Esporte

Espanha vence Japão na prorrogação e joga final do futebol contra o Brasil

FOTO: MOLLY DARLINGTON/ REUTERS

A Espanha venceu nesta terça-feira (3) o Japão na semifinal do futebol masculino e fará a final da modalidade em Tóquio 2020 contra o Brasil, no próximo sábado (7) às 8h30 (horário de Brasília). Com a vitória, a seleção espanhola terá nesta edição dos Jogos a chance de vencer seu segundo título olímpico, quase 20 anos depois do ouro em Barcelona 1992.

Ao contrário da outra semifinal, entre México e Brasil, o jogo foi mais aberto e teve boas chances de gol da Espanha. No primeiro tempo, os espanhóis mantiveram a posse de bola e chegaram à área já nos minutos iniciais com cabeçada de Cucurella, que saiu por cima do gol.

Com ótimas trocas de passe, a Espanha ainda levou perigo com Oyarzábal e Rafa Mir. O chute ruim de Oyarzábal e a ótima defesa goleiro japonês Tani contra a tentativa de Rafa Mir mantiveram o placar em 0 a 0.

No segundo tempo, o Japão reagiu e assustou os adversários com passe longo da defesa, dominado e colocado na medida por Hatate para Hayashi. O atacante matou o goleiro com chute no canto e não fez o gol por pouco.

A Espanha respondeu minutos depois e descolou penâlti mandrake, marcado pelo árbitro Kevin Ortega. O VAR entrou em jogo e a marcação foi anulada.

Como no primeiro tempo, os japoneses continuaram jogando recuados e viram os rivais multiplicarem as chances de gol. Tani foi obrigado a fazer mais três defesas importantes e foi ajudado pela pontaria ruim dos espanhóis, que chutaram fraco e no meio do gol.

Na prorrogação, a primeira etapa trouxe poucas chances, mas já mostrou o Japão se reerguendo no jogo e passando a pressionar a Espanha. Os anfitriões mantiveram o ritmo nos últimos quinze minutos e chegaram a abafar os adversários, claramente cansados.

Asensio, porém, tirou coelho da cartola apóa cobrança de lateral aos 10 minutos do segundo tempo da prorrogação. Ele recebeu bom passe de Oyarzábal na entrada da área e engatilhou chute de muito efeito para eliminar os japoneses.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Seleção feminina perde para Canadá nos pênaltis e dá adeus a Tóquio

Foto: Reuters/Amr Abdallah Dalsh/direitos reservados

A seleção brasileira de futebol feminino deu adeus à Olimpíada de Tóquio (Japão) na manhã desta sexta-feira (30). As brasileiras foram eliminadas pelo Canadá por 4 a 3 nas cobranças de pênaltis, após o tempo regulamentar terminar empatado de 0 a 0. A partida válida pelas quartas de final foi disputada no estádio de Miyagi, na cidade de Rifu.

Marcaram para o Brasil, Marta, Debinha e Érika. Já pelo Canadá, Fleming, Lawrence, Leon e Gilles converteram. A dupla Andressa Alves e Rafaelle desperdiçou suas cobranças, assim como a canadense Sinclair não conseguiu balançar a rede.

No primeiro foram poucas oportunidades de gol. O Brasil chegou ao ataque com perigo pela primeira vez aos 14 minutos em chute da lateral-esquerda Tamiris por cima da baliza adversária. Aos 24, foi a vez do Canadá arriscar em chute rasteiro da meio-campista Fleming à esquerda da goleira Bárbara. A primeira etapa prosseguiu com muita luta das duas equipes, mas pouca criatividade.

Na etapa final, brasileiras e canadenses continuaram com atuações equilibradas. Aos 13, a equipe comandada por Pia Sundhage sofreu susto em cabeçada de Bruna Benites no travessão. Aos 25, a brasileira Debinha respondeu em chute cruzado da entrada da grande área, provocando a defesa da goleira Labbé. No finalzinho, o Canadá ensaiou uma pressão, entretanto não transformou domínio em chance de gol.

Prorrogação

Após os 90 minutos, a prorrogação começou com os dois times cansados e precavidos, já que um gol nesta altura do confronto poderia ser decisivo. Levando em consideração esta situação, o primeiro tempo foi de muita luta, mas com pouca exposição de ambas as equipes.

Na segunda etapa, as canadenses assustaram com o chute cruzado de Leon com menos de um minuto. A bola saiu à direita da baliza de Bárbara. O Brasil respondeu com perigo aos 7 em um chute da atacante Debinha, da entrada da grande área, que passou próximo à trave direita de Labbé. Na sequência, a seleção verde-amarela pressionou e aos 12 quase inaugurou o marcador em cabeçada da zagueira Érika, obrigando intervenção de Labbé.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Seleção feminina de futebol abre nesta quarta-feira, ao “raiar do dia”, a participação do esporte brasileiro na Olimpíada de Tóquio (Japão), contra a China

Foto: © Sam Robles/CBF

A seleção feminina de futebol abre nesta quarta-feira (21), a partir das 5h (horário de Brasília), a participação do esporte brasileiro na Olimpíada de Tóquio (Japão). A estreia é contra a China no estádio Miyagi, em Rifu (cidade a cerca de 380 quilômetros da capital japonesa), na estreia pela fase de grupos da modalidade.

O Brasil está no Grupo F, onde ainda estão Holanda e Zâmbia. O duelo com europeias será neste sábado (24), às 8h, também em Rifu. Já o confronto diante das africanas será na terça-feira que vem (27), às 8h30, no estádio de Saitama (a 27 km de Tóquio).

As brasileiras buscam a terceira medalha olímpica na história do futebol feminino. As duas anteriores foram de prata. A primeira em 2004, nos Jogos de Atenas (Grécia). A segunda quatro anos depois, em Pequim (China). Do atual elenco, duas atletas estiveram presentes nas conquistas: a volante Formiga, que disputará a sétima Olimpíada da carreira; e a meia-atacante Marta, eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo e que defenderá o país pela quinta vez no evento.

“É uma grande alegria poder estar aqui, na expectativa de poder vivenciar ativamente mais uma Olimpíada. Essa edição é especial não somente pelo momento que vivemos, mas porque é um objetivo que a gente vem buscando há bastante tempo. Uma atleta de alto nível sempre vai pensar em jogar as grandes competições e trabalhar constantemente para estar preparada quando a oportunidade chegar”, disse Marta, em entrevista coletiva nesta terça-feira (20).

Nas duas finais olímpicas em que o Brasil foi superado, o adversário foi o mesmo: os Estados Unidos. Na decisão de 2008, curiosamente, a técnica rival era justamente Pia Sundhage, atual comandante da seleção brasileira.

“Acho que cuidamos de nossas prioridades nesses dois anos de trabalho. Acredito que nossa defesa, que já era boa, é mais sólida atualmente e que nosso ataque é um pouco mais organizado, o que significa que todo o time quer estar na mesma página. Mas eu nunca tiraria o samba, o estilo brasileiro com o qual elas me surpreenderam, porque eu amo isso. E acho que essa mistura, espero, vai nos fazer ir longe nessa Olimpíada”, afirmou Pia, que não confirmou a escalação que levará a campo nesta quarta.

A julgar pelos últimos compromissos da seleção brasileira, as dúvidas do provável time estão na lateral direita e no meio-campo. Apesar de ter uma jogadora de ofício para o lado direito da defesa (Letícia Santos) no elenco, Pia atuou várias com uma zagueira no setor (normalmente Bruna Benites), para dar maior liberdade aos avanços de Tamires na esquerda. Outra opção seria Poliana, que joga como zagueira no Corinthians, mas foi lateral por muitos anos no São José e no próprio escrete canarinho. Mais a frente, sem a titular habitual (Luana, que está contundida e não pode ser convocada), a técnica pode escolher entre Júlia Bianchi e Andressinha.

O Brasil deve enfrentar as chinesas com Bárbara; Bruna Benites (Letícia Santos ou Poliana); Érika, Rafaelle e Tamires; Formiga, Andressinha (Júlia Bianchi) e Marta; Debinha, Bia Zaneratto e Ludmilla.

É a terceira vez que brasileiras e asiáticas estarão frente a frente em uma Olimpíada. Na semifinal dos Jogos de Atlanta (EUA), em 1996, a China venceu por 3 a 2. O troco veio há cinco anos, no Rio de Janeiro, com triunfo canarinho por 3 a 0. A meia-atacante Andressa Alves, uma das convocadas de Pia, fez um dos gols da seleção nacional na ocasião. Por coincidência, o duelo marcou a estreia da seleção feminina no evento em solo carioca.

O histórico brasileiro em estreias olímpicas, aliás, é positivo: quatro vitórias e dois empates. São 13 gols marcados e apenas dois sofridos (ambos no 2 a 2 com a Noruega, na primeira rodada dos Jogos de Atlanta).

Agência Brasil

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Itália vence Espanha nos pênaltis e alcança final da Eurocopa

FOTO: POOL VIA REUTERS/CARL RECINE

A Itália se classificou para a grande final da Eurocopa. Para isto a equipe comandada pelo técnico Roberto Mancini superou a Espanha por 4 a 2 na disputa de pênaltis. No tempo normal, o jogo terminou empatado em 1 a 1.

Com a bola rolando os gols vieram apenas na etapa final. Aos 15 minutos, Chiesa recebeu de Immobile, cortou para o meio e chutou cruzado para abrir o marcador para os italianos. Porém, aos 34 Morata empatou para a Espanha após boa tabela com Olmo.

Após uma prorrogação sem gols, a vaga para a final foi decidida nas penalidades máximas, e a Azurra levou a melhor. Coube ao brasileiro naturalizado italiano Jorginho a batida final para levar a Itália à final do próximo domingo (11) no estádio de Wembley, em Londres.

Os italianos esperam agora o vencedor do duelo entre Inglaterra e Dinamarca, que se enfrentam nesta quarta (7), às 16h (horário de Brasília).

Com o triunfo desta terça a Azurra chega à sua quarta decisão de Eurocopa. Os italianos triunfaram apenas em 1968, sendo vice-campeões em 2012 e em 2000.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Deputado Gustavo Carvalho defende retorno do público aos estádios de futebol no RN

Foto: Reprodução/ALRN

O deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB) apresentou Projeto de Lei que defende o retorno de público nos jogos de futebol realizados nos estádios no Rio Grande do Norte. Este retorno estaria condicionado a um público formado por, no máximo, 50% da capacidade do local de pessoas já imunizadas. A proposta foi defendida na sessão da Assembleia Legislativa realizada na manhã desta quarta-feira (30).

“No Brasil e bem como no RN, podemos acompanhar a reabertura de diversos segmentos da sociedade. Atualmente com a edição dos novos decretos do Governo do Estado é possível observar a liberação de público em bares, restaurantes, praias e shoppings desde que sejam respeitadas as normas sanitárias. É sob esse prisma que apresentamos o presente projeto de lei”, justificou.

O parlamentar classificou os jogos de futebol como “parte da economia do Estado do RN, sendo muito importante na geração de emprego e renda” e considerou a medida “de relevante importância para os clubes de futebol”, pois estes enfrentam dificuldades financeiras por estarem sem receber as receitas oriundas do público pagante nos estádios.

Gustavo Carvalho encerrou sua fala destacando que “o projeto torna a presença do público tão segura quanto uma compra no supermercado ou uma feira livre”.

O texto do PL prevê campanha de conscientização com divulgação de informativos do Ministério da Saúde, secretarias estadual e municipais de Saúde, acerca da prevenção, diagnóstico e tratamento precoce da Covid-19 antes e durante o intervalo do jogo de futebol, aponta a importância do distanciamento mínimo entre as pessoas, obriga uso de máscara facial, antes, durante todo o transcurso e após o jogo, fornecimento de álcool em gel 70%, aferição de temperatura e triagem de sintomáticos respiratórios, punição em caso de descumprimento das regras e outros.

ALRN

Opinião dos leitores

  1. Esse deputado meia tigela é um grande irresponsável quer matar o povo é ele e o deputado Bernardo gosta de uma aglomeração

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem é executado com 15 tiros durante partida de futebol na praia de Muriú, no litoral norte potiguar

O Portal BO destaca nesta quinta-feira(22) a execução de um homem de 25 anos, na noite dessa quarta-feira (21), por volta das 19h, durante uma partida de futebol, na praia de Muriú, no litoral Norte potiguar. De acordo com a reportagem, a vítima foi surpreendida por homens que chegaram encapuzados em veículo de cor branca.

Segundo a Polícia Militar, cerca de 15 pessoas estavam no local quando aconteceu o atentado. Na ocorrência, ignoraram a presença de testemunhas e atiraram 15 vezes no homem com uma pistola e em seguida efetuaram um disparo de espingarda calibre 12 no rosto da vítima.  Na ocasiãi, uma pessoa também foi atingida pelos tiros, mas foi socorrida.

A motivação do crime ainda é desconhecida. O caso será investigado pela delegacia de Ceará-Mirim.

Texto na íntegra com foto aqui.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Decreto libera campeonato estadual de futebol, e permite abertura de tempos religiosos(com capacidade máxima de 20%)

Conforme o novo decreto estadual,  em vigor a partir de segunda-feira(05) até o dia 16, os eventos esportivos de futebol profissional, previstos em agenda de campeonatos oficiais, poderão ocorrer desde que observada a proibição de público nos locais de treinamentos e partidas, bem como a realização de testes em todos os participantes na véspera de cada disputa.

Fica permitida a abertura das igrejas, templos, espaços religiosos de matriz africana, centros espíritas, lojas maçônicas e estabelecimentos similares, inclusive para atividades de natureza coletiva, respeitadas as recomendações da autoridade sanitária, especialmente o distanciamento mínimo de 1,5 m (um metro e meio) entre as pessoas, a limitação de 1 (uma) pessoa para cada 5 m² (cinco metros quadrados) de área do estabelecimento ou frequência não superior a 20% da capacidade máxima, o que for menor.

Leia íntegra AQUI.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Com o cancelamento do Campeonato Estadual, o torcedor potiguar aguarda como ficam as vagas nas competições nacionais

Foto: Comunicação/FNF

Com o cancelamento do Estadual divulgado nessa quinta-feira(25), o torcedor potiguar, de imediato, questiona como ficam as vagas para Copa do Brasil, Copa do Nordeste Brasileiro da Série D 2021.

A resposta da Federação Norte Riograndense de Futebol(FNF) precisa ser urgente. Os clubes precisam de calendário, ou quebrariam, definitivamente.

Enquanto se tem uma informação oficial, teorias como uma eventual concordância da CBF em aceitar os classificados em 2020 caem na boca do povo.

Opinião dos leitores

  1. Chantagem da federação e clubes, quero saber quem vai devolver os valores dos patrocínios do estadual ao governo do estado e tvband

  2. Quero saber qual suporte financeiro que o governo estadual vai dá aos clubes ? Em um estado em que não se vê nenhum tipo de política pública para o fortalecimento do esporte amador, o esporte salva vidas Sra Governadora, para a Sra e sua equipe que parece que desconhece os benefícios do esporte para a juventude. VERGONHA!!!

    1. O que tem haver o fundo com as calças? Chega de guerra politica gadoooo. Muuuu

    2. O gado é desinformado. A decisão sobre o decreto não foi só dá governadora, mas do prefeito também. O presidente da FNF é que tomou uma decisão louca ou política. E olha que o governo do estado patrocina o campeonato estadual potiguar. Uma irresponsabilidade do presidente da FNF, mais uma .

  3. Decisão pouco inteligente do presidente da FNF. Tem como objetivo único pressionar o governo. Tiro no próprio pé! Medida sem sentido!
    Os que os clubes vão fazer, dispensar os atletas e contratatar tudo de novo para o brasileiro? Claro que não, arcarão com os custos do elenco sem ter um campeonato profissional para servir de preparação. O América será mais prejudicado que o ABC,time de coração do presidente da FNF, que está jogando o Nordestão.
    Acho que o caso do futebol pode sim ser analisado de outra forma pela governadora, mas essa atitude do presidente da FNF, que pode estar blefando, pode sim ser a pá de cal nos clubes potiguares. Os contratos dos jogadores já estão assinados e registrados, só que agora não terão um campeonato pra jogar, MAS AS DESPESAS SERÃO AS MESMAS.

  4. Se ABC e América falirem, não fará a menor diferença. Pelo menos os torcedores selvagens, que brigam entre si e perturbam o sossego das pessoas de bem, vão ter que procurar o que fazer.

    1. Não faz a menor diferença pra vc seu IMUNDO, existem torcedores de bem tbm… existem famílias que amam esses clubes, existem pais de família que vivem de futebol, sejam eles jogadores, imprensa, médicos, preparadores físicos, dentre outros… então se informe primeiro pra não falar merda…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

São Paulo vai fechar escolas e igrejas e parar futebol

O governo de São Paulo vai anunciar nesta quinta-feira a recomendação de fechamento das escolas para aulas presenciais, o fechamento de igrejas e demais templos religiosos e a interrupção de campeonatos esportivos, inclusive de futebol.

As escolas públicas ficarão abertas apenas para crianças que precisem de alimentação. As escolas privadas poderão abrir para receber crianças de pais que precisem trabalhar fora, mas a recomendação na entrevista coletiva será de que adotem o ensino remoto.

O martelo acaba de ser batido em reunião que ainda acontece entre o governador João Doria Jr., secretários e representantes do comitê de contingência da pandemia do Estado.

As medidas, que compõem uma ainda inédita fase roxa do Plano São Paulo, serão anunciadas em entrevista coletiva às 12h45.

Mais cedo, Doria divulgou vídeo de quatro minutos em que prepara terreno para a adoção de medidas mais duras e restritivas. No vídeo, ele classifica a situação do sistema de saúde do Estado como de iminente colapso e afirma que, enquanto não há vacinas em quantidade suficiente, o único caminho é aumentar o isolamento social.

O tucano pede a colaboração da população para respeitar as medidas e cobra o governo federal para a compra de mais vacinas, além das doses já produzidas pelo Butantan e pela Fiocruz.

Na fase roxa não haverá a restrição ao transporte público, que tem sido um dos principais focos de aglomeração.

Vera Magalhães – O Globo

Opinião dos leitores

  1. Essa Lucis, esse Yago João Carlos respondam aqui: Vcs trabalham aonde ou melhor, se é público ou privado? quero ver se vcs são o que dizem.

  2. Esse "lockdown" apenas prova a INCOMPETÊNCIA e IRRESPONSABILIDADE dos governantes que o adotam. Tiveram UM ANO para criar leitos hospitalares e o governo federal repassou MUITO dinheiro para estados e municípios. Por que não criaram os leitos, então? Nada justifica ainda falarem em falta de leitos. Cadê os hospitais de campanha? Absurdo!

    1. Quem ia “gestar” o leito? Você mesmo?
      Você acha que um leito de UTI opera sozinho?
      Esclerosado.

  3. BG!!
    TO SÓ ESPERANDO PRA VÊ COMO VAI SER A NOVA NARRATIVA DESSES SEM VOTOS, O CALÇA COLADA, CIRO GOMES, LUCIANO HULK, E MANDETA DEPOIS DO PRESENTE DO FAQUIM A LULA LADRÃO.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    São uns pelezão, tô esperando só pra eu da risada.
    Rsrsrs…

    1. Por ele era capaz de ter outro show de Safadão esse final de semana. Tudo seguindo os “protocolos”. Kkkkkkkk.

  4. nunca deveriam ter aberto as escolas, verdadeira burrice fazer isso nesse momento… sabe porque vai morrer muito mais gente neste país? porque não sabem fazer nada por completo, é sempre tudo pela metade!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

CBF divulga números da pandemia no futebol e decide continuar com jogos: “É seguro, responsável e controlado”

Walter Feldman, secretário-geral da CBF — Foto: Tatiana Korps/Divulgação

A CBF divulgou na manhã desta quarta-feira, numa transmissão ao vivo por meio do seu canal no Youtube, um relatório da efetividade do protocolo de segurança e combate ao coronavírus e defendeu a continuidade dos campeonatos nacionais, organizados pela entidade, em meio ao auge da pandemia no Brasil.

– A aplicação do protocolo sanitário, com a convicção ainda mais forte que nós já tínhamos no ponto de vista teórico, em agosto, quando retomamos. Mas agora com convicção da aplicação na prática. O futebol é seguro, controlado, responsável e tem todas as condições de continuar – disse Walter Feldman, secretário-geral da CBF, antes de passar a palavra ao médico Jorge Pagura.

Esse é o pior momento da pandemia no Brasil. Nas últimas 24h, 1.954 pessoas morreram no país vítimas da Covid-19, um recorde. Ao todo, o Brasil perdeu 268.568 vidas para o vírus até a noite de terça. Só em março, já são 13.550 mortes registradas em solo brasileiro.

Alguns dados apresentados pelo relatório da CBF:

De agosto até o fim da temporada passada, marcada pela final da Copa do Brasil, 367 equipes estiveram envolvidas em competições da CBF em 20 campeonatos diferentes. Foram 2.423 partidas ao todo.

Foram realizados testes de Covid nos 26 estados + Distrito Federal. Ao todo, foram 112 municípios brasileiros.

Foram feitos 89.052 testes PCR em pessoas envolvidas nas partidas – desses, 13.237 foram atletas. Nenhum jogador entrou em campo sem ser testado. A CBF informou que apenas 2,2% de todos os testes deram positivo.

Em seguida, Pagura, que é o coordenador médico da CBF, apresentou alguns dados e informações sobre o protocolo que explicam a decisão da entidade em seguir com os campeonatos no Brasil.

– Trabalhamos em conjunto para que a gente pudesse realizar nossa atividade. Somos médicos, treinados para salvar e não há nada mais importante que a vida. Reconhecemos também o problema social como perda de empregos. Tentamos unir preservação da saúde de qualquer maneira e tentar elaborar um protocolo que preenchesse alguns preceitos. 1º: segurança de todos; 2º: controlabilidade; 3º: manutenção das atividades. Isso norteou o nosso trabalho – disse Pagura.

“Na curva de ocorrência por 200 mil habitantes, o futebol se dissociou. Quando tem alguns picos, rapidamente volta ao normal. Eram surtos isolados. Tanto que depois baixava”, acrescentou Pagura.

Foto: Reprodução

O coordenador médico da CBF concluiu reafirmando o que disse Feldman: que o futebol é uma atividade “segura e responsável”.

– A CBF protegeu os jogadores. Não só isso, ela protegeu quando foi buscar o positivo e tirar ele de circulação. Não só do futebol, mas das atividades do dia a dia. E isso pode realmente ser aplicado para a manutenção de algumas atividades. Eu tenho absoluta convicção que, seguindo as medidas, posso afirmar que o futebol mostrou-se uma atividade responsável e segura.

No fim da apresentação do relatório, Feldman e os médicos responderam a perguntas enviadas por jornalistas. Uma delas foi sobre como realizar partidas da Copa do Brasil em cidades com restrições.

– A posição da CBF, federações e clubes é de que o calendário deve ser mantido como contribuição do futebol e combate a pandemia. As partidas da Copa do Brasil estão mantidas. Se houver estado ou cidade que não podem receber jogos, há uma decisão do ano anterior que elas seriam realocadas para outras cidades ou estados – respondeu Feldman.

Caso Valvídia

No dia 16 de janeiro deste ano, um caso chamou atenção na Série B do Brasileirão: Valvídia, do Avaí, foi comunicado no intervalo do jogo contra o CSA que havia testado positivo para coronavírus e, portanto, foi retirado da partida.

Convidado para a apresentação do relatório, o epidemiologista Bráulio Roberto Marinho explica o que ocorreu.

– O Valdívia jogou o primeiro tempo da partida, o teste positivo foi comunicado no intervalo. Acompanhamos os 14 dias seguintes no CSA. Três dias depois, 19 testes e nenhum positivo. Seis dias depois, 18 testes e nenhum positivo. Treze dias depois, outros 19 testes e nenhum positivo. Mesmo no cenário extremo, não há a transmissão do vírus em campo – disse.

Ajustes para 2021

A CBF também apresentou em seu relatório alguns ajustes que serão aplicadas no protocolo para a temporada 2021 que acabou de começar. Sobretudo, no processo de testagem e acompanhamento de jogadores e membros das comissões técnicas dos clubes.

Testes RT-PCR em média 72h antes de cada partida para atletas e EXTENSIVO à comissão técnica no campo de jogo.

Testes RT-PCR após 72 horas do retorno da delegação nas rodadas como visitantes, se o intervalo para a partida seguinte exceder cinco dias

Notificação compulsória dos casos positivos à Comissão Médica Especial da CBF – obrigatória para análise de liberação do isolamento respiratório

Globo Esporte

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Globo ficará sem futebol às quartas-feiras até o fim de março

Foto: Ilustrativa

Até o fim de março, a Globo não vai ter futebol nas noites de quarta-feira. Nas próximas cinco semanas, a emissora vai exibir filmes e séries para preencher a lacuna dos jogos. A última rodada do Brasileirão está marcada para o dia 25 de fevereiro, uma quinta-feira à noite.

Além do calendário bastante alterado por causa da pandemia do novo coronavírus, existe uma questão comercial envolvida. E a política de exibição dos Estaduais que ainda possuem contrato com a emissora também explica a mudança.

A final da Copa do Brasil de 2020, entre Palmeiras e Grêmio, está marcada para os dias 28 de fevereiro e 7 de março — dois domingos. Isso foi pedido pela Globo por causa de um ajuste comercial. O pacote publicitário do futebol 2021 só pode começar após a final do mata-mata, que pertence ao acordo de 2020. Com isso, sem futebol às quartas e sem mostrar jogos do Estadual logo no início, a emissora não mistura seu cronograma com os anunciantes.

Na próxima quarta (17), a Globo terá uma edição mais longa do “Big Brother Brasil 21” e a sessão “Cinema Especial” com o filme “Rampage”, protagonizado por The Rock. A mesma estratégia será utilizada nas duas semanas seguintes. No dia da última rodada do Brasileirão (25), além do futebol será transmitida uma edição especial do “Segue o Jogo”, programa pós-jogo apresentado por Lucas Gutierrez.

Nas primeiras semanas de março, quando os Estaduais estiverem em suas rodadas iniciais, a Globo continuará não mostrando jogos, como já tem feito nos últimos anos, por considerar que os torneios não possuem tanto apelo junto ao telespectador. Entre os dias 3 e 17, a emissora exibirá às quartas o documentário “Em Nome de Deus”, que relata as acusações do médium João de Deus, condenado por abuso sexual.

O futebol voltará a ocupar seu dia nobre durante a semana somente em 24 de março. O jogo previsto é do Campeonato Paulista, que já estará em fase mais avançada. Sem os direitos do Campeonato Carioca, que fechou com a Record até 2022, o Paulistão será exibido em lugares onde não chegava antes — como cidades do Norte e Nordeste.

Para 2021, a Globo tem prevista a exibição do Campeonato Brasileiro, da Copa do Brasil, da Supercopa do Brasil e de alguns Estaduais. A emissora está na briga por direitos de outros eventos, como os da Champions League, para tentar aumentar seu portfólio, que sofreu diversos desfalques nos últimos meses.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

UOL – Gabriel Vaquer

Opinião dos leitores

  1. Quem vai assitir o carioca com Flamengo sub 20 , Vasco e Botafogo times de segunda divisão. Da mais audiência o BBB. Não assisto mais que dá, dá.

  2. Falando futebol, vou comparar dois extremos , Lewandowski do Bayer foi eleito o melhor do mundo, e o nosso lewandowski do supremo, o pior do Brasil, meu Deus

    1. BG
      E a formula 1????, tchau globo lixo, agora é na BAND, vão é fechar brevemente.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FAÇA O QUE DIGO, NÃO O QUE FAÇO – (VÍDEO): Crítico de aglomerações, Felipe Neto joga futebol e depois se desculpa; jornalista esportivo o desmente e fala que não foi caso isolado

Foto: Reprodução

Felipe Neto foi filmado jogando futebol nessa segunda-feira (28/12), na academia Rio Sport Center, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. O segurança do youtuber ainda tentou impedir a filmagem, afirmando que seria para “deixá-lo à vontade”. Vale lembrar que ele já criticou aglomerações diversas vezes e insiste em pedir que seu público fique em casa.

No Twitter, Felipe tentou se explicar. “Errei. Decidi jogar um último futebol do ano. Como goleiro, indo e voltando de máscara, sem contato com ninguém e passando álcool em tudo. Ainda assim, é um erro. Não cometerei novamente até a vacina. Peço perdão pelo mau exemplo”, escreveu.

O jornalista esportivo Rica Perrone desmentiu o youtuber e afirmou que ele tem como hábito jogar futebol toda semana e não teria sido um caso isolado. “Mentira. Eu jogo do seu lado e quem te filmou hoje é meu amigo. Você jogou muitas vezes na pandemia. Eu vi. Nem sempre seu segurança manda parar de filmar e consegue igual a hoje. Seja homem, irmão”.

Leo Dias – Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Pais que dá o cabimento a esse asno de Felipe Neto, não pode ir pra frente… Brasil tem muito a crescer.

  2. Existe um total de 0 (zero) pessoas com mais de 2 neurônios que ainda se chocam com a MENTIRA e a HIPOCRISIA da esquerda. Essa gente é doente, tem trazido trevas pra o mundo, nossa esperança é que um dia é que muitos desses zumbis ideologizados acordem.

  3. Lamentável que o blog dê espaço a uma figura cujo comportamento vai contra todos os conceitos morais da sociedade. Um jovem sem respeito as pessoas conservadoras e que tem incontáveis acusações sobre pedofilia. Um rapaz que fez a escolha por uma forma de vida pra lá de questionável e que vem sendo apoiado por aqueles que praticam as mesmas coisas que ele divulga.
    Se estão em dúvida, vejam seus vídeo, postagens e mensagens.
    BG sei que seu espaço é democrático, mas precisa ter um mínimo de seletividade.

    1. O que Bolsonaro fez de difrente do discurso nesta pandemia?
      A acusação não é justamente de não entrar na pilha da histérica trancacionista?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

América anuncia Ricardo Bezerra como diretor de futebol

O América anunciou em suas redes sociais nesta sexta-feira(02) que o empresário Ricardo Bezerra volta ao cargo de Diretor de Futebol do Alvirrubro para trabalhar ao lado do, agora presidente, Ricardo Valério.

Na manhã desta sexta (2), os dirigentes conversaram com o grupo americano antes do início dos trabalhos.

Opinião dos leitores

  1. Jogou bola,entende de futebol,tem boa capacidade de agregar,tenho certeza que agora o America vai subir.
    Parabéns!!!!

    1. Vai, vai virar, a Kombi kkkkkkkk mais um ano na D, se não for jogar o Jerns kkkkk

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Decreto permite jogos de futebol com torcida em 30% no estado do Rio de Janeiro

Foto: REUTERS/Ricardo Moraes/Direitos reservados

O governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, publicou, na última quarta-feira (23) no Diário Oficial, um decreto que autoriza a presença de torcida em estádios de futebol. De acordo com o texto, somente municípios das regiões de saúde que estejam na bandeira amarela ou verde poderão receber torcedores.

O decreto 47.290 exige a apresentação de um protocolo para cada estádio de futebol, validado pelas entidades desportivas e sanitárias locais. O protocolo deverá ser apresentado em até 72 horas antes da data da realização da partida, e precisa seguir as diretrizes do Plano de Retorno dos Torcedores aos Estádios de Futebol da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Os protocolos apresentados deverão respeitar a lotação máxima de 30% da capacidade total dos estádios, com distanciamento de, no mínimo, dois metros entre as pessoas, exceto grupos familiares. Além disso, será obrigatório o uso de máscara facial, a realização de aferição de temperatura e triagem de sintomáticos respiratórios no momento do acesso ao estádio, o fornecimento de álcool em gel 70% (ou preparações antissépticas ou sanitizantes de efeito similar) a toda a torcida presente, e a contratação de equipe para higienização dos corrimãos, assentos e locais de circulação do estádio.

Em relação ao comércio, lojas, restaurantes, lanchonetes e bares serão abertos com o restrito cumprimento das orientações sanitárias locais. O protocolo também exige a realização de Campanha de Conscientização sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento precoce da Covid-19, com divulgação de informativos do Ministério da Saúde, Secretaria Estadual e Municipais de Saúde junto à torcida.

Quem descumprir o decreto poderá sofrer advertência, multa de 5 mil UFIR-JR na primeira reincidência, e a proibição de realização de novas partidas de futebol no local por 15 dias corridos, em caso de segunda reincidência.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Messi lidera ranking de jogadores mais ricos do futebol; Neymar aparece em 3º

Foto: © Albert Gea/Reuteurs/Direitos Reservados

Messi não conseguiu concretizar o que seria uma transferência multimilionária do Barcelona neste mês após uma disputa contratual, mas o craque argentino ainda continua sendo o jogador de futebol mais bem pago do planeta.

Segundo uma lista organizada pela Forbes, os vencimentos de Messi no ano chegaram a US$ 126 milhões (US$ 92 milhões em salário e US$ 34 milhões em contratos de patrocínio).

Como era de se esperar, Cristiano Ronaldo aparece em segundo lugar na relação com vencimentos de US$ 117 milhões. O atacante da Juventus tem também o status de jogador de futebol com mais seguidores nas redes sociais.

O brasileiro Neymar aparece em terceiro na lista da Forbes, com vencimentos de US$ 96 milhões, enquanto seu companheiro de PSG Kylian Mbappé é o quarto com US$ 42 milhões.

O campeonato inglês continua sendo a liga mais rica do planeta, apesar de apenas três de seus jogadores figurarem na lista dos 10 mais bem pagos: o atacante egípcio Mohammed Salah (Liverpool), em quinto com US$ 37 milhões, o meia francês Paul Pogba (Manchester United), em sexto com US$ 34 milhões, e o goleiro espanhol David De Gea (Manchester United), em 10º com US$ 27 milhões.

O francês Antoine Griezmann (Barcelona) aparece em sétimo, e o galês Gareth Bale (Real Madrid) é o oitavo. O atacante Robert Lewandowski (Bayern de Munique), único jogador da liga alemã, é o nono.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Decreto da Prefeitura libera funcionamento de escolinhas de futebol e arenas de society em Natal

(Foto: Reprodução/DOM)

Decreto publicado nesta quarta-feira (09) pela Prefeitura de Natal autoriza a reabertura e o funcionamento das arenas de futebol society e das escolinhas de futebol no município, inclusive com realização de jogos, durante a pandemia do novo coronavírus.(ÍNTEGRA AQUI)

DECRETO N.º 12.049 DE 08 DE SETEMBRO DE 2020

Autoriza a reabertura e o funcionamento das arenas de futebol society e das escolinhas de futebol no Município do Natal, e dá outras providências.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DO NATAL, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 55, incisos IV e VIII, da Lei Orgânica do Município de Natal,

CONSIDERANDO que compete aos Municípios disciplinar o funcionamento do comércio local;

CONSIDERANDO que após o início da Fase 3 da reabertura gradual e responsável do comércio e serviços no âmbito do Município do Natal, não houve diminuição da disponibilidade de leitos de estado crítico e de UTI na rede Municipal de Saúde;

CONSIDERANDO a diminuição do número de atendimentos de casos com COVID-19 nas unidades de saúde deste Município;

DECRETA:

Art. 1º. Fica autorizada a reabertura e o funcionamento das arenas de futebol society e das escolinhas de futebol no Município do Natal, desde que atendidas as seguintes restrições:

I – É permitida apenas a presença dos participantes inscritos para o jogo, não se estendendo a permissão a familiares, amigos ou torcida. Para as escolinhas de futebol, é permitida apenas a presença dos pais ou responsáveis;

II – Cada participante deverá ter sua temperatura corporal aferida antes do início da partida;

III – Cada participante deverá levar seu próprio material, sendo vedado o compartilhamento de uniformes, coletes e demais itens;

IV – Higienização das mãos com álcool 70º INPM antes e depois de cada período das partidas;

V – Utilização obrigatória de máscaras de proteção, exceto durante a prática do esporte;

VI – Ao final dos jogos, as equipes deverão se retirar do local do jogo, não sendo permitidas confraternizações;

VII – Os banheiros e vestiários deverão ser utilizados apenas para uso dos sanitários, sendo vedado o uso dos chuveiros.

Art. 2º. A fiscalização caberá à SEMDES, PROCON, SEMURB, SEMSUR e SMS, que poderão, inclusive, interditar o estabelecimento que descumprir as regras estabelecidas pela Administração Pública Municipal.

§1º. Em caso de descumprimento das medidas previstas neste Decreto, as autoridades competentes devem apurar as eventuais práticas de infrações administrativas previstas no artigo 10 da Lei Federal nº. 6.437, de 20 de agosto de 1977, e de crime contra a saúde pública, nos termos do artigo 268 do Código Penal.

§2º. Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito, não sendo reincidente o infrator na mesma infração, quando a autoridade, considerando o histórico do infrator, entender esta providência como mais educativa.

Art. 3º. As normas sanitárias municipais que tratam do enfrentamento à COVID-19 e que foram editadas nos Decretos anteriores permanecem vigentes.

Art. 4º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Palácio Felipe Camarão, em Natal/RN, 08 de setembro de 2020.
ÁLVARO COSTA DIAS
Prefeito

Opinião dos leitores

  1. Já está cansativo esse assunto de retorno as aulas.Na verdade todas as escolas deveriam retomar só em 2021.Vamos agora é pensar no risco de contagio nas eleições.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *