Polícias Civis do RN e da PB prendem suspeito de assaltar bancos e de integrar organização criminosa

Foto: Ilustrativa

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em trabalho conjunto aos Policiais Civis do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de João Pessoa (PB), capturaram, nesta quarta-feira (22), Valmir Mendes de Farias, mais conhecido como “Borracha”, 30 anos. Ele estava foragido do Sistema Penitenciário Estadual e era investigado pela suspeita da prática do crime de tráfico drogas, tendo como seus chefes: “Nem da Abolição” e “Fernanda Belarmino”.

Valmir Mendes, “Borracha”, é suspeito de praticar roubos a banco, de integrar uma das maiores organizações criminosas no Estado do Rio Grande do Norte, atuando também no tráfico internacional de drogas. No momento da abordagem policial, “Borracha” estava em uma residência de luxo, situada no bairro Colinas do Sul, no município de João Pessoa (PB). Com ele, foram apreendidos um veículo modelo “Ônix” e a quantia de R$ 7.000,00 (sete mil reais) em dinheiro fracionado.

“Borracha” também é suspeito de integrar organização criminosa que tinha como plano a explosão de um estabelecimento prisional da Paraíba; no RN, ele também é investigado pela mesma conduta criminosa: tentar explodir um presídio. Durante as diligências, foi constatado que a proprietária da casa na qual ele estava, Ana Luíza de Araújo, é viúva de José Ivanilson Dias Gomes, que era mais conhecido por “Baixinho” e morreu em 2017, em um assalto a banco, no município de Moreno (PE). Na época, “Baixinho” estava portando vários fuzis e era foragido da DEICOR; o “Borracha” era cunhado do “Baixinho”.

Valmir Mendes, “Borracha”, já foi preso pela Policia Civil do RN pela suspeita da prática dos crimes de receptação e adulteração de veículo roubado, mas estava foragido. Na semana passada, a DEICOR tentou realizar a recaptura, mas o suspeito conseguiu fugir do cerco policial. Ainda de acordo com as investigações, ele é ligado ao mais alto nível da organização criminosa do Rio Grande do Norte, sendo considerado um homem de confiança dentro do grupo criminoso.

O suspeito é investigado ainda por comercializar fuzis, munições, coletes, pela forte atuação no tráfico de drogas interestadual, clonagem de veículos, associação para o tráfico de drogas e armas, além da lavagem de dinheiro. As equipes da DEICOR recambiaram o preso para o Estado do Rio Grande do Norte, onde ele permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou Disque DEICOR, no número: (84) 3232-2862 ou, por meio do aplicativo WhatsApp, no número: (84) 98135-6796.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Deicor prende em Mossoró empresário acusado de integrar organização criminosa; aprendidas drogas, armas de fogo e R$ 43 mil

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR – em conjunto com a Policiais Civis da DENARC, da 2 DRPC e da PRF (RN), prenderam em flagrante, na manhã desta segunda-feira (06), JAILSON XAVIER DR MESQUITA, vulgo “Galeuguinho ou Paulista”, nascido em 21/05/1978, natural de Solonópolis/CE, proprietário da loja Laynara Veículos, localizada na rua José Damião, no Bairro de Santo Antônio, Mossoró/RN.

Após um trabalho de investigação, policiais da DEICOR empreenderam diligências nas primeiras horas de hoje até a cidade de Mossoró, pois haviam fundadas razões de que o empresário conhecido por “Paulista ou Galeguinho”, tinha chegado de São Paulo no domingo, trazendo drogas, armas e dinheiro.

No momento da abordagem ,”Paulista” disse que não tinha nada de ilícito. Foi quando após uma revista minuciosa os policiais encontraram 02kg de pasta base de cocaína.

Diante do flagrante, os policiais entraram na residência do acusado e encontraram mais 01kg de cocaína, 2 armas de fogo calibre 38, munições calibre 38 e 380, jóias, além da quantia de R$ 43.000,00 (quarenta e três mil reais).

Durante as diligências, os policiais foram até a loja de “Paulista”, tenso sido apreendidos 09 veículos.

Durante as investigações, restou apurado que “Paulista” usa sua loja de veículos para lavar o dinheiro do tráfico, tendo o investigado “Nem da Abolição” e sua esposa Fernanda Belarmino utilizado tal serviço, segundo o próprio flagranteado.

“NEM” encontra-se preso em um presídio federal e Fernanda encontra-se foragida desde que rompeu a tornozeleira no mês passado.

A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, através do *disque denúncia 181, disque DEICOR (84) 3232-2862 ou ZAP DEICOR (84) 98135-6796*.

Fernando Jales é convocado para integrar o TRE-RN no cargo de juiz titular

Foto: Divulgação/TRE

O Justiça Potiguar noticia nesta quinta-feira(24) que o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) passa a contar com o juiz Fernando Jales, representante da classe jurista. Ele foi convocado pela presidência do TRE-RN após o término do biênio do advogado Wlademir Capistrano. O juiz foi saudado na sessão plenária pelos membros da Corte que lhe desejaram sucesso na nova missão.

Fernando Jales já atuou como Secretário Geral do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, e como membro do Conselho de Administração do RN.

“Gerente financeiro”: PF prende suspeito de integrar facção criminosa com atuação no RN

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta quarta-feira, 16/10, em Mossoró, Região Oeste Potiguar, um mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara da Justiça Estadual daquela cidade contra um homem de 33 anos. Ele havia sido alvo da Operação Extração, deflagrada pela PF no último mês de setembro e, desde então, se encontrava foragido.

O cumprimento da ordem judicial ocorreu nas dependências da Cadeia Pública Manoel Onofre de Souza onde o acusado se encontra custodiado após ter sido detido por policiais militares no final de semana, envolvido numa ocorrência de roubo.

Indiciado anteriormente em inquérito da PF, o preso é suspeito de integrar a filial de uma facção criminosa paulista com atuação no Rio Grande do Norte.

Segundo apurado durante as investigações, ele agia como uma espécie de gerente financeiro da organização, sendo o responsável pela contabilidade da contribuição mensal dos seus membros.

Foragido acusado de integrar facção criminosa morre em confronto com a polícia em operação na Zona Norte de Natal

FOTO: Divulgação/PC/ASSECOM

Equipes de policiais civis do 13º Distrito Policial, com apoio de policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar, cumpriram, na manhã desta segunda-feira (22), um mandado de prisão na comunidade da África, localizada na zona Norte de Natal.

Durante o cumprimento do mandado, houve um confronto entre os policiais e um grupo de suspeitos que estavam em cima de telhados. No decorrer do conflito, um integrante de uma facção criminosa estadual de identidade a ser confirmada foi atingido por um disparo, não resistiu ao ferimento e faleceu. Informações dão conta que o homem morto era foragido pelos crimes de assalto e tráfico de drogas.

No local, os policiais apreenderam uma pistola modelo PT 100 e porções de maconha. Os outros suspeitos conseguiram fugir. A Polícia Civil pede que a população envie informações sobre o paradeiro dos fugitivos de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Evan Jegue disse:

    Oremos.

  2. Tarcísio Eimar disse:

    -1

  3. Sérgio Nogueira disse:

    Luto nas comissões de Direitos Humanos.

Rinaldo Reis é escolhido para integrar o CNMP

Foto: via Twitter MPRN

Rinaldo Reis, ex-procurador-geral de Justiça do MPRN, foi um dos três escolhidos para integrar o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). A definição aconteceu nesta quinta-feira (28), em Brasília, durante reunião do Conselho Nacional de Procuradores Gerais de Justiça (CNPG).

Os demais escolhidos foram Lauro Machado e Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto. Os três são os representantes dos Ministérios Públicos estaduais para o CNMP. As indicações serão encaminhadas ao Senado Federal para a realização das sabatinas pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania. Confirmada a nomeação, eles cumprirão o mandato do biênio 2019/2021.

Na votação, Lauro Machado Nogueira (GO) recebeu 26 votos para a recondução, seguido de Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto (AC) com 16 votos e Rinaldo Reis Lima (RN) que obteve 14 votos.

“Para mim, é o cargo mais honroso dentro do Ministério Público, um reconhecimento muito grande porque ninguém chega ao resultado de uma eleição para ser conselheiro do CNMP se não tiver experiência”, afirmou Rinaldo Reis.

Com informações do www.cnpg.org.br