Henrique Meirelles seria um grande vice, diz Aécio

3k3rybmoq7_22a6xn871_file O pré-candidato do PSDB à presidência, senador Aécio Neves (MG), disse nesta segunda-feira (19) que o ex-presidente do Banco Central durante o governo Lula, Henrique Meirelles, filiado ao PSD, poderá vir a ser candidato a vice-presidente na sua chapa desde que o partido decida não apoiar a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

— Tanto o PSD quanto alguns outros partidos, que hoje são cogitados para estar ao nosso lado, têm uma aliança pelo menos anunciada com o governo federal. Cabe a mim respeitar esta aliança. Vamos aguardar que as coisas avancem. Não dou sinais que depois não possam ser correspondidos. Meirelles é um nome extremamente qualificado e que o Brasil inteiro respeita. Mas o que vejo hoje é que o seu partido tem um compromisso com a atual presidente da República. Se isso mudar, vamos conversar.

Em Minas, o partido do ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, está na aliança com os tucanos na chapa capitaneada por Pimenta da Veiga. Mas Kassab é um dos defensores, no PSD, do apoio a Dilma.

— Fico muito feliz de o PSD estar aqui ao nosso lado, como cada uma das outras forças políticas, e vamos aguardar que as coisas avancem.

Aécio esteve em Minas para o lançamento da pré-candidatura de Antônio Anastasia, seu sucessor no governo mineiro, ao Senado.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zé Ninguém disse:

    VEJA?
    Senador Aécio Neves (PSDB-MG) sofreu revés com o vazamento de sua articulação para ter Henrique Meirelles, ex-Banco Central, como vice; nota no Painel irritou ex-governador José Serra e também Gilberto Kassab, do PSD, o que abre espaço para Tasso Jereissati como vice; dona do furo, jornalista Vera Magalhães é casada com Otavio Cabral, que está deixando Veja para assumir comunicação de Aécio; colunista Mônica Bergamo noticiou a contratação e Juliana Duailibi confirmou que Cabral virou assessor tucano; ele teria falado demais?

"Rapaziada em baixa": Britânicas preferem cremes hidratantes a sexo, diz pesquisa

441_2112-beauty-aPara muita gente, é apenas uma lenda urbana, mas o fato é comprovado por cientistas: sexo faz bem para a pele. O orgasmo libera hormônios ligados ao cabelo, brilho e à textura da pele. Mesmo como todos esses benefícios para a saúde, as britânicas trocariam o sexo por um bom hidratante facial. A conclusão é baseada numa pesquisa realizada com 1000 mulheres pela companhia de beleza The Sanctuary.

As entrevistadas precisavam responder do que prefeririam abrir mão na vida: sexo ou creme facial. A maioria das mulheres (55%) respondeu que trocaria o orgasmo pelo prazer que, pelo visto, só um pote de creme pode proporcionar.

Ela – O Globo

PT é o partido que os natalenses mais se simpatizam

Ainda fazendo uma análise sobre os números da pesquisa Consult encomendada pelo  Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), se pode fazer uma análise um tanto quanto contrastante, mas facilmente explicada.

O Partido dos Trabalhadores, mais conhecido pelo homônimo “PT”, é a legenda que mais agrada os natalenses. Do total de entrevistados, 11,8% se simpatizam mais com ele.

O interessante é que o PT nunca conseguiu emplacar um nome na Prefeitura do Natal. Várias foram as derrotas do partido que sempre usou o nome da deputada federal Fátima Bezerra na disputas. Esse ano o nome escolhido é o do estadual Fernando Mineiro que não aparece bem nas pesquisas de intenção de voto.

Mas tudo tem uma explicação simples. A própria pesquisa revelou que 65,1% dos entrevistados não levam em conta o partido na hora de de escolher um candidato. Apenas 18% levam a filiação partidária em consideração.

Além dessa “lógica” partidária, é possível encontrar outro motivo. Desde o início da gestão a frente da Presidência da República, ainda com o então presidente Luis Inácio Lula da Silva, o partido ganhou uma grande projeção e aceitação entre os brasileiros. Em Natal não foi diferente. As políticas públicas voltadas para a assistência social com objetivo de erradicação da pobreza viraram uma marca populista que agradou a todos.

A presidenta Dilma Rousseff conseguiu continuar com as mesmas políticas públicas e ainda expandir a importância econômica do país no mercado internacional. Esse trabalho positivo se reflete da grande aprovação da presidenta entre os natalenses e, consequentemente, do partido também.

A pesquisa Consult/Sinduscon de opinião pública foi realizada entre os dias 29 de março e 31 de março e entrevistou mil pessoas. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o processo de número 009/2012 e tem uma margem de erro de 3% para mais ou para menos, com confiabilidade de 95%.

 Pesquisa completa

PT  11,8%

PMDB 8,2%

PSDB 2,7%

PSB 2,2%

PDT 1,7%

DEM 0,8%

PV 0,7%

PCdoB 0,4%

PSOL 0,2%

PSC 0,1%

PPB 0,1%

Não sabe 21,4%

Nenhum 49,7%

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Augusto Neto disse:

    Então pq o povo de Natal não vota no PTpra administrar nossa cidade. Piada… O povo natalense é um povo que se vende muito barato, nunca valorizou o que de fato é daqui. Votem no PT então! Vejam onde moram Mineiro, pasmem, o deputado ainda mora na Cidade Satélite e olhe que são anos de história. Mas não… o povo elege Adenúbio Melo… quem bixiga é Adenúbio Melo na vida pública. Aqui em Natal se vota pela política do pão e circo!

Natalenses preferem interior do estado para passar feriado de Páscoa

Um feriado para curtir em família e sem esquecer as tradições. É com este foco que o natalense se prepara para a Semana Santa e Páscoa, que começa na próxima quinta-feira, 5.04. O instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio – órgão ligado à Fecomércio RN – procurou saber quais são as intenções de consumo e de gastos do natalense para este período. Entre os 600 entrevistados, 38% afirmaram que pretendem viajar com a família ou para encontrar parte dela. Destes, 70,6% afirmaram que terão como destino o interior do estado e 51,4% usarão o carro como meio de transporte.

Um detalhe interessante quando o assunto são as viagens é que entre os poucos que afirmaram estar planejando uma ida ao exterior (3,9%), a imensa maioria (78,5%) disseram que organizaram o passeio por conta própria, em recorrer aos serviços de uma agência de viagens.

A pesquisa também deixou claro que os natalenses vão manter a tradição na hora de ir às compras. Os ovos de chocolate foram o item de consumo mais citado como o que os natalenses desejam comprar esta semana (34,4%), logo após aparecem os peixes e crustáceos com 31,2%, seguido por vinhos (17,8%).

Questionados ainda a respeito de quanto pretendem gastar com os itens ligados ao período, 37,7% afirmaram que gastarão no máximo R$ 100 e 29,1% que pretendem desembolsar até R$ 200. A maioria dos entrevistados (65,51%) vai comprar os itens à vista.

“O levantamento serve para verificarmos o que devemos esperar em termos de aumento de consumo em itens sazonais nesta época do ano. Serve também para apontar se no fechamento das vendas do mês de abril, as compras relativas à Páscoa deverão representar um impacto considerável ou não no volume final. Pelo que vimos, sim”, afirma o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz. Segue em anexo a íntegra da pesquisa.

Mais de 20% dos americanos preferem internet do que um ano de sexo

É isso mesmo que você leu. Segundo um estudo divulgado na última segunda-feira pelo Boston Consulting Group, se o ~mundo maravilhoso da internet~ fosse um país, ele seria – daqui a quatro anos – a 5ª maior economia do mundo, responsável por um PIB (Produto Interno Bruto) de 4,2 trilhões de dólares.

De acordo com a pesquisa, os únicos países reais que continuariam à frente da Republica da Internet seriam os Estados Unidos, a China, o Japão e a Índia. Outra comparação para deixar tudo ainda mais claro: o Brasil – que vive um momento de expansão ‘nunca visto na história desse país’ – já festejou ao ser apontado recentemente, pelo jornal britânico Guardian, como a sexta maior economia do mundo.

E olha que essa não foi a única descoberta interessante do estudo. Segundo o Boston Consulting Group, o número de usuários da web deve chegar a 3 bilhões de pessoas em 2016 –em 2010, o número estimado era de 1,9 bilhão.

Se isso se concretizar, fico até ansioso para ver a importância que a internet deve alcançar lá. É que na mesma pesquisa, os americanos foram instigados a respondem do que abririam mão para poder navegar a internet: mais de dois terços disseram que abandonariam o café, mas – pasmem – 21% dos americanos abririam mão de sexo por um ano para continuar online.

Fonte: Super

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Danilo lima disse:

    Eu também prefiro a internet!

Brasileiros preferem Twitter e Facebook liberados no trabalho a ter salário alto

Esta impressionou. 44% dos jovens profissionais no Brasil preferem ter internet liberada para acessar redes sociais como Twitter e Facebook do que um salário alto. É o resultado da pesquisa Cisco Connected World Tecnology, que entrevistou 2,8 mil pessoas em 14 países, incluindo o nosso. Além disso, segundo o estudo, 74% dos brasileiros dizem que negariam uma oferta de trabalho ou dariam um jeito de acessar escondido caso as redes sociais fossem bloqueadas.

E você?

Via InfoMoney

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Breno Cardoso disse:

    sou mais o salário alto, trabalho não lugar para ficar acessando redes sociais, acessa em casa. Se quiser acessar no trabalho, bota crédito no smartphone