Dnit interdita por pelo menos 10 dias retornos sob viaduto da BR-101 em Nova Parnamirim

Foto: Reprodução

O Departamento Nacional de Infraestrutura no Estado do Rio Grande do Norte (Dnit) informa que os dois retornos que passam por baixo do viaduto da BR-101 próximo à avenida Abel Cabral, em Nova Parnamirim, região metropolitana de Natal, serão interditados por 10 dias a partir das 22h desta quarta-feira (4).

Segundo o órgão, a interdição do trecho vai acontecer por causa de obras remanescentes e complementares na estrutura. O objetivo é que a alça de retorno do viaduto seja implantada de forma definitiva no sentido Natal – Parnamirim.

Durante o período de interdição, o Dnit recomenda reforça aos motoristas que utilezem os retornos sob o viaduto de Neópolis, em Natal, ou a passagem inferior da avenida Maria Lacerda, também em Nova Parnamirim.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. DeSacoCheio disse:

    Alguém avise ao DNIT que seus administradores estão mau informados, JÁ ESTÁ interditado e a população agradece a desconsideração de não ter sido avisada corretamente com antecedência.

FOTOS: Viaduto em frente ao Parque Aristófanes Fernandes é liberado para tráfego em Parnamirim

Fotos: cedidas

Pista na BR-101, em frente ao Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, foi liberada para tráfego de veículos nesta sexta-feira(09).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. gato disse:

    Tem que liberar a parte de baixo do viaduto urgente, pra poder beneficiar quem mora em parque de exposição, e adjacências.

  2. paulo disse:

    BG.
    E a iluminação da BR 304 Parnamirim-Macaíba quando vai ser ligada? Os postes tem quase todos já instalados ha alguns meses e a iluminação nada, até quando DENIT?.

  3. Marcos disse:

    NA MINHA OPINIÃO A MUDANÇA NO TRÂNSITO É QUASE NADA, VALE LEMBRAR QUE AINDA TEMOS DOIS SINAIS NA BR AO LONGO DE PARNAMIRIM, O CORRETO SERIA NO LUGAR DE CONSTRUIR 4 VIADUTOS NA RETA TABAJARA QUE NAO PRECISA CONSTRUIR MAIS DOIS EM PARNAMIRIM E ELIMINAR TDS OS SINAIS DEIXANDO A BR LIVRE!!

    • PP disse:

      Faz sentido.

    • carlos mendonça disse:

      falou tudo Marcos. Aqueles viadutos na reta tabajara foi só pra ROUBAR DINHEIRO pq não ligam nada a lugar nenhum!!

    • Messias disse:

      Os semáforos da BR serão retirados qdo terminar as marginais da br e a parte de baixo desse viadulto!

Motorista em Mossoró desmaia após forte colisão em coluna de sustentação de viaduto, e é salvo por heróis populares antes de veículo pegar fogo

O portal G1-RN destacou um grave acidente registrado na manhã desta terça-feira(26) na região Oeste do estado. Na ocasião, um motorista perdeu o controle do carro e bateu em uma das colunas de sustentação do viaduto do bairro Santa Delmira, em Mossoró, e passou por momentos de drama e alto risco de morte, pois com a força do impacto, o veículo pegou fogo.

Segundo a notícia, o condutor desmaiou em decorrência da forte colisão, mas populares o retiraram do automóvel antes que as chamas se alastrassem. Por causa do calor intenso provocado pelo fogo, o trânsito sob o viaduto ficou interrompido até as chamas serem controladas pelo Corpo de Bombeiros.

Desabamento de obra de viaduto mata dois operários em Fortaleza

Dois operários morreram após ficarem soterrados no desabamento da obra do viaduto no cruzamento das Avenidas Raul Barbosa com Murilo Borges, na noite desta segunda-feira (22), no Bairro Aerolândia, em Fortaleza. Os óbitos foram confirmados pelo comandante geral adjunto do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Viana.

O Corpo de Bombeiros informou inicialmente que 10 pessoas ficaram soterradas, mas, depois atualizou o número cinco trabalhadores feridos. Até as 19h40, dois operários já haviam sido retirados dos escombros. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

O Corpo de Bombeiros não soube informar a gravidade dos ferimentos das duas pessoas que foram resgatadas. Um caminhão com estrutura de guindaste foi enviado ao local para tentar resgatar dois corpos que estão embaixo de vigas de concreto.

O Corpo de Bombeiros alertou ainda que o perímetro da obra foi isolado porque ainda está sob risco de desabamento. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram enviadas ao local.

Ainda segundo o coronel do Corpo de Bombeiros Viana, as atividades foram temporariamente suspensas por temor de novos desabamentos. A operação de resgate deve ser retomada após a chegada de um guindaste ao local.

Por telefone, a assessoria de comunicação da prefeitura de Fortaleza informou ao G1 que o secretário de infraestrutura, Samuel Dias, foi ao local e que o órgão deve investigar as causas do desabamento.

O trânsito na Avenida Raul Barbosa está interditado durante a noite desta segunda-feira. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) orienta os motoristas que evitem transitar pelo local.

Construção do viaduto
As obras da construção da rotatória e dos viadutos no cruzamento das venidas Raul Barbosa e Murilo Borges começaram em junho de 2015. O investimento da Prefeitura, financiado com recursos da Caixa Econômica Federal, é de R$ 31 milhões.

Além da rotatória de 90 metros de diâmetro – dotada com duas faixas para tráfego e dois viadutos de cerca de 312 metros de extensão fazendo a ligação sertão-praia -, será construída uma nova ponte que operará em sentido inverso ao da existente, da ponte sobre o Canal do Lagamar.

De acordo com o projeto, a interseção de vias conta com seis pontos de travessia para pedestres, iluminação, padronização dos passeios e projeto paisagístico com a plantação de novas mudas e espécies nativas.

Fonte: G1

Viaduto que vai ligar a BR-101 à Avenida Lima e Silva não estará pronto para uso até o início da Copa

Alegando burocracia em relação à demora na aprovação e liberação da obra por parte do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte), a Prefeitura do Natal, através da secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), admitiu nesta semana que o viaduto de 215 metros que vai ligar a BR-101 à Avenida Lima e Silva não estará pronto até o início da Copa do Mundo, em junho.

Segundo Tomaz Neto, titular da Semopi, o concreto usado na obra estará em processo de “cura”, que é o tempo que o material leva para endurecer e ganhar resistência. Dessa forma, aberturas serão improvisadas sob o elevado e parte dos pedestres terá que passar por baixo do viaduto para ter acesso à praça esportiva. Na ocasião, três vãos para passagem dos pedestres serão criados, e cada abertura terá oito metros de largura e cinco metros de. Uma outra “passagem”, no trecho da passarela de Potilândia e o Centro Administrativo ainda será estudada. Informada sobre o “improviso”, a Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para Grandes Eventos no Rio Grande do Norte (Coesge/RN), confirmou que a solução apresentada pela Prefeitura não vai prejudicar o esquema de segurança planejado para os quatro jogos na Arena das Dunas.

Após a confirmação do atraso e questionamentos sobre as demais obras em andamento, a Semopi garantiu que apenas o viaduto não estará pronto a tempo. “A única obra que afeta diretamente o trânsito na Arena que não estará pronta é esse viaduto. E mesmo se estivesse pronto, o acesso de veículos estaria proibido durante os dias de jogos”, contou o secretário Tomaz Neto, emendando que o acesso pelos demais portões da Arena das Dunas estará garantido.

Com acréscimo de informações da Tribuna do Norte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Falta o blogueiro citar que o estádio está pronto, que o campo da UFRN tá pronto, que os outros viadutos ficarão prontos, que o aeroporto ficará pronto……Fazer campanha para aqueles que quebraram o país duas vezes tentando disseminar o caos é baixaria.

  2. Elves Alves disse:

    Se notícia é novidade, esta prima por ser uma antinotícia. Toda Natal já conhece a vocação do dilacerador de prazos e mestre de obras de fachada Carlos Eduardo Alves.

  3. Carvalho disse:

    As obras da Copa são as maiores provas da falta de capacidade, competência e debilidade dos gestores públicos brasileiros.
    E o Parque da Cidade? o prefeito havia prometido que em março deste ano a cidade teria o parque de volta.
    Em falar no prefeito, a maior obra de sua gestão no mandato anterior talvez tenha sido a modificação da av. Bernardo Viera que, cá pra nós, gastou muito dinheiro e ficou uma tremenda porcaria.

  4. Henrique disse:

    Todo mundo já sabia que isso ia acontecer, o medo agora é que passando a copa estás obras entrem em recesso e só voltem a se falar nelas próximo da campanha eleitoral ou então entrem de vez no esquecimento como ocorreu com o prolongamento da Prudente de Morais que apesar de ser uma obra importantíssima encontrasse abandonado e sem perspectiva de conclusão!!!

    Rogerio Mariz está fazendo muita falta a Prefeitura de Natal!!!!

  5. Daniel disse:

    Sem novidades… o que deveria ser exceção (atrasos) está definitivamente marcado como regra. Ainda tem gente com medo da ''imagem'' que o Brasil vai passar. Afinal, qual a imagem que vamos passar ? a da maquiagem ou da realidade ?

  6. Carvalho disse:

    A cidade inteira já sabia disso, apesar do prefeito sempre garantir que entregaria as obras até o final do mês de maio.

Laje do Viaduto do Baldo começa a ser recuperada

A Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) iniciou esta semana os serviços de remoção das áreas de concreto do viaduto do baldo que se encontram oxidadas pela ação do tempo. A recuperação total do equipamento conta com recursos próprios da Prefeitura do Natal no valor aproximado em R$ 1,8 milhão e tem prazo de conclusão previsto para dezembro deste ano. A execução dos serviços é de responsabilidade da BMB Construções Ltda., sob a fiscalização dos técnicos do município.

O secretário adjunto de Operação da Semopi, Caio Múcio informa que foi feita a montagem do canteiro de obras e sondagens no concreto. No momento, está sendo executada a remoção das áreas onde o concreto se encontra oxidado. “Esse trabalho, denominado de apicoamento, consiste na preparação da laje de fundo do viaduto para que ele possa então receber o concreto projetado em substituição a camada danificada”.

Enquanto executa esses serviços, ressaltou, a Semopi aguarda a conclusão do detalhamento do projeto executivo para dar continuidade à obra propriamente dita. Caio Múcio adianta que a ação inclui a recuperação da laje do canal do Baldo, das vigas e dos pilares do viaduto.

“Recuperar este equipamento público é um compromisso do prefeito Carlos Eduardo para com a cidade e a coletividade”, revelou Caio Múcio. Segundo ele, a iniciativa vai permitir a melhoria do trânsito, principalmente, no percurso que dá acesso as zonas Leste e Sul. “Além de proporcionar a fluidez do tráfego de veículos, a obra também vai gerar conforto e segurança para moradores e todos que utilizam o referido equipamento para deslocamento diário”.

Obras no viaduto do Baldo começam nesta segunda

As obras de recuperação do viaduto e da laje do canal do Baldo serão iniciadas na próxima segunda-feira, dia 17. A data foi definida no final da manhã desta quarta-feira, 12, durante primeira visita técnica da empresa responsável pelas obras, a BMB Construções Ltda. Os recursos são do próprio município, no valor de R$ 1,8 milhão e o prazo de conclusão é de seis meses.

A vistoria contou com a presença de engenheiros das secretarias municipais de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) e de Mobilidade Urbana (Semob), além da construtora BMB. O objetivo foi verificar o local do início das obras e as mudanças que deverão ser feitas no trânsito em função da interdição das faixas e/ou desvios do fluxo de veículos.

Segundo o secretário adjunto de Obras da Semopi, Caio Múcio, o primeiro passo é recuperar a laje do canal do Baldo que está bastante danificada por causa da ferrugem exposta e oxidada. Ao mesmo tempo, será iniciada a recuperação do viaduto, estrutura de concreto que apresenta desgaste natural. Entre os serviços que serão realizados na laje do canal do Baldo, citou a demolição do pavimento, escavação, confecção da nova laje, reaterro e novo pavimento.

Inaugurado em 1978, durante o governo do prefeito Vauban Faria, o viaduto do Baldo será agora totalmente recuperado.  O laudo técnico é de autoria do professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, José Pereira da Silva. “Esse laudo é que vai nortear o que vai ser recuperado”, frisou na ocasião, o engenheiro da construtora BMB, João Carlos Aranha.

Também presente a vistoria, o secretário adjunto de Trânsito, Walter Pedro, revelou que no final da tarde desta quinta-feira, 13, será divulgado o esquema dos desvios que serão realizados para execução da obra. De acordo com ele, os estudos feitos visam causar o menor impacto possível no trânsito de Natal.

Município tem 72 horas para se pronunciar sobre o Viaduto do Baldo

O juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública de Natal, Ibanês de Monteiro da Silva, concedeu prazo de 72 horas – a contar da data da notificação- para o município de Natal se manifestar sobre a ação civil pública, movida pelo Ministério Público do RN, que pede a interdição do Viaduto do Baldo.

A ação foi ajuizada na última terça-feira (28) pela 28ª Promotora de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, por meio da Promotora Rossana Mary Sudário, alegando falta de manutenção no Viaduto do Baldo.

Fonte: TJRN

 

Gancho de Igapó vai ganhar viaduto

Ricardo Araújo – Repórter, Tribuna do Norte

Até o fim deste mês, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) deve divulgar o edital de licitação de uma obra aguardada há mais de uma década pelos moradores e motoristas que trafegam pela avenida Tomaz Landim, em Igapó, zona Norte de Natal. O projeto é construir um complexo viário na altura do gancho de Igapó além de duas passarelas na movimentada avenida. Um investimento de R$ 48,1 milhões. Essas obras não só vão melhorar a vida de motoristas e pedestres que usam as vias da região – e perdem horas em engarrafamentos gigantes ou arriscam a vida ao tentar atravessar as faixas de rolamento – como iniciam a infraestrutura necessária para receber parte do fluxo de veículos com a implantação do novo aeroporto da Grande Natal, em São Gonçalo do Amarante. Hoje, quem trafega pela Tomaz Landim e adjacências, precisa de muita paciência, pois a região, há anos, não recebe qualquer investimento em infraestrutura viária. Até projetos já com recursos garantidos – como o Pró-Transporte – estão parados e sem data de ser retomado.

Obras vão desafogar av. Tomaz Landim

Após dez anos de espera, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) anunciou a construção de duas passarelas de pedestres e de um complexo viário na altura do gancho de Igapó, na zona Norte de Natal. Ao custo total de aproximadamente R$ 48,1 milhões, as intervenções estão na fase de análise técnica pelo DNIT e o edital de licitação poderá ser publicado  até o final deste mês. O intuito do DNIT, segundo o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, é que as obras comecem ainda este ano.

O DNIT anunciou a construção de duas passarelas na avenida Tomaz Landim, em Igapó
Foto: Junior Santos

Apesar do convênio ter sido assinado entre o órgão federal e o município da região metropolitana, não haverá contrapartida por parte de São Gonçalo e as obras ficarão sob a responsabilidade de fiscalização e financiamento do órgão federal. Estas obras não fazem parte, oficialmente, do conjunto de intervenções previstas para a trafegabilidade no entorno do futuro aeroporto que está sendo construído na região metropolitana nem se encaixam no complexo de empreendimentos financiados pelo Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). Entretanto, são de suma importância para a fluidez do trânsito no local.

As duas passarelas, que custarão R$ 2,4 milhões, serão erguidas nos quilômetros 83,5 (próximo ao semáforo após a ponte de Igapó no sentido Quintas – zona Norte) e no 82,3 (nas imediações da agência do Banco Bradesco), ambos na Avenida Tomaz Landim.  Há, ainda,   a construção de um complexo viário na altura do que é popularmente conhecido como “gancho de Igapó”. Serão construídos um viaduto, um túnel e alças de tráfego nos dois sentidos da avenida e, ainda, de entrada e saída da via que dá acesso à cidade de São Gonçalo do Amarante. Esta obra foi orçada em R$ 45,7 milhões e o DNIT trabalha nos ajustes finais do projeto executivo.

“A questão do tráfego no entorno do gancho de Igapó é traumática. As pessoas perdem até uma hora quando o trânsito fica engarrafado por causa do semáforo. Há, ainda, a questão dos atropelamentos de pedestres naquela região que são frequentes. Muitas pessoas já morreram. As passarelas eram um pleito antigo que se tornarão realidade em breve”, analisou o prefeito Jaime Calado.

Link completo da matéria: http://tribunadonorte.com.br/noticia/gancho-de-igapo-tera-viaduto/225155

Viaduto das Fronteiras que será liberado hoje já tem Buracos

Diário de Natal/Foto Eduardo Maia

Os motoristas da Zona Norte podem a partir de hoje contar com mais uma via para trafegar na região. É o viaduto da Avenida das Fronteiras, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, que será liberado às 9h pela prefeita de Natal, Micarla de Sousa. Porém, a boa notícia vem junto com um problema. Com três anos de obras paradas parte do asfalto já apresenta buracos. A reportagem do Diário de Natal observou que na subida do viaduto há pelo menos um de tamanho considerável e outra na mesma proporção na rótula inferior. Os moradores ainda alertam para falta de iluminação no local.

Segundo a secretária municipal de Mobilidade Urbana de Natal, Ana Elizabeth Thé, os trabalhos de sinalização horizontal e vertical do viaduto foram concluídos na tarde de ontem. No local foi realizada a sinalização na pista do viaduto, mas nas vias de acesso não há qualquer pintura ou placa que indique como será o trânsito na área. Equipes da Urbana faziam ontem a jardinagem dos canteiros centraise na lateral do viaduto que fica em frente a Escola Estadual Antônio Fagundes – os sacos de lixo de aglomeram formando um lixão.

Apesar da liberação da via ajudar o trânsito de toda Zona Norte, os moradores reclamam do tempo que a obra ficou parada e de como ela está sendo colocada em funcionamento pela Prefeitura. “Não tem iluminação direito à noite. Isso é até perigoso”, declarou o comerciante Raimundo Nascimento da Costa. Junto com outros moradores ele apontou ainda a situação da Avenida das Fronteiras, que teve há mais de três anos parte das árvores derrubadas para a obra ser executada. Até agora o canteiro não foi arborizado ou teve qualquer avanço nas intervenções que seriam feitas na avenida.

O secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), Sérgio Pinheiro, disse que antes de liberar o fluxo de veículos sobre o viaduto, foram realizadas algumas adequações no entorno do local. “Para isso realizamos a pavimentação em paralelepípedo nas ruas Rio Doce e Serra Negra, que ficam nas proximidades e que dão acesso ao viaduto”, informou.

“Estamos entregando a liberação em plenas condições de trafegabilidade, num trecho que faz uma importante ligação de acessos na maior região da nossa cidade”, declarou Micarla de Sousa. No dia 7 de outubro a prefeita visitou o local e anunciou que o viaduto teria o tráfego liberado em 15 dias, mas a previsão da gestora não se confirmou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. epaminondas disse:

    Se não tivesse buracos,os motoristas não receonheceriam como sendo uma rua de Natal.

O novo viaduto da Urbana

A Prefeitura do Natal divulgou agora há pouco mais uma maquete do projeto do viaduto da Urbana.

O equipamento faz parte do primeiro lote de intervenções na malha da mobilidade urbana, e depende agora da liberação dos recursos da Caixa, em no máximo, 40 dias, para ter o pontapé inicial. Confiram a imagem.

Acidente na madrugada no viaduto de Parnamirim mata um jovem e deixa dois feridos

Mais uma da galera do Portal BO.

Um grave acidente foi registrado na madrugada desta quinta-feira (1º) no viaduto de Parnamirim. De acordo com a polícia, o carro capotou quando tentava fazer uma curva. Três jovens estavam no veículo e um deles acabou morrendo. A polícia suspeita que eles estavam sob efeito de álcool.

Um policial chegou a dizer que viu o veículo, um Corsa Hatch, de cor preta e placas MZB-0189, passar por uma guarnição com os faróis apagados. O carro foi seguido, mas ao alcançarem os jovens, os policiais já se depararam com o cenário de acidente.

No veículo estavam Manoel Edson Fernandes, de 20 anos, José Adeilson Barros, de 23 anos, e outro jovem identificado até o momento por Ravielson. Este último morreu no local do acidente. Os outros dois foram socorridos para os hospitais Walfredo Gurgel e Deoclécio Marques.