Bandidos arrombam casa na Zona Norte de Natal e levam vários objetos

Foto: Ilustrativa

Uma casa foi alvo de arrombamento na noite dessa quinta-feira (5) no Conjunto Panatis 2, Zona Norte de Natal. De acordo com a polícia, não tinha ninguém no local no momento do crime. Os moradores só perceberam  a ação dos bandidos quando entraram no imóvel.

Segundo a polícia, os bandidos entraram pela janela da casa, que foi quebrada, e roubaram duas televisões, celulares, carregadores e outros objetos de valor.

É a terceira vez que criminosos entram no local. A primeira foi em 2015 e na segunda, em janeiro deste ano.

PF encontra bilhete para governador petista na casa de desembargadora presa

Foto: Agência Brasil

Na busca e apreensão realizada na casa de Maria do Socorro Barreto Santiago, desembargadora presa nesta sexta-feira(29) na Operação Faroeste, a Polícia Federal encontrou um bilhete para o governador da Bahia, Rui Costa (PT), informa O Globo.

Segundo a PGR, na anotação, ela pedia um favor para uma empresa de táxi aéreo suspeita de ligação com a Embaixada da Guiné Bissau e Adailton Maturino, apontado como articulador do esquema de grilagem de terras no oeste baiano que comprava decisões judiciais no TJ-BA.

Foi encontrada outra anotação sobre um processo em andamento na Justiça Federal em Brasília de interesse da mesma empresa, com os dizeres “Julgar favorável”.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos Bastos disse:

    Só no Antagonista, kkkkkkkk

  2. CURITIBA JA disse:

    Será que existe alguma fraude que não tenha os Ptralhas envolvidos?? incrivel o poder de estar em todo lugarque tenha corrupção

  3. Ivan disse:

    Os petistas participam de quase todos os crimes de colarinho branco no país…Por essas e outras apóiam tant a impunidade…Bandidos!!!!

Bandidos fazem arrastão em casa na Grande Natal

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Bandidos armados realizam um arrastão em uma casa no conjunto habitacional Bosque das Colinas, em São José de Mipibu, na Grande Natal. De acordo com reportagem do G1-RN,  os marginais aproveitaram a ausência dos moradores, entraram no local por uma janela e levaram televisão, microondas, perfumes, violão, tênis e outros objetos.

A reportagem ainda detalha que um morador do imóvel disse que quando chegou em casa encontrou vários objetos revirados pelo chão. A suspeita é que pelo menos quatro homens teria participado da ação criminosa e empreendido fuga em um carro branco.

Operação da PM prende advogada que cultivava maconha em casa em Mossoró

Foto: Reprodução

A advogada Maitê Ferreira Nobre, 24 anos, que ganhou notoriedade no início do mês por ser a primeira advogada transexual do RN, foi alvo de operação da Polícia Militar nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 28, que encontrou maconha sendo cultivada em sua residência.

A polícia chegou até a advogada após abordar um adolescente portando drogas nas imediações. Ao chegar na casa encontrou maconha em dois jarros. Veja detalhes aqui no Justiça Potiguar.

Operação das Polícias Civil e Militar derruba casa em Mossoró usada para tráfico de drogas há 20 anos

Foto: Isaiana Santos/Inter TV Costa Branca

Uma ação conjunta de policiais civis da 2ª Delegacia Regional de Mossoró, com apoio de policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) de Mossoró e de policiais militares dos 2º e 12º Batalhões, resultou na demolição de um muro pertencente a uma residência localizada no bairro Paredões, que servia de local para esconderijo de armas e drogas, na manhã desta segunda-feira (25).

As equipes foram até o local para cumprir um mandado de busca e apreensão, pois investigações revelaram que a residência desabitada vinha sendo usada para o tráfico de drogas há mais de 20 anos na cidade. “Ao chegarmos ao local, verificamos que a casa tinha reforço de segurança em sua estrutura, que impedia a entrada das equipes para o cumprimento do mandado judicial. As portas eram reforçadas com chapas e tubulação de ferro”, detalhou o delegado da 2ª Regional que comandou a operação, Luiz Fernando.

Diante da situação encontrada, a Polícia Civil conseguiu uma máquina retroescavadeira para conseguir acesso aos cômodos da casa. Com a demolição do muro e de uma porta de aço, as forças de segurança conseguiram cumprir o mandado de busca e apreensão. No local foram aprendidas uma porção de crack, balança de precisão e sacos plásticos para acondicionar drogas. O material apreendido foi encaminhado para a Denarc de Mossoró.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Polícia aborta arrastão em casa em Parnamirim, troca tiros com bandidos, prende dois e apreende menor

Foto: Ilustrativa

A Polícia Militar prendeu dois homens e apreendeu um menor na noite desse domingo (17), após um tentativa de arrastão no bairro Santos Reis, em Parnamirim, na Grande Natal. De acordo com informações preliminares, os bandidos invadiram uma casa na rua Lindalva Santiago, renderam os moradores e pegaram o carro das vítimas para fugir. Na ocasião, vizinhos desconfiaram da movimentação e acionaram a Polícia.

Não bastasse o arrastão, na saída do imóvel, ao perceber a chegada da polícia, os criminosos atiraram contra os policiais. Na troca de tiros, dois dos quatro criminosos foram baleados. Um deles foi levado para o Hospital, enquanto o outro conseguiu fugir.

Na ocorrência, os detidos foram levados para a Central de Flagrantes da Zona Sul.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Parabéns aos guerreiros da gloriosa PMRN.
    Bandido bom é bandido morto, quem tem pena leve pra casa e cuide pra não sair pra roubar.

PF pediu busca na casa de Dilma em operação que mirou ex-presidente do STJ

Foto: Presidência da República

Além de ter a prisão solicitada pela PF na investigação sobre propina da JBS para o MDB, Dilma Rousseff teve um pedido de busca e apreensão contra ela na Operação Appius, informa Fabio Leite na Crusoé.

A operação apura se Cesar Asfor Rocha, o presidente do STJ, recebeu propina para paralisar a Operação Castelo de Areia, em 2010.

O MPF, porém, se manifestou contra o pedido da PF por achar ainda frágeis os indícios contra a petista, e a 6ª Vara Criminal de São Paulo negou o pleito.

O Antagonista, com Crusoé

Nos Estados Unidos, uma casa pode ser legalmente assombrada

(Witthaya/Getty Images)

Existem dois tipos de pessoas: aquela que escuta um barulho estranho na cozinha e vai conferir o que é, e a que fica quietinha no seu canto e planeja um jeito de fugir. Essa pode ser a diferença entre sobreviver ou não em um filme de terror — mas também pode definir se você compraria ou não uma casa.

Muita gente é fascinada por eventos macabros e considerados “sobrenaturais”. Tanto é que existem até mesmo agentes imobiliários especializados em vender casas mal-assombradas. Mas o que define se uma casa é ou não assombrada? Nos Estados Unidos, isso pode estar até na escritura.

Dependendo dos eventos passados ocorridos na casa, ela pode ser considerada “estigmatizada”. Ou seja, mesmo que não tenha nada de errado fisicamente com a casa, os vendedores ou agentes imobiliários devem avisar que algumas coisas estranhas já aconteceram por ali, o que pode afastar os compradores — ou atraí-los.

Uma mansão famosa do estado de Nova York está a venda por 1,9 milhões de dólares (aproximadamente R$7,6 milhões). Ela é conhecida como a “Casa Fantasma”. Nos anos 1960, uma moradora alegou que a casa era habitada por espíritos que lutaram na Guerra de Independência dos Estados Unidos. Ela afirmava que os espíritos inclusive interagiam com sua família.

A história viralizou nos jornais e revistas. A fama foi tanta que a Suprema Corte de Nova York declarou, em 1991, que a casa era considerada assombrada devido ao estigma criado pelos moradores anteriores. A partir de então, os vendedores são obrigados a avisar sobre a má fama da mansão.

Mas a questão está longe de ser um consenso. Por lá, os estados são mais autônomos para decidir as próprias leis. Na Califórnia, por exemplo, o vendedor é obrigado a informar de quaisquer mortes que tenham se passado na casa nos últimos três anos. Já em Massachusetts, quem vende só é obrigado a falar sobre o passado da casa se os compradores perguntarem.

O fato de a casa ser estigmatizada influencia a decisão do consumidor e até o preço. Segundo uma enquete feita nos Estados Unidos, metade dos moradores não compraria uma casa se ela fosse conhecida por ser assombrada. Por lá, a preocupação é tanta que existe até um site que mostra se alguém já morreu no terreno que você está querendo comprar – se estiver disposto a pagar 11 dólares pelo serviço, claro.

No Brasil, não existe uma regra clara quando se trata de “casas assombradas”. O código civil obriga que os vendedores e compradores ajam de “boa fé”. Se a casa tiver má fama na região, talvez isso possa prejudicar o uso do espaço pelos compradores. Então, esse detalhe deveria ser informado.

“Não existe determinação no código civil sobre quais informações devem ser prestadas ao comprador. Se eu vendesse a minha casa e omitisse que ela é ‘mal assombrada’, pode ser que o comprador tivesse alguns prejuízos com a vizinhança”, disse Uinie Caminha, professora da UFC (Universidade Federal do Ceará) e doutora em direito comercial, em entrevista à SUPER. “Os amigos do filho não vão querer ir brincar na casa ou os entregadores de comida não vão até lá. Nesse caso, eu não deveria ter omitido essa informação porque ela é relevante ao comprador”.

Super Interessante

 

Caso Marielle: chefe do MP revela que porteiro mentiu sobre ida de suspeito a casa de Bolsonaro

Nome do presidente Jair Bolsonaro foi envolvido no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco (Isac Nóbrega/ PR/ Divulgação / Mídia Ninja/Reprodução)

A procuradora do Ministério Público Simone Sibilio, chefe do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO), confirmou que o porteiro que envolveu o nome do presidente Jair Bolsonaro na morte da vereadora Marielle Franco mentiu em depoimento à Polícia Civil. De acordo com Simone, quem autorizou a entrada de Élcio de Queiroz no condomínio do presidente é Ronnie Lessa, suspeito de ter feito os disparos.

Mais cedo, um investigador relatou a suspeita da mentira à VEJA. Foram prestados dois depoimentos. No primeiro, relatou que ligou para casa de Bolsonaro. No segundo, confrontado com o áudio de sua conversa, manteve a versão, mas deixou dúvidas nos investigações em relação a veracidade das informações prestadas.

Veja

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    Existe o áudio gravado do dia da ação dos milicianos, no sistema do condomínio onde, por mera coincidência, mora o presidente e, se aqui fosse um lugar sério, essa gravação chegaria ao MP, mas vai desaparecer, assim, igual ao Queiroz.

  2. Rafael disse:

    Essa novela está apenas no começo. no final termina tudo bem, para todos os envolvidos.

  3. Amadeu disse:

    Será que botaram o porteiro numa panela de pressão? Quem será que pressionou o pobre?

  4. Ivan disse:

    Logo irá ser elucidada uma ligação desse caso com o Adélio…Merda grande vem por aí…Já q não conseguem matar o presidente, querem incrimina-lo a todo custo…A bandidagem q comandava esse pais não descança…Imprensa envolvida tb, quer derruba-lo em troca de promessa de verbas…

  5. Paulo disse:

    BG
    Personalidade e caráter não é para qualquer um, essa rede boba tem que ser fechada. CNN Brasil já.

  6. Rodrigo Maker disse:

    Agora, cabe saber quem induziu o porteiro a mentir. Talvez, assim, cheguem ao mandante de Adélio Bispo, também.😉

  7. joão disse:

    Agora não diga que mentiu pra ver o que ia acontecer…ele não é doido não…ainda assim deve levar um corretivo dos irmãos metralhas!

  8. Tarcísio Eimar disse:

    Esse se Fu. perdeu o emprego e ganhou um processo

Casais brigam, em média, 72 vezes ao decorar a casa

Casais permanecem unidos até que a morte os separe – ou até a hora de escolher o piso da cozinha. Decorar a casa recém-comprada ou alugada pode render mais discussões do que parece.

É o que indica uma pesquisa feita pela loja de móveis online Article, que realizou, em parceria com a empresa de pesquisas de marketing One Poll, uma enquete com 2 mil adultos americanos para entender os hábitos de consumo – e a frequência das brigas. Veja os resultados no vídeo desta semana.

Super Interessante

Pensou em reformar a casa para o fim de ano? O momento para gastar menos é agora!

Período é propício para promoções que podem fazer a diferença no orçamento da obra

Fotos: Ambientes reformados/Divulgação

Faltam quatro meses para as festas de fim de ano e muita gente já começou a pensar na reforma da casa e do apartamento. Mas para que as mudanças no ambiente residencial saiam das ideias e se concretizem, é necessário planejar o orçamento. E esse é o melhor momento para aproveitar as promoções que podem deixar o preço dos materiais bem mais em conta.

A pesquisa de preço é um elemento muito importante para que a reforma saia do papel e não se transforme em uma dor de cabeça. “Nesse período são comuns promoções e condições especiais, facilitando o orçamento e possibilitando, muitas vezes, até a ampliação da reforma. Fica mais fácil também para seguir um cronograma, escolher os revestimentos certos, sempre aproveitando as oportunidades. Uma loja especializada, como O Borrachão, oferece essa assistência diferenciada ao cliente, além de permitir que ele economize mais na hora das compras”, destacou a diretora de relacionamento do O Borrachão, Renalle Diniz Costa Gurgel.

Escolher bons fornecedores também é um ponto primordial para a execução de um bom serviço. “O cliente deve avaliar bem a empresa que está ofertando os produtos, se ela tem bons parceiros e fornecedores, como nós temos aqui no O Borrachão. Isso significa que ele vai fazer um investimento seguro, sem se arrepender depois”, aconselhou a diretora.

LAVA JATO: Eike Batista volta a ser preso em casa no Rio por manipular ações

Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados

A Polícia Federal prendeu novamente, na manhã desta quinta-feira (8), o empresário Eike Batista. É a segunda vez que o dono da EBX vai para a cadeia.

Eike estava em casa, no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro, onde há cerca de dois anos e meio cumpria prisão domiciliar.

Batizada de Segredo de Midas, a operação, um desdobramento da Lava Jato, busca provas de manipulação do mercado de ações e de lavagem de dinheiro. É baseada em uma delação recém-homologada do banqueiro Eduardo Plass.

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do RJ, expediu para esta fase da Lava Jato dois mandados de prisão:

Eike Furkhen Batista, já cumprido;
Luiz Arthur Andrade Correia, o Zartha, contador de Eike. Ele está no exterior.

Há ainda mais quatro mandados de busca e apreensão.

Equipe da PF cumpre mandado na casa de Eike, no Horto, Zona Sul do Rio — Foto: Reprodução/TV Globo

Depoimento em CPI

Eike foi nesta terça-feira (6) prestar depoimento na comissão parlamentar de inquérito da Câmara (CPI) que investiga denúncias contra o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Na ocasião, ele negou irregularidades em empréstimos contraídos com o banco.

Ainda no depoimento à CPI, Eike Batista foi questionado se fez doações com o objetivo de ter acesso a integrantes do governo. O empresário, então, respondeu que “acredita na democracia” e fez doações para todos os partidos.

“Eu estou no Brasil inteiro, em vários partidos. Eu fazia doações para partidos de oposição também. Existia uma filosofia, eu acredito na democracia, havia doações para todos e volta e meia eu doava mais para alguém que eu gostava mais”, disse.

Condenado a 30 anos

Eike Batista já chegou a ser o homem mais rico do Brasil. Entre 2010 e 2012, período em que chegou a ser listado como o 8º mais rico do mundo, Eike acumulou fortuna que variou entre US$ 27 bilhões e US$ 34,5 bilhões.

O empresário foi preso pela primeira vez no final de janeiro de 2017 logo após desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, vindo do exterior.

Cerca de três meses depois, no final de abril de 2017, após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, ele deixou o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, para cumprir prisão domiciliar.

A primeira condenação saiu em julho do ano passado. O juiz Marcelo Bretas sentenciou Eike a 30 anos de prisão por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

O empresário foi réu no mesmo processo em que o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral foi condenado a 22 anos e 8 meses de prisão.

Dois doleiros haviam afirmado que o empresário pagou US$ 16,5 milhões (ou cerca de R$ 65,74 milhões, na conversão atualizada) a Cabral em propina. O pagamento teria sido feito em troca de contratos com o governo estadual.

Condenação na CVM

Em maio deste ano, o empresário foi condenado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por usar informações privilegiadas para lucrar no mercado de ações e por manipular preços quando era acionista controlador e presidente do conselho de administração da OGX Petróleo e Gás Participações S.A.

Vinculada ao Ministério da Economia, a CVM é responsável por fiscalizar e regular o mercado de ações no país. A comissão estabeleceu uma multa de R$ 440,8 milhões e outra de R$ 95,7 milhões, e inabilitou Eike, pelo prazo de sete anos, de ser administrador ou conselheiro de companhia com capital aberto.

Quem é Eduardo Plass

O banqueiro Eduardo Plass foi preso há um ano pela força-tarefa da Lava Jato, suspeito de lavar dinheiro para o ex-governador Sérgio Cabral.

O banqueiro teria lavado mais de US$ 22 milhões, o equivalente a R$ 90 milhões, da joalheria H. Stern, dinheiro de clientes que compravam sem nota fiscal. Cabral gastava parte do que recebia em propina em anéis e brincos.

O Ministério Público Federal explica que Eduardo Plass transferia o dinheiro recebido pela H. Stern para empresas de fachada no exterior. Depois, o banqueiro repassava os valores para contas da própria joalheria também fora do Brasil.

Os investigadores dizem que Eduardo Plass assinava contratos falsos de empréstimos com a joalheria para a movimentação financeira parecer legal. O esquema foi revelado por diretores da H. Stern que fizeram delação premiada.

“A joalheria precisava que esse dinheiro fosse mandado para fora e fosse lavado para se distanciar da sua origem ilícita. Então Eduardo Plass, usando-se dos mecanismos aos quais ele tinha acesso justamente por ser uma pessoa do mercado financeiro e dono de banco no exterior, acabava ajudando e promovendo essa lavagem de dinheiro e evasão de divisas”, explicou o procurador da República Almir Teubl Sanches.

Plass não ficou nem uma semana preso. Ele pagou fiança de R$ 90 milhões e deixou a prisão.

Eduardo Plass é ainda sócio majoritário do TAG Bank, no Panamá, e da gestora de recursos Opus, no Brasil.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. nasto disse:

    Concordo plenamente com Lourdes, e tem mais coisas por aí.

  2. Lourdes Siqueira disse:

    Gilmar Mendes já deve estar em cólicas para soltar, antes que ele conte os segredos que se escondem nas togas…

FOTO: Polícia Civil localiza casa que armazenava motores de carros roubados em Natal

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma investigação realizada pelos policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) resultou na localização de 12 motores de veículos, que estavam escondidos dentro de uma casa no bairro Igapó, Zona Norte de Natal, na tarde desta terça-feira (06). Dos 12 motores que foram apreendidos, quatro deles estavam com registro de roubo. Os outros oito motores já estavam com numeração raspada.

No momento em que os policiais civis localizaram a casa, presenciaram a chegada de quatro homens ao local. “Durante a ação, três suspeitos foram conduzidos para a Deprov. Dois deles prestaram depoimentos nos quais afirmaram à Polícia Civil que foram até o local buscar um motor a pedido de um terceiro, que prestará esclarecimentos na delegacia”, detalhou o delegado titular da Deprov, Normando Feitosa.

O delegado Normando Feitosa destacou que as investigações prosseguirão com o intuito de identificar todas as pessoas envolvidas com o crime.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTO: Casa de suspeito de matar mulher grávida e filha dela de 4 anos é incendiada na Grande Natal

 Foto: PM/Divulgação

O portal G1-RN destaca nesta segunda-feira(03). A casa de um homem suspeito de ter participado do assassinato de uma mulher grávida de quatro meses e da filha dela, uma criança de 4 anos, foi queimada na noite desse domingo (2), no momento em que os corpos de Mayara Maria da Silva, de 20 anos, e da filha dela, a pequena Lara Emmilly, estavam sendo sepultados. A mãe e a filha – além do bebê que estava na barriga – foram vítimas de disparos de arma de fogo na madrugada, em uma estrada na zona rural de Nísia Floresta, quando voltavam para casa depois de participarem de uma festa.

Para a polícia, o marido de Mayara seria o verdadeiro alvo dos assassinos. Baleado, ele acabou socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal. Após ser atendido, recebeu voz de prisão. É que havia um mandado de prisão em aberto contra ele. Já a mãe e a filha, teriam sido executadas como queima de arquivo. A mulher levou quatro tiros. A menina, dois, no tórax.

No momento do incêndio, não havia ninguém na residência.

Veja mais em reportagem completa aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Rodrigues disse:

    Queimar as possíveis evidẽncias, o suspeito agradece,

FOTOS: Casal sob risco de pena de morte por construir uma casa no mar

O casal questiona o argumento das autoridades tailandesas de que a estrutura foi construída em águas do país — Foto: BBC/Marinha da Tailândia

Um americano e sua namorada tailandesa podem terminar seus dias na prisão ou até serem condenados à morte.

As autoridades da Tailândia acusam o casal de ter construído uma casa em águas do país asiático – a ação, segundo a Marinha tailandesa, ameaça a segurança nacional.

Chad Elwartowski e a namorada Supranee Thepdet passaram a se esconder, após a estrutura de metal que fizeram no meio do mar ter sido descoberta.

A plataforma, em que ambos viveram, ocupa cerca de 20 metros quadrados e foi erguida a cerca de 19 quilômetros da costa de Phuket, uma ilha tailandesa a oeste do território nacional.

Elwartowski insiste que, por se localizar a essa distância da costa, a casa está fora da jurisdição da Tailândia.

Mas a Marinha tailandesa discorda e argumenta que o imóvel foi construído sem a devida permissão.

O coronel da polícia Nikorn Somsuk disse à agência AFP que a Marinha vai se reunir com autoridades locais “para analisar que medidas vai tomar”.

Se o casal for considerado culpado, poderá enfrentar desde prisão perpétua até pena de morte.

Sujeitos a lei nenhuma

O homem e a mulher pertencem ao movimento chamado “seasteading”, que promove a construção de habitações permanentes no mar, em águas internacionais, para que não estejam sujeitas às leis de nenhum país.

Eles também fazem parte do grupo Ocean Builders, uma comunidade de empresários que trabalham para financiar esse tipo de moradia.

Foto: BBC/Marinha da Tailândia

Em um vídeo publicado em fevereiro, Elwartowski disse que essa comunidade era um lugar onde “as pessoas que amam a liberdade podem se unir e ser livres”.

A estrutura alvo do conflito foi construída no mesmo mês, mas só recentemente foi encontrada pelas autoridades. Quando a descoberta foi feita, nem o americano nem a namorada dele estavam no local.

Um comunicado publicado no site da Ocean Builders diz que o casal não foi responsável pela construção da casa, mas que eles eram apenas inquilinos.

“Eles passaram algumas semanas na casa flutuante e documentaram sua aventura”, diz o site. “Eles não estiveram envolvidos no projeto, de maneira nenhuma.”

De acordo com declarações de Elwartowski à AFP, ele e a namorada estão escondidos “em um lugar bastante seguro” enquanto esclarecem sua situação atual.

Micronações

Embora não existam dados específicos sobre o número de casas construídas em águas internacionais, outras estruturas como esta (denominadas “micronações”) foram construídas por razões semelhantes.

As micronações são estados autodeclarados que não possuem o reconhecimento de nenhum governo.

Uma das mais conhecidas é Sealand, uma plataforma marítima localizada a menos de 10 quilômetros da costa de Suffolk, um condado no leste da Inglaterra.

Esta famosa e controversa estrutura tem a própria bandeira, uma moeda e até um time de futebol.

Em países como a Austrália, por exemplo, várias micronações também foram erguidas.

Entre elas está a província de Hutt River, uma propriedade privada a 500 quilômetros ao norte da cidade australiana de Perth – que anunciou sua separação em 1970, após desentendimentos com o governo por causa dos impostos sobre o trigo.

Nessa área, eles também têm sua própria bandeira e moeda: o dólar do Rio Hutt.

Outro exemplo é a micronação de Akhzivland, no norte de Israel, que contou com uma população de apenas duas pessoas durante quase meio século.

Assim foi até seu fundador e presidente, Eli Avivi, morrer no ano passado aos 88 anos.

G1, com BBC

 

PF na casa do general Paulo Chagas: “mandado de busca e apreensão expedido por ninguém menos do que ministro do STF Alexandre de Moraes”

As dez operações da PF ordenadas por Alexandre de Moraes e vazadas à Folha de S. Paulo já estão em curso.

O general Paulo Chagas foi alvo de mandado de busca e apreensão:

“Caros amigos, acabo de ser honrado com a visita da Polícia Federal em minha residência, com mandato de busca e apreensão expedido por ninguém menos do que ministro Alexandre de Moraes. Quanta honra! Lamentei estar fora de Brasília e não poder recebe-los pessoalmente.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jd disse:

    O q não pode é o MP selecionar quem deseja investigar, assassina reputacoes sem provas e depois joga na lama o nome de pessoas inocentes. No RN vários casos de desmandos !

    • Roberto disse:

      Vc tá delirando, mostre um caso. Mais fácil ter um erro processual, inocência jamais.

  2. Maria do Disterro palitot villar disse:

    Absurdo

  3. Ceará-Mundão disse:

    O Poder Judiciário não pode tomar a iniciativa numa ação judicial. O ministro Toffoli tomou. O relator não pode ser escolhido diretamente, tem de haver a chamada "distribuição". O ministro Toffoli escolheu o ministro Alexandre de Moraes de forma direta. Órgão de imprensa não pode ter sua liberdade tolhida, mesmo que não gostemos ou concordemos com o que é divulgado. O ministro Alexandre de Moraes, atendendo ao ministro Toffoli, censurou dois órgãos de imprensa e ainda determinou o pagamento de multa, mesmo esses órgãos tendo atendido à ordem flagrantemente inconstitucional. Ou seja, estamos vivendo a ditadura do STF. Não custa lembrar que a esmagadora maioria desse STF foi nomeada pelos governos petistas. Esse ministro Alexandre de Moraes foi nomeado pelo Temer, que foi aliado do PT e por ele levado ao poder (foi seu vice por duas vezes), e assumidamente ligado ao PSDB, também de esquerda (uma espécie de PT de paletó e gravata, que estudou mais).

  4. Yago disse:

    Vai dar merda, podem esperar.