Dois pedreiros morrem no Seridó após muro desabar sobre eles

O portal G1-RN destaca. Dois homens morreram enquanto trabalhavam em uma obra, na manhã desta quinta-feira (2) em Parelhas, cidade do Seridó do Rio Grande do Norte. Os pedreiros tinham 31 e 21 anos, e estavam construindo um prédio na cidade. A dupla foi atingida por um muro de um edifício vizinho, que desabou no momento em que os dois trabalhavam. Matéria completa aqui.

Após bater carro em muro em condomínio na Zona Sul de Natal, homem tenta fugir nu e é neutralizado por segurança e preso

Foto: Ilustrativa

A Polícia Militar prendeu um homem na madrugada desta terça-feira(10) após bater um carro modelo Corolla, de cor branca, no muro do condomínio Serrambi 2, em Neópolis, na Zona Sul de Natal. Não bastasse o acidente desastrado, o motorista pulou para dentro do local e foi rendido por um segurança privado.

Segundo a PM, o homem que apresentava sinais de embriaguez estava nu e dirigia um carro que tinha placas clonadas. Dentro do veículo foram encontradas munições de calibre 38. Depois da trabalheira dada aos policiais e segurança, o acusado foi levado para a Central de Flagrantes da Zona Sul da capital potiguar.

ESTRAGO GRANDE (FOTOS E VÍDEO): Muro de conjunto residencial cai em cima de mais de dez veículos, em Curitiba

 Foto 1: Jorge Melo/RPC; foto 2: Cassiano Rolim/RPC

O muro de um conjunto habitacional caiu sobre 11 veículos estacionados – dez carros e uma moto –, em Curitiba, na noite de domingo (7). Segundo a Polícia Militar, ninguém se feriu.

O muro tinha aproximadamente dois metros de altura e caiu para dentro do condomínio, informou a PM. Os bombeiros foram chamados por volta das 22h para atender a ocorrência. A Defesa Civil isolou a área, pois há risco que a outra parte desabe.

Veja aqui o momento que o muro desabou. As imagens são das câmeras de segurança do conjunto residencial.

Até a publicação desta reportagem, não havia informações sobre o que pode ter causado a queda do muro. A prefeitura afirmou que uma equipe da Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi) deve ir ao local na manhã desta segunda-feira (8) para fazer uma vistoria técnica.

O conjunto residencial fica no bairro Campo Comprido e tem 272 apartamentos, com cerca de 750 moradores.

Prejuízo

A síndica do residencial, Marilene Casemiro da Silva, disse que o condomínio tem seguro, e uma avaliação será feita. Portanto, ainda não se sabe se os moradores que tiveram os veículos esmagados serão ressarcidos.

“Ontem mesmo já entrei em contato com a seguradora, e hoje toda a equipe vai vir. Hoje temos que dar uma resposta para os nossos moradores”, afirmou a síndica no início da manhã desta segunda. Ela disse que se reuniu com os proprietários dos veículos por volta da meia-noite, para falar sobre as ações que seriam tomadas.

Fotos: Cassiano Rolim/RPC

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Claudio Carvalho disse:

    com polimento sai…

  2. Igor disse:

    Se o seguro não cobrir, e nesse caso certamente vai pagar, pois a garagem estava um lixo e sem manutenção, ,é bom os moradores irem preparando o bolso, pois os prejudicados certamente acionarão o condomínio para reparar seus prejuízos. . Enfim, os moradores que se preparem para uma salgada taxa extra.

FOTO: Justin Bieber é procurado pela polícia após grafite em muro do Rio

Untitled-1Na última terça-feira (5), uma queixa foi registrada na 15ª DP (Gávea) contra o cantor Justin Bieber porque o músico foi visto grafitando um muro em São Conrado, no Rio de Janeiro. Agentes da delegacia estiveram no Hotel Intercontinental à procura do canadense, por volta das 19h. As informações foram confirmadas pelo delegado-titular da unidade, Antônio Ricardo Nunes.

Bieber passou a madrugada de terça-feira grafitando, quando seus seguranças tiveram um atrito com os fotógrafos presentes. Além dos seguranças do artista, policiais militares e um carro da PM também estavam no local. Procurada, a PM não comentou a presença da viatura e o fato de os policiais não terem impedido a ação. Durante a manhã do mesmo dia, porém, todos os desenhos feitos pelo cantor foram apagados com tinta branca.

Terra

Justiça Federal nega pedido para retirada de cancelas e muro da rua dos Pajeús, no Alecrim

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte negou o pedido feito pelo Ministério Público Federal para retirar os muros e cancelasinstalados na rua dos Pajeús, no bairro do Alecrim, em área conhecida como Vila Naval, na capital potiguar. O MPF pedia ao Judiciário a proibição de uma suposta “ocupação irregular” do 3º Distrito Naval. A sentença foi da Juíza Federal Gisele Leite, da 4ª Vara Federal.

A magistrada ressaltou que a inspeção judicial no local, realizada pelo Juiz Federal Janilson Bezerra de Siqueira, observou que há no espaço o Instituto Ary Parreiras, uma quadra poliesportiva, parte da Vila Naval, a Capela Nossa Senhora Stella Maris e a Associação Militar de Veteranos – CEN.  A Juíza Federal destacou que nos autos a União se manifestou no sentido de que a garantia total à mobilidade urbana no local, com a destruição do muro, traria a intensificação do trânsito e inviabilizaria a manutenção da quadra de esporte e o uso do  trecho para corridas e caminhadas, que são feitas pela população do bairro. O Município de Natal, que também é réu na ação, informou a existência de abaixo-assinado dos moradores, postulando pela manutenção do estado atual. Na sentença, a Juíza observou prejuízo mínimo relativo à mobilidade urbana, tendo em vista que não há restrição, no local, ao trânsito de pedestres, bicicletas, motos e veículos de pequeno porte, sendo inclusive utilizado como estacionamento por aqueles que realizam compras no bairro do Alecrim.

A Juíza Federal, na sentença, afirmou que o caso em questão provoca uma colisão entre os princípios da mobilidade urbana, segurança pública, acesso ao esporte/lazer e a prioridade de crianças e adolescentes, devendo-se buscar a sua harmonização. “De um lado, invoca-se o direito de trânsito livre de veículos e pessoas em bem público de uso comum do povo; de outro, porém, invoca-se o direito fundamental da pessoa humana ao desfrute de condições de vida adequada em um ambiente saudável. De qualquer modo, é inegável que nenhum desses princípios constitucionais tem eficácia incontrastável e absoluta”, escreveu a magistrada.

A magistrada destacou que, na solução do caso, foi preciso analisar se a manutenção do muro é adequada, necessária e proporcional para os fins constitucionais buscados. Ela ressaltou, no contexto retratado nos autos, em vista da mínima restrição à mobilidade urbana, que “não é justo que se retire um dos poucos espaços da comunidade para a prática de caminhadas e corridas, que se destrua a quadra onde se praticam esportes, são realizados eventos e festejos em geral, além das aulas de educação física dos alunos do Instituto Ary Parreiras”.

 

 

Motoqueiro morre ao colidir com muro em Pium

Nominuto.com

Na manhã desta quarta-feira (7), um homem perdeu o controle da moto que conduzia e colidiu com um muro, próximo a estrada de Pium. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

De acordo com informações preliminares do tenente Moisés, do 3º BPM, o acidente ocorreu por volta das 4h e a polícia ainda não sabe o que teria feito o condutor perder o controle da moto.

Policiais do 3º BPM estão no local isolando a área e permanecem aguardando a chegada dos técnicos do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) para remover o corpo e periciar o local do acidente.

Muro de LULA cai….

Em setembro de 2008 o Presidente LULA foi a cidade de Mossoró inaugurar a Termoaçu. Entre as inaugurações, LULA inaugurou com muita pomba, festas e discursos de meio mundo de gente, o novo muro da UFERSA (Universidade Federal Rural do Semi-árido). Pois bem, o muro que LULA inaugurou, com a chuva de hoje em Mossoró um pedaço dele caiu com a pressão da água. Com a queda do mudo, várias casas da redondeza foram alagadas.

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Neto disse:

    Imagino a qualidade do material empregado?!?! Teria havido propocionalidade entre o valor gasto e o material empregado? A ufersa se especializou em fazer "puxadinhos" como se fossem novas obras… E o erário, o erário que se …….

  2. Culpa de Lula, é claro!!!

    Afinal, as melhorias que a então ESAM recebeu para se transformar em UFERSA e a ampliação de vagas para atender mais estudantes da região, não serviram de nada!! Pô, Lula, Não sabe nem construir um muro?! Se fosse FHC ou a turma do PSDB nem mura teria, aliás, teria sim, um bem pomposo, com guarita para seguranças, cerca elétrica, vigilância eletrônica e, lá dentro, estudantes com um boleto na carteira/bolsa cantarolando a música "O pequeno burguês" do Genial Martinho da Vila: – "Felicidades! Passei no vestibular, mas a faculdade é particular. Particular, ela é particular…". Aí sim eu queria ver esse muro cair!!!!!