FOTO: Polícia Civil prende em pousada na Zona Sul de Natal vereador de Sobral por estelionato no Ceará

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Errata da Polícia Civil: “corrigimos o cargo “ex-vereador”. Romário Araújo ainda é vereador do município de Sobral (CE), mas, por decisão judicial, está afastado das atividades parlamentares”.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) prenderam, nesta sexta-feira (9), o vereador do município de Sobral (CE), Romário Araújo de Sousa, 30 anos. A prisão, que aconteceu em uma pousada no bairro de Capim Macio, Zona Sul de Natal, se deu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Tribunal Justiça do Estado do Ceará, referente à prática do crime de estelionato.

De acordo com as investigações realizadas pela Delegacia de Polícia Civil de Sobral, no Ceará, Romário Araújo vendia falsas licenças de táxis e supostas vagas de emprego, pelas quais os interessados pagavam determinadas taxas e, posteriormente, eram enganados.

Romário foi indiciado pela prática do crime de estelionato. A juíza havia determinado o afastamento dele das atividades parlamentares, além de várias medidas cautelares, como a proibição de frequentar determinados locais, a assinatura no fórum e o pagamento de uma fiança de 100 salários mínimos. Com o não cumprimento, as medidas cautelares foram convertidas em prisão preventiva e Romário estava foragido da Justiça do Ceará.

Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTO: Ex vereador morde outro vereador na porta da Câmara de Felipe Guerra-RN

 ÍndiceFoto: De Fato

O ex-vereador e ex-prefeito interino Reginaldo Luciano da Costa, de Felipe Guerra, atacou violentamente o vereador Francisco Ubiraci Feitosa Pascoal, do PR, no centro da cidade de Felipe Guerra, por volta das 11h desta segunda-feira, 2 de junho.

Regional Luciano disse que Ubiraci não saísse de casa, pois se assim acontecesse ele iria matá-lo com dois tiros. Ubiraci registrou queixa na Delegacia de Apodi e fez exames de corpo delito no Hospital Regional Hélio Morais Marinho, da mesma cidade.

As testemunhas contaram que Reginaldo Luciano ficou irritado quando recebeu o ofício da Câmara Municipal de Felipe Guerra solicitando a prestação de contas do período em que ficou como prefeito interino na Prefeitura Municipal. Acreditava que havia sido denúncia de Ubiraci.

Neste caso, o presidente da Câmara Municipal, vereador Salomão Gomes de Oliveira, do PR, disse que recebeu há poucas semanas um ofício do Tribunal de Contas do Estado solicitando, com urgência, a prestação de contas de 2006 a 2013.

Como neste intervalo a Prefeitura foi administrada por Brás Costa e interinamente por Reginaldo Luciano. Diante disto, enviou ofício aos dois solicitando a documentação para repassar ao TCE, conforme foi exigido pela corte. Reginaldo não gostou.

Por volta das 11h desta segunda-feira, 2, Reginaldo Luciano foi tirar satisfações com Ubiraci Pascoal na porta da Câmara. “Ele primeiro me desacatou e disse muitos nomes feios. Depois jogou o capacete em mim e se agarrou comigo, me mordendo na testa”, relata Ubiraci.

Os demais vereadores que testemunharam as agressões separaram os dois. Antes de ir embora para casa, Reginaldo Luciano teria dito que ia matar Ubiraci Pascoal com dois tiros, caso ele saísse de casa hoje. “Já registrei queixa e fiz exames de corpo delito”, diz Ubiraci.

O caso será investigado em inquérito policial conduzido pelo delegado Renato Oliveira. O De Fato.com não conseguiu localizar o ex-vereador Reginaldo Luciano para ele comentar os fatos. O presidente da Câmara, Salomão Gomes, lamentou o ocorrido.

De Cézar Alves – Jornal De Fato

Matéria na íntegra em http://www.defato.com/noticias/35897/ex-vereador-morde-vereador-ubiracy-pascoal-na-porta-da-ca-mara-de-felipe-guerra

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Aparecida disse:

    É muito triste ler uma notícia com esse conteúdo. Vejam nas mãos de quem o povo se encontra. Olhem o nível de alguns dos nossos políticos.

Ex-vereador da Câmara de Natal é condenado por nepotismo

O Inquérito Civil nº 114/08, instaurado pela 46ª Promotoria de Natal, a qual pede apuração de possível situação de nepotismo, na Câmara Municipal de Natal, voltou a julgamento na Corte potiguar, por meio do processo nº 0800018-70.2011.8.20.0001, que se refere à uma Ação Civil de Improbidade Administrativa.

Segundo o juiz Airton Pinheiro, a leitura dos autos revela que o vereador Carlos Santos valeu-se da sua condição para promover a nomeação de Eliana Felippe, com quem até hoje (embora negue o fato) mantém uma relação de companheirismo, além das irmãs dela – Diva Felipe da Costa, Helena Felippe e Dilma Felippe de Araújo, todas para o exercício de cargo em comissão no gabinete por ele chefiado.

A análise da prova oral e documental contida nos autos, segundo o juiz, leva a concluir de que a conduta desempenhada demonstra prática de nepotismo, ocasionando a ruptura dos princípios da impessoalidade, da legalidade e, sobretudo, da moralidade no âmbito da casa legislativa.

“Frise-se, por outro lado, que o próprio Antônio Carlos Jesus dos Santos admitiu em seu depoimento prestado diante deste juízo, que as nomeações se davam mediante indicação sua perante a Presidência para que nomeasse as pessoas acima referidas para trabalharem em seu gabinete”, enfatiza o magistrado, ao destacar que os depoimentos também demonstraram que ambos residem na mesma casa.

A sentença também considerou que o princípio da impessoalidade também foi rompido à medida em que o vereador tratou a sua companheira e as suas cunhadas em privilégio ao restante da população, ao premiar tais pessoas com nomeações para o exercício de cargos em comissão somente pelo vínculo de parentesco que mantinha.

“Nada mais imoral do que a transformação da Administração Pública em uma mera extensão da casa dos agentes públicos, como aconteceu no caso concreto em que o gabinete do vereador Antônio Carlos Jesus dos Santos transmudou-se em um negócio de família”, enfatiza o juiz, ao acrescentar que as cunhadas também incorreram em dolo, pois, mesmo sabendo do grau de parentesco, não hesitaram em beneficiar-se do ato ilícito.

TJRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juliano silva disse:

    Grande coisa, existe um vereador que a chefe de gabinete é a irmã…
    Outra irmã que acha que manda na câmara… Familia é o que nao falta por lá.
    Somos todos irmãos…

  2. Sergio Nogueira disse:

    Sério que a Câmara Municipal contava com essa nulidade? Pergunta a ele o que seu mandato produziu de bom para além de suas agregadas. Ainda vai chegar o dia em que descobrirão que é absolutamente inútil ter Câmaras Municipais. Não servem para nada que preste.

Ex-vereador nega notícia de amputação e diz que pênis está intacto

viagraFoi identificado como Gentil Ramírez o fazendeiro e político que teria tido o pênis amputado após overdose de Viagra. A notícia correu o mundo.

Mas, em declaração ao jornal “La Nación”, Gentil, de 66 anos, disse que teve que passar por cirurgia no membro para pôr fim à ereção que durava dias. Só que, garantiu ele, o pênis foi preservado.

O colombiano da cidade de Gigante havia tomado, sem receita médica, comprimidos de Viagra para impressionar a esposa.

O ex-vereador disse que terá mais cuidado com medicamentos contra a impotência.

O Globo

Ex-vereador morre ao saltar de avião em movimento que fazia um pouso forçado

Agência Estado

Um ex-vereador da cidade de Condeúba, a 150 km de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, morreu ao saltar de um avião monomotor, na noite da segunda-feira, 14, quando a aeronave realizava os procedimentos para um pouso forçado. Agnaldo José Pereira, 44 anos, viajava em companhia de um primo e de um irmão, que pilotava a aeronave. Ele se desesperou em razão de um problema apresentado pelo monomotor. Os demais passageiros saíram ilesos após a aterrissagem.

De acordo com informações da 80ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/ Cândido Sales), o avião modelo PR ZCM-RV 10 apresentou uma pane quando tentava descer em uma pista particular, da fazenda Cajueiro, de propriedade do ex-vereador. A pista foi construída há cerca de dois anos e ainda não possui iluminação. As informações da polícia são de que a vítima fora atingida por uma das hélices e teve morte instantânea.

O primo de Pereira revelou que o ex-vereador entrou em pânico ao saber do problema, abriu a porta e saltou. Ele era muito conhecido na região. Integrava a diretoria de uma ONG intitulada Voluntários do Sertão, que presta assistência a famílias no interior baiano. Pereira atuou como vereador entre os anos de 2000 a 2008. Era casado e tinha três filhos.

De acordo com algumas pessoas que viram o acidente, a aeronave perdeu altura de forma rápida, mas ainda assim conseguiu pousar com pequenas avarias na fuselagem.

A Polícia Civil também abriu investigação para apurar responsabilidades, mas somente deverá ouvir os parentes do ex-vereador na próxima semana.

Uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes da Aeronáutica (Cenipa), regional Recife (Pernambuco), deverá ser enviada à cidade Condeúba, a 642 km de Salvador, ainda nesta semana para fazer uma avaliação técnica do monomotor, e determinar as causas da pane. Um laudo conclusivo deve sair dentro de 30 dias.

O corpo de José Pereira foi velado na Câmara de Vereadores de Condeúba e sepultado na manhã desta terça-feira, 15.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gabriel Guerra disse:

    Coitado, imagine o desespero…. Ele foi atingido pela hélice, e não uma das hélices, já que era um monomotor