Governo do Estado assina ordem de serviço para construção de 15 queijeiras no Seridó

A governadora Fátima Bezerra e a Cooperativa Agropecuária do Seridó (Capesa) assinam nesta quarta-feira (23) as ordens de serviço para construção de 15 queijeiras vinculadas à Capesa, beneficiadas pelo Edital de Leite e Derivados lançado pelo Governo do RN via projeto Governo Cidadão e Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), com recursos do Banco Mundial. A assinatura está marcada para acontecer às 15h na sede da cooperativa, em Parelhas.

Os investimentos nestas 15 queijeiras somam R$ 6.688.380,53, incluindo R$ 921 mil de contrapartida dos 15 beneficiários. A injeção de recursos vai mudar a realidade da produção de queijo em todo o Rio Grande do Norte, mas sobretudo no Seridó, onde se concentra a maior parte da produção artesanal.

As queijeiras estão localizadas em Parelhas, Santana do Seridó, Florânia, Acari, Carnaúba dos Dantas, Tenente Laurentino Cruz, Currais Novos, Jucurutu e Timbaúba dos Batistas. As empresas vencedoras das licitações foram a S. Torres, Dantas Construtora, Silva Cruz, 3R Construções, W&W Soluções e DP de Lima.

Ao todo, 39 queijeiras estão ligadas à Capesa e à Cooperativa Mista dos Agricultores Familiares do Seridó (Coafs), selecionadas na chamada pública, e receberão investimento total de R$ 20 milhões. Ao fim da execução, elas estarão regularizadas de acordo com as exigências sanitárias da legislação vigente e aptas a entrarem no mercado formal.

Serão feitas a adequação da infraestrutura, aquisição de maquinário e equipamento necessário, melhoria na logística do transporte, comercialização e capacitação dos funcionários da comunidade. A regularização é importante para que as cooperativas recebam o selo das instituições sanitárias vigentes: Serviço de Inspeção Municipal; Instituto de Defesa e Inspeção Sanitária (IDIARN); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    O queijo do RN já bateu o tradicional queijo de Minas, agora está invadindo a Europa, na Ásia não se fala noutra coisa.

Responsáveis por desvio de verba de medicamentos para população carente do Seridó são condenados

Foto: Reprodução

Após denúncia apresentada pelo Ministério Publico Federal (MPF), seis pessoas foram condenadas pelo crime de peculato e formação de quadrilha por desvio de recursos federais na execução de convênio celebrado entre a Fundação Seridó Central (FUSEC) e o Fundo Nacional de Saúde (FNS), do Ministério da Saúde. O montante destinava-se à compra e distribuição de medicamentos à população carente do Seridó do Rio Grande do Norte.

Na denúncia que deu origem à decisão, o MPF aponta que a FUSEC promoveu o direcionamento fraudulento das licitações de sete convênios, entre 2006 e 2010, para ratear os objetos entre as empresas Artmed, Cirufarma, Cirúrgica Bezerra Distribuidora e Prontomédica Produtos Hospitalares, integrantes do esquema. Os recursos eram desviados por meio do fornecimento fictício de remédios em grandes quantidades, com notas fiscais falsas, e aquisição de produtos superfaturados.

Confira todos os detalhes aqui no portal Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG
    Verdadeiros FACÍNORAS.

FOTO E VÍDEO: Operação da Polícia Civil e MPRN de combate agiotagem e lavagem de dinheiro resulta na apreensão de R$ 670 mil em espécie no Seridó

FOTO: Divulgação/Polícia Civil

A operação Crime e Castigo, deflagrada nesta quinta-feira pela Polícia Civil, com o apoio do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Militar, resultou na apreensão de R$ 676.944,00 em espécie. A ação tem por objetivo combater um esquema de agiotagem e lavagem de dinheiro na cidade de Carnaúba dos Dantas, na região do Seridó potiguar. Além do dinheiro encontrado na casa de um suspeito, dois homens foram presos e duas armas de fogo foram apreendidas na operação.

A investigação foi iniciada pela Delegacia Municipal de Acari após o recebimento de diversos relatórios, registrando movimentações suspeitas de aproximadamente R$ 35 milhões entre os anos de 2014 e 2018, referentes à troca de cheques e empréstimos de dinheiro para comerciantes e moradores da região. Segundo as investigações, o suspeito usava a esposa e parentes próximos, por meio de uma empresa, para movimentar os valores.

A empresa está em nome da mulher e o casal possuía procurações para movimentar as contas bancárias dos parentes e depositavam com frequência muitos cheques, tanto de pessoas jurídicas como físicas, de valores variados nestas contas. Durante as buscas na casa do casal, foram apreendidos uma arma de fogo, muitos cheques de terceiros e diversos documentos. Além disso, no local, foi apreendido o montante em espécie, que foi levado para uma agência bancária de Caicó para poder ser contabilizado. No cumprimento dos mandados de busca e apreensão realizados nas casas dos parentes, foram encontramos também cheques e outros documentos.

Uma segunda arma de fogo foi encontrada na casa de um comerciante que recebia dinheiro do agiota. Este tinha um “pag fácil”, que recebia dinheiro do agiota para ajudar a girar o comércio e, supostamente, lavar o dinheiro do suspeito.

Foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça de Acari contra dois suspeitos de comandarem o esquema criminoso e outras sete pessoas, além de uma empresa, que estariam atuando como laranjas para lavagem do dinheiro. Durante as diligências, José Erivânio Dantas e Robson Dantas de Medeiros foram autuados em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo, sendo liberados após o pagamento da fiança arbitrada na delegacia.

Além das buscas, a Justiça determinou o sequestro dos bens dos suspeitos, com o bloqueio de todas as suas contas bancárias do casal. Participaram da operação cinco delegados, 15 agentes, 20 policiais militares, três promotores de justiça e três servidores do MPRN.

As investigações terão continuidade na Delegacia de Polícia Civil de Acari, encarregada do caso. A agiotagem (empréstimo de dinheiro a juros) é crime, com pena de até 2 anos de prisão. Já a lavagem de dinheiro pode resultar em até 10 anos de reclusão aos envolvidos.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Dedé disse:

    Essa operação espalhafatosa quer mostrar que o dinheiro desse povo é ilegal, imoral, mas não o é, na verdade eles tem o dinheiro como um produto a venda e compra quem quer, ora bom basta!

Operação conjunta da Polícia Civil e MPRN apura esquema de agiotagem e lavagem de dinheiro no Seridó; movimentações suspeitas de aproximadamente R$ 35 milhões entre 2014 e 2018

Foto: Divulgação

Com o apoio do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Militar, a Polícia Civil deflagrou nesta quinta-feira (8) a operação Crime e Castigo, que visa desbaratar um esquema de agiotagem e lavagem de dinheiro na cidade de Carnaúba dos Dantas, na região do Seridó potiguar.

A investigação teve início após a Polícia Civil receber diversos relatórios, reportando movimentações suspeitas de aproximadamente R$ 35 milhões entre os anos de 2014 e 2018.

Na manhã desta quinta, foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça de Acari contra os dois suspeitos de encabeçar o esquema criminoso e outras sete pessoas, além de uma empresa, suspeitas da atuarem como laranjas para lavagem do dinheiro.

Além das buscas, o Poder Judiciário determinou ainda o sequestro dos bens dos suspeitos, com o bloqueio de todas as suas contas bancárias.

Participaram da operação cinco delegados de Polícia, 15 policiais civis, 20 policiais militares, três promotores de Justiça e três servidores do MPRN.

As investigações terão continuidade na Delegacia de Polícia Civil de Acari, encarregada do caso. A agiotagem (empréstimo de dinheiro a juros) é crime, com pena de até 2 anos de prisão. Já a lavagem de dinheiro pode render até 10 anos de reclusão aos envolvidos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. nasto disse:

    Toda cidade com mais de 20 mil habitantes com certeza tem essa prática. É muita gente ganhando dinheiro dos mais pobres. O próprio BB coloca aquele povo oferecendo empréstimo ao povo , principalmente os aposentados. Aquilo é uma sacanagem .

  2. PAULO disse:

    Pode não parecer grave, mas esse tipo de crime torna todos velhinhos da cidade reféns desse tipo de gente.

  3. Cidadão Indignado disse:

    Investiguem a cidade do planeta mercúrio, Caicó! Aí vocês verão o que é agiotagem e lavagem de dinheiro pesados.

  4. Irany Gomes disse:

    Imagine a agiotagem dos tubarões aqui de Natal, deve ter com certeza muita gente graúda… $$$$

FOTO: Escola estadual no Seridó aplica a matemática em plantio de canteiros de verduras

Foto: Cedida

Em Lagoa Nova, no Seridó Potiguar, os alunos da escola estadual em tempo integral Angelita Félix Bezerra usam a matemática como ferramenta de combate ao desperdício de água e de produção de hortaliças. O projeto “Tempero Complexo”, tem mobilizado alunos, educadores e toda a comunidade escolar.

Organizado pelo professor de matemática, Carlos Antônio Fernandes, o projeto, iniciado em março, faz parte da eletiva da disciplina de Matemática, tem como objetivo o aproveitamento de água mineral desperdiçada no bebedouro da escola na implantação e manutenção de uma horta dentro do terreno pertencente a instituição de ensino.

A horta já beneficia a escola com legumes como coentro, alface, couve e rúcula. Também estão plantados para uma futura colheita o repolho, a cebolinha, e o pimentão. “A horta não utiliza agrotóxicos, e sim inseticidas orgânicos, que são implementados a partir de pesquisa feita pelos próprios alunos”, ressalta o professor Carlos Antônio Fernandes.

Para o secretário de Educação do RN, professor Getúlio Marques, os estudantes expandem suas aprendizagens com as atividades envolvendo a terra. “Por meio de um trabalho como este, os alunos trabalham a sustentabilidade de uma maneira muito viva, ativa, adquirindo aprendizado com significado. Nessa horta, o aluno vivência o conhecimento adquirido em sala de aula”, pontou Getúlio.

O projeto “Tempero Complexo” envolve 30 alunos do ensino médio e conta com seis canteiros, cada um medindo em torno de 1 metro de largura por 5 de comprimento. Cerca de 30 litros de água mineral do bebedouro são reaproveitados por dia no empreendimento produtivo dos jovens estudantes.

“Boa parte dos alunos está muito envolvida. Cada canteiro tem seis alunos como responsáveis. Os demais professores também apoiam e estimulam o projeto. A própria ideia de reaproveitar a água desperdiçada no bebedouro foi de um aluno nosso”, diz Carlos Antônio Fernandes.

A escola Angelita Felix tem 272 alunos matriculados nas três séries do Ensino Médio. A culminância da iniciativa, que busca aliar o cultivo de uma hora ao ensino da Matemática, terá a realização de uma exposição com os legumes colhidos em julho deste ano.

Tempo Integral

O Rio Grande do Norte conta com 39 escolas estaduais de ensino médio em tempo integral, sendo sete centros estaduais de educação profissional. Cerca de 10.800 alunos estão matriculados.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Tô pra ver Educação mais obcecada por verdura quanto a petista.

Governo do RN anuncia no sábado modelo de licitação para modernizar queijeiras do Seridó

Foto: João Vital

O Governo do RN anunciará no próximo sábado (1), em Caicó, a modalidade de licitação para construir as sedes de 39 queijeiras do Seridó beneficiadas pelo Edital de Apoio à Cadeia Produtiva do Leite e Derivados da Agricultura Familiar. O evento será às 9h, no auditório Dom Wagner, com a participação da governadora Fátima Bezerra e de representantes das queijeiras, que integram a Cooperativa Mista dos Agricultores Familiares de São João do Sabugi (Coafs) e a Cooperativa Agropecuária do Seridó (Capesa), de Parelhas.

É a primeira licitação do investimento total de R$ 23 milhões, realizado com recursos do empréstimo do Banco Mundial. Na segunda, em data a ser definida, o Governo anunciará a modalidade de licitação dos equipamentos que complementam o projeto para reestruturar e modernizar as queijeiras.

“É um momento muito feliz para os produtores e para o governo da professora Fátima Bezerra, porque finalmente conseguimos destravar esses investimentos, paralisados na gestão anterior, e que são fundamentais para a agricultura familiar e para toda a economia do Seridó, que depende muito da cadeia produtiva do leite”, afirmou o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, depois de se reunir, na terça-feira (28), em Caicó, com dirigentes das cooperativas e da ATER Seta, consultora técnica do projeto.

O secretário destacou que a atual gestão está viabilizando também a capacitação dos produtores, por meio de cursos formatados pelo Centro Tecnológico do Queijo, que funciona no campus do IFRN de Currais Novos. Além do secretário e dos dirigentes das cooperativas e da ATER, participaram da reunião os consultores técnicos Poliana Fernandes, Pedro Henrique e Fabiano Lima, da Secretaria da Agricultura da Pecuária e da Pesca (Sape), e o articulador territorial do Seridó, Mariano Coelho.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    É aí onde mora o perigo, no queijo. Os ratos não salivam à toa. E estão com faca na mão, só esperando a raspa do tacho.

  2. Tarcísio Eimar disse:

    E pegue empréstimo

Seridó: Governo investe R$ 2 milhões no Microcrédito do Empreendedor e autoriza construção de casas na Nova Barra de Santana

Comerciantes de cinco cidades da região Seridó do Rio Grande do Norte receberam na manhã desta quinta-feira (16) 600 cheques do programa Microcrédito do Empreendedor, iniciativa da Agência de Fomento do Rio Grande do Norte, em parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social. Os cheques foram entregues para comerciantes de Triunfo Potiguar, Parelhas, Jucurutu, Caicó, São Fernando e Carnaúba dos Dantas, em solenidade realizada no ginásio Francisco Eufrásio Medeiros, em Jucurutu. A ação de fomento à economia potiguar resultou em investimento de quase R$ 2 milhões, com financiamentos que variam entre R$ 3 mil e R$ 6 mil, para trabalhadores informais e formais, respectivamente.

O ato marcou a segunda entrega de cheques em 2017 em apenas dois meses. O programa foi lançado em outubro de 2015 e já alcançou 75 cidades. Ao todo, 7 mil operações foram realizadas, o que representa investimento de R$ 18,9 milhões na economia, e geração de aproximadamente 9 mil postos de trabalho e renda. O objetivo do programa é apoiar o empreendedor potiguar gerando ocupação e renda com sustentabilidade nos diferentes setores da economia.

O Microcrédito financia em até R$ 3 mil o empreendedor informal e em até R$ 6 mil o empreendedor formalizado, com atendimento individual ou em grupos de três a cinco pessoas. As taxas de juros são de 1,5% ou 1,7% ao mês. O prazo para pagar o financiamento é de até 12 meses e quem paga em dia tem desconto de 100% dos juros.

Ainda no evento, outra ação também resultou em benefícios para os residentes das cidades de Jucurutu, Jardim de Piranhas e São Fernando. Por meio da Companhia de Habitação (Cehab), foram assinados 40 contratos para construção de casas na Nova Barra de Santana, que será reassentada em função da construção da Barragem de Oiticica.

O investimento é de R$ 480 mil (R$ 240 mil do Governo Federal por meio do PSH – Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social, e contrapartida de R$ 240 mil do Governo do RN). A barragem de Oiticica será o segundo maior reservatório de água potiguar, com capacidade de aproximadamente 590 milhões de m³. A reserva beneficiará diretamente 350 mil habitantes abastecendo 18 municípios da região Seridó que hoje sofrem com a falta de água.

A secretária da Sethas, Julianne Faria, ressaltou que tanto a entrega dos cheque como a assinatura para construção das casas são a concretização de um projeto sólido. “Nós trabalhamos muito para que os cheques pudessem ser entregues e as casas tivessem os contratos para construção iniciados. É um momento de muita alegria e de sensação de trabalho realizado porque tivemos que encontrar meios de driblar a crise e continuar investindo e atuando principalmente para os que precisam mais”, disse.

O governador Robinson Faria também destacou as ações, enfatizando que a crise não é desculpa para deixar de investir. “O Programa Microcrédito do Empreendedor significa muito mais do que apenas uma linha de financiamento; é a redenção de uma população que decidiu, assim como nós, lutar contra esse período de dificuldade financeira. Vocês agora têm a oportunidade de abrir ou expandir o próprio negócio sem ter que pedir emprego para ninguém, apenas usando a habilidade e potencial. Outra boa notícia é a construção das casas na Nova Barra de Santana para que as pessoas possam se estabelecer em um novo local com a dignidade que merecem”, encerrou.

Em discurso, Felipe Maia destaca falta de água no Seridó

Discurso Felipe Maia Rafael Carvalho 02Currais Novos e Acari, municípios do Seridó potiguar, tiveram o abastecimento de água suspenso pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), neta terça-feira (1). O açude Gargalheiras, que abastece as duas cidades, registrou o volume de 0,2% de sua capacidade total e impossibilita a captação de água. Para cobrar providências dos governos federal, estadual e municipal, o deputado Felipe Maia (DEM) ocupou a tribuna da Câmara, nesta quarta-feira (02).

O coordenador da bancada federal registrou que as obras prioritárias para o Nordeste atualmente são referentes ao fornecimento de água para a região. Uma das medidas apontadas para garantir o abastecimento das cidades é a Adutora de Engate Rápido, que deverá captar água na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, em Jucurutu, indo até a Estação de Tratamento de Água do Dourado, em Currais Novos. A obra, orçada em R$ 36 milhões, teve apenas 10% dos recursos liberados desde abril deste ano, cerca de R$ 3,8 milhões.

“Sabemos que existe uma crise econômica no país, mas como ficarão as famílias do Seridó e de outras regiões do Brasil sem o abastecimento de água? Água significa dignidade. Que sejam paralisados ou que cortem recursos de outros empreendimentos, mas não de obras que significam vida, como é o caso do abastecimento de água para a população do RN”, destacou.

VÍDEO: Quarta de Chuvas no Seridó e previsão de mais “água” para esta quinta

Chuva em Jardim do Seridó – Vídeo de Josimário Nunes

Chuva em vários municípios do Seridó na tarde / noite desta quarta-feira. Parelhas, Jardim do Seridó e Caicó foram alguns dos municípios contemplados . Só no Sítio Bananeiras em Jardim do Seridó, já choveu mais de 100mm hoje.

Em Natal também chove nesse momento.

Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn), a massa de ar quente  presente sobre o Nordeste perdeu força durante os últimos dias e com isso voltará a condição de ocorrência de chuvas com céu parcialmente nublado em todas as regiões do Estado, principalmente no Seridó e Vale do Assú. Veja previsão abaixo:

chuvas

SERIDÓ: Chuvas de até 47 mm foram registradas

Segundo os registros chegados de vários pontos do Seridó, as precipitações chegaram a 47 mm. Confira:

Sítio Caiçara: 47 mm
Jardim de Piranhas (zona urbana): 30 mm
Sítio Alecrim: 27 mm
Sítio Maria Tacaca: 25 mm
Sítio Sarna: 28 mm
Timbaúba dos Batistas (zona urbana): 20 mm
Sítio Garcia, Brasilgás (Caicó) e sítio Umbuzeiro: 5 mm

Com informações do Blog Robson Pires

FOTO: Domingo de adesões para Henrique e João Maia no Seridó

Ades+Áes-de-Formiga-Preta-eDurante a passagem da Caravana 15 neste domingo (19) pela região do Seridó, os candidatos ao Governo Henrique Alves (PMDB) e vice João Maia (PR), receberam adesões ao seu projeto de governar o Rio Grande do Norte. A primeira delas aconteceu em Jardim do Seridó, quando o ex-prefeito Dr. Edimar Medeiros reuniu amigos e familiares e abriu as portas de sua casa para receber a caravana. “Voto em Henrique porque sei que é o melhor para a região do Seridó. Voto em Henrique porque tenho certeza que terá ao seu lado um vice competente, como João Maia, que vai lhe ajudar a trazer as obras que o Seridó tanto precisa”, disse o médico e ex-prefeito.

Outra importante adesão foi em Parelhas, quando o ex-vereador e empresário Romildo Azevedo (Formiga Preta) anunciou em praça pública o apoio à Henrique. Formiga não veio só, trouxe sua filha Romisélia, a vereadora mais votada nas últimas eleições. “Eu não votei em você no primeiro turno Henrique, mas estou vindo atendendo um pedido do meu deputado Vivaldo Costa, e pode ter certeza, a partir de agora vamos, eu por um lado e Dr. Antônio por outro andar de casa em casa aqui em Parelhas, e fique certo de que daremos uma linda vitória a você e a João Maia no dia 26”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gregório disse:

    Como é homi ? Henrique conseguiu o apoio de um ex-vereador mais o sanfoneiro da cidade ? Kkkkkkk, ri alto aqui com este reelease !

  2. Henrique disse:

    Faz quase uma semana que o acórdão só fala nessas novas adesões de Formiga Preta e Romiselia( é o mundo todo), quero ver eles falarem na quantidade de deputados, prefeitos, vereadores e lideranças que abandonaram o barco quando viram que o negócio estava indo pro brejo.
    O Povo não aceita mais cabresto, o RN não tem dono, 44 anos já foram demais !!!!

Sentença define medidas para a construção de parques eólicos no Seridó

 Sentença do juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, titular da Comarca de Currais Novos, definiu que a continuidade das obras de construção de parques eólicos no município de Lagoa Nova, na região do Seridó, dependerá do estabelecimento de medidas protetivas. O caso envolve um conflito entre as empresas Gestamp Eólica Lagoa Nova S/A e Gestamp Eólica Serra de Santana S/A e três entidades rurais localizadas naquele município.

Segundo a Associação do Projeto de Assentamento de Reforma Agrária de Santana, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte (FETARN), bem como argumenta o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lagoa Nova (STR), os caminhões de propriedade das partes autoras “levantam muita poeira” durante a passagem para os Parques Eólicos, o que tem ocasionado danos aos agricultores do Assentamento Santana, na medida em que a “poeira levantada” suja todas as plantações cultivadas nos lotes “colados” com a estrada, prejudicando, também, a saúde dos agricultores.

A sentença definiu, segundo conclusões da perícia judicial, que a única forma de cumprir a condição estabelecida pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema), é a de “implantar métodos que resultem na eliminação e/ou máxima redução da emissão de partículas de poeira na atmosfera, oriundas do trânsito de veículos e de maquinário, é a pavimentação”.

“Medida que evitaria danos à saúde e bem estar tanto dos funcionários envolvidos no trabalho quanto dos moradores das áreas de influência direta e indireta do empreendimento”, enfatiza o juiz Marcus Vinícius.

Segundo o magistrado, a condição para o acesso de caminhões para as obras dos Parques Eólicos Santana I e II é a apresentação de um projeto de terraplenagem e pavimentação da via, inclusive com a execução paga pelas empresas, consideradas poluidoras-pagadoras. A sentença também define que após a execução da obra o poder público providenciará a sinalização e colocação de redutores de velocidade, caso necessários, no último caso.

“Destaco, por fim, que o Poder Judiciário não busca, com a presente decisão, inibir o desenvolvimento dos Parques Eólicos no Estado do Rio Grande do Norte, muito pelo contrário, o Judiciário, representando a sociedade potiguar, incentiva a produção da “energia limpa”, através da construção de Parques Eólicos, mas fixando como pressuposto a garantia do mínimo de danos ambientais causados, bem como de garantia dos direitos das populações das áreas envolvidas no processo, no caso, da comunidade do Assentamento Santana, localizada na cidade de Lagoa Nova”, conclui o magistrado.

(Processo nº 0101958-91.2014.8.20.0103)
TJRN

FOTOS: Polícia Civil deflagra operação Thypon em Natal e em cidades do Seridó; vários presos

IMG_20140725_060738925_HDR IMG_20140725_080045144Fotos: Divulgação – Polícia Civil

A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar deflagrou na. Manhã de hoje nas cidades de Natal, Currais Novos, Parelhas e Caicó uma operação para combater o tráfico de drogas. A delegada Sheila Freitas da Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEICOR) e o delegado Odilon Teodósio da Delegacia Especializada em Homicídios comandaram a operação que teve a participação de oitenta policiais.

A investigação que culminou com a operação na manhã de hoje foi iniciada há oito meses por policiais da delegacia da cidade de Parelhas e foi passada para o DEICOR, quando os agentes descobriram que os crimes cometidos pela quadrilha se tratava de uma ação do crime organizado.

As investigações apontam que a quadrilha movimentava em conta bancárias no nome de laranjas cerca de três milhões de reais e que os rendimentos eram oriundos da ação de Edson Gonçalves de Macedo, conhecido como “Loprão”, porque os seus pontos de distribuição de drogas já tinham se expandido para os estados do Ceará, Paraíba e Pernambuco, além de ter conexões com quadrilhas do Acre e de alguns países sul americanos.

Os policiais informaram que Loprão conseguiu essas articulações com outros traficantes que ele conheceu nos presídios federais de Rondônia, Mato Grosso e Mossoró, além de ser ligado a facção criminosa Comando Vermelho.

A Polícia Civil já a conseguiu apreender no mês de junho no Rio Grande do Norte 700 quilos de maconha e R$ 210 mil em dinheiro que estão depositados em uma conta judicial, também foi apreendido 100 quilos de maconha do grupo no Estado da Paraíba.

Na operação  foram presos por intermédio de mandado de prisão Ismael da Silva  Bezerra, Maike Tony Batista Ribeiro, Alex Dhiago Silva Araujo,  Márcio Cássio Soares  dos Santos, Ivanilson Epifânio  da Silva. Já estavam presos  José Orlando Dias de Azevedo, , Elizandra Souza dos Santos, Jhonattan  jorge Bezerra do Nascimento Costa Monteiro. Jaison  de Souza Azevedo, não  tinha  prisão decretada , mas foi autuado em flagrante por ter sido encontrado em sua residência , Maconha  e Crack.

A polícia durante a operação apreendeu dois revolveres  calibre 38, uma espingarda calibre 44, munições  e três mil e novecentos  reais  em dinheiro.

A Policia identificou um patrimônio considerável da quadrilha:

PATRIMôNIO IDENTIFICADO DA  ORGANIZAÇÃO:

·         No decorrer da investigação foi possível identificar vários imóveis, terrenos, veículos e outros bens pertencentes a Organização, dentre eles estão:

1. O1 TERRENO NO BAIRRO DE PONTA NEGRA NATAL/RN.

2. 02 TERRENOS NA CIDADE DE MACAIBA/RN.

3. 02 TERRENOS NA CIDADE DE SÃO JOSÉ DO MIPIBU/RN.

4. 01 TERRENO NA CIDADE DE PARELHAS/RN.

5. 02 RESIDÊNCIAS NA CIDADE DE PARNAMIRIM/RN.

6. 01 VEICULO TO TIPO HB-20, ANO 2013.

7. 01 VEICULO DO TIPO JETTA, ANO 2011.

8. 01 VEICULO DO TIPO GOL, ANO 2014.

9. 01 VEICULO DO TIPO CORSA, ANO 2010.

10. 01 VEICULO DO TIPO CELTA, ANO 2010.

11. 03 MOTOCICLETAS.

Atualizado às 15h05

Escutas revelam que policiais tratavam preso da operação no Seridó como “patrão”

A operação policial deflagrada na manhã desta terça-feira, (25), em Caicó, foi fruto de uma investigação feita pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado – Gaeco do Ministério Público.

Os policiais cumpriram mandado de prisão contra o sargento Valtecler, que é lotado no 3º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual. Ainda foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão nas residências do soldado Rangel e de outro que o Blog ainda não identificou.

Veja mais: MP, PRF e PM deflagram OPERAÇÃO COITEIROS no Seridó

As escutas telefônicas feitas pelo Ministério Público, com autorização da Justiça, revelam que os policias passavam informações para Puã Saldanha, e em todos os contatos o chamavam de “meu patrão”.

Policiais rodoviários federais cumpriram o mandado de prisão contra a pessoa de Puã Saldanha. Ainda na manhã de hoje, ele foi conduzido até sua locadora de carros localizada na Avenida Ruy Mariz no Bairro Boa Passagem. Lá, os policiais realizavam buscas.

Com informações de Sidney Silva

Cidades do Seridó terão abastecimento de água suspenso por cinco dias a partir desta quarta

Cinco cidades da região Seridó, além das zonas rurais de outros três municípios, terão o abastecimento de água suspenso por cinco dias, a partir desta quarta-feira (6), para que seja feita a mudança do ponto de captação da adutora Serra de Santana na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves.

As cidades atingidas são Florânia, Tenente Laurentino Cruz, São Vicente, Lagoa Nova e Bodó. Comunidades rurais localizadas nesses municípios também terão o abastecimento suspenso, assim como as zonas rurais de Jucurutu, Cerro-Corá e Santana do Matos.

A mudança do ponto de captação se mostrou necessária porque, com o rebaixamento do nível do manancial, parte da bomba flutuante que leva a água à adutora chegou ao fundo da barragem. Com isso, foi preciso fazer a derivação para um novo ponto, a cerca de 700 metros da localização atual, em uma parte mais profunda da barragem. O trabalho vai permitir que o sistema de abastecimento funcione em melhores condições de atendimento à população.

Henrique Alves marca para Currais Novos encontro regional do PMDB no Seridó

STU_5740Foto: Rodolfo Stuckert

O presidente da Câmara dos Deputados e do diretório regional do PMRB-RN, Henrique Eduardo Alves, marcou para o dia 7 de dezembro, em Currais Novos, o próximo encontro regional do partido. A decisão foi tomada durante reunião, nesta terça-feira (5), em Brasília, com o deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza e o ex-deputado Zé Lins, ambos já filiados ao PMDB desde o início de outubro. O encontro foi definido de acordo com a agenda do ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho, que também vai participar da programação do PMDB em Currais Novos.

Na reunião, com a presença do prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha, também foram apresentados pleitos para o município com o aval de Ezequiel e Zé Lins. O prefeito pediu o apoio de Henrique Alves para o saneamento básico do povoado Cruz. O projeto, já cadastrado na Fundação Nacional de Saúde (Funasa), está avaliado em R$ 1,6 milhão. Outra proposta de Vilton Cunha endossada pelos novos pmdbistas de Currais Novos é um projeto de R$ 5 milhões para a pavimentação de 70 ruas, incluindo o asfaltamento da área onde funciona a feira livre da cidade.

O prefeito Vilton, Ezequiel e Zé Lins ainda estão pleiteando um empréstimo de R$ 8 milhões na  Caixa Econômica Federal para dobrar o número de ruas pavimentadas e drenadas na cidade. A proposta já tem o aval do Ministério das Cidades. Falta a aprovação da Secretaria do Tesouro Nacional. Henrique Alves reafirmou o empenho dele em ajudar o povo de Currais Novos e os pleitos apresentados pelo prefeito com o apoio dos novos correligionários políticos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Raimundo disse:

    Vão resolver nada com coisa nenhuma!