Diversos

Ceasa-RN funciona nesta quinta-feira, feriado de Corpus Christi

Foto: ASSECOM/CEASA

A Administração das Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) comunica que as lojas e mercados abrirão normalmente, no horário das 3h da madrugada às 13h da tarde, nesta quinta-feira (03), feriado de Corpus Christi.

Já a sede administrativa da Ceasa-RN estará fechada, retomando suas atividades na sexta-feira (04), das 7h da manhã às 13h da tarde, apenas para expediente interno e atendimentos por meios eletrônicos.

A Ceasa-RN é o principal polo de comercialização de hortifrutigranjeiros do Estado. São mais de 400 lojas que comercializam frutas, legumes, verduras, carnes, ovos, derivados do leite, grãos, entre outros gêneros alimentícios. A Central segue funcionando em conformidade com os decretos estaduais e municipais e seguindo os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19, sendo o uso de máscara obrigatório para entrar e circular dentro das lojas e mercados.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Lojas e mercados da Ceasa-RN não abrirão na sexta-feira da Paixão, feriado nacional da Paixão de Cristo

FOTO: ASSECOM/CEASA

As lojas e mercados das Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) não abrirão na sexta-feira (02), feriado nacional da Paixão de Cristo. As atividades comerciais retornarão no sábado (03), a partir das 3h.

A sede administrativa da Ceasa-RN também estará fechada, retomando suas atividades na segunda-feira (05), das 7h às 13h, apenas para expediente interno e atendimentos por meios eletrônicos.

“Pedimos que nossos clientes antecipem suas compras no decorrer da semana para evitar aglomerações na véspera do feriado. É importante frisar que estamos funcionando em horário normal, das 3h às 13h, seguindo todas as medidas sanitárias de prevenção e combate à Covid-19”, ressalta o diretor-presidente, Flávio Morais.

A Ceasa-RN é o principal polo de comercialização de hortifrutigranjeiros do Estado. São mais de 300 lojas que comercializam frutas, legumes, verduras, carnes, ovos, derivados do leite, grãos, entre outros gêneros alimentícios. A Central funciona de segunda a sábado, na Av. Capitão-Mor Gouveia, 3005, Lagoa Nova, Natal, nos seguintes horários: 00h às 03h para acesso de caminhões e carretas para carga e descarga; 03h às 13h: entrada do público externo; 18h: fechamento total.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Em nota, Ceasa diz que não há atrasos no pagamento à empresa responsável pela equipe de vigilância armada

Em nota enviada nesta quinta-feira(11), a Administração das Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) esclarece que não há atrasos no pagamento à Empresserv, empresa responsável pela equipe de vigilância armada da Ceasa-RN.

A Ceasa ressalta também que não existe nenhuma notificação sobre atrasos de pagamento por parte dos vigilantes contratados. Por fim, todas as obrigações contratuais firmadas com a empresa estão sendo cumpridas rigorosamente.

Opinião dos leitores

  1. Então o governo do Estado está fazendo de forma equivocada a gestão desse contrato pois somente se paga uma empresa que presta serviços terceirizados quando ela comprova que pagou os seus funcionários. Não se paga antecipado nem se paga com folha salarial em atraso…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Ceasa-RN emite nota sobre adequação do esgotamento sanitário e drenagem contestado pelo MP

NOTA

A atual gestão das Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) está dando prosseguimento às determinações contidas na Ação Civil Pública iniciada em 2010, que requer a regularização dos sistemas de esgotamento sanitário e drenagem da Ceasa. Além disso, vai requerer audiência ao Ministério Público (MPRN) e ao sistema judiciário para prestar todos os esclarecimentos.

A Ação Civil Pública principal iniciada há mais de 10 anos tem como objeto a realização do esgotamento sanitário, a drenagem, a pavimentação e a permeabilização da Ceasa. Em 2016, foi assinado um acordo judicial entre o MPRN e a Ceasa para o cumprimento da ação. Importante ressaltar que, em todas as gestões anteriores, até o ano de 2017, nada havia sido feito.

Em 2019, já na atual gestão, foram elaborados os projetos de esgotamento, orçado em R$ 400 mil, e o de drenagem, orçado em R$ 4 milhões. Para a obra de esgotamento, foram angariados recursos junto aos permissionários inadimplentes e, com o valor obtido, foi possível a realização da obra que deverá entrar em pleno funcionamento após resolução administrativa.

Já para a realização da obra do sistema de drenagem, a Ceasa não tem como custear o valor, inicialmente, orçado de R$ 4 milhões. Por essa razão, ainda em 2019, foram realizados vários encontros junto à Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov) e ao Ministério Público (MPRN), a fim de discutir o projeto e buscar um valor aplicável.

A proposta do novo projeto foi enviada para a Semov e a resposta chegou à Ceasa no dia 20 de agosto do ano passado. Mas, devido às limitações impostas pela pandemia da Covid-19, houve atraso no andamento das ações administrativas da Ceasa.

A diretoria reitera, assim, que continuará adotando todos os esforços para cumprir na maior brevidade as recomendações contidas na ação do MPRN porque também compreende a sua importância para a melhoria e preservação do meio ambiente e saúde da população.

Opinião dos leitores

    1. Não é o BG.
      É quem nesse momento está operando o blog.
      O BG mesmo, publica, a não ser que ofenda a pessoa de forma desrespeitosa ou gere processos.
      O BG já falou isso aqui.
      Agora tem um colaborador que não publica, ja pasei por essa experiência várias vezes.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Mercados da Ceasa-RN funcionarão em horário normal no feriado nesta segunda

A Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) informa que os seus mercados e lojas irão funcionar em horário normal, das 03 às 13h, nesta segunda-feira (12), feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida — Padroeira do Brasil. Apenas a sede da Administração estará fechada, voltando a funcionar na terça-feira (13), a partir das 7h.

A Ceasa-RN é o principal polo de comercialização de hortifrutigranjeiros do Estado. São mais de 300 lojas que comercializam frutas, legumes, verduras, carnes, ovos, derivados do leite, grãos, entre outros gêneros alimentícios. A Central funciona de segunda a sábado, na Av. Capitão-Mor Gouveia, 3005, Lagoa Nova, Natal, nos seguintes horários: 00h às 03h para acesso de caminhões e carretas para carga e descarga; 03h às 13h: entrada do público externo; 18h: fechamento total.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ceasa-RN intensifica desinfecção das áreas externas de lojas e mercados

FOTO: ASSECOM/CEASA-RN

Buscando garantir a segurança sanitária de permissionários, colaboradores e clientes, a Administração da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) intensificou a desinfecção das áreas externas das lojas, das vias e dos mercados. A ação faz parte das diversas medidas sanitárias que estão sendo tomadas para prevenção e combate ao novo coronavírus.

A ação de desinfecção está sendo realizada de segunda a sábado, das 00h às 6h. Nas terças, quintas e sábado o serviço também é executado no período da tarde, das 14h às 18h. Segundo o diretor técnico, Manoel Batista, o principal objetivo é reduzir a contaminação pelo vírus e seguir as recomendações sanitárias dos órgãos fiscalizadores.

“A Ceasa possui mais de 300 lojas e uma grande circulação de pessoas de vários municípios. Precisamos garantir que os ambientes estejam desinfetados. Todas as lojas estão seguindo as recomendações sanitárias e essa medida é mais um complemento para evitar a propagação do vírus e seguir as recomendações sanitárias de prevenção”, explica Manoel Batista.

O controle sanitário na Ceasa-RN é executado, diariamente, iniciando-se pelo uso obrigatório de máscara de proteção em todos os ambientes externos e interno e pela desinfecção dos caminhões e carretas na portaria e segue com outras medidas como a higienização das mãos com álcool 70% de todos que entram no órgão, fechamento de bares, lanchonetes e restaurantes, instalação de pias nos mercados e intensificação da limpeza dos banheiros.

O diretor-presidente da Ceasa-RN, Flávio Morais, reforça que as medidas visam prevenir a disseminação do coronavírus e garantir um ambiente seguro para todos que utilizam a Ceasa. “A administração não está medindo esforços no combate ao coronavírus e estamos cumprindo todas as medidas sanitárias estabelecidas pelos decretos estaduais e municipais. Nosso compromisso é manter o funcionamento da Ceasa-RN e garantir o abastecimento de hortifrutigranjeiros para todo o Estado.”, ressalta.

A Ceasa-RN é o principal polo de comercialização de hortifrutigranjeiros do Estado. São mais de 300 lojas que comercializam frutas, legumes, verduras, carnes, ovos, derivados do leite, entre outros. A Ceasa-RN funciona de segunda a sábado, na Av Capitão-Mor Gouveia, 3005, Lagoa Nova, Natal, nos seguintes horários: Acesso de caminhões e carretas para carga e descarga: 00h às 03h; Entrada do público externo: das 03h às 13h; Fechamento total: às 20h.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Após auditoria da Control, Ceasa-RN economiza cerca de R$ 700 mil em 2019

Foto: Divulgação

As Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN), vêm trabalhando para reduzir despesas e quitar dívidas deixadas pela administração anterior. Com base na auditoria realizada pela Controladoria Geral do Estado (Control), em fevereiro de 2019, a Ceasa-RN tomou uma séria de medidas como reduções e cancelamentos de contratos com empresas terceirizadas que resultaram em economia de cerca de R$ 700 mil em 2019, quitação de passivos de 2018, renegociação de taxas devidas pelos permissionários, além de melhorias na portaria que geraram um aumento de arrecadação de 48% em relação ao exercício de 2018.

A administração da Ceasa-RN, visando cumprir o decreto de calamidade financeira e as orientações da Control, cancelou contratos de locação de veículos e reduziu os contratos de mão de obra terceirizada em 50%, mas sem prejuízos aos serviços básicos prestados em suas instalações. Apesar na redução no número de terceirizados, os serviços de coleta de lixo e higienização dos banheiros foram otimizados e hoje são considerados de qualidade pelos permissionários da Ceasa-RN.

Também foi realizada a renegociação de dívidas referente a taxa do Termo de Permissão Remunerada de Uso (TPRU) junto a cerca de 50 permissionários que tiveram a oportunidade de quitar suas dívidas com descontos e parcelamentos exclusivos. A Ceasa-RN espera arrecadar cerca de R$ 600 mil em até 3 anos com essas negociações. Ainda, em relação a TPRU, a Ceasa-RN obteve um aumento de 27,8% no valor faturado e houve também uma queda na inadimplência.

“Estamos fazendo um trabalho de negociações das dívidas com carência e redução de juros e multas para que todos os permissionários devedores regularizem sua situação. Isso com o objetivo de arrecadar recursos para quitação de dívidas com fornecedores e empresas contratadas. Além disso, negociamos com fornecedores e reduzimos contratos e também cancelamos alguns. Tudo isso buscando reduzir custos, mas sem prejudicar os serviços prestados pela Ceasa-RN”, explica o diretor-financeiro, Fábio Henrique.

Seguindo orientação da auditoria da Control e para otimizar a arrecadação, a administração melhorou a eficiência das portarias, o que ocasionou uma elevação no total arrecadado de 48% em relação ao exercício anterior. O valor arrecado passou de R$ 331.611,40 em 2018, para R$ 490.509,36 em 2019. Só com a arrecadação do estacionamento, a Ceasa-RN apresentou um crescimento significativo de 89% em comparação com 2018.

(mais…)

Opinião dos leitores

  1. Só lembrando que a CEASA foi administrada no governo de Robinson Faria por um aliado de Fátima Bezerra. Acho é pouco!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Nota sobre alagamento na Ceasa-RN

A Central de Abastecimento do RN (Ceasa-RN) esclarece que devido as fortes chuvas da madrugada uma das suas vias alagou, contudo, uma intervenção não autorizada pela administração em um dos muros ocasionou o surgimento de uma cratera.

