Religião

Conta do Papa no Instagram é investigada pelo Vaticano após curtir foto sexy de modelo brasileira

Foto: Reprodução

O Vaticano está investigando a conta oficial do Papa Franciso no Instagram. A investigação começou após o perfil curtir uma foto sexy da modelo brasileira Natalia Garibotto, mais conhecida como Nata Gata.

Segundo a Catholic News Agency (CNA), as contas nas mídias sociais do chefe da Igreja Católica são administradas por vários funcionários da Santa Sé. A investigação quer determinar quem está por trás do like.

Na foto curtida, Natalia aparece com uniforme estilizado de colegial e calcinha fio-dental. Após ser alertada da curtida, a modelo postou no Twitter que “pelo menos vai para o céu”.

Isto É

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Vaticano se manifesta sobre ataques de extremistas contra igrejas no Chile

Foto: Reprodução/Twitter

O Vatican News, serviço prestado pelo Dicastério para a Comunicação da Santa Sé, finalmente, emitiu nota sobre ataque de extremistas a igrejas no Chile, nesse domingo(18).

“Contemplamos com tristeza as agressões, saques e ataques a lugares de oração, espaços sagrados dedicados a Deus e ao serviço solidário das pessoas. Dói-nos ver um templo patrimonial de Santiago destruído e que a destruição seja festejada”, diz manifestação no microblog Twitter.

O Vaticano ainda destacou nota – “Cidadãos não se deixarão intimidar por ameaças de violência, dizem bispos chilenos”. Confira abaixo:

“Contemplamos com tristeza as agressões, saques e os ataques a lugares de oração, espaços sagrados dedicados a Deus e ao serviço solidário das pessoas. Dói-nos ver um templo patrimonial de Santiago destruído e que a destruição seja festejada. Às comunidades da paróquia de La Asunción e à igreja institucional de Carabineros de Chile expressamos nossa especial proximidade.”

Em nota assinada pelo presidente da Conferência Episcopal do Chile, Dom Santiago Silva Retamales, e pelo secretário geral, o arcebispo de Puerto Montt, Dom Fernando Ramos Pérez, os bispos chilenos deploram e condenam os ataques contra igrejas no centro de Santiago, nas manifestações que reuniram milhares de pessoas na Plaza Italia, no âmbito do primeiro aniversário da onda de protestos, que começou contra o aumento das passagens do transporte público e se estendeu para reivindicações mais amplas. Foram os mais graves protestos desde o fim da ditadura militar (1973-1990).

Encapuzados atacaram inicialmente a Igreja de São Francisco Borja, usada pelos Carabineros e já atacada em outro protesto. O templo foi saqueado e algumas imagens foram levadas para a rua onde foram queimadas.  O incêndio no prédio foi debelado pelos bombeiros antes de provocar maiores danos. Os manifestantes, então, dirigiram-se para a Igreja La Assunción, uma das mais antigas do centro de Santiago, depredando o que encontraram e ateando fogo no templo com mais de um século de história. A cúpula pegou fogo e desabou, o que foi festejado pelos manifestantes.

“Esses grupos violentos – afirmam os bispos no comunicado – contrastam com muitos outros que se manifestaram pacificamente. A grande maioria do Chile anseia por justiça e medidas eficazes que contribuam para superar as lacunas de desigualdade; eles não querem mais corrupção nem abusos, esperam um tratamento digno, respeitoso e justo.”

A  nota enfatiza que “esta maioria não apoia nem justifica as ações violentas que causam dor a pessoas e famílias, prejudicando comunidades que não podem viver sossegadas em suas casas ou no trabalho, amedrontadas por aqueles que não buscam construir nada, mas sim destruir tudo”.

Em vista do plesbiscito convocado para o próximo domingo, 25 de outubro, para decidir pela abertura ou não de um processo constituinte para substituir a atual Constituição, herdada da ditadura e considerada como origem das desigualdades existentes no país, os bispos afirmam que “os cidadãos que desejam justiça, probidade, superação das desigualdades e oportunidades para podermos nos levantar como país, não se deixarão intimidar pelas ameaças de violência e estarão presentes para cumprir sua responsabilidade cívica. Nas democracias, nos expressamos com o voto livre em consciência, não sob a pressão do terror e da força.”

A nota conclui com um apelo para que todos contribuam, “a partir dos próprios espaços familiares, no trabalho e nos espaços sociais, com uma reflexão que nos permita tomar suficiente distância da violência irracional e nos aproximar da amizade cívica”, citando o Papa Francisco que recorda na Encíclica Fratelli Tutti que “somente cultivando o amor como forma de nos relacionarmos tornaremos possíveis a amizade social que não exclui ninguém e a fraternidade aberta a todos”. A partir desta atitude de fraternidade, poderemos expressar-nos com respeito, participar sem medo da democracia e concorrer na busca do bem comum.”

Com Vatican News

Opinião dos leitores

  1. Estamos esperando o Sumo pontífice se manifestar sobre esses incêndios escabrosos no Chile , mas até agora nada!

  2. Realmente o silencio do Pontífice diante muitos acontecimentos é intrigante. Não é uma questão de dar satisfação nem prestar contas mas a maneira que as coisas são tratadas ou não tratadas deixa margem para questionamentos dessa natureza.

    A Esquerda pode não ser a autora ou responsável por esses ataques que aumentam ano após ano, mas ao mesmo tempo ela tem sido acolhedora, de proximidade conveniente e omissa diante de tais acontecimentos.

    A simpatia de nosso Papa por essa corrente é notória, mas até aí não há problema algum pois ele é e representa algo muito maior. O Sumo Pontifice ou qualquer outro guardião da nossa Fé não deve se moldar às nossas preferências ou simpatias.

    A Igreja Viva nunca vai parar de ser perseguida neste mundo, isso é um dos muitos sinais de sua autenciticidade e fidelida ao nosso Senhor Jesus Cristo, mas isso não quer dizer que será passiva ou omissa a atos como este. Eu realmente esperava algum comentário do proprio Pontifice para seu rebanho especificamente.

    1. Realmente uma fala direta do papa serviria de resposta aos críticos, como assunto para debates e também como conforto para as comunidades do mundo inteiro porém, as comunidades locais foram atendidas pelos bispos das dioceses e pelo núncio apostólico que representa pessoalmente o papa mais nós queremos vê-lo. Nunca ouvi o papa falar a favor do comunismo mais sempre o ouvi falar no Amor ao próximo, no cuidado com o menos favorecido, na santificação e unidade de todo povo Cristão coisas que ele viveu durante seu ministério sacerdotal, ademais ele sabe que há muito jogo político por trás de tudo isso talvez ele não esteja falando de viva voz para todos mais muitos estão a escutar…

  3. O papa é comunista só está preocupado com as queimadas do amazonas, ou seja as riquezas debaixo da terra. Não veio a público dizer uma só palavra em favor aos cristãos, e nem repudiou os ataques a cristão da xhina

  4. Agora Papa vem se manifestar, a igreja sempre não foi tão aliada da esquerda sebosa, como troco ela faz isso. Sem contar no carnaval do ano passado que colocou Jesus como homossexual e Maria como prostituta. Essa esquerda sebosa só quer destruir a família e as instituições.

  5. A estratégia de marketing reverso está senda usada em todo o mundo. O jogo de futebol com a cabeça parece ser um exemplo de marketing reverso, onde a vítima do suposto ataque do opositor sai sempre ganhando politicamente. Se cria uma situação de vítima de ataque para se fortalecer junto à opinião pública. As Sementes da China parece jogo de interesse comercial. Tem gente que diz que é direita, mas planta, produz e dispara fakes. O fato existiu….só não se sabe quem produziu…..??????

  6. Ora, este senhor, Jorge Bergoglio, vulgo papa Francisco, não tem do que reclamar. Quem tocou fogo nos templos católicos chilenos foi a esquerda que ele e a CNBB fazem parte e tanto defendem. Este é o resultado dos princípios pregados por Marx, Engels, Gramsci, Stalin, Fidel Castro, Mao Tsé Tung, e que a caterva esquerdista brasileira segue à risca.

    1. E a direita imunda é expert em infiltrar fascistas para promover atos terroristas para incriminar a esquerda.

    2. A esquerda saí detonando com os seus antifas, blackblocks a afins e culpa é da direita.
      Tá 'serto.'

    3. Antônio Turci, você é muito desinformado mesmo. No mínimo deve ser telespectador do Jornal Nacional.
      Em todos os jornais que falam do episódio, nenhum menciona que esse vandalismo foi provocado pela esquerda e sim por um pequeno grupo de encapuzados infiltrados nas manifestações.
      Fique sabendo você que o comunista Daniel Jadue, foi insultado e ameaçado. Conforme diversas pesquisas apontam Jadue é a figura de oposição da esquerda e centro-esquerda mais bem posicionada em relação à eleição presidencial que ocorrerá em 2021. Por aí dá para se supor que a direita no seu desespero planejou todos esses ataques para incriminar e desestabilizar a campanha de Daniel Jadue. Se informe melhor antes de vir criticar o Papa Francisco, uma das figuras mais emblemáticas da atualidade.

    4. Manoel,
      Não seria mais lógico reconhecer que nos ataques há pessoas que estão pondo em prática orientações de ideólogos da esquerda como Lenin e Gramci? Pesquise o que eles disseram sobre lutar contra a cultura cristã.

  7. A igreja tem colhido o que planta…. E o país que foi maravilhoso e ainda pode ser, pode ficar pior com essa tendencia esquerdista e autoritaria, pois toda esquerda é autoritaria na sua essencia, e se esconde num manto de mentiras. Pobre Chile.

    1. Foi maravilhoso, quando?
      Quando matou milhares de civis e torturou também?
      Já estive lá 2 vezes, e os chilenos têm horror a Pinochet!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Papa Francisco celebra missa de Ramos sem fiéis


Alberto Pizzoli/AFP

O Papa Francisco oficiou a missa do Domingo de Ramos, que marca a entrada da Semana Santa, em uma Basílica de São Pedro deserta devido à pandemia de coronavírus.

Em 15 de março, o Vaticano anunciou que todas as celebrações litúrgicas da Páscoa seriam realizadas “sem a presença física dos fiéis” na praça de São Pedro.

Assim, neste domingo (5) o Papa abençoou os Ramos em uma basílica vazia, exceto por alguns poucos religiosos, cada um sentado em um banco.

A missa foi transmitida ao vivo no site do Vaticano, como também será no próximo domingo para a missa da Páscoa, a celebração mais importante do cristianismo.

“Hoje, no drama da pandemia, diante de tantas certezas que desmoronam, diante de tantas expectativas traídas, com o sentimento de abandono que oprime nossos corações, Jesus diz a cada um: ‘Coragem, abra seu coração ao meu amor Você sentirá o consolo de Deus, que o sustenta ‘, disse o papa argentino.

FolhaPress

Opinião dos leitores

  1. Tô falando de todas as religiões que ursupam dos fiéis, e que até agora nada fizeram em ações. Se liga

    1. A Igreja Católica mantém na Ásia: 1.076 hospitais; 3.400 dispensários; 330 leprosários; 1.685 asilos; 3.900 orfanatos; 2.960 jardins de infância.

      Na África: 964 hospitais; 5.000 dispensários; 260 leprosários; 650 asilos; 800 orfanatos; 2.000 jardins de infância. Se a Igreja Católica saísse da África 60% das escolas e hospitais seriam fechados.

      Na América: 1.900 hospitais; 5.400 dispensários; 50 leprosários; 3.700 asilos; 2.500 orfanatos; 4.200 jardins de infância.

      Na Oceania: 170 hospitais; 180 dispensários; 1 leprosário; 360 asilos; 60 orfanatos; 90 jardins de infância.

      Na Europa: 1.230 hospitais; 2.450 dispensários; 4 Leprosários; 7.970 asilos; 2.370 jardins de infância.

      Fonte: https://cleofas.com.br/voce-conhece-as-grandes-obras-de-caridade-da-igreja/

  2. Cadê as ações? Cadê o dinheiro dos fiéis? Pra que serve essas riquezas? Só vejo ação de pessoas que inclusive algumas nem acreditam no criador. É bom meditar nisso.

    1. Tá falando dos templos que exigem dez por cento do seu salário? Se for, não é da Igreja Católica.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Papa deve celebrar missa por vídeo, como medida para evitar propagação do coronavírus

FOTO: AP Photo/Andrew Medichini

O papa Francisco irá celebrar a tradicional missa de domingo por vídeo. A medida visa evitar a congregação pública na praça de São Pedro, como medida de precaução devido ao surto de coronavírus que assola o país.

Tanto a oração do anjo quanto a catequese de Francisco serão retransmitidas diretamente pelo canal de televisão do Vaticano e sua página na web.

Em comunicado, a decisão é considerada necessária para adotar as medidas aplicadas em toda a Itália pela proibição de celebrar eventos com aglomerado de pessoas.

ESTADÃO

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Vaticano desmente que papa concedeu a ‘bênção dos inocentes’ a Lula

Foto:  Ricardo Stuckert

Por meio de seu portal de notícias, o Vaticano negou a informação que circulava pelas redes sociais de que o papa Francisco teria concedido uma bênção chamada benedictionem et innocentum (algo como bênção dos inocentes) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O boato começou a circular quando uma foto dos dois em Roma foi divulgada. Na imagem, o pontífice está com a mão sobre a cabeça de Lula.

De acordo com sites pró-Lula, a bênção seria dada apenas a alguém culpado por algo que não cometeu. Mas não há registro desse tipo de graça na Igreja.

O encontro do ex-presidente com o papa ocorreu no dia 13 de fevereiro na residência Santa Marta, dentro do Vaticano, e durou uma hora. Os dois já haviam trocado correspondência em 2018, quando Lula esteve preso em Curitiba após ser condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em processo da Operação Lava Jato.

De acordo com Lula, os dois conversaram sobre desigualdade social, perda de direitos dos trabalhadores, e a necessidade de empenho dos governantes na questão ambiental. O ex-presidente ganhou um rosário abençoado pelo próprio papa.

Veja

Opinião dos leitores

  1. Deve-se lembrar que a profissão de fé do papa é engajada com a cura dos doentes. Entretanto, a tendência canhota evidenciada na história de Jorge Bergoglio tenha pesado muito nos encontros políticos. Basta observar a expressão sincera de alegria em encontros com Fidel, Lula, Cristina, Evo e Nicolas. Aos católicos um lamento.

  2. Parabéns Jefferson p comentário, qualquer igreja de qualquer de dominação jamais deveria tomar partido por qualquer assunto de conotação política partidária.
    Caminhamos hoje vendo católicos e evangélicos disputando pra ver quem dá mai$.
    É uma vergonha!!!!

  3. Rafael Pinheiro, tem razão! Saber levar "um terço " melhor do qie Lula duvidodeodo, até nos dedos ele não pode nem contar as Ave Maria, pois não dá certo, ele já deu fim de um deles.
    Com relação ao Papa, com todo respeito, é pra tá se metendo com política partidária? Em qual passagem bíblica ele encontrou está orientação ? Qual outro presidiário ele convidou pra aí Vaticano ? É Francisco… a lição que São Francisco deixou, você não a seguiu. Que pena.

  4. Respeitem a sua santidade o Papa Francisco.
    Jesus veio pra todos e não pra quem nos convém.

    "21Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás! Quem matar será condenado pelo tribunal’.22aEu, porém, vos digo: todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo."
    Mt 21:22

  5. Todo tipo de constrangimento que o o Papa passar por causa de Lula é pouco. Jesus caminho pela terra santa cercado por pessoas de indole e passado duvidoso, porém o pre requisito sempre foi o arrependimento e disposição de assumir uma nova vida liberta do pecado. Todos sabemos que Lula não se dispõe a isto e principalmente que o PAPA e acólito ditadores e pessoas deste tipo por adesão. Lamentável para nossa igreja! Vergonha deste papa canhoto!

  6. A mentira sempre foi a mola propulsora do partido que virou quadrilha, o chefe da organização criminosa é um mentiroso contumaz.

  7. Esse Papa só não é uma decepção pq dele já não esperava nada de bom. Meu Papa continua sendo Bento XVI. Esse argentino vai destruir a Igreja Católica. Os evangélicos estão dando gargalhadas com ele, nadando "de braçada".

  8. Mais uma mentira. E esse povo ainda fala de são vítimas de fake news. Já passou do ridículo.

  9. Lula sempre foi muito religioso, enquanto o PT esteve no governo ele sempre levava "um terço"

  10. Já esta dando nojo vê esse cara toda hora dizer que é inocente, esse bandido quer comover o mundo como se fosse um injustiçado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“ABENÇOADO” – FOTOS: Papa Francisco se encontra com Lula no Vaticano

Fotos: Reprodução/Twitter LulaOficial

O Papa Francisco se reuniu nesta quinta-feira (13) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Vaticano.

Segundo o site do Instituto Lula, o ex-presidente viajou até a Santa Sé para abordar temas como fome, desigualdade social e intolerância na conversa com o pontífice.

O teor detalhado da reunião não foi divulgado até a última atualização desta reportagem. Em janeiro, o presidente argentino Alberto Fernández já havia anunciado que Francisco receberia Lula.

G1

Opinião dos leitores

  1. Eu até admirava o papa mas depois dele receber um condenado por corrupção, perdi a credibilidade no líder católico. Que vergonha!

  2. Os Papas Laranjas, Chocolates e Rachadinhas ainda estão se desencontrando sob as bençãos da Milicia do RJ.
    EDIR MACEDO, RR. SOARES, SILAS MALAFAIA, MARCOS FELICIANO E DAMARES SÃO OS "SANTOS" QUE A FAMÍLIA DO BOZO ADORA.
    SEM ESQUECER O SANTO TRUMP E ORVALHO DE CAVALO.
    Só não esuqeçam que o Papa, qualquer que seja ele, é também um Chefe de Estado, o Estado do Vaticano. E como tal deve ser tratado.

  3. Esse Papa Chico virou cachorro no quinto grau. Esse Vaticano é um antro de roubalheira, pedofilia, lavagem de dinheiro e virou refúgio e proteção de foras da lei, ditadores e de todos pevertidos da sociedade. Não foi à toa que Pio XI silenciou sobre o holocausto em troca do tratado de Latrão, assinado pelo Ditador Benito Mussolini e o Papa Pio XI que converteu o Vaticano em m País independente. Esse Papa anticristo, chamado Chico, era para ser excomungado e expulso como representante da Igreja Católica, que diga-se de passagem, registra a história mais negra da humanidade patrocinada pelos Papados que ceifaram as vidas de milhares de inocentes através dos famigerados Tribunais do “ Santo” Ofício da Inquisição

  4. Esse LULADRÃO está sendo OPORTUNISTA, dando uma de religioso pra tirar proveitos políticos disso.

    1. O papa pode até perdoar, está no seu papel. Mas o povo não vai esquecer nem perdoar. Para obter o perdão é preciso se arrepender. E devolver o dinheiro roubado.

  5. JESUS PROCURA EXATAMENTE OS PECADORES,LADROES,COBRADORES DE IMPOSTOS, PROSTITUTAS, POIS ELE VEIO EXATAMENTE PARA OS DOENTES. E EXATAMENTE O QUE O PAPA ESTAR FAZENDO E A NOSSA IGREJA CATOLICA PROPAGA. REZEMOS PELA SALVACAO DESTA ALMA PECADORA

  6. É o encontro de dois papas. O papa da ladroagem com o papa da maluquice.
    É o cruzamento do maucaratismo com a estupidez.
    Só pode dar merda.

  7. O Papa, chamou lula e Dilma e disse, quero ser o jesus da atualidade, lula perguntou como assim, queria morrer entre dois ladrões.

  8. Entre o Papa e Edir Macedo, RR Soares e Silas Malafaia, me parece ser muito simples entender quem está mais próximo dos mais pobres e necessitados do mundo.

  9. Papa Francisco muito me decepcionou, receber um ladrão, político corrupto, mentiroso, adúltero, alcoólatra, a igreja católica cada dia fica mais vazia.

  10. Os evangélicos são diferentes em que dos católicos,somente porque estão sendo usados por Bolsonaro,usados entre aspas,tudo por conveniência.

  11. Nada demais um Padre perdoar um ladrão, agora a Justiça e a população brasileira jamais o perdoarão, ahhhhhhhhh ladrãoooooo.

  12. Por essas e outras que a igreja católica está definhando e os evangélicos se firmando com religião. Nos últimos tempos quase 40% de fieis migraram para outras religiões, em especial as evangélicas.

  13. Esse ladrão foi no vaticano apenas pra verificar o saldo bancário e fazer uma retirada pra pagar a banca de advogados caríssimos que defendem esse condenado!!

  14. Cena muito parecida vivida por Cristo no Calvário, onde um ladrão mostrou-se arrependido e Cristo de pronto o perdoou, prometeu-lhe o Reino dos Céus. Xô satanás…..

  15. O Papa João Paulo II foi visitar na cadeia o cara que tentou MATAR ele, mas o gado acha que o Francisco tem que deixar de receber alguém só pq ele quer. É mole…

  16. O Papa Francisco deve ter tranquilizado Lula acerca dos milhões que estão depositados no Banco do Vaticano e orientado-o a não roubar mais, pois ninguém acredita mais nas suas mentiras para justificar a riqueza dele e dos filhos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Vaticano abrirá seus arquivos em março de 2020, e ufólogos acreditam na revelação da existência de vida alienígena inteligente

Foto: Ufo-Spain

Como é de conhecimento geral, o catolicismo é uma das correntes religiosas mais importantes do mundo e a sede da Igreja Católica, no Vaticano, conta com um impressionante acervo cultural, tanto antigo quanto moderno. Infelizmente, pouco  conhecemos sobre ele. Mesmo assim, informações vindas de várias fontes fizeram ufólogos e estudiosos concluírem que o Vaticano sabe mais sobre encontros com alienígenas e sobre a presença de UFOs em nosso planeta, do que reconhece.

Vaticano

Entretanto,algo parece estar mudando em relação aos assunto. A partir de 02 de março deste ano, o Vaticano irá permitir que pesquisadores de vários países tenham acesso a informações datadas de dezembro de 1958 em diante, quando se encerrou o pontificado de Pio XII. Isso não é pouca coisa, o Vaticano é considerado um dos mais importantes centros de coleta histórica do mundo. Possui cerca de 150.000 documentos, 650 arquivos diferentes em uma extensão de 85 km lineares de prateleiras, dos quais se diz que permitiriam conhecer oito séculos de história.

Além de esta novidade realmente sem precedentes, haverá, no dia 12 de fevereiro deste ano, uma conferência realizada sob o título “O Universo E Possíveis Encontros Com Outras Civilizações”, patrocinada pelo Centro Ufologico Nazionale [Centro Ufológico Nacional – CUN], uma organização italiana que tem entre seus membros personagens relacionados ao Vaticano e ao governo italiano. Seu presidente de honra é o consultor da Revista UFO Roberto Pinotti.

Muitos ufólogos acreditam que podemos estar caminhando para a revelação da existência de vida alienígena inteligente no universo e talvez em nosso próprio mundo. A conferência será apresentada por Vladimiro Bibolotti, jornalista independente, conhecedor do Fenômeno UFO desde 1975, membro do Centro Nazionale desde 1995, do qual foi presidente até 2019.

Revista UFO, com Ufo-Spain

Opinião dos leitores

    1. Esse seu nome foi que te deu ?? Seu ateu FDP , idolatra brandido ?? Perdeu a boquinha do ladrao Lula?? Vá aprender a trabalhar vagabundo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Vaticano reconhece novo milagre e Irmã Dulce vai virar santa

(Foto: Divulgação)

O Vaticano anunciou nesta terça-feira (14) que a freira baiana Irmã Dulce será proclamada santa. Com o decreto autorizado pelo Papa Francisco reconhecendo um novo milagre atribuído à intercessão de Irmã Dulce, a beata será proximamente proclamada Santa em solene celebração de canonizações. Ainda não há data para a cerimônia.

Religiosa da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, a beata Irmã Dulce nasceu em Salvador em 26 de maio de 1914 e ali morreu em 22 de maio de 1992. Irmã Dulce foi beatificada em 22 de maio de 2011, em cerimônia no Parque de Exposições.

O processo da causa da Canonização de Irmã Dulce foi iniciado em janeiro de 2000. Com o início do processo, seus restos mortais, que desde 1992 (ano de seu falecimento) estavam na Igreja da Conceição da Praia, foram então transferidos para a Capela do Convento Santo Antônio, na sede das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), também em Salvador.

A validação jurídica do virtual milagre presente no processo foi emitida pela Santa Sé em junho de 2003. Já em abril de 2009, o Papa Bento XVI reconheceu as virtudes heróicas da Serva de Deus Dulce Lopes Pontes, autorizando oficialmente a concessão do título de Venerável à freira baiana. O título foi o reconhecimento de que Irmã Dulce viveu, em grau heróico, as virtudes cristãs da Fé, Esperança e Caridade.

Leia mais sobre a história de Irmã Dulce aqui

O voto favorável e unânime da Congregação para a Causa dos Santos, que levou ao título de Venerável, havia sido concedido em 2008 e anunciado em janeiro de 2009 pelo colégio de cardeais, bispos e teólogos após a análise da Positio – documento canônico misto de relato biográfico e das virtudes e resumo dos testemunhos do processo. Os teólogos que estudaram a vida e as obras de Irmã Dulce a definiram como a “Madre Teresa do Brasil”, pelas semelhanças do seu testemunho cristão com a Beata de Calcutá, sendo “um conforto para os pobres e um exame de consciência para os ricos”.

No dia 9 de junho de 2010 é realizada a exumação e transferência das relíquias (termo utilizado para designar o corpo ou parte do corpo dos beatos ou santos) da Venerável Dulce para sua capela definitiva, localizada na Igreja da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, situada ao lado da sede da Osid, no Largo de Roma. A Capela das Relíquias foi construída na própria Igreja da Imaculada Conceição, erguida no local do antigo Cine Roma e do Círculo Operário da Bahia, construídos pela freira na década de 40.

Correio 24 horas

 

Opinião dos leitores

  1. BG quem também está pra virar santo no Brasil, é Lula Temer e o Flávio Bolsonaro. Nunca fizeram nada de errado é invenção da justiça. Kkkkk

    Ha ladrão!!

    1. E o pior é que esses 03 "santos" tem muitos devotos que botam a mão no fogo por eles, kkkkk.

    2. Basicamente, pelo fato de terem feito algumas coisas boas, as pessoas se alienam.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Vaticano diz que Papa recuou mão de beijos de fiéis por ‘questão de higiene’

Reprodução/Youtube

O mistério de por que o Papa Francisco repetidamente recuou a mão direita enquanto uma fila de fiéis se curvava diante dele e tentava beijá-la foi resolvido — o Pontífice queria evitar que germes se espalhassem entre as pessoas presentes, segundo o Vaticano.

— Foi uma simples questão de higiene — ressaltou o porta-voz do Vaticano, Alessandro Gisotti, a jornalistas nesta quinta-feira, após falar diretamente do Papa a respeito.

O caso causou polêmica depois de um vídeo da cerimônia em basílica de Ancona, na Itália, circular pelas redes sociais e pela imprensa. As imagens foram exibidas pelo canal de notícias italiano TGCOM 24 e geraram especulações sobre o comportamento de Francisco e críticas por suposta “falta de respeito” com os católicos.

Gisotti explicou que havia muitas pessoas na fila e, por isso, o Papa não queria que os fiéis compartilhassem germes entre si, no momento em que repetidamente beijassem a sua mão em curtos intervalos de tempo.

— Ele gosta de abraçar pessoas e de ser abraçado por pessoas — destacou o porta-voz.

Gisotti ressaltou que o Papa já permitiu que muitos indíviduos beijassem a sua mão e o seu anel em várias ocasiões, como no dia em que uma freira idosa foi premiada por décadas de serviço em regiões pobres da África.

Críticos especularam que Francisco não queria que as pessoas beijassem o o “Anel do Pescador”, um símbolo oficial do Papa, que estava em um dedo da mão direita.

Alguns observadores do Vaticano pontuaram que o Papa Bento XVI, muito elogiado pela ala mais conservadora da Igreja Católica, e seu antecessor João Paulo II não gostavam de dar as mãos para serem beijadas por fiéis — pelo menos não em situações de longas filas. Um assessor próximo a Francisco confidenciou que o Papa argentino ficou surpreso com a repercussão do vídeo.

O Globo

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

VÍDEO: Papa acirra polêmica entre alas do Vaticano ao recusar beija-mão

Reprodução/Youtube (Veja vídeo aqui)

Um papa Francisco incomodado e que recusa o beija-mão dos fiéis após uma missa é o novo capítulo da polêmica entre conservadores e progressistas que agita os bastidores do Vaticano.

O vídeo dos cumprimentos após uma celebração em Loreto, cidade a 280 km de Roma, onde o pontífice esteve na segunda-feira (25), ganhou as redes sociais após o evento.

Ao receber os fiéis, Francisco retira a mão quando alguns tentam beijá-la no anel. Ele repete o gesto várias vezes, ficando aparentemente confortável só quando dois jovens não fazem a reverência.

Francisco, como todos os outros papas, recebeu quando eleito o “anel do pescador” (referência a são Pedro, que era pescador e é o padroeiro da categoria), usado na mão direita e um dos símbolos da investidura do poder papal.

O “baciamano”, como se diz no Vaticano, é um antigo ritual de reverência do catolicismo —ao papa e em alguns casos a bispos e cardeais, que também usam o anel como símbolo espiritual.

A recusa em receber os beijos segue a política do argentino à frente do Vaticano.

Eleito há pouco mais de seis anos, Jorge Mario Bergoglio deixou claro seu objetivo de mudar a imagem e a cultura da Igreja Católica, aproximando-a dos fiéis.

Ele já pediu aos seus subordinados no Vaticano para não agirem como “príncipes”.

“O papa não quer ser tratado como um rei. Seu gesto foi explícito nesse sentido”, disse Paolo Rodari, vaticanista do jornal italiano La Repubblica.

Há outros gestos do primeiro papa latino-americano da história na tentativa de desmistificar o cargo e tornar a igreja mais “humana”.

Francisco faz questão de carregar a própria pasta e sempre cumprimenta os membros da Guarda Suíça que o escoltam.

Além do discurso carregado de mensagens de justiça social, o argentino também promoveu mudanças internas —algumas visando reduzir custos e acabar com regalias.

Uma delas foi o fim de um concerto anual realizado em Roma para a elite política, econômica e cultural da Itália, uma tradição do Vaticano por décadas.

Muito menos pomposa, agora a apresentação é aberta aos pobres.

O que chamou a atenção e não escapou das críticas da ala conservadora que faz oposição aberta ao pontífice foram os gestos bruscos ao recusar o beija-mão em Loreto —além de seu visível desconforto.

No vídeo, ele chega a colocar a mão no cotovelo de uma das fiéis para fazê-la sair, logo após driblar um beijo na mão.

O episódio passou a ser usado na atual cruzada contra Bergoglio, alvo de ataques dentro e fora da igreja por sua agenda progressista.

Internamente, o argentino é acusado de desvirtuar os dogmas da tradição católica —o desprezo com o ritual do anel seria um exemplo.

Seu antagonista é justamente o antecessor, o papa emérito Bento 16, referência da ala conservadora da igreja.

O alemão Joseph Ratzinger, que renunciou em 2013 após quase oito anos de pontificado, sempre foi apegado aos rituais clássicos do catolicismo como a comunhão de joelhos e o recebimento das hóstias diretamente na boca.

O site conservador norte-americano Life Site, que se tornou uma espécie de porta-voz da oposição ao argentino, tachou o vídeo de “perturbador” e compartilhou críticas anônimas ao papa.

No passado, o site veiculou dossiês elaborados por cardeais contrários ao argentino sobre temas como o abuso sexual na igreja, um dos temas da agenda de Bergoglio.

O Vaticano não se manifestou. Federico Lombardi, diretor da Fundação Ratzinger e ex-porta-voz de Francisco, minimizou o episódio.

Segundo ele, “o pontífice do encontro” prefere ser abraçado ao antigo beija-mão.

Folha de São Paulo

 

Opinião dos leitores

  1. O ato de beijar a mão (anel) do Papa é um sinal de respeito e carinho. Ele está sendo grosseiro em rejeitar um ato tão simples , respeitoso e de muito significado para o fiel católico.

  2. Cada vez admiro mais o Papa Francisco. Tem combatido os privilégios e os erros cometidos, principalmente os absurdos sexuais.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

‘Todo feminismo acaba sendo um machismo de saia’, diz Papa em reunião no Vaticano

Foto: GIUSEPPE LAMI/AFP

No segundo dia da reunião “A proteção de menores na Igreja”, que reúne 190 membros do alto clero no Vaticano, o Papa Francisco ouviu o discurso da professora de Direito Canônico, Linda Ghisoni, para em seguida falar sobre a presença dela no encontro, considerado um marco na história da Igreja.

— Convidar uma mulher a falar não é entrar no modo de um feminismo eclesiástico. Porque, no final, todo feminismo acaba sendo um machismo de saia — disse, acrescentando na sequência: — Não. Convidar uma mulher para falar sobre as feridas da Igreja é convidar a Igreja a falar sobre si mesma, sobre as feridas que tem. E isso eu acho que é o passo que devemos fazer com muita força: a mulher é a imagem da Igreja, uma esposa, uma mãe. Um estilo. Sem esse estilo, falaríamos do povo de Deus, mas como uma organização, talvez um sindicato, mas não como uma família parida pela mãe Igreja.

Antes das declarações do Papa, Linda Ghisoni havia feito sua palestra sobre “agir em conjunto”. Tratou da importância da escuta das vítimas e de se romper o silêncio em torno do assunto.

— Como podemos falar de proteção de menores na Igreja, sem considerar as vítimas e suas famílias, sem falar dos abusadores, dos cúmplices, dos negacionistas, dos acusados injustamente, dos negligentes, dos que desviaram os casos, dos que tentaram falar e agir mas foram calados? — questionou ela para responde rem seguida: — Ajoelhados: essa seria a postura adequada para tratar os assuntos destes dias.

O Papa disse que o discurso de Ghisoni era próprio de “uma mãe”, completou que a Igreja mesma “é uma mãe” e saltou para o tema da presença de mulheres instituição:

— Não se trata de dar mais funções à mulher na Igreja. Sim, isso é bom, mas isso não resolve o problema. Trata-se de integrar a mulher como uma figura da Igreja em nosso pensamento. E pensar assim também na Igreja com as perspectivas de uma mulher — conclui o Papa.

O pronunciamento ocorreu na tarde desta sexta-feira, segundo dia do encontro que reúne clérigos de todo o mundo no Vaticano para debater o tema do abuso de menores na Igreja, em meio à escalada de denúncias de casos em diversos países. A reunião, convocada de forma extraordinária pelo Papa Francisco, segue até domingo, entre palestras, falas do Papa e de sacerdotes, orações e grupos de trabalho — que incluem sobreviventes de abusos cometidos por padres.

Já no primeiro dia do encontro, nesta quinta-feira, um vídeo com cinco depoimentos de vítimas foi apresentado aos 190 clérigos. Em relatos emocionados, os sobreviventes contaram suas histórias e pediram que a Igreja tomasse medidas concretas para combater a pedofilia na instituição.

No segundo dia do encontro, o cardeal americano Seán Patrick O’Malley falou sobre a “terrível crise” que atingiu os Estados Unidos, segundo ele, por causa das “omissões” Boston, de onde O’Malley é arcebispo, foi palco de uma série de denúncias de abuso sexual, reveladas pelo jornal Boston Globe. A investigação dos repórteres deu origem ao filme Spotlight, que levou o Oscar de melhor filme em 2016.

— Não há nada mais urgente para a Igreja do que debater os abusos. Em nossa aldeia global, um fato que ocorre numa parte do mundo tem consequências para todos. Por isso devemos nos ajudar e nos apoiar uns aos outros para tornar a Igreja um lugar seguro para todos, especialmente para as crianças — disse O’Malley.

O Globo

 

Opinião dos leitores

  1. Todo feminismo é amassar bombril e fazer sabão quis dizer a Vossa Santidade Papa Francisco. Querem empurrar nas escolas nas crianças, criancinhas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

ESCÂNDALO: Polícia invade orgia gay de padres regada a drogas no Vaticano, destaca jornal italiano

Um jornal italiano publicou notícia sobre orgia regada a drogas envolvendo um padre importante da Santa Sé. Trata-se de mais um escândalo que a alta cúpula da Igreja Católica terá que enfrentar.

Conforme informações do jornal italiano Il Fatto Quotidiano, do último dia 5 de julho, policiais invadiram um apartamento no Vaticano onde encontraram um padre importante da Santa Sé em meio a uma orgia gay regada a drogas.

A publicação garante que a notícia deixou o Papa Francisco furioso. Luigi Capozzi, assessor do Cardeal Francesco Coccopalmerio, que é presidente de diversas congregações, inclusive do Conselho Pontífice de Textos Legislativos, é apontado como o organizador do bacanal.

Além disso, o imóvel no qual a orgia aconteceu era de Congregação para Doutrina da Fé e Coccopalmerio, que é um dos principais conselheiros do Papa, era um frequentador habitual. Capozzi foi preso, depois que vizinhos chamara a polícia reclamando do entra e sai de pessoas estranhas no local.

Porém, até o momento, nenhuma queixa foi prestada contra o ele, que é monsenhor. Em janeiro, um padre escandalizou a Itália com casos de orgia com nove mulheres. Ele foi descoberto durante uma investigação de violência privada e favorecimento à prostituição.

O jornal italiano também assegura que Coccopalmerio terá de se aposentar mais rapidamente, para diminuir o impacto do escândalo causado pela orgia de seu assessor.

Correio do Estado

http://www.correiodoestado.com.br/brasilmundo/igreja-catolica-enfrenta-novo-escandalo/307259/

 

Opinião dos leitores

  1. Meu amigo e assim mesmo o que é sujo pode jogar merda que não faz diferença já e sujo, agora pega uma mosca joque dentro do leite e logo e vista por todos…

  2. Que interessante, quer dizer que a punição é a aposentadoria… Que legal, é por isso que esses escrotos não estão nem aí pra religião…

  3. Se fosse um pastor, já tinha aqui um milhão de comentários, mais como e um padre…….. Silêncio…………

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Em missa, papa Francisco defende batismo de filhos de mães solteiras

Em missa na Capela da Casa Santa Marta, no Vaticano, o papa Francisco defendeu ontem (25) o batismo de filhos de mães solteiras. “Somos muitas vezes controladores da fé, em vez de facilitadores”, disse o papa ao se referir a algum padre que se recusa a batizar uma criança filha de mãe solteira. “Essa mulher teve a coragem de continuar a gravidez. E o que encontra? Uma porta fechada?”, disse.

“Isso não é zelo, isso é distância de Deus. Quando fazemos este caminho com esta atitude não estamos ajudando o povo de Deus”, acrescentou. “Jesus instituiu sete sacramentos e, com este tipo de atitude, estamos criando um oitavo, o sacramento da alfândega pastoral”, disse.

Antes de ser papa, quando era o arcebispo de Buenos Aires, Jorge Bergoglio incentivava padres e bispos a batizarem as crianças nascidas fora do casamento.

O papa citou durante a missa outro exemplo: um casal de noivos que queria marcar a data do casamento e foi alertado pelo sacerdote de que precisaria pagar enfeites, cantos. Francisco disse que, no caso, o casal encontrou “as portas da Igreja fechadas quase como sinal de impedimento para a união”.

Participaram da cerimônia cerca de 70 pessoas de diversas partes da Itália e de outros países.

Da Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Vaticano anuncia viagem do papa ao Brasil em julho

papa Francisco viajará ao Rio de Janeiro e ao Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida (SP), de 22 a 29 de julho, confirmou nesta terça-feira o Vaticano. Durante a visita, que acontece em razão da XXVIII Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o pontífice irá, no dia 24 de julho, a Aparecida para rezar diante da padroeira do Brasil.

O motivo da viagem, que será a primeira do pontífice argentino, eleito em 13 de março, é a XXVIII Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá no Rio, e onde são esperados milhares de jovens de todo o mundo. O pontífice deixou de lado programas turísticos como Corcovado e Pão de Açúcar para visitar a comunidade de Varginha, no Conjunto de Favelas de Manguinhos, o Hospital São Francisco de Assis e participar de um encontro no Theatro Municipal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Vaticano diz que Bento 16 avalia publicar decreto que antecipa conclave

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, informou nesta quarta-feira que o papa Bento 16 avalia publicar um decreto, chamado Motu Propio, que poderá antecipar o conclave para uma data mais próxima de sua renúncia, prevista para 28 de fevereiro.

“O Papa está levando em consideração a publicação nos próximos dias de Motu Propio para precisar alguns pontos da constituição sobre o conclave. Não sabemos se considerará oportuno abordar o assunto do prazo do início do conclave”, declarou Lombardi.

Dias após a renúncia de Bento 16, integrantes do Vaticano disseram que a escolha do novo pontífice deveria acontecer na segunda quinzena de março. Porém, estava em estudo a antecipação da data, já que não seria necessário cumprir os ritos que acompanham a escolha quando é motivada pela morte de um papa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Especialistas apontam que renúncia do Papa foi motivada por perda de poder

A renúncia do papa Bento XVI ainda vai dar muito o que falar. Ao certo, não sabe-se ainda os motivos que levaram o pontífice a tomar essa decisão inédita, mas fala-se muito em insatisfação com a perda de poder.  Para um dos principais vaticanistas, o italiano Marco Politi, que acaba de publicar um livro sobre o pontificado de Bento XVI, a decisão foi basicamente política.

Em entrevista ao Estado de São Paulo ele apontou que, no fundo, a renúncia de Bento XVI foi sua “única grande reforma” nos oito anos de seu pontificado. Ainda segundo o especialista, a ala mais conservadora da Igreja teria ficado irritadíssima com Bento XVI por conta de sua renúncia, temendo uma “desmistificação” do cargo de papa a partir de agora.

A perda de poder do Papa também foi apontada como o real motivo da renúncia pelo jornalista italiano Gianluigi Nuzzi, Um dos responsáveis pelas denúncias que deflagraram o escândalo conhecido como “Vatileaks”. Em entrevista à Folha, ele afirmou ainda que a elite administrativa do Vaticano está rachada por intrigas e suspeitas de corrupção.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *