[FOTO] Ônibus derrapa e bate de frente com muro do túnel de Igapó

Foto: Tales Gomes / Via Certa Natal

 

Um ônibus da empresa Guanabara, que faz a linha 60 (Pajuçara-Mirassol), bateu agora há pouco na saída do túnel de Igapó. A batida foi de frente com o muro do acesso.

Com o acidente, sete pessoas ficaram feridas e foram socorridas por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Resgate do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) para o pronto-socorro Clóvis Sarinho, do Walfredo Gurgel.

De acordo com informações de testemunhas, o veículo vinha no sentido Norte-Sul com a pista molhada. No instante em que estava fazendo a curva, o motorista perdeu o controle do ônibus que colidiu de frente com o muro.

O trânsito nesse momento está muito complicado. Engarrafamento grande, porque apenas uma das faixas está liberada. A redomencação é que motoristas evitem trafegar pelo local.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gustavo disse:

    Sabem o que é isso? Muita carreira!!! Esses motoristas de ônibus só dirigem passando por cima dos outros feito loucos. Certamente, não esperava que a pista molhada fosse atrapalhar sua vida, por isso fica o alerta para esses motoristas: guiem mais devagar; não pensem que por estar em carro grande, são inatingíveis.

Jovem de 18 anos é executado no bairro do Igapó

Um jovem de 18 anos de idade, identificado por Hugo Félix Duarte, foi executado na localidade conhecida por Mangueira, no conjunto Cidade do Sol, no bairro do Igapó, zona Norte de Natal. Os executores chegaram em uma motocicleta e um deles, que estava no garupa, sacou de uma pistola e atirou em direção a Hugo, que não teve chance e morreu no local.

De acordo com alguns moradores do bairro, que preferiram não serem identificados, Hugo, de 18 anos, tinha problemas com drogas e já estava sendo ameaçado. O corpo da vítima caiu no meio da rua Júpter no momento em que dezenas de pessoas transitava pelo conjunto.

Segundo o policial civil Urubatan Souza, o crime pode ter ligação direta ao tráfico de drogas que vem crescendo na região Norte da capital. O pai de Hugo chegou ao local transtornado, mas logo foi contido. O mesmo não estava em condições de dar qualquer informação aos policiais. Ainda de acordo com a polícia, um dos suspeitos do

Por Sérgio Costa do Portal BO