Judiciário

Justiça manda governo indenizar Edir Macedo por falha da Polícia Federal

Foto: Alan Santos-PR

O governo federal terá de pagar uma indenização de cerca de R$ 50 mil ao bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, em razão de um erro da Polícia Federal.

A ordem para o pagamento foi emitida pela juíza Regilena Emy Fukui Bolognesi, da 11ª Vara Cível Federal de São Paulo.

No dia 18 de dezembro de 2012, Macedo foi proibido pela Polícia Federal de viajar para Portugal quando estava prestes a embarcar no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Seu nome constava indevidamente da lista do Sistema Nacional de Procurados e Impedidos.

O bispo estava sendo processado à época pelo Ministério Público Federal sob acusação de crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro. Macedo sempre negou as acusações. Durante o processo, que acabou sendo extinto por prescrição, a Justiça determinou que fundador da Universal não poderia deixar o país, mas a ordem foi revogada logo depois.

A Polícia Federal, porém, não atualizou o cadastro e acabou barrando o bispo no aeroporto. “Ele tomou um grande susto, houve chacotas e cochichos [na fila]”, disse a defesa de Macedo à Justiça em uma ação na qual exigiu indenização por danos morais. “Foi um constrangimento cruel e grave.”

O fundador da Universal conseguiu embarcar somente horas depois, quando conseguiu mostrar cópia da ordem de revogação da proibição à PF.

Não cabe mais recurso quanto à condenação pelos danos morais. O governo federal, no entanto, questiona o cálculo da indenização, originalmente arbitrada em R$ 30 mil. Na ordem de pagamento, a juíza Bolognesi aceitou a contabilização da Universal, considerando juros e correção monetária, e instituiu o valor de R$ 50.151,29.

A União recorreu, alegando que o valor está errado e diz que o correto seria pagar R$ 42.247,20. O recurso ainda não foi analisado pelo Tribunal Regional Federal.

UOL

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Bispo Edir Macedo vence a covid-19 e recebe alta médica em São Paulo; líder da Igreja Universal destaca tratamento com hidroxicloroquina

Foto: Divulgação

O Bispo Edir Macedo, 75 anos, foi um dos infectados pelo novo coronavírus e contraiu a covid-19. Internado no hospital Moriah, em São Paulo, na última segunda-feira (8), o líder da Igreja Universal fez tratamento com o medicamento cloroquina e está completamente recuperado da doença. Macedo recebeu alta médica nesta sexta-feira (12).

“Tomei todos os medicamentos indicados pelos médicos, entre eles a hidroxicloroquina, e estou bem”, afirmou o fundador da Igreja Universal.

Edir Macedo foi atendido pela equipe médica coordenada pelos Dr. Leandro Echenique e Dr. Ricardo Teixeira. Segundo os médicos, o fundador da Universal respondeu muito bem ao tratamento.

“Ele evoluiu sem intercorrências, apresentou uma ótima evolução clínica e se recuperou totalmente”, explicou Echenique, que é cardiologista.

R7

Opinião dos leitores

  1. O negócio é o seguinte.
    Goste ou não do Edir Macedo, quem quiser.
    Pode ser o que for pra muitos, ta certo?
    Agora de uma coisa eu tenho certeza, esse cara é um dos maiores crânios do mundo, um baita de um empresário, pegou a rede record falida, caindo aos pedaços e transformou em uma das maiores do planeta, tem um patrimônio ao redor do mundo incalculável, ele é competentissimo, ache ruim quem quiser.
    Em se tratando do lado do homem empresário, tiro o chapéu pra ele, com certeza.
    Ele é o cara!!

  2. Não gosto muito dele … mas ajudou muito nessa pandemia se e líder religioso q apareceu pra ajudar esse foi um . Deus abençoe porque tudo é permissão de Deus ?

  3. Glória a Deus ? não sou muito a favor das coisas que acontece na igreja dele …. mas dar a César o que é de César … faz muita coisa na área social , nessa pandemia fez muito pra caminhoneiros , cestas básicas , doação de sangue …. ????????

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Itamaraty renova passaporte diplomático de Edir Macedo

O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino do Deus, teve o passaporte diplomático renovado. A portaria, assinada pelo chanceler Ernesto Araújo, foi publicada nesta segunda-feira(15) e beneficia o religioso e sua esposa, Ester Bezerra.

A renovação dos documentos tem validade de três anos. Macedo possui passaporte diplomático desde 2006, no governo Lula.

O passaporte diplomático garante a seu usuário privilégios em aeroportos, como não pegar fila, receber atendimento especial, prioridade em bagagens. Dependendo o país, há dispensa da necessidade de visto.

De acordo com o Itamaraty, nem todos os aeroportos do mundo fazem distinção entre os detentores de passaporte diplomático e comum. Geralmente, quem detém passaporte diplomático enfrenta fila especial e é submetido a regras específicas para concessão de visto.

Ainda de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, quem tem passaporte diplomático é submetido às mesmas regras dos demais viajantes no que se refere aos tratamentos na Polícia Federal e na Receita Federal. Desde 2011, os que recebem passaporte diplomático têm o nome e o pedido publicados no Diário Oficial da União.

Com acréscimo de informações da Veja

Opinião dos leitores

  1. Por que o Governo não cumpre a Lei que iguala todos ao cumprimento? TODOS os líderes religiosos deste país também devem receber o mesmo tratamento e o passaporte Diplomático.. Lei da Igualdade…. Cumpram….

  2. Um homem de negócios que viaja muito para visitar seus ativos, seria algo totalmente justificado se a totalidade de seus negócios pagassem IMPOSTOS.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Edir Macedo será julgado por falsidade ideológica

duas-semanas-depois-de-provocar-revolta-nos-funcionarios-da-record-ao-publicar-em-seu-blog-um-texto-que-sugeria-que-uma-jornalista-da-emissora-teria-morrido-por-ter-deixado-a-1326970506422_300x300O Tribunal Regional Federal da 4ª Região analisa nesta terça-feira (26) uma apelação do Ministério Público Federal que pode levar à condenação do bispo Edir Macedo e dos réus Honorilton Gonçalves da Costa e Julio César Ribeiro. Os três são acusados de falsidade ideológica no processo de venda de uma rede de TV em Santa Catarina, em 2002.

Os três já foram inocentados na primeira instância em agosto deste ano. Caso condenado na segunda instância, os réus ainda podem recorrer.

Eles teriam utilizado uma procuração assinada seis anos antes por um ex-colaborador da Igreja Universal para transferir, sem sua autorização, a Televisão Vale do Itajaí para o nome de outra pessoa.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com Arthur Lavigne e Fernanda Silva Telles, advogados de Edir Macedo, nem com os advogados dos demais réus. Em 2009, Lavigne havia afirmado que “não houve delito, já que a procuração já foi feita para que a TV ficasse realmente com o bispo Macedo”.

Macedo é ex-presidente da Rede Record e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus.

Entenda o caso

Segundo a denúncia do Ministério Público, Edir Macedo teria utilizado em 2002 uma procuração assinada seis anos antes pelo ex-colaborador da Igreja Universal Marcelo Nascente Pires, para transferir sem a autorização dele a Televisão Vale do Itajaí para o nome de outro colaborador.

De acordo com Marcelo da Mota, Pires assinou o documento dando ao bispo plenos poderes para transferir ações em 1996, mas o espaço relativo ao nome da empresa que seria transferida foi deixado em branco.

Segundo a investigação, a procuração foi completada pelo bispo em 2002, com o nome das empresas Rede Fênix, TV Vale do Itajaí e Televisão Xanxerê. O documento foi utilizado na transferência da TV Vale do Itajaí para Honorilton Gonçalves da Costa, também colaborador da Igreja Universal.

A procuração também foi apresentada para a alteração da composição societária da empresa junto ao Ministério das Comunicações. “A investigação demonstrou que esse tipo de documento era comum no grupo”, explicou o procurador.

Segundo ele, as empresas eram registradas em nome de terceiros, mas pertenciam de fato ao bispo Edir Macedo.

O procurador disse ainda que, de acordo com a investigação, para se proteger, o bispo mantinha em seu poder procurações em branco autorizando a transferência das empresas, para que ele pudesse, a qualquer momento, transferir a empresa para outro colaborador.

De acordo com Mota, a transferência da TV Itajaí foi um desses casos. “Marcelo Pires nega que tenha dado autorização para o preenchimento posterior da procuração e afirma que não autorizou a transferência. O preenchimento de dados sem autorização do outorgante configura falsidade ideológica”, disse.

Ainda de acordo com o procurador, um dos indícios que comprovam o preenchimento posterior da procuração seria a inclusão no documento da Televisão Xanxerê, que só foi criada em 1998. “Em 1996, a empresa não existia com esse nome, o que comprova que o documento foi preenchido depois”, disse.

O procurador afirma que a alteração posterior do texto foi comprovada também por uma perícia da Polícia Federal.

Também foram denunciados à Justiça Honorilton Gonçalves da Costa e Júlio César Ribeiro, por terem contribuído para a fraude. Segundo Mota, eles fizeram diversas transferências da propriedade da empresa entre eles para mascarar o uso da procuração.

UOL

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Edir Macedo vai pagar R$ 140 milhões por ano para ocupar as madrugadas da Band

edir-macedo-300x225Para ficar com o horário de Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial, no Canal 21 e nas madrugadas da Band, a Universal, de Edir Macedo, pagará 140 milhões anuais ao grupo Bandeirantes. Algo como uns 15% do faturamento da Band num ano.

Por Lauro Jardim

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Milionários: Fortuna de pastores evangélicos chama atenção da revista americana Forbes

Revista de negócios americana, famosa pelas listas dos homens mais ricos do mundo, aborda a “multimilionária” riqueza dos pastores brasileiros. Edir Macedo aparece em 1º.

Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus: fortuna de líderes evangélicos chamou atenção da Forbes, que adora listas de bi e milionários

São Paulo – A revista americana Forbes – sinônimo de listas das pessoas mais ricas do mundo – debruçou-se sobre a fortuna dos “multimilionários” líderes evangélicos brasileiros. Para a Forbes, a indústria da fé é um “negócio altamente lucrativo” no Brasil, liderada pelo chefe da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo.

“A religião sempre foi um negócio rentável. E se acontecer de você ser um pregador evangélico brasileiro, as chances de ganhar na loteria celestial são realmente muito altas hoje em dia”, diz matéria.

O bispo Edir Macedo lidera a lista da publicação com uma fortuna estimada em 950 milhões de dólares, com um grupo que conta ainda com a Rede Record, a Folha Universal, uma gravadora, entre outros.

O segundo lugar na lista é o ex-Universal Valdemiro Santiago, que dirige a Igreja Mundial do Poder de Deus, com fortuna estimada em 220 milhões de dólares.

O levantamento da Forbes não adota a mesma metodologia usada para chegar à fortuna dos nomes mais ricos do mundo. A reportagem se amparou em dados de revistas brasileiras, principalmente, assim como do Ministério Público e da Polícia Federal, também publicados pela mídia. Não revela, assim, nada que já não tivesse saído no país.

A Forbes afirma que o aumento da fortuna dos pastores ocorreu junto com o crescimento da religião evangélica no país. Ascensão esta possível, segundo a publicação, com o fenômeno da classe C, de pessoas que “encontraram na religião uma forma de serem gratas por sua sorte, assim como uma desculpa para desfrutar do novo status na sociedade, sem culpas”.

Pastor Igreja Fortuna, segundo pesquisa da Forbes (em milhões de dólares)
Edir Macedo Igreja Universal do Reino de Deus 950
Valdemiro Santiago Igreja Mundial do Poder de Deus 220
Silas Malafaia Igreja Assembleia de Deus 150
R. R. Soares Igreja Internacional da Graça de Deus 125
Estevam e Sonia Hernandes Igreja Renascer em Cristo 65

Opinião dos leitores

  1. Concordo plenamente com este comentario mas, percebo qure voçê sempre faz criticas a Evangelicos e esquece de criticar grandes fortunas concentradas em mãos de padres bispos e acampamentos catolicos que parece mais com verdadeiros paraisos. gostaria que você pesquisasse tambem sôbre a grande fortuna do vaticano.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Edir Macedo culpa igreja católica por prisão

Deu na Folha de S. Paulo. Em Novo livro Edir Macedo dispara vária críticas a Igreja Católica. O religioso decidiu contar sua memória em livro, que terá três volumes.

Confira reportagem

Edir Macedo já teve uma biografia, escrita pelos jornalistas Douglas Tavolaro e Christina Lemos, da TV Record, publicada em 2007. Agora, em coautoria com Tavolaro, o líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da emissora resolve contar suas memórias em primeira pessoa, e em três volumes.

O primeiro, “Nada a Perder”, foi lançado há pouco mais de um mês, em agosto. Boa parte das 288 páginas da obra são permeadas por críticas à Igreja Católica.

O religioso escolheu abrir o livro relatando sua prisão, em 1992, sob a acusação de charlatanismo, curandeirismo e estelionato. E já na terceira página faz referência aos católicos, um dos alvos constantes das pregações da Universal e a quem responsabiliza pela detenção.

“O Clero Romano mandava e desmandava no Brasil, mais do que nos dias de hoje (…) A Cúria não admitia o surgimento de um povo livre da escravidão religiosa imposta por eles”, escreve Macedo.

Para reforçar a tese de que foi vítima de uma conspiração do Vaticano, ele conta ter visto um “homem de batina” fazendo anotações durante seu depoimento ao juiz que havia decretado a prisão.

A ortografia também é usada como arma em sua guerra santa. Macedo escreve “igreja católica” em letras minúsculas e “santos”, com aspas, enquanto as igrejas evangélicas, que ele começou a frequentar aos 18 anos, são grafadas sempre em caixa alta.

Há ainda referências às denúncias de pedofilia que rondaram o ambiente católico recentemente e o relato de quando se tornou evangélico e destruiu aos gritos de “desgraçados” as imagens de santos que até então usava como amuletos. Mas nem todos os “vilões” são católicos.

Sem dar os nomes, o bispo dispara contra desafetos como Valdemiro Santiago, ex-Universal do Reino de Deus e hoje líder da Mundial do Poder de Deus, que está tirando fiéis de sua denominação. Assim como já vem fazendo em cultos, Macedo compara os dissidentes a demônios.

Sobra também para o cunhado R.R. Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus, que dividiu a liderança com Macedo na fundação da Universal e foi destituído numa votação após divergências sobre o rumo da igreja.

Hoje também dono de televisão, Soares é mencionado nominalmente e descrito como um pregador vaidoso e que tentou convencer a mãe de Macedo a não ser fiadora do filho no aluguel da antiga funerária que se tornaria o primeiro templo da igreja.

Opinião dos leitores

  1. Estatisticamente, então, em seu livro ele é mais crítico da Igreja Católica do que pastor da Universal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Não sabe como exorcizar um demônio? A Universal ensina!

Por interino

De antemão, o blog já diz não ter nada contra religião alguma. Todos tem a liberdade de seguir a orientação de fé como defende a própria constituição ao definir o Brasil como um país laico, ou seja, sem religião oficial. Mas essa disputa religiosa que não chega alugar algum, começa a passar dos limites.

A briga no meio evangélico entre os líderes da Universal, Edir Macedo, e da Mundial, Valdemiro Santiago, começa a chegar no inferno com vários demônios. No início do mês, foi divulgado na internet um vídeo de um fiel dentro de um templo da Universal supostamente possuído por um demônio atacando a concorrente. Agora vem o segundo vídeo mostrando um novo exorcismo, onde o suposto demônio afirma que tirou pessoas da Universal para levar para a Mundial.

A que ponto chegamos com as disputas religiosas por novos fieis. Daqui a pouco, vai ter vídeo de demônios falando mal de todo mundo. Até agora, a Universal ainda não se pronunciou. Já Valdemiro aproveitou o vídeo para alfinetar o concorrente.

“Estão apelando demais, tudo bem que eles estão desesperados porque não tem mais povo para arrancar dinheiro”, disse.

Novo vídeo

http://www.youtube.com/watch?v=BVu_kLnaY_s&feature=player_embedded

Vídeo do início do mês

http://www.youtube.com/watch?v=t7edhOTHiO0&feature=player_embedded

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Justiça Federal abre ação criminal contra Edir Macedo

O bixo pegou para esse ator milionário de 5ª categoria..
A Justiça Federal em São Paulo abriu ação criminal contra o bispo Edir Macedo, líder mundial da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), por lavagem de dinheiro, evasão de divisas e formação de quadrilha. Além de Macedo, serão processados outros três dirigentes da igreja – a diretora financeira Alba Maria Silva da Costa, o bispo e ex-deputado federal João Batista Ramos da Silva e o bispo Paulo Roberto Gomes da Conceição. A Justiça decretou sigilo dos documentos do processo.

A Procuradoria da República, ao apresentar denúncia contra Macedo e seus aliados, pretendia também processá-los por outros dois crimes, estelionato e falsidade ideológica. Mas a Justiça rejeitou essa parte da acusação. A procuradoria vai recorrer porque está convencida de que a conduta dos bispos da Universal se enquadra na forma de organização criminosa, conforme previsto na Convenção de Palermo, ratificada pelo Brasil em 2004.

(mais…)

Opinião dos leitores

  1. porque vcs nao vao procurar quem realmente rouba nesse pais,deixe a vida desse homem integro e correto em paz.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *