Acusações contra Thiago Trindade e Procurador do Município são graves

Segundo as investigações da Operação Assepsia, as entidades contratadas pelo Município teriam sido previamente escolhidas pelo então Secretário THIAGO BARBOSA TRINDADE e pelo Procurador do Município ALEXANDRE MAGNO ALVES DE SOUZA, que teriam manipulado os processos de qualificação e de seleção das entidades para viabilizar a celebração de contratos de gestão com o Município de Natal.

A investigação também demonstrou que as entidades contratadas pelo Município inseriram despesas fictícias nas prestações de contas apresentadas à Secretaria Municipal de Saúde, como forma de desviar recursos públicos. E que essas prestações de contas jamais foram glosadas ou conferidas pelas autoridades contratantes.

Não custa lembrar que Alexandre Magno é Procurador do Município lotado na Secretária de Saúde.

Líder da Prefeita afirma “Toda responsabilidade pelo contrato da ITCI é de Thiago Trindade”

Copio e publico matéria do Blog Muitas Outras:

O pedido de exoneração do secretário de saúde Thiago Trindade feito hoje pela manhã, movimentou a tarde do pequeno expediente da Câmara Municipal do Natal.
O vereador Enildo Alves, líder da prefeita na Câmara Municipal, colocou toda a responsabilidade pelo contrato de terceirização da dengue, gota d’água para a saída do secretário, nele mesmo. “O secretário é responsável pelo que ele faz. É certo que todo contrato passa pelo Gabinete Civil, mas não o seu teor. O detalhamento é por conta do secretário titular”, disse Alves.
Para o vereador Adão Eridan (PR), o fato da prefeita se negar ao que faz já está se tornando corriqueiro, e citou o caso do aumento das passagens de ônibus. “Ela culpou o vereador Dickson Nasser”, disse Eridan.
Para o vereador Aquino Neto (PV) os problemas da cidade não foram criados por Micarla, mas alguma coisa melhorou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Curioso disse:

    Aquino Neto tá rico… Acorda Ministério Público!

  2. Christianne disse:

    Acho que Aquino Neto vive em outra Natal, essa Natal governada pela Prefeita Borboleta, sem rumo e sem noção em nada melhorou! Cai na real vereador.

Natal, ficção ou realidade?

Desde o dia da publicação do contrato da ITCI no diário oficial que, a Prefeitura não conseguiu dar um passo no rumo certo. Primeiro, a Prefeitura defendeu o contrato, que era uma urgência e o dinheiro federal só viria se fosse carimbado para essa rubrica. Depois o proprietário do instituto afirmou numa conversa informal com o presidente do sindicato dos agentes da dengue, que passaria muito mais do que 90 dias prestando serviço. Após grande clamor da população, pressão da imprensa e os órgãos de fiscalização entrar em campo, as coisas começam a se mostrar mais graves do que as suspeitas. A Prefeita ao vivo e a cores defendeu na sua TV no programa de Salatiel de Souza, que não iria abrir mão dos contratos emergenciais, pela qual a Prefeitura tinha feito, em seguida afirmou ao Promotor Luciano Ramos que não tinha conhecimento desse contrato com a ITCI e que tudo tinha sido feito dentro da Secretaria de Saúde e pelo secretário,  que sequer conhecia essa empresa. O Blog do BG fez uma matéria sobre isso no dia 06 de maio. Depois o próprio secretário disse no Tribunal de Contas que a Prefeita sabia de tudo, que tinha conhecimento de tudo. Hoje o secretário confirmou que está de saída, afirmou ainda que não tinha autonomia para contratar e descontratar, que tudo era feito e aprovado pelo Gabinete Civil através do seu secretário Kalazans Bezerra.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Romeiro disse:

    Acho melhor a borboleta abrir a boca logo e tratar de comer todos esses mosquitos que estão infestando a nossa cidade. Ou entao basta ordenar/ pedir aos seus pupilos para cada um colocar a roupa de homens fumace e sair pelos bairros combatendo essa epidemia. Pensando bem: nem assim convenceria a população. O que falta mais, heim?

Thiago Trindade OUT. Pediu exoneração

Pego carona na Jornalista Ana Ruth e reproduzo nota dela:

O bacharel em Direito Tiago Trindade confirmou, há poucos instantes, que não é mais secretário municipal de Saúde.  Ele pediu exoneração do cargo depois da grande polêmica envolvendo o contrato da Prefeitura de Natal com a empresa pernambucana ITCI.

O nome do novo secretário ainda não foi definido pela prefeita Micarla de Sousa, que está em Brasília e chegará hoje a Natal.

Do Blog: Qual nome podemos chamar esse trem?

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. antonio disse:

    Trabalho num posto de saúde que ta com a internet cortada há 1 ano e 3 meses…..o telefone coratado ha 6 meses…..vergonha

  2. Eduardo disse:

    Problemas : Lixo, Alugueis, merenda escolar, malha viária esburacada, atraso dos fornecedores. O que falta para acontecer para ter um movimento que tire essa senhora do poder municipal?

  3. Clau25@hotmail.co disse:

    VEREADORES, FALTA CORAGEM PARA O SENHORES PEDIREM O IMPEACHMENT? A sociedade natalense pede o IMPEACHMENT DE MICARLA DE SOUZA.

  4. CARLOS disse:

    Esse é o verdadeiro bonde sem freio.

Prefeitura rescinde contrato com a ITCI

Prefeitura rescindiu contrato com a ITCI.

O Secretário Thiago Trindade provavelmente assinou um dos seus últimos atos como secretário, está no Diário Oficial do Município desta quarta-feira:

SECRETÁRIO MUNICIPAL DE GESTÃO DE PESSOAS, LOGÍSTICA E MODERNIZAÇÃO ORGANIZACIONAL  TERMO DE RESCISÃO CONTRATUAL
Fica rescindindo, unilateralmente, na forma do art. 71, I, c/c o art. 78, VII e XII, ambos da Lei  n. 8.666, de 1993, o Contrato de Gestão n.º 002/2011, celebrado, em 12 de abril de 2011,  pelo Município do Natal, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, e pelo Instituto de  Tecnologia, Capacitação e Integração Social – ITCI, qualificado como Organização Social, para  operacionalizar a gestão e a execução de serviços de saúde constantes do Projeto Natal contra  a Dengue, segundo as razões jurídicas deduzidas nos autos do Processo Administrativo n.º 021671/2011-87.  Natal (RN), 10 de maio de 2011

Thiago Barbosa Trindade
Secretário Municipal de Saúde

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Curioso disse:

    Tem que investigar também a Secretaria de Comunicação Social…

  2. Clau25@hotmail.co disse:

    Parabéns a toda a sociedade que se engajou nessa luta contra essa festa que está sendo feita em toda as secretarias da prefeitura com dinheiro público. MINISTÉRIO PÚBLICO NELES.

Emergência administrativa na PMN

A declaração da Prefeita Micarla de Souza dada a Promotoria de Justiça do Patrimônio Publico no Ministério Publico Estadual afirmando que não tem responsabilidade sobre o contrato com a ITCI, no valor de R$ 8 Milhões, para combater a Dengue é muito grave. Gravíssima.

A Prefeita afirmou que todo o contrato foi feito no âmbito da Secretaria Municipal e, que a responsabilidade é do Secretário de Saúde do Município, Thiago Trindade. A prefeita ainda disse que quem apresentou a ITCI a ela foi o secretário.

Como a Prefeita autoriza um contrato desse porte sem saber do que se trata? Como ela não tem responsabilidade se ela governa a cidade? A declaração da Prefeita com certeza terá desdobramentos administrativos e políticos. Em que situação chegamos em Natal, quando a Prefeita declara que não tem conhecimento do que está acontecendo? Secretário fazer um contrato que segundo o procurador do Ministério Público junto ao TCE, Luciano Ramos, está comprovado que as negociações entre a Prefeitura de Natal e o Instituto de Tecnologia, Capacitação e Integração Social (ITCI) para o contrato de gestão no combate à dengue, se deram cerca de dois meses antes da decretação do estado de emergência. Olhem só, dois meses antes da emergência o contrato já estava sendo negociado. Quer dizer, deixaram ter a emergência propositalmente para “fabricarem” o contrato como o procurador afirmou? Onde estava a assessoria jurídica da saúde? A Procuradoria que não viu nada disso e ainda defende o contrato junto ao TCE? O Procurador Luciano Ramos chega a afirmar que “Este Contrato é uma afronta ao ordenamento Jurídico”.

Onde estamos? Que situação é essa em Natal? Explicações precisam ser dadas urgentes sobre essa situação. Quem está no comando? Essa pergunta à cidade toda está fazendo nesse momento.

Micarla, como profissional do Jornalismo, qual seria o papel que ela estaria desempenhando agora vendo essa desarrumação na PMN?

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Como diz o senhor aí de cima: Abrigado Zezinho, robsozinho, Rosinha, Felipinho, Fabinho, rogerinho e mais uns "inhos"…cada dia fico mais feliz em nunca ter votado em nenhum nesse grupo! A população tb tem sua culpta pois confundiu mais uma vez urna eleitoral com vazo sanitário!

  2. Mario Azevedo disse:

    Nada, nada me estranha nessa cidade. Meu Deus, por que não varres com suas ondas esse calendário, e não passas com tanta rapidez esse governo? Ninguém merece tanto castigo.Obrigado Zé,Rosa,Rogério,Davin, e outras almas que vão queimar nas labaredas…

Prefeita afirma que responsabilidade do contrato com a ITCI é do Sec. de Saúde

Está na Tribuna do Norte de hoje:

Ao apresentar sua defesa junto ao Ministério Público Estadual, a   prefeita de Natal, Micarla de Souza, declarou não ter responsabilidade no contrato de gestão assinado entre a Prefeitura de Natal e o Instituto de Tecnologia, Capacitação e Integração Social (ITCI), em abril passado. O depoimento foi dado na 44ª  Promotoria de Justiça do Patrimônio Público, ontem por volta do meio-dia.

“A prefeita disse que não redigiu as cláusulas do contrato do ITCI e que todo o processo foi no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde”, informou o promotor Emanuel Dhayan Bezerra de Almeida, que investiga o contrato de gestão.

Segundo ele, a prefeita informou ainda que quem lhe apresentou o ITCI foi o secretário Thiago Trindade e que a qualificação do instituto como Organização Social ocorreu no âmbito dessa pasta.

“É um processo que carece de muitos depoimentos e as explicações maiores caberão  ao titular da pasta da Saúde, que  terá que explicar os meandros desse contrato”, afirmou o promotor, que recebeu ontem cópias do contrato, na íntegra. O depoimento do secretário municipal de saúde, Thiago Trindade, está marcado para às 11h de hoje.

Do Blog: A Prefeita deixou o secretário Thiago Trindade literalmente numa sinuca de bico. Quer dizer que a Prefeita não mandou sua assessoria jurídica averiguar o contrato? A Procuradoria não viu? Simplesmente o Secretário de Saúde fez e pronto?

Procurador diz que emergência com ITCI foi “fabricada”

A situação está piorando a cada momento, está na Tribuna do Norte de hoje:

Está comprovado. As negociações entre a Prefeitura de Natal e o Instituto de Tecnologia, Capacitação e Integração Social (ITCI) para o contrato de gestão no combate à dengue, se deram cerca de dois meses antes da decretação do estado de emergência. Ontem, durante a 14ª Sessão da 1ª Câmara de Contas, do Tribunal de Contas do Estado, o procurador do Ministério Público junto ao TCE, Luciano Silva Costa Ramos, afirmou que diversos documentos atestam o que ele chamou de “fabricação” do estado de emergência.

(mais…)