As equipes de engenharia da Secretaria de Infraestrutura e da Caern estiveram no local para avaliar a situação. A administração da Ceasa-RN reforça que está trabalhando com todo empenho para fazer a retirada do caminhão e o fechamento da cratera. A Ceasa-RN segue funcionando normalmente.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Ceasa-RN aumenta efetivo para reforçar vigilância armada 24 horas

FOTO: ASSECOM/CEASA

Com o objetivo de tornar as instalações das Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) mais seguras e cumprir o Regulamento Interno de Mercado, o Governo do RN está investindo na contratação de vigilantes armados. A partir desta semana, novos vigilantes irão compor a equipe de segurança que passará a monitorar 24h por dia a Ceasa-RN, visando organizar a utilização dos espaços e monitorar as portarias.

O efetivo passou de quatro para 12 vigilantes armados que farão a segurança da Ceasa-RN em regimes de 24h e 12h. Serão quatro vigilantes durante o dia, devido o grande movimento, e dois durante o período da noite. Eles irão trabalhar, juntamente com os fiscais de portaria e mercado, dando suporte no monitoramento de entrada e saída de veículos e pedestres, fiscalização da entrada de ambulantes cadastrados, além da ronda dentro dos mercados para verificar o cumprimento do regulamento.

“A administração, desde o início do ano, vem trabalhando para melhorar a segurança da Ceasa-RN, e não está medindo esforços para que o órgão seja mais seguro para permissionários, clientes e usuários habituais. Além disso queremos moralizar a Ceasa-RN, principalmente, fazendo cumprir o que está no nosso regulamento. Também vamos instalar câmeras de segurança nos principais pontos em 2020”, explica o diretor-presidente, Flávio Morais.

Além da contratação dos novos vigilantes, a Ceasa-RN está trabalhando em paralelo na melhoria da portaria, que passará a contar com um sistema eletrônico de acesso. Esse sistema irá coibir a entrada de veículos sem documentação e monitorar o fluxo diário de entrada e saída de mercadorias. “Essas ações conjuntas irão tornar o ambiente da Ceasa-RN mais seguro e atrativo para os consumidores e permissionários”, explica o diretor-presidente.

Ceasa-RN

As Centrais de Comercialização do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) são o principal polo de comercialização de hortifrutigranjeiros do Estado. São mais de 300 lojas que comercializam frutas, legumes, verduras, carnes, ovos, derivados do leite, entre outros. A Ceasa-RN funciona de segunda a sábado, na Av Capitão-Mor Gouveia, 3005, Lagoa Nova, Natal, no horário das 00h às 18h para caminhões de carga e descargas de produtos perecíveis, das 13h às 18h para caminhões de cargas secas e refrigeradas e das 3h às 13h para comercialização nos mercados.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

CEASA: Auditoria aponta descontrole em entrada de mercadorias e inadimplência milionária

O portal G1-RN destaca nesta quarta-feira(10). Uma auditoria realizada na Central de Abastecimentos do Rio Grande do Norte constatou descontrole no acesso ao estacionamento e entrada de mercadorias, inadimplência milionária em aluguéis e taxa de condomínio defasada em dez anos.

O diagnóstico foi apresentado em relatório elaborado pela Controladoria Geral do Estado, encomendado pela própria presidência da Ceasa.

De acordo com a CGE, o valor acumulado de aluguéis atrasados dos permissionários ao longo de 15 anos atingiu o patamar de R$ 2,5 milhões, em valor bruto, sem correção monetária ou juros. “Infelizmente só poderemos cobrar R$ 1,2 milhão desse valor, porque o restante prescreveu”.

Ainda segundo a Controladoria, além da inadimplência de 221 lojas, das 442 existentes na Ceasa, o valor do aluguel está defasado em 62%, se comparado os índices de 2003 e 2013. De acordo com previsão do controlador adjunto, a correção dos valores e o pagamento parcelado dos inadimplentes podem render R$ 4,8 milhões ao ano para o Estado.

Opinião dos leitores

  1. Novidade? está faltando os valores do estacionamento que é cobrado de forma amadora, onde não se registra nenhuma entrada e nenhuma saída, e o pior que além de pagar os valores bem abaixo do mercado, boa parte dos lojistas nem zelam pela limpeza e pintura de seus Boxs.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *