Televisão

Seguidores, fã-clube, show e programa no GNT: veja o que Karol Conká perdeu após falas e comportamento polêmico no BBB 21

FOTO: TV GLOBO/REPRODUÇÃO

Logo nos primeiros dias do BBB21, os participantes definiram que o tema desta edição seria “cancelar o cancelamento”. Mas não é bem isto que se vê dentro e fora da casa. Enquanto Lucas Penteado e Juliette Freire se sentem excluídos, o público repudia a forma como Karol Conká trata os colegas de confinamento e isso vem afetando a carreira dela.

Desde sábado (30/1), quando começou a criticar Lucas por seu comportamento na festa, Karol já perdeu mais de 353 mil seguidores no Instagram e vem sendo bastante criticada pelo público. Até mesmo um dos fã-clube da cantora decidiu deixar de apoiá-la e desativou o perfil no Twitter.

“Nós, como fãs da carreira musical da Karol, decidimos criar esse perfil para informar e acompanhar ela (sic) no BBB. Mas, devido a todos os acontecimentos dentro da casa, percebemos que ela na verdade é uma pessoa horrível. Ela se demonstrou xenofóbica, soberba e falsa”, escreveu o perfil @ConkaBBB no Twitter.

Além dos fãs, Karol também já está enfrentando prejuízos na carreira. O festival pernambucano Rec-Beat anunciou que está aguardando autorização jurídica para suspender a transmissão de uma apresentação da cantora gravada na Pinacoteca, em São Paulo, antes do início do programa, e com previsão de ser exibida no dia 14 de fevereiro.

“Discordamos fortemente das declarações e atitudes da artista Karol Conká em sua participação no BBB21, que revelam posturas que confrontam os princípios do Festival Rec-Beat”, informou o evento. A decisão aconteceu após uma fala considerada xenofóbica. A cantora afirmou que, por ser de Curitiba, teria mais educação do que a paraibana Juliette.

Nesta terça-feira (2/2), o canal GNT também confirmou que não irá mais exibir na TV em fevereiro o programa Prazer, Feminino, apresentado por Karol e Marcela McGowan e já transmitido no YouTube. Segundo a emissora, a suspensão seria para não compactuar com a cultura do cancelamento.

Coluna Léo Dias – Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Quem é essa fulana no jogo do bicho, nunca vi falar nessa criatura sem futuro, como está fazendo parte de um programa lixo , está bem representado sua postura de um lixo de pessoa, mal educada, descontrolada, autororitaria, prepotente arrogantemente simplificando um lixo, se fosse Branca já teria sido execrada e taxada de extremista e talvez bolsonarista aí é negra ninguém diz nada , ah me poupe o povo se ilude com tudo , isso é totalmente irrelevante para sociedade.

  2. Essa Karol nunca me enganou…ela é de uma extrema falta de Humildade e Humanidade.
    #FORAKAROL

  3. Karol Congá? Faz o quê? Influencer de quem?
    Como seguem uma pessoa sem conhecer, apenas pelo que escreve? Se é pelo que escreve, deveriam se ater as escritas, não a pessoa.
    A pessoa cria um blog, um site, escreve um artigo e muitos ficam admirando sem sequer saber de quem se trata realmente, lamentável esse mundo virtual.
    O mundo no papel nos resguardava dessas armadilhas.

  4. Eu me arrependi de pre-acusar,pre-julgar e pre-condenar as atitudes e ações e gestos dessa senhorita Karol conka ou com k,mas,ela só está retransmitindo o que aprendeu na vida,ela cresceu e envelheceu com os seus pensamentos e sentimentos carregados de choros,dores,raivas,rancores,ressentimentos,mágoas e traumas e aprendendo também na experiência prática as rejeicoes e desprezos e da maldade humana,sofrendo diretamente e indiretamente preconceitos do gênero feminino,cor,etnia e pela limitada condição material,isso acontece bastante com pessoas de classes sociais e econômicas e principalmente nas grandes cidades nas periferias onde as pessoas sobrevivem em casas muito pequenas com poucos cômodos e quase sempre conjugadas, preconceituosamente chamadas de subúrbios e favelas,a senhorita Karol conka ou com k só está repassando,retransmitindo o que as outras pessoas fizeram com ela,principalmente ela que com o seu esforço pessoal no seu trabalho artístico labutando,batalhando e vencendo nesse universo musical complexo,esse tipo de comportamento agressivo,ofensivo e hostil,invejoso e ciumento e maldoso sempre acontece com pessoas pelo qual se costumam dizer que sairão de baixo e que depois venceram na vida pessoal,profissional e financeira,a pessoa que ascendeu social e econômicamente quer se mostrar ou demonstrar ser igual,melhor ou superior que as outras pessoas,infelizmente essa é a realidade da condição humana,repassapar para segundos e terceiros os nossos maiores traumas,aflições, medos,sofrimentos,choros e dores e preconceitos,intolerância e maldades emocionais e sentimentais que sofremos na vida desde quando nascemos,crescemos,envelhecemos e até o instante do última inspiração e expiração do fôlego da vida para a morte invencível para todo(a)s.

    1. Se fosse branca e de direita vc estava jogando pedra nela ao invés de estar passando pano pra ela

    2. Kkkkkkkkkkkk… Que fala hipócrita hein pai? Queria ver isso se fosse um mulher de direita! Como é da patota tá passando paninho né? A verdade é que a bolha lavcadora e ditadora agora tá experimentando do seu próprio veneno! Que sirva de aprendizado e que realmente se passe a respeitar a diversidade, inclusive de ideias, de poder pensar diferente e não ser excomungado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

PGR diz ao Supremo que Bolsonaro pode bloquear seguidores em rede social

Foto: Marcos Corrêa/PR

O procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou nesta sexta-feira (11) ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma manifestação na qual afirmou que o presidente Jair Bolsonaro pode bloquear seguidores em rede social.

O tema chegou ao Supremo porque um advogado bloqueado por Bolsonaro entrou com uma ação.

No processo, o advogado relatou ter comentado uma postagem do presidente na qual havia uma foto de um diálogo entre a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) e o ex-ministro da Justiça Sergio Moro. O advogado informou ter comentado que Bolsonaro “queria e quer, sim, intervir na Polícia judiciária Federal para interesse próprio e de seus filhos, o que por si só é um absurdo”.

Ao se manifestar sobre a ação apresentada pelo advogado, Augusto Aras afirmou ao STF:

“Por ser destituído de caráter oficial e não constituir direitos ou obrigações da Administração Pública, as publicações efetuadas pelo Presidente da República em rede social não são submetidas ao regramento dos atos administrativos em relação à aplicação do princípio constitucional da publicidade.”

Afirmou ainda que, apesar de Bolsonaro divulgar nas redes sociais uma série de atos relacionados ao governo, as publicações “têm caráter nitidamente informativo, despido de quaisquer efeitos oficiais, o que realça o caráter privado da conta”.

‘Apaziguar ânimos’

O procurador-geral afirmou também que forçar o dono de um perfil a admitir “pessoas indesejadas” como seguidoras poderia “anular o direito subjetivo do interessado de utilizar sua conta pessoal de acordo com os seus interesses e conveniências”.

“Essa possibilidade de bloqueio contribui inclusive para apaziguar ânimos mais acirrados, evitando a propagação de comentários desqualificadores e de discurso de ódio e a nociva polarização que atenta contra a democracia, especialmente nos ambientes político e religioso”, completou.

Instrumento utilizado no processo

Ainda no documento enviado ao STF, Augusto Aras afirmou que a ação usada pelo advogado, um mandado de segurança, não é o instrumento adequado para tratar do tema.

Isso porque, no entendimento de Aras, somente as ações do presidente no exercício da função podem ser analisadas pelo Poder Judiciário por meio de mandado de segurança.

“Apenas as manifestações comissivas ou omissivas praticadas no exercício da função pública ou a pretexto de exercê-las são, em tese, passíveis de controle jurisdicional no âmbito do mandado de segurança”, afirmou.

G1

Opinião dos leitores

  1. Desta vez Bolsonaro tem razão, embora que na maioria não, sua rede social, faz o que quiser.

  2. Oxe ele já me bloqueou faz tempo ?queria até pedir pra vcs que não são bloqueados pedir a ele : #sancionapl1095 #cadeiapramaustratos

    1. Aproveita e pergunta porque Queiroz depositou $$$ na conta de Michelle.

  3. Funcionários fantasmas do clã Bolsonaro receberam quase R$ 29 milhões em salários
    Pelo menos 39 funcionários que já passaram por gabinetes da família Bolsonaro têm indícios de que não trabalharam nos cargos. Juntos, eles receberam 16,7 milhões em salários brutos, o que equivale a R$ 29,5 milhõ.es em valores corrigidos pela inflação

  4. se ele usa para divulgação de açoe do governo tem que ser publico, nao podendo bloquear, tipo a pesquisa de opinião sobre matérias aprovadas pelo congresso .

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Bolsonaro diz que vai vetar trecho da ajuda aos estados que libera reajuste salarial para servidores: “Sigo a cartilha do Paulo Guedes”

Foto: Reprodução/Globo News

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (7) que vai vetar o trecho do projeto de ajuda aos estados que abre a possibilidade de reajuste salarial para categorias de servidores públicos, mesmo em meio à pandemia do coronavírus.

A versão inicial do projeto previa que a ajuda financeira da União a estados e municípios tinha, entre as contrapartidas, o congelamento nos salários dos servidores. Durante a tramitação no Congresso, parlamentares incluíram no texto categorias que poderiam ter o reajuste. O projeto foi aprovado nesta quarta (6).

Antes de Bolsonaro afirmar que vai vetar o trecho, o ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia dito que sugeriria o veto.

“O que nós decidimos? Eu sigo a cartilha de Paulo Guedes na economia. E não é de maneira cega, não. É de maneira consciente e com razão. E se ele acha que deve ser vetado, esse dispositivo, assim será feito. Nós devemos salvar a economia, porque economia é vida”, disse Bolsonaro.

Guedes defendeu que o funcionalismo público fique sem aumento salarial até dezembro de 2021. Para o ministro, a medida vai ajudar o país a atravessar a crise gerada pela pandemia do coronavírus.

“Eu estou sugerindo ao presidente da República que vete, que permita que essa contribuição do funcionalismo público seja dada, para o bem de todos nós”, afirmou Guedes.

O presidente e o ministro falaram com a imprensa após uma visita surpresa ao Supremo Tribunal Federal (STF). Eles levaram empresários da indústria para uma conversa com o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli.

Na conversa, Bolsonaro, Guedes e os empresários expuseram a opinião de que medidas de isolamento social e restrição de mobilidade, para conter o avanço do coronavírus, não podem paralisar a economia. Desde que o vírus chegou ao país, Bolsonaro vem defendendo o relaxamento das medidas restritivas, tomadas por governadores e prefeitos.

Com G1

 

Opinião dos leitores

  1. Se o cara libera pau nele está criando dividas, se veta é arrocho de tudo quanto é jeito.
    Para esses comentários sem fundamentos é só postar "odeio Bolsonaro."

  2. Pois é… Passada a pandemia vem arrocho de tudo que é jeito. Aumento de impostos, congelamento do salário mínimo, aumento dos juros… Vai faltar apenas confiscar o saldo das contas correntes e poupança, como fez Zélia Cardoso. Tá igualzinho, muito parecido… Sei no que isso vai acabar:
    Num goipi, seja lá de que tipo…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Influencer Gabriela Pugliesi perde patrocínios e seguidores após furar quarentena

(Luiza Ferraz/Reprodução)

Na noite de sábado, 25, a influenciadora Gabriela Pugliesi promoveu uma festa com alguns amigos em sua casa e postou vídeos do momento em suas redes sociais.

Os seguidores a criticaram por furar a quarentena e ir contra as recomendações de isolamente social da Organização Mundial da Saúde para conter a pandemia do novo coronavírus.

Na ocasião, os patrocinadores foram cobrados e se manifestaram encerrando contratos.

O aplicativo de entregas Rappi informa “que por ser contra qualquer atitude que não siga as recomendações de distanciamento social suspendeu as ações em parceria com a influenciadora em questão”.

A empresa de alimentação saudável Liv Up informa que “não apoia ou incentiva qualquer tipo de atitude que possa colocar em risco a saúde e o bem estar de qualquer pessoa e confirma que suspendeu todas as ações previstas e programadas com a influenciadora Gabriela Pugliesi, além de manter a postura semelhante com qualquer outro parceiro ou situação simular que venha a ocorrer”. As marca de bebidas Desinchá adotou postura semelhante.

O Grupo Hope, de vestuário íntimo, afirmou que as atitudes que estejam em desacordo com o distanciamento social não são apoiadas. “Estamos suspendendo as atividades de qualquer parceiro que não adote tais medidas”.

Outras empresas como Kopenhagen, BTG Pactual e Fazenda Futuro também se manifestaram contra a posutra da influenciadora, apesar de ter seus contratos de parceria encerrados antes mesmo do ocorrido.

A festa particular ocasionou também a perda de cerca de 150 mil seguidores no Instagram.

A influencer foi uma das primeiras famosas a contrair a covid-19 no Brasil, no casamento da sua irmã, Marcella Mineli, com Marcelo Bezerra de Menezes. Um dos padrinhos havia voltado do exterior infectado, espalhando para outros convidados.

Exame

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“Me critiquem quando eu realmente errar. Se eu errar, desce o cacete”, diz Bolsonaro aos apoiadores

Presidente Jair Bolsonaro grava vídeo dentro de um carro na Índia Foto: Reprodução/Facebook

O presidente Jair Bolsonaro pediu “calma” aos seus seguidores nas redes sociais, em vídeo publicado na manhã desta sexta-feira, e solicitou que eles não “potencializem” as discordâncias que tenham com o governo. Bolsonaro ainda pediu para ser criticado quando “realmente errar”, e não por ideias “em fase de gestação”. As declarações ocorrem após reações de apoiadores do governo à ideia de recriar o Ministério da Segurança Pública, o que enfraqueceria o ministro da Justiça, Sergio Moro, que atualmente é responsável pela área.

— Não espere que eu esteja 100% contigo, nem no casamento dá 100%. E aqui tem coisa que a gente destoa. Agora, não potencializem isso. E me critiquem quando eu realmente errar. Se eu errar, desce o cacete. Enquanto está em fase de gestação, discussão, estudo, calma, pessoal, calma aí, senão, não vai dar certo — disse Bolsonaro no vídeo, feito dentro de um carro, em Nova Délhi, na Índia.

Apesar de não se referir ao debate sobre o Ministério da Segurança, Bolsonaro afirmou que acompanha as redes sociais “apesar da internet no avião ser muito fraca”, indicando que estava tratando de uma discussão que ocorreu enquanto ele viajava para a Índia. Ele ainda atribuiu a derrota eleitoral do ex-presidente da Argentina Mauricio Macri a críticas semelhantes a que ele recebe:

— Faço um apelo ao pessoal do Brasil, a gente acompanha o que acontece, apesar de a internet no avião ser muita fraca, é impressionante como as pessoas escrevem coisas da cabeça, assim, sem qualquer fonte, sem qualquer origem, e partem de forma agressiva nos comentários. Calma, pessoal. O povo da Argentina tratou o Macri de forma semelhante. Olha quem voltou para lá, a turma da Kirchner, turma da Dilma, do Lula, turma do Foro de São Paulo.

Durante a quinta-feira, Bolsonaro foi criticado por apoiadores por ter dito que estudava a recriação do Ministério da Segurança Pública. O presidente rebateu várias dessas reclamações, respondendo a comentários feitos em publicações suas no Facebook. Em muitos desses comentários, Bolsonaro publicou um texto do ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, que dizia que a proposta não é de Bolsonaro e pedia que os apoiadores confiem no presidente. A mesma mensagem já havia sido publicada no perfil de Bolsonaro.

Em outros comentários, Bolsonaro deu respostas diferentes. A uma pessoa, que questionou por que Moro não participou de uma reunião com secretários de Segurança Pública organizada na quarta-feira no Palácio do Planalto, o presidente ironizou: “Quase todo o dia recebo médicos, logo deveria sempre chamar o ministro da saúde, ok?”. A outro apoiador, que reclamou da proposta apresentada pelos secretários de recriar o ministério, Bolsonaro disse receber “dezenas de propostas por mês” e afirmou que “essa foi mais uma”.

O presidente também fez referência à derrota de Macri ao responder a um seguidores que disse para ele não dar “munição” para seus inimigos. “Simples. Está aí a Argentina”, limitou-se a escrever. Bolsonaro ainda mandou “um abraço” a uma pessoa que apontou para outros apoiadores que ele foi eleito sem o apoio de Moro.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Foi assim com o coaf, com o juiz de garantias, com o projeto anti Corrupção do moro, com o fundo partidário e agora essa nova retaliação contra o Moro, poderia já ter se aliado ao pt, e tentar combater o nosso herói. Tenha uma certeza, quem for vontra o Moro, terá que lutar com mais da metade do país

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Youtuber vegana é filmada comendo peixe e é criticada por seguidores

A youtuber vegana Yovana Mendoza Ayres. Foto: Instagram/@rawvana

Yovana Mendoza Ayres, conhecida como Rawvana, é uma das figuras mais conhecidas da atualidade no YouTube por causa do ativismo vegano. No entanto, a imagem dela está abalada após o vazamento de um vídeo em que aparece prestes a comer um prato com pescado.

O vídeo foi feito pela amiga Paula Galindo, colombiana especialista em assuntos de beleza, durante uma viagem das duas para Bali, na Indonésia. Elas aparecem na mesa de um restaurante. Rawvana está em frente a um prato de salada e filé de peixe. Ao ser filmada, ela demonstra desconforto com a situação.

A imagem viralizou. Os internautas não perdoaram e fizeram uma série de comentários no vídeo. “É óbvio que ela queria tapar o prato, é evidente que ela queria esconder o pescado que estava no prato dela”, escreveu um seguidor. “Vegana made in Taubaté” e “Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” foram alguns dos outros comentários.

Assista ao vídeo:

Rawvana gravou um vídeo pedindo desculpas. “Sinto muito pela maneira como descobriram sobre a minha recente mudança de dieta. Comecei a incluir alimentos por causa das minhas condições de saúde”, justificou a youtuber.

Emais – Estadão

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Ranking dos Clubes Brasileiros no Twitter. ABC é o 18 e o América 22º

Ranking dos clubes com seguidores no twitter elaborado pelo amigo @antonioftorres.

Posição Clube Perfil Seguidores
SC Corinthians @SiteCorinthians 589.123
CR Flamengo @CR_Flamengo 500.242
São Paulo FC @SaoPauloFC 455.995
SE Palmeiras @SitePalmeiras 340.863
Santos FC @santosfc 169.991
Grêmio FBPA @gremiooficial 157.375
CR Vasco da Gama @crvascodagama 104.444
SC Internacional @assessoriainter 52.989
Fluminense FC @OficialFlu 49.642
10º Botafogo FR @BotafogoOficial 48.070
11º Sport Club Recife @sportrecife 35.197
12º Atlético Mineiro @sitedogalo 28.313
13º Atlético Paranaense @atleticopr 24.513
14º EC Bahia @ecbahia_oficial 24.346
15º Coritiba FC @coritibaoficial 23.472
16º Ceará SC @CearaSC 23.229
17º Cruzeiro EC @oficialcruzeiro 18.703
18º ABC FC @abcfc 17.146
19º EC Vitória @ecvitoria 14.869
20º Figueirense FC @figueirensefc 12.986
21º Avaí FC @avaifc 11.185
22º América de Natal @americaFCNatal 10.180
23º Fortaleza EC @fortalezaec 10.086
24º Criciúma EC @CriciumaEC 6.561
25º Campinense @CampinensePB 4.548

Opinião dos leitores

  1. Mais um vitória do Mais Querido sobre o time japecanguense… Ô rotina maravilhosa!…

  2. Muito interessante… Mas como todos ja sabem. O numero de seguidores de um perfil não diz nada sobre a relevancia dele…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Perfil falso da APPLE arregimenta 35 mil seguidores em 20 dias

Com o nome de “APPLEBRASIL“, um suposto perfil da gigante Apple foi criado no Twitter e uma onda de retweets com sorteios de iPads, iPhones e iPods invadiu o microblog nos últimos dias. Com essas supostas promoções, o perfil chegou à marca dos 35 mil seguidores em apenas 20 dias. Mas tudo não passa de um fake. A subsidiária brasileira da empresa de Steve Jobs declarou que não faz nenhum tipo de promoção ou contato com os consumidores pelo Twitter.

Somente um pouco de atenção faria com que a conta fosse desmascarada, já que foi colocado um “L” minúsculo
no lugar do “i” maiúsculo da palavra “BRASIL”, fazendo com que a ‘aparência’ da palavra ficasse igual. Também não é possível fazer sorteios apenas com retweets, como dizia fazer o “APPLEBRASIL”. Um sistema de sorteio online é necessário para que a promoção seja válida.

Ainda não se sabe o real motivo da criação do perfil. No serviço TwitterCounter, é possível ver o crescimento da conta falsa e conferir a velocidade com que ele adquiriu followers.

Informações de Olhar Digital

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *