‘Não se oferece resistência a um policial’, diz Trump

Foto: Tom Brenner/Reuters

O presidente dos Estados Unidos,, Donald Trump, considerou a morte de Rayshard Brooks, após ser baleado por um policial em Atlanta, como uma “situação terrível”, mas acrescentou que “você não pode resistir a um policial”. Esses foram os comentários mais extensos do presidente sobre o caso.

“Os eventos que ocorreram foram uma situação terrível, mas você não pode resistir a um policial e, se você tiver uma discordância, terá que aceitá-la”, disse Trump à Fox News na noite de quarta-feira. “Realmente vê que estava fora de controle, toda a situação estava fora de controle”, acrescentou.

Trump afirmou ter acabado de “receber um relatório” sobre o caso, no qual “o advogado do policial diz que ele ouviu um som como uma arma, como um tiro de arma, e viu um flash na frente dele”.

Trump continuou: “você sabe, eu não sei se necessariamente acreditaria nisso, mas vou lhe dizer que isso é uma coisa muito interessante e talvez seja isso. Eles terão que descobrir”.

“Espero que ele tenha uma boa reação porque a polícia não foi tratada de maneira justa em nosso país”, acrescentou o presidente.

CNN Brasil

Inspeção em supermercados detecta resistência da população em Natal em seguir prevenções contra o Covid-19

O Governo do RN, por meio da Controladoria Geral do Estado, realizou inspeção educativa, nesse sábado, em 27 mercados e supermercados de Natal. O objetivo foi observar o cumprimento do Decreto estadual que determina medidas de saúde para o enfrentamento do Covid-19.

De acordo com o controlador geral, Pedro Lopes, os supermercados estão cumprindo as normas de segurança estabelecidas pelo Governo, mas ainda foram encontrados problemas pontuais.

“Conversamos com os proprietários e gerentes. Falta o espaço mínimo entre as pessoas, e também faltam máscaras em diversos caixas e embaladores, apesar de não ser um item obrigatório, segundo orientação do Ministério da Saúde, mas entendemos ser necessário como medida de aumento no nível de proteção dos funcionários e clientes. Também verificamos alguns caixas sem anteparo de proteção e, sobretudo, falta de marcadores de distanciamento entre as pessoas do lado de fora dos estabelecimentos”.

A equipe de auditores da Control ouviu das empresas que a maior dificuldade está em evitar a entrada de mais de uma pessoa da mesma família e de os clientes cumprirem a regra de distanciamento, mesmo orientado pelo sistema de som e também pelos funcionários, com registros até de indisposições dentro do estabelecimento. “Estamos diante de mais um desafio, que é conscientizar também as pessoas sobre a necessidade de cumprimento das normas de segurança”, destaca o controlador.

Foram visitados estabelecimentos nas Quintas (3), Zona Norte (4), Nova Parnamirim (3), Cidade Satélite/Pitimbu (5), Tirol (2), Mãe Luíza (2), Petrópolis (1), Dix-Sept Rosado (3), Cidade da Esperança (1), Candelária (1), Lagoa Nova (1) e Capim Macio (1). As visitas ocorreram entre 15h e 19h.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ana disse:

    Infelizmente presenciei em mais de supermercado pessoas conhecidas da sociedade aqui de Natal, entrando no supermercado em 3 pessoas por família quando não, para disfarçar do resto das pessoas, pasmem…se separam cada um fica com um carrinho distante um do outro. Gente pelo amor de Deus deixem de ser hipócritas!!!! Deixem de olhar somente para esse umbigo imundo, falo imundo pq se fosse limpo certeza não agiria desse maneira. Parabéns aos supermercados (os que frequento) com álcool e orientando na entrada. Pena que a atitude de entrar mais de uma pessoa por família é CONSCIÊNCIA e RESPEITO AO PRÓXIMO, não uma imposição q para mim deveria ter algo como multa . Gente qual o problema em entrar um pessoa por família? Aqui em casa fazemos assim, eu entro e meu esposo fica no carro esperando e pronto, ninguém morre por isso.

  2. guga disse:

    O que esperar de um povo incivilizado que não respeita fila, sinal vermelho, faixa de pedestre o o mínimo para o convívio social? Só com a graça de Deus no Brasil não teremos maiores consequencias.

    • Irany Gomes disse:

      Povo educado, é povo limpo! Povo sem educação, é povo sujo em todos os sentidos…

  3. Vergonha disse:

    A sociedade tem que se mobilizar para fazermos uma CAMPANHA PARA BAIXAR O SALÁRIO DESSES POLÍTICOS E VERBAS DE GABINETE…NÃO VEJO ESSES PARASITAS ABRIREM DE 1 real , e os brasileiros assiste há tudo CALADO

Resistência da bactéria da gastrite a antibióticos dobra em 20 anos, diz estudo

Foto: Ilustrativa

Um estudo apresentado durante o Congresso da União Europeia de Gastrologia apontou que a resistência da bactéria H. pylori a antibióticos dobrou em 20 anos. Esses microrganismos estão associados a úlcera gástrica, linfoma e câncer gástrico.

A pesquisa, que analisou 1.232 pacientes de 18 países europeus, investigou a reação a antibióticos tomados regularmente para a infecção pela bactéria H. pylori. A resistência à claritromicina, um dos antibióticos mais usados para erradicar a bactéria, aumentou de 9,9% em 1998 para 21,6% no ano passado, com aumentos de resistência também observados para outros dois medicamentos: levofloxacina e metronidazol. Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais detectou que a resistência bacteriana à claritromicina no Brasil pode variar de 15% a 20%, o que é classificado como preocupante.

— A infecção por H. pylori já é uma condição complexa para o tratamento, exigindo uma combinação de medicamentos. Com taxas de resistência a antibióticos comumente usados aumentando a uma taxa alarmante de quase 1% por ano, as opções de tratamento se tornarão progressivamente limitadas e ineficazes se novas estratégias de tratamento permanecerem pouco desenvolvidas — alerta Francis Megraud, principal autor do estudo e professor de bacteriologia da Universidade de Bordeaux (França).

A resistência aos antibióticos ocorre quando as bactérias desenvolvem a capacidade de sobreviver à exposição a medicamentos projetados para matar ou interromper seu crescimento. Em 2017, a Organização Mundial da Saúde (OMS)identificou o H. pylori resistente à claritromicina como uma bactéria de alta prioridade para pesquisa e desenvolvimento de antibióticos.

— Os medicamentos usados para tratar a H. pylori são comuns no tratamento de doenças mais frequentes como infecções urinárias. Se o paciente já tomou aquele antibiótico antes há maior chance de resistência bacteriana — explica Carlos Eduardo Brandão Mello, chefe do serviço de Gastroenterologia do Hospital São Vicente de Paulo.

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Batista Costa disse:

    Eu já tentei essa bactéria quatro vezes ,tratei,retrai,refere ao e por último fiz um tratamento duplo e pior que a bactria continua doesmo jeito não desapareceu. H.piroly

IELMO MARINHO: Operação Resistência pode ter reviravolta

A Operação Resistência, deflagrada pelo Ministro Público em Ilemo Marinho, que resultou no afastamento do cargo e indiciamento do prefeito Bruno Patriota, pode ter novidades em breve.

O blog teve a informação de que os desdobramentos da operação podem trazer capítulos impressionantes sobre o caso, provocando reviravoltas.

Se for comprovado o teor das informações que o blog teve acesso, o muído vai ser grande.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. edson Morais disse:

    meu amigo bg esse muido e a favor d prefeito ou contra …..

Operação Resistência: ÁUDIO mostra “ofertas” para retirar processo contra prefeito no RN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte divulga arquivo com trechos de áudio referente à investigação da Operação Resistência, deflagrada em 18 de setembro e que resultou no cumprimento de mandados de busca e apreensão no gabinete do prefeito de Ielmo Marinho e no escritório oculto da mesma Prefeitura localizado em Natal.

Além disso, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte determinou o afastamento do prefeito Bruno Patriota Medeiros. No diálogo, há trechos onde tratam de “ofertas” para que seja retirada a denúncia contra o chefe do Executivo e o vice prefeito na Câmara Municipal que formalizaria o pedido para cassação do mandato.

A divulgação deste arquivo de áudio atende ao que foi decidido pelo desembargador relator, que publicizou a investigação da Operação Resistência.

Clique aqui e ouça o áudio

Confira abaixo trechos do áudio:

02:50 LETO me falou…. você vai ser chamado a depor. O Prefeito tem consciência da condição de testemunha de JOSÉ CARLOS BIDU, em processo administrativo disciplinar

12:50, 15:25, 15:50 oferta de medicamentos e de “cargo fantasma” à testemunha pelo Prefeito e por seus correligionários.

25:40 “vamo resolver sua situação, o povo se resolve depois, agora resolve você”

25:50 a questão do emprego, que o prefeito ofereceu, você vai pensar

26:10 isso aí, deixa ele pensar, depois ele diz… (Prefeito)
o que eu queria colocar à disposição de vocês seria chegar com uma ajuda agora, que lhe ajudaria a resolver muitos desses problemas aí, e colocar totalmente aberto para você resolver essas questões da saúde Oferta de medicamentos e tratamento pela Prefeitura de Ielmo Marinho, com a ilícita finalidade de, em troca, obter documento ideologicamente falso, para proveito do Prefeito.

26:45 mas com essa ajuda que o prefeito vai lhe dar você pode ir para uma clínica particular Evidência de que a ajuda tratada nesse momento é financeira

29:20 me comprometo a resolver (as cirurgias) Oferta de serviços públicos, novamente com desvio de finalidade em favor das pretensões pessoais do Prefeito

35:15 esse carro vai ficar para quando você precisar . “Tá autorizado” (Prefeito) Oferta de carros contratados pela Prefeitura de Ielmo Marinho, com desvio de finalidade em favor das pretensões pessoais do Prefeito

36:25 amanhã tem o carro de João, e o de Seu Raimundo (Prefeito). Eu dou um jeito de conseguir outro carro, se estiver ocupado. Oferta de carros contratados pela Prefeitura de Ielmo Marinho, com desvio de finalidade em favor das pretensões pessoais do Prefeito

37:10 a questão é a seguinte: a gente chegaria com um suporte agora, pra organizar a situação. A proposta que eu ofereci foi R$10.000,00. Daria pra dar 10.000 a ele, não dava? “Dá” (Prefeito). Assinar um documento retirando a queixa. Essa ajuda eu lhe pagaria hoje, pra ajudar nas despesas pessoais de vocês.  O compromisso está assumido aqui.  Evidência do suborno praticado pelos representados.

40:20 o documento está no carro O Prefeito demonstra que o documento já está pronto para ser assinado

43:00 podia ficar o emprego no seu nome, só não pode no de “Carlos”

43:45 o emprego é de menos. Todos os exames e cirurgia eu lhe garanto. Tudo o que precisar. Remédios para seus filhos. E chegaria de agora, de imediato, com esse suporte financeiro para vocês. Um carro que você pagou…. É isso que Bruno quer dar esse suporte porque vocês já gastaram muito com esse carro. Deixa eu pegar o documento aqui p você olhar. Aceite o emprego, não é para trabalhar não, é só para vocês receber… Ninguém vai ficar sabendo de nada, vai ficar só entre a gente…. Você vai ter um suportezinho…. Novamente, oferta de dinheiro e de serviços da Prefeitura de Ielmo Marinho, com desvio de finalidade em favor das pretensões pessoais do Prefeito, além do “cargo fantasma”, em nome de um terceiro.

47:30 ó, dê uma lidinha ai para você ver…tem dois, são iguais… O Prefeito traz o documento e pede para a testemunha examinar.

48:45 “vem requerer a desistência da denúncia feita contra o Prefeito Bruno Patriota e seu vice, tendo em vista que fez a requerimento do vereador Presidente da Câmara…. conforme fatos que serão relatados em depoimento próprio. Se você quiser, a gente muda esse documento, a questão que o advogado falou…  Felipe Cortez que é advogado, ele fez esse documento desse jeito porque livraria … ele vai chamar na justiça para depor…. O Prefeito lê o documento ideologicamente falso e novamente cita a condição de depoente de JOSÉ CARLOS BIDU
53:55 vamos manter sigilo disso aqui. morre por aqui… acabou… ninguém sabe de nada.  O Prefeito e seus correligionários demonstram a necessidade do negócio ser feito às ocultas.

http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/noticias/7059-resistencia-audio-mostra-ofertas-para-retirar-processo-contra-prefeito

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Kall disse:

    Esse episódio seria trágico se não fosse aqui no Brasil. Em quantas prefeituras por aí afora esse tipo de procedimento não acontece diariamente?! Inocente daquele que achar essa caso como isolado. A Justiça no Brasil só age quando lhe convém, pois qualquer pessoa sensata sabe que nos gabinetes de qualquer cidade a corrupção é pública e notória. Não precisa de mega investigações pra achar caroço nesse angú.

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Duas grandes fontes de desvios de recursos públicos nas pequenas prefeituras são COMBUSTÍVEIS & ALUGUEL DE CARROS (Locadoras)

[VÍDEO] Pra testar resistência, marca cria máquina que deixa pratos caírem quando clientes compram

Para promover os pratos da marca chinesa Corelle, que tem como grande diferencial a sua resistência, a agência Grey – China – criou uma vending machine (aquelas máquinas norte americanas que deixam os chocolates e salgados caírem na frente do comprador) que entregava os pratos comprados como uma máquina comum, deixando cair. Isso mesmo. Os pratos caem na frente do consumidor.

Assim, depois que a pessoa pegava o prato percebia a qualidade do produto. Confira o vídeo:

* Com informações do portal Comunicadores