Secretaria Municipal de Saúde emite Nota sobre golpes em Natal utilizando nome da Vigilância Sanitária

Foto: Divulgação

Em virtude de golpes aplicados por terceiros à sociedade, utilizando informações e serviços do Departamento de Vigilância em Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde esclarece que:

A Vigilância Sanitária não realiza nenhum tipo de contato telefônico, prévio, nem por meio de mídias sociais, com os estabelecimentos a serem fiscalizados pelo órgão.

Os técnicos fiscais sempre realizam a vistoria em dupla, de modo presencial, com identificação de crachá e uso de batas ou coletes, sem que haja valor cobrado pelo serviço. Em caso de cobrança indevida deve-se denunciar ao setor por meio dos números 0800-281-4031; 3232-8503 ou 3232-8605.

Ainda sobre a forma de atuação habitual: a primeira abordagem tem teor educativo, no sentido de passar orientações ao estabelecimento; caso haja irregularidades, estas são registradas no Termo de Inspeção Sanitária – TIS, com prazo para adequações, bem como toda e qualquer ação da Vigilância no estabelecimento comercial.

Justiça impede mulher que sofre bullying por se chamar Dilma de trocar de nome

Foto: Reprodução/ Gazeta do Povo

A Justiça de São Paulo negou a uma mulher chamada Dilma a possibilidade de trocar de nome. Na ação, ela dizia que passou a sofrer “bullying” por ser homônima da ex-presidente do Brasil e queria se chamar Manuela, como a BBC News Brasil noticiou em maio do ano passado .

A advogada de Dilma P., Isabelle Strobel, afirmou que sua cliente vai recorrer da decisão.

Em nova entrevista à reportagem, Dilma P. diz que ficou triste com o desfecho.

“Continuo sofrendo bullying. Sei que o impeachment já aconteceu e a Dilma (Rousseff) aparece menos no noticiário. Mas não posso falar meu nome sem que pessoas deem risada. Não quero mais este nome”, afirma.

Veja detalhes aqui no portal Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco disse:

    Os trans podem mudar de nome, agora uma pessoa normal com um nome de uma imbecil, não pode… Pior é sofrer bullying. Essa petralhada é só trambolhão. Ah raça.

  2. Onaireves Caba de Peia disse:

    Se fosse um barbado querendo se chamar de Dilma (ou Brigitte, ou Ginger, o Merlin) podia, né?

  3. #Lula Na Cadeia sempre disse:

    Quem irá querer ter um nome de uma IMBECIL DESSAS , DILMA , a doida que queria engarrafar vento, o poste do ladrao condenado Lula

Os novos rolos que envolvem nome de Flávio Bolsonaro

Quando foi desencadeada a operação “Quarto Elemento”, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Ministério Público do Rio de Janeiro, já era sabido que dois dos milicianos presos, os gêmeos Alan e Alex Rodrigues Oliveira, eram irmãos de Valdenice de Oliveira Meliga, e que ela era lotada no gabinete do então deputado estadual e hoje senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). O que não se sabia — e ISTOÉ revela nesta reportagem – é que Valdenice, a Val Meliga, era tão merecedora da confiança de Flávio que ele entregou a ela a responsabilidade pelas contas da sua campanha ao Senado. Val Meliga, irmã dos milicianos, assinou cheques de despesas da campanha em nome de Flávio. ISTOÉ obteve dois cheques: um de R$ 3,5 mil e outro no valor de R$ 5 mil. Dona de uma empresa de eventos, a Me Liga Produções e Eventos, Val era uma das pessoas a quem ele deu procuração, conforme documento enviado à Justiça Eleitoral, para cumprir a tarefa. Mas não só. Aos poucos, Val Meliga revela-se uma personagem que pode ser tornar “nitroglicerina pura” para Flávio Bolsonaro. Ela é uma das pontas de um intrincado novelo que une as duas maiores fragilidades que hoje fustigam o filho do presidente da República e seu partido, o PSL: além do envolvimento com as milícias do Rio de Janeiro, o uso de supostos laranjas e expedientes na campanha para fazer retornar ao partido dinheiro do fundo partidário.

Explica-se: um dos cheques assinados por Val, no valor de R$ 5 mil, é destinado à empresa Alê Soluções e Eventos Ltda, que pertence a Alessandra Cristina Ferreira de Oliveira. O pagamento é referente ao serviço de contabilidade das contas de Flávio Bolsonaro. Ocorre, porém, que Alessandra era também funcionária do gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa, com um salário de R$ 5,1 mil. Estava vinculada ao escritório da liderança do PSL na Alerj, exercida por Flávio. E, na época da campanha, exercia a função de primeira tesoureira do PSL. Mais do que isso, sua empresa não foi contratada para fazer somente a contabilidade de Flávio Bolsonaro. Ela, a primeira-tesoureira do PSL, ou seja, a pessoa a quem cabia destinar os recursos, fez, por meio de sua empresa, a contabilidade de 42 campanhas eleitorais do PSL do Rio. Ou seja: cerca de um a cada cinco postulantes a um cargo político pelo PSL do Rio deixou sua contabilidade aos serviços da Alê, empresa de Alessandra, tesoureira do partido. Assim, a responsável por entregar e distribuir os recursos do partido tinha parte do recurso de volta para as contas de uma empresa de sua responsabilidade.

Para atrair os candidatos, Alessandra ofereceu um pacote mais barato do que o que eles encontrariam no mercado. Normalmente, uma empresa de contabilidade cobra R$ 4 mil pela administração das contas de uma campanha. Ela cobrou dos candidatos menores R$ 750. Para os candidatos com chances médias, R$ 3 mil. Para as candidaturas mais fortes, como a do próprio Flávio, R$ 5 mil. Ganhou no atacado, não no varejo. Ao todo, sua empresa recebeu das campanhas R$ 55 mil.

O “combo”

Em mais uma ponta do novelo de recursos que vão e voltam para pessoas do próprio PSL, Alessandra atuou em conjunto com o escritório Jorge L.A. Domingues Sociedade Individual de Advocacia, que tem como um dos sócios o advogado Gustavo Botto. Na prestação de contas à Justiça Eleitoral, Gustavo Botto também aparece como um dos administradores das contas de Flávio Bolsonaro. No combo que coloca Alessandra como contadora e Botto como advogados, estiveram 36 campanhas do PSL. Seus serviços também variaram entre R$ 750 e R$ 5 mil. No total, renderam ao escritório R$ 38 mil.

De todas as aspirantes a cargos eletivos que contrataram Alessandra, mais de 95% conquistaram menos de dois mil votos. Candidatas do PSL ouvidas por ISTOÉ relatam que, ao final, praticamente os únicos gastos que efetivamente fizeram na sua campanha foram com a empresa de Alessandra e o escritório de Botto. Foi o caso de Karen Valladares, que obteve 2,5 mil votos no Rio e recebeu do PSL R$ 2,8 mil para a campanha. Ela pagou às duas empresas e com o que sobrou contratou duas pessoas para cuidar das suas redes sociais. “Foi praticamente uma troca. O valor que a gente recebeu, praticamente teve que devolver. Nem deu para fazer campanha”, diz ela. “Eu não tinha experiência nenhuma, com campanha. Então, para não ficar andando de um lado para o outro, resolvi logo essa questão da contabilidade no partido”, conta outra candidata, Ana Thaumaturgo, que teve 771 votos. Uma candidata, Heliana Souza, recebeu os mesmos R$ 2,8 mil do PSL. Pagou R$ 750 a Alessandra e R$ 750 ao advogado. O restante, ela devolveu para os cofres do Fundo Especial de Financiamento Eleitoral. Ou seja, Alessandra e Botto fizeram a contabilidade e a defesa de uma campanha que, na prática, não gastou mais um centavo sequer e que, portanto, não existiu.

Endereço fantasma

Há outros aspectos estranhos que envolvem a empresa de contabilidade de Alessandra. A Alê Soluções foi constituída em maio de 2007. E, no começo, era somente uma empresa de eventos, como a de Val Meliga. Segundo, porém, o registro junto à Receita Federal, existem dez atividades econômicas secundárias mais tarde incorporadas à empresa. O mais próximo de contabilidade que aparece são “Serviços combinados de escritório e apoio administrativo”. A empresa tem capital social de R$ 60 mil. Para a Receita Federal, a Alê Soluções está localizada na Estrada dos Bandeirantes 11216, na Vargem Pequena. Talvez seja só coincidência, mas a Vargem Pequena, em Jacarepaguá, é uma das áreas cariocas dominadas pelas milícias. Para o Tribunal Regional Eleitoral, no entanto, o endereço anotado é Avenida das Américas número 18000 sala 220 D, no Recreio dos Bandeirantes. Esse é simplesmente o endereço da sede do PSL do Rio.

Situação semelhante acontece com o escritório Jorge L.A. Domingues Sociedade Individual de Advocacia. Para a receita, o endereço informado é uma casa em Vila Valqueire. Para a Justiça Eleitoral, foi novamente a sede do PSL do Rio. Por curiosidade, todos os endereços mencionados ficam em Jacarepaguá. Onde também mora o ex-motorista Fabrício Queiroz, o desaparecido primeiro suposto laranja ligado a Flávio Bolsonaro. E onde atuam as milícias.

ISTOÉ apurou que, durante a campanha, a Alê só trabalhou na contabilidade dos candidatos. Entre maio de 2007 e agosto do ano passado, a empresa emitiu 183 notas fiscais eletrônicas, conforme os registros do número das notas concedido ao TRE. Uma média de 16 notas por ano. Somente durante a eleição foram 46 notas em 4 meses. Notas sequenciais, o que indica o serviço exclusivo para as campanhas. Apenas no dia do primeiro turno da eleição, 7 de outubro, foram emitidas 18 notas fiscais entre as 21h31 e as 22h43. Uma média de uma nota fiscal a cada 4 minutos. Houve caso de notas fiscais emitidas em um tempo inferior a 2 minutos entre uma e outra.

Procurada, Alessandra Oliveira disse não enxergar conflito ético no fato de ser ao mesmo tempo tesoureira do partido, funcionária de Flávio Bolsonaro e ter contratado sua empresa para fazer a contabilidade das campanhas. Segundo seu raciocínio, o recurso do Fundo Partidário não é do PSL Estadual do Rio de Janeiro, mas do PSL Nacional. Ela afirma ter fundado a empresa junto com seu ex-marido. Depois que se separou dele, mudou o nome. Segundo ela, inicialmente a empresa funcionava na casa dele. Na campanha, mudou-se para uma sala no mesmo prédio onde funciona o PSL. Há, aí, uma contradição, porque o endereço declarado é o do PSL, inclusive a sala. E Gustavo Botto afirma que trabalhava de fato na sede do partido para, segundo ele, “facilitar a administração e resposta de eventuais comunicações processuais”. Em resposta à ISTOÉ, Botto acrescentou que não houve conflito ético na atuação dos advogados pelo “simples fato de que não há oposição de interesses entre partido e candidatos. Ainda que porventura existisse uma divergência entre uma candidata e o partido, tal atuação não se encontraria no escopo da assessoria jurídica prestadas às candidatas, pois cuida-se somente de questões relativas à campanha eleitoral”. Botto também esclarece que o trabalho de advocacia ocorreu em parceria com outros três advogados e, para isso, foi utilizada a empresa Jorge L.A.Domingues Sociedade Individual de Advocacia. A assessoria de Flávio Bolsonaro não se manifestou.

Quando o Congresso aprovou, em 2015, a extinção do financiamento privado de campanhas eleitorais, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, previu: “O Brasil vai ganhar a Copa do Mundo das Laranjas”. Os casos que vão se revelando sobre o PSL parecem demonstrar que, nesse caso, o ministro infelizmente parece ter razão.

Isto É

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joaquim disse:

    Trocamos seis por meia dúzia.

  2. Marcos disse:

    O que ele é? Completem a palavra mágica: C O R R U P …. ….

  3. realmadriddepiumgenerico disse:

    Esperando publicarem um bilhete do filho, da mulher, sobrinho, irmãos ou netos do Lula pedindo um centavo? não tem, mas todos dizem que são ladrões e milionários, sem apresentar uma prova. Já na famíglia B171, temos cheque para a milcheque, para o B171.1, temos milicianos, temos depósitos em contas. Isso são provas.

  4. PTfalido disse:

    Votei em Bolsonaro. Lula é ladrão. Os filhos de Lula enriqueceram ilicitamente. Agora, está parecendo que esse Flavio Bolsonaro é um tremendo de um bandido. Não adianta clamar por justiça pelos crimes de Lula e familia somente para esconder os Bolsonaros.

  5. Tomaz disse:

    E O FILHO DO LULA???

    • João disse:

      Muda o discurso, Lula está preso, esse é o filho de uma família que NÃO é corrupta. Você tem bandido de estimação.

    • DIOGENES disse:

      ACIMA TEMOS UM EXEMPLO DE BOLSOMINION PURO SANGUE

Justiça determina a retirada de nome de ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo de lista de gestores com contas reprovadas pelo TCE

O desembargador Vivaldo Pinheiro, ao julgar recurso interposto pelo ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Nunes Alves, reformou decisão proferida pela 2ª Vara da Fazenda Pública de Natal, que indeferiu seu pedido de obstar ou tornar sem efeito o seu nome em lista de gestores inelegíveis do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte por terem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa.

Relator do recurso no Tribunal de Justiça, o magistrado reformou a decisão de primeira instância obstando ou tornando sem efeito, se já enviado, o nome de Carlos Eduardo na eventual relação de gestores com contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte, no processo nº 17587/2009.

O ex-governante municipal ingressou na Justiça com Agravo de Instrumento com pedido de efeito ativo contra decisão interlocutória proferida pela 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal que, nos autos do Pedido de Tutela Provisória Antecedente ajuizado em face do Estado do Rio Grande do Norte, indeferiu o pleito pretendido.

O indeferimento se deu pelo Juízo não enxergar a presença dos requisitos legais para sua concessão, “uma vez que o STF não deu interpretação, em sede de Repercussão Geral, no sentido de que o ato proferido pelo Tribunal de Contas em sede de apreciação de contas de gestão não gera efeitos, inclusive de inelegibilidade, enquanto não confirmada pela Câmara Municipal”.

Segundo Carlos Eduardo, ao requerer certidão sobre suas contas perante o TCE/RN, ficou apontado um registro na relação de contas de gestão, referente à despesa de R$ 616,19, em relação a uma contratação de empresa para impressão de “banner” em lona, quando da inauguração do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, no processo nº 17587/2009-TCE.

Argumentou que o julgamento das contas do Chefe do Poder Executivo feito pelo Tribunal de Contas, possui natureza jurídica precípua de mero parecer prévio, não dispensando a manifestação da Câmara Municipal, esta sim, competente para o julgamento de eventuais irregularidades em contas apresentadas pelos prefeitos municipais.

Afirmou que o Juízo de primeiro grau, muito embora tenha assentado o entendimento de que a competência para o julgamento das contas do chefe do poder executivo local seria exclusiva do Poder Legislativo Municipal, decidiu por indeferir a tutela ao entendimento de que o pronunciamento do TCE/RN teria força de decisão e não um mero parecer, contrariando a tese fixada na repercussão geral firmada no âmbito do STF.

Em seguida, afirmou que o perigo da demora residiria no fato dele, pré-candidato ao Governo do Estado, encontrar-se em vias de ter seu nome enviado para a Justiça Eleitoral, pelo Tribunal de Contas, em manifesto descompasso com o entendimento consagrado pela Suprema Corte, podendo atingir a sua esfera jurídica, como também moral, com reflexos eleitorais sobre sua candidatura.

Apreciação do caso

Para o relator, desembargador Vivaldo Pinheiro, ficou evidente a presença da relevante fundamentação para a concessão da tutela pleiteada, uma vez que ficaram caracterizados os dois pressupostos necessários ao deferimento da medida, traduzidos na plausibilidade do direito invocado e na possibilidade de lesão irreparável ou de difícil reparação ao agravante.

Segundo o relator, ficou pacificado no Supremo Tribunal Federal que, quando se trata de contas do Chefe do Poder Executivo, a Constituição confere à Casa Legislativa, além do desempenho de suas funções institucionais legislativas, a função de controle e fiscalização, em razão de sua condição de órgão de Poder, a qual se desenvolve por meio de um procedimento próprio, cuja instrução se inicia com a avaliação técnica da Corte de Contas.

Assim, entendeu que deve ser afastado qualquer efeito presente ou futuro que importe na inelegibilidade de Carlos Eduardo, na forma do art. 1º, inciso I, alínea “g” da Lei Complementar nº 64/1990, apesar de ter o processo nº 17587/2009, oriundo do TCE/RN, reprovado a prestação de contas apresentadas por ele e certificada em documento constante dos autos.

“Concluo, então, que a decisão agravada viola a orientação desenvolvida pela Suprema Corte, já que atua o TCE/RN apenas como emissor de um parecer meramente opinativo, não tendo o seu diagnóstico, força de decisão para os fins delineados no art. 1º, inciso I, alínea “g” da Lei Complementar nº 64/1990, como supracitado”, finalizou.

Agravo de Instrumento nº 0805344-67.2018.8.20.0000
TJRN

 

Prefeito quer mudar nome da Avenida Salgado Filho para Avenida Agnelo Alves

O prefeito Carlos Eduardo quer trocar o nome de uma das principais avenidas de Natal, a Senador Salgado Filho. O blog teve a informação de que o novo nome pretendido pelo prefeito é Avenida Agnelo Alves. O assunto foi encaminhado pelo prefeito para a Procuradoria Geral do Município (PGM).

Um dos motivos para a mudança seria a falta de importância histórica de Salgado Filho para o Rio Grande do Norte, já que ele era gaúcho sem grandes serviços prestados para o Estado. O Blog foi informado que um dos principais nomes para a via é o do ex-prefeito de Natal e de Parnamirim e ex-deputado, Agnelo Alves. Outro nome que chegou ao blog é o da escritora, poetisa e educadora Nísia Floresta. Os novos nomes não foram confirmado, nem negados pela Prefeitura, mas a solicitação da mudança é um fato.

O caso está nas mãos da PGM que vai estudar a mudança e orientar a questão.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. marcos disse:

    o que o nobre deputado fez por natal,alem de clocar fogo no mercado,lembra e acha que e momento para homenagear politico no brasil,uma corja de safados,combinava melhor a troca da moema tinoco combina mais com o nome citado.

  2. Fernando Cavalcanti disse:

    E hoje, bem cedo, coisa de 6;20, perdi um pneu e uma calota na Av Capitão Mór Gouveia, trecho entre ruas São José e Jaguarari, sentido Ceasa, depois de cair em um enorme buraco deixado pela interminável obra de drenagem da área.

  3. Humberto Cunha disse:

    Acho um absurdo esta mania de homenagear e depois desonenafear pessoas! Se deram o nome houve algum motivo!
    Se for homenagear somente quem teve ligação com a cidade, pergunto, o que Airton Sena fez por Natal?

  4. Humberto Cunha disse:

    Agora sim! Vai resolver todos os problemas de trânsito e pavimentação!
    Ou será falta do que fazer fazer?
    Prefeito, procure solução para o trânsito infernal da cidade!

  5. Fernando Cavalcanti disse:

    Duvido que alguém chame de Governador Tarcísio de Vasconcelos Maia a Av da Integração.

  6. Vicente Costa disse:

    Neste País não existe homenagem àqueles que trabalham com dedicação e honestidade. Prefere-se, sempre, render homenagens aos que fazem da política o seu meio de vida, enriquecendo e fazendo dela um grande negócio de família (como se fosse a perpetuação de espécies).
    Chega de auto promoção, pois não é isso que o povo quer

  7. RICARDO disse:

    Imaginem se Henrique tivesse sido eleito governador. o estado passaria a ser RIO GRANDE DOS ALVES.

  8. DANIEL disse:

    Salvo engano, já existe um logradouro com a denominação de Av. Luis da Câmara Cascudo, exatamente onde está situada a residência em que viveu o escritor, bem próximo do Solar Bela Vista e da sede da OAB/RN, antes denominada Av. Tavares de Lira.

    • Flauberto Wagner disse:

      Não foi a Avenida Tavares de Lira, que mudou de nome em razão da homenagem a Luís da Camara Cascudo e sim, a Rua Junqueira Aires.

  9. Amanda disse:

    É aquela questão, vai mudar e vão continuar chamando de Salgado Filho, até que toda uma geração passe e daqui a 50 anos, talvez, chamem Agnelo Alves.
    Com todo respeito ao jornalista e deputado Agnelo Alves, será mais nobre o Prefeito procurar outra alternativa para homenagear seu pai. Essa não foi uma alternativa bem pensada.

  10. Tiago Luiz disse:

    Sem dúvidas, a imensa Av. Salgado Filho, caso ocorra a mudança de nome, deveria se chamar Av. Luis da Câmara Cascudo. Uma bela homenagem a um dos maiores nomes da historia do Brasil.

  11. Paulo Moreira disse:

    o de Maria Boa seria mil vezes melhor

  12. Mario disse:

    Se é para mudar, muda para AV Miguel Mossoro, chega de Alves.

  13. Flavio disse:

    o que Aluísio Alves fez pela aviação pra merecer nome de aeroporto? façamos o seguinte: troque o nome do aeroporto primeiro e depois a turma conversa….

  14. Paulo disse:

    PARABÉNS PREFEITO, BELA HOMENAGEM, SALGADO FILHO FEZ O QUE POR NATAL MESMO? O MELHOR PREFEITO DA HISTÓRIA DO RN.

  15. Democratizar a Imprensa disse:

    Nem em Cuba e na Venezuela, as ruas são chamadas de Fidel Castro e Hugo Chaves? Onde é que está a ditadura mesmo, disfarçada de democracia?

  16. Josafá Faustino disse:

    Vai trabalhar, vai procurar o que fazer. A cidade toda surja, esburacada, as obras inacabadas, Mãe Luíza continua pedindo socorro. História é essa de mudar nome de rua? Isso é uma vergonha, mas as urnas de 2016 estão se aproximando e o povo tá de olho.

  17. Paulor disse:

    Carlos, um conselho…Vai trabalhar que tem mais futuro, não perca tempo com besteira não !!!!
    Já basta a bosta desse aeroporto que esse Henriquinho mudou sem necésssidade.

  18. Verys disse:

    A sociedade não pode aceitar isto. Temos que ir oras ruas. Temos que mudar o nome do aeroporto. Isto é um absurdo. Vamos nos mobilizar por estas duas causas.

  19. Leonardo disse:

    Vamos virar uma Salavador onde tudo se chama Magalhães ou uma São Luís onde tudo é Sarney.

  20. Gabriel disse:

    E porque não… Avenida Câmara Cascudo…?

  21. Sergio Nogueira disse:

    Aeroporto com o nome de titio. Uma das principais avenidas com o nome de painho,.
    Porque não mudar o nome da cidade para Natalves?

  22. Ismael disse:

    Era melhor que fosse dado esse nome ao mercado do alecrim, já que a cidade alta naõ tem mais mercado……

  23. Jorge disse:

    Daqui a pouco natal vai ficar parecida com São luiz. Tudo se dá nome de algum Sarney!

  24. Oque foi mesmo que Agnelo fez por Natal?

  25. Neto disse:

    Tudo menos nome de mais um Alves em algo da cidade. Já basta o aeroporto. Chega de absurdos. Nísia Floresta, Câmara Cascudo, tudo bem. Alves JAMAIS!!

  26. Jose Mané disse:

    Deve ser porque a administração tá bem avaliada nos buracos da cidade, no trânsito, no lixo, no transporte coletivo, na educação, no salários do funcionalismo, etc
    Como não tem o que administrar ele tá preocupado com essa prioridade de alterar o nome da rua Salgado Filho, Hermes da Fonseca, para o nome do pai.

  27. Jose Mané disse:

    Ridículo a alteração.
    Com tanto nomes de pessoas importantes no estado, por que colocar o nome de Agnelo?
    Porque é o pai do prefeito, o único predicado para alterar o nome da avenida,
    BG dançou, pois quis emplacar o nome de Noilde Ramalho, com muito mais serviços prestado ao estado.
    Concordo com o nome de Noilde Ramalho, embora tenhamos outros nomes de peso, como Camara Cascudo, Café Filho, etc, que merecem a homenagem.

  28. Vania disse:

    Absurdo!!!!!!

  29. Jorge disse:

    Terra de índio e CORONÉIS modernos ,o Agnelo Alves tinha como política profissão ,o homem morreu a dias atrás e já irão colocar nome de rua kkkkkkkk,em São Paulo estão homenageando o maior folclorista do pais CÂMARA CASCUDO ,e se saírem aruá ninguém o conhece .

Avenida na Redinha muda de nome a partir desta quarta-feira

av. bugueiro marcelo correiaA rodovia Estadual, RN 0303, mais conhecida como “Avenida Litorânea”, na Redinha, muda hoje de nome é agora será chamada Avenida Bugueiro Marcelo Correia de Oliveira.

A mudança se deu através de um projeto de Lei do Deputado Raimundo Fernandes para homenagear o trade turístico e a categoria de bugueiros.

O homenageado, Marcelo Correia, era bugueiro há mais de 15 anos e faleceu, esse ano, exercendo sua profissão.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Iris Juliana disse:

    Fico feliz pelo gesto nobre de homenagear um trabalhador que tanto valorizou nosso estado. Parabéns a todos os envolvidos.

MP ajuiza ação para mudar nome do campus da UERN em Natal

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por intermédio das Promotorias de Justiça do Patrimônio Público da Comarca de Natal, ajuizou ação civil pública contra a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) devido a instituição designar o nome do campus da universidade em Natal, de “Governador Fernando Antônio da Câmara Freire”.

A ação n° 0806469-43.2013.8.20.0001 se baseia nos princípios constitucionais da impessoalidade, moralidade e legalidade, que impedem a promoção pessoal através da designação de prédios públicos com nomes de pessoas vivas.

Através de portaria, a instituição denominou o campus em Natal em homenagem ao ex-governador Fernando Freire e o Ministério Público, extrajudicialmente, já tentou outras vezes a substituição da nomenclatura do campus da universidade, sem sucesso, como foi o caso da Recomendação n° 002 de dezembro de 2010 na qual representante do MP Estadual pede ao reitor a revogação da portaria n° 1387.

A UERN se negou a modificar a denominação do campus, sob os argumentos de que a revogação da portaria de nomeação implicaria em uma série de consequências para a Instituição; de que não teve o objetivo de promover a pessoa homenageada; e de que a decisão de revogação necessitaria de deliberação junto aos Colegiados Superiores.

Na ação, o MP Estadual pede que a Justiça declare a nulidade da portaria da UERN que atribuiu ao campus de Natal a denominação “Governador Fernando Antônio da Câmara Freire”, adotando todas as medidas administrativas e práticas necessárias para desfazer o que tenha sido implantado, inclusive com a retirada de placas ou outra forma de identificação.

MPRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. flavio disse:

    porque também o MP não entra com uma ação para muda o nome da área de convivência do campus central em mossoró, que esta escrito em letras garrafais: GARIBALDE ALVES FILHO. Isso é uma vergonha, universidade de pelegos ! kkkk

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Sao dois pesos e duas medidas, sem querer defender o Sr. Fernando Freire (pra mim o pior Governador do RN), agora a lei nao se implica ao TRT- Tribunal Regional do Trabalho, pois os predios do Tribunal homenageam Ministro Francisco Frausto (ainda vivo) e Des. Jose Rocha (tambem vivo), isso de onde se deve cumprir a lei. Alo MP!!!

  3. Zé Ninguém disse:

    Será que o MPRN sabe que existe um CMEI-Centro de Educação Infantil, em NATAL, que tem o nome Vilma de Faria?

Comissão de Diversidade Sexual da OAB/RN participa de ação de retificação de nome

A Comissão de Diversidade Sexual da OAB/RN, presidida por Felipe Maux, vai atuar como assistente no processo de retificação de nome na certidão de nascimento de Eimar Silva de Barros Filho para Rochelly Eleonora Silva de Barros. “Sinto-me psicologicamente mulher, mas os vexames são frequentes. Pelo currículo, ninguém quer me oferecer emprego. É uma situação difícil e triste”, ressalta Rochelly que quer realizar a cirurgia de mudança de sexo.

Conforme Felipe Maux, o Rio Grande do Norte ainda não teve nenhum caso de retificação de nome antes de cirurgia para alteração de sexo. “Audiência está marcada para o dia 13 de junho para se comprovar o aspecto social que ele se sente e se porta como mulher, possui estereótipo feminino e apresenta-se como mulher”, disse.

Outra questão que a comissão vai acompanhar é a ação para conseguir os medicamentos que devem ser tomados como preparação para a cirurgia. “Com laudos médicos que comprovam transexualidade, vamos entrar com ação para conseguir os medicamentos pelo Sistema Único de Saúde”, disse o advogado Antonino Pio.

“O apoio da OAB/RN é maravilho e impressionante. Espero que as coisas agora aconteçam. Nunca os travestis e transexuais encontram apoio. Mas eu encontrei aqui”, finaliza Rochelly.

OAB-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio Nogueira disse:

    A OAB só não tem Comissão para punir Advogados envolvidos em escândalos de desvio de recursos públicos. Mas para qualquer outro assunto…
    A propósito, como se pode falar em diversidade sexual? E não existem apenas homem e mulher, masculino e feminino? Vai ver que encontraram uma brecha na natureza e criaram um ser híbrido dotado de próstata e vagina ou ovários e testículos e por aí vai.
    Saudade do tempo que a OAB se envolvia com a luta pela redemocratização do Brasil, contra as prisões de opositores do Regime, a favor do impeachment de Collor… Hoje se preocupa se João faz xixi sentado…

  2. Eduardo disse:

    Excelente trabalho realizado pelos alunos do Núcleo de Prática Jurídica da UNP

Vaticano diz que Bento 16 avalia publicar decreto que antecipa conclave

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, informou nesta quarta-feira que o papa Bento 16 avalia publicar um decreto, chamado Motu Propio, que poderá antecipar o conclave para uma data mais próxima de sua renúncia, prevista para 28 de fevereiro.

“O Papa está levando em consideração a publicação nos próximos dias de Motu Propio para precisar alguns pontos da constituição sobre o conclave. Não sabemos se considerará oportuno abordar o assunto do prazo do início do conclave”, declarou Lombardi.

Dias após a renúncia de Bento 16, integrantes do Vaticano disseram que a escolha do novo pontífice deveria acontecer na segunda quinzena de março. Porém, estava em estudo a antecipação da data, já que não seria necessário cumprir os ritos que acompanham a escolha quando é motivada pela morte de um papa.

Apple paga US$ 60 milhões para ter em definitivo o nome iPad

A Apple concordou em pagar a uma empresa chinesa US$ 60 milhões para pôr fim a uma disputa judicial sobre o domínio do nome iPad, informou nesta segunda-feira o Tribunal Popular Superior de Guangdong, no sul da China.

A chinesa Proview Technology é subsidiária da fabricante taiwanesa de telas LCD Proview, que comercializou até 2009 um monitor de computador chamado iPad.

A Proview, que registrou a marca em oito países em 2000, afirmava que o acordo que vendeu os direitos para a Apple, em 2006, não incluía a China, por se tratar de uma subsidiária independente da sede. A empresa fundada por Steve Jobs afirmava que o acerto era universal.

O acordo anunciado hoje deve pôr um fim às tentativas da Proview Technology de interromper as vendas do tablet da Apple na China, segundo maior mercado da Apple no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Novo coordenador da Administração Penitenciária do RN deverá ser da Bahia

O nome ainda não foi divulgado, mas o novo coordenador da Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte deverá ser importado da Bahia. A informação foi confirmada pelo secretário estadual de Justiça e Cidadania, Fábio Hollanda. O titular da Sejuc afirmou ainda que a saída do coronel Severino Reis da Coape já era planejada.

“Quando tivemos aquela fuga em massa em Alcaçuz, passamos por um momento de crise aguda e caos. Então, tive que pedir ajuda ao coronel Reis pela experiência que ele tinha por já ter sido diretor de Alcaçuz e por já ter sido comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. No entanto, desde o início sabíamos que a presença dele na Coordenação da Administração Penitenciária seria temporária”, explica Fábio Hollanda.

Ainda de acordo com o secretário de Justiça, a saída de coronel Reis vinha sendo conversada nos últimos 15 dias. “Ele deu uma grande contribuição ao sistema prisional e sou muito grato. No entanto, temos um projeto de reestruturação para a Coape e, desde que assumi a Sejuc, vinha tendo diálogos para encontrar o nome ideal para assumir essa nova etapa”, ressalta o secretário.

Fábio Hollanda informou que encontrou uma pessoa com perfil certo para assumir a Coordenação da Administração Penitenciária e ela não é potiguar. “Chegamos a um grande nome, de um acadêmico, mas que tem grande atuação em sistema prisional, tendo, inclusive, participado da gestão de presídios no estado da Bahia. Fizemos o convite e ele já aceitou. Porém, ainda não vamos divulgar o nome, pois teremos uma reunião definitiva com a governadora Rosalba Cialirni para que ela oficialize a nomeação”, revela.

A expectativa é isso seja feito até o início da próxima semana. Fábio Hollanda comentou que o novo diretor não terá perfil militar. “Desde que assumimos a Secretaria de Justiça temos como objetivo colocar em prática a ressocialização dos presos. Hoje, você pegar um criminoso e colocar dentro de uma unidade brasileira é como pegar uma alcoólatra e jogar em um bar. Ou seja, ele não vai se recuperar. Por esse motivo, queremos mudar essa realidade”.

O secretário reconhece que dificuldades estruturais dificultam esse trabalho, chegando a afirmar que, atualmente, a Coape é composta apenas por diretor e vice. Com isso, Fábio Hollanda prometeu oferecer melhores condições para o novo coordenador da Administração Penitenciária. “Se não estruturamos esse setor da Sejuc as coisas não irão caminhar e eu posso colocar o melhor coordenador do mundo que ele não resolverá o problema”, completou.

O coronel Severino Gomes Reis passou 40 dias à frente da Coordenação da Administração Penitenciária (Coape) e anunciou sua saída nesta sexta-feira (9). Antes dele, o coronel Zacarias Mendonça havia pedido para deixar a direção da penitenciária estadual de Alcaçuz.

Fonte: Portal BO

Você sabe qual é o nome do passarinho do Twitter?

Por interino

Você sabia que o símbolo do Twitter tem um nome? O passarinho se chama Larry. O nome foi dado em homenagem ao jogador da NBA Larry Bird, que ficou famoso por jogar no Bolton Celtics, time da cidade do co-fundador da rede.

O gerente de produtos do micro-blog, Ryan Sarver, publicou a imagem da apresentação com o nome do pássaro ontem, em seu Twitter. Sarver também deu a dica: para fechar rapidamente os tweets expandidos da nova versão da rede, basta apertar ‘L’, de ‘Larry’. Gostaram?

Fonte: Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Valcidney Soares disse:

    Notícia MUITO velha. É a segunda notícia antiga que você posta hoje. Tá na hora do BG voltar…

    Essa notícia já tinha visto no ano passado.

Documentos comprovam tentativa do Facebook de impedir o funcionamento de lanchonete em Natal

Ontem, este blog que vos escreve noticiou o caso de uma lanchonete em Natal denominada Faceburg que estava sendo ameaçada de ser acionada na Justiça de manter o funcionamento com o nome. O motivo? O Facebook queria o nome só pra ele por causa da semelhança fonética e estética do Face na marca da sanduicheria. O caso ganhou uma grande repercussão nacional com vários acesso a esse blog.

O problema é que em alguns cantos estava circulando a informação de que o caso não passava de um “factóide”, “mentira” e “estratégia de marketing”. Antes de publicação, o blog já havia confirmado a informação junto aos proprietários, mas, hoje, o blog correu atrás da documentação junto aos proprietários da lanchonete que confirmaram a ameaça da gigante das redes sociais contra o estabelecimento natalense.

Os proprietários também apresentaram toda a documentação judicial encaminhada por um escritório que defende o Facebook no Brasil contando todo a história.

Aqui no BG, para variar, nós matamos a cobra e mostramos o Pau.

Confiram a postagem que rendeu a polêmica:

Facebook quer impedir sanduicheria de Natal de funcionar com o nome Faceburg

Agora Segue a documentação com ameaças da empresa que representa juridicamente o Facebook no Brasil: (Para viualizar em tamanho maior, basta copiar a URL das imagens e colar na barra de endereços do navegador ou simplesmente arrastar a imagem para a barra de navegação)





OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fábio Farias disse:

    Eu fui o responsável por dizer que  é um factóide, mentira e jogada de marketing Bruno, pode me nominar, não tenho medo. Até porque já provei lá no blog que a história é boato 🙂 

    Outra coisa, quem for ler o documento, como eu li, vai ver: não há nenhuma tentativa de impedir o funcionamento da lanchonete, não há nenhum processo em curso e nem haverá processo (pelo menos por enquanto).

    O que houve foi um aviso, porque tanto a marca como a logo são muito parecidas com a da empresa norte-americana. Explico bem direitinho aqui: http://bit.ly/zzsU92 

    E esse aviso foi dado BEM ANTES da empresa iniciar as operações. 

    Ah, e o próprio Facebook Brasil, em contato que fiz com a assessoria deles, desmentiu a história: http://bit.ly/xxrKHP

    De resto, leio seu blog, Bruno, inclusive assino os feeds daqui e acho interessante o trabalho que você faz 🙂 

    • Anônimo disse:

      Fábio, não citei vc porque não sabia que vc tinha falado nada.
      O que noticiamos desde o inicio era a tentativa, não falamos em processo, não sou nada do faceburg, conheci o dono ontem, não faço propaganda do faceburg e o que noticiamos está provado com os documentos.
      Se fosse boato não estaria documentado.
      E o documento está claro que o representante do Facebook no Brasil ameaça a lanchonete.

      Agora se o caras foram expertos, se fizeram jogada de marketing ai é com eles. Apenas noticiamos.

      Abraços Fábio

    • Afg disse:

      E claro que o Facebook desmentiu a história, leia o documento, eles queriam sigilo. Ou seja, tem alguma coisa muito errada ai! Porque ninguém pode ver a cartinha deles?
      Seria porque a fonte do Faceburg é outra, a cor também, e os direitos da marca registrada do Facebook só se restringe a redes sociais e só vale nos EUA? É. Deve ser por isso.
      Eles queria assustar, mostrar a sua grandeza, mas os caras do Faceburg não tiveram medo e colocaram na mídia para fuder com eles. BEM FEITO.

      E tem mais, se você olhar bem o documento, verá que ele foi escrito em dezembro, ainda tiveram que autenticar e passar por várias etapas burocráticas para enviar. Bom, você mesmo diz que é pseudo-escritor, mas para ser escritor você tem que ser um pouco de tudo. PSEUDO-escritor, sabe de que mesmo, hein?

      Att,

Democratas não querem mais ser chamados de DEM

O Democratas não quer mais ser chamado de DEM. Com base em uma pesquisa qualitativa apresentada nesta segunda-feira, em seminário da legenda em São Paulo, detectou-se que a diminuição do nome é prejudicial a seu reconhecimento junto à população.

“Nós nunca inventamos esse DEM. Portanto, massifiquem o nome Democratas”, pediu o senador e presidente do partido Agripino Maia (RN). Lideranças da sigla avaliaram que o uso da sigla “DEM” foi forçado pela imprensa.

O DEM, ou Democratas, no entanto, aderiu à ideia que agora rechaça, já que o usa em sites do partido como o demnacamara.com.br, que consta inclusive no folder distribuído no evento.

Fonte: Panorama Político com informações do jornal Valor Econômico

CEI dos Contratos: Nome do novo relator será definido na próxima segunda

A vereadora Júlia Arruda, presidente da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga os contratos firmados pela Prefeitura do Natal, confirmou que o nome do relator que assumirá a vaga do cargo deixado por Júlio Protásio será definido na segunda-feira (30), durante a reunião da comissão.

“Como todas as decisões não tomarei uma decisão individualizada e sim deliberada entre os membros que compõe a a CEI, buscando a melhor solução para que possamos concluir os trabalhos desta CEI, que foi uma conquista do povo natalense, que aguarda resultados”, escreveu em sua página do microblog Twitter.

Além de Júlia Arruda e Júlio Protásio, a CEI dos Contratos é composta pelos vereadores Adenúbio Melo, Bispo Francisco de Assis e Sargento Regina.

Adolf Hitler potiguar está sofrendo ofensas e agressões verbais

Hitler pouco sofreu com o nome, até hoje

Desde que teve o nome divulgado entre os aprovados na primeira fase do vestibular da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), o jovem Adolf Hitler virou celebridade. Foi muito comentado nas redes sociais e virou matéria em vários jornais com direito a capa.

Essa procura por nomes, digamos, diferentes é normal. Todos os anos a universidade recebe novos alunos e as brincadeiras são inevitáveis para as pessoas que têm um nome menos convencional. Mas, pelo visto as brincadeiras foram deixadas de lado. Em entrevista ao portal de notícias G1, ele confessou estar sofrendo agressões verbais, sendo vítima de ofensas.

“Tem bastante gente criticando, outras fazendo chacota, me chamando de burro, chamando meus pais de burros”, relatou Adolf ao G1.

Gente, os pais do garoto já estão até procurando a Justiça para mudar o nome dele com medo das represálias e repercussões negativas. A que ponto chegamos. Os pais dele não são nazistas, apenas gostaram do nome.

É apenas um nome, onde vamos chegar com agressões?

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Adao oliveira disse:

    Lamentavelmente, o Pai desse rapaz, Era um ignorante!  Pois justamente, onde  concentra-se; A Maior massa descendentes de Judeus,RN e Paraíba… Ele saiu c/ Essa!  Mais niguem deve 'crucificar'  o rapaz, Pois o Verdadeiro nome do Déspota (Hitler) era; Zacharias Salom, 25%  Judeu!

  2. disse:

    Se eu não me engano existe um homem  na Paraíba com esse nome, mas o detalhe é que ele foi batizado nos anos 30 antes da guerra, quando Hitler era considerado um ótimo Chanceler na Alemanha, sendo inclusive capa da revista Time como homem do ano.Impressiona  é esse rapaz, que deve ter uns 17 anos, receber essa "homenagem" do pai, depois que o mundo descobriu a verdadeira face do monstro Hitler.

  3. Renato Bernardo disse:

    ele é mt gente boa e não merece isso.

  4. Na verdade quem deu esse nome a ele foi o pai, que o abandonou quando ele tinha 5,6 anos. A mãe dele nunca aprovou.

    • Rosa disse:

      Pais cometem BULLYING quando escolhem nomes "diferentes" para seus filhos. Muitos só pensam em si e no seu ego ao fazerem o registro, sem pensar no que a criança e mesmo o futuro adulto vai sofrer com nomes que são verdadeiros estigmas. E olha que muita gente esclarecida perde o bom-senso nessa hora e viaja na maionese, às vezes em homenagens estranhas, em nomes complicados, cheios de letras repetidas, em combinações de gosto duvidoso. ABAIXO O BULLYING PARENTAL!!!!!