Política

Avião com Ciro Nogueira apresenta problemas e reunião com Bolsonaro é adiada

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A reunião entre o senador Ciro Nogueira (PP-PI) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), prevista para acontecer na tarde desta segunda-feira (26), foi adiada. O motivo do adiamento foi um problema técnico na aeronave.

Uma nova reunião deve ser marcada para esta terça-feira (27) – ainda sem horário definido. Ciro retorna de uma viagem ao México. A reunião desta tarde aconteceria para a definição do parlamentar no cargo de ministro-chefe da Casa Civil – pasta atualmente ocupada pelo general Luiz Eduardo Ramos.

A aeronave teria apresentado problemas técnicos ao decolar de Los Cabos para a Cidade do México. Segundo pessoas próximas ao senador, ele já está a caminho do Brasil.

Com a troca na Casa Civil, Ramos deve assumir a Secretaria-Geral da Presidência no lugar de Onyx Lorenzoni. A Onyx teria sido prometido um novo ministério – fruto de um possível desmembramento da pasta da Economia que levaria à criação de um novo Ministério do Emprego e Previdência.

Com a indicação de Ciro à Casa Civil, Bolsonaro também tenta ter um novo interlocutor do Executivo com o Judiciário diante do desgaste na relação com o Supremo Tribunal Federal (STF).

Na última semana, Bolsonaro passou a considerar o Partido Progressistas (PP), do qual Ciro Nogueira é presidente nacional, como uma possibilidade de filiação para uma provável disputa das eleições de 2022.

CNN Brasil

 

Opinião dos leitores

  1. É bom o Senador ter cuidado. A esquerda não brinca em serviço.
    Se eu fosse ele, solicitava um avião da FAB o da PF é para transportar os condenados do PT.

    1. Ne isso?! Que diabos Ciro Nogueira eh além de mais um corrupto do centrão que Tb era corrupto na época do PT na presidência?! Tá tudo em casa omi, não se preocupe que o PT não tá achando ruim Ciro assumir não kkk

  2. Eduardo Campos e Teori Zavaski foram vítimas de inexplicáveis acidentes aéreos.
    Um estava crescendo nas pesquisas e diziam que iria vencer, foi retirado da disputa.
    O ministro estava investigando a turma da corrupção e incomodando todo bando que mantém a impunidade, foi retirado do processo. Tem o assassinato de Celso Daniel que até hoje é envolto a mistérios e entrou para o rol dos casos insolúveis, sem resposta.
    Não esqueçam do homem mais protegido do Brasil, Adélio Bispo!!
    Falando em mistérios, por acaso alguém sabe de onde veio os R$ 72 milhões que Dona Marise deixou como herança?

  3. Rapaz, já tentaram derrubar o avião do cara? Essa cambada é mesmo de altíssima periculosidade. Kkkkkkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Bolsonaro “invade” avião lotado, tem recepção calorosa, e alfineta passageiro que gritou ‘fora’: “deveria estar é de jegue viajando, para ser solidário ao candidato deles”

No aeroporto de Vitória, no Espírito Santo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visitou um avião lotado antes da decolagem, onde cumprimentou comissórias e apoiadores. Também não ignorou um passageiro que gritou “fora”.

“Quem está falando ‘fora Bolsonaro’ deveria estar é de jegue viajando, né”, disse ele. “‘Fora Bolsonaro’ tem que estar viajando de jegue, não de avião, é ou não é? Para ser solidário ao candidato deles”, prossegue, sem citar a quem se referia.

Um vídeo do momento foi compartilhado por um canal alinhado ao presidente, através da deputada Carla Zambelli, que provocou os adversários políticos do  presidente. Confira abaixo:

Opinião dos leitores

  1. BG, seu mito acabou! Agora só no golpe! Estão desesperados! Suas idéias políticas são respeitáveis e necessárias, o vetor foi engano!

  2. Rapaz, tem matérias aqui que são exageradas, outras passam pano, mas essa é mentirosa mesmo. No vídeo aparece a maioria dos passageiros xingando Bolsonaro de genocida. Minta, mas pelo menos tente ser discreto, BG.

  3. Dê a noticia direito. Mito ou genocida? Bolsonaro aparece em voo comercial e divide passageiros

    1. VC É UM ZE MANE MESMO
      ESQUERDOPATA

    2. No vídeo que eu vi só escutei fora bolsonaro e genocida.
      Dê a notícia direito.

  4. Entre o jegue batizado e milico e capitalista e Messias de faz de conta Bolsonaro e o jegue batizado e santo comunista e Jesús falso salvador dos pobres e oprimidos conhecido como Lula,eu ainda prefiro o jegue batizado Bolsonaro que è um mais ou menos,não é um ideal,mas,já que a terceira via de centro mostrou se ser inviavel,a eleição será mesmo polarizada entre os dois notaveis com os títulos de bacharelado,mestrado e doutorado e pós-doutores em jeguisse ou jumentisse ou burrice.

    1. Não seja burro, temos que avançar e tentar escolher o melhor. Não adianta voltar a votar num ladrão ou num tonto desse que se passou 4 anos e não mudou nada, só sufoco e polêmicas desnecessária, os preços das coisas nas alturas, tirou nossa aposentadoria. Esse é inepto para o cargo, temos q tentar outro, até um dia encontrar, não podemos é votar num que já provou que é o pior pra nação.

    2. Levou uma vaia do Caraí…kkkkkk
      Saiu de fininho com o rabo entre as pernas…aí ficaram os babões que estavam filmando gritando mito…kkkkkkkkk

    3. O vídeo filmado pelos passageiros mostra o quanto o Minto é “querido”…
      Chega saiu murcho…kkkkkkkkkkkkkkk

  5. Esse sujeito passageiro é um dos derrotados de esquerda, que não pode ver o carinho das pessoas pelo presidente , sem melar as roupas .O desespero é grande.Glória a Deus estamos no caminho certo juntos com Bolsonaro .

  6. Eu tenho uma amiga carioca, que já morou numa comunidade dominada por milícias… Ela me falou que o comportamento do genocida, não tem o que tirar, nem pôr de um miliciano… Ela falou também que milicianos não gostam quando aparece alguém e discorda do pensamento deles…

    1. Será? Você conhece ninguém.
      Você deve conhecer uma militonta do PSOL ou uma desocupada, vápozeira.

    2. É a milícia no poder. Os assassinatos a tiros ainda não começaram porque ainda não dominaram o país totalmente. Mas é o passo seguinte.

    3. Manda ela morar na Argentina porra…fica aqui do lado tá ok.

  7. Se for em outro avião, leva uma vaia maior, que recepção fria dos passageiros, o cara ficou sozinho, se não fosse a comissária, passava vexame. Um ou outro tonto chegou pra falar com ele. Sem a claque não junta um pé de gente Kkkkkkk.

    1. Manda o ladrão de 19 tentáculos entrar num avião desses com passageiros.

    1. Só falta o MINTO dizer que foi o STF que proibiu ele de ir num hospital…

    2. ” o choro é livre ” _ Maju Coutinho
      Ele falou que vai visitar as grandes obras do PT, pra ver o jogo da seleção brasileira. Já que ao invés de hospitais, o PT deu prioridade a elefantes brancos, como é o caso da nossa arena das dunas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Espiões, falsa bomba: o que se sabe sobre avião obrigado a pousar em Belarus, em episódio que ganhou atenção mundial

Avião da Ryanair forçado a pousar em Belarus é observado ao chegar na Lituânia. Foto: Andrius Sytas – 23.mai.2021/Reuters

Nesse domingo (23), um avião da companhia aérea irlandesa Ryanair que havia saído de Atenas, na Grécia, com destino à Lituânia, foi forçado a sair de sua rota original e fazer uma parada em Minsk, capital de Belarus, sob a alegação de uma ameaça de bomba no voo. Um caça foi enviado para escoltar a aeronave, que pousou, então, na capital bielorrussa, onde o blogueiro – e opositor do governo local – Roman Pratasevich foi preso.

Após o pouso da aeronave, ficou constatado que não havia nenhuma bomba a bordo. Com Pratasevich – ativista bielorrusso de 26 anos e crítico do regime político do país – preso, o avião retomou sua rota original e horas depois pousou em segurança na Lituânia.

O caso logo repercutiu na União Europeia e na comunidade internacional, pondo em evidência um pequeno país do leste europeu que desde 1994 é chefiado por Alexander Lukashenko, conhecido como “último ditador da Europa”, e colocando de lados opostos a Rússia, que apoia o regime de Lukashenko, e países ocidentais como os Estados Unidos.

Confira o que se sabe sobre o caso até o momento:

O governo de Alexander Lukashenko

À frente de Belarus desde 1994, Lukashenko vem sendo sucessivamente eleito presidente do país de 9,5 milhões de habitantes em eleições cada vez mais contestadas. Ex-membro do Partido Comunista da União Soviética, ele lidera o país apoiado internacionalmente pela Rússia e China, sendo um chefe de estado bastante próximo ao russo Vladimir Putin.

Em 2020, foi oficialmente reeleito presidente de Belarus, mas as ruas de Minsk foram tomadas por gigantescos protestos populares contra uma eleição que os manifestantes afirmavam ter sido fraudada.

Os protestos foram violentamente reprimidos pelas forças de segurança sob Lukashenko, com cerca de 35 mil pessoas tendo sido levadas à prisão. Lukashenko nega fraude eleitoral e acusa o Ocidente de patrocinar os atos.

Alguns dos veículos de imprensa que cobriram os protestos acabaram fechados pelo governo, de forma que críticos do regime passaram a ter em redes sociais e aplicativos de mensagens aliados para mobilizações.

Ainda em 2020, quando a pandemia de Covid-19 já havia se tornado um problema também para Belarus, Lukashenko minimizou o risco oferecido pelo novo coronavírus – disse que era um exagero da imprensa – e recomendou aos cidadãos bielorrussos que bebessem vodka e frequentassem saunas.

Contra a mídia, que, segundo ele, induzia as pessoas a “entrarem em pânico”, e contra manifestantes que ameaçavam a estabilidade de seu governo, Lukashenko ordenou o trabalho de inteligência da KGB, instituição que ainda existe na Belarus do século 21.

Um dos alvos de Lukashenko é justamente Roman Protasevich, o blogueiro que estava no avião da Ryanair e acabou preso pelas autoridades do antigo país soviético.

Quem é Roman Protasevich

Ainda adolescente, Protasevich começou a ganhar destaque nas redes sociais por seu trabalho crítico ao governo. No aplicativo de mensagens Telegram, ele criou o canal Nexta, que compartilhava informações e mobilizava ativistas contra o governo de Lukashenko.

Por seu trabalho e por integrar os protestos de 2020, Protasevich passou a fazer parte de uma lista de procurados do governo bielorrusso.

Foto: Divulgação

Nessa segunda-feira (25), em um vídeo postado em redes sociais após sua prisão, Protasevich apareceu dizendo que está bem de saúde e reconhecendo que atuou na organização dos protestos em Minsk no ano passado.

Vestindo um moletom escuro, o ativista afirmou que está em uma prisão e negou ter problemas cardíacos, o que foi espalhado em postagens por seus simpatizantes.

Para críticos do governo, o vídeo é prova de que Protasevich está sendo coagido. “É assim que Roman se apresenta sob pressão física e moral. Exijo a libertação imediata de Roman e de todos os prisioneiros políticos”, escreveu no Twitter em inglês um líder da oposição bielorrussa, Sviatlana Thiskanouskaya.

Ação de espiões

Um dos homens mais ricos da Irlanda, o CEO da Ryanair, Michael O’Leary, classificou o episódio do pouso forçado do avião da companhia em Belarus como um “sequestro patrocinado pelo próprio estado”.

Segundo um porta-voz do governo da Lituânia, eram esperados 126 passageiros na chegada do avião, mas somente 121 desembarcaram.

Para O’Leary, agentes de segurança de Belarus estavam infiltrados no voo para fazer a prisão de Protasevich e, por isso, também devem ter desembarcado em Minsk, o que também significaria dizer que a operação foi coordenada com espiões bielorrussos que operaram em solo grego, de onde partiu o avião.

Por precaução, o governo da Lituânia recomendou que seus cidadãos evitem viajar para Belarus e orientou que aqueles que estão no país neste momento saiam de lá imediatamente. Também há a recomendação para que aviões que partam da Lituânia evitem o espaço aéreo bielorrusso.

Reação internacional

Líderes da União Europeia chegaram a um acordo nesta segunda-feira para impor sanções à Belarus. Reunidos em Bruxelas, na Bélgica, os 27 líderes nacionais do bloco exigiram a libertação imediata de Roman Protasevich e uma investigação da Organização Internacional para a Avião Civil (IOCA, em inglês) sobre o incidente que levou à prisão

O conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, disse nesta segunda-feira que os Estados Unidos, em coordenação com a União Europeia e outros países aliados, vão responsabilizar o governo de Belarus pelo ocorrido.

“Estamos fechando nosso espaço aéreo para aviões vindos de Belarus e conclamamos as companhias aéreas da União Europeia a não sobrevoarem o país”, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen. “Mais sanções econômicas serão divulgadas em breve”.

Atualmente, a UE proíbe viagens e congelou ativos financeiros de 88 cidadãos bielorrussos, incluindo o presidente Alexander Lukashenko, depois da repressão aos protestos que questionavam outra reeleição do líder de Belarus.

Outras sanções individuais podem ter como alvo financiadores do regime de Lukashenko.

Em ligação à líder oposicionista bielorrussa Sviatlana Tsikhanouskaya, atualmente no exílio, Sullivan transmitiu o “forte apoio dos Estados Unidos às demandas do povo bielorrusso por democracia, direitos humanos e liberdades fundamentais”.

O presidente do Comitê de Relações Exteriores do Parlamento britânico, Tom Tugendhat, pediu nesta segunda-feira que todas as companhias aéreas parem de voar sobre Belarus. Para ele, a atitude de Belarus, “se não for um ato de guerra, certamente é como um ato de guerra”, especialmente por se tratar de um voo entre dois membros da União Europeia e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

O ministro das Relações Exteriores da Irlanda classificou a iniciativa de Lukashenko de “pirataria aérea”.

A Rússia, por outro lado, classificou de hipócrita a reação indignada dos países ocidentais. “É chocante que o Ocidente chame o incidente no espaço aéreo bielorrusso de ‘chocante'”, escreveu a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores Maria Zakharova no Facebook.

“Se eles não ficaram chocados com o pouso forçado na Áustria do avião do presidente boliviano a pedido dos Estados Unidos, não deveriam ficar chocados com comportamento semelhante de outros”, completou.

Zakharova se referia a um episódio de 2013 quando o avião com o então líder da Bolívia Evo Morales foi forçado a pousar em Viena depois que França e Portugal fecharam seu espaço aéreo durante a viagem de volta de Moscou devido a temores de que o ex-funcionário da agência de espionagem dos Estados Unidos Edward Snowden estivesse a bordo, o que não se confirmou.

CNN Brasil, com Reuters

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Avião com doses da vacina da Covid-19 bate em jumento que estava em pista de aeródromo da Bahia

Foto: Gazeta 5

Um avião da Casa Militar do Governador da Bahia, que fazia o transporte de doses da vacina contra a Covid-19 para a cidade de Ibotirama, no oeste do estado, se chocou contra um jumento que estava na pista do aeródromo do município, na manhã desta quarta-feira (3).

A aeronave transportava quatro caixas com vacinas, que não foram danificadas. De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), não houve problemas com o imunizante nem com o piloto.

A aeronave teve danos pequenos e outro avião foi deslocado para dar a sequência ao transporte das vacinas.

A Sesab informou que o acidente não comprometeu a distribuição do imunizante. No entanto, por causa da logística, haverá atraso na chegada das vacinas às cidades de Barreiras, Guanambi e Santa Maria da Vitória, na região oeste do estado, vizinhas a Ibotirama.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o acidente aconteceu pouco depois que a aeronave pousou na pista. Uma equipe da Polícia Militar esteve no local para prestar auxílio à ocorrência e verificou que o animal ficou ferido e fugiu do local. Não há informações sobre as extensões dos ferimentos do animal.

Novo lote de vacinas

Uma carga com mais de 165 mil doses da CoronaVac, nome do imunizante produzido pelo Instituto Butantan, chegou ao aeroporto de Salvador na madrugada desta terça-feira (3). Os lotes foram organizados pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) e distribuídos para as centrais regionais do interior, de onde serão encaminhados aos municípios ao longo do dia.

Segundo o governo da Bahia, a nova remessa dará possibilidade de continuidade à primeira fase do plano de vacinação, que inclui idosos e trabalhadores de saúde.

Esta é a sexta remessa de vacinas que o estado recebe. Com a carga desta quarta-feira (3), a Bahia totaliza 1.111.200 doses recebidas, entre Coronavac e Oxford, desde o dia 18 de janeiro, quando chegou a primeira remessa.

Até às 15h de terça-feira (2), a Sesab registrou 470.783 vacinados contra o coronavírus, dos quais 124.470 receberam também a segunda dose. As informações detalhadas sobre a vacinação na Bahia podem ser conferidas no boletim de vacinação no portal da secretaria na internet.

G1 – Bahia

Opinião dos leitores

  1. Deixa eu entender??!!! Numa pista de pouso tinha um jumento! E um pequeno avião ( que estava com vacinas) bate no jumento que fugiu….e os jumentos que não viram nem o animal e nem o avião na pista estão sem entender o que aconteceu, né isso??? ? Sucupira perde feio!!!

  2. Com as redes sociais,o PT não engana mais nem os jumentos encantados eles Petralhas,as Mentiras Petralhas são logo desmentidas pelas redes socias!!!!

  3. Tô vendo a hora um avião atropelar a governadora Fátima do PT.
    Ela não pode vê chegar um lote de vacina, que corre pra São Gonsalo pra tirar fotos com a caixa de remédio, que é pro povo pensar que foi ela que comprou.
    Pensa que o povo ainda se engana com isso, em plena era digital onde todo mundo tem a verdade na mão em questão de segundos.
    Gastou 24 milhões com propaganda enganosas, não surtiu efeito nenhum, foi a mesma coisa de pegar o dinheiro e jogar dentro de uma caeira de tijolos.
    Simplesmente virou pó.
    Ninguém acreditou por exemplo, que a barragem de oiticica, esta sendo concluida pelo governo dela.
    Ninguém!
    Não cola mais.

    1. Kkkkkkkkkk Homi Hô Governadora presepeira, Fátima Presepada.

    1. Sim. Deveria ter avisado seu seguidor para não dar mole na pista do aeroporto.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

FOTO: Avião cai em piscina de resort e deixa tripulantes feridos em Minas

FOTO: REPRODUÇÃO/RECORD TV MINAS

Um avião de pequeno porte caiu na piscina de um hotel nesse sábado (20), em Formiga, a cerca de 200 km de Belo Horizonte. A queda deixou os tripulantes feridos, mas ninguém que estava hospedado foi atingido.

A aeronave sobrevoava o lago de Furnas e caiu em um resort do município. Segundo o Corpo de Bombeiros, a suspeita é que o avião tenha apresentado uma falha no motor. O piloto chegou a ficar desacordado, mas retomou a consciência logo depois.

Os três feridos foram socorridos por pessoas que estavam perto da piscina e foram levados para um hospital da região. Nenhum hóspede ou funcionário do resort ficou ferido no acidente.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

VÍDEOS EXCLUSIVOS: Avião com 2 milhões de doses de vacina da Oxford chega ao Brasil

Após uma semana de espera, os 2 milhões de doses da vacina contra a covid-19 da Oxford/AstraZeneca chegaram ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, às 17h24 desta sexta-feira (20). A carga vinda da Índia chegou em um voo comercial da companhia aérea Emirates.

Os ministros Eduardo Pazuello (Saúde), Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Fábio Faria (Comunicações), além do embaixador da Índia no Brasil, Suresh Reddy, receberam o imunizante no aeroporto de Guarulhos.

Após os trâmites alfandegários, a carga segue em aeronave da empresa Azul ao aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, com pouso previsto para as 22h. A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, e Pazuello receberão as doses – que serão transportadas, com escolta da Polícia Federal, ao depósito de Bio-Manguinhos, da Fiocruz, que fará a rotulagem das ampolas.

As vacinas são produzidas pelo Instituto Serum, parceiro da AstraZeneca na Índia. A Fiocruz pagou R$ 54,9 milhões pelas doses.

A previsão da Fiocruz é de que as vacinas estejam rotuladas e prontas para distribuição em 24 horas. Segundo o Ministério da Saúde, a distribuição começará na tarde de sábado (23), por meio do PNI (Programa Nacional de Imunizações), que irá repassá-las aos estados de acordo com a proporção populacional de cada território.

Vídeos via BG.

Opinião dos leitores

  1. 2 milhões de doses, não dá para atender ao Rio Grande do Norte…Depois de tanta trapalhada perpetrada pelo "prisidente" ainda ficam comemorando? Precisamos de 400 milhões de doses. entenderam? 400 milhões…

    1. Calma é so o começo.
      Vai chegar a sua vez.
      A anvisa autorizou, ontonte.
      Kkkkkkkkkk
      Ô sofrencia.
      Aceita tá?
      Doí menos.

    2. Calma q fatão vai importar a russa pelo consórcio nordeste pra fazer o esquema, ou seja, pagar pela vacina e depois não receber

  2. No começo ia faltar vacina, depois ia faltar seringa, e agora vai faltar o quê? Bunda para aplicar? Que comece o mimimi, dos gatos gagos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Família é expulsa de avião após filha de 2 anos se recusar a usar máscara

(Fotos: Reprodução/Instagram)

A coach de saúde e bodybuilder norte-americana Eliz Orban estava com a família a caminho de Nova York para seguir com a tradição que tem há anos de ver a árvore de Natal Rockefeller, mas ela, o marido e a filha de 2 anos do casal, Edeline, não puderam seguir viagem, uma vez que a criança se recusava a permanecer de máscara dentro do avião e, por isso, a família foi convidada a retirar-se da aeronave.

Em vídeo e post compartilhados no Instagram, Eliz contou aos seguidores, chorando, a situação pela qual passou com a família. No texto na legenda da publicação ela escreveu:

“Fomos expulsos de um voo da United. Isso aconteceu há 7 horas e ainda estou sentada aqui em confusão, descrença, nojo e humilhação. Meu marido cresceu em Nova Jersey, eu morei lá duas vezes antes de nos casarmos e passamos muito tempo lá juntos. É realmente nossa segunda casa. Uma tradição que temos é ir ver a árvore Rockefeller todos os anos. É uma tradição que também queríamos que nossa filha de 2 anos experimentasse. Alguns de nossos amigos / familiares mais próximos com quem crescemos (incluindo seu melhor amigo de infância, que se mudou para a Eslováquia anos atrás e nem mesmo conheceu nossa filha, e alguns de nossos outros amigos que chamamos de família, estavam viajando de Cleveland) estarão lá esta noite e amanhã para que possamos passar um tempo juntos pela primeira vez em anos. Estávamos muito animados com essa viagem de fim de semana para Jersey / NYC. Nós somos clientes fidelizados da @united, então sempre voamos com eles. Na verdade, já tínhamos voado com Edeline 4 vezes desde a pandemia, sem nunca ter tido um problema. Hoje, fomos convidados a deixar o avião depois que ele começou a andar pela pista, eles tiveram que trazê-lo de volta ao portão, porque nossa filha de 2 anos não iria “obedecer” e manter sua máscara. Ela fará 3 [anos] em abril de 2021, para todos que perguntarem. E o que me impressiona ainda mais é que as recomendações OMS são contra máscaras faciais para menores de 5 anos. CONTRA. E esta decisão foi ‘baseada na opinião de especialistas sobre marcos de desenvolvimento da infância, desafios com a conformidade com a máscara e a autonomia necessária para usar uma máscara adequadamente.’ Isso vale uma pesquisa no google. ⁣Como nossas malas não foram retiradas do avião (eles pegaram nossa cadeira de criança) – temos que esperar até amanhã para que eles entreguem em nossa casa em Breckenridge, que fica a 2 horas do aeroporto DIA. Definitivamente não vou jantar em Jersey esta noite.”, desabafou Eliz.

No vídeo compartilhado por ela, há cenas gravadas dentro do avião também, inclusive é possível ver o marido de Eliz tentando fazer com que Edeline, a filha do casal, permanecesse de máscara, até o momento em que um membro da tripulação pede para que eles se retirem do avião: “Olá, senhor, terei de pedir-lhe que pegue seus pertences e saia da aeronave”, disse o funcionário da companhia aérea ao marido de Eliz.

O que diz a OMS e a United Airlines

De fato, no site da OMS, eles não recomendam o uso de máscara às crianças menores de 5 anos, mas a United Airlines – segundo eles, sob a orientação do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças, uma agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos) e parceiros de saúde – decretaram regras preventivas contra a Covid-19 nos voos que inclui o uso de máscara a todos as pessoas maiores de 2 anos:

“A saúde e a segurança de nossos funcionários e clientes é nossa maior prioridade, e é por isso que temos um conjunto de políticas em várias camadas, incluindo a obrigatoriedade de que todos a bordo que tenham de dois anos ou mais usem uma máscara. Esses procedimentos não são apenas respaldados pela orientação dos [Centros federais para Controle e Prevenção de Doenças] e nossos parceiros na Clínica Cleveland, mas também são consistentes em todas as grandes companhias aéreas.”, notificou a United Airlines ao portal Heavy.

Sobre o incidente com Eliz e sua família, a companhia aérea declarou: “Estamos investigando esse incidente específico e entramos em contato com a família. Também reembolsamos os bilhetes e devolvemos a cadeirinha e as malas.” A companhia aérea também negou que a família tenha sido banida da United Airlines para sempre, como disse Eliz no vídeo.

GQ – Globo

Opinião dos leitores

  1. Esse povo tá doente da cabeça, criança não consegue usar máscara, 2 anos?!?! Tá de sacanagem!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Avião faz pouso de emergência em rodovia nos Estados Unidos

O piloto de um monomotor precisou fazer um pouso de emergência noturno no meio de uma rodovia, nos Estados Unidos. As imagens da aterrisagem foram gravadas pelas câmeras de monitoramento da estrada e são impressionantes.

O monomotor sobrevoa por cima dos veículos e consegue pousar com precisão na pista. A aeronave chega a atingir um carro, mas ninguém fica ferido.

O vídeo do incidente foi compartilhado pelo Departamento de Transporte de Minnesota, que comentou estar impressionado pela habilidade do piloto de conseguir pousar sem causar acidentes. Segundo informações, o avião sofreu uma falha no motor.

SBT

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

ÁUDIO: Avião da FAB declara emergência após decolar de Natal e manobra seguida de aterrissagem é realizada com sucesso

Foto: S2 Widcy/Força Aérea Brasileira

Uma aeronave U-100 da Força Aérea Brasileia (FAB) declarou emergência após decolagem da Base Aérea de Natal (Bant), na noite dessa terça-feira, 3, o que obrigou um voo de quase uma hora sobre a capital potiguar com objetivo de “queimar combustível” e realizar o retorno em segurança. A manobra foi um sucesso e a aterrissagem ocorreu sem maiores imprevistos. Veja detalhes no Portal Grande Ponto AQUI, inclusive, com áudio.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Morte de Gabriel Diniz: FAB conclui que condições meteorológicas e erro do piloto levaram à queda de avião

Foto: Marcos Rodrigues/ASN/Divulgação

Condições meteorológicas adversas, atitude e indisciplina de voo do piloto levaram à queda da aeronave que transportava o cantor Gabriel Diniz, de 28 anos, em maio de 2019. É o que aponta um relatório do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da FAB, divulgado nesta quinta-feira (29).

No acidente, morreram também os pilotos Linaldo Xavier e Abraão Farias. Os profissionais, segundo o Cenipa, tomaram atitudes consideradas erradas durante a operação da aeronave Piper Cherokee PT-KLO. De acordo com o relatório, o piloto não avaliou adequadamente os parâmetros para a operação da aeronave com a decisão do prosseguimento do voo em condições meteorológicas desfavoráveis.

A aeronave caiu no Povoado Porto do Mato, no município de Estância, em Sergipe, no dia 27 de maio de 2019.

Mapa mostra local da queda de avião — Foto: Arte G1/Roberta Jaworski

Veja fatores que contribuíram para o acidente, segundo o Cenipa:

Atitude

Condições meteorológicas adversas

Indisciplina de voo

Julgamento de pilotagem

Planejamento de voo

Processo decisório

O documento aponta que a aeronave, fabricada em 1974, não estava equipada com radar meteorológico e não era certificada para voar sob Regras de Voo por Instrumentos (IFR), sendo autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) operar sem Condições de Voo Visual (VMC).

O piloto Linaldo Xavier tinha 83h50m de experiência de voo e possuía licença de Piloto Privado – Avião (PPR), em curso realizado no Aeroclube de Alagoas, em 2017, e estava com a habilitação de Avião Monomotor Terrestre (MNTE) válida. Ele estava somente qualificado para realizar o voo em rota em condições estritamente visuais. O G1 tenta contato com a família do piloto.

A investigação entendeu que “não considerar os procedimentos previstos para se manter em condições de voo visuais concorreu para a exposição da aeronave a elevado risco de acidente” contribuiu para a queda da aeronave.

O acidente

Gabriel morreu aos 28 anos, na queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe. Além dele, os pilotos Linaldo Xavier e Abraão Farias também faleceram no acidente.

Após investigações, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) concluiu que avião realizava táxi aéreo de forma ilegal e autuou o Aeroclube de Alagoas, proprietário da aeronave.

Após mais de um ano e sucessivos pedidos de adiamento de prazo à Justiça, a Polícia Federal ainda não concluiu a investigação sobre o acidente aéreo pois, de acordo com o delegado da PF em Sergipe, Márcio Alberto Gomes Silva, responsável pelo inquérito, ainda eram aguardados laudos periciais elaborados pelo Cenipa e pelo Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal.

‘Ver a cama vazia é terrível’

Um ano após a morte do filho, o pai do artista, Cizinato Diniz, falou sobre a saudade que sente. Além das memórias que retornam com a data do acidente, Cizinato disse que as lembranças são mais fortes na casa onde vivem, em João Pessoa.

“O que mais me faz lembrar Gabriel hoje é passar no quarto dele e ver a cama vazia, isso pra gente é terrível”, relata o pai.

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Administradora de aeroporto em Mato Grosso diz que havia fumaça no momento do pouso de avião com Bolsonaro, arremetido por baixa visibilidade

Fotos: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta sexta-feira (18) que o avião em que ele estava teve de arremeter ao chegar a Sinop, em Mato Grosso, pois a visibilidade “não estava muito boa”. O Pantanal enfrenta uma onda recorde de incêndios, e a fumaça das queimadas já chegou a outras regiões do país.

“Hoje quando o avião foi aterrissar, ele arremeteu. Foi a 2ª vez na minha vida que acontece isso, uma vez foi no Rio de Janeiro, e, obviamente, algo anormal está acontecendo, no caso é que a visibilidade não estava muito boa.”

Segundo a administradora do aeroporto de Sinop, havia fumaça no momento do pouso, e o piloto não tinha 100% de visibilidade da pista.

A manobra de arremeter ocorre quando o piloto decide subir novamente com o avião quando a aeronave já está em operação de pouso, em direção ao solo.

A aterrissagem da comitiva, que levava ainda os ministros da Defesa, Augusto Heleno, da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e o chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, ocorreu normalmente na segunda tentativa.

Visita a Mato Grosso

Nesta sexta, no discurso a representantes do agronegócio no estado, Bolsonaro disse que há “alguns focos de incêndio pelo Brasil” e que isso acontece ao longo dos anos.

“Temos sofrido uma crítica muito grande. Porque, obviamente, quanto mais nos atacarem, mais interessa aos nossos concorrentes, para o que temos de melhor, que é o nosso agronegócio”, disse.

Em referência às críticas de outros países sobre as queimadas no Brasil, Bolsonaro rebateu.

“Países outros que nos criticam não têm problema de queimada, porque já queimaram tudo nos seus países”.

Depois do pronunciamento em Sinop, Bolsonaro seguiu de carro para Sorriso. De acordo com o cerimonial da Prefeitura de Sorriso, ele seguiria de helicóptero para a cidade. A assessoria do presidente, no entanto, não disse o motivo da mudança e negou que tenha sido por causa da fumaça. A distância entre as duas cidades é de 84 km. A viagem durou cerca de 1 hora.

Na cidade, ele entregou títulos rurais e em discurso voltado aos produtores do estado, voltou a criticar o isolamento social apontado por cientistas e médicos como uma das formas mais eficientes de conter o avanço do coronavírus. O Brasil é um dos países com maior número de infectados no mundo – 4,4 milhões – e soma mais de 135 mil mortes pela doença.

“Esse estado [Mato Grosso], um dos maiores de extensão, a sua vocação é o agro, cada dia, cada mês e ano estamos tendo prova disso. Vocês não pararam durante a pandemia,. Vocês não entraram na conversinha mole de fica em casa e a economia a gente vê depois. Isso é para os fracos’, afirmou.

Política ambiental

Nesta semana, oito países europeus enviaram uma carta ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão, em que dizem que o aumento do desmatamento dificulta a compra de produtos brasileiros por consumidores do continente.

A declaração de Bolsonaro em defesa das políticas ambientais do país ocorre ainda um dia depois dele afirmar o país é um exemplo em preservação do meio ambiente. Nesta quinta-feira, em evento na Paraíba, Bolsonaro disse que “o país está de parabéns”.

“O Brasil é o país que mais preserva o meio ambiente. E alguns não entendem como é o país que mais sofre ataques vindo de fora no tocante ao seu meio ambiente. O Brasil está de parabéns da maneira como preserva esse seu meio ambiente”, declarou.

Com G1

 

Opinião dos leitores

  1. Melhor se tivesse não emitido opiniao, escalados são uns poetas, falando se assemelham a ratos. Nove dedos parece com um.

    1. Quem patrocina são vcs esquerdopatas que estão botando fogo criminoso no Brasil pra culpar o presidente, a seca no nordeste deve ser culpa dele como foram os incêndios na Califórnia, na Austrália na África, em Portugal, tudo culpa de Bolsonaro, daqui a pouco ele é culpado por fazer calor em Mossoró

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bolsonaro diz que seu avião teve problema ao pousar em Mato Grosso: “É a segunda vez que acontece na minha vida”

Foto: TV Brasil / Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro contou nesta sexta-feira (18) que a aeronave presidencial teve problemas ao chegar ao Estado de Mato Grosso. “Aqui, quando nosso avião foi pousar hoje, ele arremeteu. É a segunda vez que acontece na minha vida. A outra foi no Rio de Janeiro. E obviamente sempre é algo anormal. No caso, é que a visibilidade não estava muito boa. Para nossa felicidade, na segunda vez, conseguimos pousar.”

Bolsonaro não fez a ligação de que a visibilidade ruim pode ser consequência das queimadas na região do Pantanal e da Amazônia, mas emendou o tema na sequência. “Estamos vendo alguns focos de incêndio acontecendo pelo Brasil. Isso acontece ao longo de anos. E temos sofrido um crítica muito grande. Obviamente, quanto mais nos atacarem mais interessa aos nossos concorrentes, contra aquilo que nós temos de melhor, que é o nosso agronegócio”, afirmou. “Países que nos criticam não têm problema de queimada porque já queimaram tudo que tinham.”

O presidente Jair Bolsonaro esteve na manhã desta sexta-feira (18) nos municípios de Sinop e Sorriso, ambos no Mato Grosso,

Os dois municípios são importantes produtores de soja no país e sofrem com as queimadas tanto na região do Pantanal, no sul do Estado, quanto na região Amazônica, na divisa norte.

Em uma plateia de representantes do agronegócio, Bolsonaro falou ainda ser contrário ao aumento das terras a grupos indígenas.

Também no evento, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, anunciou novas obras no Mato Grosso, como a entrega de ferrovias como Ferrogrão, que liga o Estado a Goiás, e a Ferronorte, e a duplicação da rodovia que liga Rondonópolis a Cuiabá.

Governador vaiado

O governo do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), vaiado quando começou a falar, afirmou que assumiu um estado “quebrado”. “Não é com medo de vaias e medo daqueles que não compreendem a realidade. Centenas de obras nesse Estado foram paralisadas. Hoje nós temos mais de mil quilômetros de rodovias sendo asfaltadas. Retomamos grande parte das obras paralisadas.”

Mendes ressaltou que seu governo não tem nenhum caso de corrupção, assim como no governo do presidente Bolsonaro.

Do início do ano até o último dia 16, o aumento das queimadas no Pantanal foi de 208%, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Ao menos 2,9 milhões de hectares do bioma já foram destruídos pelo fogo, ou seja, 19% da área total.

R7

Opinião dos leitores

  1. ​Defesa das drogas, aborto, convulsão social, destruição da família, a mentira como verdade e zombam das crenças; afinal de contas, qual a virtude do esquerdismo? Lula é o embusteiro por excelência da fina flor do esquerdismo que vive de forma capitalista e desonesta, todavia, caga comunismo como virtude. Sem falar do esquerdismo escravo, liso e pedante da marijuana.

  2. Fumaça inventada pela Globo para derrubar o presidente, são os PTralhas que colocam pó no avião do Mito. "O Brasil está de parabéns, da maneira como preserva esse seu meio ambiente." #SQN

  3. Será q a carga de cocaína estava muito pesada?
    O militar preso pela polícia espanhola ainda continua recebendo salário como militar! Pq será?

    1. rapaz , com certeza vc é daqueles que não acreditam em Deus, não voto no Lula de jeito nenhum mas jamais desejaria sua morte , não misturo política com ódio, não conheço ele pessoalmente, mas politicamente o que tenho a fazer é não votar nele , quem julga a vida dele é Deus, só Deus, agora desejar a morte de um ser humano é pq com certeza vc não acredita em Deus.

      obs: não votei nesse presidente.

    2. São as ratazanas ptrlhas sem as sinecuras e a lei Rouanet, vão trabalhar VAGABUNDOS. Esse meliantes não respeitam nem os correligionários, vejam o que aconteceu com Toninho do pt e Celso Daniel.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Veja imagens de acidente que matou paraquedista militar no RJ

Um soldado paraquedista da Brigada Militar de Infantaria morreu na manhã desse sábado (20), após um acidente durante exercício perto da Base Aérea do Campo dos Afonsos, em Realengo, Zona Oeste do Rio.

A vítima, Pedro Lucas Ferreira Chaves, primeiro ficou preso em uma aeronave modelo C-105 Amazonas. Depois, quando se soltou, seu paraquedas não abriu corretamente e o soldado sofreu graves ferimentos ao cair.

O momento foi registrado nesse vídeo, postado no YouTube. Confira:

Em nota, o Comando Militar do Leste informou que foi instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente.

Confira a íntegra do texto:

“A Seção de Comunicação Social do Comando Militar do Leste informa que na manhã deste sábado, dia 20 de junho de 2020, lamentavelmente ocorreu um acidente fatal durante o lançamento de paraquedistas na Base Aérea dos Afonsos.

Durante o salto, o soldado Pedro Lucas Ferreira Chaves ficou preso à aeronave e, após os procedimentos de emergência, a abertura do paraquedas do militar não ocorreu adequadamente.

O soldado Chaves sofreu ferimentos graves por ocasião de sua chegada ao solo, recebendo, de imediato, os primeiros socorros por parte da equipe médica local. Foi conduzido, na sequência, ao Hospital Geral do Rio de Janeiro (HGeRJ), na Vila Militar, onde foi atendido, mas infelizmente foi a óbito.

Foi instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente. Está sendo prestado todo o apoio psicológico e religioso à família do militar.

Os integrantes do Comando Militar do Leste e da Brigada de Infantaria Pára-quedista sentem-se consternados pela perda e rogam a Deus pelo conforto da família enlutada.”

Metrópoles

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Animação mostra como coronavírus se espalha rapidamente dentro de avião

Como a Covid-19 se espalha dentro de um avião (Foto: Reprodução)

Enquanto o mundo espera ansiosamente voltar à normalidade, as empresas aéreas aguardam o fim da pandemia do coronavírus para colocar seus aviões no ar, mas isso pode demorar um pouco mais. Um pequeno vídeo publicado pelo jornal DailyMail mostra como a Covid-19 pode se espalhar rapidamente entre os passsageiros quando apenas uma pessoa infectada estiver no voo.

A Universidade Purdue, nos Estados Unidos, criou uma simulação que mostra que se uma pessoa contaminada pelo novo vírus tossir sem estar usando máscara, o o coronavírus pode se espalhar por toda a cabine e todos podem ficar doentes. A sequência explica que as pequenas gotas de saliva (em roxo) cheias do vírus atinge rapidamente as pessoas mais próximas e sepois segue para as outras dentro da aeronave.

A simulação é baseada em vírus aéreos que permanecem no ar e os cientistas ainda não têm certeza se o SARS-CoV-2, o vírus que causa a Covid-19, se encaixa nessa categoria. Os cientistas fizeram a simulação para estudar a transmissão de doenças infecciosas em aviões para ajudar a informar os sistemas de ventilação ideais e seguros.

“Doenças infecciosas, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e gripe aviária, podem causar perturbações sociais e econômicas significativas. O modelo foi baseado na suposição de que o vírus SARS de 2003 era uma doença transmitida pelo ar. Isso significa que os germes da respiração, espirro ou tosse de uma pessoa podem permanecer no ar e viajar porque as gotículas são muito pequenas”, comenta o pesquisador Qingyan Chen.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a Covid-19 é transmitida principalmente por meio de gotículas que viajam distâncias curtas antes de cair no chão, motivo pelo qual o distanciamento social impede a expansão.

O ar condicionado dentro dos aviões pode ajudar a impulsionar um vírus, já que o espaço é confinado e não tem janelas.

Globo, via Marie Claire

Opinião dos leitores

  1. Por que Bolsonaro insiste em dizer que não foi contaminado pelo Covid, se veio no mesmo avião e ao menos 20 pessoas da comitiva contrairam o vírus?????

    1. Não distorça as palavras dele. É um direito dele.
      Só isso.
      Ele, nós e você, acredito que temos mais com que se preocupar.
      Vamos ajudar o País a sair desse buraxo/crise/pandemia.
      Pense nisso.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Para evitar doenças como o coronavírus, saiba como desinfetar seu lugar no avião

Foto: Alyssa Schukar / The New York Times

Quando um vídeo de Naomi Campbell limpando o assento do avião e usando máscara e luvas foi compartilhado on-line no ano passado, ele chamou a atenção porque seu comportamento parecia exagerado. (“Limpe tudo o que tocar”, diz Naomi no vídeo.)

As principais companhias aéreas, incluindo a Delta Air Lines e a American Airlines, afirmam que limpam seus aviões em graus variados entre os voos, e que a higienização das cabines é uma prioridade. Mas alguns viajantes, incluindo aparentemente Naomi, preferem o conforto de saber que também tomaram medidas próprias para higienizar seu espaço no avião.

Houve uma atenção crescente a isso nas últimas semanas, com a disseminação perturbadora do novo coronavírus em todo o mundo.

– O avião e a poltrona são espaços públicos, e sabemos que os germes podem viver nas superfícies por um longo tempo. Portanto, não faz mal limpá-los – afirma Aaron Milstone, epidemiologista do Hospital Johns Hopkins, em Baltimore, nos Estados Unidos.

Aqui estão algumas dicas para limpar seu espaço no avião e manter-se saudável num voo.

Mantenha as mãos limpas e pare de tocar seu rosto

– Limpar superfícies num avião não vai doer, desde que não lhe dê uma falsa sensação de segurança – explica Andrew Mehle, professor associado de microbiologia médica e imunologia da Universidade de Wisconsin Madison, enfatizando que a higienização de seu espaço no avião deve ser feita em conjunto com a lavagem das mãos e outras práticas recomendadas.

As partículas virais, o veículo de transmissão do coronavírus, devem viajar dentro do muco ou da saliva e entrar por olhos, nariz ou boca. Enquanto o coronavírus pode durar em superfícies como bandejas, monitores touch screen, maçanetas e torneiras – um estudo descobriu que outros coronavírus, como SARS e MERS permanecem em metal, vidro e plástico por até nove dias -, um desinfetante numa superfície dura, ou sabão enquanto lava as mãos, mata o vírus.

No entanto, a maioria das pessoas tende a tocar o rosto com mais frequência do que imagina. Fazer isso depois de tocar uma superfície atingida por gotas provenientes de espirros e tosses pode levar o vírus a ser transmitido.

Antes de mais nada: lave as mãos

– É muito importante pensar onde suas mãos estiveram e lavá-las sempre – diz Mehle.

Lave as mãos com água e sabão por 20 segundos ou tempo suficiente para cantar “Parabéns a você” duas vezes e, se isso não for possível, use uma quantidade generosa de desinfetante para as mãos.

Escolha um assento na janela

Um estudo da Universidade Emory, em Atlanta, descobriu que, durante a temporada de gripe, o lugar mais seguro para se sentar num avião é por uma janela. Os pesquisadores estudaram passageiros e tripulantes em dez voos de três a cinco horas e observaram que as pessoas sentadas nos assentos das janelas tinham menos contato com pessoas potencialmente doentes.

– Reserve um assento na janela, tente não se mexer durante o voo, mantenha-se hidratado e mantenha as mãos afastadas do rosto – orienta Vicki Stover Hertzberg, professor de bioestatística e bioinformática da Escola de Saúde Pública Rollins da Universidade Emory e um dos os principais pesquisadores do estudo. – Seja vigilante com a sua higiene das mãos.

Desinfetar superfícies duras

Quando chegar ao assento e as mãos estiverem limpas, use lenços desinfetantes para limpar as superfícies duras do assento, como o apoio de cabeça e braço, a fivela do cinto de segurança, o controle remoto, a tela, o bolso traseiro do banco e a mesa da bandeja. Se o assento for duro e não poroso ou de couro (natural ou sintético), você também pode limpar isso. Usar toalhas umedecidas em assentos estofados pode levar a um assento úmido e à propagação de germes em vez de matá-los.

– Não é ruim limpar a área ao seu redor, mas vale lembrar que o coronavírus não vai pular do assento e entrar em sua boca – explica Milstone. – As pessoas devem ter mais cuidado ao tocar em algo sujo do que colocar as mãos no rosto.

Os lenços umedecidos desinfetantes costumam dizer na embalagem quanto tempo uma superfície precisa permanecer úmida para que funcionem. Esse tempo pode variar de 30 segundos a alguns minutos. Para que eles funcionem, é necessário seguir esses requisitos de tempo.

Hertzberg acrescenta que, se houver uma tela sensível ao toque, use um lenço de papel ao tocar na tela. O uso de uma toalha ou lenço de papel garante uma barreira entre uma superfície que pode ter gotículas e as mãos, o que provavelmente chegará ao seu rosto.

– Alguém que está doente e tossindo pode ter tocado a porta e a torneira. Portanto, use lenços umedecidos no banheiro, toalhas de papel para abrir a porta e fechar a torneira, depois jogue no lixo na saída – diz Bernard Camins, diretor médico de prevenção de infecções do sistema de saúde do Hospital Mount Sinai, em Nova York.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Piloto é resgatado no litoral norte potiguar após ejetar em avião da FAB

Um piloto da FAB foi resgatado em alto mar, no litoral norte potiguar, na tarde desta terça-feira(03). A ocorrência se deu após ele ter sido ejetado da aeronave. Até a publicação desse post, não se tem informação da ação que resultou no ocorrido.

Informações preliminares dão conta que o piloto, que estava na aeronave com mais um segundo piloto, sobreviveu e foi resgatado inicialmente por uma pequena embarcação, e depois por uma equipe da Força Aérea em helicóptero.

A aeronave não teria caído e retornado à base com o outro piloto.

Opinião dos leitores

  1. Acho que ele queria comprar peixe barato antes que os paquetes chegasse na costa da Redinha kkkk

  2. Acho que ele queria comprar peixe barato antes que os paquetes chegasse na costa da Redinha kkkk

  3. Dizem que o piloto estava ouvindo Jojó Todinho, Pablo Vitar e Anita, aí o copiloto ficou puto e achou melhor pular.

  4. fala sério !!! Ele foi ejetado pq brigou com o outro? Ou ele estava testando o aparelho de ejeção?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *