Start/Correio da Tarde: Mais de 54% dos mossoroenses desaprovam gestão de Fafá

Um dos últimos pontos abordados na pesquisa de opinião política do instituto Start, encomendada pelo jornal Correio da Tarde, foi a avaliação da prefeita Fafá Rosado e, ao contrário da governadora Rosalba Ciarlini, Fafá não anda tão bem quista entre os mossoroentes. A gestão da prefeita de Mossoró foi desaprovada por 54,2% dos entrevistados. Somente 30,7% aprovaram.

Para 15,2%  dos entrevistados a avaliação é indiferente. O interessante foi que nesse quesito, nenhum dos entrevistados ficou sem responder aos entrevistadores.

A pesquisa Start/Correio da Tarde, registrada na Justiça Eleitoral sob o número 057/2012, tem uma margem de erro de 4,2 % para mais ou para menos. Ela foi realizada entre os dias 19 e 20 de agosto com 561 pessoas.

Confira outros resultados da pesquisa de opinião política:

Pesquisa Start/Correio da Tarde aponta favoritismo de Larissa em Mossoró

Start/Correio da Tarde: Larissa Rosado e Cláudia Regina lideram rejeição empatadas

Start/Correio da Tarde: Pesquisa mostra que Rosalba ainda é forte em Mossoró

Start/Correio da Tarde: Mais de 70% dos mossoroenses aprovam ‘Governo Dilma’

Filhos de Rosalba e Fafá Rosado ocupam cargos comissionados no Tribunal de Contas

Está no JH – Reportagem de Ciro Marques no Jornal de Hoje mostra que um filho de Rosalba e dois filhos de Fafá Rosado ocupam cargos em comissão no TCE/RN, segue reportagem:

Uma médica ganhando menos que um auxiliar de serviços gerais (ASG) ou que um motorista, não é a única distorção que a decisão do Governo do Estado – e de outros órgãos públicos – de divulgação das suas folhas salariais, para atender a Lei de Acesso à Informação, demonstrou. Em um período em que a governadora Rosalba Ciarlini reclama da falta de recursos para custear os gastos com pessoal, o filho dela, Marlos Augusto Ciarlini Rosado, e dois filhos de Fafá Rosado, prefeita de Mossoró, têm cargos comissionados no Tribunal de Justiça e no Tribunal de Contas do Estado.

Vale lembrar que para quem não enxerga relação entre as contas do Governo e as folhas de pessoal do TJ e do TCE, os dois órgãos recebem repasses mensais para custear suas ações e, entre elas, os pagamentos de pessoal. Ou seja: de certa forma, a própria Rosalba Ciarlini paga o salário do filho.

Marlos Augusto Ciarlini Rosado apareceu na lista do TCE como “cargo comissionado 3″. Ele é dos cargos comissionados do órgão e tem um salário de R$ 5,6 mil bruto, com um líquido de R$ 3,8 mil.

A prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, também se beneficia da ausência de concursos para o órgão. A gestora tem o seu filho caçula, Jerônimo Emanuel Rosado Nogueira, conhecido como “Leleu”, também ocupante de um cargo comissionado no Tribunal de Contas.
O salário de “Leleu” em junho foi de R$ 3,1 mil e foi contratado ainda na gestão do presidente-conselheiro Paulo Roberto Alves, o “Papau”, irmão do atual ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, do PMDB, pouco tempo antes da campanha municipal de 2008. Para quem não lembra, Fafá Rosado e o marido e deputado, Leonardo Nogueira, apoiaram Garibaldi na campanha eleitoral de 2006. Claro que o TCE não é o único a abrigar filhos de políticos do DEM – Fafá e Rosalba são filiadas ao partido. No Tribunal de Justiça do Estado, a filha da prefeita mossoroense, Farah Maria Rosado Nogueira ocupa o cargo de Chefe de Divisão (também sem concurso) e tem um salário em junho de quase R$ 9 mil.

Para completar a situação, Fádia Maria Rosado Nogueira, mais uma filha do casal Fafá – Leonardo Nogueira, ocupa o cargo de comissionado de Diretor do Departamento de Atenção Básica, símbolo DD, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A nomeação ocorreu em junho de 2009, já pela prefeita Micarla de Sousa.

MEMÓRIA

Em maio, o Blog De Olho no Discurso, do jornalista Daniel Dantas Lemos, publicou áudios feitos em 2006, onde é possível ver os bastidores da campanha eleitoral que levaram Rosalba Ciarlini a ser eleita para o Senado. Além de denúncias de Caixa 2, tentativa de sonegação fiscal e negociação para compra de votos, há um telefonema onde a irmã de Rosalba Ciarlini, Ruth Ciarlini, atual vice-prefeita de Mossoró, questiona o contador Galbi Saldanha como poderia fazer para colocar parentes em cargos comissionados ou mesmo o chamado “nepotismo cruzado”, com os tribunais de Justiça ou de Contas.

Além disso, é importante lembrar também que até bem pouco tempo, o nome de Fafá Rosado foi cogitado para assumir a cadeira de Conselheira no TCE, por indicação do Governo do Estado. A indicação estaria envolvida em uma troca de favores: ela renunciaria ao mandato de prefeita em nome de Ruth Ciarlini e deixaria a irmã de Rosalba “apta” para disputar a reeleição. Por ser irmã da governadora, sem estar na condição de prefeita, ela não poderia concorrer ao cargo.

REPASSES

Para exemplificar a situação de interdependência financeira entre os poderes no Rio Grande do Norte, segundo o portal da transparência da gestão executiva estadual, já foram repassados cerca de R$ 626 milhões ao Ministério Público, Poder Judiciário, Poder Legislativo e Tribunal de Contas. Este último recebeu R$ 25 milhões, mas não ficou nem perto do Judiciário, que já teve repassados aos seus cofres mais de R$ 353 milhões. Boa parte desse valor foi usado para custear a folha de pagamento dos servidores.

O que é Nepotismo?

Nepotismo é um termo utilizado para designar o favorecimento de parentes ou amigos próximos em detrimento de pessoas mais qualificadas. O chamado nepotismo cruzado, que é a troca de parentes entre agentes públicos para que tais parentes sejam contratados diretamente, sem concurso. Nepotismo cruzado também é o ajuste mediante designações recíprocas, ou seja, a nomeação, daqueles relacionados, que sejam parentes de autoridade, por outra autoridade do mesmo ente federativo.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pablo Miranda Barros disse:

    Um Estado oligárquico, onde as competências pessoais pouco ou nada valem, fica difícil convencer um jovem a estudar se ele percebe que é o SOBRENOME que vai decidir (ou não) a sua vida. Pra que uma empresa ser eficiente se são as relaçoes com os donos do poder que definem as contratações?  Mas cada povo tem a  elite que merece.

  2. Pp Poty disse:

    E digo mais… Puxem as folhas do TJ, TRE, TRT, TCE e demais T' que vocês verão a quantidade de Maias, Alves, Rosados, Faria, etc, existentes nas folhas. Infelizmente o RN ainda é um "feudo" dividido para poucos.

  3. Irving Damasceno disse:

    É só procurar que encontra mais casos no próprio TJ…são vários exemplos puros de nepotismo, só os Desembargadores não vêem, É FLÓRIDA, E O CONCURSO NADA, QUE JUSTIÇA É ESSA…

Fafá Rosado afirma que a vereadora Cláudia Regina é possível candidata em Mossoró

A prefeita de Mossoró Fafá Rosado anunciou hoje que a vereadora Cláudia Regina será a provável candidata a prefeita da cidade. A gestora observou que hoje há apenas dois nomes postulando a disputa do Executivo pelo grupo do Democratas, o vereador Chico da Prefeitura e Cláudia Regina.

No entanto, Chico da Prefeitura está impedido pela Justiça de disputar o pleito porque teve as contas referentes a eleição de 2010, quando foi candidato a deputado estadual. Com isso, Fafá Rosado admite que “tudo leva a crer que o nome será Cláudia Regina”.

“Chico da Prefeitura tem serviço prestado na nossa cidade, tem aceitabilidade muito grande, mas está inelegível por conta da prestação de contas. Então, realmente, tudo leva a crer que o nome será de Cláudia Regina. Se for será um grande nome para disputarmos a eleição em Mossoró”, disse Fafá Rosado, ponderando que o anúncio do candidato a prefeito pelo Democratas será feito pela governadora Rosalba Ciarlini.

A prefeita de Mossoró citou vários nomes como pré-candidatos a prefeito, mas observou que cada um foi tomando um rumo e restaram Chico da Prefeitura e Cláudia Regina como pré-candidatos. “Nosso grupo político é muito feliz porque tem vários nomes, mas cada pessoa foi tomando o seu caminho e hoje tem dois nomes o de Cláudia Regina e Chico da Prefeitura, vai depender da decisão da governadora Rosalba Ciarlini, mas todos os dois são bons nomes”, comentou a prefeita Fafá Rosado, logo em seguida ela admitiu o problema jurídico que impediria a candidatura de Chico da Prefeitura.

Fonte: Panorama Político

Movimento Contra Corrupção repudia politicagem na vaga do TCE

O Movimento Articulado de Combate a Corrupção (MARCOO) emitiu uma nota, na tarde desta sexta-feira (6) repudiando o suposto interesse político-eleitoral na vaga de conselheiro aberta no Tribunal de Contas do Estado (TCE) aberta após a aposentadoria de Alcimar Torquato.

Desde o ano passado, que especulasse que  Fafá Rosado, atual prefeita de Mossoró,  poderia deixar o cargo para seguir rumo ao TCE, abrindo a vaga do Executivo para a vice Ruth Ciarlini, irmã da governadora Rosalba Ciarlini, que poderia concorrer a reeleição em Mossoró. Pela legislação eleitoral, Ruth Ciarlini não poderia se candidatar nas eleições 2012 exatamente por ser parente da governadora. Mas, em estando com o cargo, ela pode se candidatar a reeleição.

Politicagem das grandes. Boa iniciativa do MARCOO. Serve como aviso aos desavisados.

Manifesto do MARCOO

“O MARCCO/RN reconhece no Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte relevante e crescente papel na prevenção e combate à corrupção, na medida em que seus membros demonstrem reputação ilibada e alta capacidade técnica e possam atuar com isenção e independência.

Apesar de ser notória a necessidade de aperfeiçoamento do atual modelo constitucional de controle externo brasileiro, o que está fora da alçada do Governo de Estado, não é menos verdadeiro que a composição do Tribunal de Contas e os critérios que presidem a escolha de seus novos membros têm nítida influência sobre a capacidade da Corte de Contas Estadual de cumprir suas funções constitucionais e legais e alcançar gestões estaduais e municipais mais honestas e eficientes.

É por acreditar neste aperfeiçoamento contínuo e irreversível das instituições que o MARCCO/RN condena a persistência de vícios históricos e expressa profunda preocupação com o uso da última vaga surgida no TCE para acomodação de interesses eleitorais ou pessoais, com evidente desconsideração das elevadas funções do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte.”  

Chico da Prefeitura Deputado?

A negociação para a prefeita Fafá Rosado ou o seu marido,  o deputado Leonardo Nogueira, assumir um vaga no TCE chega a ser bem mais complexa do que se imagina. Nos planos de alguns articuladores, a negociação também pode atingir também o vereador Chico da Prefeitura, considerado muito bom de voto.

O Blog escutou ontem que além da certeza que a prefeita ou o marido e deputado será o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, o vereador de Mossoro poderá ser deputado, nem que seja por um tempo.

Vejam só a articulação que escutamos de pessoas que tem o ouvido colado no chão por onde pisa o senhor dos anéis desse governo, o marido da governadora, Carlos Augusto.

Fafá renunciaria, o Deputado Leonardo Nogueira seria indicado, José Adecio ganharia mais espaços no Governo e abdicaria de assumir por um período e Chico da Prefeitura será Deputado Estadual até o fim do ano, desta forma abrindo sua pretensão de ser candidato a Prefeito de Mossoró esse ano e deixando o caminho livre para Ruth Ciarline, empossada prefeita, ser candidata à reeleição.

Vejam só os senhores, o escambo que a política nesse caso tem se tranformado e da vergonha que causa em qualquer ser humano com um pouco de bom senso. Seja a Prefeita ou o marido Leonardo Nogueira, ambos conhecidos desse blogueiro, pessos de que eu gosto, que são sérias e corretas, indicado ao TCE é um vergonha. Tudo em nome de um projeto político do Sr. Carlos Augusto para continuar mandando em Mossoró, sua terra natal que ele trata como se fosse um velho e bom curral eleitoral. Eles só esquecem de três coisas: a repulsa da população do RN como um todo nessa negociação, se os deputados estaduais irão aprovar um plano desse tão facilmente e a um preço camarada e o combinemos com o eleitores de Mossoró que poderão se sentir envorgonhados e tascar os votos tudinho numa candidatura de oposição ao sistema na cidade que nesse caso tudo indica que vai ser a deputada Larissa Rosado.

Podem até negar, pode até alguns envolvidos não terem conhecimento do acordão, mas que foi tratado esse assunto foi.

Tudo demais é muito….

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Giann Oliveira disse:

    para ser conselheiro me parece que tem que ter experiência
    de 10 anos como Gestor público! ou ser da área Jurídica ou Administrativa. acho
    que nem Fafá nem Dr. Leonardo preenche esses requisitos, mas não sou entendido do assunto! só ouvi falar.

Fafá Rosado admite conversas para assumir o TCE e poderá ser a próxima conselheira

A prefeita de Mossoró Fafá Rosado (DEM) admite que poderá renunciar ao Executivo e confirma que as conversas com a governadora Rosalba Cialini sobre o pleito eleitoral mossoroense envolvem também a vaga no Tribunal de Contas do Estado. O cargo de conselheiro de Contas está vago há quase cinco meses e a possibilidade maior, nesse momento, é Fafá Rosado renunciar ao cargo de prefeita, para dar lugar a irmã da governadora, a vice-prefeita Ruth Ciarlini. Em contrapartida, Fafá Rosado seria indicada para o TCE.

A prefeita de Mossoró descarta qualquer possibilidade do deputado estadual Leonardo Nogueira, marido dela, deixar a Assembleia e ser indicado para o TCE. Já quando fala da sua própria situação, Fafá Rosado é reticente: “estamos conversando, mas não tem nada amadurecido”.

Blog Ana Ruth Dantas

Do Blog: Fafá é digna, preparada, sem dúvida um grande nome para ocupar o TCE, mas a prática da barganha política para ceder uma vaga no TCE através de permuta é deplorável. Mostra que infelizmente a Governadora Rosalba e o seu Marido fazem da política um meio de vida e representam um atraso em se falando de negociações.