TST derruba decisão do TRT-RN e autoriza jogos de futebol às 11h, mas prevê adicional e pausas

Foto: Ilustrativa

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode promover partidas entre as 11h e as 13h. No entanto, em caso de calor excessivo, os atletas passam a ter direito ao adicional de insalubridade e a pausas para hidratação e recuperação térmica.

A decisão é da 3ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho ao reformar acórdão do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (RN) que havia proibido jogos nesse horário. A decisão vale para todo as competições organizadas pela CBF.

A ação foi proposta pelo Ministério Público do Trabalho, que alegou que a CBF, ao fazer jogos nesse horário, estaria “institucionalizando a precarização do meio ambiente de trabalho e comprometendo o rendimento e a saúde dos atletas em troca de maior retorno financeiro”.

A 1ª Vara do Trabalho de Natal e o TRT, ao vedarem jogos das 11h às 14h, determinaram também que, a partir da medição de 25° de acordo com o Índice de Bulbo Úmido Termômetro de Globo (IBUTG), a partida deveria ter duas paradas médicas de três minutos para hidratação, aos 30min e aos 75min do jogo. A partir de 28° IBUTG, o jogo teria de ser interrompido até a queda da temperatura ou totalmente suspenso. Foi fixada ainda a multa de R$ 50 mil por jogo realizado em desacordo com a decisão.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

Fifa anuncia banimento perpétuo de Ricardo Teixeira de atividades ligadas ao futebol

Ricardo Teixeira foi presidente da CBF entre 1989 e 2012 — Foto: Getty Images

 

A Fifa anunciou nesta sexta-feira o banimento perpétuo do ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira do futebol por conta de violações no código de ética. Segundo comunicado, a câmara decisória do Conselho de Ética da entidade considerou Teixeira culpado de crimes de suborno, aplicando a pena, que o proíbe de exercer atividades ligadas ao futebol para sempre. Ele também foi multado em 1 milhão de franco suíços (R$ 4,2 milhões). O advogado de Ricardo Teixeira, Michel Assef Filho, declarou que vai recorrer da decisão ao Comitê de Apelação da própria Fifa.

A investigação do Conselho de Ética analisou atividades de Ricardo Teixeira entre 2006 e 2012, focando em contratos da CBF, Conmebol e Concacaf com empresas de mídia e direitos de transmissões de TV. O conselho considerou que Teixeira violou o artigo 27 do Código de Ética, que diz respeito a suborno, e decidiu aplicar a pena máxima – que também foi imposta a outros ex-presidentes da CBF, como Marco Polo Del Nero e José Maria Marín.

– Eu entendo que esse resultado no âmbito da Fifa era previsível, por ter havido cerceamento de defesa, e que tenho confiança de que o Tribunal de Justiça Suíço reformará a decisão para absolvê-lo, já que nessa esfera os princípios processuais serão observados e respeitados – disse o advogado de Teixeira, Michel Assef Filho.

Ricardo Teixeira presidiu a CBF entre 1989 e 2012, por cinco mandatos consecutivos, e também ocupou cargos nos Comitês Executivos da Fifa e da Conmebol. O brasileiro foi acusado de receber e distribuir propinas em contratos com empresas de mídia, desde que veio à tona o escândalo que levou para a cadeia dezenas de dirigentes do alto escalão da Fifa, em 2015.

O processo conduzido pelo FBI e a Justiça dos Estados Unidos colocou Teixeira como um dos pivôs de um esquema de corrupção. Um relatório elaborado pelo advogado Michael Garcia em 2014, que só veio à tona em 2017, afirmou que o ex-presidente da CBF violou seis artigos do Código de Ética: artigo 13 (regras gerais de conduta), artigo 15 (lealdade), artigo 19 (conflito de interesses), artigo 20 (oferecer e aceitar presentes e outros benefícios), ártico 21 (propina e corrupção), artigo 22 (comissão).

Em dezembro de 2017, o governo dos Estados Unidos publicou documentos que ligariam Teixeira a José Maria Marin e Marco Polo Del Nero – com os três envolvidos em um esquema de subornos milionários de agências de marketing esportivo. Áudios e documentos que vieram à tona em 2018 revelaram como funcionava a distribuição de propina.

Globo Esporte

 

 

FOTOS: Futebol de VÁRzea: terrão em Goiânia usa câmeras de segurança e implanta o árbitro de vídeo

 Fotos: Reprodução / TV Anhanguera

O campeonato amador da região leste de Goiânia não é brincadeira. Se tiver polêmica, chamem o árbitro de vídeo! Utilizado pela primeira vez no Campeonato Brasileiro em 2019, o VAR virou o centro das discussões após muitas rodadas e gerou divergências entre clubes, críticos e torcedores.

Polêmicas à parte, a organização do jogo entre Bragantino e Ferragista Leste, que decidiram o campeonato disputado em um campo de terrão, usou a tecnologia e a criatividade para implantar o árbitro de vídeo no torneio, vencido nos pênaltis pelo Ferragista Leste.

Com câmeras de segurança instaladas em postes e no telhado do ginásio vizinho, o árbitro pôde checar instantaneamente qualquer lance necessário. Diferente do futebol profissional, os times envolvidos na partida também têm direito a pedir revisão do lance – uma vez cada. A novidade foi aprovada pelos jogadores e pela comunidade da região leste.

– Nós tivemos essa ideia de trazer o árbitro de vídeo para enriquecer o campeonato e para ajudar a arbitragem, checando alguma jogada desleal e punindo o jogador, pois no futebol de várzea não tem aquela segurança do futebol profissional – diz Maurício Ricardo, o organizador do campeonato.

Na final, o árbitro não teve tanto trabalho e checou no vídeo apenas um possível lance de pênalti, que não foi confirmado. Após 1 a 1 no tempo normal, o Ferragista Leste venceu nos pênaltis por 3 a 2.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ABC disse:

    Tá atrasado, na Pelada do Tio Gilson que ocorre há 9 anos, o VAR já é utilizado desde junho kkkk

    • Bento disse:

      Tá atrasado você.
      Não documentou, não registrou, inexistência de provas.
      O exemplo acima é inédito

    • Girafa disse:

      Chico Bento tudo foi registrado, vai tirar leite do boi…

Renato Gaúcho vê “futebol brasileiro acabando”, livra somente 4 times, e diz que restante “joga feio”, apenas para “se defender”

Foto: Eduardo Moura

A entrevista coletiva do técnico Renato Gaúcho após a derrota do Grêmio para o Bahia, na noite de quarta-feira, foi marcada pela sinceridade quanto ao desempenho ruim da equipe na Arena. Mas ele também discursou sobre o nível do futebol brasileiro atual sem papas na língua.

“Na minha época, era inadmissível jogar dessa forma. Hoje em dia, o futebol brasileiro está acabando. Cada um faz o que quer, mas minha equipe sempre vai jogar para frente, buscando a vitória”

Assim como em tantas outras declarações, o treinador afirmou que 90% dos times no país jogam “feio”, ou seja, apenas para se defender. Acima de todas essas equipes, estariam somente quatro: Grêmio, Santos, Athletico-PR e Flamengo.

“As pessoas jogam pelo resultado, para se defender. E aí vocês (jornalistas), que são os críticos, deveriam se meter um pouco mais.

Vou destacar quatro equipes que gostam de ganhar: Grêmio, Santos, Athletico-PR e Flamengo. O resto joga por resultados”

As palavras de Portaluppi ganharam tom mais forte diante do que ele viu do próprio Bahia, que adotou uma postura mais cautelosa e procurou sair nos contra-ataques. Só que deu certo, e a equipe de Roger Machado saiu de Porto Alegre com três pontos na bagagem a partir de um gol de pênalti no fim do jogo.

“Se você quer futebol feio, eu vou armar minha equipe da maneira que muitas equipes se armam e aí o jogo vai terminar 0 a 0. Porque ninguém vai buscar a vitória. Todo mundo quer se defender”

Apesar de não usar a estratégia do Bahia para justificar a derrota do Grêmio, Renato voltou a destacar um de seus mantras.

Segundo ele, os seis títulos conquistados em três anos de trabalho mais do que explicam a escolha por um sistema ofensivo.

“Fico feliz por ter colocado a minha equipe há três anos jogando futebol bonito e chegando em todas as competições. Os números estão aí. Eu jamais vou mudar meu pensamento porque, na minha cabeça, no futebol brasileiro não tem espaço para retranca”

Sob o comando de Renato, o clube gaúcho tem priorizado um jogo com domínio da posse de bola, toques curtos e inúmeras chances criadas. Na noite de quarta, faltou produtividade. Porém, rechaçou igualar o pensamento dos demais times brasileiros.

“Meu time, quando joga feio, joga como a maioria dos times brasileiros. É difícil ver o Grêmio jogar assim. Mas, se precisar, a gente joga. Sem problema algum. Noventa por cento das equipes do futebol brasileiro jogam feio todos os jogos”

Durante a entrevista, o comandante citou que “a cada 10 partidas, o Grêmio joga uma mais ou menos, uma mal e oito bem”. Mas também disse aceitar a classificação sobre o Flamengo, na semifinal da Libertadores, jogando “feio”. Tudo dependeria, contudo, de seus jogadores fugirem das qualidades que possuem.

“Se você me der essa certeza de jogar feio contra o Flamengo e classificar, digo sim. Mas meu time não sabe jogar feio. Uma vez que outra dá uma zebra. Meu time tem muita qualidade. Eles (jogadores) se atrapalham quando querem jogar feio”

Com jogo feio ou não, a certeza é que o Grêmio volta a campo já no próximo sábado, diante do Fortaleza, no Castelão. Depois da partida pelo Brasileirão, é tudo Libertadores: o Tricolor decide vaga na final contra o Flamengo, na quarta, no Maracanã.

Globo Esporte

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Hércules disse:

    Ei !!! RENATO TEM SEIS TÍTULOS EM 3 ANOS RESPEITA . ESTÁ FALANDO A VERDADE ENXERGA QUEM QUER.

  2. Wellington disse:

    Fala muita besteira. Oportunismo

  3. PITANGA disse:

    Fala muito!

  4. Alaca disse:

    A conversinha é essa, corta a grana e a gente vê quem gosta doque.

  5. Diogo disse:

    Os 4 "grandes" são os que recebem uma caralhada de dinheiro lavado, com patrocínios até na meia, fora uma certa rede de televisão.

Futebol com os amigos exige cuidar do coração em qualquer idade

Foto: Pixabay

A prática recreativa de esportes, como aquele futebol semanal com os amigos, precisa ser acompanhada de visitas regulares ao médico, mesmo que você tenha menos de 30 anos e nenhum sinal de doença cardíaca. Este é o recado dos cardiologistas para quem estiver preocupado após a notícia da morte do filho do ídolo do futebol brasileiro Cafu.

Danilo Feliciano de Moraes, 30, faleceu na noite de quarta-feira, depois de passar mal enquanto jogava uma partida entre amigos na casa do pai, em Alphaville, condomínio na região metropolitana de São Paulo. As circunstâncias específicas da morte de Danilo não são conhecidas, mas se sabe que ele já teria enfrentado um infarto há alguns anos.

O cardiologista Fernando Costa, diretor da Sociedade Brasileira de Cardiologia, diz que a pré existência de uma doença cardíaca não impede necessariamente a prática desportiva por uma pessoa jovem. Mas o mais importante a ser observado é que a ausência de qualquer sinal de problemas também não serve como desculpa para que não se ter cuidados regulares com o coração.

“Pode ter tido um infarto e jogar? Pode. Pode ter uma arritmia e jogar? Pode”, diz Costa, ressaltando que é necessário o ok de um médico, exames específicos e, eventualmente, tratamento.

“Não tem nada, nenhum sintoma, nenhuma anomalia aparente nos exames? Mesmo assim, o ideal é fazer avaliação todos os anos. Se você tem um carro e faz revisão obrigatória, por que não fazer com você mesmo?”

Consulta e eletrocardiograma devem ser anuais

O cardiologista lembra que a sensação de super poderes que os jovens normalmente têm costuma atrapalhar a prevenção de problemas cardíacos.

A detecção de anomalias no funcionamento do coração pode ser feita com a visita ao médico, que vai ascultar coração e pulmão com cuidado, medir a pressão adequadamente e fazer uma avaliação física geral.

Depois, um exame simples de eletrocardiograma mostrará se o coração está mesmo funcionando como deveria.

Se tudo estiver bem nos exames, a pelada de fim de semana está liberada. Mas é preciso repetir os exames anualmente, para evitar qualquer tipo de surpresa.

O cardiologista chama a atenção para o fato de que a porcentagem de pessoas com doenças cardíacas não é alta, mas estas doenças podem ser letais. “Quem tem uma doença escondida, tem a fatalidade ao seu lado”, alerta Costa.

Prática irregular de esportes

A prática de esporte sempre força o coração, em qualquer situação. Por isso, se existe uma anomalia qualquer, aquela atividade se torna um risco.

“Só joga no fim de semana? Esta situação ainda é pior. Quem pratica atividade física sem regularidade está mais exposto”, diz o médico.

A regularidade da atividade física serve para blindar o coração. Assim como para prevenir um estiramento muscular se faz alongamento antes de entrar em campo, o coração precisa estar “aquecido”. Só que não adianta fazer isso minutos antes do jogo.

“A recomendação é sempre a mesma: 40 minutos de caminhada diários são o mínimo a se fazer”, ressalta Costa.

Para os mais jovens, que costumam ser mais “abusados”, o cardiologista lembra: “É possível que o esporte seja só recreação.”

Mas sempre com cuidados.

R7

 

Tite completa 3 anos na Seleção: de ídolo nacional a alvo de vaias

Foto: Reprodução/IG

Tite foi de intocável a reles mortal. Na última quinta-feira, o técnico completou o terceiro ano à frente da seleção brasileira justamente quando é alvo de maiores pressões externas e contestações. A data chega durante a Copa América no Brasil, após o 0 a 0 com a Venezuela.

Em 20 de junho de 2016, ele recebia um beijo no rosto do então presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, ganhava uma camisa de presente para sua mãe, Dona Ivone, e proferia aos jornalistas as primeiras palavras no cargo. O salto de qualidade nas atuações da equipe, de forma quase instantânea, alçaram o técnico Tite à condição de ídolo nacional.

Três anos depois, ele deixou a Fonte Nova sob vaias . A seleção só acertou uma finalização a gol em 19 tentativas, encerrando os 100% de aproveitamento do técnico em casa, após 12 jogos. Sem provocar o mesmo fascínio de antes, Tite prometeu melhora:

“Temos obrigação, sim, de jogar melhor e ter o resultado. A expectativa é que a seleção evolua no decorrer da competição. Vamos evoluir. Podem me cobrar”, avisou.

Derrotas são raras, é bem verdade. Em três anos, foram só duas nas 38 vezes que o Brasil entrou em campo — a mais doída para a Bélgica, nas quartas de final da Copa do Mundo. Mas as vaias à seleção nos primeiros jogos na Copa América são o desabafo de uma torcida que espera a rearrumação do time no ciclo que se iniciou após a eliminação na Rússia. Dos titulares na Fonte Nova, oito são convocados desde que Tite assumiu. O trabalho não está começando do zero.

Quebra-cabeça no ataque

 

Por enquanto, a retomada das boas atuações não vingou, especialmente no ataque. As tentativas quase desesperadas de variação contra a Venezuela apontam que ainda não há uma confiança cega em uma formação ofensiva. Com o desempenho ofensivo irregular, a equipe corre risco até de terminar em terceiro no Grupo A.

Para ser primeiro sem depender de outros resultados e cruzar com um adversário teoricamente mais fácil nas quartas de final, o Brasil enfrentará o Peru, na sexta-feira, na Arena Corinthians, com a obrigação de vencer.

O time ideal, sobretudo pela ausência de Neymar, ainda é um quebra-cabeça em processo de montagem. O atacante, por si só, mexeu com as bases da seleção pelo comportamento em campo e pelos problemas fora dele. O técnico apostou no craque como capitão, mas ficou na parede diante de um soco dado pelo jogador em um torcedor e lhe tirou a faixa. Mas nem o episódio fez com que Tite deixasse de derramar elogios a Neymar. A cortesia se estende ao pai do jogador.

Defensor de trabalhos a longo prazo, Tite também se vê num cenário de dificuldade para reencontrar o ponto de equilíbrio no meio. Nomes importantes ficaram pelo caminho, como Paulinho e Renato Augusto. O momento atual demanda adaptação a um esquema tático novo, já que o 4-1-4-1 deu lugar ao 4-2-3-1, e a busca pelo sucesso da conexão entre o que Tite tem na cabeça e a prática da seleção com novatos.

Na criação, Coutinho ganhou liberdade. Ele e Richarlison foram os que mais vezes estiveram em campo no momento em que os gols do Brasil saíram no pós-Copa: em 12 jogos, 21 dos 28 gols. Olhando o cenário geral desde a chegada de Tite, Coutinho é o terceiro principal artilheiro da seleção, com 12 gols, ficando atrás de Neymar (14) e Gabriel Jesus (16).

Defesa a Fernandinho

 

Além da queda de desempenho da seleção, Tite nestes três anos comprou o barulho de Fernandinho e acumula desgaste por isso. O treinador convenceu o volante a voltar ao grupo depois de ele pedir afastamento após a eliminação na Rússia. Na estreia na Copa América, Fernandinho foi titular. Contra a Venezuela, a entrada dele no segundo tempo foi o estopim para intensas vaias: a torcida esperava mexida mais ousada.

Tite também tem sido um valioso porta-voz para a CBF. E isso se viu no primeiro dia de trabalho, esquivando-se de perguntas sobre Del Nero. Embora veja crescer o fim do encantamento do torcedor com o técnico, a entidade não dá sinais de demissão. O presidente Rogério Caboclo assegura a manutenção de Tite até 2022: por não querer jogar por terra o discurso de continuidade e também por falta de um substituto à altura.

IG

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG
    Já devia ter recebido bilhete AZUL desde os 7 a 1 pra Alemanha, é um babaca

  2. Bento disse:

    Fala muito.

  3. Zé Ruela disse:

    Parece que não vai ganhar nada. Perdendo a copa america dispensa e traz um estrangeiro, o treinador do Santos é uma boa opção.

COBRANÇA: Dono do PSG quer compromisso total de Neymar: ‘Ninguém o obrigou a assinar’

Resultado de imagem para dono do psg e neymar

Foto: Agência EFE

Após mais uma temporada de altos investimentos e apenas um título, do Campeonato francês, o presidente do Paris Saint-Germain, o xeque catariano Nasser Al Khelaifi, perdeu a paciência. Em entrevista à revista France Football publicada nesta segunda-feira, o mandatário mandou uma mensagem clara para o grupo de jogadores dizendo que não vai mais aceitar o comportamento de popstars e cobrou mais comprometimento com a equipe. Sobre as especulações do possível descontentamento de Neymar no clube, o dirigente também foi claro: “Ninguém obrigou Neymar a assinar com o PSG”.

“É claro que há contratos a serem respeitados (Neymar assinou com o clube francês até 2022), mas a prioridade agora é o compromisso total com o nosso projeto. Ninguém obrigou Neymar a assinar com o PSG. Ninguém o forçou. Ele veio conscientemente para participar no nosso projeto”, afirmou.

As declarações de Nasser Al Khelaifi são um desabafo pela falta de conquistas da equipe. Este ano, além de mais uma amarga eliminação nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, após vencer o Manchester United na Inglaterra e perder em casa, a equipe também fracassou na Copa da Liga Francesa, perdendo para o modesto Guingamp, e foi vice-campeã da Copa da França, sendo derrotada pelo Rennes na decisão.

“Os jogadores terão que assumir as responsabilidades muito maiores do que antes na próxima temporada. Têm que ser completamente diferente. Terão que fazer mais, trabalhar mais. Não estão aqui para se divertirem. E se não concordarem com este ponto de vista, as portas estão abertas. Adeus! Não quero continuar a ter jogadores comportamentos de popstars”, completou

E para quem não estiver contente com a mudança de postura dentro do clube, o cartola afirmou que não tem problema em negociar os seus atletas. “Quero jogadores dispostos a dar tudo para defender nossa camisa e para participar no projeto do clube. Aqueles que não querem, ou não estejam comprometidos, podemos nos encontrar e conversar”.

A única exceção parece ser Mbappé. Apesar de muito cobiçado por gigantes da Europa, o atacante é visto como peça fundamental para o futuro do time. “Estou 200% certo que o Mbappé vai continuar no PSG na próxima temporada”, assegurou Khelaifi.

MUDANÇA DE COMANDO – A primeira movimentação ocorrida dentro do clube foi a troca no comando do futebol. O português Antero Henrique foi dispensado e para seu lugar chega Leonardo, que na última temporada atuou como dirigente do Milan. O brasileiro começou a montagem do atual milionário projeto da equipe parisiense. Durante a sua primeira passagem, entre 2011 e 2013, foram contratados nomes de peso como Ibrahimovic, Thiago Silva, Marquinhos, Verratti e Cavani.

“Eu percebi que mudanças eram necessárias, caso contrário não iríamos a lugar algum (…). Em dois minutos o caso foi resolvido entre nós. Ele (Leonardo) terá todos os poderes esportivos. Leo é o meu cara. Ele é incrível, tenho total confiança nele. Sua autoridade natural fará bem a todos, especialmente aos jogadores”, completou o dirigente.

Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. otavio disse:

    Ouvi dizer q o ABC ja entrou em contato,tem interesse no jogador.

  2. Flávio A disse:

    Se lascou. Contratar por milhões um desequilibrado dessa categoria só vai se ferrar. É um sujeito sem saber o que são valores,com muito dinheiro e se achando o super homem no país que já foi da Bola e hoje é o país que papa bola de todo jeito, herança dos últimos Governos.

ABC: Salton deixa o Futebol; profissional segue prestando assessoria para presidência

Foto: Reprodução via site do ABC

O presidente abecedista, Fernando Suassuna, comunicou nesta quarta-feira (12), a saída também do comando do Departamento de Futebol. O executivo de futebol, Giscard Salton, conversou com a direção e deixou a função.

Agora, o profissional, que tem importantes serviços prestados ao clube, mudará a sua área de atuação. Salton não mais trabalhará na gestão do Departamento de Futebol, ligado à montagem de elenco, trato no dia a dia com atletas e no comando da delegação em viagens e eventos.

Giscard, que tem conhecimento e livre trânsito no futebol do eixo Sul e Sudeste, sendo reconhecido nacionalmente como profissional honesto e ético, prestará assessoria à presidência nas questão de negociação de atletas e viabilização de parcerias com grandes clubes do futebol brasileiro.

No clube desde dezembro de 2017, como executivo de futebol foi responsável pela negociação e definição de parcerias de mais de dez jogadores formados no Alvinegro, o que gerou importantes receitas para o Mais Querido.

Com informações do ABC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Anti-Robô disse:

    Bota ele pra longe, renovação total. Ranielli ao menos é prata da casa.

  2. JBBatista. disse:

    Vai mudar o que? ele vai continuar dando pitaco e vendendo os jogadores que se destacaram no ABC,

Comitê da FIFA confirma banimento de Marco Polo Del Nero, ex-presidente da CBF, de qualquer atividade ligada ao futebol

Del Nero foi banido pela FIFA de todas as atividades relacionadas ao futebol. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O Comitê de apelação da FIFA anunciou, na manhã desta segunda (27), o banimento de Marco Polo Del Nero, ex-presidente da CBF, de qualquer atividade ligada ao futebol. Além de estar impedido de desenvolver qualquer função relacionada ao esporte, Marco Polo terá que pagar uma multa de 1 milhão de francos suíços (cerca de R$ 4 milhões).

Del Nero foi considerado culpado de violar os artigos 21 (suborno e corrupção), 20 (oferecer ou aceitar presentes ou outros benefícios), 19 (conflitos de interesse), 15 (lealdade) e 13 (regras gerais de conduta) do Código de Ética da Fifa.

De acordo com o comunicado da FIFA, a entidade ainda esclarece que “a investigação contra Del Nero apurou esquemas em que ele recebeu propinas em troca de seu papel na concessão de contratos para empresas para a mídia e direitos de marketing para vários torneios de futebol, incluindo a Copa América, Copa Libertadores e a Copa do Brasil”. Del Nero já foi comunicado da decisão, mas até agora não se pronunciou a respeito.

A FIFA começou a investigar o dirigente após o escândalo de corrupção que assolou a entidade em 2015. Sete dirigentes ligados a confederações americanas foram presos em um hotel na Suíça sob a acusação de integrar esquema criminoso em contratos televisivos. Entre os presos estava José Maria Marin, ex-presidente da CBF.

Vale lembrar que desde a investigação, Del Nero não viajou mais para compromisso fora do país, sendo ausência em diversos eventos para representar a CBF.

Lancenet

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Pindorama, terra da corrupção, pátria amada de Macunaíma. Agora há pouco foi noticiado que a Vale, mais uma vez, acaba de enganar as famílias a quem deve indenização pela morte de entes no desastre criminoso de Brumadinho.
    Pessoas simples e sem esclarecimento foram induzidas a assinarem um "acordo" espúrio, no qual transferem para a Vale o direito de exploração das jazidas minerais que porventura suas terras comportem.
    Para a mineradora, a impunidade garantidora de que o crime compensa. No caso, o crime dentro do crime. Para as vítimas, vergonhosamente indefesas, nenhuma perspectiva de que justiça alguma seja feita. Só lhes resta o desalento de saber que no Brasil é assim mesmo: além de queda, coice.

    • Carlos disse:

      Se isso aconteceu mesmo, é obra do governo petralha, que dominavam os cabeças de ventos daquele estado

  2. Carlos disse:

    Quando faremos uma limpeza na política brasileira? Pelo menos dos falsário e corruptos costumases

Ex-presidente da CBF José Maria Marin banido do futebol – para sempre

FOTO:  STEPHEN YANG REUTERS

A Fifa considerou o ex-presidente da CBF José Maria Marin culpado por corrupção e baniu o brasileiro de todas as atividades relacionadas ao futebol.

Para sempre.

Ele ainda terá de pagar uma multa no valor correspondente a 3,8 milhões de reais.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Getro disse:

    Saiu com os bolsos cheios…..

FOTOS: América de Araçá campeão invicto em noite histórica para o futebol de Extremoz

Fotos: Canindé Santos

Com o Estádio Municipal Zacarias José de Melo lotado aconteceu nesse sábado, 08, a decisão do 1º Campeonato Integrado de Futebol promovido pela Prefeitura de Extremoz.

Numa noite histórica para os desportistas pelo renascimento do futebol amador no município, o América de Araçá comandada pelo treinador Joel, sagrou-se campeão ao vencer com gol de Evanoel, a fortíssima equipe do Coritiba de Capim pelo placar de 1×0.

Na decisão do terceiro lugar, o Goiás do Murici venceu o Nova União de Grutas nos pênaltis após empate em 1×1 no tempo normal.

O Prefeito Joaz Oliveira parabenizou a todas as equipes pela participação no Campeonato em especial às equipes que chegaram à final, e ressaltou que em 2019 muito mais será realizado em prol dos esportes de Extremoz. “Já iniciamos com a reforma do Estádio e a iluminação do campo, que era um sonho dos desportistas e que foi uma grande conquista “disse o prefeito Joaz”.

Nos próximos dias será anunciada a data da festa de premiação para os destaques do campeonato e também acontecerá um curso de capacitação para os treinadores que participaram do campeonato.

Foto: Canindé Santos

FUTEBOL: Polícia cumpre mandados de prisão após denúncias de máfia de resultados; ação em SP, RJ e CE

A Polícia Civil cumpre nesta quarta-feira (6) mandados de prisão para desmantelar uma quadrilha de apostadores que manipulava resultados em partidas de futebol. A investigação é comandada pelo Drade (Delegacia de Polícia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva).

A operação, denominada Game Over, acontece nas cidades de São José do Rio Preto, Bauru, São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará. De acordo com o jornal “Diário da Região”, de São José do Rio Preto, Carlos Henrique Franco de Luna, ex-goleiro do América-SP, foi detido nesta quarta.

Os suspeitos atuaram em jogos de divisões inferiores no Estado de São Paulo. Em março, a Folha de S.Paulo revelou que ao menos cinco clubes foram procurados para que aceitassem placares pré-definidos em troca de dinheiro.

A reportagem ouviu relatos de jogadores do Grêmio Barueri e de cartolas do América de São José do Rio Preto, do EC São José, de São José dos Campos, e do Grêmio Catanduvense, de Catanduva. A Assisense, de Assis (quarta divisão), também recebeu oferta similar em 2015.

Os cinco clubes receberam ofertas para que suas equipes perdessem jogos, o que favoreceria apostadores ao redor do mundo. Todos, contudo, negam ter aceitado o suborno.

Jogadores do Barueri relataram que a equipe recebeu proposta para perder para o Rio Preto por 4 a 0, pela terceira divisão de São Paulo.

De acordo com os atletas do Barueri, a oferta foi levada ao elenco pelo empresário Jaci Martinho de Oliveira, ex-gestor do clube, e por outras duas pessoas. O jogo estava 3 a 0 até os 37 minutos do segundo tempo, quando o atacante Gustavo, filho de Jaci, cometeu pênalti que resultou no quarto gol do rival.

Procurado, Jaci não quis comentar a acusação. Matheus Soares dos Reis, sócio dele na época, diz que, de fato, houve a proposta, mas nega que os jogadores tenham aceitado.

Já Gilmar de Souza, gestor do São José, afirmou ter recebido ligação de um número não identificado às vésperas do jogo contra o Atibaia, em 17 de fevereiro.

O América de Rio Preto, da quarta divisão, recebeu uma proposta para perder para o Vocem de Assis, em julho de 2015. Neste caso, o resultado proposto ao time não foi revelado. O time foi derrotado por 4 a 1.

Folha Press

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Heineken disse:

    No Brasil, nada escapa da corrupção. Até o futebol que era a única coisa que podiamos ter orgulho, não serve mais para nada, exceto claro para fazermos piada.
    Eu tenho orgulho, de ser terraqueo, porque ser brasileiro ja não tem mais nenhuma vantagem.

REVANCHE? ABC vence e faz a final com o Alecrim

O ABC venceu o Potiguar pelo placar de 3 a 1 na noite desta quarta-feira (13) e garantiu a vaga na final da Copa RN (segundo turno do Estadual) contra o Alecrim. A partida decisiva será realizada na Arena das Dunas, no próximo sábado (16), as 16h.

Apesar de um segundo turno muito turbulento, com jogos difíceis e pressão da torcida, o ABC encerra a segunda fase da competição em primeiro lugar. A frente até do Alecrim, o que garante ao Alvinegro a vantagem do empate na final.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Val Lima disse:

    Meu VERDÃO dessa vez vai ser CAMPEÃO!!!!!

  2. Lutemberg disse:

    Que idioma é esse que o cidadão ai utilizou pra fazer o outro comentário???

  3. ABCISTA OTIMISTA disse:

    VAMO SI VINGAR. ADESPOI CAMPIAO POTIGUAR E DEPOIS VORTAR PRÁ A SÉRIE B

ESTADUAL: FNF modifica horário do clássico ABC x América

A Federação Norte-Riograndense de Futebol (FNF) comunicou na tarde desta segunda-feira (14), através de Resolução enviada aos clubes, a alteração no horário do clássico ABC x América/RN, marcado para o domingo (20).

A partida, que será válida pela 3ª rodada do segundo turno do Campeonato Potiguar, anteriormente marcada para as 19h, no estádio Frasqueirão, foi antecipada para as 18h.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio paulo disse:

    Grande mudança.

ABC empresta zagueiro Suéliton ao América/MG

O Departamento de Futebol Mais Querido comunicou na tarde desta segunda-feira (21), depois de definidos todos os detalhes, a confirmação da liberação por empréstimo do zagueiro Suéliton para o América/MG.

Suéliton, que tem contrato com o ABC até o final da temporada 2017, inicialmente foi liberado pelo Clube do Povo para realizar os exames médicos no clube mineiro. Caso tudo corra bem, o defensor assinará contrato de empréstimo com o América/MG até o final de 2016.

Suéliton despertou o interesse dos mineiros desde o final da disputa do Campeonato Brasileiro da Série B 2015 e a negociação vinha acontecendo com a antiga diretoria, que deixou o clube na semana passada. A nova gestão resolveu não interferir e na tarde desta segunda-feira (21), o gerente de futebol, Cleber Romualdo, acertou os detalhes e enviou os documentos confirmando a liberação do atleta.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nelson disse:

    Boa viagem…Vá com Deus e não precisa mais voltar!

Fábio Faria organiza futebol solidário com políticos, desportistas e artistas

IMG_3275

O deputado federal Fábio Faria (PSD) está organizando um jogo beneficente visando ajudar a Associação Amigos do Coração (Amico) com artistas do Carnatal, craques do futebol e políticos do Congresso Nacional. O jogo em benefício da Amico vai acontecer no próximo sábado (12), no Ocean Palace, a partir do meio dia.

Já confirmaram presença o deputado federal Arcelino Popó Freitas, o senador Romário e os cantores Bell Marques e Durval Lelys. Nos grupos de Whatsapp, os integrantes da bancada potiguar também estão sendo convocados para participar da “pelada solidária”.

No loca, haverá um stand da Amico recebendo donativos e vendendo artigos da Associação

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. SURPRESO disse:

    Vai ter conta na Suíça?

  2. Bismarck Pereira Sátiro disse:

    Chame o time da Polícia Federal para jogar e o Juiz do jogo será o Moro.

  3. Sérgio paulo disse:

    Eu quero e jogar também,kkk
    Estarei lá p ver o melhor jogar do mundo Romário.

  4. FRASQUEIRINO disse:

    Bota o Senador Garibaldi Filho no gol!!!

  5. Val Lima disse:

    Uma correção na informação… O Ex Jogador Romário é Senador…