Feliciano diz que é mentira a notícia de que a frente parlamentar evangélica fará um manifesto contra o presidente Bolsonaro

A Folha de S. Paulo informa que a bancada evangélica do Congresso pretende anunciar independência em relação ao governo de Jair Bolsonaro.

O deputado Marco Feliciano enviou a seguinte mensagem a O Antagonista:

“É mentira a história de que a frente parlamentar evangélica fará um manifesto contra o presidente Bolsonaro. Se houver [algo nesse sentido], será atitude isolada de algum parlamentar que está descontente. Como vice-líder do governo no Congresso, expus, em reunião com o presidente, a falta de comunicação com a bancada, e o presidente prontamente se dispôs a receber o grupo logo após sua volta dos Estados Unidos.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ems disse:

    A guerra de informações está tão ativa como nunca. Não conseguimos mais acompanhar as notícias do dia a dia sem duvidar do que estamos lendo.

    • Marcelo disse:

      Pega fogo cabaré… É tanta informação e contra informação que a pessoa não sabe onde tá a mentira maior e a menor… Kkkk

Grupo de empresários, economistas e artistas lança manifesto contra Bolsonaro

Foto: Diego Vara/Reuters

Um grupo que inclui artistas, advogados, ativistas e empresários articula um manifesto contra a candidatura de Jair Bolsonaro. O documento intitulado “Pela democracia, pelo Brasil” não indica apoio à candidatura do PT nem de qualquer um dos adversários do deputado, mas afirma ser necessário um movimento contra o projeto antidemocrático do candidato do PSL.

“É preciso dizer, mais que uma escolha política, a candidatura de Jair Bolsonaro representa uma ameaça franca ao nosso patrimônio civilizatório primordial. É preciso recusar sua normalização, e somar forças na defesa da liberdade, da tolerância e do destino coletivo entre nós”, diz o texto.

O documento diz que o País já teve em Jânio Quadros e Fernando Collor de Mello “outros pretensos heróis da pátria, aventureiros eleitos como supostos redentores da ética e da limpeza política”, mas que acabaram levando o Brasil ao “desastre”.

“Nunca é demais lembrar, líderes fascistas, nazistas e diversos outros regimes autocráticos na história e no presente foram originalmente eleitos, com a promessa de resgatar a autoestima e a credibilidade de suas nações, antes de subordiná-las aos mais variados desmandos autoritários”, diz outro trecho do manifesto.

Versão preliminar do manifesto, obtido pela reportagem, conta com cerca de 150 nomes, entre eles os de Maria Alice Setúbal, educadora e acionista do Itaú Unibanco; do economista Bernard Appy; do empresário Guilherme Leal, sócio da Natura; de Caetano Veloso e Paula Lavigne; do advogado e professor da FGV Carlos Vilhena; e do médico Drauzio Varella.

Caetano e Paula Lavigne declararam apoio a Ciro Gomes (PDT) nesta eleição. Maria Alice Setúbal e Guilherme Leal já atuaram ao lado de Marina Silva (Rede) em pleitos passados, mas não têm papel na campanha atual da ex-senadora.

O manifesto deve ser lançado ainda neste domingo, 23, com uma relação inicial de signatários e ficará hospedado num site próprio do movimento. A lista ficará aberta para quem quiser incluir a assinatura.

O documento foi fechado na quinta-feira pelas mãos de um grupo de amigos, entre eles o advogado José Marcelo Zacchi. O texto foi sendo circulado em grupos de Whatsapp a partir de sexta e ganhando adesões ao longo do fim de semana.

Segundo Zacchi, o objetivo é reunir vozes que representem diversos segmentos da sociedade e possam mobilizar esses setores. “É sobre repudiar um projeto que nos parece contrário aos princípios democráticos”, diz. “É um chamado para quem vota em quem quer que seja, mas está dentro do campo democrático”.

Leia abaixo a íntegra do manifesto:

“Pela Democracia, pelo Brasil

Somos diferentes. Temos trajetórias pessoais e públicas variadas. Votamos em pessoas e partidos diversos. Defendemos causas, ideias e projetos distintos para nosso país, muitas vezes antagônicos.

Mas temos em comum o compromisso com a democracia. Com a liberdade, a convivência plural e o respeito mútuo. E acreditamos no Brasil. Um Brasil formado por todos os seus cidadãos, ético, pacífico, dinâmico, livre de intolerância, preconceito e discriminação.

Como todos os brasileiros, sabemos da profundidade dos desafios que nos convocam nesse momento. Mais além deles, do imperativo de superar o colapso do nosso sistema político, que está na raiz das crises múltiplas que vivemos nos últimos anos e que nos trazem ao presente de frustração e descrença.

Mas sabemos também dos perigos de pretender responder a isso com concessões ao autoritarismo, à erosão das instituições democráticas ou à desconstrução da nossa herança humanista primordial.

Podemos divergir intensamente sobre os rumos das políticas econômicas, sociais ou ambientais, a qualidade deste ou daquele ator político, o acerto do nosso sistema legal nos mais variados temas e dos processos e decisões judiciais para sua aplicação. Nisso, estamos no terreno da democracia, da disputa legítima de ideias e projetos no debate público.

Quando, no entanto, nos deparamos com projetos que negam a existência de um passado autoritário no Brasil, flertam explicitamente com conceitos como a produção de nova Constituição sem delegação popular, a manipulação do número de juízes nas cortes superiores ou recurso a autogolpes presidenciais, acumulam declarações francamente xenofóbicas e discriminatórias contra setores diversos da sociedade, refutam textualmente o princípio da proteção de minorias contra o arbítrio e lamentam o fato das forças do Estado terem historicamente matado menos dissidentes do que deveriam, temos a consciência inequívoca de estarmos lidando com algo maior, e anterior a todo dissenso democrático.

Conhecemos amplamente os resultados de processos históricos assim. Tivemos em Jânio e Collor outros pretensos heróis da pátria, aventureiros eleitos como supostos redentores da ética e da limpeza política, para nos levar ao desastre. Conhecemos 20 anos de sombras sob a ditadura, iniciados com o respaldo de não poucos atores na sociedade. Testemunhamos os ecos de experiências autoritárias pelo mundo, deflagradas pela expectativa de responder a crises ou superar impasses políticos, afundando seus países no isolamento, na violência e na ruína econômica. Nunca é demais lembrar, líderes fascistas, nazistas e diversos outros regimes autocráticos na história e no presente foram originalmente eleitos, com a promessa de resgatar a autoestima e a credibilidade de suas nações, antes de subordiná-las aos mais variados desmandos autoritários.

Em momento de crise, é preciso ter a clareza máxima da responsabilidade histórica das escolhas que fazemos.

Esta clareza nos move a esta manifestação conjunta, nesse momento do país. Para além de todas as diferenças, estivemos juntos na construção democrática no Brasil. E é preciso saber defendê-la assim agora.

É preciso dizer, mais que uma escolha política, a candidatura de Jair Bolsonaro representa uma ameaça franca ao nosso patrimônio civilizatório primordial. É preciso recusar sua normalização, e somar forças na defesa da liberdade, da tolerância e do destino coletivo entre nós.

Prezamos a democracia. A democracia que provê abertura, inclusão e prosperidade aos povos que a cultivam com solidez no mundo. Que nos trouxe nos últimos 30 anos a estabilidade econômica, o início da superação de desigualdades históricas e a expansão sem precedentes da cidadania entre nós. Não são, certamente, poucos os desafios para avançar por dentro dela, mas sabemos ser sempre o único e mais promissor caminho, sem ovos de serpente ou ilusões armadas.

Por isso, estamos preparados para estar juntos na sua defesa em qualquer situação, e nos reunimos aqui no chamado para que novas vozes possam convergir nisso. E para que possamos, na soma da nossa pluralidade e diversidade, refazer as bases da política e cidadania compartilhadas e retomar o curso da sociedade vibrante, plena e exitosa que precisamos e podemos ser.”

Exame

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando Antonio Ribeiro Bastos disse:

    Esse "manisfesto desespero" está mais do que explicito que os interesses pessoais e de grupos econômicos, estão acima de tudo, o resto é falacia esquerdista, na tentativa de se perpetuar no poder.

  2. Tito disse:

    É melhor Jair se acostumando. O capitão vai dar mais poderes a PF, e no dia que baterem no ministério da cultura, muitos desses artistas ja moram no estrangeiro, aí amigo! É de lá pra mais longe. A sacanagem que o PT fez nesse ministério, distribuindo dinheiro pra uma cambada de artistas é brincadeira. É milhões jogado fora nas mãos desses cumilões do dinheiro público. Mas vai acabar é só votar 17. Pronto, porteira fechada.

  3. BADER disse:

    Pode bater, quanto mais batem nele, mais ele cresce kkkkk
    "Dia 7 é 17" #Bolsonaro17

  4. Tico disse:

    Aonde esses "defensores" estavam quando foi descoberto o mensalão, com certeza estavam usufruindo da escabrosa lei Rouanet, dos empréstimo subsidiados e sem cobertura do BNDES, alguns até com cargos comissionados outros desses, sendo benefíciados por ONGs sem papel nenhum na sociedade, apenas apoiando políticamente o luladrão. E como bem confessou o Ciro, ele e todos os homens de bens desse país (Ciro, temer, paes e aleluia) se reuniam e tranmavam formas de abafar a cpi dos correios, porque sabiam que roubo maior viria, o luladrão prometeu dividir as estatais e ministérios com todos, sem exceção, e eles roubavam a vontade sem nenhuma fiscalização. Com isso ficavam multimilionários e parte do dinheiro era suficiente pra comprar a consciência do povo e se reelegia quantas vezes quisesse. E assim foi posto em prática esse plano diabólico, pois naufrágou o país numa enorme crise, com aumento de miseráveis e de desempregados. Como resultado disso, mais uma vez, só os mais simples amargaram o prejuízo, e ninguém se manifestava para defendê-los desse crápulas.

  5. Heltron disse:

    Faltou dizer aí que a alternativa é uma quadrilha organizada com vários elementos presos que saqueou e destruiu os sonhos dos Brasileiros. O império da ignorância chamado PT. Por mais que doa, qualquer coisa é melhor que colocar os ladroes canalhas de novo. Que venha Bolsonaro! Não é o melhor, mas o único que temos no momento…

  6. Acorda Brasil disse:

    Ciro -> Colocar Judiciário e MP na "caixinha deles";
    Alckmin -> Aliança com o centrão e "personalidades" do crime como Roberto Jeferson;
    Marina -> Ex-petista e mais do mesmo populismo socialista que afundou o Brasil;
    Meirelles -> Fantoche do sistema financeiro que de tão honesto colocou
    Mas o problema para essa turma é o Bolsonaro? Ah, tudo bem, entendi.
    #Bolsonaro17

  7. Souza disse:

    Considerando que o único capaz de deter o Bolsonaro é o candidato petista, não tenho a menor dúvida da autoria desse "manifesto". E o fato de não reconhecerem a autoria como do PT é justamente para dar a impressão de que existem pessoas "isentas" contra sua candidatura.
    Aí eu pergunto: Qual o grande projeto do PT para o nosso país? Democracia com controle da mídia? Aliás, esse projeto está pronto só esperando uma oportunidade pra ser votado e era a prioridade número 1 quando da reeleição da Dilma (Ela mesma disse isso). Não colocou pra frente porque não teve tempo. Voltando ao poder será a prioridade número "0". É essa a democracia que interessa ao país, sem liberdade de expressão?
    Lembrem-se que a antiga Alemanha nazista era denominada REPÚBLICA DEMOCRÁTICA ALEMÃ e que o Nicolás maduro, que hoje governa com mão de ferro a Venezuela, alardeia a sua DEMOCRACIA para o mundo, enquanto mata de fome a sua população. Isso só pra citar dois exemplos.
    É essa a "DEMOCRACIA" que o PT quer para o Brasil. Na verdade dizem lutar contra a ditadura para instalar a sua própria ditadura, e a chamam de democracia, como na Alemanha nazista, mesmo considerando as diferenças históricas.
    O PT não tem um projeto de GOVERNO, mas sim um projeto de PODER VITALÍCIO, e não esconde mais isso de ninguém. Não vê quem não quer.

  8. Empresário Sofredor disse:

    Chamam o cara de Nazista, Taxistas e tudo.. mas não chamam de Corrupto…
    Que seria a 1º qualidade para assumir o poder! inclusive nos tempos de hj! Se sua ideologia é esquerda, procure um candidato que não esteja envolvido em corrupção, se vc é direita, idem… Mas esse tipo de manifesto, é uma palhaçada… Reuniram toda a galera que declarou voto no concorrente, a maioria corrupta e lançam um manifesto para um eventual governo autoritário… Não sabe nem se o cara vai ser mesmo autoritário… Pq não lançam um manifesto para que a população vote em FICHA LIMPA? Pq não lançam um manifesto contra o radicalismo nas eleições e voto consciente? Eles vão ao contrario… Ah vá!

  9. Jeferson disse:

    Se esse mesmo assombro for o mesmo que a mídia fez com relação a Donald Trump, é um bom sinal que os brasileiros está no caminho certo elegendo Bolsonaro.

  10. Frank disse:

    Ninguém se iludam, daqui pro dia da eleição, vão se juntar tudo que é comunistas pra querer derrubar Bolsonaro, é um sinal claro que temos que tirar essa corja das tetas do governo, é um sinal que estamos do lado certo, ou agente derruba esses doutrinados juntos com os ladrões, mensaleiros, aloprado, corruptos, presidiários. Agora, ou estamos jogando uma chance única de voltar a termos uma bandeira verde e amarela. Vamos lá!! Dia 07 é 17 Bolsonaro presidente.

  11. Otavio disse:

    Esse grupo poderia fazer 1 manifesto em apoio a candidatura do João Amoedo.Para mim é o nem tanto,nem tampouco.

  12. Paulo disse:

    Defender a morte de pessoas sem julgamento, SER A FAVOR DE TORTURA, RECEBER VALE MORADIA, mamar a 27 anos do poder público. Essa pessoa não tem saúde mental nem moral para dizer que é diferente. ELE NÃO. ELE NUNCA.

  13. Lucio disse:

    BOLSONARO É UM SOLDADO DA POLÍTICA ECONÔMICA DE TEMER
    Ao analisar a candidatura de Jair Bolsonaro, o jornalista Paulo Moreira Leite afirma que a política econômica defendida pelo seu "guru", o economista Paulo Guedes, segue a mesma cartilha do governo Temer; "As pessoas não podem achar que Bolsonaro é um adversário da política econômica que está ai, ele é um soldado dela".

    • Waldemir disse:

      Zorra Total perde! O desespero tá afetando o juízo das pessoas. Pensa Brasil, pensa 17 vezes se for necessário…A minha bandeira jamais será vermelha.

  14. Edu disse:

    BOLSONARO VEM AÍ, DOA A QUEM DOER.

  15. D disse:

    Não me representa.

  16. Claude disse:

    Ninguém mimizou quando a cretina da Dilma foi reeleita… Se for de esquerda e propor o "controle social da mídia" tá OK. Isso pode Arnaldo?!

  17. D disse:

    Não me representa..

  18. João Maria disse:

    Só nesse parágrafo imundo: "Quando, no entanto, nos deparamos com projetos que negam a existência de um passado autoritário no Brasil, flertam explicitamente com conceitos como a produção de nova Constituição sem delegação popular, a manipulação do número de juízes nas cortes superiores ou recurso a autogolpes presidenciais, acumulam declarações francamente xenofóbicas e discriminatórias contra setores diversos da sociedade, refutam textualmente o princípio da proteção de minorias contra o arbítrio e lamentam o fato das forças do Estado terem historicamente matado menos dissidentes do que deveriam, temos a consciência inequívoca de estarmos lidando com algo maior, e anterior a todo dissenso democrático".
    DEIXA ALGUMA DÚVIDA QUE ESSES GRUPO É CONSTITUÍDO POR ESQUERDOPATAS??
    NEM PRECISAM SE INTITULAR DE NADA, ESTÁ CARIMBADA A AUTORIA.
    VEM DA TURMA DE SEMPRE, OS APOIADORES DE CORRUPTOS, OS DEFENSORES DA DEMOCRACIA DE CUBA E VENEZUELA, OS DIFAMADORES DE SEMPRE.
    ESTÁ CLARO QUEM SÃO, SUAS PRETENSÕES E TODO DESESPERO QUE PASSAM.
    Senhora e Senhores, ATENÇÃO:
    Nessa reta final de campanha veremos coisa inacreditáveis, o nível da campanha vai descer a altura da esquerda, veremos a lama da injuria e difamação escorrer, os atos de ódio, desprezo e rancor aflorar por toda esquerda. Os institutos de pesquisa vão INVERTER OS VOTOS dando a Bolsonaro NADA e ao poste TUDO que PODEM.
    Aguardem para comprovar o baixíssimo teor das declarações, opiniões e falas daqueles que se dizem nada, sem partido e dão apoio incondicional a corruptos, a bandidos a impunidade.

    • Helio Motta disse:

      A conversinha da esquerda é essa: foi preso injustamente.
      Até hoje a ladainha é repetida.
      Diga mais que pago seu lanche.

  19. rosa disse:

    CONCORDO PLENAMENTE A QUESTÃO NÃO E´EM QUEM VAMOS VOTAR MAS SIM NÃO DEIXAR ESSE LOUCO CHEGAR AO PODER JÁ TIVEMOS TANTAS DECEPÇÕES E QUE NOS CUSTARAM TÃO CARO , TUDO QUE NÃO PRECISAMOS É DE UM REGIME EM QUE NEM LAMENTAR NOSSA SITUAÇÃO VENHA E COMANDAR NOSSA JÁ TÃO SOFRIDA NAÇÃO .SE QUEM NÃO CONHECE A HISTORIA TRISTE DA DIDATURA PODE FALAR EM VIVERMOS MAIS UM MOMENTO DE TREVAS.

    • João Maria disse:

      Parece que VOCÊ ROSA é uma que NÃO CONHECE A HISTÓRIA DA DITADURA.
      Tem COMO BASE AS VERSÕES DISTORCIDAS QUE SEUS PROFESSORES FALARAM.
      Busque os LIVROS ROSA, vá lê, saiba da verdade e não fique nas versões vendidas por pessoas que apoiam a esquerda.
      Se acha RUIM DITADURA, qual a RAZÃO DO PT APOIAR CUBA e a VENEZUELA??
      Não fale bobeiras ROSA, APRENDA ANTES de emitir opinião sem credibilidade.

    • observador disse:

      O PROBLEMA É QUE O BRASILEIRO DESINFORMADO, TEM PREGUIÇA DE LER, NÃO CONHECE E NÃO FAZ A MENOR QUESTÃO DE CONHECER A HISTÓRIA DA DITADURA, DAÍ, VOTA NUM CANDIDATO FASCISTA.

    • BADER disse:

      UMA BANDO DE ESQUERDOPATAS COM CODINOMES, NÃO TÊM CORAGEM DE MOSTRA QUEM SÃO. TIPICO DELES. #DIA7É17

    • Pedro Ernesto disse:

      João Maria, o desinformado aqui é você. Procure ler, estudar… não custa nada e faz um bem danado.
      Meu avô foi torturado e preso injustamente pelo regime militar. O seu candidato disse certa vez que o problema do regime foi que ele torturou, mas não matou… Dizer o que sobre isso?
      Espero que seu candidato não seja bem sucedido e que seus filhos possam continuar gozando da liberdade que hoje temos de, por exemplo, expormos aqui nossas opiniões sem receio de um novo "DOPS" bater na nossa porta amanhã.
      Que ganhe Ciro ou Alckmin; Haddad ou Meirelles; Boulos ou Amoedo… para mim tanto faz. Mas, um ditador, JAMAIS!
      #elenão

  20. euzim disse:

    Vendo quem está contra ele só dá a certeza de que ele é o melhor para o Brasil. Capitão 17.

    • Waldemir disse:

      Perfeito. Declaração cirúrgica. Basta ver contra quem é essa eleição. Simples assim. E quanto todas as alternativas de difamação não forem suficientes para a manutenção do projeto de poder, eis que ainda vão apelar para as confiáveis urnas eletrônicas.

Passe Livre: Manifestantes realizam nova "vigília" na Câmara Municipal de Natal nesta quarta

Manifestantes retornaram a partir de 12h desta quarta-feira (2), para Câmara Municipal de Natal, com objetivo de pressionar a votação do projeto que instaura o Passe Livre.

Desde as primeiras horas da manhã, jovens circularam nos principais pontos da capital, especialmente, pela UFRN, convocando estudantes para uma mobilização.

Por outro lado, foram registrados até relatos de estudantes, que se chatearam com carros de som passando pelo Campus, interferindo nas aulas. “Estão incentivando o protesto de uma forma perigosa. Frases como vamos quebrar tudo não condizem com o tom pacífico que a maioria respeita”, disse uma estudante, de identidade preservada.

A mesa diretora da Câmara Municipal de Natal se comprometeu de colocar o Projeto de Lei que institui o Passe Livre Estudantil na ordem do dia da Sessão Ordinária desta quarta-feira (2) mediante a desocupação das galerias do plenário pelos manifestantes que pedem a aprovação do projeto.

“O Legislativo Municipal tem o compromisso de discutir os temas que são importantes para a nossa cidade. Estamos sempre abertos ao diálogo com os diversos segmentos da sociedade civil para que possamos trabalhar juntos em um ambiente democrático e de cooperação”, afirmou o presidente da CMN, Albert Dickson.

Projeto de votação do Passe Livre em Natal cercado de pressão e manifesto na Câmara Municipal

Marcada para ser realizada nesta terça-feira (1), na Câmara Municipal de Natal, a votação da Gratuidade para estudantes do município vem gerando expectativa nas áreas externa e interna da casa.

Do lado de fora, manifestantes gritam palavras de ordem e fazem muita pressão. Alguns, mais exaltados, ameaçam até invadir o local. As portas do prédio estão fechadas e Guarda Legislativa realiza a segurança.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    Natal tem uma quantidade considerável de falsos estudantes… quem pagará essa brincadeira somos todos nós pobres contribuintes

Manifesto ao Fifa Fan Fest na praia do Forte

DURBAN02Primeiro quero destacar que opino como jornalista e cidadão natalense. Porém com a experiência de ter sido secretário da Copa de Natal. Não sou político. Não sou ligado a políticos. Penso exclusivamente no bem da cidade. Desejo toda a sorte e sucesso a atual gestão da Prefeitura de Natal. Sempre me coloquei à disposição, e me coloco, para colaborar. Algo me chamou atenção esta semana: A decisão da Prefeitura em modificar o local do Fifa Fan Fest, evento de grande importância durante a realização da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 em Natal. Talvez até mais importante do que os jogos na Arena, uma vez que a população terá acesso aos mega telões, shows nacionais e jogos da nossa seleção brasileira.

É uma insensatez enorme a desistência da realização do evento na Praia do Forte, próximo a ponte da Redinha. Foram anos de debate e planejamento antes da decisão pelo local. Primeiro era a resistência do atual Governo porque a ponte tinha sido construída pelo Governo passado. Vencemos este obstáculo mesquinho. Não quero crer no retorno de uma apequenada discussão. Vejam que é a Imagem de Natal que será projetada para o mundo. É a fotografia de Natal que entrará para a história e terá força durante pelo menos 10 anos. A nossa fotografia, pensada sob o ponto de vista do marketing e ainda avaliando as condições de transporte e segurança, é a foto do Encontro do rio com o mar, do Pôr do sol inigualável, da multidão na Beira da Praia com o nosso Forte dos Reis Magos ao fundo. Milhões e milhões de pessoas no mundo, que nunca ouviram falar de Natal, conheceriam nossas belezas, num simples olhar para a imagem mais bela de todas as cidades sedes. Não tenho dúvidas.

A Prefeitura tem todo o direito, e é louvável que o faça, de brigar para reduzir os custos levados ao erário público. Reduzir sim. Não fazer jogo de cena. A verdade é que uma mudança para o Centro de Convenções só aumentaria os custos e afastaria a festa da população mais carente. É possível economizar realizando parcerias. E tenho certeza de que uma estrutura temporária na região do Forte dos Reis Magos, onde foi realizado o espetáculo Bote Fé (um sucesso aliás e qualquer pesquisa no Google pode comprovar isso), sai muito mais barato do que bancar a festa dentro do suntuoso Centro de Convenções. Que imagem venderemos ao mundo? Do povo cercado dentro de um galpão? Quanto custará esta brincadeira? Quanto custará à cidade perder esta oportunidade única? Quando teremos novamente a chance de mostrar ao mundo o potencial turístico da nossa cidade? Vamos parar de hipocrisia. E apresentar as planilhas e as possibilidades de viabilização do evento.

DURBANÉ hora dos empresários ligados ao turismo, das entidades representativas, como ABIH, CVT, AMHT e correlatas, participarem do debate. E o Governo do Estado, que acompanhou os estudos e a escolha do melhor local, também assistirá passivo? Para facilitar o nosso entendimento, lembro que a cidade de Durban, na África do Sul, era uma simples desconhecida do planeta. Realizou o Fifa Fan Fest na beira da praia. Uma imagem. E a cidade foi admirada pelo mundo por conta da beleza natural e do povo festeiro. O turismo de Durban explodiu. A economia local destoa do restante do país. Por isso, antes de jogar para a plateia, é preciso avaliar tecnicamente as conseqüências que o fato gerado terá para a nossa cidade. Aqui deixo o meu apelo a Prefeitura de Natal para que possa reavaliar ou ao menos colocar em debate com uma máxima urgência esta questão. Para que no futuro não peguemos um elevado preço pela omissão. Para que não constatemos depois que tudo não passou de uma farsa para beneficiar o interesse de uns poucos em detrimento de toda a comunidade.

Jean Valério – Jornalista  

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Apoio a decisão da prefeitura de fazer a fan fest na centro de convenções. É mais barato se construir toda uma estrutura para shows ou usar uma já existente? Me parece que o jornalista nao sabe. Estranho, nao é?

  2. Pablo disse:

    Vamos por parte.
    Começando por onde concordo. A festa em Ponta Negra ao invés da Praia do Forte afasta o FIFA Fan Fest da população mais carente, pelo menos geograficamente. Fato.
    Deve-se procurar parcerias com a iniciativa privada para minimizar custos. Fato.
    Mas o nobre jornalista, atuante colaborador na gestão passada que destruiu a nossa cidade, comete alguns equívocos e chega a ser contraditório em alguns pontos. Vejamos.
    Fala em mostrar o belíssimo pôr do sol no Rio Potengi. Os jogos em natal serão, em sua grande maioria às 11h…
    A FIFA Fan Fest não será realizada dentro de um galpão, como o mesmo falou, e sim na área externa do Centro de Convenções, ao ar livre.
    Quanto a imagem de praia que vamos passar ao mundo, essa somente terá a substituição do Forte dos Reis Magos pelo Morro do careca e Praia de Ponta Negra, imagem belíssima vista de cima do Centro de Convenções.
    E por fim, quem é ele para falar sobre a importância do turismo, quando o mesmo participou de uma administração que quase dizimou o turismo em nossa cidade?
    Abraços.

Movimento Passe Livre realiza manifesto nesta tarde em Natal

Um grupo de estudantes realiza uma caminhada na tarde desta sexta-feira (20), a partir das 17h, nas mediações Shopping Midway Mall, com objetivo de chamar a atenção das autoridades pela implantação do tarifa zero e melhorias no transporte público, movimento semelhante ao  Revolta do Busão Natal.

Denominado Movimento Passe Livre Natal (MPL), os jovens têm como destino a Praça Vermelha, na Ribeira, e prometem uma caminhada pacífica com encerramento até no máximo 20h.

Em decorrência da manifestação, as Avenidas Salgado Filho e Hermes da Fonseca deverão ficar bloqueados, por isso, é recomendado que os motoristas evitem o trecho, incluindo a Avenida Bernardo Vieira. Recomenda-se o fluxo pela Via Costeira e Avenidas Jaguarari e Prudente de Morais.

FOTO: Sinpol/RN faz velório da segurança pública no Centro Administrativo

 

 

BTe9IvXIQAAN7S8Foto: Darlan Amorim

Representantes do Sindicado da Polícia Civil (Sinpol) foram impedidos de entrar na Escola de Governo, por seguranças do ministro Esporte Aldo Rebelo e da governadora Rosalba Ciarlini. Na ocasião, está sendo realizado o Fórum Nacional de Secretários de Esportes.

Segundo grevistas, impedidos de acesso, o presidente do Sinpol, Djair Oliveira, alega que os seguranças não têm direito de obstruir entrada e convocou novos servidores para um protesto maior.

 Prontamente atendido, o presidente do Sinpol está acompanhado de um grupo de servidores que estão com cruzes em mãos e o caixão para enterrar a segurança pública do RN.

O Batalhão de Choque da Polícia Militar se encontra nas mediações da escola para reforço da segurança.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio Nogueira disse:

    Velório? A Segurança Pública morreu faz muito tempo. Acho que eles fizeram na verdade foi a exumação. Dentro do caixão, se brincar, não existe sequer os ossos.

Manifestantes atiram pedras na CMN e ainda depredam carro da TV Ponta Negra

333333333Manifestantes do Movimento #RevoltadoBusãoNatal realizaram mais um manifesto em frente a Câmara Municipal da cidade na tarde desta terça-feira(6). Como no último ato realizado, os jovens cobram dos vereadores explicações referente ao conflito ocorrido na área interna do prédio, que envolveu a Guarda Legislativa, no dia 18 de julho. Além disso, o movimento ainda pediu atenção aos vereadores ao Projeto de Licitação do Transporte Público na capital, para que atenda as necessidades dos jovens. Contudo, o que caminhava para se resumir em um dia proveitoso para os jovens, perdeu novamente seu brilho, como veremos no fim do texto.

Os jovens também aproveitaram o retorno dos trabalhos na “Casa”, após um recesso em decorrência de obras de melhoria na área de segurança para o local. Na ocasião, um grupo de estudantes e permissionários do transporte alternativo na capital tiveram cerca de 10 minutos, como direito à voz na Tribuna, na Câmara Municipal.

Entre as reivindicações já conhecidas, o momento que mais chamou  a atenção na “sessão” foi o pedido de desculpas do Presidente de Casa, o vereador Albert Dickson(PP), em relação a resistência ao acesso ao prédio. Logo em seguida, a chave de energia do prédio foi misteriosamente desligada e o local esvaziado.

Ato perde força com novo episódio de vandalismo

No lado externo, como de costume, uma minoria seguiu arrancando tapumes na entrada e ainda arremessaram pedras em direção ao prédio, inibindo o trabalho da imprensa e de quem passava nas proximidades. No fim da tarde, não satisfeitos, os “vândalos”, como destacado pelo blog, em sua minoria, quebraram o retrovisor e o parabrisas do carro da TV Ponta Negra e, por fim, caminharam pelo Centro da Cidade para promover o famoso roletaço.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Felipe disse:

    Acho que essa história já tem que ter um fim, toda vida é a mesma coisa, baderna e destruição não vão levar a lugar algum. O que que tem haver um carro de uma emissora de TV ser depredado? Nada! CHEGA DE VANDALISMO! Isso tem que acabar. O Passe Livre iria servir pra que? Já que muitos "Estudantes" não vão pra escola, faculdade, etc. Uma manifestação sem expressão, sem força e que só está servindo para restringir o direito de ir e vim dos cidadãos, uma vez que esse delinquentes (que vivem de cara escondida) fecham as ruas.

  2. Ismael disse:

    Pessoal, não há muito o que se esperar dos integrantes desses movimentos. So em estarem nas ruas nos horários de expediente, já mostra a ausência do que fazer. Outrossim, pagamos impostos e devemos esperar mais de nossa policia. Dano e crime e, contra o patrimônio, maior ainda. Quem sao esses que sugerem interesses de defender o publico e dilapidam o que dispõem a defender? Cadeia nossos marginais que, em nada sao diferentes dos que ficam do lado oposto ao dos protestos. Policia neles. E o mínimo esperado.

  3. primo das primas disse:

    Esse movimento só teve valor quando aconteceu de reunir 15 mil sonhadores que estavam inconformados com a corrupção e que nao estavam pensando no passe livre, nem em politica. O passe livre so interessa aos donos de empresa de onibus, que terão garantido o seu lucro com o dinheiro de nossos impostos, faça chuva ou sol. O passe livre so pode ser proposto por politicos safados que nunca trabalharam e precisam de financiamento para a tal revolução bolivariana. As vans ou alternativos entrariam em falência por não ter como competir com o transporte gratuito. Esse falsos "estudantes" nao ficam na frente da CMN de graça, nem porque sao idealistas. São organizados, tem celular, internet, advogados da OAB, agem com planejamento, tem apoio logístico (alimentaçao, coquetel molotov, bomba). Tem que ter alguém financiando ou estimulando. Ninguem é imbecil de perder o seu tempo brigando por algo impraticável como o transporte de graça, porque todos sabem que é inviável com uma prefeitura quebrada. As reunioes democraticas desses alienados sao direcionadas por grupos infiltrados para induzir a massa por uma decisao ja planejada. O povo ridiculo.

    • Fabiano Abreu disse:

      Isso mesmo, Primo! E só acrescentando: esses vagabundos que não querem trabalhar, nem estudar, não tem dinheiro para pagar o ônibus (algo em torno de R$ 66,00/mês, se multiplicarmos 30 dias por R$ 1,10 por 2), mas arranjam grana para comprar um smartphone de última geração para gravar e fotografar toda a baderna e lançar na rede. Só sendo um perfeito idiota para olhar tais manifestações com romantismo e acreditar numa causa que bem sabemos qual é.

  4. Maurício Giovani disse:

    Esse movimento terminou de forma patética assim como começou

  5. Jorge Maciel disse:

    Não existe mais "minoria"! O que restou desse movimento foram verdadeiros "marginais" que não podem de forma alguma terem a complacência das instituições, tampouco da opinião pública (imprensa e população em geral).

Manifestantes ganham voz na Câmara, local tem "queda de energia" e lado externo está tenso

Um grupo de estudantes e permissionários do transporte alternativo na capital tiveram cerca de 10 minutos, como direito à voz na Tribuna, na Câmara Municipal. Entre as reivindicações já conhecidas,  o momento que mais chamou  a atenção na “sessão” foi o pedido de desculpas do Presidente de Casa, o vereador Albert Dickson(PP), em relação a resistência ao acesso ao prédio. Logo em seguida, a chave de energia do prédio foi misteriosamente desligada e o local esvaziado.

No lado externo, como de costume, uma minoria seguiu arrancando tapumes na entrada e ainda arremessaram pedras em direção ao prédio, inibindo o trabalho da imprensa e de quem passava nas proximidades.

FOTOS EXCLUSIVAS: Manifestantes arrancam tapumes na Câmara Municipal de Natal

111112222222233333333344444444444

Manifestantes do Movimento #RevoltadoBusãoNatal estão em frente a Câmara Municipal da cidade desde o início da tarde desta terça-feira(6).

Como no último ato realizado, os jovens cobram dos vereadores explicações referente ao conflito ocorrido na área interna do prédio, que envolveu a Guarda Legislativa, no dia 18 de julho.

Além disso, o movimento ainda pede atenção aos vereadores ao Projeto de Licitação do Transporte Público na capital, para que atenda as necessidades dos jovens.

Os jovens também aproveitaram o retorno dos trabalhos na “Casa”, após um recesso em decorrência de obras de melhoria na área de segurança para o local.

Movimento #RevoltadoBusãoNatal realiza ato em frente ao prédio da Câmara

Manifestantes do Movimento #RevoltadoBusãoNatal estão em frente a Câmara Municipal da cidade desde o início da tarde desta terça-feira(6).

Como no último ato realizado, os jovens cobram dos vereadores explicações referente ao conflito ocorrido na área interna do prédio, que envolveu a Guarda Legislativa, no dia 18 de julho.

Além disso, o movimento ainda pede atenção aos vereadores ao Projeto de Licitação do Transporte Público na capital, para que atenda as necessidades dos jovens.

Os jovens também aproveitaram o retorno dos trabalhos na “Casa”, após um recesso em decorrência de obras de melhoria na área de segurança para o local.

PM pronta para desocupar prédio da Prefeitura; manifestantes decidem

A ocupação da sede da Prefeitura do Natal por operadores dos transportes alternativos deverá ter um desfecho até as 16h desta quinta-feira (25).  Os integrantes do Sindicato dos Transportes Opcionais e Alternativos (Sitoparn) depois de participarem de uma reunião na seccional Rio Grande do Norte da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RN), irão decidir se continuam no local e resistirão a entrada da Polícia Militar, ou se sairão pacificamente.

Os integrantes do Sitoparn pedem, entre outras, redução da tarifa de R$ 2,20 para R$ 2,00 e participar da elaboração das regras da licitação do transporte coletivo de passageiros da capital. Eles querem o diálogo imediato com o prefeito Carlos, mas o Município só aceitar conversar com a classe a partir da desocupação do prédio e durante uma reunião a ser agendada para a próxima semana.

Manifestantes encerram protesto pacífico em frente da CMN e decidem rumos em plenária

333333333333

Foto: Joana Lima

O manifesto do #Revoltadobusão foi encerrado no fim da manhã desta segunda-feira(22), após a decisão dos jovens de não acamparem em frente a Câmara Municipal de Natal, onde cerca de 100 deles estavam presentes.

Durante a manhã, os jovens gritaram palavras de ordem pedindo pelo Passe livre, e bloquearam a Avenida Campos Sales e Rua Jundiaí, todas ligadas ao prédio da CMN. Na ocasião, guardas da Secretaria de Mobilidade Urbana controlaram o trânsito indicando rotas alternativas para os motoristas.

Após uma conversa, o grupo encerrou o manifesto e, na quinta-feira(25), decidirão os rumos do protesto em plenária.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. herculanomesquita disse:

    Em agosto de 2007, a Time fez algo similar com o pastor Billy Granham, famoso evangelista e conselheiro espiritual de vários presidentes americanos. http://img.timeinc.net/time/magazine/archive/covers/2007/1101070820_400.jpg

  2. primo das primas disse:

    Acho estranho essa manifestação organizada na CMN. Se estudantes querem transporte para ir a universidade publica, a responsabilidade desse transporte deveria ser da UFRN ou da UERN. Se forem estudantes secundaristas, a responsabilidade é do RN. Ora, cada ente deveria colocar a disposição ônibus amarelinho exclusivo para os respectivos estudantes, ditos e comprovados como carentes; e com finalidade unica de levar apenas a aula. O individuo estuda de graça, paga meia e ainda quer bolsa onibus pra ir pra festa ou teatrinho? Acho que deviam entender que o dinheiro publico é oriundo dos impostos mais altos do mundo e é limitado; devendo ser gasto com melhorias para "todos" na EDUCAÇÂO, SAÙDE e SEGURANÇA. Agora se a manifestação fosse para fiscalizar os gastos públicos, não haveria essa organização; principalmente como o dinheiro da população é gasto na UFRN, UERN, escolas estaduais e municipais. Deviam fiscalizar quem não esta dando aula, se a carga horaria é cumprida, onde é gasto o dinheiro publico dentro da escola. Mas claro, pelo nível dos "manifestantes" e envolvimento dos sindicatos, isso não vai ocorrer. O movimento dos 100 estudantezinhos mostra que é politico, nao é para o bem de todos, nao há mais apoio da sociedade. Agora é só anarquia.

    • Fabiano Abreu disse:

      Pois é, Primo! Concordo com tudo. Só não esqueçamos que daqui há uns 15 meses, muitos dessa corja aí estarão tentando entrar no Legislativo, com o discurso esquerdista análogo ao da Professora que não dava aula e hoje, mandando nas tetas do Município, incita tais movimentos.

Manifestantes do #revoltadobusão caminham até a Câmara Municipal

foto20

Foto: Canindé Soares

Cerca de 500 manifestantes partiram da BR-101, em frente ao Shopping Via Direta, em direção a Câmara Municipal. Mesmo pequeno, o grupo ocupa os dois lados da rodovia e deixou o trânsito caótico.

Jovens, pacificamente, gritam palavras de ordem em pro do transporte na capital potiguar. Trezentos policiais militares acompanham o grupo, motorizados e velados (vestidos estrategicamente como civis).

Os jovens passariam pela Avenida Salgado Filho até o destino, mas optaram pela subida ao viaduto do quarto centenário subindo pela Prudente de Morais. Trajeto novamente foi desviado para Avenida Amintas Barros. Na ocasião, motoristas atenderam pedidos dos jovens e realizaram buzinaço. Na sequência, grupo retornou ao trajeto inicialmente combinado: Salgado Filho.

O momento de maior tensão aconteceu nas proximidades do Midway, no cair da noite. Um grupo pequeno que arremessava pedras no Nordestão e na descida até a Hermes da Fonseca foi combatido pela PM. Logo depois, a situação voltou a ficar controlada seguindo até a Câmara Municipal.

Atualizado às 19h

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maurício Giovani disse:

    Caro Manuel Sabino! Nas suas palavras onde você diz: "Talvez, se mais pessoas fossem como estes jovens, este país não estava da forma que se encontra…". Realmente caro Manuel Sabino. Realmente nosso país não estaria o mesmo. Com todo o respeito, digo que estaria uma grande bosta bem maior do que atualmente já está. Não tenho dúvidas.

  2. Mônica Queiroz disse:

    Já não tem mais sentido estes protestos. É um absurdo uma meia dúzia de revoltados esculhambar a vida de uma cidade inteira. Vá trabalhar, bando de desocupados, pelo menos assim arrumam duas moedas de um real mais duas de 10 centavos pra andar de bus.

  3. Maurício Giovani disse:

    Aí não tem trezentos. Chega até a ser patético uma polícia de prontidão para interditar uma BR em nome dos direitos de uma cambada de desocupados que insiste em querer continuar prejudicando a vida do povo.

    • Manuel Sabino disse:

      Acho o máximo alguém usando o direito de livre expressão do pensamento para criticar a liberdade de reunião e manifestação do pensamento dos outros. Talvez, se mais pessoas fossem como estes jovens, este país não estava da forma que se encontra…