Bombeiros salvam família que se afogava na Praia do Forte; fim de semana registrou seis resgates em praias potiguares

Foto: CBM/ASSECOM

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) resgatou uma família que estava se afogando no mar da Praia do Forte, na tarde desse domingo (02).

As vítimas estavam em uma boia quando uma delas mergulhou por causa da distância em relação a praia e não conseguiu alcançar o fundo do mar. Os guarda-vidas, então, notaram a anormalidade e entraram na água para o resgate.

Ao todo, foram cinco resgatados, sendo quatro adultos e uma criança. Após o susto, a família foi liberada pelos militares.

Nesse final de semana, além de orientações, os militares registraram seis ocorrências de resgate nas praias potiguares.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Embora criticados por engraçadinhos que ainda não precisaram de seus socorros.
    Essa profissão é muita relevância.
    São pessoas treinadas e abraçaram essa missão de salvar vidas.
    Tem outra maior que essa me indique.

  2. Armando disse:

    Dois comentarios de pessoas que não tem o minimo do senso do ridiculo

  3. Cidadão pagador de impostos disse:

    Não fazem mais do q a obrigação deles. E ganham muito bem p um trabalho desse. Além de se aposentarem c todos os privilégios dos militares.

    • José disse:

      Respeitem as contas desse homens de missões nobres. Um dia você pode está num sufoco, e não tenha nenhum pra te ajudar. Aí você vai ver o quanto eles são imprescindível para o cotidiano.

    • Ceará-Mundão disse:

      Mais um ser interessante, que dá a entender não gostar de militares. Espero que nunca precise deles. Essa gente…

  4. Antonio Barbosa Santos disse:

    Olha a taxinha de afogamento vindo aí gente….

(BROTANDO) – FOTOS: Com petróleo no quintal, família no PR é obrigada a abandonar a pecuária e se apega à possibilidade de ficar rica

Petróleo foi encontrado na pequena cidade de Itapejara D’Oeste, no interior do Paraná — Foto: Patrícia Aparecida Misturini/Arquivo pessoal

Há oito anos a família Maciel espera por uma resposta. Ela aguarda o retorno da Agência Nacional de Petróleo (ANP) sobre a exploração das terras do Ervino Maciel, em Itapejara D’Oeste, no sudoeste do Paraná, onde foi encontrado petróleo.

A descoberta ocorreu em 2012, após uma análise da Mineração do Paraná (Mineropar). O estudo concluiu que o solo da propriedade de Ervino possui, a mil metros de profundidade, rochas semelhantes às encontradas em áreas petrolíferas.

Procurada pelo G1, a ANP disse que, apesar da existência do petróleo no sítio, não há, no momento, área licitada ou previsão de licitar região que abranja Itapejara D’Oeste.

A agência explicou que, pela legislação brasileira, quando uma área com o recurso natural é licitada, explorada e as operadoras produzem petróleo ou gás natural em uma propriedade particular, a empresa paga ao dono das terras uma participação sobre o que foi produzido. Contudo, os recursos são do governo federal. (Entenda mais ao final da reportagem).

Prejuízos

Mesmo com o passar dos anos, a família revelou que tem esperança de, um dia, ter o retorno positivo da agência, segundo a neta Patrícia Aparecida Misturini.

“Quando o pessoal da ANP veio no sítio, eles disseram que essas coisas demoram mesmo. Sinto que 2020 será o ano! Tomara que esse 2020 venha para resolver todos os problemas.”

Apesar das expectativas positivas, a família disse que já pagou caro pelo petróleo no solo do sítio. Eles foram obrigados a abandonar a pecuária.

Conforme a neta de Ervino, os exames que descobriram o petróleo só foram feitos após algumas vacas da propriedade morrerem.

Patrícia explicou que, por causa do petróleo no solo, as águas do sítio ficaram contaminadas e mataram os animais.

Além de a família ter que se desfazer do gado de leite, os avós dela também ficaram sem água potável.

Com a água contaminada, um vizinho de Maciel cedeu a água de um poço, que foi encanada, para que a família pudesse ter água limpa novamente.

Com solo contaminado, Ervino Maciel precisou encanar água do vizinho — Foto: Patrícia Aparecida Misturini/Divulgação

“O sítio é rico em água, onde você cava encontra água, mas não dá mais para usar. O vô tem que coletar água da chuva para lavar as coisas. Ele tem câncer de pele, acho até que é por causa da água contaminada, com que ele tomou tanto banho”, disse a neta.

De acordo com Patrícia, quando a avó dela era viva, em 2018, precisou trabalhar na cidade. Sem as vacas de leite, ela viu a necessidade de procurar emprego como diarista, fora do sítio.

As frutas e as hortaliças produzidas no sítio, conforme a neta, também não puderam ser mais consumidas.

Esperança

Diante de várias mudanças para reorganizar a vida depois da descoberta do petróleo, Patrícia contou que não pode perder a esperança de enriquecer com o produto.

Segundo ela, o avô disse que daria um pouco do dinheiro para cada filho, que ajudaria todo mundo da família.

“Já pensou que beleza? Se Deus quiser vamos ficar ricos!”, disse Patrícia.

Seu Maciel espera um retorno sobre a exploração das terras dele desde 2012 — Foto: Patrícia Aparecida Misturini/Arquivo pessoal

De acordo com a neta de Maciel, após a descoberta ela fez um curso sobre a exploração do petróleo e ficou impressionada com a riqueza que pode ser gerada com ele.

“Eu acredito que, se eles vierem explorar as terras, Itapejara vai crescer muito. Geraria muito emprego na cidade. Além disso, uma parte desse dinheiro fica para o município, que pode investir em saúde e educação.”

O que diz a lei

O subsolo de todo território brasileiro é da União, concluiu a ANP. Ou seja, quando um brasileiro encontra petróleo ou gás natural, os recursos são do governo federal.

Nesses casos, ainda conforme a ANP, o valor da participação a ser distribuída entre os proprietários de terra é apurado a cada mês, multiplicando-se o percentual, entre 0,5% e 1%, sobre a receita bruta de produção em cada poço que está nas terras do proprietário.

Petróleo no Paraná

De acordo com a ANP, existem dois blocos de exploração de petróleo no Paraná, e ambos estão com as atividades suspensas. Portanto, até 30 janeiro de 2020, não existia produção de petróleo no estado.

Segundo a agência, o último ano que houve esse tipo de produção no Paraná foi em 2008.

No Paraná, existem apenas dois blocos de exploração e estão com as atividades suspensas. Em amarelo, está identificado a cidade de Itapejara D’Oeste, onde a família Maciel encontrou petróleo, mas não há exploração no local. — Foto: ANP/Divulgação

Processo para produção do petróleo

ANP realiza as rodadas de licitação para exploração de petróleo e gás

Caso as empresas interessadas arrematem a licitação, elas poderão realizar estudos em busca de petróleo e gás natural

Após o bloco ser arrematado, e o contrato ser assinado, a empresa pode explorar a área (pesquisa e perfuração de poços) para buscar reservatórios de petróleo e/ou gás natural

Se não encontrar o reservatório, a empresa pode devolver a área à ANP

Se encontrar o reservatório de petróleo ou gás natural, a empresa declara que a área é comercial

A partir dessa etapa, a operadora deve apresentar um plano de desenvolvimento à ANP

Após aprovado o plano, a área delimitada pela empresa torna-se um campo de produção

Só assim, a área passa para a fase de desenvolvimento da produção

Por último, começa a fase de produção, em que, de fato, as operadoras produzem petróleo.

Descoberta

No sítio de menos de 10 hectares, o petróleo só foi descoberto após um mistério nas águas que cortam a propriedade da família Maciel.

A desconfiança surgiu quando as vacas do sítio começaram a morrer. Segundo Patrícia, a terra e a água do lugar sempre tiveram a coloração diferente.

“Foram feitos vários exames, mas os veterinários não descobriam o que as vacas tinham. Até que um deles disse: ‘só pode ser a água’. Dito e feito. Mandamos a água para um laboratório, e o resultado apontou que tava contaminada.”

Além disso, em alguns pontos da propriedade, o barro preto forma pedras azuladas. Conforme a família, em outros lugares do sítio, a textura da terra muda e fica mais grudenta, com aparência escura.

Foi diante desses fatos que a família buscou um laboratório para analisar o solo do sítio. Era preciso acabar com o mistério e entender o que tinha de diferente nas terras de seu Maciel.

Feito os testes, segundo a neta, o resultado deu positivo. E melhor, informou que o petróleo encontrado era de boa qualidade.

“Não dava para acreditar! Imagina só, petróleo justo em Itapejara D’Oeste?”, relembrou.

Na superfície do solo, a família disse que é possível perceber água com óleo — Foto: Patrícia Aparecida Misturini/Arquivo pessoal

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. H4CK3R disse:

    Ah, véio cagado!!!

Acidente em pista mal sinalizada gera indenização para família das vítimas no RN

Foto: Reprodução

A juíza Deonita Fernandes, da Vara Única de Pedro Velho, condenou o Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER/RN) e a empresa Novatec Construções e Empreendimentos a pagarem indenização no valor de R$ 40 mil aos pais de um homem que faleceu em um acidente de trânsito ocorrido na rodovia RN 269, que liga as cidades de Pedro Velho a Montanhas, no ano de 2010. Segundo os autos, a estrada estava sem a sinalização necessária, sendo esta a causa do acidente que resultou na morte de duas pessoas que estavam em uma motocicleta.

Na ocasião do acidente, a moto bateu em um carro que vinha utilizando a “pista contrária, tendo em vista a realização de obra de recapeamento que interditava parte da pista”, de forma que assim ficou evidenciada a responsabilidade da empresa contratada para realizar o serviço na rodovia.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando disse:

    Se a justiça funcionasse mais rapido… qualquer governo ja resolveria o problema (tendo em vista que há imposto só para isto), pq ia ser uma enxurrda de processo e de idenizacao!!!

  2. Francisco Alves disse:

    As rodovias do RN estão de mal a pior. Problema de quem usa!
    Não tem manutenção prevista no orçamento.
    Quando vem do Ceará ou da Paraíba, nem precisa de placa indicadora da divisa dos estados, ao entrar nas rodovias do RN logo começam os buracos, má conservação, falta de sinalização, excesso de lombadas e tantos outros problemas.

Governo monitora família brasileira com suspeita de coronavírus nas Filipinas

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse nesta terça-feira (28) que o governo acompanha a situação de uma família brasileira que está nas Filipinas com suspeita de ter contraído o coronavírus e que não há orientação do governo para a retirada de brasileiros das regiões afetadas pelo vírus.

Antes de ir para as Filipinas, a família de três pessoas (pai, mãe e uma criança de 10 anos) passou por Wuhan, na China. A criança de 10 anos tem suspeita de contaminação e está em isolamento. Já os pais da menina estão isolados como medida de precaução.

“A gente fica monitorando com atenção o caso dessa família. Quando a gente tem uma situação como essa a pessoa tem que ficar onde ela está. Não é orientada a remoção, mesmo porque você não tem um tratamento especifico definido para esse vírus. O mesmo tratamento que é aplicado na China vai ser feito no Brasil”, disse o ministro durante entrevista coletiva para tratar das medidas adotadas pelo governo para evitar a entrada do vírus no país.

Durante a entrevista, Mandetta confirmou a suspeita de um caso de contaminação por coronavírus em Minas Gerais. Com isso, o governo elevou o nível de atenção para o vírus que passou de 1 – nível de alerta – para 2, de perigo iminente.

Brasileiros no exterior

O Ministério das Relações Exteriores confirmou que não há orientação do governo para a retirada de brasileiros que vivem na China. Por meio de nota, a pasta disse que a embaixada brasileira em Pequim está acompanhando a situação dos brasileiros que vivem na China. De acordo com o Itamaraty, o governo chinês mantém comunicação constante com os representantes diplomáticos e consulares e, até o momento, não considera a hipótese de organizar a retirada de estrangeiros das áreas já em situação de isolamento.

“Recorde-se que qualquer evacuação demandará, além da autorização chinesa, cumprimento das normas internacionais sobre quarentena e permissão de sobrevoo e pouso de avião com pessoas provenientes de área que experimenta surto da doença”, diz a nota.

Viagens para a China

Durante a coletiva, o ministro da Saúde disse ainda que, após a Organização Mundia da Saúde (OMS) elevar de moderado para elevado o risco de contaminação pelo vírus, brasileiros só devem viajar para a China em caso de necessidade.

“Estamos recomendando que viagens à China sejam feitas apenas em caso de necessidade. A OMS desaconselha qualquer viagem nesse momento para o país”, disse Mandetta.

O ministro disse ainda que, com a decisão da OMS, o governo vai passar a tratar como casos suspeitos, os de pessoas que estiveram em toda a China nos últimos 14 dias e apresentarem sintomas respiratórios, como tosse ou dificuldade para respirar. Antes, a atenção recaía apenas às pessoas que estiveram na cidade de Wuhan, local com maior número de casos.

O ministro disse ainda que não há orientações específicas para o período de Carnaval. “Não temos nenhuma recomendação específica de comportamento, a não ser aquelas clássicas que usamos sempre: lavar as mãos, evitar compartilhamento de objetos, copos talheres para que se possa ter um risco menor, mas nada especifico para o Carnaval”, disse.

Aeroportos

Desde o fim de semana, os aeroportos brasileiros divulgam alerta da Anvisa sobre o coronavírus. A mensagem reforça procedimentos de higiene e diz que os passageiros que apresentarem sintomas relacionados ao vírus devem procurar um agente de saúde. O ministro disse que o governo também trabalha com a elaboração de material impresso em diferentes idiomas para orientar as pessoas que chegam no país sobre o que fazer para evitar contrair o vírus.

Hoje à tarde, integrantes da Anvisa se reúnem com representantes de companhias aéreas no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, para dar orientações sobre o coronavírus.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até ontem (27), foram confirmados 2.798 casos do novo coronavírus, batizado 2019-nCoV, em todo o mundo. A maior parte na China (2.761), incluindo a região administrativa de Hong Kong (8 casos confirmados), Macau (5) e Taipei (4).

Fora do território Chinês foram confirmados 37 casos. Destes, 36 apresentaram histórico de viagem à China, dos quais 34, estiveram na cidade de Wuhan ou algum vínculo com um caso já confirmado. Desse total, os Estados Unidos e a Tailândia registraram cinco casos cada; quatro casos foram registrados no Japão, Cingapura, Austrália, Malásia e a Coreia do Sul. A França registrou três casos, o Vietnam dois, e o Canadá e Nepal um caso cada.

Nesta terça, representantes do Ministério da Saúde vão participar de uma reunião com a Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre o tema. Na próxima semana, Mandetta disse que vai se reunir com os secretários estaduais de Saúde e os secretários de Saúde das capitais também para detalhar as ações tomadas pelo governo.

Agência Brasil

Weintraub: “Sai o kit gay e entra a leitura em família”

Foto: Sérgio Lima/Poder360

Na live com Jair Bolsonaro transmitida nesta manhã pelas redes sociais, Abraham Weintraub falou sobre o programa Conta Para Mim, lançado pelo Ministério da Educação em dezembro.

“[O programa] Busca justamente valorizar o papel da família com as crianças pequenas nesses primeiros momentos. Sai o kit gay e entra a leitura em família”, afirmou Weintraub.

Durante a conversa, Bolsonaro e Weintraub também falaram sobre a chamada “ideologia de gênero”.

“Uma parte do eleitorado simpatizou comigo na pré-campanha e na campanha, tendo em vista a educação. Não vi discussão sobre ideologia de gênero. Isso, no meu entender, não é para ser discutido lá [no MEC]. O pai quer que o filho seja homem e que a filha seja mulher. Coisa óbvia, né?”, disse Bolsonaro.

Weintraub seguiu a mesma linha:

“Quem educa é a família. A escola ensina. A gente ensina a ler, a escrever, ensina o ofício. A gente espera que a família eduque as crianças.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Patriota Natalense disse:

    DEUS DE VOLTA AO PAÍS! ESSE MINISTRO É MUITO INTELIGENTE E SENSATO, MAIS UMA ESCOLHA DIVINA DE BOLSONARO!

  2. Juju disse:

    Eita que os Baba ovo…ou seja puxa saco ESTÃO COMENDO ovo demais, afffffff…..nenhum governo faz o ser….cada vida TEM seu destino…e cada um faz o que gosta e bem quer….por exemplo….o que acham DO BOSTANARO TER DITO QUE COMIA O CU DAS GALINHAS???? ELE CONSEGUIU PROCRIAR O QUE? OVO!!!! FORMOU FAMÍLIA?? ?? VIVA A FAMILIA GALINHANARO……BELO EXEMPLO DE FAMÍLIA …..OS SEUS BABA OVO DEVERIAM EXPERIMENTAR TAMBÉM COMER O CU DAS GALINHAS….PARA DEIXAR PARA AS GERAÇÕES A FUTURA FAMÍLIA….HOMEM GALINHAS.. …

    • Del disse:

      Acho que parte do vento estocado por dilma está no crânio desse tonto, só pode. A ausência cefálica é risível, consequentemente de neurônios. Rsrsrs

    • antonio disse:

      Que palavreado chulo Juju, sugerir maus exemplos, não leva a nada.

  3. Santos disse:

    Exato… quem educa é a família. Dito isso, o pai que não assume a paternidade, abandona filho ou desconstitui a família deveria ser o primeiro a ser responsabilizado.

    • Reginaldo disse:

      Livro sem letras deve ser um sucesso na Terra Plana, de onde veio o Rabo do Cavalo (Olavo de Cavalo) e toda trupe de estranhas figuras envolvidas em visões encima de goiabeiras, laranjas e rachadinhas.
      Um Chocolate da Copenhague para quem advinhar qual a próxima medida fantástica: Uma Educação também pode acontecer sem escola e sem professor.
      Muuuuuuuuuuuu….

  4. Wesckley disse:

    Valeu Mito, quem quiser ser gay, sapatão, o raio que o parta, não deve incentivar crianças a essas bizarrices.

  5. Bruno disse:

    Parabéns meu presidente!!!!!
    Estamos vivendo um momento inesquecível na nossa nação, onde não há inversão de valores.
    Que Deus possa abençoar ainda mais esse governo.

  6. Bento disse:

    Obrigado meu Deus
    Vitórias e mais vitórias
    Estamos livres desses trastes do passado
    Isto não tem preço. Viva a família.
    Obrigado meu Presidente e a sua honrada equipe. (JMB)

  7. Lula_lavador_de_dinheiro disse:

    Parabéns ministro. Foi pra isso mesmo q votei no Mito. 👉🏾👉🏾

  8. Rômulo© disse:

    Vou ler em família "O Capital Para Crianças"! Boa leitura para vocês!

  9. Zanoni disse:

    Homem e mulher procriam. Qualquer um ou uns pode criar e cuidar. Todavia, não se pode subverter o valor da família na formação do indivíduo. Leia-se, da família que cuida e educa.

Bombeiros salvam de afogamento família de turistas do DF na Praia de Búzios, no litoral sul potiguar

Uma família de turistas de Brasília-DF, composta por pai, mãe e filho foi resgatada por guarda-vidas do posto de salvamento do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte na Praia de Búzios, na Grande Natal, na manhã desta sexta-feira(27).

A rápida ação dos salva-vidas aconteceu logo após a  entrada da família ao mar e as primeiras dificuldades com a perigosa e conhecida correnteza no local. Após socorridos e atendidos, foram liberados ainda na praia.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. RACIONAL disse:

    Parabéns para os bombeiros , mas aquela área de transição entre Búzios e Tabatinga deve ser fechada para banhos , pois muitas tragédias já ocorreram ali . Bloquear é preciso !!!

    • Henrique disse:

      É verdade amigo, super perigosa e também deveria ter uma base permanente dos guardas vidas.

Chamado pela família, médico brasileiro viaja para atender Gugu, noticia colunista no UOL

Imagem: Divulgação

A informação, inclusive confirmada pela jornalista Esther Rocha, assessora de Gugu Liberato, é que um neurocirurgião brasileiro, chamado pela família, viajou para os Estados Unidos.

“É verdade, um médico brasileiro está seguindo para lá, até para dar um suporte ao caso. Ele ainda não chegou lá. Mas é esperado ainda na tarde de hoje no hospital”.

Por enquanto, o nome deste médico, porque a família acha melhor assim, não é divulgado.

Gugu está desde quarta-feira na unidade de terapia intensiva do Orlando Health/Orlando Regional Medical Center e seu estado, segundo informações de lá, não apresentou alterações nas últimas horas.

Coluna Flávio Ricco – (Colaborou José Carlos Nery) – UOL

https://tvefamosos.uol.com.br/colunas/flavio-ricco/2019/11/22/chamado-pela-familia-medico-brasileiro-viaja-para-atender-gugu.htm

Mínimo para sustentar uma família atinge menor valor do ano em setembro, aponta pesquisa do Dieese

Família: de quanto o brasileiro precisa para sustentar uma família de 4 pessoas? (PeopleImages/Getty Images)

O salário mínimo necessário para sustentar uma família de quatro pessoas atingiu R$ 3.980,82 em setembro, o menor menor valor do ano, segundo pesquisa mensal feita pelo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Apesar da queda, esse número ainda equivale a 3,99 vezes o mínimo vigente, de R$ 998.

O cálculo é feito com base no valor da cesta básica e cobriria, em tese, todos os gastos necessários com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

A teoria econômica sugere, no entanto, que um aumento súbito do mínimo para este patamar causaria desemprego em massa e impacto devastador sobre as contas públicas.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019 mostra que cada R$ 1 de aumento no salário mínimo tem impacto de cerca de R$ 300 milhões em gastos nos benefícios previdenciários.

Histórico

Em agosto de 2019, o piso mínimo necessário era de R$ 4.044,58, ou 4,05 vezes o mínimo vigente. Já em setembro de 2018, o valor necessário foi de R$ 3.658,39, ou 3,83 vezes o salário mínimo, que era de R$ 954.

O Dieese destaca que, entre agosto e setembro de 2019, o custo do conjunto de alimentos essenciais seguiu em queda e foi menor em 16 cidades, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada pelo departamento em 17 capitais.

As diminuições mais expressivas foram identificadas em Fortaleza (-4,63%), Curitiba (-3,73%) e Brasília (-3,10%). A única alta foi registrada em Recife (1,53%).

O Dieese calcula ainda que o trabalhador remunerado pelo piso nacional comprometeu, em setembro, 43,68% do seu orçamento para adquirir os produtos essenciais da cesta básica de alimentos. Esse cálculo é feito já levando em consideração o desconto referente à contribuição à Previdência Social.

No mês anterior, esse percentual ficou maior, em 44,66%. Em setembro de 2018, quando o salário mínimo valia R$ 954, a compra demandava 42,29% do montante líquido recebido, segundo o Instituto.

São Paulo teve a cesta mais cara em setembro, cujo preço médio foi de R$ 473,85, queda de 1,58% em relação ao valor de agosto. No estado, o Dieese calcula que o trabalhador teve de comprometer 51,61% de sua renda para comprar os produtos da cesta básica.

Sem aumento real

O governo Bolsonaro prevê aumento do salário mínimo dos atuais R$ 998 para R$ 1.040 no próximo ano. O reajuste será feito com base apenas pela inflação.

O valor é o resultado do piso atual, mais a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), estimada para encerrar este ano em 4,2%.

Mesmo com a ligeira redução, o salário mínimo do ano que vem vai ultrapassar a faixa R$ 1 mil pela primeira vez na história. O reajuste representa uma alta de um pouco mais de 4% em relação ao valor atual.

A ideia de não dar aumento real ao piso salarial foi enviada ao Congresso em abril, na proposta orçamentária do Executivo, e aprovada na quarta-feira (8), pela Comissão Mista de Orçamento (CMO).

O governo nega que esta seja uma nova política permanente para o mínimo, o que só seria definido em dezembro.

Instituída no governo Dilma Rousseff em 2011, a política de reajuste do mínimo previa correção dos salários com base na inflação do ano anterior somada à variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

Entre 2005 e 2019, o valor do salário mínimo no Brasil subiu 283,8% enquanto que a inflação medida pelo INPC avançou 120,2%.

Exame

 

Família de atleta potiguar colecionadora de medalhas no judô e jiu-jitsu nacional realiza rifa para ajuda em custas mirando competição no México

A família da atleta potiguar Ana Beatriz de Freitas Malta Feitosa, de 13 anos, realiza uma rifa para ajudar nas custas para a participação no Pan Americano de Judô, que será realizado em Guadalajara, no México, entre os dias 06 a 10 de novembro.

Bia, como é conhecida, foi a única atleta potiguar convocada pela seleção brasileira de Judô para participar dessa competição. Um feito grandioso.

A atleta de judô da Nagashima Futuro Campeão e de jiu-jitsu na Gracie Barra Natal coleciona conquistas nas duas artes marciais e vem sendo apontada como uma das grandes promessas do esporte potiguar e nacional.

Felizmente, a cada dia são registrados novos colaboradores, de anônimos a professores, mestres, alunos, amigos e familiares. A rifa custa R$ 5,00.

Dados Bancários

Nome: Bruno de Carvalho Malta Feitosa
CPF: 008.416.604-50
BANCO ITAÚ
Agência: 9686
C/C: 14072-5
Op.: 001
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Agência: 3242
C/C: 25388-2
Op.: 001

Na rifa, são 8 prêmios que serão sorteados. Maiores informações através do WhatsApp (84) 98181-1980. O sorteio está programado para o dia 02/11, às 11 horas, em uma live no Instagram na página da Nagashima Futuro Campeão. Nesta data também será divulgado o valor arrecadado.

A família informa que após o doador realizar o depósito e/ou transferência, deverá enviar o comprovante para o número do WhatsApp (84) 98181-1980 e receberá os bilhetes digitais em seu WhatsApp em menos de 24 horas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bebeto Potência disse:

    Beatriz é uma super atleta a única representante do Rio Grande do Norte nessa competição esperamos contar com ajuda de todos.

Projeto que define como família ‘todas as formas de união’ sai da pauta em comissão da Câmara

O deputado petista Helder Salomão, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, retirou da pauta desta quarta-feira(21) o projeto de lei que reconhece como família “todas as formas de união entre duas ou mais pessoas que para este fim se constituam e que se baseiem no amor” — leia mais aqui.

Por telefone, Salomão afirmou a O Antagonista que tomou a decisão após um pedido do autor, Orlando Silva (PC do B), e do relator, Túlio Gadêlha (PDT), o namorado de Fátima Bernardes.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Arnaldo Franco disse:

    Valeu a pressão dos cristãos e pró familia. Que este projeto vá para a lixeira!

  2. Potiguar disse:

    BG publique essa notícia no seu blog justiça potiguar. Lá qualquer estudante de Direito poderá explicar o conceito de família multiparental. Ou mesmo, os motivos do projeto de lei.

Família no interior do RN com filhos com problemas físicos tem corte de benefício, ainda é cobrada e tenta reverter caso na Justiça

Fotos: Arquivo pessoal/Reprodução/Instagram

Uma família no interior do Rio Grande do Norte tenta reverter uma inesperada decisão da Previdência Social, que não apenas cortou um benefício fundamental para o sustento, como também cobra ressarcimento em um valor que ultrapassam os R$ 50 mil.

Conforme foto acima, com filhos com visíveis problemas físicos, entre outros quadros, a família agora vive um drama com o corte de um salário mínimo, ainda se vê cobrada, e depende da ajuda de amigos e uma corrente do bem em rede social. A denúncia foi feita por um empresário de Natal.

“Estamos em campanha de amigos para reaver essa decisão e ajudá-los a manter a sua família com dignidade!! Peço aos amigos que puderem ajudar – Todos ficaremos muito gratos!”, disse o empresário.

Instagram da família e informações para doações:

@amorincondicionaljhk

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcila disse:

    Se os senhores atentarem para o que diz o comunicado do INSS, o indeferimento se deu administrativamente pelo critério de renda familiar, condição fundamental para enquadramento. A Autarquia não pode passar por cima de suas próprias normas. Se a LOAS, que fundamenta o BPC – Benefício de Prestação Continuada – que é o benefício em questão nesse caso, versa que, para enquadramento, a renda familiar per capita não deve ser superior a 1/4 do salário mínimo, não enquadra e pronto. Então, caberia ao poder Judiciário, único poder capaz de interpretar à luz de algum outro entendimento, corrigir qualquer injustiça social. Não o INSS.

  2. Bruno Milla Tech disse:

    Infelizmente vai ter casos como esse, não foi o primeiro e não foi o ultimo, para acabar com todas as irregularidades Existentes pode acontecer isso, mas com toda certeza esse caso pontual será resolvido!!! Para os que estão recebendo ai aposentadoria ilegal etc Tenham calma, voces serão pegos!!

  3. Iza disse:

    Independente de quem seja o Governo estamos falando de uma familia, então vamos ajudar positivamente contribuindo e não ficar procurando um culpado.

  4. José claudio disse:

    Não adianta colocar culpa no atual governo tudo está em votação na Câmara, a previdência ainda é a de luladrão

    • Lucas disse:

      Amigo gado, por favor, pesquise sobre pente-fino previdência. Conhece o Google? Apesar da nobre intenção de reverter benefícios fraudulentos, muita gente de bem está sendo afetada pela pura e simples insensibilidade do GOVERNO ATUAL. A entrada de pacientes em macas em agências do INSS e bancos está se tornando rotineira! Portanto, vá passar pano na casa de chapéu!
      Abraço.

  5. Evan Jegue disse:

    Que a previdência reverta!

  6. Allan Polishon disse:

    Parabéns aos envolvidos, é a nova previdência.

    • Janete disse:

      Não foi a previdência que negou. Foi uma decisão muito injusta da justiça.

  7. Silva disse:

    Imoral!!

  8. Roque disse:

    Incrível uma situação dessa. Conheço um ex presidiário no meu interior que levou um tiro e colocou uma pequena placa no punho e tá recebendo um salário mínimo, só pra fumar drogas.
    Ô Brasil vèi

  9. Rômulo© disse:

    Esse é o novo Brasil do Bozo!

Família de vigia morto ao acender fogos de artifício por ordem de Prefeitura no RN será indenizada

A família de um servidor municipal que faleceu ao executar serviço para o Município de São Bento do Trairi (distante 126 km de Natal) será indenizada, pelos danos morais causados, com a quantia de R$ 40 mil, com juros e correção monetária. A sentença condenatória é da juíza Natália Modesto Torres de Paiva, da 2ª Vara da Comarca de Santa Cruz, ao entender que o ente público deve ser responsabilizado pelo evento danoso.

Os filhos e a companheira de um vigia, servidor municipal, promoveram ação de indenização por morte contra o Município, visando a reparação de danos provocados por acidente de trabalho que teve como vítima fatal o genitor de dois dos autores e companheiro da outra autora.

Eles afirmaram que o falecido era servidor daquele município desde 2003, onde exercia a função de vigia noturno de rua, apesar de no contrato de prestação de serviços figurar como servente, percebendo pelo trabalho prestado o valor de R$ 406,00, quantia que à época do ajuizamento da ação correspondia a pouco mais de um salário-mínimo.

Veja decisão em post completo no portal Justiça Potiguar clicando aqui.

Justiça nega pedido de indenização a família por morte em via pública causada por criminosos em tentativa de assalto em Natal

O juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, julgou improcedente uma ação movida pela família de um cidadão que foi morto, em via pública, vítima de tentativa de assalto, no ano de 2017, no bairro do Alecrim, Zona Leste da Capital. Eles queriam que o Estado do Rio Grande do Norte fosse responsabilizado pelo evento que resultou na morte do seu ente familiar.

A família pediu, em juízo, pagamento de indenização por danos morais e por danos materiais. Entretanto, a Justiça considerou ausente a possibilidade de aplicação da Teoria do Estado como Garantidor Universal da Segurança Pública e descabida a responsabilidade do Estado pela Teoria do Risco Integral e inexistente o dever de indenizar. Veja todos os detalhes no portal Justiça Potiguar clicando aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lope disse:

    É a justiça mais uma vez mostrando em que lado ela está… se fosse um bandido já teria recebido indenização e um pedido de desculpas do governo

  2. Francisco Alves disse:

    Existe uma inversão de valores nisso tudo. Ora, o cidadão assassinado por um bandido, deixa esposa e filhos completamente desamparados, desestrutura a família por completo, mas os familiares da vítima não tem direito algum, sequer para um acalento financeiro para mitigar as necessidades básicas dos órfãos. Contudo, para o meliante, bandido, assassino, estuprador e afins que foi morto em confronto com outros bandidos dentro da penitenciária a lei é bem generosa, ou deveria dizer o julgador?
    Resumindo, só quem tem direito é o marginal, o cidadão e contribuinte que foi assassinado, sua família que se f***…

  3. Flavio Caldas disse:

    Esta semana li uma decisão que obrigou ao Estado indenizar em R$ 80.000,00 a família de um preso de alcaçuz que morreu enquanto cumpria pena naquela unidade. Neste sentido, me vem a indagação. O preso quando comete um crime passivo de prisão, assume ou não assume a mesma Teoria do Risco Integral imposta ao cidadão que morreu vitima de um assaltante, sim, assume. Então, assim como fez como a família da vitima do assaltante, o Estado deveria também ter aplicado a família do preso, fazendo valer o inexistente dever de indenizar. Brasil.

  4. Ilton disse:

    Morrer no meio da rua assassinado por bandidos a família se lasca, agora se você for um bandido e estiver preso em Alcacuz tem direito a um seguro de vida dado pela Justiça. Pqp em que mundo vivemos.

  5. Just a comment disse:

    RIO GRANDE DO NORTE: ONDE A INJUSTIÇA CONTRA O CIDADÃO DE BEM IMPERA
    Enquanto isso famílias de certos ASSASSINOS, TRAFICANTES e MANDANTES DE FACÇÃO mortos pelos "colegas de profissão" nos presídios recebe indenização do estado no valor de R$ 80.000,00 com juros e correção monetária.

  6. Carlão disse:

    Mas a família do preso em alcaçuz recebeu né.

Estado é condenado a indenizar família de detento morto em rebelião no Presídio de Alcaçuz

Foto: Josemar Gonçalves/Reuters

A companheira e três filhos menores de idade de um detento morto e decapitado durante uma rebelião ocorrida dentro do Presídio de Alcaçuz em Nísia Floresta, no dia 14 de janeiro de 2017, serão indenizados pelo Estado do Rio Grande do Norte, com o pagamento da quantia de R$ 20 mil para cada um, a título de indenização por danos morais, mais juros e correção monetária.

A sentença é do juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, que condenou, ainda, o Estado a pagar indenização material, sob forma de pensão mensal em favor dos filhos, condizente aos lucros cessantes que suportam diante da morte de seu pai, retroagindo esta obrigação à data do óbito.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Charles disse:

    É uma imoralidade atrás da outra da nossa justiça, tem que indenizar às vítimas desses demônios. Oh Brasil véi bom pra bandidagem.

  2. Ivan disse:

    Decisão bem "cabulosa" essa…e a família da vítima desses badidos…fica como?

  3. Toni disse:

    PORRAAAAAAAAAAAAA!!!!!!! TÃO DE SACANAGEM COM A MINHA CARA E ISSO NÃO TO ACREDITANDO MERDA QUE PAÍS E ESSE AQUI BANDIDOOOOOOOO!!!!!! TEM VEZ TO MUITO PUTOOOOOO!!!!!!

  4. Aroldo Pontes disse:

    Quem tomou essa decisão deveria pagar do próprio bolso ou então levar a família desses vagabundos pra eles próprios sustentarem.

  5. Manoel disse:

    O PT está provando do próprio veneno, sempre defendeu a bandidagem, agora Fátima vai ter que pagar as famílias dos bandidos mortos.

  6. Só olhando disse:

    Que essa indenização possa ir para as vitimas desses vagabundos.

  7. Lope disse:

    Aqui no Brasil o crime sempre compensa!!!!

  8. Marcel disse:

    Um absurdo. A alegação de que estava o preso sob a tutela do estado e por isso a família precisa de indenização é balela. Afinal de contas, não estamos todos sob a tutela do estado? Pq as vítimas destes marginais também não são indenizados da mesma forma? Com direito a pensão e tudo?

  9. Ricardo disse:

    E a(as) vítima (s) deste detento terá indenização?.

Em nota, família da cirurgiã plástica Valéria Karlla Rocha Lima informa que estado de saúde da médica está estabilizado

Nota de esclarecimento

A família da cirurgiã plástica Valéria Karlla Rocha Lima informa que o estado de saúde da médica está estabilizado e que um boletim oficial será divulgado pelo hospital Promater. A médica foi internada no domingo à noite com hipoglicemia.

Desde já gradecemos pela atenção e orações de todos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. CRISTINA disse:

    ESTAMOS FAQZENDO UMA CORRENTE DE ORAÇÃO!!! MEDICA SIMPLES, HUMANA.

  2. Cristiane disse:

    Que o Senhor restaure a saúde dela que sempre trabalhou pela saúde e integridade do próximo. Estarei em oração e vigília pela recuperação. Deus a abençoe!

  3. Marta disse:

    Que Deus esteja sempre no comando que ela se recupere logo e sua família esteja fortalecida na fé de um Deus que tudo pode .

  4. Glace Pimentel disse:

    Deus é Poderoso! E, em nome de JESUS, vai tirar Dra. Valéria dessa situação. A igreja do Senhor Jesus está em oração pela total recuperação dela.

  5. Elisama disse:

    Ela é muito amada por todos que a conhece. Estamos em orações para que ela se recupere logo.🙏

  6. Walewska disse:

    Estamos rezando. Vai dar tudo certo.

  7. Luzimar Marcelino Câmara disse:

    Que Deus abençoe e proteja! Saúde Dra Karlla a saúde do Rio grande do norte, precisa da Dra.

  8. Gicelma Moura disse:

    Que Deus restaure a saúde e devolva a sua capacidade em fazer o bem a tantas pessoas. E que a sua família esteja fortalecida para ajudá-la em sua recuperação nesse momento tão difícil para todos. Um abraço fraterno e o meu enorme agradecimento a essa excelente profissional que com palavras e ações me ajudou (assim como a tantas outras pessoas). Elevo a minha oração em intercessão ao seu restabelecimento.

  9. Carmen maria leiros de Oliveira disse:

    Deus no comando 🌷

  10. Débora Torquato disse:

    Que Dra. Valéria sai desse quadro e logo esteja ao convívio familiar!!Que Deus esteja no comando 🙏

  11. Cristina disse:

    Deus no comando 🙏🏻

  12. Maria Ivoneice Carvalho Carlos disse:

    Estamos todos em corrente de orações e torcendo pela recuperação dela, que se Deus quiser virá rápido, ela é um ser iluminado.

  13. Ana luiza disse:

    Deus no Comando!!!

  14. Amanda disse:

    Vai dar tudo certo na graça de Jesus!