Jornalismo

Deputado propõe criação de unidade móvel da Central do Cidadão

O deputado Leonardo Nogueira – DEM propôs à governadora Rosalba Ciarlini e ao secretário da Justiça e da Cidadania Kércio Pinto a implantação de uma unidade móvel itinerante da Central do Cidadão, para oferecer, em um mesmo local, diversos serviços de natureza pública ao cidadão distante dos grandes centros.

A ideia do parlamentar é que a permanência da unidade móvel em cada localidade dependerá do número de habitantes e da demanda pelos serviços, variando de 3 a 15 dias. O horário de funcionamento também deverá ser diversificado, devido ao tempo de deslocamento dos funcionários da cidade-sede até o local de atendimento. Nas cidades-sede, por exemplo, o atendimento deverá ser realizado por 12 horas consecutivas, de segunda a sábado.

“Nas unidades móveis serão prestados serviços como emissão de RG, Carteira de Trabalho, Atestado de Antecedentes Criminais, além de uma série de serviços públicos eletrônicos disponibilizados como consulta de débitos de IPVA, DPVAT, multas de trânsito, pontos na CN H, registro de boletim de ocorrência, entre outros.

O deputado Leonardo Nogueira disse ainda que a unidade móvel da Central do Cidadão consistirá em carreta e ou ônibus especialmente adaptados para o atendimento da população, tendo como objetivo principal atender a população residente em bairros e municípios distantes dos postos fixos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Reforma do Hospital da PM deve ser concluída até novembro

O deputado Leonardo Nogueira afirmou que o Governo do Estado garantiu que fará o repasse dos recursos para a conclusão das obras do Hospital da Polícia Militar. Segundo ele, a reforma que estava parada em virtude da falta de recursos, deverá ser retomada e a previsão para conclusão é novembro deste ano. Durante seu pronunciamento, o parlamentar disse que a Assembleia Legislativa está à disposição para encaminhar pleitos ao Executivo.

De acordo com Leonardo Nogueira, os setores do hospital que enfrentam mais dificuldades são pediatria, UTI neonatal e ginecologia. “É preciso que seja feito um pacto, para que a maternidade do hospital da Polícia se torne uma referência, inclusive possa ser um dos hospitais para a Copa do Mundo de 2014”, declarou. Segundo Leonardo Nogueira, o quadro de médicos da maternidade é formado por quatro pediatras e seis obstetras, quantidade insuficiente para atender a demanda do hospital.

O deputado informou que fez uma visita recente, acompanhado da equipe de obstetras e cirurgiões do hospital da Polícia, para conhecer a reforma e acompanhar o trabalho que é feito no local. “A maternidade do hospital da Polícia é pública e há mais de 50 anos presta relevantes serviços à população. Conheço os atendimentos que são feitos lá, muitos de alta complexidade. É uma instituição de extrema importância para o Estado”, afirmou.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social

Leonardo Nogueira sai em defesa do governo e pede ajuda para reverter "limite prudencial"

O Rio Grande do Norte é o estado brasileiro que mais gastou com funcionalismo público, ultrapassando o limite prudencial. A informação foi trazida ao Plenário da Assembleia Legislativa pelo deputado Leonardo Nogueira, nesta terça-feira (20). Segundo o parlamentar, a notícia foi publicada no jornal Folha de São Paulo, com base em dados divulgados pelo Tesouro Nacional. “É um assunto preocupante. Achei por bem trazer à Casa, para mostrar quantas dificuldades o Governo está enfrentando para honrar com seus compromissos e com suas necessidades”, declarou.

Diante da situação, o deputado sugeriu aos demais parlamentares que se unam em torno do problema para tentar revertê-lo. “Propondo uma conscientização da Casa e que esta compreensão seja estendida aos municípios. Esses gastos inviabilizam uma série de avanços que o estado poderia ter. É um assunto que nós deputados deveríamos conhecer, procurar nos mobilizar junto à bancada federal, para tentar mudar esse cenário. Esses estados deverão tomar medidas que façam com que essas dificuldades sejam superadas e que não tragam mais gastos e problemas”, disse Leonardo.

O parlamentar lembrou que o estado tem aumentado sua arrecadação, no entanto, não conseguiram superar os problemas com os gastos que, segundo ele, foram adquiridos nos últimos anos. “Isso é fruto de uma onda criada nos últimos tempos, que hoje culmina numa dificuldade. O próprio Governo Federal fez um corte de R$ 55 bilhões no orçamento da saúde. Se já é esse caos, imagine com esse valor reduzido”, declarou o deputado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Chico da Prefeitura Deputado?

A negociação para a prefeita Fafá Rosado ou o seu marido,  o deputado Leonardo Nogueira, assumir um vaga no TCE chega a ser bem mais complexa do que se imagina. Nos planos de alguns articuladores, a negociação também pode atingir também o vereador Chico da Prefeitura, considerado muito bom de voto.

O Blog escutou ontem que além da certeza que a prefeita ou o marido e deputado será o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, o vereador de Mossoro poderá ser deputado, nem que seja por um tempo.

Vejam só a articulação que escutamos de pessoas que tem o ouvido colado no chão por onde pisa o senhor dos anéis desse governo, o marido da governadora, Carlos Augusto.

Fafá renunciaria, o Deputado Leonardo Nogueira seria indicado, José Adecio ganharia mais espaços no Governo e abdicaria de assumir por um período e Chico da Prefeitura será Deputado Estadual até o fim do ano, desta forma abrindo sua pretensão de ser candidato a Prefeito de Mossoró esse ano e deixando o caminho livre para Ruth Ciarline, empossada prefeita, ser candidata à reeleição.

Vejam só os senhores, o escambo que a política nesse caso tem se tranformado e da vergonha que causa em qualquer ser humano com um pouco de bom senso. Seja a Prefeita ou o marido Leonardo Nogueira, ambos conhecidos desse blogueiro, pessos de que eu gosto, que são sérias e corretas, indicado ao TCE é um vergonha. Tudo em nome de um projeto político do Sr. Carlos Augusto para continuar mandando em Mossoró, sua terra natal que ele trata como se fosse um velho e bom curral eleitoral. Eles só esquecem de três coisas: a repulsa da população do RN como um todo nessa negociação, se os deputados estaduais irão aprovar um plano desse tão facilmente e a um preço camarada e o combinemos com o eleitores de Mossoró que poderão se sentir envorgonhados e tascar os votos tudinho numa candidatura de oposição ao sistema na cidade que nesse caso tudo indica que vai ser a deputada Larissa Rosado.

Podem até negar, pode até alguns envolvidos não terem conhecimento do acordão, mas que foi tratado esse assunto foi.

Tudo demais é muito….

Opinião dos leitores

  1. para ser conselheiro me parece que tem que ter experiência
    de 10 anos como Gestor público! ou ser da área Jurídica ou Administrativa. acho
    que nem Fafá nem Dr. Leonardo preenche esses requisitos, mas não sou entendido do assunto! só ouvi falar.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *