Fomos expulsos de um voo da United. Isso aconteceu há 7 horas e ainda estou sentada aqui em confusão, descrença, nojo e humilhação. Meu marido cresceu em Nova Jersey, eu morei lá duas vezes antes de nos casarmos e passamos muito tempo lá juntos. É realmente nossa segunda casa. Uma tradição que temos é ir ver a árvore Rockefeller todos os anos. É uma tradição que também queríamos que nossa filha de 2 anos experimentasse. Alguns de nossos amigos / familiares mais próximos com quem crescemos (incluindo seu melhor amigo de infância, que se mudou para a Eslováquia anos atrás e nem mesmo conheceu nossa filha, e alguns de nossos outros amigos que chamamos de família, estavam viajando de Cleveland) estarão lá esta noite e amanhã para que possamos passar um tempo juntos pela primeira vez em anos. Estávamos muito animados com essa viagem de fim de semana para Jersey / NYC. Nós somos clientes fidelizados da @united, então sempre voamos com eles. Na verdade, já tínhamos voado com Edeline 4 vezes desde a pandemia, sem nunca ter tido um problema. Hoje, fomos convidados a deixar o avião depois que ele começou a andar pela pista, eles tiveram que trazê-lo de volta ao portão, porque nossa filha de 2 anos não iria “obedecer” e manter sua máscara. Ela fará 3 [anos] em abril de 2021, para todos que perguntarem. E o que me impressiona ainda mais é que as recomendações OMS são contra máscaras faciais para menores de 5 anos. CONTRA. E esta decisão foi ‘baseada na opinião de especialistas sobre marcos de desenvolvimento da infância, desafios com a conformidade com a máscara e a autonomia necessária para usar uma máscara adequadamente.’ Isso vale uma pesquisa no google. ⁣Como nossas malas não foram retiradas do avião (eles pegaram nossa cadeira de criança) – temos que esperar até amanhã para que eles entreguem em nossa casa em Breckenridge, que fica a 2 horas do aeroporto DIA. Definitivamente não vou jantar em Jersey esta noite.”, desabafou Eliz.

No vídeo compartilhado por ela, há cenas gravadas dentro do avião também, inclusive é possível ver o marido de Eliz tentando fazer com que Edeline, a filha do casal, permanecesse de máscara, até o momento em que um membro da tripulação pede para que eles se retirem do avião: “Olá, senhor, terei de pedir-lhe que pegue seus pertences e saia da aeronave”, disse o funcionário da companhia aérea ao marido de Eliz.

O que diz a OMS e a United Airlines

De fato, no site da OMS, eles não recomendam o uso de máscara às crianças menores de 5 anos, mas a United Airlines – segundo eles, sob a orientação do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças, uma agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos) e parceiros de saúde – decretaram regras preventivas contra a Covid-19 nos voos que inclui o uso de máscara a todos as pessoas maiores de 2 anos:

“A saúde e a segurança de nossos funcionários e clientes é nossa maior prioridade, e é por isso que temos um conjunto de políticas em várias camadas, incluindo a obrigatoriedade de que todos a bordo que tenham de dois anos ou mais usem uma máscara. Esses procedimentos não são apenas respaldados pela orientação dos [Centros federais para Controle e Prevenção de Doenças] e nossos parceiros na Clínica Cleveland, mas também são consistentes em todas as grandes companhias aéreas.”, notificou a United Airlines ao portal Heavy.

Sobre o incidente com Eliz e sua família, a companhia aérea declarou: “Estamos investigando esse incidente específico e entramos em contato com a família. Também reembolsamos os bilhetes e devolvemos a cadeirinha e as malas.” A companhia aérea também negou que a família tenha sido banida da United Airlines para sempre, como disse Eliz no vídeo.

GQ – Globo

Opinião dos leitores

  1. Esse povo tá doente da cabeça, criança não consegue usar máscara, 2 anos?!?! Tá de sacanagem!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

FOTO: Família procura adolescente de 16 anos desaparecida no litoral sul potiguar

Foto: Cedida

Familiares buscam desesperadamente por informações sobre o paradeiro da adolescente Andreza Alves do Nascimeto, de 16 anos, desaparecida desde o último sábado (21). De acordo com informações de familiares e amigos, a jovem saiu do trabalho, em Pipa, e foi vista pela última vez na comunidade Cabaceiras, em Tibau do Sul, quando passou na casa de uma vizinha para buscar um documento. A família já registrou Boletim de Ocorrência e aguarda as buscas pela jovem.

A Polícia Civil de Tibau do Sul investiga o caso. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Andreza, que tem uma filha de 1 ano e 7 meses, pode ligar para o 181.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Menino Gabriel proibido em Mossoró de vender água para ajudar a família sensibiliza a web, tem ajuda de vaquinha virtual e conquista legião de seguidores no Instagram

Foto: Reprodução/Instagram

Conhecido pelo país como o “pequeno vendedor”, o menino Franklin Gabriel, de 11 anos, comoveu a web após ser proibido pelo Conselho Tutelar de Mossoró de vender água e outros produtos, cujo objetivo era ajudar a família, que passava por dificuldades nesse período de pandemia.

Veja mais: Mãe é ouvida no Conselho Tutelar após denúncia

A história do menino ganhou repercussão em meados de setembro, sensibilizou a região e, inclusive, empresários locais, que presentearam a criança com celular e até uma bicicleta para que pudesse ajudar na locomoção em suas vendas. Contudo, o início do drama surgiu após uma denúncia. A partir de então, o sacrifício do garoto por sua família foi paralisado com a intervenção do Conselho Tutelar local. Por consequência,  o desespero do menor, que chorou contando o fato, e nem por isso, deixou de criticar o órgão. “Se vocês querem que eu vá para o lado errado, mas eu não vou dar esse gosto a ninguém, não”, desabafou em um dos vídeos que circulam nas redes sociais.

Atualmente, além das doações, o garoto Franklin Gabriel tem ajuda de uma vaquinha virtual criada pelos seguidores para ajudar a sua família e para que ele não precise mais trabalhar nas ruas. Neste momento, acumula mais de R$ 68 mil reais, na meta de R$ 70 mil. No instagram, o menino tem mais de 300 mil seguidores, inclusive, a primeira-dama, Michele Bolsonaro.

MAIS INFORMAÇÕES EM CONTATO NO INSTAGRAM: https://www.instagram.com/gabrielpequenovendedor/

Opinião dos leitores

  1. Trabalhar e ajudar sua família não pode, mas usar drogas e ser um problema para a sociedade pode? Conselho tutelar, entre nas comunidades e proíbam as crianças e adolescentes de consumirem drogas também.

  2. Boy desenrolado! Preocupado com seu sustento, que fala mais alto do que estudar e melhorar a pespectiva de futuro. O Conselho tutelar deveria avaliar a situação de cada família e procurar buscar uma solução junto ao Governo, dando um amparo mínimo pra o sustento da família sem que não perca a frequência na escola.

  3. Parabéns pra esse garoto! Infelizmente, isso é astúcia da esquerda. O tal do politicamente correto. Conselho tutelar, direitos humanos, só atrapalha a vida do cidadão de bem. Só protege bandidos

  4. No papel é muito bonito, chegam proíbem os menores de trabalhar e pronto. Agora, quem vai ajudar no sustento das famílias? Melhor "proteger" o menor, deixá lo em casa e matá lo de fome? Trabalho nunca fez mal a ninguém. No conto de fábulas, tudo fica lindo.

  5. enquando isso politicos ladroes que roubam milhões ficam rindo desse video , mas também na última eleição os burros brigando de tapa pelo candidato e vendendo voto,
    votei nulo porque nao vi nenhum capaz, e olha que assistir os programas varias vezes

    1. Anular voto, não dá direito de reclamar depois. Tem que ser feito uma escolha, vote no menos ruim, mas vote. O voto em branco e nulo foi criado para favorecer o sistema.

    2. Essa história de votar no "menos ruim" nunca me convenceu e essa conversinha de não ter como cobrar depois é balela… procura os politicos depois da campanha pra ver se você acha para cobrar alguma coisa… kkkkkk

  6. Queria ver o Conselho Tutelar ir numa favela e intimar o pai ou a mãe de garotos que são usados por traficantes para vender drogas, aibeu digo, que o Conselho Tutelar funciona.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Faixa de areia e estabelecimentos são interditados perto de falésia que caiu sobre família em Pipa até que engenheiros e geólogos apontem riscos no local

 Foto: MPF/Divulgação

Parte da faixa de areia da praia da Pipa, no município de Tibau do Sul foi interditada, no início da tarde desta quarta-feira (18), no trecho em que uma falésia cedeu e matou um casal, o filho de 7 meses e o cachorro da família na terça-feira (17).

Ainda de acordo com a prefeitura do município, nove estabelecimentos, como restaurantes e hotéis, que ficam localizados no topo da falésia, foram interditados ainda na noite de terça (17). As interdições ocorreram por tempo indeterminado, até que as análises de engenheiros e geólogos apontem os riscos no local.

Uma comitiva com representantes de órgãos municipais, Defesa Civil do Estado e do Ministério Público Federal, entre outros órgãos, se reuniu durante a manhã e visitou o trecho da praia no início da tarde desta quarta (18).

De acordo com a Defesa Civil do Estado, geólogos e engenheiros civis analisam a área para apontar riscos e possíveis soluções. Somente após as análises, as autoridades vão definir se as interdições devem permanecer ou não.

O MPF abriu uma investigação para exigir que as autoridades adotem medidas urgentes para garantir segurança dos frequentadores da praia e novos deslizamentos. Procuradores participaram da reunião desta quarta (18).

Ao todo, segundo o MPF, há 18 inquéritos abertos envolvendo ocupações irregulares em bordas de falésias no litoral do estado, principalmente no Tibau do Sul, onde Pipa fica localizada. Ainda há seis ações judiciais, inclusive uma penal sobre o tema.

Com G1-RN

 

Opinião dos leitores

  1. Foi preciso acontecer esta tragédia para a Secretária Ambiental da Cidade de Tibau do Sul aparecer!!! Sem dúvida, o MP vai atrás de todos os responsáveis para responderem em todas as instâncias por estes homicídios, pois existe há muito tempo, inquéritos abertos e ações judiciais não cumpridas, ou seja, omissão ou falta de ações concretas para se evitar a tragédia. Esperamos que tudo seja apurado e que os responsáveis sejam exemplarmente punidos pela incompetência, despreparo e falta de zelo pelo bem-estar de toda população de uma cidade e seus visitantes!!!

  2. Pronto, próximo destino do desemprego será a praia da Pipa, vão interditar tudo que está em cima das falésias, ou seja transformar aquele paraíso em uma Cidade fantasma e cheia de ruínas, com todo mundo desempregado e empresários falidos, como eles gostam de ver. Quero ver quem vai pagar imposto e sustentar este povo que vive com gordos contra-cheques pagos pelo erário. É proibido dar certo aqui no RN, tudo que progride, gera emprego, é autossustentável vira alvo dos órgãos públicos.

  3. Infelizmente a Tragédia nas falésias de Pipa vai ser marcada como uma inoperacão do poder público e de seus servidores,é isso que a populacão sempre faz logo após qualquer tragédia, sempre jogam a Culpa no serviço de Fiscalização. A população retira de sí essa culpa, más é sempre ela que é contra ser Fiscalizada.
    Alguem sabe responder porque os Serviços Fiscalizatórios quando vão cumprir seus deveres sempre tem que pedir proteção da Força policial? Era pra ser assim? Não!

    1. Tragédia lamentável, mais que poderia ter sido facilmente evitada com um pouco de bom senso e cautela por parte das vítimas, qualquer cidadão em sã consciência precisa ter discernimento para identificar situações de risco, seja pelo simples fato de atravessar uma rua, andar em um parapeito, ou até mesmo sentar embaixo de uma falésia com a base corroída pelo mar. Infelizmente três vidas se foram, três vidas jovens, cheias de saúde, com muita vida pela frente, tomara que fique o exemplo para termos mais cautela com nossa vida e dos que amamos, vamos evitar correr riscos desnecessários, vamos medir as consequências, pois isso pode evitar muitas tragédias e salvar muitas vidas.

  4. Ainda bem que por aqui não temos raios em dias de chuva, senão iriam proibir a população de sair nesses dias.

  5. Se depender dos ecopetistas a solução será a implosão da cidade de Pipa e o esquecimento dela como destino turístico, afinal o RN é um estado rico
    e bem governado e por isso pode abdicar da Pipa que é roteiro internacional de turismo. Estamos andando a passos largos o fundo do poço, já não temos aeroporto que preste; o Forte dos Reis Magos está fechado; não temos mais os dromedários em Genipabu; passeios nas dunas estão proibidos, o próximo destino a ser implodido será São Miguel do Gostoso.

  6. Se vai interditar alguns estabelecimentos que estão na borda da falésia, por quê que não interditam TODOS da borda? Será que uma visita de 1 dia vai dizer o destino disso tudo? Longa história por vir

  7. Eita já sei que vão interditar metade de Pipa e Tibau do Sul, tem muita coisa em cima de falésia lá. Já sei que o mirante dos golfinhos em Tabatinga também vai ser interditado. A cidade nasceu em cima das falésias, tem hotéis, restaurantes, condomínios, cemitério, ja imagino que vai tudo pro brejo com as ações midiáticas desse povo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Família morta em desabamento de falésia em Pipa é enterrada em Tibau do Sul

Fotos: Arquivo pessoal/Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi

Os corpos da família que morreu soterrada nessa terça-feira(17) após parte de uma falésia desabar começaram a ser velados nesta quarta (18) em uma pousada em Pipa. Na sequência, por volta de 10h, ocorreu o sepultamento, no cemitério público de Tibau do Sul.

Stella Souza, de 33 anos, Hugo Pereira, de 32, e o filho deles, Sol, de 7 meses, aproveitavam um dia de folga nesta terça (17) na praia de Pipa quando parte de uma falésia desabou sobre eles. Os três morreram na hora. O cachorro da família, que estava com eles, também morreu.

Hugo Pereira era paulista e morava em Pipa há pouco mais de dois anos. O pai dele chegou a Pipa na noite de terça, mas não quis falar com a imprensa. Pedro Holanda, gerente do hotel onde Hugo trabalhava, lamentou a morte do amigo e disse que ele era “uma alma especial”.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Opinião dos leitores

  1. Vieram ao mundo para ser mensagem de desprendimento das coisas materiais.Familia luz.
    Que tenham o mesmo amor e paz como viveram aqui na terra.
    Assim na terra como no céu.

  2. Só posso imaginar que foi uma convocação divina para esse casal e esse anjinho de 7 meses (Sol).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

DESABAMENTO DE PARTE DE FALÉSIA: Imprensa nacional noticia tragédia que matou família em Pipa

Fotos: Reprodução/O Globo/CNN Brasil

Três pessoas morreram após o desabamento da parte de uma falésia, na tarde desta terça-feira, na Praia de Pipa, um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte.

Segundo o site ‘G1’, a Polícia Militar infirmou que as vítimas são um homem, uma mulher e uma criança de idade ainda não conhecida, todos da mesma família e moradores da região.

VEJA MAIS – FOTO E VÍDEO: Gerente paulista e psicóloga potiguar vítimas de desabamento de parte de falésia moravam em Pipa com filho; homem morto foi personagem de reportagem nacional

Não há outras pessoas soterradas.

Em setembro, outro acidente aconteceu em Pipa envolvendo turistas nas falésias. Um casal caiu do trecho conhecido como “Chapadão” após o homem, de 21 anos, perder o controle do quadriciclo que levava também sua namorada, de 21 anos, grávida de um mês. Os dois foram resgatados conscientes.

O Globo

Opinião dos leitores

    1. Como pode ser "omissão municipal" um pedaço de uma falésia cair. A menos que houvesse claros sinais, que a prefeitura tenha sido informado e ninguém tenha feito nada (o que teria de ser provado), é um caso típico de caso fortuito.

    2. Há vários estudos e avisos, e a prefeitura e defesa civil nada fizeram

      NAO ABRA A FOSSA PRA FALAR O QUE NÃO SABE, GUSTAVO

    3. Se cair um cometa vão dizer que prefeitura e estado foram omisso…NÃO TEM COMO PREVER ISSO!

    4. Estudos sobre AQUELE TRECHO? Ou você quer dizer que a prefeitura deveria ter vedado completamente o acesso a TODAS AS PRAIAS (bens públicos federais, recorde-se) com falésias no Município de Tibau do Sul? Quão factível é isso?…

      Não há estudo que previna uma queda de pequeno pedaço de uma falésia. Todas as falésias têm o formato que têm justamente porque "desabam" por milhões e milhões de anos. Culpar o poder público municipal é ridículo. Claro que a União ou o Município (ou ambos) vão arcar com indenizações, porque CULPA e prova de culpa não são essenciais nesse tipo de responsabilização civil, mas é indevido culpar o Município.

    5. O cara quer comparar um cometa que é um evebto completamente aleatório com uma queda de falésia que de acordo com um morador local, sempre que ele vê um turista na sombra das falesias alerta pelo risco se queda devido a forca do mar que com o tempo vai danificando a base de areia fazendo a falesia cair.
      No minimo era pra ter uma placa avisando do risco de queda.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Homens armados assaltam família na porta de casa em Natal, atiram contra as vítimas e fogem

Foto: Reprodução

O portal G1-RN destaca nesta quinta-feira(05) um drama familiar de um casal e o filho, vítimas de um assalto na porta de casa, no bairro Cidade da Esperança, em Natal. Uma câmera de segurança flagrou o momento em que um homem segura o portão para os pais saírem de casa com o carro. Pouco depois, três criminosos se aproximam das vítimas e anunciam o assalto. Após uma das vítimas tentar correr, um bandido armado atira várias vezes, mas não acerta o homem. Os três suspeitos fugiram com o veículo. O assalto aconteceu nessa quarta (4). Mais detalhes e vídeo AQUI em matéria na íntegra.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Família na Grande Natal faz campanha para custear tratamento de menino de 3 anos com doenças raras

Ravi tem 3 anos e nasceu com uma deficiência na perna esquerda — Fotos: Cedidas

O portal G1-RN destaca o drama de família de um menino potiguar de três anos que tem duas doenças raras está fazendo uma campanha para tentar custear o tratamento da criança no Paraná e evitar a amputação da sua perna.

Manoel Ravi Carvalho tem três anos de idade, mora em Parnamirim, na Grande Natal, e já enfrentou muitos desafios desde o nascimento. Ele tem duas doenças raras: neurofibromatose – doença que provoca a formação de tumores no cérebro, na medula espinhal e nos nervos – e pseudoartrose congênita da tíbia – uma doença caracterizada por uma “articulação falsa”.

No primeiro ano de vida, os médicos não tinham esperanças de o menino andar. “A médica falou que Ravi nunca iria andar enquanto não fizesse a cirurgia. Quando eu recebi a notícia, meu mundo caiu, desabou”, conta Ingrid Sayonara, mãe do garoto.

O tratamento disponível no Rio Grande do Norte é a base de muitas cirurgias e com possível amputação da perna. “Aqui no estado o processo envolve várias cirurgias para serrar o ossinho dele. Já pensou? Todo esse sofrimento, serrando o osso? Até chegar o momento de amputar a perninha dele. Eu não aceito”, diz Ingrid.

Leia reportagem completa com contato para ajuda clicando AQUI.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Pousada em Maracajaú é opção de lazer seguro para a família

A Pousada Corais de Maracajaú, localizada a beira-mar no distrito de Maracajaú, Maxaranguape/RN, convida você e sua família para relaxar e ter momentos de tranquilidade e lazer.

Dispomos de apartamentos amplos com camas “quenn size”, ar condicionado split, TV’s de led, chuveiro com aquecimento solar, varanda privada, piscina adulto e infantil e estacionamento privado. O café da manhã é servido no restaurante à beira-mar.

Sempre pensando no melhor para os nossos clientes, estabelecemos medidas de biossegurança visando a prevenção dos riscos de transmissão do coronavírus nos apartamentos e ambientes comuns dos hóspedes.

Conheça nossos protocolos de biossegurança a serem seguidos, que estão disponíveis em nosso website e redes sociais.

Faça já sua reserva!

Pousada Corais de Maracajaú
(84) 3261-6313 (fixo) / (84) 99442-0116 (WhatsApp)
reservas@coraisdemaracajau.com
www.coraisdemaracajau.com
Redes sociais @CoraisdeMaracajau

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Após carro ter sido encontrado incendiado, família procura por motorista de aplicativo desaparecido em Natal

Foto: Cedida/reproduzida via G1-RN

O portal G1-RN destaca nesta segunda-feira(20) que o motorista por aplicativo Arlley Diego, de 24 anos, foi visto pela última vez no Guarapes, bairro onde mora na Zona Oeste de Natal. No final da tarde de sábado (18), Arlley saiu para uma corrida e logo deixou de responder a mensagens e ligações de familiares e amigos. O carro em que Arlley trabalhava foi encontrado ainda em chamas, na praia de Santa Rita, no litoral norte. “Ele tava conversando comigo e outro rapaz, colega da gente, e do nada ele recebeu uma chamada. Essa corrida durou até por volta de 23h, quando a gente recebeu uns vídeos do carro dele incendiado e não tivemos mais notícias dele não”, conta Edson Mendes, amigo de Arlley.

Na tarde de domingo (19), familiares e amigos do motorista de aplicativo se reuniram em uma praça, no bairro de Guarapes, em busca de informações sobre o caso. Pessoas próximas a Arlley acreditam que ele pode ter sido vítima de um assalto. Veja mais detalhes aqui em reportagem completa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Família no RN descobre tumor cerebral em filho de 03 anos e faz campanha para arcar tratamento e cirurgia de extrema urgência

 

Ver essa foto no Instagram

 

Quanto vale uma vida? Pois é, me vi hoje desesperado, meu filho, que sempre foi uma criança saudável e feliz, hoje teve um diagnóstico de um tumor cerebral e precisará se submeter a uma cirurgia URGENTE. Diante de todo esse desespero, precisamos levantar um valor de aproximadamente 250.000,00 e estamos desesperados pois não possuímos esse dinheiro e a cirurgia é de extrema urgência. Iremos nos desfazer de nossos bens e do que for preciso, faremos rifas, vaquinhas, tudo que for necessário, pois a vida dele não tem preço. Então você que está lendo isso, você que é um pai, mãe, avô, avó, tem amigos, sobrinhos, se coloque no nosso lugar, não tenha vergonha, eu peço ajuda de vocês, seja qualquer quantia, será muito bem vinda. Deus é conosco, e irá nos ajudar a salvar a vida do nosso filho. Conto com a ajuda de vocês. Segue nossas contas: Bradesco Ag 1038 Cc 1605-5 Pedro raphael pereira da Silva CPF 120.598.687-18 Nubank Ag 0001 Conta 432545-7 CPF 120.598.687-18 Pedro raphael pereira da Silva PicPay @pedro.silva.raphael

Uma publicação compartilhada por Pedro Raphael (@pedroraphael_1) em

“Quanto vale uma vida? Pois é, me vi hoje desesperado, meu filho, que sempre foi uma criança saudável e feliz, hoje teve um diagnóstico de um tumor cerebral e precisará se submeter a uma cirurgia URGENTE. Diante de todo esse desespero, precisamos levantar um valor de aproximadamente 250.000,00 e estamos desesperados pois não possuímos esse dinheiro e a cirurgia é de extrema urgência”. O apelo é do pai Pedro Raphael e da mãe Francimara, pelo filho Pietro Vinicius, de 3 anos.

A mensagem, que vem sendo compartilhada nas redes sociais, ainda completa:

“Iremos nos desfazer de nossos bens e do que for preciso, faremos rifas, vaquinhas, tudo que for necessário, pois a vida dele não tem preço. Então você que está lendo isso, você que é um pai, mãe, avô, avó, tem amigos, sobrinhos, se coloque no nosso lugar, não tenha vergonha, eu peço ajuda de vocês, seja qualquer quantia, será muito bem vinda. Deus é conosco, e irá nos ajudar a salvar a vida do nosso filho. Conto com a ajuda de vocês”, finaliza.

Segue as contas para ajuda:

Bradesco

Ag 1038
Cc 1605-5
Pedro raphael pereira da Silva
CPF 120.598.687-18

Nubank

Ag 0001
Conta 432545-7
CPF 120.598.687-18
Pedro raphael pereira da Silva

PicPay
@pedro.silva.raphael

Foto: Reprodução/Instagram

Opinião dos leitores

  1. Li na Tribuna do Norte que a família já está em SP com o garoto Pietro. Com a campanha já arrecadaram 75% do necessário para a cirurgia. Caso arrecade mais que o valor necessário, a família doará a quantia excedente a entidades que tratam de crianças com câncer. Agora ê torcer para que a cirurgia, que deverá ocorrer no sábado próximo, seja um sucesso e Pietro retorne ao RN, curado, se Deus quiser! Que bonito esse gesto de solidariedade, apesar da crise que o país enfrenta. Deus abençoe a todos. Embora não conheça essa família, não tem como não se emocionar com essa situação.

  2. O art. 6º da Constituição Federal de 1988 afirma que a SAÚDE é um direito social, além da educação, a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância e a assistência aos desamparados.

    Nesse caso, diante do custo e da URGÊNCIA, pergunta-se: quem garantirá a Pietro o direito consagrado na Constituição do nosso País? Há alguma autoridade constituída CAPAZ de garantir esse direito, ou será que seus pais terão que abdicar de outras garantias ou conquistas suas na tentativa de salvar a vida do seu filho?

  3. Vamos fazer uma corrente do bem para ajudar essa criança e sua família. O q mais me indigna é q qdo foi pro vagabundo fazer a remoção da tatuagem “sou ladrão e vacilão” um monte de imbecis logo correram pra contribuir com a vaquinha e arrecadaram mais do que o valor. Num caso como esse a adesão da turma da lacrolândia é pífia. De políticos, então, é esperar muito!

  4. Verdade será que o governo do estado não pode fazer nada por essa criança? Agora e a hora de retribuir o voto recebido pela população. E os deputados também tevem mostrar trabalho também e ajudar na cirurgia dessa criança

    1. O estado tem de garntir todos os custos dessa complexa cirugia, pois se não o fizer, recorreremos ao judiciário onde ocs deuses das Togas que em determinadas circunstância chegam a receber altíssimos salários incluido seus peduricálhos farão uma peça de públicidade diante do sensível fato e darão urgente liminar em prol do caso. Com o poder do senhor essa crianaça terá êxito nesse ploblema tão complexo para alegria de todos nós cidadãos de boa fé.

  5. Será que o governo do estado ou mesmo a prefeitura não poderiam autorizar a cirurgia dessa criança? Professora Fátima Bezerra e/ou Dr. Álvaro Dias, tomem uma providência urgente. Senhores Deputados, Vereadores, Ministério Público, abracem essa causa. Não deixe essa criança sem essa cirurgia. O caso é uregente. Pensem no sofrimento de Pierto e dos seus pais. Consigam essa cirurgia, mesmo pelo SUS, mas em caráter de emergência.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Paulo Guedes foi mordido pelo cão da família e precisou tomar vacina

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil 

O ministro da Economia Paulo Guedes levou nesse domingo (5) uma mordida do cachorro da família, da raça Alaska Malamute, quando o animal de estimação tentou sair de casa, em Brasília.

Guedes sofreu um ferimento na mão, precisou tomar vacina anti-tetânica e anti-rábica. O ministro passa bem.

Christina Lemos – R7

Opinião dos leitores

  1. Coitado do cachorro, vai ser privatizado depois dessa.
    O bichinho vai sofrer o pão q o diabo amassou.
    Sugiro as Ongs de defesa dos animais ficarem de olho.

  2. Tivesse mordido Nove Dedos morreria embriagado e rico; se tivesse a Anta sairia correndo e relinchando…..kkkkkk

  3. Vcs da esquerda, sendo Petistas ou de outros, são doentes, e hilários. Aceitem e agradeçam, energúmenos.

  4. Ôh povinho pra conversar besteira, vcs dêem graças a Deus termos um ministro competente e dedicado com a economia do país.

  5. Pobre cachorrinho! Sugiro monitorar o animal e observar se não foi contaminado depois desta infeliz mordida. Vamos rezar para que nada de pior aconteça com o bichinho.

    1. Concordo com você Marcelo.O bichinho pode morrer de sepses

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Familiares e amigos fazem apelo por leito de UTI a senhor de 61 anos em estado grave em Parnamirim

Familiares e amigos do senhor Raimundo Julião Cavalcante, de 61 anos, pedem socorro por um leito de UTI.

Segundo o apelo, Raimundo Julião Cavalcante está em estado grave na UPA de Parnamirim aguardando um leito disponível.

 

 

Opinião dos leitores

  1. O prefeito de Parnamirim e a governadora do RN não bradam aos 4 ventos que construíram vários leitos de UTI, inclusive Hospital de Campanha?
    Cadê esses leitos Sr Taveira e Sra Fátima Bezerra?
    Até quando vamos ter pacientes agonizando e morrendo por falta de UTI?
    Cadê o dinheiro enviado pelo governo federal?
    Cadê os 5 milhões gasto na compra de respiradores que não chegaram via consórcio NE?
    Cadê os leitos que a OS de MG ia instalar?
    #GovernoAssassino
    #GovernoCorrupto
    #GovernoIncompetente

  2. Ninguém tá nem aí pra quem morrendo ou na linha de frente. Fato. Infelizmente essa situação infelizmente ainda se repetirá mais vezes. Lástima.

  3. Fátima ta acabando com o RN.
    Cadê os respiradores??
    Ainda bem que o povo está de olhos arregalados com esses ant patriota.
    Cadê o dinheiro que Bolsonaro mandou??
    É imoral e revoltante.
    Isso é um governo merda esse de Fátima do PT.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *