Escola de Natal lança espaço na internet aberto ao público com dicas de lazer e cultura para toda a família

Fotos: Divulgação

Há pelo menos dois meses as famílias viram a rotina mudar radicalmente. Estão todos em casa, desfrutando de mais tempo juntos. Mais tempo para brincadeiras, para conversar, para preparar o lanche da tarde, para assistir a um bom filme, para se distrair com um jogo. São várias as possibilidades. Pensando nisso, a Maple Bear Natal reservou um espaço dentro da sua página na internet com várias opções de lazer, entretenimento e dicas culturais.

O “Maple Bear At Home” reúne indicações de diversas atividades para várias faixas etárias e é aberto ao público. No espaço, serão disponibilizados links para canais do Youtube que tenham contação de histórias infantis, rodas de cantigas, dicas de leitura, tour virtual por museus, indicação de concertos on-line, sites de culinária, atividades em inglês, aplicativos para exercícios físicos, entre outras coisas. A página já está no ar e será atualizada toda semana.

“O espaço é mais um canal para dar suporte às famílias nesse período de isolamento social. É uma forma de ajudar nossos alunos e outras crianças a desenvolveram suas habilidades, com dicas educativas. O mais interessante é que essa página vai proporcionar momentos de lazer individual e em conjunto, com toda família. Eles vão podem socializar mais, estar mais juntos um dos outros”, explicou a diretora da unidade de Educação Infantil da Maple Bear Natal, Julyana Freitas. Para acessar todas essas possibilidades, basta entrar na página maplebearnatal.com.br/at-home

Família abre caixão em velório e cinco são contaminados por Covid-19 na Bahia

Foto: Unsplash

A família de uma vítima de Covid-19 abriu o caixão durante o velório na cidade de Cairu, baixo-sul da Bahia, contaminando outras cinco pessoas.

A morte foi registrada na última quinta-feira (7) por síndrome respiratória aguda grave na Santa Casa de Valença, hospital do município vizinho. Como havia suspeita de Covid-19, o caixão saiu lacrado da unidade hospitalar.

A família, contudo, resolveu abrir o caixão durante o velório, mesmo com recomendações contrárias da secretaria municipal de Saúde de Cairu.

Na segunda-feira (12), saiu o resultado do exame feito pelo Laboratório Central da Bahia que confirmou que a vítima tinha sido contaminada pela Covid-19.

Diante da confirmação, a prefeitura decidiu realizar testes rápidos em todas 12 pessoas que participaram do velório.

Mas encontrou resistência em parte da família, que não aceitava o diagnóstico de Covid-19 da vítima. Até então, a cidade não havia registrado casos de infectados com pelo novo coronavírus.

Após convencer os familiares, a prefeitura realizou os testes em 12 pessoas e identificou que cinco delas estavam com Covid-19.

Em nota, a prefeitura de Cairu informou que a família da vítima recebeu “todas as informações para realização do sepultamento seguro, bem como das normas sanitárias indicadas pelos órgãos responsáveis”. Também informou que está monitorando as pessoas próximas à vítima.

“Enfermeiros, técnicos de saúde, psicólogos e assistente social da rede municipal de saúde estão oferecendo todo apoio à família e amigos da vítima. A Secretaria de Saúde lamenta pelo falecimento e deseja conforto aos familiares neste momento difícil”, disse.

Folha de São Paulo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo disse:

    Idiotice dos Bolsopetismo, lembrando que isso partiu de uma fake news compartilhada pela deputada Carla zambelle mais conhecida como (chulé).

João Doria, esposa e filhos são ameaçados de morte; polícia investiga

Foto: Reprodução/Arquivo

O governador de São Paulo, João Doria, encaminhou mensagens contendo ameaças de morte enviadas a esposa Bia Doria para a inteligência da Polícia Civil. Nas mensagens, Doria, Bia e os filhos do casal teriam sido ameaçados, segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Desde que a quarentena começou no estado que o governador de São Paulo tem sofrido ameaças. No final do mês de março, Doria recebeu mensagens nas redes sociais e no próprio celular afirmando que a residência dele seria invadida.

O advogado de Doria , Fernando José da Costa, vai entrar com uma ação criminal contra a autora das mensagens enviadas para Bia.

Quarentena

Com baixa do isolamento social, a cidade o estado de São Paulo teve um aumento significativo de novos casos confirmados da Covid-19 , o novo coronavírus .

Na capital, as medidas passaram a ser mais rígidas para dificultar a circulação de pessoas e o contágio pelo vírus , apesar da previsão estadual de flexibilização do comércio prevista para o dia 11 de maio.

Último Segundo – IG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Véi de Rui disse:

    Quem mora em São Paulo a ameaça de morte é nítida devido esse vírus que tá dando sem pena

  2. Paulo disse:

    BG
    Esse "governador" de S.P. quer se manter na midia a todo custo. Incrível este individuo, o que ele tem feito de enfrentamento ao governo Federal não está no gibi,todo dia fazendo pantim na TV. com essa "prestação de contas" junto com o babaca do prefeito covas. Deveriam terem vergonha dessa campanha sórdida e cuidar dos Paulistanos que lhe elegeram e estão abandonados.

    • Amauri disse:

      Quem tem que tomar vergonha na cara são o minions tipo você que passam pano diariamente para os ataques à constituição promovidos pelo seu mito golpista de araque que ao invés de mandar o povo ficar em casa, mobiliza e apoia campanha presidencial pra 2022 e ainda debocha dos mortos que só aumentam no Brasil pelo covid e pela incompetência desse psicopata. VOCÊS minions criaram esse monstro .

Pug testa positivo em família norte-americana que contraiu a COVID-19

Foto: Yuttana Jaowattana/Shutterstock

Um cachorro da raça pug, que pertence a uma família que contraiu o novo coronavírus (COVID-19), teve a doença detectada após estudo. Este é o primeiro caso de um diagnóstico positivo em um animal de estimação nos EUA. Em Hong Kong, cães também já apresentaram o vírus, embora, em nenhum desses testes, pode-se provar que eles possa ser transmitido pelos pets.

O estudo conduzido pela universidade de Duke, na Carolina do Norte, foi realizado após a família ter sido diagnosticada com a COVID-19. Eles notaram que o animal já não tinha o mesmo apetite que de costume. No entanto, outro cachorro e um gato que também convivem com eles, não contraíram a doença.

PETS X COVID

“De modo geral, eles podem adquirir e manifestar o novo coronavírus (COVID-19) em contato com aqueles já infectados. Mas não existe nenhuma prova de que ele possam espalhar a doença”, esclarece à CNN, Amanda Neri, médica veterinária pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). “É importante ressaltar que todos esses animais que foram contaminados conviviam com pessoas já diagnosticadas com o vírus”, completa.

Amanda alerta sobre a importância de não gerar pânico quanto a relação de pets e a COVID-19, pois não existem provas quanto ao contágio. E ainda, o alarde aumenta significantemente os crimes de abandono animal. “O que devemos sim continuar fazendo é seguindo as recomendações dos órgão de saúde e lavarmos as mãos. Assim, estamos blindados contra qualquer forma de transmissão”, ressalta.

Gato x COVID

Um estudo recente aponta que gatos podem transmitir a COVID-19. No entanto, Amanda ressalta que essa informação isolada gera uma repercussão negativa. “Os gatos naturalmente são mais suscetíveis a doenças que outros animais. Este estudo foi realizado com filhotes, e essa é a fase em que o gato menos tem imunidade, ou seja, é uma análise ainda sem revisão”, explica.

Em relação aos hábitos do felino, “mesmo sem o corona, não recomendamos que gatos saiam livremente de casa pois eles brigam, adquirem doenças, cruzam – e como consequência há uma perda do controle populacional”.

Cuidado animal

Assim como devemos seguir as recomendações de higiene dos órgãos de saúde e de competência sanitária, cães e gatos devem redobrar a higiene durante a pandemia. Amanda explica que é importante lavar as patas dos animais quando eles saírem. “Você pode usar água e sabão, álcool gel e lenços umedecidos para fazer a higienização das patinhas”, afirma a veterinária.

Já o uso de máscaras, fica restrito somente aos humanos, uma vez que “essa proteção é ineficiente para os animais, pois eles se lambem e assim espalhariam o vírus por todo o corpo”, explica.

Vacina

Existem tipos de coronavírus que atingem cães e gatos, mas que “não têm relação com a COVID-19”, afirma a doutora. “Eles são da mesma família, mas se manifestam de formas distintas”.

Nos cachorros, a vacina V10, aplicada nos animais ainda filhotes, é polivalente e, entre as proteções que oferece, está uma forma de coronavírus. “Ainda não se sabe se ela pode exercer proteção cruzada com a COVID-19. Portanto, não há necessidade de reforço”.

Sintomas

Cães e gatos podem apresentar sintomas da COVID-19 e “o principal deles é a tosse”, diz Amanda. Ela ressalta que, no caso da raça pug e em outros cachorros que têm dificuldade respiratória por natureza, é preciso uma avaliação mais detalhada. “Assim como em geral, pois eles podem ter desde gripe a pneumonia – e ainda assim não ter nenhuma relação com o novo coronavírus (COVID-19)”­.

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) também ressalta as medidas de isolamento social e recomenda: “Não leve o animal ao veterinário, a menos que seja instruído a fazê-lo”.

“Se o seu cão ou gato desenvolver uma doença atípica ou entrar em contato com alguém com COVID-19, ligue para o seu veterinário ou um funcionário da saúde pública. Esse funcionário certamente recomendará que você leve seu animal de estimação ao veterinário. Informe o veterinário da situação para que ele possa se preparar com antecedência antes da consulta”, completa a declaração conjunta com o Centro Pan-Americano de Febre Aftosa e Saúde Pública Veterinária.

CNN Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Getro disse:

    Pois diga!!!!

Família no RN diz que vai tomar providências após atestado de óbito afirmar Covid-19 e resultado posterior informar negativo

Foto: Reprodução/Instagram

Familiares prometem tomar providências no Rio Grande do Norte, após declaração de óbito afirmar causa morte de membro do sexo feminino como Covid-19, e tomar conhecimento, conforme destaque em fotos e íntegra de postagem, resultado negativo para o novo coronavírus:

“Venho aqui expor minha revolta e indignação. Dia 02.04.20 minha cunhada faleceu e a declaração de óbito afirmava Covid 19. Recebemos o resultado hj e deu negativo pra covid 19. É revoltante isso! E agora como fica toda família diante desse caso?Tudo isso por negligência médica. Srs médicos vamos ter mais atenção ao dá um diagnóstico, nem toda doença é covid 19. Quantas pessoas ainda vão morrer por erro médico? O paciente deve ser examindo como um todo tanto em unidades públicas ou privadas esses pacientes tem família que os ama e não quer perdê-los. Estamos sim em meio a uma pandemia , mas as outras doenças ainda existem. Gente compartilhem do jeito que foi na minha família pode ser na de vcs

O post publicado nesse domingo(05), por @hugodanka, intitulado “Lamentável”, pede mais atenção aos diagnósticos e destaca que “nem toda doença é Covid-19”, pode ser conferido abaixo com sua íntegra:

 

Ver essa foto no Instagram

 

LAMENTÁVEL. Venho aqui expor minha revolta e indignação. Dia 02.04.20 minha cunhada faleceu e a declaração de óbito afirmava Covid 19. Recebemos o resultado hj e deu negativo pra covid 19. É revoltante isso! E agora como fica toda família diante desse caso?Tudo isso por negligência médica. Srs médicos vamos ter mais atenção ao dá um diagnóstico, nem toda doença é covid 19. Quantas pessoas ainda vão morrer por erro médico? O paciente deve ser examindo como um todo tanto em unidades públicas ou privadas esses pacientes tem família que os ama e não quer perdê-los. Estamos sim em meio a uma pandemia , mas as outras doenças ainda existem. Gente compartilhem do jeito que foi na minha família pode ser na de vcs. 😢 Iremos tomar medidas cabíveis. Lamentável e revoltante.. @patrulhadacidade @rntvoficial @salatiel_de_souza @balancogeral

Uma publicação compartilhada por HUGO DANKA! (@hugodanka) em

A UPA da Cidade da Esperança se pronunciou sobre o caso através de uma nota técnica à imprensa, confira:

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco Alves disse:

    Isso significa que ao invés de 7 óbitos por Covid 19 no RN, apenas 6 são verdadeiros? Ou tem mais algum?

  2. Flávia disse:

    Que comentários lamentáveis! Povo doente, acha que tudo gera em torno de prejudicar o Presidente. Ninguém precisa prejudicar o Presidente, ele se prejudica sozinho, com declarações absurdas, indignas de um líder de Estado.

  3. Cabo Silva disse:

    SESAP e LACEN estão dando show de incompetência.

    É vergonhoso!

  4. Luiz Bernardo disse:

    Isso tem dedo do Sr. José Dirceu, ex-presidiario do PT e braço direito/assistente da Governadora do Estado. Partido de canalhas, estão agindo como urubus neste período de quarentena através do secretário de saúde do Gov. Do RN.
    Vários governadores estão usando de sse mesmo artifício, para colocar culpa no Governo Bolsonaro.

    Servidores do RN se preparem para o pior período que vocês irão viver, o Estado só tem reserva até o mês de agosto/setembro. Ficarão 3 meses sem nada, tudo por incapacidade da Governadora do PT.
    Vão correr todos para os braços do Presidente

  5. Vergonha disse:

    Tudo é COVID19 …não perceberam ? Quanto mais mortes , mais dinheiro do governo federal, é um cheque em branco, sem licitação , sem nada !!!
    Se fosse para ter estourado como nos Estados Unidos, já tinha que ter estourado o número de mortes , somos 220 milhões de brasileiros, com 487 mortes , dessa 80 foi em um único hospital ( de pessoal de alta risco e idade) , está havendo é comércio e grande com o COVID19

    • Rosi Sampaio disse:

      É preciso ter consciência, ninguém aguenta mais tanta prepotência! Essas pessoas que são contra o isolamento e que minimizam a pandemia tem que assinar um termo abrindo mão de um leito se forem contaminados, inclusive o governo.

    • Ceará-Mundão disse:

      De jeito algum, dona Rosi. Há depoimentos de inúmeros especialistas renomados, gente experiente no assunto, falando do exagero desse isolamento total, com a paralização quase total da economia do país. Deveriam estar sendo isolados apenas os do grupo de risco. Quanto aos leitos, se o absurdo de impostos que pagamos tivesse sido bem utilizado, a saúde pública teria condições para arcar com seus encargos.

    • Rivanaldo disse:

      É simples, Flavius. Pega tua turma e vai pra rua. Só não pode depois ir atrás de vaga em hospital.

  6. Arruda disse:

    Isso é coisa de quem tem intenções claras de desgastar o presidente da República.

    • Vergonha disse:

      Acorde ARRUDA ..quanto mais mortes ..mais dinheiro do governo federal, cheque em branco para gastar

Risco de transmissão da Covid-19 é maior entre membros de uma família, e isso até é uma notícia boa, diz novo estudo; entenda

Foto: (monzenmachi/Getty Images)

Enquanto a Covid-19 avança para a marca de 100 mil casos confirmados no mundo, especialistas em saúde pública estão correndo para tentar entender melhor como o vírus se espalha pela população. Agora, uma nova análise revelou o que parece ser uma boa notícia: as chances de infecção entre membros de uma mesma família são muito mais altas do que entre um paciente e pessoas que tenham contato com ele fora de casa – o que ajuda a conter o espalhamento do vírus.

O estudo, feito pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, acompanhou os 10 primeiros casos da doença confirmados em território americano. Os pesquisadores rastrearam todas as pessoas que tiveram “contato próximo” com os pacientes – ou seja, que permaneceram a no máximo 1,8 metros do infectado por um intervalo maior que 10 minutos. Isso levou a um total de 445 pessoas acompanhadas, entre pessoas que moram na mesma casa que os infectados (19), indivíduos que compartilharam espaços com eles fora de casa (204) e agentes de saúde que atenderam os pacientes (222).

Dessa amostragem, apenas duas pessoas acabaram infectadas com o coronavírus – ambas eram parentes que compartilhavam a mesma casa com os pacientes confirmados. Nenhum outro caso testou positivo para o SARS-cov-2019, incluindo cinco pessoas que permaneceram em contato domiciliar com pessoas infectadas por longos períodos.

Os resultados são positivos porque indicam que muitas pessoas que entram em contato com infectados fora de suas casas não acabam infectadas. E também mostra que a epidemia pode ser enfraquecida com medidas de precaução e de higiene, especialmente dentro de famílias com casos suspeitos ou confirmados.

A conclusão da pesquisa também faz sentido: o vírus passa de pessoa para pessoa através de fluídos, como gotículas de saliva. O contato é essencial para que a doença entre no organismo: principalmente através das mãos sendo levadas à boca ou ao nariz. Esses tipos de contato mais diretos se concetram em relações familiares, o que explicaria os resultados.

Mas há ressalvas importantes: o estudo foi feito com uma base de dados pequena: apenas 10 casos (até essa quarta, dia 04, os Estados Unidos já haviam confirmado 138 ocorrências). E o país, assim com a Alemanha, já registrou casos de Covid-19 sem fonte determinada, ou seja, em pessoas que não viajaram para o exterior e nem tiveram contato claro com nenhuma pessoa conhecida que esteve em outro país ou que teve o diagnóstico confirmado. Isso pode indicar que a doença pode sim se espalhar por contatos aleatórios, apesar de parecer bem mais difícil.

Além disso, muitos casos são assintomáticos ou apresentam sintomas leves, principalmente em pessoas mais jovens – mas, mesmo nesses casos, parece ser possível a transmissão do vírus para outras pessoas. Resumindo: não dá para se descuidar.

No Brasil, até agora, são três casos confirmados, todos em São Paulo. Não se conhece nenhum caso de transmissão entre familiares por enquanto – todos parecem ter sido “importados” da Europa, especialmente da Itália, que enfrenta um surto da doença. De qualquer forma, o Ministério da Saúde recomenda precauções, como lavar bem as mãos com água e sabão ou higienizá-las com gel antisséptico; evitar grandes aglomerações e pessoas com sintomas; evitar tocar a boca, nariz e olhos antes de lavá-las e procurar uma unidade de saúde caso sintomas apareçam.

Exame

Justiça nega pedidos de Rose e dá 2ª vitória a família de Gugu

Foto: Reprodução

A Justiça de São Paulo confirmou pela segunda vez a validade do testamento do apresentador Gugu Liberato, que morreu aos 60 anos num acidente doméstico nos EUA, em novembro. A coluna publica a decisão com exclusividade nesta quinta (27). Trata-se de uma nova vitória da família materna de Gugu, que briga com a doutora Rose Miriam di Mateo, médica, mãe dos filhos do apresentador, que teve novamente seus pedidos negados. A defesa de Rose vai recorrer. Nelson Willians, advogado da médica, considerou que “o desembargador analisou o recurso de forma superficial”.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

Bombeiros salvam família que se afogava na Praia do Forte; fim de semana registrou seis resgates em praias potiguares

Foto: CBM/ASSECOM

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) resgatou uma família que estava se afogando no mar da Praia do Forte, na tarde desse domingo (02).

As vítimas estavam em uma boia quando uma delas mergulhou por causa da distância em relação a praia e não conseguiu alcançar o fundo do mar. Os guarda-vidas, então, notaram a anormalidade e entraram na água para o resgate.

Ao todo, foram cinco resgatados, sendo quatro adultos e uma criança. Após o susto, a família foi liberada pelos militares.

Nesse final de semana, além de orientações, os militares registraram seis ocorrências de resgate nas praias potiguares.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Embora criticados por engraçadinhos que ainda não precisaram de seus socorros.
    Essa profissão é muita relevância.
    São pessoas treinadas e abraçaram essa missão de salvar vidas.
    Tem outra maior que essa me indique.

  2. Armando disse:

    Dois comentarios de pessoas que não tem o minimo do senso do ridiculo

  3. Cidadão pagador de impostos disse:

    Não fazem mais do q a obrigação deles. E ganham muito bem p um trabalho desse. Além de se aposentarem c todos os privilégios dos militares.

    • José disse:

      Respeitem as contas desse homens de missões nobres. Um dia você pode está num sufoco, e não tenha nenhum pra te ajudar. Aí você vai ver o quanto eles são imprescindível para o cotidiano.

    • Ceará-Mundão disse:

      Mais um ser interessante, que dá a entender não gostar de militares. Espero que nunca precise deles. Essa gente…

  4. Antonio Barbosa Santos disse:

    Olha a taxinha de afogamento vindo aí gente….

(BROTANDO) – FOTOS: Com petróleo no quintal, família no PR é obrigada a abandonar a pecuária e se apega à possibilidade de ficar rica

Petróleo foi encontrado na pequena cidade de Itapejara D’Oeste, no interior do Paraná — Foto: Patrícia Aparecida Misturini/Arquivo pessoal

Há oito anos a família Maciel espera por uma resposta. Ela aguarda o retorno da Agência Nacional de Petróleo (ANP) sobre a exploração das terras do Ervino Maciel, em Itapejara D’Oeste, no sudoeste do Paraná, onde foi encontrado petróleo.

A descoberta ocorreu em 2012, após uma análise da Mineração do Paraná (Mineropar). O estudo concluiu que o solo da propriedade de Ervino possui, a mil metros de profundidade, rochas semelhantes às encontradas em áreas petrolíferas.

Procurada pelo G1, a ANP disse que, apesar da existência do petróleo no sítio, não há, no momento, área licitada ou previsão de licitar região que abranja Itapejara D’Oeste.

A agência explicou que, pela legislação brasileira, quando uma área com o recurso natural é licitada, explorada e as operadoras produzem petróleo ou gás natural em uma propriedade particular, a empresa paga ao dono das terras uma participação sobre o que foi produzido. Contudo, os recursos são do governo federal. (Entenda mais ao final da reportagem).

Prejuízos

Mesmo com o passar dos anos, a família revelou que tem esperança de, um dia, ter o retorno positivo da agência, segundo a neta Patrícia Aparecida Misturini.

“Quando o pessoal da ANP veio no sítio, eles disseram que essas coisas demoram mesmo. Sinto que 2020 será o ano! Tomara que esse 2020 venha para resolver todos os problemas.”

Apesar das expectativas positivas, a família disse que já pagou caro pelo petróleo no solo do sítio. Eles foram obrigados a abandonar a pecuária.

Conforme a neta de Ervino, os exames que descobriram o petróleo só foram feitos após algumas vacas da propriedade morrerem.

Patrícia explicou que, por causa do petróleo no solo, as águas do sítio ficaram contaminadas e mataram os animais.

Além de a família ter que se desfazer do gado de leite, os avós dela também ficaram sem água potável.

Com a água contaminada, um vizinho de Maciel cedeu a água de um poço, que foi encanada, para que a família pudesse ter água limpa novamente.

Com solo contaminado, Ervino Maciel precisou encanar água do vizinho — Foto: Patrícia Aparecida Misturini/Divulgação

“O sítio é rico em água, onde você cava encontra água, mas não dá mais para usar. O vô tem que coletar água da chuva para lavar as coisas. Ele tem câncer de pele, acho até que é por causa da água contaminada, com que ele tomou tanto banho”, disse a neta.

De acordo com Patrícia, quando a avó dela era viva, em 2018, precisou trabalhar na cidade. Sem as vacas de leite, ela viu a necessidade de procurar emprego como diarista, fora do sítio.

As frutas e as hortaliças produzidas no sítio, conforme a neta, também não puderam ser mais consumidas.

Esperança

Diante de várias mudanças para reorganizar a vida depois da descoberta do petróleo, Patrícia contou que não pode perder a esperança de enriquecer com o produto.

Segundo ela, o avô disse que daria um pouco do dinheiro para cada filho, que ajudaria todo mundo da família.

“Já pensou que beleza? Se Deus quiser vamos ficar ricos!”, disse Patrícia.

Seu Maciel espera um retorno sobre a exploração das terras dele desde 2012 — Foto: Patrícia Aparecida Misturini/Arquivo pessoal

De acordo com a neta de Maciel, após a descoberta ela fez um curso sobre a exploração do petróleo e ficou impressionada com a riqueza que pode ser gerada com ele.

“Eu acredito que, se eles vierem explorar as terras, Itapejara vai crescer muito. Geraria muito emprego na cidade. Além disso, uma parte desse dinheiro fica para o município, que pode investir em saúde e educação.”

O que diz a lei

O subsolo de todo território brasileiro é da União, concluiu a ANP. Ou seja, quando um brasileiro encontra petróleo ou gás natural, os recursos são do governo federal.

Nesses casos, ainda conforme a ANP, o valor da participação a ser distribuída entre os proprietários de terra é apurado a cada mês, multiplicando-se o percentual, entre 0,5% e 1%, sobre a receita bruta de produção em cada poço que está nas terras do proprietário.

Petróleo no Paraná

De acordo com a ANP, existem dois blocos de exploração de petróleo no Paraná, e ambos estão com as atividades suspensas. Portanto, até 30 janeiro de 2020, não existia produção de petróleo no estado.

Segundo a agência, o último ano que houve esse tipo de produção no Paraná foi em 2008.

No Paraná, existem apenas dois blocos de exploração e estão com as atividades suspensas. Em amarelo, está identificado a cidade de Itapejara D’Oeste, onde a família Maciel encontrou petróleo, mas não há exploração no local. — Foto: ANP/Divulgação

Processo para produção do petróleo

ANP realiza as rodadas de licitação para exploração de petróleo e gás

Caso as empresas interessadas arrematem a licitação, elas poderão realizar estudos em busca de petróleo e gás natural

Após o bloco ser arrematado, e o contrato ser assinado, a empresa pode explorar a área (pesquisa e perfuração de poços) para buscar reservatórios de petróleo e/ou gás natural

Se não encontrar o reservatório, a empresa pode devolver a área à ANP

Se encontrar o reservatório de petróleo ou gás natural, a empresa declara que a área é comercial

A partir dessa etapa, a operadora deve apresentar um plano de desenvolvimento à ANP

Após aprovado o plano, a área delimitada pela empresa torna-se um campo de produção

Só assim, a área passa para a fase de desenvolvimento da produção

Por último, começa a fase de produção, em que, de fato, as operadoras produzem petróleo.

Descoberta

No sítio de menos de 10 hectares, o petróleo só foi descoberto após um mistério nas águas que cortam a propriedade da família Maciel.

A desconfiança surgiu quando as vacas do sítio começaram a morrer. Segundo Patrícia, a terra e a água do lugar sempre tiveram a coloração diferente.

“Foram feitos vários exames, mas os veterinários não descobriam o que as vacas tinham. Até que um deles disse: ‘só pode ser a água’. Dito e feito. Mandamos a água para um laboratório, e o resultado apontou que tava contaminada.”

Além disso, em alguns pontos da propriedade, o barro preto forma pedras azuladas. Conforme a família, em outros lugares do sítio, a textura da terra muda e fica mais grudenta, com aparência escura.

Foi diante desses fatos que a família buscou um laboratório para analisar o solo do sítio. Era preciso acabar com o mistério e entender o que tinha de diferente nas terras de seu Maciel.

Feito os testes, segundo a neta, o resultado deu positivo. E melhor, informou que o petróleo encontrado era de boa qualidade.

“Não dava para acreditar! Imagina só, petróleo justo em Itapejara D’Oeste?”, relembrou.

Na superfície do solo, a família disse que é possível perceber água com óleo — Foto: Patrícia Aparecida Misturini/Arquivo pessoal

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. H4CK3R disse:

    Ah, véio cagado!!!

Acidente em pista mal sinalizada gera indenização para família das vítimas no RN

Foto: Reprodução

A juíza Deonita Fernandes, da Vara Única de Pedro Velho, condenou o Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER/RN) e a empresa Novatec Construções e Empreendimentos a pagarem indenização no valor de R$ 40 mil aos pais de um homem que faleceu em um acidente de trânsito ocorrido na rodovia RN 269, que liga as cidades de Pedro Velho a Montanhas, no ano de 2010. Segundo os autos, a estrada estava sem a sinalização necessária, sendo esta a causa do acidente que resultou na morte de duas pessoas que estavam em uma motocicleta.

Na ocasião do acidente, a moto bateu em um carro que vinha utilizando a “pista contrária, tendo em vista a realização de obra de recapeamento que interditava parte da pista”, de forma que assim ficou evidenciada a responsabilidade da empresa contratada para realizar o serviço na rodovia.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando disse:

    Se a justiça funcionasse mais rapido… qualquer governo ja resolveria o problema (tendo em vista que há imposto só para isto), pq ia ser uma enxurrda de processo e de idenizacao!!!

  2. Francisco Alves disse:

    As rodovias do RN estão de mal a pior. Problema de quem usa!
    Não tem manutenção prevista no orçamento.
    Quando vem do Ceará ou da Paraíba, nem precisa de placa indicadora da divisa dos estados, ao entrar nas rodovias do RN logo começam os buracos, má conservação, falta de sinalização, excesso de lombadas e tantos outros problemas.

Governo monitora família brasileira com suspeita de coronavírus nas Filipinas

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse nesta terça-feira (28) que o governo acompanha a situação de uma família brasileira que está nas Filipinas com suspeita de ter contraído o coronavírus e que não há orientação do governo para a retirada de brasileiros das regiões afetadas pelo vírus.

Antes de ir para as Filipinas, a família de três pessoas (pai, mãe e uma criança de 10 anos) passou por Wuhan, na China. A criança de 10 anos tem suspeita de contaminação e está em isolamento. Já os pais da menina estão isolados como medida de precaução.

“A gente fica monitorando com atenção o caso dessa família. Quando a gente tem uma situação como essa a pessoa tem que ficar onde ela está. Não é orientada a remoção, mesmo porque você não tem um tratamento especifico definido para esse vírus. O mesmo tratamento que é aplicado na China vai ser feito no Brasil”, disse o ministro durante entrevista coletiva para tratar das medidas adotadas pelo governo para evitar a entrada do vírus no país.

Durante a entrevista, Mandetta confirmou a suspeita de um caso de contaminação por coronavírus em Minas Gerais. Com isso, o governo elevou o nível de atenção para o vírus que passou de 1 – nível de alerta – para 2, de perigo iminente.

Brasileiros no exterior

O Ministério das Relações Exteriores confirmou que não há orientação do governo para a retirada de brasileiros que vivem na China. Por meio de nota, a pasta disse que a embaixada brasileira em Pequim está acompanhando a situação dos brasileiros que vivem na China. De acordo com o Itamaraty, o governo chinês mantém comunicação constante com os representantes diplomáticos e consulares e, até o momento, não considera a hipótese de organizar a retirada de estrangeiros das áreas já em situação de isolamento.

“Recorde-se que qualquer evacuação demandará, além da autorização chinesa, cumprimento das normas internacionais sobre quarentena e permissão de sobrevoo e pouso de avião com pessoas provenientes de área que experimenta surto da doença”, diz a nota.

Viagens para a China

Durante a coletiva, o ministro da Saúde disse ainda que, após a Organização Mundia da Saúde (OMS) elevar de moderado para elevado o risco de contaminação pelo vírus, brasileiros só devem viajar para a China em caso de necessidade.

“Estamos recomendando que viagens à China sejam feitas apenas em caso de necessidade. A OMS desaconselha qualquer viagem nesse momento para o país”, disse Mandetta.

O ministro disse ainda que, com a decisão da OMS, o governo vai passar a tratar como casos suspeitos, os de pessoas que estiveram em toda a China nos últimos 14 dias e apresentarem sintomas respiratórios, como tosse ou dificuldade para respirar. Antes, a atenção recaía apenas às pessoas que estiveram na cidade de Wuhan, local com maior número de casos.

O ministro disse ainda que não há orientações específicas para o período de Carnaval. “Não temos nenhuma recomendação específica de comportamento, a não ser aquelas clássicas que usamos sempre: lavar as mãos, evitar compartilhamento de objetos, copos talheres para que se possa ter um risco menor, mas nada especifico para o Carnaval”, disse.

Aeroportos

Desde o fim de semana, os aeroportos brasileiros divulgam alerta da Anvisa sobre o coronavírus. A mensagem reforça procedimentos de higiene e diz que os passageiros que apresentarem sintomas relacionados ao vírus devem procurar um agente de saúde. O ministro disse que o governo também trabalha com a elaboração de material impresso em diferentes idiomas para orientar as pessoas que chegam no país sobre o que fazer para evitar contrair o vírus.

Hoje à tarde, integrantes da Anvisa se reúnem com representantes de companhias aéreas no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, para dar orientações sobre o coronavírus.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até ontem (27), foram confirmados 2.798 casos do novo coronavírus, batizado 2019-nCoV, em todo o mundo. A maior parte na China (2.761), incluindo a região administrativa de Hong Kong (8 casos confirmados), Macau (5) e Taipei (4).

Fora do território Chinês foram confirmados 37 casos. Destes, 36 apresentaram histórico de viagem à China, dos quais 34, estiveram na cidade de Wuhan ou algum vínculo com um caso já confirmado. Desse total, os Estados Unidos e a Tailândia registraram cinco casos cada; quatro casos foram registrados no Japão, Cingapura, Austrália, Malásia e a Coreia do Sul. A França registrou três casos, o Vietnam dois, e o Canadá e Nepal um caso cada.

Nesta terça, representantes do Ministério da Saúde vão participar de uma reunião com a Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre o tema. Na próxima semana, Mandetta disse que vai se reunir com os secretários estaduais de Saúde e os secretários de Saúde das capitais também para detalhar as ações tomadas pelo governo.

Agência Brasil

Weintraub: “Sai o kit gay e entra a leitura em família”

Foto: Sérgio Lima/Poder360

Na live com Jair Bolsonaro transmitida nesta manhã pelas redes sociais, Abraham Weintraub falou sobre o programa Conta Para Mim, lançado pelo Ministério da Educação em dezembro.

“[O programa] Busca justamente valorizar o papel da família com as crianças pequenas nesses primeiros momentos. Sai o kit gay e entra a leitura em família”, afirmou Weintraub.

Durante a conversa, Bolsonaro e Weintraub também falaram sobre a chamada “ideologia de gênero”.

“Uma parte do eleitorado simpatizou comigo na pré-campanha e na campanha, tendo em vista a educação. Não vi discussão sobre ideologia de gênero. Isso, no meu entender, não é para ser discutido lá [no MEC]. O pai quer que o filho seja homem e que a filha seja mulher. Coisa óbvia, né?”, disse Bolsonaro.

Weintraub seguiu a mesma linha:

“Quem educa é a família. A escola ensina. A gente ensina a ler, a escrever, ensina o ofício. A gente espera que a família eduque as crianças.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Patriota Natalense disse:

    DEUS DE VOLTA AO PAÍS! ESSE MINISTRO É MUITO INTELIGENTE E SENSATO, MAIS UMA ESCOLHA DIVINA DE BOLSONARO!

  2. Juju disse:

    Eita que os Baba ovo…ou seja puxa saco ESTÃO COMENDO ovo demais, afffffff…..nenhum governo faz o ser….cada vida TEM seu destino…e cada um faz o que gosta e bem quer….por exemplo….o que acham DO BOSTANARO TER DITO QUE COMIA O CU DAS GALINHAS???? ELE CONSEGUIU PROCRIAR O QUE? OVO!!!! FORMOU FAMÍLIA?? ?? VIVA A FAMILIA GALINHANARO……BELO EXEMPLO DE FAMÍLIA …..OS SEUS BABA OVO DEVERIAM EXPERIMENTAR TAMBÉM COMER O CU DAS GALINHAS….PARA DEIXAR PARA AS GERAÇÕES A FUTURA FAMÍLIA….HOMEM GALINHAS.. …

    • Del disse:

      Acho que parte do vento estocado por dilma está no crânio desse tonto, só pode. A ausência cefálica é risível, consequentemente de neurônios. Rsrsrs

    • antonio disse:

      Que palavreado chulo Juju, sugerir maus exemplos, não leva a nada.

  3. Santos disse:

    Exato… quem educa é a família. Dito isso, o pai que não assume a paternidade, abandona filho ou desconstitui a família deveria ser o primeiro a ser responsabilizado.

    • Reginaldo disse:

      Livro sem letras deve ser um sucesso na Terra Plana, de onde veio o Rabo do Cavalo (Olavo de Cavalo) e toda trupe de estranhas figuras envolvidas em visões encima de goiabeiras, laranjas e rachadinhas.
      Um Chocolate da Copenhague para quem advinhar qual a próxima medida fantástica: Uma Educação também pode acontecer sem escola e sem professor.
      Muuuuuuuuuuuu….

  4. Wesckley disse:

    Valeu Mito, quem quiser ser gay, sapatão, o raio que o parta, não deve incentivar crianças a essas bizarrices.

  5. Bruno disse:

    Parabéns meu presidente!!!!!
    Estamos vivendo um momento inesquecível na nossa nação, onde não há inversão de valores.
    Que Deus possa abençoar ainda mais esse governo.

  6. Bento disse:

    Obrigado meu Deus
    Vitórias e mais vitórias
    Estamos livres desses trastes do passado
    Isto não tem preço. Viva a família.
    Obrigado meu Presidente e a sua honrada equipe. (JMB)

  7. Lula_lavador_de_dinheiro disse:

    Parabéns ministro. Foi pra isso mesmo q votei no Mito. 👉🏾👉🏾

  8. Rômulo© disse:

    Vou ler em família "O Capital Para Crianças"! Boa leitura para vocês!

  9. Zanoni disse:

    Homem e mulher procriam. Qualquer um ou uns pode criar e cuidar. Todavia, não se pode subverter o valor da família na formação do indivíduo. Leia-se, da família que cuida e educa.

Bombeiros salvam de afogamento família de turistas do DF na Praia de Búzios, no litoral sul potiguar

Uma família de turistas de Brasília-DF, composta por pai, mãe e filho foi resgatada por guarda-vidas do posto de salvamento do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte na Praia de Búzios, na Grande Natal, na manhã desta sexta-feira(27).

A rápida ação dos salva-vidas aconteceu logo após a  entrada da família ao mar e as primeiras dificuldades com a perigosa e conhecida correnteza no local. Após socorridos e atendidos, foram liberados ainda na praia.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. RACIONAL disse:

    Parabéns para os bombeiros , mas aquela área de transição entre Búzios e Tabatinga deve ser fechada para banhos , pois muitas tragédias já ocorreram ali . Bloquear é preciso !!!

    • Henrique disse:

      É verdade amigo, super perigosa e também deveria ter uma base permanente dos guardas vidas.

Chamado pela família, médico brasileiro viaja para atender Gugu, noticia colunista no UOL

Imagem: Divulgação

A informação, inclusive confirmada pela jornalista Esther Rocha, assessora de Gugu Liberato, é que um neurocirurgião brasileiro, chamado pela família, viajou para os Estados Unidos.

“É verdade, um médico brasileiro está seguindo para lá, até para dar um suporte ao caso. Ele ainda não chegou lá. Mas é esperado ainda na tarde de hoje no hospital”.

Por enquanto, o nome deste médico, porque a família acha melhor assim, não é divulgado.

Gugu está desde quarta-feira na unidade de terapia intensiva do Orlando Health/Orlando Regional Medical Center e seu estado, segundo informações de lá, não apresentou alterações nas últimas horas.

Coluna Flávio Ricco – (Colaborou José Carlos Nery) – UOL

https://tvefamosos.uol.com.br/colunas/flavio-ricco/2019/11/22/chamado-pela-familia-medico-brasileiro-viaja-para-atender-gugu.htm

Mínimo para sustentar uma família atinge menor valor do ano em setembro, aponta pesquisa do Dieese

Família: de quanto o brasileiro precisa para sustentar uma família de 4 pessoas? (PeopleImages/Getty Images)

O salário mínimo necessário para sustentar uma família de quatro pessoas atingiu R$ 3.980,82 em setembro, o menor menor valor do ano, segundo pesquisa mensal feita pelo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Apesar da queda, esse número ainda equivale a 3,99 vezes o mínimo vigente, de R$ 998.

O cálculo é feito com base no valor da cesta básica e cobriria, em tese, todos os gastos necessários com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

A teoria econômica sugere, no entanto, que um aumento súbito do mínimo para este patamar causaria desemprego em massa e impacto devastador sobre as contas públicas.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019 mostra que cada R$ 1 de aumento no salário mínimo tem impacto de cerca de R$ 300 milhões em gastos nos benefícios previdenciários.

Histórico

Em agosto de 2019, o piso mínimo necessário era de R$ 4.044,58, ou 4,05 vezes o mínimo vigente. Já em setembro de 2018, o valor necessário foi de R$ 3.658,39, ou 3,83 vezes o salário mínimo, que era de R$ 954.

O Dieese destaca que, entre agosto e setembro de 2019, o custo do conjunto de alimentos essenciais seguiu em queda e foi menor em 16 cidades, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada pelo departamento em 17 capitais.

As diminuições mais expressivas foram identificadas em Fortaleza (-4,63%), Curitiba (-3,73%) e Brasília (-3,10%). A única alta foi registrada em Recife (1,53%).

O Dieese calcula ainda que o trabalhador remunerado pelo piso nacional comprometeu, em setembro, 43,68% do seu orçamento para adquirir os produtos essenciais da cesta básica de alimentos. Esse cálculo é feito já levando em consideração o desconto referente à contribuição à Previdência Social.

No mês anterior, esse percentual ficou maior, em 44,66%. Em setembro de 2018, quando o salário mínimo valia R$ 954, a compra demandava 42,29% do montante líquido recebido, segundo o Instituto.

São Paulo teve a cesta mais cara em setembro, cujo preço médio foi de R$ 473,85, queda de 1,58% em relação ao valor de agosto. No estado, o Dieese calcula que o trabalhador teve de comprometer 51,61% de sua renda para comprar os produtos da cesta básica.

Sem aumento real

O governo Bolsonaro prevê aumento do salário mínimo dos atuais R$ 998 para R$ 1.040 no próximo ano. O reajuste será feito com base apenas pela inflação.

O valor é o resultado do piso atual, mais a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), estimada para encerrar este ano em 4,2%.

Mesmo com a ligeira redução, o salário mínimo do ano que vem vai ultrapassar a faixa R$ 1 mil pela primeira vez na história. O reajuste representa uma alta de um pouco mais de 4% em relação ao valor atual.

A ideia de não dar aumento real ao piso salarial foi enviada ao Congresso em abril, na proposta orçamentária do Executivo, e aprovada na quarta-feira (8), pela Comissão Mista de Orçamento (CMO).

O governo nega que esta seja uma nova política permanente para o mínimo, o que só seria definido em dezembro.

Instituída no governo Dilma Rousseff em 2011, a política de reajuste do mínimo previa correção dos salários com base na inflação do ano anterior somada à variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

Entre 2005 e 2019, o valor do salário mínimo no Brasil subiu 283,8% enquanto que a inflação medida pelo INPC avançou 120,2%.

Exame

 

Page 1 of 4
1 2 3 4