“O Lado Oculto Do Império” – (VÍDEO): Globo fez pacto com Sérgio Cabral para garantir transmissão das Olimpíadas, destaca reportagem da Record

Confissões inéditas do ex-governador do Rio Sérgio Cabral, contadas à Polícia Federal, revelam que o grupo Globo sabia do esquema criminoso de compra de votos envolvendo o estado e o Comitê Olímpico Internacional – para a escolha do Rio de Janeiro como sede dos jogos de 2016. Se aproveitando da relação próxima com Cabral, os executivos da Globo fizeram um pacto: assegurar, a qualquer custo, a compra exclusiva dos direitos da Olimpíada. O medo era perder, mais uma vez, o direito de transmissão para a concorrência. Assista à integra da terceira reportagem da série O Lado Oculto do Império.

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. GCF disse:

    Rede Globo de Fake News…
    Quem tem telhado de vidro não atira pedra no telhado do vizinho…

  2. CANINDÉ QUIRINO disse:

    Record sem credibilidade

  3. Incubado porto mirim vilagge flat disse:

    Tofoli anulou às delação de Cabral, agora Agente sabe porquê.

Covid-19: Redução da taxa de transmissibilidade e ocupação de leitos estabilizado são as duas condições do Estado para Retomada das Atividades Econômicas, diz secretário

Foto: Demis Roussos

As medidas do Pacto pela Vida – adotadas pelo Governo do RN em conjunto com mais de 70 prefeituras em todo o Estado – apresentam resultados positivos que se traduzem nos números da Covid-19. Segundo o secretário adjunto da saúde, Petrônio Spinelli, o quadro começa a registrar uma leve redução na pressão por leitos de UTI no interior, especialmente nos municípios onde as prefeituras entraram em colaboração com a administração estadual para ampliar a assistência à doença.

As ações do Pacto pela Vida, que também contemplam a fiscalização nas ruas e estabelecimentos comerciais para evitar aglomerações e, consequentemente, o aumento da disseminação da pandemia, serão mantidas nos próximos oito dias – até dia 24 -, período para o qual o Governo do RN vai prorrogar, via decreto, a vigência do isolamento, do distanciamento social e das regras para funcionamento das atividades essenciais.

O secretário da Tributação do Estado, Carlos Eduardo Xavier, esclareceu que a prorrogação das medidas também adia a implantação do Plano de Retomada das Atividades Econômicas. O plano está pronto e foi amplamente discutido com o setor produtivo. Mas, para que seja iniciado, duas condições precisam ser atendidas por recomendação do Comitê Científico, que assessora o Governo do RN, e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A primeira é a redução abaixo de 1 da taxa de transmissibilidade. Ou seja, as autoridades de saúde precisam comprovar que cada pessoa infectada transmite o vírus para menos de uma pessoa. Hoje essa taxa no RN é de 1,5, segundo estudos do Comitê Científico.

A segunda condição é que a taxa de ocupação de leitos estabilize em até 70%. Hoje está, em média, acima de 90%. “Sem estas condições atendidas, não poderemos iniciar o plano de retomada das atividades normais”, afirmou Carlos Eduardo.

DADOS

Os dados epidemiológicos da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) mostram que a taxa de ocupação de leitos Covid – nas redes pública e privada – em todo o Estado é de 94%; 751 pessoas estão internadas. Destas, 367 em leitos críticos.

Na região Oeste, a ocupação é de 97%; 100% em Pau dos Ferros; Natal e Grande Natal, 98,9%; Seridó, 74%. No município de Guamaré, na região do Mato Grande, onde o Governo do Estado em parceria com a prefeitura abriu 2 leitos, os mesmos estão ocupados. A parceria vai permitir a abertura de mais leitos nos próximos dias naquela cidade.

A fila de regulação para internamentos tem 8 pessoas com prioridade 1 (uma a menos que o dia anterior) e 45 com prioridade 2 (UTIs e semi-utis, oito a menos).

Os casos confirmados são 15.212 (acréscimo de 998 casos em relação a ontem), suspeitos 24.873, descartados 24.715, óbitos 585 (dois confirmados nas últimas 24 horas e 30 em dias anteriores) e 113 óbitos em investigação.

“Apesar da leve melhora é preciso as pessoas se convencerem a ficar em casa e as prefeituras atuarem em sinergia com o Governo do Estado no Pacto pela Vida. A soma de esforços de todos vai levar às condições para iniciarmos a flexibilização e o plano de retorno às atividades”, afirmou Petrônio Spinelli.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bunitim disse:

    Fátima sumiu até do twitter com medo de pegar covid-19. Kkkkk ahhhh ladrãooooooo. Seja uma líder e não uma covarde

  2. Jailson disse:

    Muito bem governadora!

  3. Jadson disse:

    Se ocupação dos leitos for critério, então não vai voltar nunca, pq antes da pandemia já tava tudo lotado.

  4. Juliana disse:

    Cadu ta hora de pensar em abrir

  5. Pedro disse:

    Amigo "Faça o bem", inicialmente, ninguém deseja-a, mais a morte para quem crê é a continuidade da vida; mais não se trata disso, nesse momento, parabenizar essa governadora pelas ações que ela e sua equipe de saúde adotam, nesse momento, é desconhecer de saúde, vou dar um cinco a vc por Deus. Quase tudo aqui foi um desastre, ela só fez entregar os respiradores doados pelo governo federal, grande parte das ações estão sendo desenvolvidas pelos municípios (que estão a mingua), esses atrapalhados da SESAP e ela, são de fazer pena e dó, nesse momento muitos dos pacientes e profissionais de saúde estão sofrendo e morrendo com a falta de insumos essenciais, como anestesicos para manter os pacientes sedados, vc ao que parece, não sabe metade da missa.

  6. ITAECIO MELO disse:

    TIREM PELO AMOR DE DEUS ESSE ESPANTALHO QUE EXPLICA ESSA PANDEMIA
    O COITADO NAO SABE DE NADA E NAO TEM NENHUMA AUTONOMIA
    FORA ESSE SECRETARIO E COLOQUEM OUTRO PRO ATIVO
    FATIMA SE ESCONDEU EM BAIXO DA SAIA NESSA PANDEMIA
    NINGUEM SABE NINGUEM
    OU INCOMPETENCIA

  7. Faça o bem disse:

    Parabéns Governadora, a Senhora está priorizando a vida, que é a maior dom que Deus nos Deus. Afinal, trabalhamos para vivermos e nunca devemos trabalhar para morrer

    • Didi disse:

      Como priorizando??
      Cadê o hospital de campanha ?
      Cadê os respiradores??
      Muito pelo contrário, tá matando o comércio e as pessoas por asfixia
      Cadê os respiradores que salva vidas.
      Fora Fátima!!

  8. Silva disse:

    Fora Fátima!!
    Vai construir maneiras do povo trabalhar mulher.
    Cadê você??

Pacto pela Vida: São Gonçalo do Amarante intensifica fiscalização de cumprimento de decretos; Bradesco é interditado

Fotos: Divulgação

Secretaria Municipal de Defesa Social, por meio da Guarda Municipal, secretarias de Saúde, Vigilância em Saúde, e de Meio Ambiente e Urbanismo, junto com as polícias Civil e Militar iniciaram, nesta quinta-feira (5), a ‘Operação Pacto pela Vida’, que fiscaliza o cumprimento de medidas de prevenção e enfrentamento à Covid-19 em São Gonçalo do Amarante/RN.

O grupo, composto por 40 agentes, está visitando estabelecimentos, bares, bancos, feiras livres e movimentação em áreas públicas, como ruas e praças, entre outras. Agência do Bradesco de Jardim Lola foi um dos locais interditados nesta quinta. “As equipes estão trabalhando dia e noite para aumentar o índice de isolamento social na cidade, e fiscalizar o cumprimento de decretos relacionados ao combate do novo coronavírus”, disse João Eider, secretário de Defesa Social.

O Pacto pela Vida foi proposto pelo Governo do Estado em reunião com os prefeitos da Grande Natal na segunda-feira (1). São Gonçalo do Amarante já vinha realizando fiscalização no município com apoio da Polícia Militar.

Com iminência de novo decreto, Estado destaca gravidade de casos de coronavírus, reforça “pacto pela vida” e anuncia medidas de fiscalização para cumprimento das normas protetivas

FOTO: ASSECOM/RN

O Governo do Rio Grande do Norte edita ainda nesta quarta-feira, 03, um novo decreto com as normas para o enfrentamento à pandemia do coronavírus. O decreto deve reeditar as regras em vigor e acrescentar medidas de fiscalização para o cumprimento efetivo das normas protetivas exigidas para empresas e pessoas.

A fiscalização é resultado do acordo firmado entre a gestão estadual e as prefeituras para ampliar o isolamento social, reduzindo assim o contágio e as mortes. O secretário de Estado de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro, disse, nesta quarta-feira, 03, em entrevista coletiva, que a governadora Fátima Bezerra e as autoridades do Governo trataram diretamente com os prefeitos sobre a adoção das medidas. “Vamos adotar ações fundamentais para que seja respeitado o isolamento e cumpridas as regras dos decretos, que são recomendações da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. Quem tem a decisão nos territórios municipais são os prefeitos, por isso estamos unindo esforços”, informou Mineiro.

Ele ressaltou que o enfrentamento à Covid-19 não deve ser transformado em uma disputa menor. “O momento é de construir um pacto pela vida em todo o RN. O sistema de saúde está muito próximo do colapso e para evitar que isso ocorra é fundamental que tomemos essas medidas, só assim vamos mudar o cenário da pandemia no RN”.

O secretário adjunto de saúde, Petrônio Spinelli, registrou a gravidade do momento e a necessidade de uma grande união com todos assumindo sua parcela de responsabilidade. “A pandemia cresce de forma grave no RN e no Brasil e não adianta só abrir leitos. É preciso reduzir o contágio e as internações”.

A operação de fiscalização começa nesta quinta-feira, dia 04, em Parnamirim, Macaíba e São Gonçalo, e na sexta-feira, 05, em Extremoz. O secretário de segurança pública e defesa social, Francisco Araújo, explicou que a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar vão atuar em conjunto com órgãos municipais como a vigilância sanitária e Guarda Municipal. “A operação visa preservar a vida, de quem está na rua sem necessidade e de quem está em casa. Vamos orientar e em caso de desobediência os infratores serão detidos e conduzidos à delegacia de polícia.

Na orla marítima a fiscalização vai verificar ocorrência de aglomerações, permanência em barracas e práticas esportivas coletivas.

Nesta quarta-feira, 03, 594 pessoas estão internadas, 293 em leitos críticos, ou seja, ocupando leitos de UTI e semi-UTI. A taxa de isolamento é de apenas 41%.

Na região Oeste, 100% dos 53 leitos críticos disponíveis para Covid estão ocupados. Em Natal e municípios da Grande Natal, dos 143 leitos, 97,5% estão ocupados. Em Pau dos Ferros a ocupação é de 100% dos cinco leitos disponíveis. No Seridó, dos 22 leitos, 45,5% estão ocupados.

Os casos suspeitos são 19.659, confirmados 9.148, descartados 16.013. Os óbitos confirmados são 367 (sete ocorridos nas últimas 24 horas), os óbitos em investigação são 69.

A fila de regulação para internação em leitos covid há um paciente com prioridade 1, 27 com prioridade 2 (UTIs e semi-utis), e 86 com prioridade 3 (enfermarias).

DOAÇÕES

Criada para ajudar a combater a pandemia, a Central de Doações do Governo do RN, coordenada pela Controladoria Geral do Estado, recebeu R$ 2 milhões em doações somente na semana de 27/05 a 02/06. Desde 26 de março em operação, a Central contabiliza R$ 4,5 milhões em doações.

Após se cadastrar no programa Todos pela Saúde, do Banco Itaú, o Governo recebeu da instituição bancária R$ 1,3 milhão em material hospitalar. O material foi destinado a cinco hospitais da rede estadual e para o Hospital Municipal de Natal – 3.600 máscaras N95, 109 mil máscaras cirúrgicas, 17 mil pares de luvas, 1.960 óculos de proteção, 81.800 aventais.

O Ministério da Saúde encaminhou material hospitalar no valor de R$ 784 mil – 15.600 protetores faciais, 1.295 aventais, 464 mil máscaras e 23 mil toucas.

O Controlador Geral do Estado, Pedro Lopes, informou ainda que o Programa RN Mais Protegido entregou, nos últimos sete dias, mais 700 mil máscaras em todo o estado, totalizando 2,9 milhões de máscaras beneficiando 1,4 milhão de pessoas.

Através do Programa RN Mais Unido, o Governo recebeu 1,5 toneladas de alimentos coletados junto aos supermercados, e hoje uma doação de 100 cestas básicas dos servidores da Agência de Fomento do RN (AGN).

Também foi feita a entrega de 2 mil litros de álcool, 700 luvas e 300 protetores faciais a hospitais, entidades e barreiras sanitárias realizadas em parceria com os municípios.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Comentarista disse:

    Parece que os leitores do blog estão bem desinformados, o que é lamentável…

    Por que cobram o hospital de campanha pelo Governo Estadual quando já foi amplamente noticiado que não mais será feito e o Governo, acertadamente, subsidiará os hospitais de campanha nos Municípios e estruturará os já existentes? Parece que é muito fácil ficar dentro da bolha cobrando, cobrando sem, contudo, sequer tomar conhecimento reais dos acontecimentos.

  2. Paulo disse:

    O sistema de saúde em colapso? E desde quando fui eficiente? Fala em focalizar a praia, e o comércio do Alecrim que todos os dias esta com quase todas as lojas abertas e o camelodromo é uma aglomeração só, outro dia quase não consegui transitar com o carro para ir a uma loja de produtos para agro-pecuária que é um serviço essencial. Cadê a fiscalização?

  3. Bento disse:

    Pacto pela vida, todo mundo tem, todo mundo faz.
    Falta é ação e planejamento dos governantes nesse momento, isso sim.

  4. duendevermelho disse:

    Nunca vi uma governadora tão fraca igual a essa! Pior do que Robinson 1000x! E principalmente: Extremamente mal assessorada!

  5. realista disse:

    estamos nessa situação por causa dessa governadora que não faz nada , fala fala e não faz nada , cadê o dinheiro que o governo federal mandou ?

  6. Luiz Fernando disse:

    Essa "coisa" não fez nada pela saúde e agora quer jogar a culpa na população.

  7. Antenado disse:

    E o hospital de campanha? Sai quando?

  8. Só Comento disse:

    Cadê o dinheiro dos respiradores Fernando Mineiro Papagaio de Pirata?

  9. Francisco disse:

    Parabéns, já era para ter acontecido essa reunião. Porém a desculpa de ter mais leitos era a demora dos respiradores, estão aí, espero menos conversa e mais atitude.

PASME. O pacto de PCC e Comando Vermelho: Facções criminosas vão à Justiça contra portaria de Moro

Foto: IsaacAmorim/AG.MJ

 Rompidas desde 2016, as duas maiores facções do Brasil se juntaram em uma tentativa de derrubar as restrições impostas pelo ministro da Justiça, Sergio Moro , para o sistema penitenciário federal. Integrantes das organizações criminosas paulista e fluminense concordaram em ir à Justiça para contestar a portaria 157, assinada por Moro em fevereiro, que proíbe o contato físico entre presos e seus familiares, além de reforçar o veto à visita íntima .

A medida visa a bloquear a comunicação com o mundo externo. Isso porque chefes presas costumam enviar ordens para os integrantes da rua, por meio de bilhetes entregues a familiares e advogados. A portaria também ratifica outra decisão, de agosto de 2017, que proibiu visitas íntimas, por tempo indeterminado, a quem foi membro de facção, líder de quadrilha ou que tentou fuga.

A costura do acordo entre as facções, assim como as ações judiciais, foram feitas por advogados do Instituto Anjos da Liberdade , que atuam em nome de todos os presos das unidades federais. Para contestar as imposições da portaria de Moro, o instituto entrou no Supremo Tribunal Federal (STF) com três arguições de descumprimento de preceito fundamental, entre outras ações.

— Existia uma preocupação a respeito de quem me pagava (se era a facção rival). Eu disse: “Ninguém paga, não. O instituto tem um trabalho gratuito, a gente não recebe de ninguém” — afirma Flávia Pinheiro Fróes, presidente do instituto.

Em maio, Fróes levou a discussão à reunião da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão da Organização dos Estados Americanos (OEA), na Jamaica. No dia 21, o Instituto Anjos da Liberdade promoverá um colóquio internacional no auditório do Senado, em que mulheres dos presos das facções inimigas dividirão a mesa para falar sobre a rotina das visitas diante das restrições impostas.

A recente união judicial é vista como trégua pontual pelo promotor Lincoln Gakiya, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo.

— A guerra continua. Mas houve uma espécie de trégua não declarada com a ida desses chefes paulistas para o sistema penitenciário federal. Como eles estão privados de regalias, a tendência é haver alianças para pressionar o Estado e favorecer os chefes no sistema federal. Eles agem baseados em interesses próprios — diz o promotor.

As advogadas do Instituto Anjos da Liberdade, assim como o Ministério Público do Rio de Janeiro, negam que houve um armistício.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Claudionor disse:

    O crescimento do crime organizado em todas as esferas da nação brasileira, está configurado em duas consoantes: PT.

  2. Claudionor disse:

    O crescimento do crime organizado em todas as esferas da nação brasileira, está configurado em duas consoantes: PT.

  3. Lope disse:

    A reportagem esqueceu de uma facção que esta junta das outras.. o PT, SUCUPIRA PERDE!!!

  4. abc disse:

    Oxente, e Toffoli advogado do PT num é presidente do Supremo??

  5. BB Barroca disse:

    BG!
    Não precisa de espanto, quem tem Rodrigo Maia, como advogado da bandidagem, não precisa falar mais com ninguém. Todos
    Viram o que ele fez semana passada.

  6. Quero saber disse:

    Como as facções criminosas cresceram tanto nesse país?
    Quem deixou isso acontecer?
    Quando começaram a ter voz e vez as facções criminosas no Brasil?
    Como elas se tornaram tão fortes a ponto de ir a justiça questionar ação de ministro contra o crime?
    Quem deixou essa herança criminosa para o país?
    Isso não tem responsáveis diretos e indiretos? Tudo aconteceu do nada, por acaso?

  7. Eduardo disse:

    Há muito tempo a banana está comendo o macaco aqui no Brasil. Um país aonde o crime próspera e compensa.

  8. Verivaldo disse:

    A solução é pena de morte menos despesas

  9. Az disse:

    Esse pais nunca terá jeito, temos um presidente e secretário de segurança que quer trabalhar pelo povo mais uma parte desse mesmo povo que tudo esculhanbado, quanto pior Melhor.

  10. joaozinho disse:

    Nada de pasme… tem grupos que so mudam a sigla e seus simpatizantes tb defendem bandido e atacam o juiz.

IMPEACHMENT: Dilma propõe “pacto” se permanecer no Cargo

a-presidente-dilma-rousseff-1459162406189_615x300A presidente Dilma Rousseff recebeu jornalistas em seu gabinete na manhã desta quarta-feira (13) para dizer que vai lutar “até o último minuto do segundo tempo” para preservar o seu mandato. Mas não foi clara se essa reação inclui também recorrer à Justiça.

Ela chamou de “golpistas” todos aqueles que defendem o impeachment. “Não importa se é um pedreiro, engenheiro, professor ou empresário. É golpista”, frisou, repetindo a estratégia de se colocar como vítima de um processo no Congresso.

Durante uma conversa de pouco mais de duas horas, a presidente disse que, se vencer, vai propor um pacto político nacional, envolvendo todos os atores, inclusive a oposição. “A crise no país é tão grave que não há solução que não seja por meio de um pacto”, disse. Se perder, se considera “uma carta fora do baralho”.

Na hipótese de permanecer, o pacto que pretende propor deve envolver, afirmou, todos os setores da sociedade – governo, oposição, empresários e trabalhadores. “Sem vencidos nem vencedores”, disse. Para ela, o pacto deve prever compromisso com reformas – entre as quais a reforma política

CUNHA E TEMER

Ela afirmou que o processo de impeachment decorre da vontade “do senhor presidente da Câmara”, que, em caso de impeachment, será o vice-presidente da República. E apontou a existência de uma “sociedade” entre Cunha e o vice-presidente Michel Temer.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alfredo disse:

    Tal qual a seleção do Brasil, ela vai lutar e perder de 7×1.

  2. Salvador disse:

    Isso é uma mentirosa, pacto com quem? Quem não se lembra quando o povo brasileiro foi a primeira vez pras ruas pedir a sua saída. Ele veio com uma lorota de plebiscito, referendo, depois deixou pra lá, caiu no esquecimento, agora vem com uma conversa de PACTO, nan, nan nin nan não. É queda mesmo. Fora!

  3. Brasil, Meu país NÃO será dos fascistas! disse:

    O bom foi o pacto com os corruptos (Cunha e Temer)q os coxinhas, midia e FIESP fizeram. E ainda tinha gente q acreditava q essa turma estava preocupada com corrupção.

    • Brasil, meu País não e dos Golpistas Mortadela ! disse:

      Chora não Bebê Mortadela, Chora não Bebê Mortadela…..???

  4. Estefânia Romano disse:

    Pacto agora?? Vá fazer com o MST.

  5. Renato Souza disse:

    Agora??? Pacto agora??? Por que não propôs esse pacto para salvar o país??? Ao invés disso quer fazer pacto para salvar a pele dela. Cristina Kichner, após 3 meses fora do poder está prestes a ser presa porque cometeu crime de responsabilidade (comprou dollar a preço futuro). Eu acho que Dilma está no lucro, pois ela será impichada, mas após isso não será presa.

  6. Neto disse:

    Ele não se entendeu nem com o presidente de fato, como agora vai conseguir pacto com partidos?

  7. Fernando Antonio R. Bastos disse:

    QUE ESSE PACTO ELA VÁ FAZER COM OS DIABOS QUE A CARREGUE.

  8. Ricardo disse:

    Va fazer pacto com o diabo em Porta Alegre.

Paulo Davim defende um pacto em favor do RN

O senador suplente Paulo Davim, presidente estadual do Partido Verde, defende que antes de discutir nomes para disputas eleitorais no próximo ano, o Rio Grande do Norte deveria se dedicar à tarefa de construção de um pacto de governabilidade. Não se trata de acordo, faz questão de ressaltar o suplent
e que está no exercício do posto de senador desde que Garibaldi Filho assumiu o Ministério da Previdência.

Na visão de Davim, o pacto deveria reunir o Poder Executivo e os demais Poderes do Estado, as corporações e sindicatos e ter também a participação das principais lideranças políticas.

A proposta do pacto foi defendida por Paulo Davim em entrevista ao Jornal da 96, da 96 FM, na manhã desta segunda-feira (9). Como não tem sido chamado para nenhuma conversa acerca de acordos e alianças políticas e eleitorais, Davim se sentiu livre para dizer o que muita gente pensa: antes das eleições, os políticos do Estado deveriam se preocupar com o futuro do Rio Grande do Norte.

Ele disse que o Estado nunca antes viveu uma crise administrativa, política, institucional e de confiança como essa que experimenta agora.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. SERGIO DA SILVA disse:

    Esse ai é um pelezão que caiu de paraqueda , médico grosso e mau Educado !

  2. Sergio Nogueira disse:

    PD deveria fazer um pacto para não nomear médica amiga ganhando R$ 8.000,00 para lhe assessorar em assuntos de saúde. Só tem menino besta nesse Congresso.