‘Sim, tudo por uma foto’, diz influenciadora digital após ser mordida por tubarão

influenciadora digital Ana Bruna Avila, que mora em Florianópolis, contou para os seus seguidores nesta quarta, 29, que iria o “sonho de sua vida” durante  sua viagem para Bahamas. “Eu vou deitar ali com os tubarões vocês vão ver”, disse em um story publicado no Instagram. Porém, mais tarde ela voltou a usar a rede social para compartilhar que nem tudo saiu como o esperado: ela foi mordida por um dos animais com quem ela sonhava nadar.

“Devem ter botado um olho gordo desgraçado na minha viagem. O tubarão que eu estava nadando agora, eu vou mostrar as fotos maravilhosas que eu tirei, me mordeu e arrancou um pedaço do meu braço. Quem aí estiver torcendo para minha viagem ficar uma merda, eu não vou me abalar porque um tubarão mordeu meu braço”, disse com lágrimas nos olhos.

Ana Bruna fez inúmeras publicações para responder questionamentos e críticas sobre o ocorrido. “Gente, para quem quiser saber se eu estou bem, eu estou muito bem. Meu cabelo que não está muito bem, mas de resto eu estou bem, já fizeram um curativo aqui”, afirmou complementando que mais tarde iria ao médico.

Mais tarde, ela resolveu falar sobre a motivação para nadar com os tubarões na Ilha Exuma: “Sempre quis nadar com os tubarões, mas não para ele me morder, para sentir aquela coisa. Eu adoro adrenalina e aí eu fui nadar com os tubarões onde todas as modelos que eu sigo nadam e elas fazem fotos perfeitas é no meio do oceano eles estão nadando no ambiente deles, sim pode acontecer de eles morderem, como aconteceu comigo, mas eu não fui lá para eles me morderem”.

“Sim, tudo por uma foto. Eu queria muito uma foto ali, eu gosto muito de animais marinhos e eu queria muito ficar perto dos tubarões. Inclusive, eu vou tatuar um tubarão no meu braço e se reclamar eu vou tatuar dois”, confessou.

Ela também explicou as condições no momento do acidente. “Eu deitei assim [gesticula com os braços esticados]. Até então eu passava a mão neles e eles estavam de boas comigo, eles até fechavam o olhinho assim quando eu passava a mão. Daí eu deitei e não sei se eu estiquei demais o braço e pode ter tocado na boca dele. Ele abocanhou meu braço, eu tirei rápido, a primeira coisa que eu pesei foi: ‘sangue, tubarão, eu vou morrer agora’. Eu comecei a nadar a me debater e eles já saíram graças a deus e eu subi de volta.”

Ana relatou que disseram para ela que até então nunca um tubarão tinha mordido um turista no local. Segundo a influenciadora, ela foi atacada pois usava uma pulseira prateada e dourada e os animais confundiram o acessório com comida.

A influenciadora afirmou que entre os comentários negativos, alguns internautas até desejam a sua morte. “Você acha que é melhor porque você está atacando uma pessoa? Se você quer falar algo construtivo, não humilhe a outra pessoa. Quem nunca errou na vida?”, rebateu.

Apesar da polêmica, a jovem ressalta que não está incomodada com a rejeição. “Eu não estou nem um pouco ofendida com nenhum tipo de comentário. Estou muito feliz sempre. Sério, já tem seis meses que eu sou a mulher mais feliz do mundo, então parem de apedrejar seja lá quem seja, só faz mal para vocês”, concluiu.

Emais – Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Palim disse:

    Resumindo… É IDIOTA DEMAIS!

VÍDEO: Tubarão derruba da prancha menino de 9 anos que surfava na Flórida

Foto: Reprodução

Um vídeo assustador mostra o momento em que um menino de 9 anos é derrubado da prancha por um pequeno tubarão na praia de New Smyrna, na Flórida. O pequeno Chandler estava se divertindo no local no último sábado (30) com os pais e a irmã mais nova quando o animal pulou perto de seus pés e fez com que ele se desequilibrasse.

As imagens foram compartilhadas no Twitter pelo pai do garoto, Shaun Moore, que afirmou ao The New York Post que nem ele, nem Chandler perceberam que se tratava de um tubarão na hora. “Achamos que fosse algum tipo de peixe”, disse Shaun ao site americano. “Permanecemos no mar por uma meia hora depois do vídeo. Só após assistirmos à filmagem, descobrimos que era um tubarão, mas o Chandler não ficou nem um pouco preocupado. Ele é bastante corajoso”.

Especialistas afirmam que o tubarão que aparece no vídeo é um galha-preta. Apesar de não serem um dos maiores de sua espécie, eles são responsáveis por 20% dos ataques de tubarão não provocados na costa dos Estados Unidos.

Tubarão de quase quatro metros é capturado no Litoral Norte do RN

Uma equipe de pesca da cidade de Caiçara do Norte, no litoral Potiguar, capturou nessa terça-feira (22) em alto mar um tubarão com quase 4 metros de comprimento.

Segundo informações, o tubarão foi encontrado longe de onde os banhistas ficam, mas dezenas de curiosos filmaram e tiraram fotos ao lado do animal, já morto.

Técnicos do Ibama analisaram as imagens e informaram que abusar, maltratar ou mutilar animais é crime ambiental. A pena pode chegar a um ano de prisão, além de multa.

As informações são da página Na Ficha da Polícia.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rubem abrahao disse:

    É o cúmulo do absurdo pescar tubarão desse porte !
    A carne já não é tão boa e é uma espécie que já está entrando na lista das espécies que estão sumindo dos oceanos!

  2. Andrea disse:

    Nossa
    A pessoa tá pescando Peixe comum, mas pega um tubarão e trás para terra….
    o ser humano é muito engraçado E ignorante mesmo , porque não deixou o bicho no canto dele?

  3. Elioterio Carbonel disse:

    Esse pessoal aí, que está criticando os pescadores, não sabem de nada e ficam chamando os pescadores de criminosos etc. Os pescadores são pescadores artesanais, eles estavam pescando o peixe comum, só que por acidente o tubarão enroscou na rede, como que os pescadores que não têm equipamentos sofisticados, poderiam fazer a soltura do tubarão? Vocês ficam aí criticando os pescadores por isso, eles vivem da pesca, tiram o seu sustento do mar, alguns dos que estão ali acordam muito cedo de madrugada ainda quando muitos de vcs estão dormindo, eles não pescam por Sport pra depois sair se exibindo nas redes sociais, a captura de um animal destes é tão rara que teve uma repercussão muito grande como está tendo agora, o que aconteceu ali foi um acidente, eles estavam pescando normalmente quando o tubarão ficou preso na rede. Eu só queria saber de vcs ecologistas preocupados com o bem estar do tubarão, se fossem vocês que estivessem na situação deles o que que vocês fariam, certamente iriam mergulhar no mar pra soltar o tubarão, né? Kkkkk seriam devorados na hora por ele, deixem de falar daquilo que vcs não sabem seus abestalhados. A cidade de Caiçara do Norte é uma cidade em que a principal atividade econômica da cidade é a pesca artesanal, é a maior praia do litoral norte do RN, que tem a maior quantidade de barcos de pesca, o principal peixe que é pescado em seu mar é o peixe avoador ou peixe agulhinha, na época da lagosta se pesca a lagosta, aí vcs fazem todo este alvoroço por causa de um tubarão que por acidente ficou preso na rede de pesca. Querem dizer que a vida do tubarão é mais importante do que a vida daqueles homens que sobrevivem da pesca artesanal? Ali em Caiçara não se pratica a pesca predatória, esta sim que é proibida por lei, tudo o que é pescado ali e para o consumo e sustento das famílias daqueles homens.

  4. Waldemir disse:

    E a fiscalização do IBAMA não vai fazer nada com os pescadores
    Não dá lucro né são pobres não tem dinheiro para pagar multa
    Cadeia nesses pescadores então se fosse um fazendeiro já estavam lá

  5. Queda de Brasília já disse:

    Humanoide não tem solução. Somos o maior vírus do planeta.

  6. Régio disse:

    Quem é o predador dos mares??????

  7. Ragnar disse:

    Muito mimimi, vão lá e fala para o pescador que ele está errado. Muito fácil julgar.

    • Elioterio Carbonel disse:

      Concordo. Esses ecologistas de plantão ficam falando sem conhecimento de causa.

  8. Luiz Carlos disse:

    Como era um exemplar de grande porte, deveria ter sido devolvido ao mar. Afinal, não é objeto da pesca habitual. Ainda nos falta consciência para quase tudo.

  9. Welingtom Pinheiro disse:

    Muito grande

  10. Jean Carlos disse:

    Crime ambiental, os caras vão lá no habitat natural do animal o matam e vai ficar por isso mesmo?

    • kauai disse:

      você queria que o tubarão fosse a colonia de pesca e se entregasse?onde você acha que se pesca todo peixe ?? ? era reserva ambiental ??? vamos ponderar pois a pesca é o ganha pão de muita família decente

  11. Só olhando disse:

    Meros ignorantes.

  12. Por que matar o animal??? Absurso!!!O terror dos mares é o homem !

  13. ventura disse:

    Cadeia nesses bandidos que mataram o tubarão em seu habitat natural, sem estar ameaçando a vida de ninguém.

  14. jo disse:

    Será que o tubarão é mais perigoso que o homem?

FOTOS: Tubarão de quase dois metros é encontrado morto em praia de Macau

 

10610494_1498630203744886_7004042614609074554_nFotos: Extraídas de Focoelho

O Blog Focoelho destaca que no início da tarde desta terça (4), um tubarão de quase dois metros foi encontrado encalhado e morto na praia de Camapum, em Macau. De acordo com a informação, o fato foi presenciado por várias pessoas e na oportunidade os pescadores fizeram a festa. As fotos rapidamente se espalharam nas redes sociais.

10649847_1498630187078221_6661566940800548135_n Slide2Fotos: Extraídas de Focoelho

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. vanderson disse:

    esse tubarão foi pego no c* cágado na praia morto e foi pego pelos pescadores do porto da pescaria dos pescadores de tourinhos da peixaria do touro pode perceber que no pescoço e na cabeça tem marcas de rede

FOTO: Pescador americano fisga tubarão assustador de 600 kg

Untitled-2O pescador norte-americano pescou na segunda-feira (3) um enorme tubarão em uma praia no sul da Califórnia — esse pode ser o maior tubarão-anequim de que se tem notícia.

Depois do feito, organizações de defesa dos animais criticaram a captura do animal, já que as populações de tubarões são vulneráveis à pesca.

O enorme tubarão-anequim, de 600 kg e cerca de 3,3 m de comprimento, foi pescado na praia de Huntington, em Gardena, Califórnia, Costa Oeste dos Estados Unidos.

O tubarão-anequim é típico de zonas tropicais e temperadas e considerado um dos mais rápidos

O grande animal foi pescado pelo texano Jason Johnston, que diz ter lutado com ele por duas horas e meia até trazê-lo para dentro do barco

Se o peso e o tamanho do tubarão forem oficialmente confirmados pela Associação Internacional de Pesca Esportiva, este será o maior tubarão-anequim já capturado. O recorde anterior, de julho de 2001, é de um tubarão de 554 kg.

O tubarão-anequim capturado na Califórnia é uma fêmea. Levarão dois meses para que a verificação oficial seja concluída

Por enquanto, Williams está mantendo o animal refrigerado em sua empresa. Segundo o especialista, a lei estadual permite que cada pescador fisgue até dois animais desse tipo por ano — algo que é muito raro de acontecer.

Apesar disso, Williams vem recebendo muitas críticas do mundo todo por estar armazenando o enorme tubarão-anequim

Para David McGuire, diretor do grupo californiano Shark Stewards, de proteção aos tubarões, disse que o animal deveria ter sido libertado.

— As pessoas deveriam ver esses tubarões como animais maravilhosos fundamentais para os oceanos, e, assim, admirar a beleza deles, em vez de derramar seu sangue e tripas

Do R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maurício Giovani disse:

    Certa vez, há uns dez anos atrás, indo de Natal para Maracajaú, por volta das 10:30 da manhã de um sábado, ao entrar na ponte, percebi de longe que se aproximava alguma coisa na suprfície da água do Rio Potengi ao lado direito do meu carro. Para minha surpresa e pela primeira vez na minha vida, havia visto um tubarão nadando ao vivo e fiquei surpreso, pois o estava vendo nadar por ali em um rio, e não sabia que tubarões nadavam em rio, mas apenas no mar. Mais ou menos a uns 150 metros entrando na ponte, vi que ele começava a passar por baixo da ponte que tem cerca de 650 metros de comprimento. Fiquei no aguardo para ver seu o via direito, mas perdi o contato visual com ele, uma vez que meu carro continuava seguindo na ponte. Ao término da ponte e já subindo a ldeira de Igapó, tentei vê-lo pelo retrovisor e não consegui, mas para minha supresa, ao fazer a curva da ladeira de Igapó, consegui vê-lo novamente com mais nitidez, dessa vez, já à esquerda do meu carro, onde de longe vi que ele estava terminando a travessia por baixo da ponte, restando somente a cauda. Foi um acontecimento inesquecível.

Homem arrisca a vida para salvar tubarão encalhado na praia

Se você estivesse curtindo uma praia tranquilo, e de repente um tubarão é arrastado por uma grande onde e encalha perto de você. O que você faria? Correria? Arremessaria objetos?

Este homem foi um herói, ele ajudou o tubarão a voltar pra água, e aí, vocês teriam a mesma coragem?

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. bob grilo disse:

    Nao.

Defur faz coletiva de imprensa para detalhar prisão de "Aldy Tubarão"

O delegado Ben-Hur Medeiros vai dar entrevista coletiva a partir das 10h15, na Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), para detalhar a prisão do assaltante Aldy de Lima Dasmaceno, vulgo “Aldy Tubarão”.

Aldy Tubarão foi preso após trocar tiros com os policiais da DEFUR. O acusado estava de posse de uma pistola 9mm e revólver calibre 38.

[VÍDEO] Tubarão rouba peixe de pescadores no que parece ser um rio

Se o vídeo é uma montagem ou não, isso o blog não teve como confirmar. Aparentemente é um vídeo sério. Pelas informações que circulam na internet na internet, o vídeo foi gravado em Myrtle Beach, nos Estados Unidos. Nas imagens, no instante em que um grupo de pescadores vai retirar um peixe da água, um tubarão dá um ataque e leva o peixe embora.

Mas fazendo uma análise bastante crítica, ficam duas dúvidas quanto a veracidade do vídeo…

A primeira é em cima do local em que eles estão pescando, mais parece um rio ou um lago do que um braço de mar. Fato que não quer dizer que não possa ser em Myrtle Beach. Afinal, xistem tubarões que fazem incursões em águas doces como o “cabeça-chata”. Mas que é estranho, é!

A segunda fica em cima da reação física da mulher que segura a vara de pescar. O tubarão abocanha o peixe e não toca no anzol ou sequer na linha. A mulher, estranhamente, não oferece qualquer tipo resistência ao súbito ataque. Apenas leva o susto.

Se são verdadeiras, o BG não pode confirmar, mas que são impressionantes, isso são:

Pais criam polêmica ao deixar filha de 5 nadar com tubarões: “A vida é muito curta para ser chata”

 O casal David e Elana Barnes provocou indignação e ambos foram chamados de pais irresponsáveis depois que postaram no YouTube um vídeo da filha de 5 anos nadando com tubarões, segundo noticiou o jornal britânico Daily Mail.

Para os pais de Anaia, 5, que deixaram a filha nadar com esse animal feroz, em Bahamas, a explicação é uma só: “a vida é muito curta para ser chata”. O vídeo, que já foi visto quase 30 mil vezes desde que foi postado, em 20 de junho, dividiu opiniões: por um lado há quem elogiou o espírito aventureiro do casal, enquanto outros comentavam que deixar uma criança nadar com tubarões era estupidez. “Por em risco a vida de um filho é algo que mostra obviamente uma completa falta de bom senso”, escreveu um internauta.

No YouTube, Elana contou que em 20 anos nunca houve nenhum ataque de tubarão no local onde a família viveu essa experiência e que havia outra criança nadando junto com a filha dela. Segundo o jornal Daily Mail, com informações do ABC News, a mãe contou, em entrevista, que em nenhum momento pensou que aquilo pudesse ser perigoso.

 

 

Fonte: Revista Crescer

Já curtiu a CRESCER no Facebook?