PANCADA – (VÍDEO): BG desabafa e responde ao vereador Cícero Martins

No Meio Dia RN desta segunda-feira(10), Bruno Giovanni faz desabafo sobre ataques feitos a ele pelo parlamentar da Câmara Municipal de Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando Antonio disse:

    Muito bem BG esse verme só merecia uma desabafo desse. EI, CÍCERO MARTINS, VC NÃO PASSA DE UM GRANDE IMBECIL.

  2. Sérgio disse:

    No final isso foi positivo. Agora, todos conhecem quem é Cícero Martins.
    Vamos afastar essa turma da baixaria das nossas casas legislativas:Fernando Lucena e Luiz Almir também.

  3. Carlos Augusto de Souza disse:

    AMIGO, CONHEÇO, ADMIRO E RESPEITO VC SEU TRABALHO, SERIO, CONFIANTE, RAPIDO E REDPONSAVEL SO TRAZ QUALIDADE E BENEFICIOS PARA OS INTERNAUTAS QUE LHE SEGUEM, PROCESSA DE TODAS AS FORMAS ESTE FURIQUEIRO, A SUA RESPOSTA FOI PERFEITA, SEU CONTROLE EMOCIONAL EM ALGUMAS PARTE QUASE FALTAVA, FOI BEM NOTAVEL, POREM EM UMA SITUCAO DESTA E NORMAL ISTO ACONTECER, VC HOJE E UM ICONE NA INFORMACAO, TEM E TERA O RESPEITO E CREDIBILIDADE DE TODOS, INFELIZMENTE COISA QUE O VEREADOR NSO TEM, UM ABRACO FORTE E MANTENHA SUA POSTURA QUE E, E SEMPRE SERA ADMIRADA POR TODOS.

  4. Beto Guedes disse:

    Parabéns amigo excelente desabafo

  5. Claudio disse:

    Esse vereador querendo aparecer em cima dos outros. Va aparecer trabalhando pela cidade e por quem acreditou em vc. Agora dar um título cidadão pra um cara que não sabe nem onde é Natal. Aí é foda. É político de um mandato só. Parabéns BG tamu com vc.

  6. Rosângela disse:

    Mandou bem BG esse Vereador é um palhaço.. simplesmente ridículo esse título para o Playboyzinho filhote do Bozo🤢🤢

  7. Cristian disse:

    Bora Cícero, se garanta. Esse hack foi muito sinistro para mandar uma caralhada de mensagens. Seja homem e renuncie.

  8. Fora bolsotralhas disse:

    Bota quente nesse filho de BOLSOTRALHA, BG. VEREADOR que não merece mandato….vai pra Brasília CICERO, lá tem.muito ovo para os SUGA SUGA….o pinico da BOSTANARO está cheio…..valeu Bg

  9. José disse:

    Por essas e outras que eu nunca farei um elogio a direita, dá nisso. Tudo desse formato espectro ideológico

    • Junior disse:

      O que tem aver a direita com isso o que tem aver Bolsonaro com isso?

  10. Nadja disse:

    Parabéns pelo desabafo. Um senhor desse nível não vale nada. Bote quente nele.

  11. Lucio disse:

    O VEREADOR AINDA MERECE UMA REPRESENTAÇÃO NA CÂMARA POR FALTA DE DECORO PARLAMENTAR QUE O OBRIGARÁ A PROVAR DIANTE DA COMISSÃO DE ÉTICA QUE SEU CELULAR FOI MESMO EXTRAVIADO.
    ESSA REPRESENTAÇÃO PODE SER FEITA POR QUALQUER CIDADÃO. É A CÂMARA É OBRIGADA A ABRIR PROCEDIMENTO E APURAR.

  12. Vitor disse:

    Parabéns BG!!
    Ganhou o meu respeito e confiança.
    Darei mais credibilidade aos seus comentários daqui para frente.
    Também me senti humilhado pelo que este vereador aproveitador fez. Os natalenses não merecem um vereador lambe-botas desse.

  13. Xico Butico disse:

    O furico do vereador Cícero Martins ficou arrombado

  14. Rocha Neto disse:

    Oi BG, ouvi e analisei todo seu comentário, parabéns pelas colocações sensatas. Só tenho pena porque vc consumiu um espaço e tempo por um a "pessoa" que não merece a atenção que vc deu.
    Pois vai continuar com o mesmo comportamento, ou pior… O tempo dirá.
    Na vida tudo acontece e passa.
    Te conheço a bastante tempo, desde o BG pequeno e ao BG que hoje conquistou o seu lugar ao sol.
    Amigo, isso incomoda. E como!!!!!

  15. Paulo César Castro de Lima disse:

    Caráter, retidão e coragem não ficou pra todo mundo. Parabéns, BG.

  16. Ariston disse:

    Parabéns, BG, sou um daqueles tantos mil que leem diariamente seu blog. Vou compartilhar no Facebook.

  17. Luiz disse:

    Parabens BG alguém tinha que da uma lição de moral neste senhor que se diz cristão.

  18. Tereza disse:

    Boa resposta Bg pra esse vereador de quinta categoria, eu agora estou vendo como estão trabalhando pra a população vereadores safados! Chibatas… nojo desse políticos desqualificados…

  19. Jose Lucio de Azevedo disse:

    Esse vereador Cícero Martins extrapolou muitas vezes na Câmara, não fazia juízo de dessa "valentia" dele, sou assíduo leitor de blogs e nunca fiz mau juízo de vc nem do Cícero e acho que vc foi muito leal em seus comentários, gostei da atitude tomada em divulgar tudo isso que foi passado, inclusive essa do "rei da assembleia" eu sabia, mas nunca acreditei e agora acreditei na sua palavra.

  20. DARY FILHO disse:

    Parabéns Bruno Giovanni por repor a verdade. Todos conhecem a sua correção e de sua família. O problema é que existem pessoas que não estão preparadas para ser político.

  21. Moacir disse:

    Parabéns meu irmão vc tem meu respeito.

  22. Everton disse:

    Ele é vereador, pensa que é blindado como um deputado. Pagará caro.

  23. Moacir disse:

    Bruno, me permita dar uma opinião já que seu vídeo é público.
    Você acertou em quase tudo, da forma digna e madura como resolveu lidar com a situação.
    Ele foi muito baixo falando de seus familiares que sequer pronunciaram o nome dele ou participaram de suas colocações.
    Mas se houve quebra de decoro, não deveria ficar impune, não deveria deixar pra lá. Precisamos de políticos que realmente representem o povo e não de pessoas despreparadas, inconsequentes que usam do cargo eletivo, temporário, para passar dos limites e se colocam erroneamente acima dos bem e do mal.

  24. Rafael disse:

    Parabéns BG! Sempre combativo, sempre atento! Jamais baixar a cabeça para esses inúteis!

  25. Raimundo Fernandes disse:

    Te dou os parabens pelo jornalista que voce se transformou, acredito nas suas verdades, te conheço e conheço sua linda familia, não se mistura vida profissional com familia! Continue sua caminhada meu irmão! Os cães ladram, porém a caravana passa!

  26. Osvaldo Delgado disse:

    Parabéns BG. Quando se está com a verdade é assim que se faz .

    • Lulala disse:

      Aguardando os comentários dos chupa Ovo da família bolsonlixo. ( Ceará bundão) e ( Bento chupa Ovo)

VÍDEO: Na Band, Renata Fan rebate críticas de “machismo” por foto de biquíni, diz que não vai apagar, e avisa: “Vou continuar brincando”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Meu fanatismo pelo Inter acaba comigo! Minha culpa em ter prometido uma foto de biquíni se o Colorado ganhasse a Copinha! Ganhou e do Grêmio! @atilaabreu51 vc sabe que não postei nenhuma foto assim durante as férias e não queria, mesmo! Desnecessário! Mas, minha palavra tem peso! Promessa cumprida, viu @denilsonshow !!!! Vou me arrepender pelo resto do ano, mas, promessa é algo relevante! Vou ficar quieta quando o assunto é “incentivar meu time do coração”, a partir de agora, rsrsrs!!! Por favor, não critiquem, não sou malhada, vou pouco a academia e gosto bem mais do meu rosto do que do corpo! Dá para deletar este post depois de 24h?! 😳😂🙏🏻 #promessa #promessacumprida

Uma publicação compartilhada por Renata Fan (@renatafan) em

Criticada por postar uma foto de biquíni em suas redes sociais após a conquista da Copa São Paulo pelo Internacional sobre o Grêmio, Renata Fan aproveitou o Jogo Aberto desta quarta-feira para falar sobre o assunto. Recordando sua trajetória profissional, assim como o prêmio de Miss Brasil em 1999, a apresentadora afirmou que ‘a estética nunca atrapalhou seu trabalho’ como jornalista.

Negando qualquer relação da brincadeira da última semana com machismo, a apresentadora afirmou não se importar ‘que os homens a admirem pelo aspecto físico’, já que isso é um ‘acessório’ em sua carreira, não o principal. Além disso, a apresentadora, contrariando a própria postagem no Instagram, se comprometeu a manter a foto na rede social.

“Eu só queria pedir licença ao telespectador, porque dificilmente eu trago assuntos externos para o programa. Quem acompanha o Jogo Aberto, desde a chegada do Denílson,(sabe que) a gente brinca muito, a gente faz coisas aqui que o telespectador também faz como torcedor, não é? Se o futebol veio para a minha vida, ele veio como uma torcedora fanática, alucinada, que vai além dos limites. O problema é que na semana passada eu disse que se o Inter ganhasse a Copinha, e, como torcedora, eu não ganho um título desde 2016, eu postaria uma foto de biquíni. E isso é uma coisa que a gente faz o tempo inteiro aqui no programa, só que alguns portais importantes transformaram isso numa história de machismo, que é um absurdo”, começou a loira, recordando a promessa feita na última sexta-feira.

“Eu vou dizer, como mulher, quando eu vi colegas que eu admiro, que apresentavam o principal jornal do Brasil, o Jornal Nacional da Rede Globo, eu vi a Patrícia Poeta de biquíni toda hora, vi a Fátima Bernardes na Globo dançando funk, e acho que elas têm todo o direito, porque elas são consagradas, respeitadas, fazem um trabalho lindo. Eu estou há 13 anos no Jogo Aberto ininterruptamente, falando duas horas ao vivo, tendo um espaço que nenhuma mulher até hoje teve em TV aberta no país, trabalhando com a maioria masculina, que me respeita, que brinca, me admira e me trata de igual para igual. Eu não quero ser melhor que os homens ou estar numa posição diferente. Eu quero que os me admirem”, completou.

A apresentadora ainda minimizou as cornetas em relação ao uso de Photoshop na fotografia, recordou sua experiência como Miss Brasil e afirmou ser ‘muito mais reconhecida’ por seu trabalho do que por sua beleza. Por fim, Fan avisou que as brincadeiras seguirão no programa da Bandeirantes e pediu para os críticos estudarem a sua história.

“Só que, de beleza, eu posso falar, porque a minha carreira começou como Miss Brasil, como Miss Rio Grande do Sul. Eu autorizei que pessoas me avaliassem, me julgassem, fui para um concurso de beleza e passei por isso. Então, de estética eu entendo. E postar uma foto de biquíni, se quiserem falar que a foto está mexida, que eu não sou assim… Não tem problema, cada um faz o que quiser. Mas, eu tenho legitimidade na área estética, e a estética nunca atrapalhou o meu trabalho e nunca vai atrapalhar. Eu não tenho problema que os homens me olhem e me admirem pelo aspecto físico. Isso é um elogio. Isso nunca atrapalhou a minha carreira, pelo contrário, sempre foi um acessório, não o principal. A minha carreira é mais importante do que a minha vida pessoal, e quem me conhece sabe disso. Eu sou muito mais reconhecida pelo meu trabalho, por ser uma torcedora, por ser uma jornalista”, disse a apresentadora.

Não vou tirar a foto, pelo contrário, ela vai permanecer no meu Instagram, e quero agradecer porque a foto teve um milhão 52 mil 375 curtidas, e curtidas são corações, são sentimentos que as pessoas passam, e aprovação. Eu adoro o meu trabalho, minha postura profissional e vou continuar brincando, vou continuar fazendo isso, e quem pensa que é machismo, não me conhece, não conhece o Jogo Aberto, e tem que estudar um pouquinho a minha história”, concluiu.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tobias disse:

    Renata amor!!!
    Vc tem mais que razão, não pare de forma alguma, é claro que tem é que postar mais fotos e mais vezes
    Vc é fenomenal!!

  2. Zoiudo disse:

    É topper! Linda demais. Só perde p miss Brasil do RN q não lembro o nome agora…

  3. Adeobaldo Nunes disse:

    Que mulher perfeita!
    Desde 1999!

  4. Biu Fontes disse:

    Agora lascou de vez! Qual é problema dela usar uma roupa de banho ou qualquer outro tipo de vestimenta, PQP para estes e/ou estas pessoas nada tem para fazer a não ser ficar policiando vida alheia.
    Na carreira que vai a coisa, logo Padre será criticado por usar hábito e as irmãzinhas do convento nem vai sair na rua com medo dos censores falarem ou fazerem alguma censura em razão das suas vestas.

Moro prega respeito pela OAB, e responde crítica do presidente Santa Cruz: “postura de militante político-partidário”

Foto: Adriana Lorete / Agência O Globo

Sergio Moro acaba de tuitar uma resposta à crítica de Felipe Santa Cruz , presidente da OAB, que disse este ser o pior momento da relação da Ordem com o Ministério da Justiça.

“Tenho grande respeito pela OAB, por sua história, e pela advocacia. Reclama o presidente da OAB que não é recebido no Ministério da Justiça. Terei prazer em recebê-lo tão logo abandone a postura de militante político-partidário e as ofensas ao presidente e a seus eleitores”.

Veja mais – ‘Quem apoia Bolsonaro tem desvio de caráter’, diz presidente da OAB

Disse Santa Cruz, num café da manhã com os jornalistas:

“Ele (Bolsonaro) preside para a minoria. Namora os 12% que apoiam a ditadura, de 12 a 20%, namora os 10% que são racistas, homofóbicos e machistas, ele namora os 10%… ele faz um conjunto de 30% dos piores sentimentos do povo brasileiro. Eu sinceramente acho que quem segue apoiando o governo… Estou convencido, e vou falar uma coisa dura. Quem segue apoiando o governo é porque tem algum desvio de caráter”, disse Santa Cruz”.

Após a coluna publicar a frase, Santa Cruz entrou em contato para fazer o seguinte complemento:

“Bolsonaro vem sim criando uma base em que boa parte das pessoas não possui bons sentimentos. A principal base dele tem esses sentimentos de racismo, machismo e homofobia. Não posso confundir o apoiador dele indiscriminadamente. Essa não é a realidade do conjunto de apoiadores dele, que é composto de vários setores, que têm interesses legítimos. Gostaria de esclarecer que uma frase tirada do contexto dá uma ideia errônea do que falei e do que que penso”.

Guilherme Amado – Época

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    Essa figura da OAB não faz jus ao nome. Sua personalidade não parece ser Santa e o maior símbolo cristão, a Cruz, não lhe fica bem.

  2. Antônio Soares Almeida da Costa disse:

    Santa Cruz deveria se dar ao respeito, falta até postura profissional.
    Fala em nome de uma minoria, de forma desabonadora, jogando por terra todo respeito que a OAB tinha. Adotou um discurso e ações político partidária de forma indiscutível e vergonhosa.
    Se mostra semi analfabeto em matemática, afinal a votação que Bolsonaro representa mais que o dobro do veneno com distorções que ele verbalizou.
    Talvez na hora que estava falando lembrou dos números que seus líderes teve e os invocou como sendo de Bolsonaro.
    A grande maioria dos advogados não merece ser representados por esse rapaz. A ficha dele diz tudo sobre suas condutas e personalidade. Lamentável ver a OAB nas mãos de um advogado desse nível. A OAB nunca esteve tão rastejante em sua representatividade.

Doria responde Bolsonaro: “nunca precisei mamar em teta nenhuma”

João Doria respondeu a Jair Bolsonaro, que o acusou de mamar nas tetas do BNDES para comprar um jato particular:

“Nunca precisei mamar em teta nenhuma.”

Acusado também de ser “amigão do Lula, da Dilma”, João Doria disse:

“Quero Lula e Dilma distantes, se possível do Brasil. Que fiquem onde estão: Lula na prisão e Dilma no ostracismo.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Evan Jegue disse:

    ô sipuada!

  2. Rômulo© disse:

    De mamata BolsoNero e sua família entendem muito bem! Vivem disso há décadas!

  3. Alexandre disse:

    Esse e da mesma farinha só muda o saco……. sim e menos ridículo do que o mito dos idiotas….

  4. Norivânio Laranjeiras disse:

    Pega fogo cabaré!… hahaha

Globo responde ataques de Glenn Greenwald revelando bastidores de como ele tentou emplacar as mensagens roubadas na emissora

Glenn Greenwald, o cúmplice de hackers, atacou a Globo na entrevista que deu a um blog de esquerda e depois reproduzida por outros blogs. A emissora rebateu os ataques de Greenwald em nota enviada a quem publicou a entrevista, contando que ele ofereceu as matérias com mensagens roubadas à Globo, mas sonegou informações básicas para a prática de um jornalismo minimamente sério.

Leia a nota que a emissora enviou aos blogs:

“Glenn Greenwald procurou a Globo por e-mail no último dia 29 de maio para propor uma nova parceria de trabalho. Em 2013, a emissora já havia dividido com ele o trabalho sobre os documentos secretos da NSA referentes ao Brasil. Uma parceria que mereceu elogios dele pela forma como foi conduzido o trabalho.

Greenwald ficou ainda mais agradecido por um gesto da Globo. Nas reportagens que a emissora divulgou, em algumas frações de segundo era possível ver nomes de funcionários da agência americana, que não trabalhavam em campo, mas em escritório. Mesmo assim, tal exposição poderia levá-lo a responder a um processo em seu país natal, os Estados Unidos. A Globo, então, assumiu sozinha a culpa, declarando que, durante a realização da reportagem, Greenwald se preocupava sobremaneira com a segurança de seus compatriotas. Tal atitude o livrou de qualquer risco.

Ao e-mail do dia 29 de maio seguiram-se alguns telefonemas na tentativa de conciliar agendas (ele estava viajando) para um encontro, finalmente marcado. Ele ocorreu na redação do Fantástico no dia 5 de junho. Na conversa, insistindo em não revelar o tema, ele disse que tinha uma grande ‘bomba a explodir’ e repetiu que queria voltar a dividir o trabalho com a Globo, pelo seu profissionalismo. Mas, antes, gostaria de saber se a emissora tinha algo contra ele, sem especificar claramente os motivos da pergunta, apenas dizendo que falara mal da Globo em algumas ocasiões. Provavelmente se referia a um artigo que seu marido, o deputado David Miranda, do PSOL, tinha publicado no Guardian com mentiras em relação à cobertura do impeachment da presidente Dilma Rousseff. O artigo foi rebatido por João Roberto Marinho, presidente do Conselho Editorial do Grupo Globo, fato que deu origem a comentários desairosos do próprio Greenwald.

Na conversa de 5 de junho, ele afirmou que ‘tudo estava no passado’. Prontamente, ouviu que jamais houve restrição (de fato, David Miranda já foi inclusive convidado para entrevista em programa da GloboNews). Greenwald ouviu também, com insistência, por três vezes, que a Globo só poderia aceitar a parceria se soubesse antes o conteúdo da tal ‘bomba’ e sua origem, procedimento óbvio. Greenwald se despediu depois de ouvir essa ponderação.

A Globo ficou aguardando até que, na sexta-feira à tarde, Greenwald mandou um e-mail afirmando que não recebeu nenhuma resposta da Globo e que devia supor que a emissora não estava interessada em reportar este material. Como Greenwald, no e-mail, continuava a sonegar o teor e origem da ‘bomba’, não houve mais contatos. Não haveria como assumir qualquer compromisso de divulgação sem conhecimento do que se tratava.

No domingo, seu site, o Intercept, publicou as mensagens atribuídas ao ministro Sergio Moro e procuradores da Lava-Jato, assunto que mereceu na mesma noite destaque em reportagem de mais de cinco minutos no Fantástico (e depois em todos os telejornais da Globo).

Na segunda, uma funcionária do Intercept sugeriu que o programa Conversa com Bial entrevistasse um dos editores do site para um debate sobre jornalismo investigativo. Como o próprio site anunciou que as publicações de domingo eram apenas o começo, recebeu como resposta que era conveniente esperar o conjunto da obra, ou algo mais abrangente, antes de se pensar numa entrevista.

Por tudo isso, causam indignação e revolta os ataques que ele desfere contra a Globo na entrevista publicada na Agência Pública. Se a avaliação dele em relação ao jornalismo da Globo e a cobertura da Lava-Jato nos últimos cinco anos é esta exposta na entrevista, por que insistiu tanto para repetir “uma parceria vitoriosa” e ser tema de um dos programas de maior prestígio da emissora? A Globo cobriu a Lava-Jato com correção e objetividade, relatando seus desdobramentos em outras instâncias, abrindo sempre espaço para a defesa dos acusados. O comportamento de Greenwald nos episódios aqui narrados permite ao público julgar o caráter dele.”

O Antagonista

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Thiago Lopes disse:

    Eita que a Globo tá que não passa uma assobio….

  2. Lucas disse:

    Fonte: O Antagonista

    Nada mais nada menos que o blog da Lava Jato. E quem discordar, basta ler as mensagens vazadas.

  3. Cigano Lulu disse:

    O Planalto deveria negociar a extradição dessa biba reincidente, e deixar que os EUA lhe aplique o mesmo remédio moral com que pretende brindar a Julian Assange.

  4. realmadriddepiumgenerico disse:

    A globo sentiu o golpe e nem foi divulgado ainda o teor da promiscuidade.

  5. Robert Lopes Cardoso Maia disse:

    Impressiona ver a turma do quanto pior melhor pra eles vibrando com todas essas ilegalidades, não tem nada que seja aproveitado, tudo montado!
    A globo sabe melhor que ninguém como e de que forma usar a informação, mas tomou um cuidado básico de saber antes como foi obtida e como seria exposta, então resolveu não entrar na roubada
    A globo detecta o que presta e o que não presta, decidiu não entrar no jogo da manipulação montado e de altíssimo risco
    A globo saiu dessa situação, ou seja, viu que havia muita coisa errada na situação e calculou que o resultado seria desastroso, caiu fora
    Escutando um advogado falando, ele disse: "No mundo jurídico nunca foi aceito fruto de árvore podre", será que isso vai mudar agora? Será que fruto produzido na ilegalidade vai suplantar aos fatos? Até a globo caiu fora, a situação deve realmente ter muita sujeira, ilegalidade, montagens, armação e tudo mais que vem do submundo da corrupção

    • Potiguar disse:

      É o seguinte: no mundo jurídico, não é aceita prova ilícita como você mencionou. Todavia, ela poderá ser usada para absolver o réu. Exemplo se uma carta for aberta criminosamente (violação de correspondência) e nela se descobrir que um inocente está pagando por um culpado, o inocente poderá se beneficiar dessa prova ilícita.

    • Ed disse:

      Potiguar, isso é verdade, mas, no caso de suspeição, tem de se provar que as decisões não condizem com a realidade. Bom lembrar que as provas e as sentenças foram objeto de recursos no tribunal superior. Se houvesse alguma prova que fosse ilícita ou se o juiz desse a decisão sem calço, testemunha falsa, algo assim, seria passível de anulação. Neste caso, o juiz seria somente retirado do caso, o que já ocorreu.

  6. Rômulo disse:

    "A verdade vencerá a mentira"! Que venham os novos vazamentos!

    #VazaJato

  7. realmadriddepiumgenerico disse:

    A globo fazendo uma defesa prévia do que vem por ai. Está claro, tanto para bolsominions, coxinhas, mortadelas e outras iguarias que a globo nunca foi sinônimo de isenção e que sempre esteve por trás ou junto a todos os ataques que sofreu a democracia nos últimos 60 anos, além de sempre ser porta voz da elite brasileira. Embora sabe-se de todo seu potencial e capacidade de influência como empresa de comunicação. Talvez tenha sido isso que o jornalista quis usar.

    • Potiguar disse:

      É óbvio. O Greenwald passou a perna na CIA. Agora, pegou o Moro. A próxima é a rede globo. Vem bomba por aí!!!

Estilo de vida responde por 63 mil mortes de câncer por ano no Brasil

O fumo contribui para mortes em todo o planeta. Dez por cento da população brasileira é de fumantes (Banco Mundial/ONU)

Um terço das mortes causadas por 20 tipos de câncer no Brasil poderia ser evitado com mudanças no estilo vida. Tabagismo, consumo de álcool, excesso de peso, alimentação não saudável e falta de atividade física são fatores de risco associados a 114 mil casos da doença (27% do total) e 63 mil mortes (34% do total) por ano no Brasil.

Os dados, publicados na revista Cancer Epidemiology, fazem parte de um estudo realizado por pesquisadores do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e da Harvard University, nos Estados Unidos, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

O levantamento aponta, por exemplo, que a incidência de câncer de pulmão, de laringe, de orofaringe, de esôfago, de colón e de reto poderia ser reduzida pela metade caso esses cinco fatores de risco fossem eliminados. Leandro Rezende, pesquisador da FMUSP e um dos autores do estudo, destaca que não se conhece outra forma de prevenir tantos casos.

“O que nos surpreende é a magnitude de casos e mortes que a gente conseguiria evitar a partir da redução desses fatores de risco. Esse número deve chamar atenção para políticas públicas de redução do risco de câncer no Brasil”, disse à Agência Brasil.

Estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS) indica que, em 2025, os casos de câncer cresçam em até 50% no Brasil em decorrência do aumento e do envelhecimento da população. Atualmente, a doença é a segunda causa de morte no país.

O levantamento da FMUSP, contudo, aponta que, além das mudanças na estrutura populacional, o aumento da prevalência desses cinco fatores de risco no estilo de vida do brasileiro pode representar novos desafios para o controle do câncer na população.

Os pesquisadores traçaram estimativas de redução da doença caso esses fatores sejam reduzidos.

“Trabalhamos com algumas metas ou recomendações que são mais plausíveis de serem atingidas em nível populacional e que estão presentes em alguns documentos e recomendações por agências internacionais”, explicou Rezende.

Foi considerado o seguinte cenário: o consumo de álcool com uma redução relativa de 10%, uma diminuição de 1 kg/m2 no índice de massa corporal na média da população, uma dieta de cálcio de 200 mg a 399 mg por dia e a redução de 30% na prevalência do consumo de tabaco.

Essas alterações, do ponto de vista populacional, poderiam evitar 19.731 casos de câncer (4,5% dos casos) e 11.480 mortes (6,1%).

Políticas públicas

Rezende destaca que essas estimativas contribuem para formulação de políticas públicas na área de saúde pública. Ele cita como exemplo o combate ao tabagismo no Brasil que conseguiu reduzir para menos da metade a proporção de fumantes em relação a década de 1990.

“Hoje, aproximadamente 10% da população brasileira fumam [antes, eram mais de 30%]. Quando o Brasil adotou um pacote de medidas, leis e regulamentação do tabaco no Brasil, como a tributação do cigarro, a proibição do consumo em local fechado, a gente teve um impacto bastante positivo na saúde da população”, disse.

O pesquisador aponta que o tabagismo é responsável por 67 mil casos de câncer por ano no Brasil, o equivalente a 15,5% dos casos e 40 mil mortes.

“Tem um debate bastante atual de que se deveria reduzir o imposto dos produtos derivados do tabaco para diminuir o consumo de cigarro contrabandeado. É importante trazer a magnitude do estrago que o cigarro faz na saúde da população quando se estimula o consumo. Hoje, o Brasil é um case de sucesso e a gente, primeiramente, precisa manter isso”, defendeu.

Um grupo de trabalho foi instituído em março deste ano pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública para avaliar “a conveniência e oportunidade” da redução da tributação de cigarros fabricados no Brasil.

Para Rezende, o combate ao tabagismo poderia servir de exemplo para a elaboração de outras políticas no campo da alimentação.

“Rotulagem, restrições de marketing e aumento de impostos de produtos da indústria de alimentos para desestimular o consumo são propostas possíveis de serem implementadas pegando emprestado o case de sucesso do tabaco para tentar reduzir o excesso de peso e obesidade da população no Brasil”, sugeriu.

Ele lembra que o Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, recomenda que sejam consumidos principalmente produtos in natura e que se evitem alimentos processados, especialmente ultraprocessados.

Metodologia

A pesquisa partiu do consenso na literatura científica de que cinco fatores de risco – tabagismo, consumo de álcool, excesso de peso, alimentação não saudável e falta de atividade física – estão associados a 20 tipos de câncer.

O que o novo estudo fez foi calcular a fração atribuível populacional (FAP) da doença relacionado a dados populacionais sobre o índice de massa corporal (IMC) elevado, consumo de cigarro, álcool, prática de atividade física e informações sobre a alimentação.

De acordo com os pesquisadores, a FAP é uma métrica que estima a proporção da doença possível de prevenir na população caso os cinco fatores de risco fossem eliminados, mantendo as demais fatores/causas estáveis.

Os dados sobre a distribuição dos fatores de risco do estilo de vida foram calculados a partir da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2013, para estimar consumo de álcool, índice de massa corporal (IMC), consumo de frutas e hortaliças, atividade física, tabagismo e fumo passivo entre não fumantes no Brasil.

Foi utilizada também a Pesquisa Nacional de Orçamentos Familiares (POF), realizada entre 2008 e 2009 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para obter o consumo alimentar de fibras, cálcio, carne vermelha e processada.

Agência Brasil