Geral

Parada interrompe abastecimento de municípios do Seridó

FOTO: CAERN/ASSECOM

Os municípios de Florânia, Tenente Laurentino Cruz, Bodó, Lagoa Nova e São Vicente, além da empresa Conisa, na região Seridó do Estado, estão sem abastecimento de água desde a manhã desta quarta-feira (14). O Sistema Produtor Integrado de Serra de Santana parou, por causa de um problema elétrico interno nas subestações das estações elevatórias de água 2 e 3.

A Caern entrou em contato com a concessionária de energia elétrica, para que seja feito o desligamento da rede para ser providenciada a substituição dos equipamentos.

A previsão é que o serviço de substituição seja concluído nesta sexta-feira (16). Com a retomada do abastecimento, será necessário aguardar um prazo de até 72 horas para que o fornecimento esteja completamente normalizado.

 

Opinião dos leitores

  1. A CAERN tem que ser privatizada urgentemente. Serviço de péssima qualidade, atendimento desumano e cabide de emprego dos apadrinhados do Governo do estado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Juiz de Curitiba interrompe envio de dois processos de Lula na Lava Jato ao DF após suspeição de Moro

Foto: Giuliano Gomes/PR Press

O juiz titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, Luiz Antonio Bonat, decidiu interromper o envio de dois processos que investigam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no âmbito da operação da Lava Jato, ao Distrito Federal.

Um ofício, expedido na noite de terça-feira (23), determinou a suspensão do envio de dois processos que apuram supostas irregularidades na compra do terreno para a construção do Instituto Lula e doações ao órgão.

O envio dos processo ao Distrito Federal foi determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, em 8 de março. À época, o ministro declarou incompetência da Justiça Federal do Paraná para julgar quatro processos de Lula.

Bonat chegou a determinar o envio dos processos ao DF, mas interrompeu a remessa após o STF declarar, na terça-feira, que o ex-juiz federal Sergio Moro foi parcial ao condenar Lula no processo do triplex do Guarujá.

De acordo com o juiz federal, a decisão da Segunda Turma do STF quanto a suspeição de Moro prejudica o envio dos processos determinado pelo ministro Edson Fachin.

Bonat citou na decisão que aguarda comunicação oficial para tomar outras providências. Enquanto isso, interrompeu o envio dos autos.

O G1 tenta localizar a defesa do ex-presidente Lula.

Suspeição de Moro

Por três votos a dois, a Segunda Turma do STF declarou que Moro agiu com parcialidade ao condenar o ex-presidente Lula no caso do triplex do Guarujá.

A sentença já havia sido anulada pelo ministro Edson Fachin, quando declarou incompetência da Justiça Federal do Paraná para julgar o caso.

Com a decisão de terça, todo o processo do triplex foi anulado. Sendo assim, a ação precisará ser retomada da estaca zero. As provas colhidas serão anuladas e não poderão ser usadas em um eventual novo julgamento.

Decisão de Fachin

A decisão do ministro Edson Fachin que anulou quatro processos de Lula na Lava Jato no Paraná atendeu a um pedido de habeas corpus feito pala defesa do ex-presidente, em novembro de 2020. Com a decisão, Lula recuperou os direitos políticos e voltou a ser elegível.

Segundo o ministro, a 13ª Vara Federal de Curitiba, cujo titular na ocasião das condenações era o ex-juiz federal Sergio Moro, não era o “juiz natural” dos casos.

O ministro determinou que sejam remetidos do Paraná para Brasília as seguintes ações:

Triplex do Guarujá: nesta ação, Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, em julho de 2017. A condenação levou o ex-presidente a ficar preso por 580 dias. No mesmo processo ele foi absolvido das acusações de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o armazenamento de acervo presidencial;

Sítio de Atibaia: Lula foi condenado, no processo, em fevereiro de 2019, sob acusação de recebimento de propina. Nesta ação, o ex-presidente foi absolvido da acusação de lavagem de dinheiro envolvendo a ocultação e dissimulação de valores utilizados no custeio por um amigo de Lula nas reformas feitas no sítio.

Doações ao Instituto Lula: o ex-presidente responde a duas ações referentes ao caso. Em ambos, não há sentença da Justiça Federal em 1ª instância.

Com a decisão do STF, os processos serão entregues e analisados por um novo juiz, no Distrito Federal. O magistrado terá que analisar e decidir sobre a validade das movimentações dos processos.

Além disso, no habeas corpus, Fachin anulou o recebimento das denúncias feitas pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente. Sendo assim, o novo juiz também vai analisar se Lula deve ser julgado pelos casos.

Caso o juiz sorteado na Vara Federal de Brasília não receba as denúncias formuladas pelo MPF, o ex-presidente pode ser absolvido sumariamente.

G1

Opinião dos leitores

  1. É abominável constatar como tem gente a favor da corrupção e que ainda comemora. Dinheiro roubado do bolso do contribuinte, do trabalhador.
    Certamente, não é dinheiro desviado, roubado daquele que está comemorando.

  2. Vai chegar. Ele deve responder cívil e criminalmente por tudo que fez. Sem falar nos crimes de mesa pátria. Já tem estudos que mostram os bilhões e bilhões de prejuízos que trouxeram ao país. A Carmen Lúcia ainda aliviou pra o moro e o livrou de ser responsável pelo pagamento das custas processuais.

  3. Bem vindos à ditadura do judiciário.
    Um absurdo, onde querem que um bandido seja o mocinho da história.

    1. Quais são os bastidores da decisão da segunda turma?
      Ministro batendo papo com advogado, dando parabéns, chorando?
      Quantos ministros seriam suspeitos para votar?
      Esse Ze Gado defende a corrupção do mensalão e do petrolao .
      O PT usou hackers para invadir smartphones de procuradores.
      Para mostrar que Moro conversava com procuradores .
      Falar com procuradores é crime e hackear smartphone não?
      O hacker também acessou conversas de ministros.
      O povo quer acesso a essas conversas..
      Pau que dá em Chico bate em Francisco.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Em coletiva sobre drama das inundações no Acre e ações do governo, repórter pergunta a Bolsonaro sobre decisão do STJ favorável a Flávio, e presidente encerra entrevista

O presidente Jair Bolsonaro encerrou a entrevista coletiva que concedia a jornalistas em Rio Branco (AC) na tarde desta quarta-feira, ao ser questionado sobre a decisão da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que anulou a quebra dos sigilos bancário e fiscal de seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

O jornalista ainda formulava a pergunta quando o presidente o interrompeu e declarou: “Está encerrada a coletiva”. Em seguida deixou a área destinada à entrevista, ocorrida no aeroporto de Rio Branco. Bolsonaro foi ao Acre para visitar áreas atingidas por enchentes do rios no Estado, que já afetaram 110 mil pessoas.

Ontem, por quatro votos a 1, os ministros do STJ anularam a quebra de sigilos bancário e fiscal do senador, parte dos procedimentos em curso no processo sobre o esquema da “rachadinha”, quando ele era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). A decisão do STJ pode levar à paralisação das investigações contra o filho do presidente.

Bolsonaro está no Acre para sobrevoar áreas atingidas pelas enchentes e entregar vacinas contra o coronavírus. O estado está com situação de emergência e calamidade pública decretada. Segundo o Ministério da Saúde, seriam entregues quase 22 mil doses de vacinas contra a covid-19.

“Foram realizadas visitas em unidades de saúde para reestruturar o fluxo de entrada de pacientes que buscam atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS)”, informou a assessoria da pasta. “Está sendo feito um monitoramento diário da ocupação dos leitos nos hospitais locais e das demandas dos abrigos com estrutura de saúde para assistir à população atingidas pelas inundações.”

Com Valor e UOL

Opinião dos leitores

  1. Oohhhh arregada da gota serena.
    Pense um cabra frouxo, medroso, corrupto….
    Cabra de peia que se esconde abaixo da saia da mãe quando faz coisa errada.

  2. Quebra de sigilo dos filhos de Naro e de Queiroz é um absurdo. Temos que entender que essas coisas só podiam para os outros. Temos que eleger Queiroz, as ex mulheres, amigos e toda a família do nosso presidente em 2022 para que eles tenham imunidade parlamentar.

  3. Esse Bozo é um covarde imundo, se diz soldado, tira foto com arminha……mas foge de uma pergunta.
    Bozo, o Frouxo.

  4. Acho que Bolsonaro só deve dar resposta sobre qualquer ação judicial depois que todos os processos por formação de quadrilha e corrupção ativa e passiva de Lula e todos os petistas forem sentenciados. Dos poucos condenados, alguns milhões foram recuperados aos cofres públicos.
    Já forma condenados TODOS os ex chefes da casa civil do governo petista, os empreiteiros amigos do ex presidente da odebrecht, OAS, UTC, Eike Batista e muitas outras.
    Se perguntar não ofende: "Quem sabe de onde veio os R$ 72 MILHÕES que D. Marise deixou de herança para os filhos?".

    1. Essa narrativa eh muito boa realmente: lavar a corrupção da família comparando com a do PT…. Show! Eh por isso mesmo que o melhor adversário pro minto eh alguém do PT e ele vai se esforçar pra q seja assim, não a toa fez a faz de tudo pra acabar com a lava jato …

    2. Ze on, vc é desonesto e burro . Primeiro : o PT agora virou álibi pra Bolsonaro e seus filhos roubarem a vontade . O Brasil Entao virou uma competição de ladroes . Segundo: se vc se desse o trabalho de pesquisas um mínimo veria wue esses 72 milhões são um fake news antigo. Tenha vergonha na cara! Pare de defender ladrao !

  5. Realmente, a pergunta foi dirigida à pessoa errada e no momento errado. A coletiva foi concedida para tratar da calamidade no estado e das medidas tomadas a seu respeito. Ademais, o presidente não tem qualquer envolvimento com o caso das "rachadinhas" na ALERJ que envolve muitos parlamentares daquela casa. A propósito, os valores movimentados pelo gabinete do agora senador Flavio Bolsonaro são irrisórios, se comparados com os dos demais deputados. Por que, então, a mídia só fala na sua investigação? E o que o presidente tem a ver com isso? O sobrenome igual será suficiente para associá-lo ao caso? É apenas mais uma clara demknstração da perseguição ao presidente e à sua família.

    1. Só existe uma explicação para esse comentário, vc está sobre o efeito da PAIXÃO e segundo os psiquiatras sua mente bloqueia a RAZÃO, ou seja, vc não responde pelos seus atos kkkkkkkkkkk

    2. Deixe de ser pilantra vaca sevosa do Bozo.
      O Mito é um frouxo.

    3. Escolha um, ou direita, ou honesta, os 2 é impossível. É a mesma coisa que Lula Inocente.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

FOTO: Poste cai e interrompe trânsito parcialmente sobre ponte Newton Navarro em Natal

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O trânsito sobre a Ponte Newton Navarro, que liga a Zona Norte à Zona Leste de Natal, ficou parcialmente interrompido no início da manhã desta terça-feira(92) após um poste cair no local no fim da noite dessa segunda-feira (01). De acordo com agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana, a suspeita é de que o o poste de metal tenha caído por causa da força do vento, já que não havia marca de colisão, por exemplo.

Em decorrência, pelo menos uma faixa da ponte no sentido Zona Norte – Zona Leste ficou interrompida, o que causou congestionamento. Outra faixa no sentido oposto também foi bloqueada por um veículo enviado ao local para retirar a estrutura caída.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Opinião dos leitores

  1. O poste caiu por que não tem um planejamento pra adequada manutenção da ponte e dos postes , inclusive! Se houvesse, dificilmente um poste estaria caindo devido ao vento, eh até risível kkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Serviço de manutenção da Caern interrompe abastecimento de água em bairros de Natal

Foto: Caern/Assecom

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) conclui nesta segunda-feira (27) serviços de manutenção e retirada de vazamentos que afetaram o abastecimento de água de bairros da Zona Sul no último fim de semana.

Além do serviço de substituição de equipamento (booster) no Bairro Nordeste, que será concluído ainda nesta manhã, equipes trabalham ainda no conserto de dois vazamentos.

Um deles é na Rua Perito José Lourenço, esquina com a Avenida Jaguarari. Nesse serviço, além da retirada do vazamento, será feita a manutenção das captações Lagoa Nova I e II. Os bairros afetados são Lagoa Nova, Lagoa Seca, Nova Descoberta, Nazaré, Bom Pastor, Alecrim, Dix-Sept Rosado, Nordeste e Quintas. A conclusão está prevista para esta tarde. Com a retomada do abastecimento, a normalização completa se dará em até 48 horas.

Outro vazamento é na Rua José Seabra, em Capim Macio. O conserto será concluído na parte da manhã, com a normalização do abastecimento no bairro se dando em até 24 horas.

Opinião dos leitores

  1. em ponta negra está faltando todo final de semana.
    semana passada começou na sexta e só voltou ao normal hoje de manhã

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Bolsa dos EUA cai 7% e interrompe negociações

Foto: Ilustrativa

Com uma queda de 7% no índice S&P as bolsas nos EUA, Nyse e Nasdaq, interromperam as negociações por 15 minutos nesta segunda-feira, 9, acionando o circuit breaker para evitar uma queda mais acentuada.

Os mercados de petróleo afundaram e as ações caíram após o repentino choque entre os maiores produtores de petróleo do mundo, que acabou dando aos investidores abalados pela crise do coronavírus um novo motivo para se preocupar com a economia global.

Cinco minutos depois do dia de negociação nos Estados Unidos ter começado, a queda no S&P 500 atingiu 7%, provocando uma parada automática das negociações por 15 minutos.

Após o “circuit breaker” ter sido ativado duas vezes durante a madrugada durante a negociação de contratos futuros, os índices acionários em Nova York voltaram a ter as negociações interrompidas logo após a abertura do pregão em Wall Street.

Nos minutos iniciais da sessão, os três principais índices acionários do mercado americano recuavam cerca de 7%, quando o mecanismo de interrupção foi acionado.

Na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse), o Dow Jones operava em queda de 7,29%, aos 23.979,90 pontos, o S&P 500 recuava 7%, aos 2.764,21 pontos e o índice eletrônico Nasdaq cedia 6,86%, aos 7.987,44 pontos. A última vez que os índices fecharam em queda superior a 7% foi durante a crise financeira de 2008.

As bolsas da Europa também despencam até 11% com queda de mais de 10% das ações de petróleo. O movimento dos preços castiga as ações de energia europeias e pressiona os índices acionários do continente.

O índice DAX, da Alemanha, caia 8,03%, enquanto o FTSE 100, da Inglaterra, levou um tombo de 7,91%.

Queda do petróleo

A Arábia Saudita reduziu os preços do petróleo, abrindo o caminho para um forte aumento de sua produção em abril. A decisão dos sauditas, anunciada no fim de semana, veio após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e os aliados da Opep+ não conseguirem fechar um acordo na última sexta, 6, para cortar ainda mais a produção do grupo, como parte de uma estratégia para amenizar o impacto econômico do coronavírus.

A Rússia, líder informal da Opep+, não aceitou uma proposta da Opep de reduzir a oferta coletiva em mais 1,5 milhão de barris por dia./AFP e NYT

Estadão

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: “Imparável”, gemidão do Zap interrompe apresentação de Felipe Luís no Flamengo e provoca risada coletiva

ASSISTA AQUI

A entrevista coletiva de apresentação do lateral Filipe Luís, nesta sexta-feira, na sede do Flamengo, foi interrompida pelo “gemidão” no celular de Maurício Fonseca, gerente de comunicação do Rubro-Negro.

O momento inusitado causou risos no jogador e na diretoria flamenguista, que acompanhava o atleta em sua entrevista coletiva. O vice-presidente, Marcos Braz, pediu uma salva de palmas ao Maurício.

– Só podia ser você, Maurício. Uma salva de palmas ao Maurício – disse Marcos Braz entre risos.

Sportv

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *