“Irritado”, Carlos Bolsonaro sai das redes sociais por pelo menos um mês, diz colunista de O Globo

Foto: Gabriel Monteiro

Carlos Bolsonaro sumiu das redes sociais. O 02, o pitbull de Jair Bolsonaro, apagou suas contas de todas as redes sociais na manhã desta terça-feira(12). Suas páginas no Twitter, Facebook e no Instagram estão fora do ar.

Carlos não deu explicações. Uma pessoa muito próxima do filho do presidente ,e que falou com ele, diz que Carlos Bolsonaro “vai dar um tempo”, pois está “irritado com muita coisa que anda acontecendo e vai se afastar das redes ao menos por um mês”. Esse interlocutor não quis detalhar o motivo da irritação.

Lauro Jardim – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. junior disse:

    Já vai tarde…. menas bobagens ditas nas redes….

  2. Vitor Silva disse:

    Isso é destruição de provas. O Carluxo está se blindando contra algo. Alguma merda grande vai sair por esses dias, vamos aguardar.

  3. rocha disse:

    Tá bom demais pra ser verdade, talvez o pai comece a entrar nos trilhos.
    Mais ainda ficaram dois para atazanar.

    Que Deus nos proteja.

  4. Jorge disse:

    Dona mocinha se irritou!

  5. Paulo disse:

    Casa 58

  6. carlos disse:

    Dica dia 17

  7. MG disse:

    Tem caroço nesse angu.

  8. Cristian disse:

    Fez o certo.

VÍDEO: Músico pede ajuda nas redes sociais por informações de filha adolescente desaparecida em Natal

O cantor de forró Jan Rodrigues divulgou vídeo nas redes sociais em busca de ajuda para encontrar sua filha adolescente, Yasmim Beatriz Oliveira Rodrigues, de 16 anos.

O músico informa que há pelo menos 1 semana, a jovem saiu de casa, na zona Norte de Natal, e não voltou. A família está desesperada em busca de informações e já procurou a polícia para prestar boletim de ocorrência.

 

STF bombardeado nas redes sociais

A manobra do STF que anulou os processos da Lava Jato foi bombardeada nas redes sociais.

Uma empresa de monitoramento analisou 556 mil mensagens no Twitter e, segundo a Veja, os ministros foram atacados em 79,9% dos casos e defendidos em 18,1%.

Alexandre de Moraes, que comanda o inquérito ilegal instaurado por Dias Toffoli, vai ter muito trabalho.

O Antagonista

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gonçalo Alves disse:

    Que o país virou um hospício, poucos discordam. O que salva é que o brasileiro já acostumou com o caos.
    Mas, fica claro para todos que os senhores membros do STF – nem todos, por enquanto – aproveitam esta bagunça para se beneficiar, faturar, se proteger e fazer acordos de alcova que possam trazer mais benefícios e poder do que já têm.
    Independente da tal "ideologia" ou perfil do governo, esta situação só irá melhorar com um "freio de arrumação". Fecha o STF, fecha o congresso e vê no que vai dar.
    Garanto que pior do está vai ficar e esses "sabidos" botam o rabo entre as pernas.

Que cor o X-Men Ciclope enxerga? Entenda meme que é sucesso nas redes sociais

Meme do Ciclope brinca com a cor que o personagem enxerga e viraliza nas redes sociais — Foto: Reprodução/Twitter

O personagem Ciclope, integrante do grupo de mutantes X-Men, virou protagonista de uma série de memes nas redes sociais. Como o herói da Marvel tem o poder de disparar raios vermelhos pelos olhos, a brincadeira é fazer piada com que cor o Ciclope enxerga. Tamanho foi o sucesso que o meme do Ciclope ganhou páginas e perfis próprios no Facebook e Twitter.

Segundo o Google Trends, ferramenta de monitoramento de buscas na Internet, o nome do personagem teve um pico de procura no domingo (15), quando usuários começaram a tentar entender por que o Ciclope virou meme.

Acontece que, até o momento, não há explicação para a origem da brincadeira, que se popularizou rapidamente nas redes sociais. No Twitter, os perfis @drogaciclope e @ciclopememes acumulam juntos mais de 28 mil seguidores – até a data de publicação desta matéria. O Facebook também ganhou uma página dedicada aos memes do Ciclope. Batizada de “Ciclope Mito”, a fanpage está prestes a chegar aos 90 mil likes.

Os posts trazem zoações sobre os mais diversos assuntos, sempre usando como mote da piada o fato de que o Ciclope enxerga em vermelho. Em uma publicação no Twitter, por exemplo, o personagem olha para uma cesta de limões e diz: “droga, só tem tomate”. Já em outro meme, o herói está em um jogo de futebol e, ao ver o juiz levantar o cartão amarelo, reclama que foi expulso.

Ciclope enxerga em amarelo ou vermelho?

Embora a piada divirta os internautas, os quadrinhos dos X-Men mostram que, na verdade, o Ciclope vê em amarelo. Em uma edição da história, foi revelado que o visor de quartzo ruby, responsável por impedir que o personagem dispare raios pelos olhos, faz com que o herói enxergue em amarelo, e não em vermelho, como muitos pensam.

A seguir, confira alguns memes sobre como o Ciclope enxerga.

Techtudo, via Medium

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. DesacocheiocomoBrasil disse:

    Caramba, quando eu achei que já tinha lido besteira suficiente nestes chamados veículos de comunicação, vem a gota d'água.

VÍDEO: “Novo modo” de torcer nos estádios volta a viralizar nas redes sociais

 

Ver essa foto no Instagram

 

Novo jeito de torcer, na visão do genial @marceloadnet0 👊🏻👊🏻👊🏻👊🏻 #fabioazevedotv #futebol #torcida #humor

Uma publicação compartilhada por Fabio Azevedo (@fabioazevedotv) em

Um vídeo resgatado de alguns anos, do humorista Marcelo Adnet, que ironiza as restrições impostas pela Fifa e órgãos associados ao modo de torcer, voltou a viralizar nas redes sociais nesta semana.

No último final da semana, o Vasco venceu o São Paulo no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro. No segundo tempo, o jogo teve uma breve paralisação da arbitragem após um canto homofóbico de torcedores com a frase “Time de viado”. O caso, inclusive, saiu dos gramados e foi parar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva(STJD), que pediu posicionamento do clube sob ameaça de multa ou até perda dos pontos.

Sem dúvida, um grito desnecessário e desrespeitoso, mas,  a recomendação da CBF (ainda muito recente), sob alerta de punição, tem revoltado torcedores e provocado muita discussão. Para a grande maioria, será necessária uma longa campanha para conscientização em meio a uma “questão cultural”.

Homofobia é crime e tem o repúdio do cidadão brasileiro. Enquanto o povo ainda se educa, e a senhora CBF não realizar uma campanha de vergonha, não apenas recomendações ou avisos internos, o torcedor terá que se reciclar e se adaptar ao novo modo de torcer.

Vídeo acima reproduzido via instagram do jornalista do Fox Sports, Fábio Azevedo.

CUIDADO COM O QUE POSTA: Bate-boca em espaço de comentários nas redes sociais enseja dano moral

A juíza de Direito Vânia Petermann, do Juizado Especial Cível e Criminal da Universidade Federal de SC, determinou que uma mulher pague dano moral após ter ofendido um internauta no espaço de comentários em uma página no Facebook.

O autor alegou que, enquanto navegava em suas redes sociais, se deparou com matéria jornalística que trazia a notícia de um espancamento decorrido da orientação sexual da vítima. Nos comentários, ele opinou pela necessidade de investimento no corpo militar e leis penais que atuassem adequadamente em casos de lesões corporais em geral.

Após a publicação do comentário, recebeu resposta de uma mulher, iniciando-se, assim, uma troca de mensagens entre as partes, que resultou em um comentário calunioso por parte dela.

Confira desfecho em matéria no portal Justiça Potiguar aqui.

Apontada como beneficiária de R$ 790 mil pela Lei Rouanet, para peça infantil, filha de presidente da OAB vira alvo das redes sociais

Foto: Marcus Leoni/Folhapress

Uma das filhas do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, vem sofrendo ataques na internet. Duda Santa Cruz, de 13 anos, é atriz —​ela está em cartaz em “Elis, a musical”, em que interpreta a cantora quando adolescente.

PALCO 

Duda foi apontada, nas redes sociais, como beneficiária de R$ 790 mil, por meio da Lei Rouanet, para fazer uma peça infantil.

PALCO 2 

Santa Cruz diz que o projeto foi autorizado a captar recursos mas que, por decisão tomada no fim do ano passado, nem mesmo R$ 1 foi arrecadado até agora. Nem será.

Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Beto Araújo disse:

    IMBECILIDADE! Teu nome é Brasil.

  2. PAULO disse:

    Quem seria supostamente a(o) beneficiária (o) seria o diretor do espetáculo ou algo que o valha, não uma menina de 13 anos, pqp. Temos um país doente, cheio de malucos que tentam defender com unhas dentes seus políticos de estimação. Ninguém sabe quem é mais idiota, Lulistas x Bolsonaristas. Deviam criar uma arena e colocar 1 representante de cada lado, deixava os 2 idiotas se matando lá…

    • Ivan disse:

      Fato. São duas faces da mesma moeda, e quem lucra nessa estória sempre será a classe financeira.

    • André Fortes disse:

      Paulo, não adianta explicar. Se você faz alguma crítica ao governo do Mito, logo, é automática a pergunta por Lula. É como se o cérebro desse povo só funcionasse com essas duas palavras: Bozo ou Lula.

    • Marciana disse:

      Vai dizer que a menina (ou o pai dela) não vai receber para fazer o espetáculo?? Outra coisa, será que a influência do pai fez a peça conseguir esse incentivo??? Muito estranho….

      P.S.: Votei em Amoedo no 1o e 2o turnos(mesmo que o voto tenha sido anulado)…

VÍDEO: Reportagem aponta os riscos de expor a vida nas redes sociais

O Câmera Record que foi ao ar nesse domingo (21) mostrou os riscos que os usuários das redes sociais correm ao compartilhar tudo da rotina na internet. Publicar fotos, marcar localização, consultar mapas e até mesmo conversar perto do aparelho celular pode deixar as pessoas mais vulneráveis.

O assunto da segurança na internet entrou novamente em discussão após um aplicativo de envelhecimento digital viralizar, e agitar as redes sociais de famosos e anônimos nas últimas semanas. Para Luciane Aquino, especialista em conteúdos digitais, “o que o FaceApp está fazendo é formar um banco de dados mundial sem gastar dinheiro”.

E esse banco de dados é bem valioso para as grandes empresas como Facebook e Google, que são donas do Facebook, Instagram, YouTube, entre outros. A média anual de faturamento com dados digitais está em torno de R$ 20 bilhões.

Os próprios usuários das redes sociais aceitam fornecer seus dados pessoais, mesmo sem saber. Ao criar uma conta em qualquer rede social, a pessoa precisa aceitar os termos e condições de uso.

A reportagem esteve no centro de São Paulo e viu que poucas pessoas passam da primeira página dos termos e condições para acessar as redes sociais.

De acordo com Jamila Venturini, da ONG Derechos Digitales, para se ler todo o termo de uso das redes sociais, o usuário levaria, em média, duas horas. Mas isso não costuma acontecer, e os usuários aceitam ceder dados que não gostariam que fossem compartilhados.

Mas não é apenas nas redes sociais que os usuários ficam mais vulneráveis. Os repórteres investigativos do Câmera Record simularam uma conversa sobre móveis de escritórios em frente a seus celulares. Depois de 15 minutos falando de possíveis produtos a serem comprados, ao acessarem as redes sociais, foram surpreendidos com propagandas dos itens que mais enfatizaram.

Embora não tenha nenhum valor científico, as propagandas com móveis e materiais de escritórios demonstrariam que os celulares escutam o que é falado, mesmo com todos os aplicativos fechados.

Para o professor de inovação e interações digitais Luli Radfahrer, o fato de as redes sociais serem de uso gratuito demonstra que “quando você não paga o produto, você é o produto”. Ou seja, os usuários das redes sociais são usados para terem os dados vendidos às empresas.

R7

CASO CHOCA PAÍS: Namorada de ator assassinado ex-Chiquititas faz desabafo nas redes sociais

Isabela Tibcherani, 18 anos, namorada de Rafael Miguel. Foto: Reprodução Instagram

Isabela Tibcherani, 18 anos, namorada de Rafael Miguel, ator assassinado aos 22 anos na tarde de domingo (9), se manifestou no Twitter na madrugada desta segunda-feira (10) sobre o caso. “Eu preciso de você, meu amor”, afirmou ela.

No Instagram, ela postou o seguinte stories: “Volta pra mim, meu amor. Volta pra me dar bom dia. Meu astronautinha, você sonhava em explorar o espaço e agora é parte dele. A estrela mais brilhante. Eu te amo tanto. Essa dor só aumenta. Volta, vida!”.

Os dois estavam juntos há um ano e dois meses. Na tarde de domingo, Rafael e seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, 50, podem ter sido mortos a tiros pelo pai da garota no bairro de Pedreira, zona sul de São Paulo.

O comerciante de 48 anos teria disparado contra as três vítimas, que aguardavam no portão da casa do atirador para realizar uma visita. As vítimas morreram no local. O suspeito fugiu após o crime e a motivação ainda é investigada pela Polícia.

O jovem ficou conhecido por estrelar um comercial em que pedia brócolis para a mãe em um mercado. Posteriormentre, ele interpretou o Paçoca em Chiquititas (2013/2015), do SBT.

R7

 

EUA pedem a solicitantes de visto detalhes sobre redes sociais

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Solicitantes de visto para país precisam agora comunicar o nome das contas que tenham mantido em redes sociais, como Twitter e Facebook, nos últimos cinco anos.

O Departamento de Estado americano passou a requerer de quase todos os solicitantes de visto que prestem informações sobre suas contas em redes sociais e outros detalhes pessoais.

As autoridades explicam que a nova exigência é uma medida antiterrorista, mas críticos manifestam sérias preocupações com a liberdade de expressão.

Solicitantes de visto para os Estados Unidos (EUA) precisam agora comunicar o nome das contas que tenham mantido em redes sociais, como Twitter e Facebook, nos últimos cinco anos.

O Departamento de Estado também pede o número de telefone e os endereços de e-mail do solicitante correspondentes ao mesmo período.

Cidadãos de 38 países e territórios são autorizados a viajar sem visto para os Estados Unidos a passeio ou negócios por até 90 dias.

No entanto, necessitam de visto solicitantes que planejem estadias mais longas, cidadãos de outros países e territórios e quem pretenda imigrar para os Estados Unidos.

Segundo órgãos de mídia americanos, estima-se que a cada ano 15 milhões de pessoas serão afetadas pela mudança — proposta no ano passado pelo governo Trump.

A União Americana de Liberdades Civis criticou a medida, com o argumento de que ela terá efeito desencorajador sobre a liberdade de expressão. Para a entidade, é muito provável que, cientes de serem observadas pelo governo, as pessoas passem a se autocensurar online.

Olhar Digital, com Agência Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tico de Adauto disse:

    Kd a reciprocidade? Bolso tosco autorizou a entrada aqui de americanos sem visto.

  2. Tertu disse:

    Tô querendo ir pra Venezuela ou cuba, assim estarei em países que a esquerda não foi interrompida nas implementações de suas políticas por um sórdido gopi, e as pessoas vivem a colher bons frutos das ideias esquerdista.

Alunos do curso de Medicina da UNP protestam em redes sociais contra política de ensino adotada pela instituição

Reprodução

Alunos do curso de Medicina da UNP têm usado as redes sociais com a hastgag #insatisfacaounp contra a política de ensino e estrutura adotada pela instituição. Ao Blog, foram repassadas algumas queixas pontuais. São elas:

Demissão dos pediatras dos novos alunos;

Não tem preceptor (que é tipo um professor das práticas) suficiente para todos;

Consultório está superlotado pela falta de práticas;

Carga-horária é mascarada, porque aulas que deveriam ter X horas sempre têm menos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Araújo disse:

    Alunos de Odontologia estão sendo dispensados mais cedo, diariamente, por falta de prática nos consultórios. Pacientes sendo desmarcados e carga horária reduzida. Um absurdo!

  2. João Auraujo disse:

    Realmente muito conveniente e real o comentário do Carlos Augusto e demais que conhecem a UnP. Não é só no curso de Medicina e sim em toda a empresa que acontece o desmonte de sua estrutura académica. Os Professores antigos e mais qualificados estão sendo substituídos por novos profissionais menos qualificados e sem o mérito de Professores. São contratados como Preceptores. Há um processo de enxugamento da ‘empresa’ que provavelmente esteja sendo negociada sua venda. Há curso na área de Saúde que não possuem mais que (08) oito Professor. Todos os demais são Preceptores que atum como Professores mas não podem reclamarem sob ameaças de serem demitidos.
    Pergunto: Onde estão os defensores dos Trabalhadores? A Justiça do Trabalho?
    Os Profissionais demitidos recorrem a Justiça do Trabalho mas não são acolhidos em suas teses de defesa e acusações contra a UnP. Há vistas grossas por parte do MP do Trabalho?

  3. Potiguar disse:

    Mimados. Deveriam agradecer a Deus por não precisar fazer o teste do REVALIDA.

    • Zé lucas disse:

      Se os da UF também fosse submetidos ao REVALIDA, ocorreria uma grande surpresa…

  4. Manoel disse:

    Medicina você tem que estudar a vida toda em escola de elite, fazer cursinho específico todo o ensino médio, usar a nota em outras regiões e talvez tentar alguns anos (com mais cursinho), para no fim fazer os curso as custas dos pobres contribuintes (e não querer ir trabalhar nos rincões).
    Ou então, se não der certo, tentar um vestibular privado (que também não é fácil), pagar os olhos da cara e ainda ser sucateado.

    No fim das contas, dá ruim para a população no público e para os alunos no privado.

  5. idiota universitário disse:

    essa universidade é PRIVADA!!!!!
    quem resolve o q fazer com seus funcionários e com seus clientes é…. O DONO!!!!!
    achando ruim? achando caro? TROQUE DE UNIVERSIDADE.
    é igual a lanchonete.
    a coxinha tá cara?
    a coxinha tá ruim?
    coma em outra lanchonete.
    agora um bando de alunos que não tem capacidade de ingressar numa universidade q preste (vão apoiar o regime de cotas!!!!) entra numa universidade de medicina PRIVADA e quer q tudo seja uma maravilha….

    • Marcos Felipe disse:

      Caro "idiota universitário", o senhor compara educação superior com uma lanchonete!
      Seu argumento é simplista e fraco.
      Caso fosse comparável a uma lanchonete, não deveríamos ter Diretrizes Curriculares Nacionais e avaliação do ensino superior pelo INEP.
      Ensino superior é formação direta de profissionais que estarão aptos, no caso da medicina, a tratar você, eu e os respectivos familiares em momentos de dor. É, portanto, necessário que o ensino seja de qualidade, independente de ser público ou privado.

      Toda a força aos estudantes. Que lutem assim quando forem profissionais e se verem em limitações devido às condições de trabalho.

  6. Luis Claudio disse:

    Pensei q ensino ruim fosse os das UFs… esse é o futuro da educação superior no Brasil de Paulo Guedes.

    • Ricardo disse:

      esse aqui é um inocente útil, a culpa é do paulo guedes ?
      kkkk minha nossa

  7. Carlos Augusto da Costa Medeiros disse:

    Quem foi aluno da UnP e teve a sorte de fazer seus cursos antes do grupo Laureate assumir a universidade, sabe bem o quando a qualidade do ensino vem piorando a cada ano.
    O corpo de professores com doutorado e mais antigos, vem gradativamente sendo substituído. Estão demitindo a cada semestre, vão sendo substituídos por novos profissionais onde a instituição demonstra está preocupada com a redução dos custos com os docentes e aumento dos lucros, o resto é detalhe.

    Quem foi aluno da UnP até 2010 e hoje for ver os professores dos cursos, mais de 85% são novos, a "renovação" docente acontece em todas as áreas, chegando ao pessoal técnico e administrativo que também vem sendo substituídos.
    Virou apenas e unicamente negócio!

    • Sérgio Nogueira disse:

      Verdade. Bastou esse grupo empresarial assumir e o que era para ser uma ilha de excelência virou o paraíso da mediocridade.
      Uma pena. Mas basta ficar sem alunos que fecha as portas e quem assumir entenderá o recado e fará mais e melhor.

FOTOS: Piloto que estava com Gabriel Diniz mostrava a paixão por aviação nas redes sociais

Abraão Farias e Linaldo Xavier eram o co-piloto e piloto do acidente que matou o cantor Gabriel Diniz Foto: Reprodução

O piloto Linaldo Xavier e o co-piloto Abrãao Farias são as outras duas vítimas do acidente de avião que matou, nesta segunda-feira, o cantor Gabriel Diniz . Xavier era quem pilotava a a eronave de pequeno porte que caiu em um mangue , na região do povoado chamado Porto do Mato, em Estância, no sul do estado de Sergipe.

Nas redes sociais, Xavier diz ser engenhero elétrico e policial militar. Ele compartilhava fotos de aviões e no Aeroclube de Alagoas, em Maceió. Em uma das imagens, o piloto aparece em frente ao monomotor Piper prefixo PT-KLO, a aeronave que caiu nesta manhã.

Piloto Linaldo Xavier com a aeronave bimotor que caiu, nesta segunda-feira Foto: Reprodução

Em uma das últimas fotos postadas por Xavier, o piloto aparece ao lado de Abrãao Farias dentro de uma aeronave. Na legenda, Xavier diz: “Deus me proporcionou a aviação, a aviação tem me proporcionado amizades, as amizades tem me proporcionado o que nunca poderei pagar, mas tentarei passar adiante”.

Amigos de Xavier lamentaram a morte do piloto nas redes socias. “Um prazer ter conhecido o Xavier. Gente boa demais, fica com Deus, brother”, disse um amigo no instagram.

O Globo

Pesquisa: o STF com o filme queimado nas redes sociais

Foto: Agência Brasil

Se há um título que ninguém vai tirar da dupla Dias Toffoli & Alexandre de Moraes é o de ter tirado de Gilmar Mendes a condição de ministro que mais contribui para afundar a imagem do STF.

Até as 15h de ontem, os brasileiros publicaram 556.599 posts no Twitter sobre a polêmica da censura determinada por Alexandre de Moraes com uma tendência negativa hegemônica para o STF, de acordo com uma pesquisa inédita da consultoria Bites.

Entre as dez hashtags mais usadas em torno do assunto, todas são negativas. A líder com 237.492 menções é #ditatoga.

Para que o leitor possa comparar, as 24 horas após a presença de Paulo Guedes na CCJ (o dia da “tchuchuca é a mãe “) renderam 398.481 tuítes.

Há um certo equilíbrio nos ataques aos ministros do STF envolvidos na questão.

Alexandre de Moraes apareceu em 157.942 tuítes e Dias Toffoli em 191.910 posts.

Lauro Jardim – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    STF de crápula.

  2. Humilde Iconoclasta disse:

    "o STF com o filme queimado nas redes sociais" , que porra de rede social que nada, o STF é queimado na vida real, na percepção do povo.

  3. Michel disse:

    Advogado do PCC!

  4. Sales disse:

    Um jipe, um cabo e um soldado.

  5. paulo disse:

    BG
    Um é cria de Lula e outro é cria de Temer, esperar o que?????

  6. paulo disse:

    BG
    E eles falam iguais as jogadores de futebol com a mão na boca, boa coisa não estavam confabulando.

  7. Irany Gomes disse:

    Bandidos de toga, saiam as ruas canalha e ande no meio do povo! Vcs vão achincahados pela população, e olhe lá se não apanharem…

  8. Matarazzo disse:

    A ditadura que o pt mente e diz que combate, incentiva e colabora pra implementa-la no Brasil e no mundo.
    Isso deixa de ser teórico e se transforma quando tofoli executa uma censura, quando Maria do Rosário requesita o mesmo, quando apóia maduro, os sandinista na Nicarágua, os Castros em Cuba, os ditadores africanos além de muitas outras. Mesmo assim, tem idiotas petralhas que se acham uns defensores da democracia. Kkkkkkk

Cada vez mais, empregadores exigem pegadas digitais limpas: discurso raivoso em redes sociais é o novo suicídio profissional

(Foto: Pexels)

O mundo mágico das redes sociais, onde ninguém tem dor de barriga ou paga boletos, onde os empregos são sempre dos sonhos e, invariavelmente, o aeroporto é “a segunda casa” de uma turma abundante, existe um espaço relevante para as oportunidades profissionais.

Há uns bons anos, LinkedIn, Facebook, Twitter e Instagram têm sido o canal principal para profissionais de idades, áreas e motivações diferentes se conectarem diariamente com recrutadores, empregadores, RHs e especialistas, em busca de vagas ou simples orientações.

Uma pesquisa do CareerBuilder de 2017 revelou, à época, que sete em cada dez empregadores já se valiam das redes sociais para rastrear possíveis contratados. E a tendência era de alta.

Além da sondagem, as plataformas são excelentes ferramentas para recrutamento: de acordo com a Betterteam, quase 95% dos headhunters usam as redes para postar e promover vagas.

O que deveria servir apenas como celeiro de oportunidades e de promoção de carreiras, contudo, vem funcionando na contramão para um número expressivo de profissionais que, sem saber lidar com a hipervisibilidade, mancham e destroem suas trajetórias numa rajada de cliques.

O Calcanhar de Aquiles, aqui, atende pelo nome de “sincericídio” – neologismo que resulta da junção das palavras “sinceridade” e “suicídio” e que significa “ser excessiva e agressivamente sincero, causando danos desnecessários e irreparáveis a si próprio”. Em suma: ser burro.

Em tempos de feridas abertas pela polarização política e ideológica e bandeiras distintas a serem defendidas, as redes sociais tornaram-se o ralo que dá vazão ao ódio que sai pelos poros dos desequilibrados, misóginos, homofóbicos, xenófobos e racistas, entre outros haters típicos.

Acontece que essas pessoas todas possuem – ou estão à procura de – empregos e, sem se dar conta, ao optar pelo discurso de ódio em posts e comentários, minam instantaneamente a sua reputação profissional.

E perdem oportunidades.

“Sem dúvida nenhuma, verificamos as redes sociais e os comentários dos candidatos a vagas aqui no McDonald’s. No mercado, todo mundo faz isso. O ponto de cautela é que a interpretação de um só comentário é muito rasa e superficial. Então, não tomamos a decisão de incluir ou não um candidato em nossos quadros em função de um comentário isolado. A busca nas redes sociais é informação para entrevistas, para conversar e entender melhor os pontos de vista daquela pessoa”, diz Marcelo Nóbrega, diretor de Recursos Humanos da Arcos Dourados – McDonald’s e autor de Você está contratado! (Editora Évora).

“É claro que, se eu tenho uma pilha de CVs, por comparação, pode acontecer de um candidato ser eliminado mais rapidamente porque tem um comportamento nocivo. Em qual situação? Se esse comportamento for contínuo e recorrente”, completa Nóbrega, que nos últimos 30 anos conduziu milhares de processos seletivos, de aprendizes a CEOs.

Só no Brasil, o McDonald’s tem 30.000 funcionários e cerca de mil são contratados todos os meses.

“Cada vez mais, o mundo virtual e o mundo real estão conectados e o nível de influência vindo primeiro permeia as reações no segundo”, observa Tais Cundari, headhunter, VP e partner da Fesa Group, e responsável pelo atendimento aos segmentos de Varejo e Serviços.

“Pelas redes sociais, fica fácil investigar a vida de um profissional e saber o que ele faz em seu tempo livre, quem são seus amigos e como se comporta em relação a temas polêmicos. Sem dúvida, se este tiver um comportamento inadequado online, ele pode, sim, ser prejudicado com uma não recomendação para uma promoção ou até com uma demissão.”

Se a rede social virou parte do processo de contratação e não há como voltar atrás, qual o espaço para a autenticidade?

“Acho importante que todos sejam autênticos em seus comentários, até porque só assim este profissional terá a oportunidade de ingressar em uma empresa que tenha fit cultural com seus valores. Por outro lado, hoje vemos excessos, uma espécie de ringue onde não se respeitam as opiniões contrárias. Este tipo de comportamento é tóxico e deve ser evitado. Daí torna-se cada vez mais importante que as pessoas compreendam o que é ser assertivo, colocando a sua opinião e respeitando sempre a do outro”, conclui Tais, da Fesa Group.

Somos também aquilo que postamos e as empresas exigem, cada vez mais, reputação e pegadas digitais limpas.

Por isso, antes de publicar um comentário ofensivo, uma foto discriminatória (ou se divertindo, enquanto você deveria estar trabalhando), de compartilhar informações confidenciais ou reclamar em público sobre o seu trabalho, pense na imagem que você está passando em público e nas implicações jurídicas de seus atos.

E tenha em mente um ditado antigo e sempre atual: “Galão que leva querosene nunca perde o cheiro”.

O comentário preconceituoso de hoje pode emergir anos mais tarde, em outro contexto, e viralizar, impedindo um avanço seu em um processo seletivo ou até contribuindo com um eventual desligamento do projeto.

Você pode até se esquecer daquilo que postou. A Internet, nunca.

Época Negócios

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. André Fortes disse:

    Disc urso raivoso é ruim até para viver em sociedade.

    • Santo do Pau Oco disse:

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Muito legal ver um lulista paz e amor falando bobagem!!

    • André Fortes disse:

      Lulista? Lula tá preso b…

MP-BA notifica Google e WhatsApp para que removam imagens da boneca ‘Momo’ das redes sociais

Foto: Reprodução / TV Bahia

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) notificou o Google e o WhatsApp para que removam das redes sociais conteúdos que exibam imagens da Boneca Momo. A informação foi divulgada no site do MP-BA.

A boneca, que tem olhos esbugalhados, pele pálida e um sorriso sinistro, ficou famosa em diversos países, depois de ser disseminada em um vídeo.

Por conta da “fama” que a boneca ganhou, a personagem é utilizada por criminosos da internet para convencer crianças e jovens a aplicarem golpes, como roubos de dados e extorsão.

Na Bahia, a notificação ao Google e ao WhatsApp foi feita por meio do Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (Nucciber).

Em entrevista ao G1, o promotor Moacir Nascimento, que coordena o Nucciber, informou que, até o momento, não há casos registrados na Bahia de crianças ou adolescentes que cometeram algum delito por conta do vídeo.

Entretanto, o MP-BA resolveu instaurar procedimento, por conta da dimensão que o vídeo está tomando nas redes sociais.

“Houve ampla repercussão do vídeo e, como havia a possibilidade de repercussão na Bahia, foi instaurado o procedimento, para colheita de dados, provas, e a manifestação das empresas”, afirmou o promotor.

“O vídeo está circulando em inglês e espanhol pelo WhatsApp. O que estamos buscando é que eles adotem providencias para que não seja mais compartilhado”, acrescentou.

O pedido do MP-BA vai ao encontro de discussões realizadas em publicações especializadas no público infantil. De acordo com essas publicações, é importante que os responsáveis fiquem atentos aos vídeos consumidos pelas crianças, pois muitos deles começam com o conteúdo infantil normal, mas depois inserem a figura da boneca.

O caso da boneca Momo lembra o chamado “Jogo da Baleia Azul”, uma corrente on-line de 2017 que teria levado mais de cem crianças ao suicídio (o número nunca foi confirmado). Assim como a “Momo” é japonesa, a “Baleia Azul” era russa. Se a “Momo” usa uma foto macabra, a “Baleia Azul” era uma série de desafios a serem realizados na madrugada.

Esses elementos contribuem para despertar interesse, o que faz a história ser mais divulgada, seja através das redes sociais ou da imprensa. Quem fica exposto a essa informação acaba tendo ainda mais interesse em interagir com uma “Momo”, caso alguma apareça.

O promotor Moacir Nascimento, contudo, destaca que a responsabilidade maior sobre o conteúdo que chegam a crianças e adolescentes é dos pais.

“O problema é criança e adolescente de 12, 13 anos, com smartphone, usando a internet sem nenhuma supervisão de um adulto. A boneca não causa suicídio. O que leva ao suicídio é o distanciamento dos pais e responsáveis”, finalizou.

G1-BA

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Valdir disse:

    Muitas crianças estão vendo essa coisa nos vídeos do youtube.
    Não vamos tapar o sol com peneira, os pais tem responsabilidade, mas os responsáveis pelo aplicativo também. Não queiram jogar a culpa apenas nas costas dos pais.
    O youtube deve e tem a responsabilidade de criar meio eletrônico para identificar e banir os vídeos com esse tipo de inserção criminosa. Repassando a PF para que identifique a origem deles.

  2. Ems disse:

    Minha filha viu essa boneca em um desenho infantil no YouTube e ficou aterrorizada.

Familiares agradecem doações e mobilização em redes sociais, e informam que meta de R$20 mil para traslado de corpo de potiguar que morava em Portugal foi alcançada

Familiares que realizaram campanha em favor de Aluísio Monteiro de Morais, encontrado morto no Centro de Lisboa, em Portugal, informam que as doações em dinheiro, que visavam a quantia de R$ 20 mil, alcançaram a sua meta. Agora, resta a parte burocrática, quanto ao desembaraço de documentos para o traslado do corpo.

Familiares a amigos agradecem a divulgação e solidariedade nas redes sociais nesta semana, e informam que as duas contas criadas para arrecadação serão encerradas.

Aluísio Monteiro de Morais (32 anos) saiu do interior do Rio Grande do Norte para Portugal no fim do ano passado. Desloucou-se para o país europeu em busca de melhores condições de vida.