CCJ aprova reajuste para professores e especialistas em Educação do RN

Foto: João Gilberto

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou, na tarde desta terça-feira (26), a admissibilidade da proposta que prevê o reajuste salarial a professores e especialistas da Educação do estado. A proposta tramitou na comissão e foi aprovada com votação unânime.

Relatada pelo deputado Francisco do PT, a matéria foi discutida por parlamentares, Poder Executivo e pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinte) antes mesmo do encaminhamento da proposta do Executivo ao Poder Legislativo. Segundo o relator, a matéria foi um consenso e será de grande importância para os profissionais da área.

“Cumpre esclarecer que, enquanto membro da comissão de Educação, nós e outros parlamentares acompanhamos todas as tratativas entre governo e servidores. Diante de todas as condições financeiras, chegou-se a um acordo para a forma de pagamento, dentro da realidade financeira do estado e respeitando a proporcionalidade entre a carga horária e os vencimentos. Por isso, opino pela admissibilidade”, disse Francisco do PT. Os deputados George Soares (PL), Coronel Azevedo (PSC), Cristiane Dantas (Solidariedade), Raimundo Fernandes (PSDB) e o deputado presidente da comissão, Kleber Rodrigues (PL), foram favoráveis ao parecer.

Pela proposta, o reajuste será de 12,84% aos salários básicos dos professores e especialistas da Educação que atuam na rede pública estadual. Os valores pagos, caso a matéria seja aprovada em plenário, serão retroativos a 1º de janeiro de 2020 e contemplarão servidores ativos, aposentados e os pensionistas.

Para efetuar o pagamento, o Governo fará reajuste em três parcelas, sendo 3% em junho, 3% em outubro e 6,363% em dezembro, chegando ao valor acumulando 12,84%. Já o valor retroativo será pago em 11 parcelas em 2021, sendo 40% em seis parcelas iguais, entre fevereiro a julho, e os 60% restantes serão pagos em cinco parcelas iguais nos meses de agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro. A forma de pagamento também foi acordada entre Executivo e professores.

Agora, a matéria segue o fluxo de tramitação entre as comissões técnicas e, após todos os pareceres, irá à votação pelos deputados estaduais, que seguem com a realização das sessões ordinárias e demais atividades legislativas de maneira remota.

ALRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    Certamente a Governadora está pensando e agido conforme o velho ditado popular que diz: BARCO PERDIDO, BEM CARREGADO. Sem dúvida o estado, sob a (des) administração petista mudará um pouco eu nome. Será Rio Pobre do Norte.

  2. natalsofrida disse:

    Me desculpem, mas dessa vez vou torcer contra. Isso é uma cretinice.

  3. Joca disse:

    Pelo amor de Deus !!!!! Fátima pqp!!!! como é que o Estado, que tem uma dívida de curto prazo de 2 BILHÕES, e no meio de uma pandemia, com o trabalhadores sem empregos ou com salários reduzidos, ainda encontra espaço fiscal para conceder aumento a funcionário público.

    • M.D.R. disse:

      Que tamanho de picaretagem, além de divide em três joga os REAJUSTOS para 11(onze) parcelas , veja que a GOVERNADORA optou pela desigualdade SOCIAL e injustiça SOCIAL, em relação os outros aumentos.

Bolsonaro obtém apoio de governadores para impedir reajuste salarial de servidores

Foto: Marcos Correa / Presidência da República

Em uma reunião marcada pelo tom conciliador, o presidente Jair Bolsonaro recebeu apoio de governadores para vetar, no projeto de socorro a estados e municípios, o trecho que autoriza reajustes para servidores públicos. A medida de ajuste foi incluída no texto original sugerido pelo governo, mas desidratada no Congresso. Bolsonaro afirmou que sancionará a lei, com o veto, o mais breve possível. Com isso, o funcionalismo de União, estados e municípios terão os salários congelados até 2021. Bolsonaro afirmou que o congelamento de salários é o remédio menos amargo.

A fala do presidente foi apoiada pelos gestores locais, que participaram por videoconferência. Todos os 27 administradores estavam presentes.

Em nome da maioria, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), disse que os gestores apoiam o veto à possibilidade de aumento para servidores.

— A maioria dos governadores entende importante vetar esse aumento para os servidores. Nós todos também estamos dando uma cota de sacrifício. É um momento ímpar da história do nosso país — disse ele.

Com O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Estou no silêncio, como me foi recomendado…..kkkkk, mais o Sr. Danilo Fagundes foi na moeda, parabéns.

  2. Anderson disse:

    Tapinha nas costas dos servidores da saúde e salários defasados por mais 1 ano e meio. Isso é o que ganha o servidor que esta na linha de frente do covid. #votenulo

    • Hildo disse:

      Isso é uma perseguição meu Deus. Pois saiba que o meu caiu 40% evtenho amigos donos de pequenos empreendimentos que caiu 90%. E não me venha com a manjada conversa de “faça concurso” que não cola não.

  3. RICARDO LÚCIDO disse:

    Gostei do Bozo , votei nele e me arrependo . Bolinha baixa , igual a futebol de salão , cordial , educado . O que terá acontecido ? Terá sido chá de camomila? ) não confundi com cloroquina) . O Bozo sentiu o golpe , sabe que na passada que ia estava com os dias contados . O novo modelo será permanente ? Acho precoce é imprevisível determinar . O Bozo é um ser esquisito , em menos de nada ele muda . Mas já foi um primeiro passo . Concordo que ainda pequeno , mas importante .

    • Danilo Fagundes disse:

      Ei Ricardo, está cansado não de ficar dando Crtl C e Crtl V nesses seus comentários? Já está ficando feio, feio não, ridículo. Isso se não for um robô de esquerda replicando mensagens repetidas a todo momento!

    • Silva Santos disse:

      Tá repreendido, Ricardo Lúcifer!

Bolsonaro diz que vai vetar trecho da ajuda aos estados que libera reajuste salarial para servidores: “Sigo a cartilha do Paulo Guedes”

Foto: Reprodução/Globo News

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (7) que vai vetar o trecho do projeto de ajuda aos estados que abre a possibilidade de reajuste salarial para categorias de servidores públicos, mesmo em meio à pandemia do coronavírus.

A versão inicial do projeto previa que a ajuda financeira da União a estados e municípios tinha, entre as contrapartidas, o congelamento nos salários dos servidores. Durante a tramitação no Congresso, parlamentares incluíram no texto categorias que poderiam ter o reajuste. O projeto foi aprovado nesta quarta (6).

Antes de Bolsonaro afirmar que vai vetar o trecho, o ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia dito que sugeriria o veto.

“O que nós decidimos? Eu sigo a cartilha de Paulo Guedes na economia. E não é de maneira cega, não. É de maneira consciente e com razão. E se ele acha que deve ser vetado, esse dispositivo, assim será feito. Nós devemos salvar a economia, porque economia é vida”, disse Bolsonaro.

Guedes defendeu que o funcionalismo público fique sem aumento salarial até dezembro de 2021. Para o ministro, a medida vai ajudar o país a atravessar a crise gerada pela pandemia do coronavírus.

“Eu estou sugerindo ao presidente da República que vete, que permita que essa contribuição do funcionalismo público seja dada, para o bem de todos nós”, afirmou Guedes.

O presidente e o ministro falaram com a imprensa após uma visita surpresa ao Supremo Tribunal Federal (STF). Eles levaram empresários da indústria para uma conversa com o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli.

Na conversa, Bolsonaro, Guedes e os empresários expuseram a opinião de que medidas de isolamento social e restrição de mobilidade, para conter o avanço do coronavírus, não podem paralisar a economia. Desde que o vírus chegou ao país, Bolsonaro vem defendendo o relaxamento das medidas restritivas, tomadas por governadores e prefeitos.

Com G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    Se o cara libera pau nele está criando dividas, se veta é arrocho de tudo quanto é jeito.
    Para esses comentários sem fundamentos é só postar "odeio Bolsonaro."

  2. Morais disse:

    Pois é… Passada a pandemia vem arrocho de tudo que é jeito. Aumento de impostos, congelamento do salário mínimo, aumento dos juros… Vai faltar apenas confiscar o saldo das contas correntes e poupança, como fez Zélia Cardoso. Tá igualzinho, muito parecido… Sei no que isso vai acabar:
    Num goipi, seja lá de que tipo…

  3. Antonio Turci disse:

    A Cartilha do Posto Ypiranga, vulgo Paulo Guedes, é a mesma dos banqueiros.

Em greve, trabalhadores da educação da Rede Estadual promovem Ato Público nesta quarta pelo reajuste do Piso, em frente à sede da Governadoria

Foto: Sinte-RN

Os trabalhadores e trabalhadoras em Educação da Rede Estadual de Ensino vão realizar um Ato Público em prol da aplicação imediata do reajuste do Piso Salarial 2020. A realização da atividade foi deliberada pela categoria durante Assembleia de avaliação e organização da greve, que chegou ao quinto dia nessa segunda-feira, 09 de março.

Mesmo em seus primeiros dias, a paralisação na Rede Estadual de Ensino já registra ampla adesão de professores/as e funcionários/as, tanto na Capital como em municípios do RN. Nesse sentido, com o intuito de obter uma adesão ainda maior, bem como para esclarecer à comunidade escolar sobre a realização e motivação da greve, comissões formadas por docentes e representantes do SINTE/RN têm visitado escolas em Natal. Nessas visitas, o Sindicato vem informando aos pais, alunos e sociedade em geral, que o ano letivo será cumprido e que as aulas suspensas em decorrência da greve serão repostas.

O SINTE/RN convoca trabalhadores/as para participação do Ato Público. O Ato será realizado no dia 11 de março, quarta-feira, a partir das 8h, no Centro Administrativo, em frente à sede da Governadoria. Já na sexta-feira, 13 de março, a categoria volta a se reunir para avaliar as atividades da semana e planejar novas ações. Essa reunião acontecerá na E. E. Winston Churchill, às 14h30.

GREVE NA REDE ESTADUAL DE ENSINO

A greve dos trabalhadores em Educação da Rede Estadual foi deflagrada em 04 de março e segue por tempo indeterminado. A categoria cobra a correção do Piso Salarial 2020, no índice de 12,84%, e está insatisfeita com as propostas até então apresentadas pelo Governo.

Na última audiência com o SINTE/RN, o Executivo Estadual apresentou a seguinte proposta para implantação de reajuste do Piso:

1 – Implantação do reajuste de 12,84% em três parcelas cumulativas, de 4,11%, para profissinais na ativa, nos meses de junho, setembro e dezembro de 2020;

2 – Implantação do reajuste para aposentados, em três parcelas, de 4,11%, nos meses de agosto, outubro e dezembro de 2020 ; e

3 – Pagamento do retroativo em 24 meses, a partir de janeiro de 2021, com garantia de antecipação das parcelas no momento do recebimento de recursos extras do Fundeb.

PISO NACIONAL DO MAGISTÉRIO

Em 2020, o reajuste do Piso do Magistério é de 12,84% e Governo do RN deveria ter implantado a correção desde o mês de janeiro.

Sinte-RN

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Kkkkkkkkkk
    Acho é pouco, professores vcs merecem Fátima. Colocaram ela no governo e agora estão reclamando? Reclama não nem, ainda faltam 3 anos. Chupa que é de uva. Bem feito. Eu quero é mais. E digo mais, vcs professores farão campanha pra Fátima em 2022. Chora não nem. Liguem pra Paulo Freire.

  2. Bento disse:

    Faz fe conta

  3. Cigano Lulu disse:

    Quando o Sinte-RN terá a dignidade de começar a promover suas assembleias no auditório existente em sua sede própria? O que explica a predileção do sindicalismo comuno-petista em usar bens públicos em proveito particular? Seria o auditório do sindicato pequeno ou impróprio para os seus eventos? Ora, construa ou alugue um espaço adequado para as suas demandas, o contribuinte não tem obrigação de pagar mais essa conta da sindicalha.

  4. Rafael Pinheiro disse:

    Governadora TRAIDORA pague o povo sua caloteira! O estado do RN esta em CALAMIDADE devido a sua incompetencia!
    Fora Fátima Bezerra!!

Passagem de trem em Natal sofre segundo aumento em 2020 e passa a custar R$ 2,00 a partir deste sábado, 7 de março

Foto: CBTU/Divulgação

De maio de 2019 até o aumento que passa a vigorar a partir deste sábado (7), a tarifa saltou de R$ 0,50 até chegar nos R$ 2,00 atuais. Até ontem, o valor da passagem era R$ 1,75. Em 2019 foram quatro reajustes.

Conforme a CBTU, trata-se do cumprimento à sentença proferida pela 15ª Vara da Justiça Federal em Minas Gerais, por isso a CBTU realiza neste sábado (07/03), mais uma fase do reequilíbrio tarifário, que ocorre de maneira progressiva em todas as capitais onde a empresa atua.

O escalonamento tarifário foi definido após audiência de conciliação realizada em 24 de abril de 2019 e começou a ser aplicado, em maio daquele ano, pela CBTU depois de 13 anos sem reajustes nas tarifas em Belo Horizonte, 15 anos em Natal, Maceió e João Pessoa e sete anos em Recife, o que resultou em elevada defasagem em relação ao custo de manutenção do sistema.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Eu acho ótimo isso.
    Estamos vivendo um periodo tão maluco que até o conceito de inflação se perdeu no tempo e no espaço.
    Parece que é um processo de idiotização coletiva muito robusto que está acontecendo.
    O preço de tudo aumentou a cesta básica, combustíveis, luz, gás, carne, significativamente, vc vai ao supermercado o que não aumentou de preço, teve sua quantidade reduzida nas embalagens para manter o preço, ou seja, ficou mais caro, só essa tarifa de trem que custava R$0,50, num periodo de 2 anos aumentou R$300% e a inflação está "controlada", os juros são os "memores da história". Nossa moeda está sofrendo um processo de desvalorização contundente, o valor do dolar batendo recorde de alta, fuga recorde de capital estrangeiro da bolsa de valores e etc…
    Que conversa mais absurda é essa?
    Estão nos jogando no abismo e tem gente que aplaude….
    Isso certamente não é de Deus!

  2. Everton disse:

    Mais um ataque do governo Bolsonaro aos trabalhadores…

Vereadores de Parnamirim aprovam reajuste para professores e outros benefícios para a educação municipal

Foto: Divulgação

Na manhã da quarta-feira (19), os vereadores de Parnamirim votaram e aprovaram o Projeto Lei Complementar 02/2020, que formaliza o reajuste do plano salarial dos professores da rede municipal de ensino. Dessa forma, o piso salarial dos educadores passa de R$ 2.557,74, para R$ 2.886,24. O projeto foi aprovado em única discussão.

Além dessa matéria, foi aprovada em segunda votação outra proposta que traz benefícios diretos para a educação municipal. Trata-se do projeto de Lei Complementar 01/2020, que dispõe sobre a criação do cargo efetivo de Auxiliar de Creche na rede de ensino do município. Esses profissionais vão colaborar com os docentes e atuar em atividades dos CMEIs, contribuindo para um atendimento com mais qualidade às crianças.

“É um momento de extrema importância para esta Casa, em que, de comum acordo, os parlamentares concordaram em realizar essa sessão para votar este benefício em favor dos educadores em caráter de urgência”, enfatizou a vereadora Vandilma Oliveira, presidente da Comissão Permanente de Educação, Saúde e Assistência Social da Câmara de Parnamirim.

Comissão Permanente de Educação

A vereadora Vandilma Oliveira ressaltou ainda a importância da Comissão Permanente de Educação da Câmara na análise das matérias. “Quero reforçar mais uma vez o trabalho da comissão e dos colegas em buscar o melhor para a educação da população parnamirinense”, concluiu. Também integram a Comissão as vereadoras Ana Michele e professora Nilda.

Agora, os projetos serão enviados ao Poder Executivo para serem sancionados e publicados em Diário Oficial.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ana Catarina disse:

    Por que que esses mesmos vereadores não se reuniram com o Senhor prefeito para que a lei do vale alimentação contemplasse os efetivos que trabalham 6 horas diárias. ? Lamentável tal injustiça.

  2. Fátima disse:

    Prefeito vai perder companha porque usou vale para mecher com os funcionários e mudar orario ainda faz com que os funcionários decida se quer ou não

  3. Francisca franca disse:

    Porque dá a uns e outros não. O excelentíssimo prefeito deu um tiro no pé. Por onde passo so vejo revolta por calsa de um bendito Vale refeição que prefeito deu. Mas antes vai mecher com o orario dos funcionários que em 30 anos nenhum prefeito mecheu. Na minha casa tem 12 eleitores. Mas ninguém pode votar nele.ele não quis ajudar e sim mecher nos horários de quem dava 6 horas para dá 8 horas. Isso os funcionários vão dever ão prefeito

  4. Vilma disse:

    Registre-se que a criação do cargo de auxiliar de creche foi criado para que fosse corrigido uma ilegalidade que já durava 23 anos no município de Parnamirim. E essa correção só foi viabilizada pela luta do Sindicato e da categoria, estinta em todo Brasil e só agora renhecida no município.
    Registre-se também que o reajuste, em vigor desde janeiro, previsto na lei 11.738/2008 não necessitava da aprovação da câmara.

  5. Zé Lopes disse:

    Tanto que os professores confiaram!

  6. Zé Lopes disse:

    O piso do estado ninguém nem fala. Era para ser o primeiro!

Bolsonaro e Weintraub anunciam reajuste de 12,84% no piso salarial dos professores da educação básica em início de carreira; maior aumento desde 2009

Foto: Reprodução/Instagram

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciaram por meio de live (transmissão ao vivo) em rede social o aumento de 12,84% do piso salarial previsto no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Segundo Weintraub, o reajuste anunciado “é o maior aumento em reais desde 2009.”

O ajuste, acima da inflação de 2019 (4,31%), corresponde às expectativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM) que já havia previsto o valor mínimo do magistério passaria de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. Há expectativa entre gestores municipais que uma nova lei sobre o Fundeb seja criada este ano. A lei atual só prevê a manutenção do fundo até este ano. O Ministério da Educação prepara proposta com novas regras.

Durante a live o presidente também anunciou, ao lado do secretário de Cultura Roberto Alvim, o lançamento do Prêmio Nacional das Artes que irá destinar mais de R$ 20 milhões para produção artística nas cinco grandes regiões brasileiras.

O prêmio terá sete categorias, eruditas e populares, e prevê a seleção de cinco óperas, 25 espetáculos teatrais, 25 exposições individuais de pintura e 25 exposição de escultura, 25 contos inéditos, 25 CDs musicais originais e até 15 propostas de histórias em quadrinhos.

O edital será publicado na próxima semana no Diário Oficial da União e no site da Secretaria Especial da Cultura. O repasse de recursos entre as regiões será dividido de forma igual.

Durante a transmissão, o presidente também comentou a queda histórica dos juros básico da economia, Taxa Selic a 4,5% ao ano e a esperada redução da dívida pública com a baixa dos juros. O presidente salientou a redução dos custos de empréstimos da Caixa Econômica Federal e a diminuição de pessoas inadimplentes. Bolsonaro salientou que a queda de juros ocorre “sem canetada” e “sem interferência”, mas por causa do ambiente de recuperação econômica.

O presidente comemorou a prioridade anunciada pelo governo dos Estados Unidos para que o Brasil se torne membro da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e lembrou a edição de nova medida provisória que ajusta o salário mínimo dos atuais R$ 1.039 para R$ 1.045.

Além do ministro da Educação e do secretário de Cultura, participou da transmissão o secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Junior.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Humilde Iconoclasta disse:

    Cadê os analfabetos da "esquerda" que tanto me divertem com sua hipocrisia e incoerência se raciocínio?

  2. Berg disse:

    Chupa pastor Lula.

  3. Ricardo Carvalho disse:

    Atenção professores do Lula livre, não aceitem o aumento que o Bozo deu, vocês são resistência! Kķkkkķk

  4. Jr disse:

    Pessoal a definição do piso salarial dos professores não tem relação com a vontade do Presidente (Lula, Dilma, Temer, FHC, Bolsonaro, seja lá quem for). Seu cálculo é definido em lei federal e pode variar ano a ano para mais ou para menos.

  5. Luciano disse:

    O presidente odiado pelos esquerdistas está fazendo mais polos professsores do que os petistas que ironia.

  6. Paulo disse:

    Não fez mais que a obrigação. DAR CONTINUIDADE A UMA POLÍTICA QUE FORTALECE A EDUCAÇÃO E RECONHECE A GRANDEZA DOS NOSSOS PROFESSORES. Diga-se de passagem, ainda muito mau remunerados.

    • João Sem Braço disse:

      Dar continuidade não, que a esquerda não fazia isso.

    • Paulo disse:

      Em algum momento a política surgiu, se alguém continua isso é continuidade. Não me prendo a sua limitação partidária. 😱😱😱

  7. Zanoni disse:

    Cadê os petralhas da educação???? Cadê os petralhas do RN que são professores????

  8. Bento disse:

    Parabéns Presidente Jair Messias bolsonaro.
    Nada como grandes notícias para iniciar o dia.
    Chupa ptzada foia e gloibo
    Esse Ministro da Educação é nota 10 deeeeeeeeezzzzzzzz

Água mineral natural no RN amanhece mais cara nesta segunda com reajuste médio em 10%

Os garrafões de 20 litros têm aumento médio de 10% para o consumidor final. Foto: Divulgação

A água mineral natural tem preço reajustado a partir desta segunda-feira(02) em todo o estado do Rio Grande do Norte. O garrafão de 20 litros que custa para o consumidor final entre R$ 5 e R$ 7, com o reajuste, passa a custar entre R$ 5,50 e R$ 7,70, ou seja, uma elevação de cerca de 10%.

O motivo do aumento é o fato de os empresários da cadeia produtiva da água mineral não conseguirem absorver mais a subida dos salários dos funcionários e dos insumos, como energia elétrica, rótulos, tampas e lacres. Além disso, o setor ainda precisa enfrentar os altos custos do vasilhame produzido com material precificado em dólar, a moeda americana vem sofrendo reajustes exponenciais.

Em estados vizinhos o consumidor paga pelo garrafão valores bem mais elevados. Na Paraíba, por exemplo, o produto chega a custar R$ 10, e no Sudeste, em estados como São Paulo, o consumidor paga até R$ 18,00. Mais da metade da população potiguar consome água mineral natural em suas residências e em estabelecimentos comerciais.

O estado pode comemorar a alta qualidade da água mineral natural oferecida à população potiguar. São 22 fontes beneficiadoras em todo o RN que produzem cerca de 507 milhões de litros de água mineral natural engarrafada ao ano. O setor gera uma média de 10 mil empregos entre diretos e indiretos.44

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ewaldo disse:

    Tem que acabar com esse "LOBY" da água mineral e incentivar o processo de dessalinização da água do mar, será que o processo de "FABRICAÇÃO" da água mineral tem algum impacto com a alta do dólar ?????,. Absurdo. !!!!!!

  2. Jesus disse:

    Triste fim, decadência.

  3. Pedro Melo disse:

    Tomara que as empresas que vendem agua purificada, não subam o valor do garrafão. Purificada não é mineral

  4. Manoel disse:

    Eu não acredito que a governadora vai deixar esse aumento acontecer!!! Absurdo isso! Tem que congelar o preço da água mineral para resolver isso! Não adianta só congelar a gasolina e a carne não rsrsrs

OAB-RN aprova reajuste de anuidade para R$ 950,00 em 2020

Foto: Reprodução

O Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte aprovou, durante sessão extraordinária realizada nessa terça-feira (19), a recomposição da anuidade para 2020.

O valor, que passa de R$ 870 para R$ 950, ficou abaixo da inflação acumulada nos últimos três anos. O índice aplicado foi de 9,2%. Os advogados e advogadas poderão pagar, até o último dia útil de janeiro, em cota única. Para esses, o valor permanecerá R$ 870,00, dentro de uma nova política de desconto também aprovada pelo Conselho.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Val Lima disse:

    Manter aquela sede faraônica de Candelária custa caro….

  2. Antonio Barbosa Santos disse:

    Para garantir defesa a inscritos envolvidos em crimes e nenhuma punição disciplinar, eu acho que o valor tá ótimo.

  3. Diogo disse:

    Nem todas as guildas acabaram com a idade média.

  4. Brasil e RN acima de tudo disse:

    Tem que acabar com os conselhos de classe mesmo, quem vai dizer se um profissional e apto para exercer sua função é sua formação e não o pagamento de uma anuidade.

  5. Amadeu disse:

    Poderíamos dizer um assalto aos bolsos dos filiados? Os outros conselhos não são tão caros e esnobes assim

    • Antonio disse:

      Esse aumento deveria ser revertido em serviços aos associados, anuidade caríssima.

  6. Capitão disse:

    O presidente tem que acabar com essa robalheira de conselhos, isso só serve para a turminha, igual a Sindicatos, quem quiser contribui tudo bem , quem não quiser é o seu direito.

  7. Magno Pegado disse:

    E o tão propalado e divulgado SUPERÁVIT?

  8. Alcio disse:

    Só essa besteira, a turminha recém formada dos mil conto sofre!

AL rejeita reajuste de 16,38% para servidores estaduais; subsídios para procurador e defensor público aprovados

Foto: Eduardo Maia

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (07), o projeto de Lei Nº: 0017/2019, de iniciativa do Governo do Estado, que institui o Conselho Estadual de Segurança Pública e de Defesa Social do Rio Grande do Norte (Consesp/RN), os Conselhos Comunitários de Defesa Social (CCDS) e dispõe sobre o Fundo Estadual da Segurança Pública e de Defesa Social (Funsep), a unanimidade. Quatro emendas foram encartadas ao projeto e também foram aprovadas a unanimidade pelos vinte a quatro deputados presentes em plenário.

“A aprovação desse projeto de Lei vai permitir que o Estado receba, nos próximos meses, recursos do Governo Federal direcionados para a segurança pública, principalmente, na aquisição de equipamentos para a Polícia Militar”, explicou o deputado George Soares (PL), líder do governo.

Durante a votação foi aprovado o projeto de Lei Nº: 0005/2019, que dispõe sobre o subsídio mensal dos defensores públicos do RN. Também foram aprovados os projetos de Leis Nº: 1224/2019 e o Nº: 0012/2019, que dispõem sobre a revisão do subsídio mensal dos procuradores da Assembleia e revisa o subsídio mensal dos Procuradores do Estado, respectivamente, todos por maioria dos votos.

Durante a votação da emenda ao projeto de Lei Nº 12/2019, de autoria do deputado Nelter Queiroz (MDB), que estendia o aumento salarial concedido aos procuradores do Estado, a todos os servidores públicos estaduais (ativos, inativos, pensionistas e da administração direta e indireta), de 16,38%, o líder do governo, George Soares (PL), encaminhou o voto de abstenção da bancada do Governo na Assembleia. “Para não atrapalhar a votação da emenda do deputado Nelter, eu encaminho o voto de abstenção da bancada do Governo”, explicou George. A emenda, portanto, foi prejudicada, não tendo os 13 votos necessários.

ALRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. BC3331986GAC disse:

    A Forasteira e seu Bando, um dia pagará pelos danos causados a esse Estado.

  2. Tertu disse:

    Igualzinho ao governo luladrão que privilegiou os megaempresários, os gestores de órgãos públicos, ministros, todos corruptos e facções criminosas, essa guvernadora está com os mesmos propósito, ao restantes dos mortais e vulneráveis, no máximo uma esmola. E ao término do mandato continuarão cidadãos viciados em esmolas, já a casta nobre que participava dos banquetes, mais ricas ainda, e o país com mais desigualdade social. Uma lástima!

  3. Almir Dionísio disse:

    Esses deputados vão ter o troco nas proximas eleições.
    Se o estado tá falido então não pode conceder aumento p ninguém.
    Esse Governo tá um caos.
    Vai acabar com o RN

  4. Zanoni disse:

    Este é o verdadeiro governo do PT.

  5. M.D.R. disse:

    Boa tarde BG, quais os DEPUTADOS votam pro e contra.

  6. Renato disse:

    Estado com 3 meses de salários atrasados e mesmo assim reajustando subsídios dos Defensores e dos Procuradores, onde estes já recebiam (antes mesmo do aumento) os maiores salários do país para estes cargos. Ê RN!

  7. Vergonhoso disse:

    Foi estranho essa aprovação seletiva e discriminatória em um governo do PT, negando a quem ganha menos e dando a quem ganha mais. Começamos a testemunhar no RN a verdadeira história daqueles que dizem defender o povo, eles falam uma coisa e praticam outra. Essa situação é uma prova incontestável disso, dando a quem já tem muito e negando a quem precisa.
    Alguma dúvida? Os fatos estão postos, a situação de conhecimento público.

    • M.D.R. disse:

      Que vergonha do PT , tudo pela classe PROLETARIADO, mas de heraque. O que esse PT é experto em manipular, agora em distribuição de RENDA é péssimo. Somente a alta cúpula que tem direito altos SALÁRIOS e eis a prova na gestão de FATÃO .

  8. Mário disse:

    Procurador ganha mais de 30 paus, e ainda acha pouco é!!!!! Um Estado falido como o nosso não pode pagar salários nesses patamares. O teto salarial no fudido RN não deveria passar de 15 mil reais.

  9. Zé 100 disse:

    Já sabia que iria dar nisso.
    Agora só faltar o Estado responder onde foi parar o dinheiro da venda da folha dos servidores ao BB.

MP cogita ir à Justiça para garantir reajuste e não ficar no “miserê” de salário de R$ 24 mil

Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A.Press

Diante da ameaça de um congelamento nos salários dos servidores de Minas Gerais – incluindo todos os poderes e órgãos – em razão do plano de ajuste fiscal negociado entre o Executivo e a equipe econômica do governo federal, pelo menos o Ministério Público já discute uma reação: recorrer à Justiça para assegurar um reajuste nos contracheques do órgão em 2020. A garantia foi dada pelo procurador-geral de Justiça de Minas, Antônio Sérgio Tonet, durante reunião da câmara de procuradores realizada em 12 de agosto – aquela mesma sessão em que o colega Leonardo Azeredo dos Santos reclamou de receber um “miserê” de R$ 24 mil.

O assunto veio à tona durante a apresentação da proposta orçamentária para 2020, que prevê um gasto bruto de R$ 1,979 bilhão com a folha de pagamentos no ano que vem. O projeto traz um reajuste de 5% no vencimento dos promotores e procuradores, que atualmente varia de R$ 30.404,42 a R$ 35.462,22, mas o próprio Antônio Tonet avisou que o índice é apenas uma “estratégia” para elevar o valor do orçamento e garantir uma margem para gastos dentro da rubrica de pessoal.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Júlio disse:

    Kkk essa estória de salário miserê de 24 mil kkkkkk pegou mesmo e está bombando nas redes sociais. Jajá um pagodeiro vai fazer uma música do miserê kkkk Esse povo acha q porque passou em concurso pode fazer um rapa no caixa do Estado.

  2. nasto disse:

    ISSO É BRASIL

  3. Helio disse:

    Enquanto isso, os trouxas comemorando 500 conto do FGTS… MP fazendo a população de meretriz barata.

REAJUSTE: Salários de conselheiros do TCE-RN vão a R$ 35,4 mil

O Tribunal de Contas do Estado(TCE) reajustou em 16,38% os subsídios mensais dos conselheiros e dos representantes do Ministério Público de Contas.

A assinatura dos seus sete membros veio conforme resolução nº 007/2019. De acordo com ela, o conselheiro que ganhava R$ 30,47 mil passa a receber R$ 35,46 mil, enquanto o conselheiro substituto passa de R$ 28,95 mil para R$ 33,69 mil.

Por parte dos procuradores, o subsídio passa de R$ 29,65 mil para R$ 35,46 mil o de primeira classe. Na 2ª, que ganhava R$ 28,17 mil, vai receber R$ 33,39 mil. Por fim, o procurador de 3ª e última classe, sai de R$ 26,76 mil para R$ 32 mil.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. felipe sousa disse:

    agora muito mais eficiente seria impedir que o dinheiro publico que poderia ser usado para pagar policiais fosse usado para pagar juizes, conselheiros do TCE, procuradores e etc, porque todos esses tiveram aumentos salariais. O justo seria ninguem ter aumento, por uma questao de bom senso tambem. Vamos protestar contra aumentos dessa classe dominante que seria muito mais eficiente e nao ficar pedindo mais dinheiro.

    Interessante que a constituição JAMAIS disse que é obrigatorio o salário dessa classe dominante subir junto com o aumento dos ministros do STF; ela APENAS diz que não pode passar de 90,25% do que recebe um ministro do STF, mas nada alem disso. Só que a classe dominante é tão fuleira que, mesmo diante da crise do Estado do RN, faz uso da brecha da lei para garantir salários no limite máximo que é em 90,25%. Agora dizer que a lei manda que seja 90,25% ISSO JAMAIS EXISTIU EM NOSSA CONSTITUIÇÃO.

    As pessoas precisam ter ciencia disso, de que não é nenhuma ilegalidade um conselheiro do TCE deixar de ganhar 90,25% do salario do Ministro do STF. Apenas isso é o maximo que a Constituição permite, mas dizer que é a lei que obriga a ter essa vinculação, passou longe disso. É apenas um valor máximo que a Constituição estipula.

    E aí a sociedade civil, a OAB deveria sim, p/ proteger a sociedade do RN, intervir para impedir os aumentos dessa classe dominante, pois afinal a pergunta que nao quer calar: a crise so existe para os peões?! para a classe dominante a crise nao existe? Ta liberado os cofres publicos p/ conceder esse aumento imoral?! Espalhem essa verdade, o RN precisa se conscientizar disso e urgente!

    • Alcides disse:

      Essa safadeza inconstitucional acontece na maioria dos Estados Brasileiro. O STF simplesmente se cala sobre o assunto. Se falar que, como reajuste do STF, automaticamente aumenta do teto para quem ganha super-salários, como os AUDITORES ESTADUAIS.
      O resto, bem, o resto é resto.

  2. Alcides disse:

    Mas uma vez, usam o efeito "cascata" do STF, sem previsão legal nenhuma, para poder aumentar seus ricos salários.
    Juízes, Promotores, Procuradores, Conselheiros, todos escapam da crise, para poder manter nos eixos os demais otários do andar de baixo.
    E se fizerem greve, mando descontar no seu "salarinho" e ordeno que a PM desça o cacete.

  3. Rodrigo Alves disse:

    Larápios,apenas isso

  4. Almir Dionisio disse:

    Esse país e o RN não têm jeito mesmo, enquanto os servidores do executivo que a maioria ganha míseros salários e o governo ainda assim, atrasou 3 folhas sem previsão de pagamento, outras categorias privilegiadas, detém a maior parte de salários.
    É um absurdo isto, falta de respeito com os demais servidores.
    Greve geral.
    E eles ainda se acham no direito de tirar incorporações de servidores da saúde que trabalharam a vida toda em local insalubre.
    Pouca vergonha.
    Isto é Brasil – Isto é RN

  5. JUNIN disse:

    E nao tem dinheiro nè ???? e o estado está em colapso né???sei, sei, sei….!!!

  6. Minion de Peixeira disse:

    Remem, escravos…. mais rápido!
    Splat!

  7. Lope disse:

    Acho que esse ano nada aumentou 16%…

  8. escritor disse:

    retiraram o projeto que estava na assembleia legislativa. Pra que lei? Se eu mesmo posso me conceder aumento. Ora bolas.

  9. Ems disse:

    Crise ? Que crise ?

  10. Luciana Morais Gama disse:

    Bom demais!! Viva o RN!!

Permissionários farão protesto contra reajuste no condomínio, mas Ceasa ficará aberta nesta quarta-feira, 17

Foto: Reprodução Internet

Após uma reunião realizada no final da manhã desta terça-feira, 16, entre permissionários e a direção das Centrais de Abastecimento (Ceasa) de Natal, ficou decidido que amanhã – quarta-feira, 17 – haverá um protesto e não o fechamento completo do local, como forma de insatisfação contra na taxa de condomínio.

O presidente da Assucern (Associaçao dos Usuários da Ceasa do RN), Samuel Medeiros, confirmou que uma parte dos permissionários fará um protesto contra o aumento na taxa de condomínio e do Termo de Permissão Remunerada de Uso da Ceasa (TPRU), que, juntas, representam uma elevação de custos de 46%. “Não houve adesão total à paralisação das atividades. Portanto, a Ceasa ficará aberta, mas haverá protesto”, disse Samuel Medeiros.

Antes da reunião com a direção da Ceasa a posição dos permissionários era de fechamento total dos portões. No entanto, após a reunião, que durou cerca de uma hora, a ideia foi abortada e ficou decidido que o mercado ficará aberto, porém com parte dos permissionários fazendo protestos contra o reajuste aplicado pelo governo do Estado.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luladrão disse:

    O problema da Ceasa sempre foram as direções. E agora tá pior ainda, pois quem comanda é a ptralhada. Pobres permissionários.

  2. Cigano Lulu disse:

    Só quem faz protesto sem ir ao trabalho é a massa de manobra regida
    pela sindicalha pelega. Empreendedores não cruzam os braços, pois têm compromisso com a produtividade.

  3. #Lula na cadeia sempre disse:

    Essa praga PTralha aonde colocam as mãos eles quebram, roubam, estragam ….raça desgraçada

Câmara Municipal de Parnamirim mantém política de valorização e reajusta em 10% salário básico de servidores

O plenário da Câmara Municipal de Parnamirim aprovou, na sessão ordinária desta segunda-feira (10) o Projeto de Lei 056/2019, de autoria da Mesa Diretora, que reajusta em 10% os vencimentos básicos de servidores efetivos do quadro pessoal da casa legislativa. Agora, o projeto segue para sanção do Poder Executivo.

De acordo com o presidente da Câmara, vereador Irani Guedes, o reajuste segue à risca à política de transparência e valorização do servidor implementada pela atual gestão. “Ao recebermos a Câmara, em 2017, os servidores nos procuraram para relatar uma perda salarial de 40%. Tentando amortizar, concedemos no mesmo ano 6% de aumento, mais 6% em 2018 e agora 10%, restando apenas 22% de déficit”, explicou Guedes.

O presidente da Câmara ainda ressaltou que a valorização dos servidores não se resume apenas ao reajuste salarial. O quadro de servidores efetivos e comissionados tem participado de cursos com foco no aperfeiçoamento profissional. “Os servidores efetivos e comissionados, através da Escola do Legislativo da Câmara, já receberam atualizações sobre licitação, além de Inteligência Emocional, Qualidade de Vida no trabalho, Recepcionista, dentre outros”, complementou Irani Guedes.

Reajuste do piso eleva folha da Educação no RN em R$ 88 milhões

A folha da Educação do Estado que ganhou reajuste de 4,17%, e começa a ser implantado em abril para professores especialistas em Educação Ativa e, em maio, para aposentados e pensionistas, representa um incremento de R$ 88 milhões. A informação é de Francisco do PT, relator da proposta do Governo do Estado na Assembleia Legislativa.

Pelo Projeto os vencimentos básicos de Professor e de Especialista de Educação, pertencentes ao Quadro Funcional do Magistério Público Estadual, cuja jornada de trabalho corresponda a 30 horas semanais ficam reajustados na proporção de 4,17%.

O reajuste previsto será implantado para os professores ativos a partir deste mês de abril e o retroativo em três parcelas nos meses de abril, maio e junho. Para os inativos e os pensionistas o reajuste será implantado a partir de maio e o retroativo será pago em sete parcelas.

A primeira parcela de 4,17% em junho e as demais parcelas no percentual de 2,085% nos meses de julho a dezembro deste ano.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Thiago Lopes disse:

    É preciso sempre lembrar, a verba de Educação não sai do tesouro estadual, é verba federal, Fundeb, já depositado com o aumento desde janeiro. O reajuste do piso não impacta em nada o caos já instalado no estado.

Seturn solicita reajuste de tarifa de ônibus para R$ 3,90

O SETURN apresentou requerimento administrativo solicitando a elaboração de cálculos pela STTU para aplicação do reajuste anual das tarifas.

O pedido de reajuste aponta tarifa de R$ 3,90, que deverá ser objeto de análise pela Secretaria, observando os critérios de elevação dos insumos que compõe o custo tarifário e também perdas de remuneração acumuladas nos últimos anos, além do número de usuários do serviço (pagantes, gratuitos e índice de fraudes).

Doze capitais já concederam

reajuste este ano e Natal precisa reajustar também. O reajuste anual é algo natural e acontece em todos os serviços públicos, assim como energia elétrica e água. É preciso que o contrato esteja equilibrado para que possam existir os investimentos na melhoria do serviço, não podemos esquecer que as gratuidades têm alto impacto na tarifa”, comenta Nilson Queiroga, consultor técnico do Seturn.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João B disse:

    Obscenamente cara, pela qualidade do serviço.

Page 1 of 5
1 2 3 5