Natal em Natal: Árvore de Mirassol será acesa nesta quarta

Foto: Alex Régis

Principal monumento natalino do estado, a Árvore de Natal de Mirassol será acesa nesta quarta-feira (20/11), pelo Prefeito Álvaro Dias. O acendimento está previsto para acontecer às 19h, marcando o início oficial do Natal em Natal 2019.

“Natal de Som & Luz” será o tema da decoração deste ano. A Árvore de Mirassol, um dos principais destaques do Natal em Natal, será diferente de todas as edições. A estrutura deste ano será composta por dois cones, um interno e outro externo, que farão um movimento luminoso giratório, nas cores dourado e prata. A árvore também ganhará o acompanhamento de músicas natalinas, sincronizadas com os movimentos luminosos, algo inédito na cidade. Em sua base, a árvore terá um conjunto de partituras e notas musicais que darão a sensação de estarem flutuando.

A Árvore de Mirassol mantém ainda o padrão dos anos anteriores, sendo a maior estrutura natalina construída no país com esse objetivo. São 110 metros de altura e mais de 400 mil micro-lâmpadas de LED.

“A árvore é um dos principais símbolos de Natal e seu acendimento representa o início das comemorações do aniversário da cidade. O Prefeito Álvaro Dias aposta no resgate das tradicionais natalinas e a Semsur fez um belo trabalho para que isso acontecesse. Estamos todos ansiosos e felizes por mostrar a beleza do Natal em Natal a toda a sociedade”, afirmou o titular da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, Irapoã Nóbrega.

No período do Natal em Natal, a Praça de Mirassol se transforma em um grande complexo cultural. Junto com a Árvore, a Prefeitura oferece diversas atrações artísticas e musicais gratuitas, além de ferinha gastronômica e de artesanato. No local, os visitantes também podem aproveitar um túnel luminoso e a Casinha do Papai Noel.

Totalmente reconstruída pela Prefeitura, a Casinha do Papai Noel foi construída em madeira e terá ambiente interno temático decorado com lareira, árvore de Natal, poltrona, trenzinho e iluminação natalina. Durante o Natal em Natal, a Casinha contará com a presença do Papai Noel às sextas-feiras, sábados e domingos, sempre das 18h às 21h.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Produção disse:

    Prefeito Álvaro Dias e Dácio Galvão e Valda, cadê o Pagamento da Equipe de Produção do Carnaval 2019.…
    Dinheiro tem.
    Queremos nosso pagamento.

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Prefeito Alvaro Dias, aproveite e mande iluminar Ponta Negra. O traide turístico agradece. A população também!

Árvore da Vila de Ponta Negra pode ser a primeira a ser declarada “imune à supressão”

Representantes da comunidade realizaram um abaixo-assinado e encaminharam ao MPRN o pleito para não se retirar a árvore do local

Foto: Site MPRN

A árvore situada na Rua Antônio Mor, na Vila de Ponta Negra, em Natal, poderá ser a primeira árvore da cidade a ser declarada “imune à supressão”. O título garante que o vegetal não possa ser retirado do local e é assegurado pelo Plano Diretor da capital. Esse é o resultado da reunião de conciliação realizada na tarde desta quarta-feira (26), na sede das Promotorias de Justiça, com a participação de representantes das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e de Serviços Urbanos (Semsur), como também da comunidade.

A promotora de Justiça Gilka da Mata explicou que a proposta de conciliação foi indicada pelo Ministério Público, pelo fato de que existe um clamor por parte dos moradores da Vila de Ponta Negra no sentido da manutenção do vegetal no local em que se encontra. Foi apurado que, diante do laudo do Município de Natal, através da Semsur, que sugeriu a possibilidade de derrubar a árvore do local, a comunidade se organizou, realizou um abaixo-assinado e encaminhou ao Ministério Público o pleito para não se retirar a árvore do local.

A representante ministerial também sustentou que a proposta de conciliação tem como base o Plano Diretor de Natal, que estabelece que “qualquer árvore do Município pode ser declarada imune à supressão por motivo de sua localização, raridade ou antiguidade, de seu interesse histórico, científico ou paisagístico ou de sua condição de porta-semente, ficando sua proteção a cargo do Poder Público”.

“Entendemos que o clamor da população justifica o interesse histórico em se conservar a árvore no local. A árvore é tão representativa que até mesmo quando as ruas da Vila de Ponta Negra foram pavimentadas, a espécie foi preservada, mesmo estando situada praticamente no meio da rua”, destacou.

Diante de tudo o que foi exposto na reunião, foi questionado pela promotora de Justiça se seria possível que o Município de Natal realizasse um trabalho de melhoria da saúde do vegetal, uma vez que há notícia nos autos de que há algumas partes da árvore com cupim.

Ao final da reunião, foram acordados alguns encaminhamentos: a Semurb avaliará o que será necessário para dar início ao procedimento administrativo, para declarar a árvore como imune à supressão e a Semsur, por sua vez, tomará as medidas necessárias para melhoria da saúde do vegetal em apreço, informando ao MPRN as diligências realizadas e o cronograma das demais diligências que deverão ser tomadas.

A Promotoria de Justiça também se comprometeu a encaminhar ofício à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), solicitando uma vistoria no local para avaliação das medidas que podem ser tomadas para evitar que veículos de grande porte transitem pela rua, de forma a não agredir o vegetal que se pretende proteger e manter no local. Por fim, a Semurb deverá informar ao MPRN a situação do procedimento para declaração do vegetal como imune, no prazo de 30 dias.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio Nogueira disse:

    Um Promotor ganha o que ganha para isso é uma vergonha e uma tapa na cara da sociedade.

  2. Paulo Silva disse:

    esta ai mais uma prova do mau uso do $$$ público… quero ver o dia que esta bosta de árvore causar um acidente….

  3. carlos cunha disse:

    Será que não tem coisa mais importante pra esse povo fazer? Essa promotora ganha muito pra ficar discutindo sexo dos anjos.

Feira reúne gastronomia, arte e cultura na Praça da Árvore no Mirassol

????????????????????????????????????

Foto: Marco Polo

Imagine um só lugar onde se reúna música, arte e comida, muita comida, tudo reunido em um só local. É assim na Feira de Gastronomia e Arte de Mirassol, que foi aberta nesta quinta (18), numa iniciativa da Prefeitura do Natal por intermédio da secretaria municipal de Turismo (Setur) e Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

A previsão dos organizadores é de 4 mil pessoas circulem durante está terceira edição da feira que oferece 34 opções gastronômicas entre quiosques, food trucks e outros. Sessenta artesãos estão divididos entre a feirinha e a loja de artesanato “Natal Original”, além de espaço kids e música ao vivo todos os dias.

Segundo o diretor de projetos da secretaria de Turismo de Natal, Daniel Marinho, a feira é muito importante, pois está consolidada como mais uma opção de lazer familiar e turística, além de uma fonte de renda para aqueles que estão comercializando seus produtos. “Vemos famílias, amigos, turistas prestigiando cada vez mais a feira. Sem falar que o número de pessoas querendo vender, expor, enfim, participar de alguma forma, cresce a cada edição.”

Para Alex Frutuoso, 36 anos, corretor de imóveis, a feira é completa. “Sempre venho. Dá pra trazer minha filha por causa do parquinho, tem todo tipo de comida, é seguro e tem música. É muito melhor que shopping”, finalizou.

Para Gustavo Henrique, 37, que possui um food truck, a feira tem outra importância. “Ela é a maior. É como se fosse um salário extra para quem trabalha na rua. É muito bom vir pra cá, além de ser muito organizada” comemora.

A organização da feira conta com a parceria da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), por exemplo, colaborará com o evento na limpeza e iluminação da área, que envolve tendas, pavilhões e o entorno da Praça da Árvore de Mirassol; fiscalização de ambulantes, além de disponibilizar uma equipe de manutenção durante o período. Limpeza do entorno da Praça da Árvore, pintura de meio-fio, colocação de lixeiras e disponibilização de equipe de limpeza durante o evento são atribuições da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana).

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) dará sua colaboração, contribuindo com uma equipe da Guarda Municipal, de 17h às 23h, e um posto de vigia de 7h às 19h. Já a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) vai disponibilizar equipe para ordenamento do trânsito no entorno da Praça da Árvore.

A Feira de Gastronomia e Arte conta, ainda, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura/Fundação Cultural Capitania das Artes (Secult/Funcarte), e a Secretaria Municipal de Comunicação Social (Secom).

A feira prossegue na praça da Árvore de Mirassol até o domingo (21), das 17h às 23h.

Feira de Gastronomia e Arte permanece até 11 de janeiro na Praça da Árvore de Mirassol

GASTRONOMIA E ARTE - SET 2015-152A 9ª edição da Feira de Gastronomia e Arte da Praça de Árvore de Mirassol, promovida pela Prefeitura do Natal, através da Semsur, e em parceria com os comerciantes da feira, terá inicio na próxima sexta-feira (13), em versão ampliada. O evento, que já virou uma das melhores opções de lazer para as famílias natalenses, vem com nova estrutura, novos pratos, mais atrações culturais e permanecerá no local até o dia 11 de janeiro de 2016.

Na área de gastronomia, os visitantes vão ter à disposição os pratos com toque gourmet de 27 operações, além de 17 foodtrucks. Os destaques vão para os pratos de bacalhau, bolinhos de salmão com batata doce, macaxeira e creme de manga, pão de jerimum com gergelim, hamburguer com abacaxi flambado e o risoto de camarões inteiros no abacaxi. O motorhome Canela Café também estará presente com seu variado leque de cafés e tortas finas e os tradicionais sanduíches, baguetes, docinhos finos, crepes, pasteis especiais, temakis, paletas mexicanas, açaí, comidas regionais e caldinhos gourmet continuam no mix de produtos.

Outra novidade será a Tenda de Natal, espaço exclusivo para produtos tradicionais do período natalino, como o panetone com brownie e frutas cristalizadas.

A programação artística e cultural também estará em evidência com a seleção dos melhores artesãos do estado em um só lugar. Além da loja de artesanato na Praça da Árvore de Mirassol, outros 98 artesãos vão oferecer os mais variados produtos especialmente selecionados para o período. O público também poderá participar das oficinas de caricaturas e argila no torno e conferir de perto as belas peças sacras no estilo barroco. Para esta edição também foi montado um horto, com variadas plantas naturais.

Na parte musical, subirão ao palco bandas e artistas locais, como Isaque Galvão, Dodora Cardoso, Forró Meirão, KD Maitê, Raimundo Flor, Seu Samba, Samba Terapia, Wanamarque, Rodrigo Lacaz e ainda estão sendo fechadas novas atrações musicais.

Espaço Kids

As crianças também terão um espaço especial criado exclusivamente para a diversão dos pequenos, com uma estrutura que vai oferecer pula-pula, jogos infantis, games e brinquedos luminosos alusivos ao período natalino.

A Feira de Gastronomia e Arte da Praça da Árvore de Mirassol faz parte da programação do “Natal em Natal” e busca valorizar o melhor da gastronomia, artesanato e da cultura locais.

A estrutura do evento contemplará tendas, quiosques, estandes, mesas, cadeiras, banheiros químicos, som ambiente, ampla iluminação, praça de alimentação e contará com serviço de segurança e fiscalização.

Serviço

Evento: “Gastronomia & Arte”

Local: Praça da Árvore, em Mirassol

Data: De 13 de novembro a 11 de janeiro de 2016

Horário: 16h às 23h

Entrada Gratuita

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maracujina disse:

    Coisa fraca . Fiquei decepcionado . Acho que não vai colar não .

  2. Cristiano Mendes disse:

    Fica a sugestão por ser um cidade com um grande volume de turistas, devia ser planeja até o final da alta estação.

[FOTO] Árvore cai na avenida Hermes da Fonseca e danifica veículos

IMG_2433

Quem trafegou pela Avenida Hermes da Fonseca, no Tirol, agora há pouco passou por um susto e tanto. Uma árvore, na altura da Nick Buffet, caiu no meio da via danificando veículos e assustando pedestres que passavam pelo local.

Pelo que o blog apurou, o tráfego na via era intenso, quando grandes galhos da árvore começaram a despencar em cima dos veículos. Um dos galhos terminou atingindo um veículo Ford Ka, de cor branca, que passava na hora. Ninguém ficou ferido.

Árvore doente tomba e bloqueia rua, mas autoridades ignoram o problema

Os moradores da rua Rio do Campo, no conjunto Santa Catarina, na zona Norte de Natal, e as pessoas que precisam da rua para se deslocar já não aguentam mais uma árvore que está bloqueando a via. Pior, a falta de providências por parte do poder público, mais exatamente o das secretarias municipais de Serviços Urbanos (Semsur) e de Meio Ambiente (Semurb).

A moradora Bianca Duda disse que tenta encontrar uma solução para o caso desde julho do ano passado, mas que até agora não conseguiu uma solução definitiva para o problema que só vem piorando nos últimos meses. Segundo ela relatou, vários foram os contatos com as pastas, mas nada foi resolvido.

Como se não bastasse a sensação de impotência por causa da planta no meio da rua, outro descaso é um buraco aberto no meio do calçamento que jorra água, aparentemente limpa, 24 horas por dia. Um total desperdício. De acordo com a moradora, vizinhos já ligaram para Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), já deixaram solicitação escrita, mas nada foi resolvido.

Alô serviço público. Vamos trabalhar.

Diário da moradora Bianca Duda

“Em 15 julho de 2011, fui até a Semurb e me orientaram a ir para Semsur. Solicitei a Semsur um tratamento para árvore. Fiquei surpresa ao informarem que o prazo de até 30 dias para avaliação e mais 30 dias para a execução necessária. A árvore estava com aparência de doente, feia e a calçada totalmente cheia de folhas. Considerando que era uma ficos, além de alta, era bastante frondosa, porém a Semsur estava com dificuldade porque havia apenas um engenheiro para demanda em toda a Natal, visto que o outro engenheiro estava de férias (no caso, apenas dois engenheiros). A nossa querida Frondosa Ficos teria que esperar até setembro no caso!

1ª Semana de agosto 2011, retornei a Semsur novamente, pois nosso telefone residencial foi dado para contato, porém ninguém se manifestou. Eles disseram que ainda estava no prazo de avaliação. Mesmo assim, reforcei que árvore estava doente e todos os dias apanhávamos muitas folhas da calçada e da rua e as folhas já não eram mais verdes, e sim amareladas. Mandaram-nos aguardar!

Já em outubro todas as folhas caíram!

Chegado novembro e dezembro ninguém entrou em contato, e, agora, a nova informação seria que o pessoal que poda estava em greve por falta de pagamento. A seguinte observação deles é que não mexesse na árvore, pois implicaria em multa, nem poda e nem extração.

25 de Janeiro 2012, retornei informando que a árvore estava balançando. Já não estávamos nem estacionando carro embaixo da árvore. Inclusive, também informamos que havia perigo em cair para cima da casa. A informação foi que estavam de férias e que em breve haveria um reunião coma diretora do órgão para algumas decisões sobre a atual situação da falta de pagamento, pois ainda continuavam em greve.

No dia 1º de fevereiro de 2012,  a árvore tombou. Por sorte, um carro estava na rua, mas não embaixo da árvore.

Dia 2 de Fevereiro, a repartição (Semsur), ao saber que a árvore tombou, imediatamente entrou em contato com a engenheira que ficou de passar lá na rua Rio do Campo, Santa Catarina para dar uma olhada e ver como vai fazer para removê-la, já que árvore está fechando a rua nenhum carro passa.”

 

Motorista “atropela” árvore e recebe indenização

Os desembargadores da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte reformaram uma sentença inicial, que não tinha dado direito a indenização, para um motorista que colidiu com uma árvore em via pública, cujo trecho não tinha sinalização.

O autor da ação defendeu que o acidente ocorreu no final da tarde, horário de pouca visibilidade agravado pela pouca luminosidade da rua e pelo fato de ele ter cruzado com um caminhão que trafegava em sentido contrário com as luzes acesas.

O motorista argumenta que a própria SEMURB e STTU tinham um parecer técnico para retirada das árvores em razão do risco delas provocarem acidentes.

Os desembargadores ressaltaram que não há menor dúvida quanto à responsabilidade do ente público por acidentes decorrentes de árvores de grande porte na via, desde que demonstrada a ausência de sinalização adequada.

Desta forma, sendo atribuição do Município estabelecer a perfeita sinalização e organização do trânsito nas vias de tráfego sujeitas a sua administração, qualquer eventual dano causado a terceiros por falhas em seu sistema deverá ser recomposto pelo respectivo ente público.

Com informações do TJ

Empresário nega compra da iluminação da árvore em Portugal

A CEI dos Contratos, instalada na Câmara Municipal de Natal para averiguar os acordos firmados entre a Prefeitura de Natal, segue com depoimentos “reveladores”. Indícios apresentados em documentos durante o início da CEI indicavam que a compra das novas lâmpadas de LED da Árvore de Mirassol foi feita em Portugal.

A informação causou revolta de populares e até parlamentares da oposição pelos altos custos. Em depoimento na semana passada, o secretário Cláudio Porpino (Semsur) disse desconhecer o fato/boato e alegou que a compra era responsabilidade da empresa contratada para fazer a ligação da iluminação de Natal, ou seja, a Enertec, vencedora da licitação de R$ 3,7 milhões.

Agora, o empresário Jorge Cavalcanti de Mendonça, da Enertec, negou qualquer compra em Portugal. Em depoimento à CEI, ele disse que as compras foram feitas em várias partes do Brasil, abrindo a possibilidade de que os produtos tenham sido importados.

“Todos os materiais foram comprados em vários locais do Brasil. Os LEDs aplicados na árvore, nós compramos de uma empresa de Natal. Esses produtos não são fabricados no Brasil, devem ter sido importados de outro país”, declarou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Abreu_rn disse:

    Giovanni, alguém sabe informar aonde está a arvore de Natal que até o mês de outubro se encontrava acesa no Bairro Mirassol. O que é de se estranhar é que em nenhum momento a arvore do ano passado foi retirada do lugar e agora se apresenta uma conta gigante de uma nova arvore que nunca existiu.

Árvore de natal de Mirassol ainda está a "meia luz"

Apesar de ter sido religada na noite de ontem (7) após curto circuito nas instalações elétricas, a árvore de natal de Mirassol só voltará a funcionar completamente na próxima sexta-feira (9).

Desde ontem, o maior símbolo da iluminação natalina da prefeitura está funcionando parcialmente, apenas a parte azul das lâmpadas ligadas.

Por causa de um defeito na parte eletrônica, o sistema responsável pelo efeito “cascata luminosa” não está funcionando.

A religação das luzes, segundo a prefeitura, é questão de um conserto simples não havendo a necessidade de esperar por peças.

Sobre a natureza da pane da última terça-feira (6), a prefeitura voltou atrás na versão de sabotagem divulgada num primeiro momento e agora atribui o desligamento um roubo na fiação por vândalos.

Ficou esquisito a Prefeita e sua assessoria informar uma coisa e depois o motivo ter sido outro.

Sabotagem foi possível causa do apagão da árvore de natal de Mirassol

O apagão repentino da Árvore de Natal de Mirassol, que ocorreu ontem por volta das 21h30, pode ter sido causado pela ação de um sabotador. A revisão da fiação mostrou que alguns dos cabos que ligam à árvore a rede elétrica apresentavam marcas que aparetavam tentativa de cortes, causando fadiga na Energia.

A religação da Árvore foi acompanhada pessoalmente pela prefeita Micarla, que só saiu do local por volta das 2h da madrugada, quando a principal atração da sua decoração de natal voltou a funcionar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gleisevarela disse:

    Não concordo, de maneira nenhuma, com essa atitude criminosa, mas acho que Natal merecia um símbolo natalino muito mais bonito, no lugar daquela gambiarra de gosto duvidoso. Sinto-me envergonhada quando os noticiários expõem as árvores de outras capitais e a nossa fica sempre "esquecida" por absoluta inferioridade.

  2. Atilacamara disse:

    querer atingir uma pessoa nada tem haver em atingir toda uma cidade.Natal não mereçe esse tipo de conduta,aliás,mal conduta.

Árvore de Natal será ligada hoje, às 18h

Depois de dois meses totalmente apagada, a Árvore de Natal de Mirassol finalmente vai voltar a brilhar na capital potiguar. A previsão é que ela seja religada às 18h, de hoje.

Os números da árvore são impressionantes. São 186 mil lâmpadas de LED dando um efeito de neve em 126 metros de altura. É a maior árvore de Natal do Nordeste, já que Aracajú informou que não irá armar a sua esse ano.

Junto com a árvore, símbolo maior do período natalino, também serão ligados a casinha do Papai Noel e o Presépio de Natal, similar ao instalado nos jardins do Viaduto do 4º Centenário.

População está ansiosa e no aguardo.

Homem tenta suicídio da Árvore de Natal de Mirassol

Um homem ainda não identificado subiu a árvore de Natal do conjunto Mirassol para tentar suicídio. As últimas informações dão conta que o rapaz continua pendurado a estrutura de ferros, que forma o eixo central da decoração realizando ameaças.

O local está isolado pelo Corpo de Bombeiros e uma das mãos da BR-101 se encontra isolada.

Ainda não há informações sobre qual o motivo que está levando o homem a tentar tirar a própria vida.

Na foto, tirada por Marcelo Montenegro, o homem aparece no meio da estrutura.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. SHATONSON disse:

    E A MULHER PASSOU EMBAIXO E GRITOU!!
    "SAI DAÍ ABESTADO, EU TE BOTEI FOI UM PAR DE CHIFRES, E NÃO UM PAR DE ASAS!"

  2. So falo a verdade disse:

    Idiotaaaaaaaaaaa so quer aparecer, era bom q tinvece morrido mesmo retardado….

  3. ABC disse:

    Chifre quando não mata, endoida ….

Árvore cai e atinge dois veículos na Ribeira

Por sorte ninguém se feriu, conforme o texto da Tribuna do Norte

Uma árvore caiu no final da avenida Tavares Lira, no bairro da Ribeira, centro de Natal, por volta das 15h desta quarta-feira (9) e atingiu dois carros que estavam estacionados no local. Nenhuma pessoa foi atingida. A árvore ficava na calçada do lado direito da avenida.

Aldair DantasÁrvore caiu na Avenida Tavares Lira, na RibeiraÁrvore caiu na Avenida Tavares Lira, na Ribeira

Segundo Erivaldo Ferreira, de 32 anos, office boy do 4º Ofício de Notas – que fica próximo à árvore -, os funcionários do local haviam ligado na segunda-feira (7) para o Corpo de Bombeiros para pedir que a árvore fosse cortada ou uma vistoria fosse realizada. ” Nós (funcionários do 4º Ofício) percebemos que a árvore estava caindo e ligamos pra lá (Bombeiros), mas ninguém apareceu”, alegou, tentando evitar o pior.

Os funcionários do local avisaram, inclusive, ao comerciante Valmir Ribeiro, de 64 anos, que teve seu carro – uma Estrada de cor preta – afetada pela queda da árvore. Elas informaram ao comerciante que a árvore estava prestes a tombar de vez. “Quando eu cheguei, já não dava mais pra tirar o carro. Só fiz afastar um pouco pra frente”, comentou o comerciante.

O carro de Valmir Ribeiro teve quebrado apenas uma lanterna traseira e arranhões na pintura, mas não teve nenhuma parte amassada. O comerciante quer apenas que a árvore seja retirada para poder ir para casa, em Diogo Lopes, interior do estado. Segundo o sargento Anchieta, os bombeiros tem de aguardar a chegada da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) para fazer a retirada. “Como alguns fios foram atingidos, a gente precisa que a Cosern desative a fiação  poder trabalhar com segurança”, disse.

O advogado Severino Gomes, de 58 anos, foi a outra pessoa que teve o carro atingido. Ele estava em uma audiência e quando chegou, encontrou seu carro – um Palio Weekend – de baixo dos galhos. “Arranhou bem pouco, por que só os galhos finos atingiram. Mas eu dei azar. Meu carro saiu do seguro nesse mês (novembro)”, brincou.

O comerciante Edmilson Jilvêncio, que trabalha em frente de onde ocorreu o incidente, havia tirado o carro do local  para comprar tijolos e quando voltou, a árvore já estava no chão. Ele teme que outras árvores do local também caiam.