Acidente

Motociclista morre após bater em cavalo e ser atropelado por carro na BR-101 na Grande Natal

Um motociclista de 43 anos, técnico em eletrotécnica que trabalhava em uma fábrica, morreu após bater em um cavalo e ser atropelado por um carro, na noite dessa quinta-feira (20), na BR-101 Norte, em São Gonçalo do Amarante. O acidente aconteceu na altura do quilômetro 80 da rodovia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a vítima tinha saído do trabalho para visitar um parente e voltava para casa, no bairro Pajuçara, em Natal, quando um cavalo atravessou a pista.

Segundo a PRF, informações preliminares dão conta que o motociclista atropelou o animal e caiu na rodovia. Em seguida, segundo testemunhas, um veículo atropelou o homem que estava no chão, porém o motorista teria fugido.

Ainda segundo a PRF, a versão das testemunhas explicaria as fraturas múltiplas no corpo da vítima – características de um atropelamento, e não apenas da queda e colisão.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

VÍDEO: Acidente grave envolvendo carro e ônibus é registrado em retorno da BR-101 norte

Um acidente grave foi registrado na manhã desta quarta-feira(12) na entrada de Punaú, no litoral norte potiguar, cerca de 65 km da capital.

Informações preliminares dão conta que um carro foi atingido por um ônibus no retorno da BR-101, sentido Natal-Touros. A colisão atingiu o meio do veículo, que foi parar fora do acostamento.

Imagens que não têm condições de publicação neste post mostram o motorista do carro de cor branca preso às ferragens.

Veja abaixo:

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Simulação da Nasa mostra que asteroide dizimaria a Europa em colisão com a Terra

Foto: SCIEPRO/Getty Images

Um exercício de simulação realizado pela Nasa aponta que, caso um asteroide colidisse com a Terra, a Europa seria dizimada — e não existe, até o momento, uma forma conhecida para evitar o impacto causado pelo objeto espacial. Segundo a agência americana, o impacto da explosão causada pelo asteroide seria comparável ao de uma bomba nuclear.

A simulação, feita por especialistas das agências espaciais americana e europeia, levou em conta um asteroide fictício a 35 milhões de milhas de distância do planeta (ou mais de 56 milhões de quilômetros) que estaria se aproximando dele aos poucos.

Em um período de seis meses, ele acertaria a Terra, já que, por aqui, não existem as tecnologias necessárias para evitar uma eventual colisão. Na simulação, foi mostrado que as missões terrestres atuais não conseguiriam chegar ao espaço em tempo hábil para evitar o impacto causado pelo objeto.

No universo paralelo estudado pelos cientistas, o asteroide teria uma maior propensão de atingir a Europa Ocidental ou a região norte da África — e conseguiria acabar com o continente europeu inteiro. O asteroide fictício, chamado de 2021PDC, teria sido descoberto no dia 19 de abril, com 5% de chance de atingir o planeta no dia 20 de outubro.

“Se fôssemos confrontados com o cenário hipotético do 2021PDC na vida real, não conseguiríamos lançar nenhuma espaçonave em tão pouco tempo com as nossas capacidades atuais”, disseram os participantes em um comunicado. Mesmo se as espaçonaves fossem lançadas neste domingo (2), elas não chegariam a tempo de evitar a colisão daqui a cinco meses.

Explodir o asteroide podia até funcionar — mas, mesmo assim, com o 2021PDC tendo um tamanho estimado (de 35 a 500 metros), alguma parte dele poderia chegar à Terra e causar um sério problema.

Já no dia 30 de junho, o futuro da Terra estaria fadado ao fracasso, com o asteroide tendo uma forte probabilidade de atingir somente a Europa.

Uma semana antes do impacto do objeto, as chances de o continente ser atingido seriam de 99%, sendo que o asteroide provavelmente cairia entre a fronteira da Alemanha, da República Tcheca e da Áustria.

Nenhum asteroide dessa magnitude foi descoberto até agora, mas é estimado que dois terços de asteroides com mais de 140,8 metros ainda não foram descobertos.

A ideia da Nasa (e das outras agências espaciais) é tentar se preparar e adiantar um problema de tamanho imensurável.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. A cada dia que passa esse meteoro que vai dizimar a terra deixa de ser uma ameaça pra ser uma esperança.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

TRAGÉDIA: Colisão entre trens deixa dezenas de mortos e mais de 80 feridos no Egito

Foto: STRINGER / REUTERS

Ao menos 32 pessoas morreram e 84 ficaram feridas após a colisão de dois trens na cidade de Tahta, na província de Sohag, no sul do Egito, nesta sexta-feira. Segundo o Ministério da Saúde do país, mais de 30 ambulâncias atuam no local para transportar vítimas a hospitais.

A autoridade ferroviária egípcia afirmou que os trens colidiram depois que freios de emergência foram acionados nas proximidade da cidade de Sohag, cerca de 500 km ao sul da capital, Cairo. Os freios fizeram com que um dos trens parasse enquanto outro se chocou contra ele por trás. O caso ainda será investigado. O Ministério Público informou que também vai apurar o que causou o acidente.

— Os trens colidiram enquanto viajavam em velocidades não muito altas, o que levou à destruição de dois vagões e ao capotamento de um terceiro — disse uma fonte à agência de notícias Reuters.

Saúde: Brasil é líder entre 50 países que recebem vacinas e insumos da China, afirma embaixador do país

O registro de acidentes nas ferrovias tem feito parte da rotina no país. Muitas vezes, são causados pela falta de manutenção e equipamentos. Apenas no ano de 2017, houve 1.793 acidentes de trem no Egito. Em 2018, uma composição descarrilou perto da cidade de Aswan, também na região sul. Seis pessoas morreram e o chefe das ferrovias nacionais foi demitido. No mesmo ano, o presidente Abdel-Fattah el-Sissi disse que o governo precisaria de 250 bilhões de libras egípcias para reformar o sistema, o equivalente a R$ 90 bilhões na cotação atual.

O acidente de trem mais mortal do Egito ocorreu em 2002, quando mais de 300 pessoas morreram após um incêndio em um trem que viajava em alta velocidade do Cairo para o sul do Egito.

O GLOBO, um jornal nacional: Fique por dentro da evolução do jornal mais lido do Brasil

O Globo

Opinião dos leitores

    1. Falou o devoto do partido que virou quadrilha. Saudades da época em que o país era saqueado diuturnamente , né meu filho! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    2. Essa narrativa não cola amigo. Seja mais criativo. O povo não é cego. Os fatos mostrados nas redes sociais atestam justamente o contrário. Viva as redes sociais.

    3. Será que você acredita no que está dizendo? Kkkk
      Só morre gente no Brasil? Cadê o dinheiro dos respiradores? Será que vai ficar na conta do esquecido?

    4. Ainda esse discurso contra o PR? Nossa! O Brasil é uma ilha e está em outro planeta?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Colisão de veículo nesta sexta-feira desloca tubulação de adutora e afeta abastecimento em 5 municípios no interior do RN

FOTO: CAERN/ASSECOM

A colisão de um veículo, na manhã desta sexta-feira (19), deslocou a tubulação da Adutora de Água Tratada do Sistema Produtor Integrado de Serra de Santana, no trecho entre São Rafael e Jucurutu. O acidente provocou a suspensão do funcionamento do sistema, necessária para que seja feito o conserto. A equipe de manutenção da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) já está atuando para fazer a manutenção.

Foram afetados com a parada no abastecimento os municípios de Florânia, Tenente Laurentino Cruz, São Vicente, Lagoa Nova, Bodó, além da CONISA.

A conclusão do serviço da adutora está previsto para as 18 horas desta sexta-feira, com o retorno parcial do abastecimento. Com a parada, a Caern também vai realizar manutenções mecânicas em bomba na Estação Elevatória 5. A previsão para que o sistema volte integralmente ao funcionamento é para 17h do sábado (20).

Após o restabelecimento do fornecimento, é necessário aguardar um prazo de até 72 horas para a completa normalização do sistema.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Acidente no prolongamento da Avenida Prudente de Morais deixa três pessoas feridas e taxista foge por dentro de mata

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca nesta quarta-feira(23) que uma batida entre dois veículos deixou três pessoas feridas, na noite dessa terça-feira (22) no prolongamento da avenida Prudente de Morais, na Zona Sul de Natal. De acordo com a polícia, um táxi fez um retorno e colidiu violentamente em outro veículo, modelo Corolla de cor prata, ocupado por uma família. Os feridos são pai, mãe e filho que estavam no carro atingido. Todos tiveram ferimentos mais leves, mas os pais precisaram de atendimento médico e foram socorridos ao hospital. O filho teve apenas um ferimento na perna. Após o acidente, o motorista do táxi fugiu do local. Segundo testemunhas, ele saiu correndo e entrou em uma mata que margeia a via. Matéria na íntegra AQUI.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

FOTO E VÍDEO: Acidente grave em Capim Macio resulta em colisões de carros e motocicleta

Foto: Cedida

Colisão de carro com motocicleta na tarde desta quarta-feira(02), no bairro de Capim Macio, na zona sul de Natal, ainda acabou resultando em colisão em um terceiro veículo.

Acidente grave na capital potiguar registrou socorro de ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU). Não há informações sobre o estado de saúde dos envolvidos na ocorrência de trânsito. Na motocicleta estavam o condutor e um(a) garupa.

Opinião dos leitores

    1. Você quase acertou, em um cruzamento não sinalizado, o que não era o caso, a preferência seria sempre de quem vem a direita. Como lá é bem sinalizado, a preferência era do motoqueiro.

  1. Clara, não julgue.
    Foi exatamente ao contrário. Observe que há no poste na esquina uma placa de "PARE", como também existe uma faixa longitudinal, branca, pintada no chão. Logo a culpa foi do condutor do carro.

  2. Pelo vídeo ficou muito claro que o motociclista sequer ligou para a segurança de sua vida, entrando no cruzamento com velocidade alta, em contradição com o cuidado que tomou o condutor do carro branco, abalroado pelo carro preto, que colidiu com a moto e depois com o carro branco. Claramente foi o motociclista o causador de toda a batida.

    1. Clara,
      Claramente você não entende das regras de trânsito! O carro preto deveria ter parado no cruzamento (placa PARE), além disso, estava com velocidade acima do permitido para aquela via. A pessoa que estava na moto também estava com certa velocidade, mas se o motorista do carro preto tivesse obedecido a sinalização evitaria o acidente. Ambos foram imprudentes, mas a culpa foi do carro preto.

    2. Senhorita Clara.
      Diz um ditado que quando não temos nada a acrescentar com algo, devemos silenciar.
      Certamente, a senhorita não é motorista ou desconhece o nosso ordenamento de leis de trânsito, pois quando se tem uma placa de PARE é porque a parada é obrigatória. Sendo assim, a obrigatoriedade de parar era do carro preto, QUE OCASIONOU TODO ACIDENTE.
      Outra coisa, entes de sair culpando as pessoas, reveja se seus conceitos estão contratos.

    3. Clara concordo em parte com você, ora certo ou errado, o motociclista leva a pior em qualquer acidente, então eles precisam ter prudência redobrada para salvaguardar a própria vida, o vídeo mostra que o motociclista vitimado não se preocupa muito com isso. Quanto ao causador do acidente, é evidente que é quem desrespeitou a sinalização de trânsito, me parece que o carro não a respeitou.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Carros batem de frente na BR-101, na Grande Natal, e 5 pessoas ficam feridas

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN noticia nesta quinta-feira(22) que dois carros bateram de frente e 5 pessoas, incluindo uma criança, ficaram feridas em um acidente na BR-101 Norte, na altura do bairro Lagoa Azul, em Natal, no início desta manhã. O Corpo de Bombeiros Militar e o SAMU estiveram no local.

Segundo a reportagem, todas as vítimas foram retiradas das ferragens dos veículos com vida. Uma das vítimas foi levada para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, com fraturas nas duas pernas. No outro carro, as 4 pessoas, incluindo a criança de 5 anos, tiveram ferimentos leves e passam bem. A Polícia Rodoviária Federal vai realizar uma perícia no local para identificar a motivação do acidente.

Mais detalhes AQUI em reportagem completa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

FOTO E VÍDEO: Motociclista vai parar em cima de carro após colisão em Natal

Foto: Reprodução/Whastapp

Após colisão frontal entre carro e motocicleta, piloto acabou parando em cima de veículo em acidente na Avenida Cel. José Bernardo no Baldo, em Natal, no fim da manhã desta quarta-feira(07). Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU) foi enviado ao local para socorro do motociclista. Foto e vídeo: Whastapp.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

FOTOS: Colisão de veículos é registrada na BR-101, em Natal, próximo ao viaduto de Ponta Negra

Fotos: cedidas

Início de tarde com chuvas em Natal  nesta segunda-feira(20) registrou colisão envolvendo pelo menos três veículos, na BR-101, em Natal, próximo ao viaduto de Ponta Negra. Polícia Rodoviária Federal se encontra no local. Aparentemente, sem danos físicos graves, Alerta de pista de escorregadia.

Opinião dos leitores

  1. Porque o povo de Natal não usa seta? Os carros aqui devem vir mais baratos, pois não têm seta!

    1. Além de andarem colados na traseira dos outros veículos, jumentos motorizados se achando piloto de corrida, só dá nisso!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Motociclista morre após bater em semáforo no cruzamento das avenidas Jaguarari e Miguel Castro, em Natal

Policiais militares e agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) registraram a morte de um motociclista de 36 anos na manhã desta quarta-feira (15) após colidir em um semáforo, no cruzamento das avenidas Jaguarari e Miguel Castro, em Natal. De acordo com a PM, o homem era morador da Zona Norte potiguar e estava a caminho do trabalho em Parnamirim. As causas da colisão ainda são desconhecidas.

Na ocorrência, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas o motociclista  faleceu na hora após bater na estrutura do semáforo. Informações iniciais não descartam que um declive em um trecho da avenida pode ter feito com que o homem tenha perdido o controle da moto.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Missão DART: Nasa planeja desviar asteroide para testar segurança da Terra e rota de colisão

Foto: Nasa

A Nasa, agência espacial norte-americana, e a ESA, agência espacial europeia, estão trabalhando juntas para proteger a Terra de uma possível colisão com o asteroide Didymos, que poderia destruir o planeta.

A Missão DART (Double Asteroid Redirection Test) usará um equipamento para provocar um impacto cinético e alterar a trajetória do asteroide. A rocha espacial tem, aproximadamente, 160 metros comprimento e 780 metros de diâmetro.

O DART será lançado em julho de 2021 a bordo de um foguete da SpaceX. A primeira fase da missão acontecerá em setembro de 2022, quando o equipamento irá interceptar a lua do Didymos, a 11 milhões de quilômetros da Terra.

A colisão entre o DART e o Didymos deverá mudar minimamente a rota do asteroide, mas será o suficiente para impedir uma ameaça real de impacto contra a Terra.

Veja mais: NASA atingirá asteroide de 800 metros para testar segurança da Terra

A missão nomeada AINDA, (Asteroid Impact & Deflection Assessment), da ESA, irá enviar a nave espacial Hera, para acompanhar o asteroide após o impacto e ajudar no monitoramento da trajetória.

Além disso, há o plano de estudar o Didymos em 2026, quando a sonda espacial Hera chegar ao asteroide para medir a cratera aberta pelo DART e analisar mais detalhes do objeto espacial.

R7 e Galileu

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Colisão de asteroide com a Terra é “100% certa”, diz cientista

O asteroide Bennu. Imagem: NASA/Goddard/University of Arizona/Lockheed Martin

A cientista Danica Remy, presidente da organização B612 Foundation, tem certeza de que o planeta Terra vai entrar em rota de colisão com um asteroide. Ela só não sabe quando.

“É 100% certo que seremos atingidos, mas não é 100% certo quando”, disse a especialista em entrevista para a NBC News.

Ainda assim, mesmo com a certeza do choque, ela não acredita que nosso planeta será destruído por um corpo rochoso gigantesco, já que temos tecnologia suficiente para detectá-lo pelas agências espaciais.

Segundo suas últimas pesquisas, a Terra não corre perigo nos próximos anos de colisão com algum asteroide de grande proporção, mas analisa que devemos prestar atenção por corpos celestes menores.

Os asteroides pequenos são mais difíceis de serem identificados. Eles podem causar um impacto mais localizado, que ainda assim pode ter um efeito maior no resto mundo. “Ainda teremos um impacto global sobre transporte, redes de comunicação e clima”, disse a cientista.

No último sábado, um gigantesco asteroide, identificado como 2006 QQ23, se aproximou da Terra. Segundo a Nasa, o objeto tinha mais de 600 metros de diâmetro e viajava a 16,7 mil quilômetros por hora. Ele passou a 7,4 milhões de quilômetros de distância do planeta.

UOL

 

Opinião dos leitores

  1. Palhaçada porra, banho de moleques q não tem o q fazer e inventa notícias falsas, no intuito de obter lucros . Falta de caráter e respeito aos clientes .

  2. Só peço a Deus uma coisa, vem logo asteroide, pois os tais dos seres que se dizem humanos já deixaram essa condição faz um tempinho.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Asteroide QV89 não está em rota de colisão com a Terra, garante a ESA

Foto: via hypescience

No mês passado, a ESA tinha o asteroide 2006 QV89 em sua lista de objetos com risco potencial de se chocar contra a Terra, com uma chance de uma em 7 mil de isso acontecer em setembro de 2019. Contudo, após análises mais aprofundadas, a agência espacial europeia agora disse que o objeto de cerca de 50 metros de diâmetro não representa nenhum risco, já que ele não está em rota de colisão com a Terra neste ano.

Ainda, a chance de qualquer impacto futuro deste objeto com o nosso planeta é extremamente remota. A ESA explica que “em geral, quando um asteroide tem uma pequena chance de impactar a Terra, outras observações e medições são feitas, e esses dados ‘astrométricos’ refinam nossa compreensão do caminho do asteroide, melhorando nossa compreensão do risco que ele representa e, muitas vezes, excluindo qualquer chance de colisão”. E foi exatamente isto o que aconteceu agora com a previsão de colisão do QV89.

O objeto foi descoberto em agosto de 2006 e depois observado por apenas dez dias, com tais observações da época sugerindo que ele tinha essa possibilidade de uma em 7 mil de impactar a Terra precisamente no dia 9 de setembro de 2019. Depois desses dez dias, o asteroide não foi mais visto, e depois de mais de uma década ficou muito difícil prever sua posição com precisão para uma nova observação — então a ESA não teria como apontar um telescópio para confirmar a previsão de 2006.

No entanto, os cientistas da agência deram um “jeitinho” para obter as informações necessárias para verificar o potencial perigo que o QV89 representaria. Ainda que não se saiba exatamente a trajetória do asteroide, os cientistas sabiam onde o objeto apareceria no céu caso estivesse em rota de colisão; portanto, a ideia foi vasculhar essa área exata do céu, com telescópios, para tentar encontrá-lo.

Isso foi feito pela ESA com o Observatório Europeu do Sul (ESO) nos dias 4 e 5 de julho usando o Very Large Telescope (VLT). As equipes então obtiveram imagens bastante profundas daquela área do céu, onde o asteroide estaria caso estivesse em vias de impactar nosso planeta em setembro. E, bem, absolutamente nada foi visto ali.

(Imagem: ESA)

Na imagem acima, vemos a região do céu onde o QV89 teria sido visto caso estivesse mesmo chegando pertinho da Terra. As três cruzes vermelhas mostram as localizações específicas onde o asteroide poderia ter aparecido, mas não há nenhum objeto aparecendo ali. E mesmo se ele fosse menor do que o estimado, com poucos metros de diâmetro, ele teria sido visto na imagem ao menos como um ponto brilhante de um jeito singular, e se ele fosse muito menor do que isso, o VLT não seria capaz de fotografá-lo — contudo, se fosse este o caso, o objeto seria totalmente queimado em nossa atmosfera num ato de colisão, sem representar risco algum.

Canal Tech, via ESA

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Sobe para oito número de feridos em colisão de trens no Rio de Janeiro

Ferragens dos trens que se chocaram na Estação São Cristóvão Tânia Regô/AgenciaBrasil

Pelo menos oito pessoas ficaram feridas na colisão de dois trens na manhã desta quarta-feira(27), na cidade do Rio de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, sete vítimas foram encaminhadas com ferimentos leves para o Hospital Municipal de Souza Aguiar, no centro da cidade.

Neste momento, os bombeiros tentam resgatar uma vítima, que está presa nas ferragens. Os bombeiros acreditam que esta vítima seja o maquinista de uma das composições.

De acordo com a concessionária Supervia, o acidente aconteceu às 6h55, na estação São Cristóvão, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro. Um trem com passageiros chocou-se contra a traseira de um trem que estava sem passageiros na estação.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Colisão na Grande Natal entre carro e micro-ônibus que transportava estudantes acaba com morte de mãe e casal de filhos

Um grave acidente envolvendo um carro de passeio e um transporte escolar foi registrado no fim da manhã desta quinta-feira(23) no distrito de Castanhas, a RN-316, no município de Monte Alegre, na Grande Natal. Na ocasião, um carro bateu de frente com um ônibus que transportava estudantes da região.

Segundo informações preliminares, infelizmente, uma idosa, de 68 anos, uma filha de 33, e o filho de 23, estavam em um carro modelo Uno, dirigido pelo rapaz, e morreram. A família de agricultores morava na zona rural de Brejinho e tinha ido a Monte Alegre para que a mãe fosse atendida no hospital.

Viaturas do Samu Metropolitano e da Polícia Rodoviária Estadual foram enviadas ao local. O Corpo de Bombeiros também foi solicitado. Ainda não há informações se os estudantes que estavam no micro-ônibus ficaram feridos.

Opinião dos leitores

  1. nao existe prf nem pre nas estradas do rn. ja liguei varias vezes pra denunciar motoristas embriagados e transitando em alta velocidade. nao da em nada!

    1. PRF não cuidam de rodovias estaduais e creio que embriaguez ai não foi o caso. Portanto vc vai ligar para PRF várias vezes e eles nunca iram …

    2. Amigo, se é para ligar para o órgão errado na próxima ligue para os Bombeiros.
      É cada "jêniu"…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *