Polícia

Milionária presa por morte de namorado deu festa após o crime; Porsche de R$ 2 milhões foi um dos presentes de Anne

Porsche de R$ 2 milhões foi um dos presentes de Anne. FOTO: REPRODUÇÃO/RECORD TV

A empresária Anne Cipriano Frigo, de 46 anos, presa por suspeita de participação na morte de seu namorado, Vitor Lúcio Jacinto, deu uma festa dois dias depois do assassinato do homem. Carlos Lex Ribeiro de Souza, corretor de imóveis e ‘faz-tudo’ da família da milionária, que confessou a execução a mando da mulher.

De acordo com informações são da Record TV, além da festa, Anne tinha a intenção de manter a família de Vitor acreditando que ele estivesse vivo.

A empresária chegou, inclusive, a utilizar o celular de Vitor para tranquilizar os familiares e amigos da vítima depois da execução, como revelaram as investigações da Polícia Civil, que descobriu a farsa ao encontrar o corpo do homem na represa do Guarapiranga, na zona sul paulistana.

Vitor recebia presentes de luxo

Herdeira de uma família de industriais e de empresas do setor de papelão, Anne presenteou o namorado, que trabalhava como segurança, com relógios caros, uma bicicleta de R$ 120 mil, um Porsche avaliado em R$ 2 milhões e até pagava a moradia de Vitor, em um imóvel cujo aluguel era de R$ 32 mil, em Alphaville, bairro nobre localizado em Barueri, na Grande São Paulo.

Segundo os investigadores, o casal vivia uma vida de luxo e se dividia entre duas residências: ela vivia com os filhos na Vila Nova Conceição, em São Paulo, e ele no imóvel de luxo pago pela companheira.

O caso

Após a morte de Vitor Lúcio Jacinto, no último dia 17, a empresária milionária Anne Cripirano Frigo foi presa nesta terça-feira (29) como suspeita de ser a mandante da execução. Ela deverá prestar depoimento na sede da Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (30). Carlos Lex Ribeiro de Souza, funcionário da família, também foi detido e confessou ter executado o homem.

Segundo as investigações, o casal havia se separado e tentava retomar o relacionamento. Porém, Anne descobriu várias traições de Vitor, o que a polícia considera como uma possível motivação para o crime.

Ela deverá prestar depoimento na sede da Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (30).

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Empresária é presa em bairro nobre de São Paulo suspeita de mandar matar o namorado por R$ 200 mil; polícia diz que mulher teria descoberto uma traição

Anne Frigo e Vitor Lúcio Jacinto Foto: Reprodução

Uma empresária foi presa, nesta terça-feira, em um prédio em Vila Nova Conceição, bairro nobre de São Paulo, por policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Anne Cipriano Frigo é suspeita de ter mandado matar o namorado, Vitor Lúcio Jacinto, de 42. De acordo com o depoimento do corretor de imóveis Carlos Lex Ribeiro de Souza, que está preso acusado de ser o executor do crime, ela lhe pagaria R$ 200 mil.

O crime aconteceu no último dia 17. De acordo com as investigações, Carlos — que já havia prestado serviços para o casal — foi à casa de Vitor e o convenceu a ver um terreno. No trajeto, porém, ele atirou na vítima. O disparo, feito pelas costas, acertou o coração.

O corpo de Vitor foi localizado no dia seguinte, numa região de mata fechada perto da Represa Guarapiranga, Zona Sul de São Paulo. Ele tinha marcas de queimaduras na cabeça e na canela direita, o que indica que o suspeito tenha tentado dificultar a identificação da vítima.

O depoimento de Anne, que teve a prisão temporária por 30 dias decretada pela Justiça e passou a noite no 89º DP (Portal do Morumbi), será nesta quarta-feira. O GLOBO não conseguiu contato com as defesas dela e de Carlos.

Motivação passional

De acordo com a investigação da DHPP, a motivação do crime seria passional. Anne, que os agentes descobriram ser muito ciumenta, teria descoberto uma traição de Vitor. Os dois teriam se conhecido há quatro anos, por meio de um aplicativo.

Após a morte de Vitor, ainda segundo a polícia, Anne teria ficado com o celular dele e passava mensagens para parentes e amigos. Ela teria, inclusive, mandado parabéns para si mesma, no dia de seu aniversário.

Extra – O Globo

Opinião dos leitores

  1. O cara deve ser de direita, pra ter uma pi$@ gostosa igual a minha, pra ela querer exclusividade kkk. Chega de violência contra os homens.
    Cadê a lei do João da Penha.

    1. Todo mundo sabe que tu é um canequeiro frustrado que não tem outra ocupação.

  2. Com esses 200 mil poderia ter feito tanta coisa… Agora vai gastar bem mais para contratar um advogado e defender no júri…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

FOTO: Mulher descobre traição de namorado pelo reflexo dos óculos dele em selfie

Foto: : Reprodução/TikTok

Uma mulher resolveu expor publicamente a traição do namorado após descobri-la de uma forma inusitada: ela enxergou as pernas de uma outra mulher refletidas nos óculos usados pelo homem, em uma selfie que ele mesmo enviou para ela.

Sydney Kinsch compartilhou a foto em um vídeo do TikTok, explicando que foi por meio dela que ela descobriu a traição do homem com quem mantinha um relacionamento havia quatro anos.

O vídeo, que foi assistido mais de 1.5 milhão de vezes, mostra Sydney, com a foto do parceiro ao fundo. Em uma legenda, ela escreve: “Aquela vez em que meu namorado há quatro anos me mandou uma foto no Snapchat me traindo”. (ASSISTA AQUI em matéria na íntegra).

A imagem mostra o homem dentro de um carro, usando óculos de sol. Enquanto uma das lentes reflete o volante, com um das mãos do rapaz quando o veículo, a outra reflete pernas de uma mulher sentada no banco do passageiro.

“Verifique os reflexos nos óculos dos seus namorados, moças”, adverte Sydney. Nos comentários, várias pessoas questionaram a mulher sobre a certeza da traição partir do que era apenas uma foto, mas ela explicou.

“Eu liguei para ele e perguntei se ele percebeu que me mandou a foto de uma vadia no Snapchat, mas ele não tinha ideia, então me chamou de louca e tal”, ela disse. “Ele disse que era a namorada de um amigo e que ele estava em um grupo, mas eu descobri uma semana depois que ele vinha me traindo havia um mês”.

Já outros espectadores do vídeo preferiram só elogiar as habilidades investigativas de Sydney, com um deles afirmando que “homem sempre pensam que podem se safar” e outro, ironizando: “Não sei para que usar os óculos, ele não é muito brilhante”.

UOL

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

Mulher gasta R$ 48 mil em ‘vingança’ após descobrir que namorado tinha noiva

Jo Ann antes e depois da transformação por amor próprio Foto: Reprodução/Instagram(@real_estate_barbi)

Após 1 ano e meio de namoro, Jo Ann Munz descobriu que o namorado tinha outra. Mais: ele estava noivo! Foi um choque, já que a moradora de Las Vegas (Nevada, EUA) dizia não ter qualquer motivo para desconfiar. Jo Ann decidiu se vingar. Mas uma vingança diferente, de paz e amor. Próprio.

A americana, de 54 anos, abriu o cofre e gastou R$ 48 mil em procedimentos estéticos para mostrar o que o ex nem desconfiava que perderia. Jo Ann disse que até a depressão sofrida após o término ajudou: ela perdeu 14 quilos.

Desde o fim do relacionamento, Jo Ann já estrelou um ensaio picante no deserto e passou a ser mais conhecida como mais uma Barbie humana, apelido que ela diz curtir bastante.

Jo Ann em ensaio no deserto Foto: Reprodução/Instagram(@real_estate_barbi)

Jo Ann, que trabalha no mercado imobiliário, lançou uma carreira de modelo amadora no Instagram.

Jo Ann estrelou ensaio picante Foto: Reprodução/Instagram(@real_estate_barbi)

“A vingança foi o ímpeto originalmente para minha primeira sessão de fotos, mas, depois que comecei a receber respostas positivas das mulheres, percebi que estava inspirando algumas delas a sair de suas zonas de conforto”, disse Jo Ann, em reportagem no “Mirror”.

Extra – O Globo

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Mulher beija namorado que tentou matá-la com 5 tiros durante julgamento no RS

Foto: Divulgação

Um homem acusado de tentar matar a namorada a tiros em agosto de 2019 foi condenado a sete anos de prisão em Venâncio Aires, interior do Rio Grande do Sul, nesta terça-feira (28). Lisandro Rafael Posselt, de 28 anos, estava preso desde o ataque a mulher, mas agora ficará em liberdade pois não possui antecedentes e a pena foi menor do que oito anos. As informações são do Zero Hora.

O julgamento teve um momento completamente fora do protocolo. Micheli Schlosser, a sobrevivente dos disparados, pediu autorização aos jurados para beijar o agressor. Ela também garantiu que o perdoava logo após prestar seu depoimento.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Realmente este país é da impunidade, o sujeito tentar matar a noiva com 5 tiros, passa menos de 1 ano preso é julgado e posto em liberdade, pois pegou menos de oito anos de reclusão. Lamentável.

  2. Que dizer que o rapaz deu 5 tiros na namorada durante o julgamento e ainda recebeu beijo da vítima. Eu estou aqui igual ao gordinho risadinha " não entendi nada".

  3. Essa é mais uma que faz de tudo pra desestabilizar o sujeito, até o mesmo reagir com irracionalidade, tanto que o perdoou. Casos assim são mais comum do que imaginamos.

    1. A moça levou 5 tiros e vc tá dizendo q a culpa eh dela e quem atirou eh vítima?
      A sociedade tá doente.

  4. Deveria a Juíza ter aproveitado a reconciliação e disponibilizado uma salinha pra visitas íntimas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Mulher descobre traição do namorado graças a Fitbit, que detectou “pico” de atividade física na madrugada

Foto: Digital Trends

Jane Slater, repórter da NFL (Liga Nacional de Futebol Americano, nos EUA) contou no Twitter a história inusitada de como descobriu a traição de um ex-namorado graças a um FitBit.

Ela conta que o FitBit foi presente de natal do próprio namorado e a princípio ela adorou a ideia. O objetivo era que ambos pudessem acompanhar as metas de atividade física do outro, como forma de se motivar.

Para isso, as contas foram sincronizadas. Tudo ia bem até que um dia Jane notou que, em uma noite em que o namorado não estava com ela, o FitBit dele registrou um “pico” de atividade física às 4 da manhã. Some 2 + 2…

O nome do rapaz não foi divulgado, mas a repórter depois voltou ao Twitter para inocentar um outro ex-namorado, que estava sendo inundado por mensagens de amigos tentando descobrir quem era o culpado.

Olhar Digital, com On Air with Ryan Seacrest

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Mulher sofre reação alérgica e quase morre após fazer sexo oral no namorado

Foto: shutterstock

Uma mulher sofreu uma reação alérgica que colocou sua vida em risco depois de ter feito sexo oral em seu parceiro. De acordo com os médicos, o que teria provocado a situação seria uma substância presente no sêmen do rapaz – a qual ela teria alergia.

Sem saber do perigo que estava correndo, a mulher, que não teve o nome revelado, conta que praticou sexo oral em seu namorado, como já havia feito antes. No entanto, um detalhe foi crucial para que ela tivesse a alergia e quase morresse: engolir o sêmen.

O caso foi relatado na revista científica British Medical Journal Case Reports e é apontado como o primeiro deste tipo em todo o mundo. Segundo o artigo, logo após a relação sexual, ela começou a vomitar, ter dificuldade para respirar e apresentou urticária.

Natural de Alicante, na Espanha, a mulher foi ao hospital com suspeita de choque anafilático . No entanto, não há informações precisas sobre quanto tempo depois do encontro com o companheiro ela procurou ajuda médica.

Sem ter ideia de o que poderia ter provocado reação alérgica, ao ser questionada pelos médicos do Hospital General Universitari d’Alacant, ela revelou que tinha alergia à penicilina, um tipo de antibiótico utilizado no tratamento de infecções causadas por bactérias sensíveis, mas negou ter feito uso da droga, ou de qualquer alimento incomum, antes de ter a relação sexual.

Sexo oral com camisinha teria evitado alergia

Depois de mais algumas perguntas para tentar entender o caso, os médicos descobriram que quatro horas antes do ato, seu parceiro, um homem de 32 anos, teria tomado amoxicilina-ácido clavulânico, para tratar uma infecção no ouvido. Isso explica a alergia, já que o medicamento que é uma forma de penicilina.

Para tratar a reação grave, a mulher recebeu uma dose de adrenalina, esteróides e salbutamol para combater os sintomas e abrir as vias aéreas.

A autora do artigo científico que publicou o caso, Susana Almenara, ressalta que os médicos descartaram uma possível alergia a sêmen, já que a espanhola afirmou que nunca havia sofrido nenhum sintoma em suas práticas sexuais anteriores.

A história ganhou repercussão por conta do ineditismo de alguma reação passada pelo sêmen através do sexo oral . A autora do relatório aproveita para alertar que pessoas com alergias a medicamentos devem “estar cientes” dos riscos, e reforça o apelo sobre o uso de preservativos.

IG

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende suspeito de degolar ex-namorada em Ceará-Mirim

A Delegacia de Polícia Civil de Ceará – Mirim identificou que Welberton Pereira Maciel (23 anos) é o principal suspeito de ter matado a ex-namorada Kássia Fabíola Pereira de Oliveira (14 anos), no último sábado (07), na cidade de Ceará-Mirim.

O suspeito foi encontrado pela Polícia Civil enquanto estava em um telhado de uma casa abandonada, no bairro Novo Horizonte, em Ceará-Mirim. Durante o interrogatório Welberton disse que matou a adolescente no sábado em uma estrada carroçável do assentamento Espírito Santo. Logo após cometer o homicídio, o suspeito atendeu uma ligação da irmã da vítima e confessou que havia matado a jovem, além de indicar o local onde o corpo estava.

Wellberton afirmou que matou Kássia porque estava sendo traído por ela. Mas a delegada Jamille Alvarenga,titular da DP de Ceará-Mirim, disse que a família da adolescente contesta essa versão. Para os familiares o motivo da morte foi o rompimento do relacionamento do casal.

Welberton Pereira foi autuado por homicídio doloso qualificado por motivo fútil e já teve a prisão preventiva decretada pelo Juízo criminal da comarca de Ceará-Mirim.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Homem tatua o próprio nome no rosto de namorada russa

Conhecido por já ter tatuado 56 estrelas no rosto da belga Kimberley Vlaeminck, em 2009, sem o consentimento da cliente, o tatuador romeno Rouslan Toumaniantz mais uma vez gerou polêmica, após tatuar seu próprio nome no rosto de sua namorada russa.

O artista, que fala fluentemente a língua de sua companheira, a conheceu em um site de relacionamentos. Após se encontrarem e iniciarem o romance, Toumaniantz decidiu marcar seu nome no rosto da jovem Lesya.

As imagens rapidamente se espalharam pela internet, gerando polêmica e inúmeras críticas ao romeno. Os escritos em estilo gótico medem mais de 12 centímetros e ocupam praticamente toda a face da russa, nascida na cidade de Saranks.

“É um símbolo de nossa devoção eterna. Eu gostaria que ele tatuasse cada centímetro do meu corpo”, disse a jovem, em entrevista ao “The Sun”.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Pesquisa diz que 88% das pessoas usam o Facebook para espiar vida do ex

O amor pode ter até acabado, mas tem muita gente usando o Facebook para espionar a vida de ex-namorados. Uma pesquisa feita pela Universidade de Western Ontario, no Canadá, aponta que 88% das pessoas continuam de olho no que seus ex-parceiros andam fazendo, através da rede social. A pesquisa também mostra que 74% das pessoas usam o Facebook para pesquisar sobre os interesses do ex em um possível novo amor.

Para evitar a supervisão, a maioria das pessoas terminam a amizade no Facebook depois de terminar o namoro. Segundo o estudo, apenas 48% dos casais optam por continuar amigos no Facebook, com permisão para ver atualizações e fotos. Ainda assim, 70% das pessoas usam amigos em comum para matar a curiosidade sem que o ex saiba.

Fonte: O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Mulher mantém o namorado morto e sentado em casa por um ano e meio

A polícia de Jackson (Mississippi, EUA) ficou estarrecida com o comportamento de uma moradora da cidade. Ele manteve o namorado morto e sentado em um cadeira por um ano e meio dentro de casa.

Agentes encontraram em 6 de julho o corpo de Charles William Zigler na sala da residência (foto abaixo). Ele estava coberto por um pano e mumificado. Legistas disseram que Charles morrera de causa natural por volta do Natal de 2010, quando tinha 67 anos.

Alertada por familiares sobre o desaparecimento de Charles, a polícia resolveu ir à casa.

A namorada, de 71 anos, admitiu saber que Charles tinha morrido, mas não esclareceu o motivo de permanecer com o cadáver em casa. Ela não foi presa. Mas a mulher ainda pode ser processada por fraude, de acordo com o site “M Live”.

Fonte: Page Not Found

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Humor

Mulher leva chifre e espanca o namorado

Ninguém gosta de ser traído. Mas algumas pessoas ficam, digamos, incontroláveis diante da descoberta. Uma mulher foi flagrada espancando o namorado dentro de um trem em Nova Jersey, nos Estados Unidos, após descobrir que havia sido traída.

A mulher, identificada depois como Alyounes, chutou e socou a cabeça do namorado, que não fazia outra coisa, senão se defender. A briga foi gravada por dois passageiros e publicada no YouTube. “Dois anos comigo e você me trai!”, gritou ela.

A polícia foi chamada para conter Alyounes. Ela resistiu, mas acabou presa. O incidente acabou atrasando em 15 minutos o tráfego de trens.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=OBZwDjocX14

Fonte: Paraíba.com.br

 

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *