Geral

Raio mata 17 convidados e deixa outros 14 feridos em festa de casamento em Bangladesh

Foto: Md Jahangir Alom/AP

Pelo menos 17 convidados de uma festa de casamento morreram em Bangladesh após serem atingidos por um raio, disseram as autoridades.

Outras 14 pessoas, incluindo o noivo, ficaram feridas. A noiva não estava na festa de casamento.

O grupo estava desembarcando de um barco na cidade ribeirinha de Shibganj, rumo à casa da noiva, quando foram pegos por uma tempestade.

A população local disse que vários raios atingiram o grupo.

Todos os anos, centenas de pessoas em todo o sul da Ásia são mortas por raios.

Em 2016, Bangladesh declarou a queda de raios um desastre natural quando mais de 200 pessoas morreram no mês de maio, incluindo 82 pessoas em um único dia.

Especialistas argumentam que o desmatamento tem desempenhado um papel no número crescente de quedas de raios mortais devido ao desaparecimento de muitas árvores altas que antes funcionavam como para-raios.

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mulher é espancada pelo marido durante festa à beira-mar na praia de Jacumã, no litoral norte potiguar

Um homem espancou a esposa durante uma festa que acontecia em uma casa à beira-mar na praia de Jacumã, município de Ceará-Mirim, no litoral norte potiguar, na noite desse domingo (1). De acordo com noticiário do portal G1-RN, as agressões aconteceram na frente de todos os presentes na festa. A Polícia Militar foi acionada. Quando os policiais chegaram ao local o homem já havia fugido. Ninguém informou como a briga começou.

Segundo relato da PM, a mulher estava bastante machucada e foi levada por amigos para o Hospital de Ceará-Mirim. Ela não quis prestar queixa contra o marido.

A Polícia Militar ainda fez buscas na região para tentar encontrar o homem, mas o agressor não foi localizado.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Bandidos invadem casa e fazem arrastão durante festa de aniversário em Caicó

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN noticia nesta quarta-feira(14) que bandidos armados invadiram uma casa na noite dessa terça-feira(13), por volta de 19h30, e fizeram um arrastão durante uma festa de aniversário em Caicó, no Seridó potiguar. Na ocasião, três homens armados invadiram o imóvel de um empresário de um ramo de construção, localizada no bairro Samanaú, e renderam as pessoas que estavam na festa. Em seguida, tomaram celulares, joias e outros objetos pessoais das vítimas.

Segundo a PM, o caso parecido aconteceu no último domingo, na cidade. No mesmo bairro, três homens renderam pessoas que estavam na calçada, invadiram uma casa, roubaram vários objetos e fugiram a pé por uma área descampada que existe na região.

Na ocorrência da noite dessa terça-feira(13), ninguém ficou ferido. Logo após o arrastão, os criminosos fugiram a pé. A polícia fez buscas, mas nenhum suspeito foi preso.

Opinião dos leitores

  1. Depois da Eleição de Fátima Bezerra PT , o RN virou território fértil, para a bandidagem. Além desse assalto, teve um arrombamento numa loja da Tim no centro da cidade.
    Caicó pede socorro.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Televisão

Mônica Martelli pede desculpas após ir a festa de Marina Ruy Barbosa que rendeu avalanche de críticas em atrizes

Foto: Iwi Onodera/Brazil News

A atriz Mônica Martelli se desculpou após ter participado de uma festa de aniversário organizada por Marina Ruy Barbosa, que aconteceu no final de semana. Em nota enviada pela assessoria dela ao UOL, Mônica admite que errou por não ser o momento certo para reuniões durante um momento crítico da pandemia no Brasil.

Ela também apontou que está vacinada e que foi testada antes de entrar na propriedade, que tinha uma área aberta, mas que ainda assim foi um erro ter ido ao evento.

Procurada pela reportagem, Marina disse que não iria se manifestar sobre o caso. Fotos da comemoração começaram a surgir nas redes sociais entre ontem e hoje, e as atrizes foram criticadas.

“Errei. Fui parabenizar uma amiga, em uma reunião prevista para poucos convidados. Fui testada para entrar na propriedade e fiquei num campo aberto, na companhia do meu namorado. Estou vacinada. Fiz fotos com algumas pessoas que também estavam testadas. Não é uma justificativa. É de fato uma explicação do ocorrido e um pedido de desculpas”, disse a atriz, que depois postou a mesma mensagem no Instagram.

“Neste momento delicado, é necessário me desculpar, inclusive pelo que faço na minha vida pessoal, pois sei meu papel como artista e cidadã. Estamos na luta e no luto diários, então o que qualquer um de nós faz, impacta na vida de todos. Minha dor, revolta e dedicação por vacinas e saúde para todos segue inabalável. Não é o momento de reuniões e aceito todas as críticas direcionadas a mim”, acrescentou.

Martelli, amiga próxima do ator e humorista Paulo Gustavo – que morreu no começo de maio em decorrência da covid-19 -, acumula muitos desabafos sobre a conduta e sobre a maneira como a doença tem sido tratada no Brasil.

No mês passado, em uma declaração para o jornal O Globo, Martelli não se preocupou em esconder sua insatisfação e falou sobre a perda do amigo pessoal. “Paulo Gustavo morreu de uma doença para a qual existe vacina”, ela lamentou.

UOL

Opinião dos leitores

  1. Hipocrisia é saber que os líderes da esquerda fazem o tratamento precoce usando receita para comprar a medicação em nome de laranjas. Tem em todo canto, em todo estado. Eles, como sempre, falam uma coisa e praticam outra. Mas os zumbis vão morrendo seguindo o que eles determinam. O primeiro a fazer isso foi Dória, que demitiu seu secretário de saúde por ter a receita divulgada em rede social.

    1. Esse povo faz essas camadas depois de mandarem os outros ficarem em casa, depois, pedem desculpas e tudo fica bem. Hipocrisia total.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Milionária presa por morte de namorado deu festa após o crime; Porsche de R$ 2 milhões foi um dos presentes de Anne

Porsche de R$ 2 milhões foi um dos presentes de Anne. FOTO: REPRODUÇÃO/RECORD TV

A empresária Anne Cipriano Frigo, de 46 anos, presa por suspeita de participação na morte de seu namorado, Vitor Lúcio Jacinto, deu uma festa dois dias depois do assassinato do homem. Carlos Lex Ribeiro de Souza, corretor de imóveis e ‘faz-tudo’ da família da milionária, que confessou a execução a mando da mulher.

De acordo com informações são da Record TV, além da festa, Anne tinha a intenção de manter a família de Vitor acreditando que ele estivesse vivo.

A empresária chegou, inclusive, a utilizar o celular de Vitor para tranquilizar os familiares e amigos da vítima depois da execução, como revelaram as investigações da Polícia Civil, que descobriu a farsa ao encontrar o corpo do homem na represa do Guarapiranga, na zona sul paulistana.

Vitor recebia presentes de luxo

Herdeira de uma família de industriais e de empresas do setor de papelão, Anne presenteou o namorado, que trabalhava como segurança, com relógios caros, uma bicicleta de R$ 120 mil, um Porsche avaliado em R$ 2 milhões e até pagava a moradia de Vitor, em um imóvel cujo aluguel era de R$ 32 mil, em Alphaville, bairro nobre localizado em Barueri, na Grande São Paulo.

Segundo os investigadores, o casal vivia uma vida de luxo e se dividia entre duas residências: ela vivia com os filhos na Vila Nova Conceição, em São Paulo, e ele no imóvel de luxo pago pela companheira.

O caso

Após a morte de Vitor Lúcio Jacinto, no último dia 17, a empresária milionária Anne Cripirano Frigo foi presa nesta terça-feira (29) como suspeita de ser a mandante da execução. Ela deverá prestar depoimento na sede da Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (30). Carlos Lex Ribeiro de Souza, funcionário da família, também foi detido e confessou ter executado o homem.

Segundo as investigações, o casal havia se separado e tentava retomar o relacionamento. Porém, Anne descobriu várias traições de Vitor, o que a polícia considera como uma possível motivação para o crime.

Ela deverá prestar depoimento na sede da Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (30).

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEOS: Denúncia de festa clandestina em Santana do Matos no fim de semana

Blog confirmou com duas pessoas que moram em Santana do Matos(distante 191 km de Natal), confirmaram a realização de uma festa clandestina em uma área afastada no município. Imagens abaixo mostram trajeto empolgado de jovens rumo ao destino.

Há ainda circulando em redes sociais vídeos de muitos jovens, inclusive, menores, dançando no local. Nesse caso, as imagens foram preservadas.

Confira vídeos cedidos abaixo:

Opinião dos leitores

  1. Homi de Deus! Deixe o povo brincar! Dançar, tomar uma garapa ! Esse negócio de ficar enrredando é fiúra!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PT faria “festa” com lockdown, compras sem licitação e país estaria na miséria, diz Bolsonaro

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar nesta 4ª feira (10.mar.2021) as medidas de isolamento social adotadas por governadores para frear o alastramento da pandemia de covid-19 no Brasil.

A apoiadores, disse que, caso o candidato do PT à Presidência em 2018, Fernando Haddad, tivesse sido eleito, o “lockdown” teria sido decretado antes mesmo de haver solicitação dos governadores. A conversa foi publicada em um canal bolsonarista no YouTube.

“A maioria dos governadores querem lockdown nacional, imagina se fosse o Haddad presidente. Nem precisava os governadores terem pedido”, disse em frente ao Palácio da Alvorada.

“Sabemos das dificuldades, o povo está sofrendo, está havendo abuso no meu entender nessa política de fecha tudo, porque a economia não dá para ver depois não”, declarou.

Na conversa, Bolsonaro disse duas vezes que a gestão da pandemia por um eventual governo petista seria diferente da dele. “Imagina se o PT fosse governo com essa onda de comprar as coisas sem licitação como seria. Como estaria a festa no Brasil. Não quero citar países, mas a gente estaria numa miséria aqui”.

Bolsonaro afirmou que o governo federal tem investido na aquisição de vacinas contra a covid-19 desde 2020. “A 1ª vacina nossa quando foi comprada? 6 de agosto. E o pessoal fala que eu sou negacionista”, disse.

O chefe do Executivo também voltou a dizer que os governadores foram abastecidos de recursos federais para estruturar o sistema de saúde. Citou o Maranhão como exemplo de Estado que “investiu muito pouco ou quase nada” nos hospitais.

“Um dos Estados que receberam, o Maranhão, foram muitos bilhões também. Então o governador lá pagou folha de salário, fez muita coisa, mas não investiu na saúde”, disse.

A declaração de Bolsonaro foi feita horas antes de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conceder entrevista à imprensa para falar, dentre outros assuntos, da decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin que anulou as condenações do petista pela Justiça Federal do Paraná na operação Lava Jato. A decisão o tornou apto a disputar as eleições de 2022.

Poder 360

Opinião dos leitores

  1. Bolsonaro tá reeleito.
    É honesto.
    E os outros são corruptos.
    O Brasil não quer mais voltar a essas experiências desastrosas.

    1. Vamos comprar Leite Moça e fazer uma RACHADINHA na Mansão de 6 Milhões.

    1. O pior é que com Lula na disputa, ajuda ele a ganhar de novo.
      Esse país só pode ser amaldiçoado mesmo. Passar mais 4 anos com Bolsonaro é decretar o fim desse país. Vamos aumentar o abismo social da desigualdade. Rico cada vez mais rico, pobre cada vez mais pobre e alto escalão do serviço público cada vez mais privilegiado (políticos, juízes, ministros, desembargadores, auditores, defensores públicos, procuradores e procuradores). Se tá ruim hj, daqui a 10 anos vai tá 2 vezes pior. Muita gente vai sair em desespero pra outros países, hj ja estar bem comum isso.

    2. O que é que ele fala, que é mentira? Zégado, vc é petista doente. Essa questão de gado, não existe. Gado só se for vcs esquerdopatas

    3. Nenhum que vota em Bolsonaro usa argola, mas aqueles que tem seus bandidos de estimação, gostam de tornozeleira eletrônica como enfeite.
      Você está em festa por seu líder maior está solto e pode concorrer na eleição? Que bom, aproveite o momento e continue assistindo a mídia comprometida com o quanto pior para o país, melhor para nós.
      Ele não foi inocentado, afinal 90% dos volumes nos vários processos que ele responde por corrupção, são provas incontestáveis que revelam o quanto ele se apoderou e distribuiu recursos públicos a seus amigos.
      Além das deleções premiadas que aguardam validação como a de Palocci e Eduardo Cunha.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Empresário deixa casa de Elba e se desculpa após festa em Trancoso interrompida pela polícia

Foto: Instagram/reprodução

Elba Ramalho resolveu rescindir o contrato de aluguel de sua casa em Trancoso após ser ver “no olho do furacão” por causa de uma festa para 500 pessoas, que foi interrompida pela polícia. O empresário Guilherme Souza, que estava na residência da artista desde o dia 25 de dezembro e ficaria até o dia 4 de janeiro, acatou o pedido da cantora e deixará o local. Ele ainda pediu desculpas à Elba:

“Era um encontro apenas para os hóspedes da casa, mas infelizmente – com o boca a boca – tomou proporções inaceitáveis. Peço desculpas não só a Elba, mas a toda comunidade de Trancoso e não voltará a acontecer”, disse o empresário ao jornal “Correio”, em trecho publicado no Instagram da cantora: “Inclusive, diante do ocorrido, estou acatando o pedido da Elba para a rescisão do contrato de locação”.

Na manhã de quarta-feira, a cantora foi às redes sociais esclarecer que não tinha nada a ver com o evento. Ela afirmou que está hospedada no Club Med, a quilômetros do local, e sua residência estava alugada.

“É de praxe, todos os anos a gente aluga. Eu não sabia que na casa estava tendo uma festa nessa proporção como aconteceu. No momento, eu estava na missa, fazendo a minha leitura, rezando meu terço, depois fiquei com algumas amigas conversando. Fui comer um sanduíche vegano porque estava com fome e comecei a receber um montão de mensagens e ler as notícias e fui tentando digerir tudo isso”, desabafou a artista.

A paraibana, de 69 anos, disse que é a situação é muito chata, já que ela, como artista, tem que dar um bom exemplo aos fãs e é uma pessoa responsável. Elba afirmou que ainda não sabe quem vai responder pela festa.

“A polícia parou a festa que estava acontecendo na minha casa, mas não foi feita por mim, eu não estava presente e nem sabia”, declarou a cantora, que completou: “Eu estava até preocupada com o que pudesse acontecer na casa. Ontem, eu passei lá e as pessoas que alugaram não estavam. Falei com os meus funcionários, levei máscaras para eles. Perguntei se estava tudo calmo, tranquilo. Saí e nem conheço direito as pessoas. Sei quem são, mas foi um contrato feito através de uma empresa”.

Extra – O Globo

 

Opinião dos leitores

  1. É lamentável que pessoas ainda achem que esse vírus não é nada. Gente, se conscientizem. Vcs sabem o que é querer respirar e não ter ar nos pulmões? Tive Covid e não desejo para o meu pior inimigo. Falar bobagens aqui e achar que é esperto é, sem duvidas, a maior prova de burrice e ignorância humana.

  2. Só quem já perdeu um ente querido, que sofreu com um parente entubado numa UTI, quem tem alguém na família que trabalha na saúde, sabe o que é de fato, esse vírus maldito.
    Sou contra fechar comércio, restaurantes, empresas aéreas, mas tudo sendo feito com todos os cuidados.
    Já incentivar esse tipo aglomeração, é um verdadeiro absurdo.

  3. Esse pessoal pobre tem uma inveja de quem pode bancar uma mega festa, se cada um tomassem conta de suas vidas , seria melhor.
    Não basta ser pobre, tem que ser invejoso.

    1. Não tem nada haver com mega festa…Falta de consciência e respeito com aqueles que já perderam entes queridos, falta de respeito com aqueles que estão lutando pela vida nesse exato momento em uma UTI e pelos profissionais da saúde na linha de frente. Seus comentários demonstram o quão despreparado você é para conviver em sociedade. Os números beirando a 200 mil mortes não são suficientes para demonstrar a gravidade do momento? É um acéfalo mesmo!!! Cai em cada conversa fiada, outro dia "provou" que a "Terra é Plana" em um comentário! Alguns são hilários servem para distrair e para muitos cair na risada… já outros comentários são desprovidos de raciocínio do ensino fundamental. Se manca ridículo!

    2. Essa msg eh em resposta a Sincera: “os números beirando 200 mil mortes não são suficientes para demonstrar a gravidade do momento”. Você já foi pesquisar quantas pessoas morreram no ano de 2020? E quantas morreram por dia em 2019? Vai se surpreender, garanto!!!. Vivemos em um país de 200 milhões de habitantes e a morte eh algo inerente ao ser humano. Sei q choca e não estou aqui querendo negar a existência do vírus ou que ele não cause mortes, porém, não adianta vivermos anos da forma como foi 2020. A vida só importa se for vivida. Há muito interesse financeiro por trás dessa pandemia. Fica pra reflexão.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Elba Ramalho diz que vai processar quem deu festa para 700 pessoas em sua casa em Trancoso

Foto: Reprodução

Elba Ramalho, 69, estava na missa da igreja São João Batista, após comer um sanduíche vegano, quando soube que seu nome estava “no olho do furacão”: a polícia baiana havia interrompido uma festa com cerca de 700 convidados na casa que tem há mais de 20 anos em Trancoso, vilarejo na Bahia que virou sinônimo de turismo de luxo no Brasil.

À Folha a cantora diz que vai processar as pessoas para quem alugou a propriedade de 25 de dezembro até 4 de janeiro. Está hospedada no Club Med de Trancoso enquanto isso.

Elba afirma que ficou chateada de ter sido associada ao festejo, que contraria liminar estadual proibindo comemorações no fim do ano em Porto Seguro, onde fica o distrito de Trancoso. “As coisas estão super delicadas porque realmente me tomaram de bode expiatório desta história.” ​

“Estou exigindo agora que as pessoas que estão lá na casa façam vídeo e assumam a responsabilidade. Vou processar por danos morais porque estou sendo, vamos dizer assim, entrei no olho do furacão por conta deles. Estive na casa dois dias, fui levar máscara pros funcionários, cheguei a falar com um deles, por favor, ‘vocês não podem fazer eventos'”, diz Elba.

Depois, afirmou que não decidiu se o enquadramento judicial será esse. “Não quero tirar dinheiro de ninguém que não vai me acrescentar.” Mas exigirá o patrimônio de volta por quebra de contrato.

Elba conta que todos os shows que faria na temporada foram cancelados após o decreto que proibia aglomerações. “Aluguei a casa muito por necessidade, preciso pagar contas também. Minha profissão não retomou.” Desde o começo da pandemia, tem feito lives.

“Não é possível que a coisa caia em cima de mim. Quando soube, a polícia já estava lá”, diz a cantora, que narrou seu dia assim: foi ao salão de beleza fazer escova, à farmácia comprar remédio (está com “uma puta dor de coluna), à missa e a um point novo que vende o lanche vegano.

A artista enviou uma gravação à reportagem com ela rezando na igrejinha local. “Este vídeo que lhe mandei foi feito graças a Deus por um fã que estava na igreja, que tinha somente 15 pessoas, no máximo. Ele próprio postou, fez até uma expressão bacana, que o mal não venceria, que ele é testemunha que eu estava na igreja.”

Ela diz que já teve Covid-19 e que “está todo mundo se cuidando”, mas que Trancoso de fato está “cheio em todos os lugares”.

No sábado (26), um congestionamento de jatinhos no aeroporto particular de Trancoso serviu de símbolo para o fluxo intenso no vilarejo à beira-mar em meio a uma segunda onda de Covid-19 que mantém a UTI porto-segurense lotada desde 13 de dezembro.

A invasão de turistas em Trancoso já resultou na realização de cerca de 500 testes contra o coronavírus, de 23 a 28 de dezembro, administrados pelo laboratório Biofast, que montou um posto temporário para atendimento​.

A estrutura foi montada no dia 22 de dezembro e deverá funcionar durante todo o verão, com previsão de atender até 5.000 pessoas, segundo a empresa.

O espaço oferece teste antígeno para detecção do vírus Sars-Cov-2 —cada um pelo valor de R$ 300 e com resultados disponíveis em 20 minutos. Em uma das unidades do laboratório em SP, o mesmo teste sai por R$ 194, com resultados em até quatro horas.

Alguns estabelecimentos do badalado destino turístico, inclusive, só concedem a entrada de clientes que apresentarem o resultado do exame.

Até terça (29), o estado da Bahia tinha cerca de 5,7 mil casos ativos da Covid-19 e a ocupação dos leitos públicos de UTI adulto chegou a 74%.

O governador Rui Costa (PT) usou suas redes sociais para comemorar decisão da Justiça de proibir festas de Réveillon que aconteceriam em Porto Seguro. “Aproveito para lembrar: independentemente da data e quantidade de pessoas, festas e shows estão proibidos nos 417 municípios baianos”, escreveu na terça (29).

Folha de São Paulo

 

Opinião dos leitores

  1. Ela estava na festa, tem um vídeo com o flagra circulando nos igs de fofoca de famosos. Enfim a hipocrisia!

    1. O vídeo não era dessa festa, era um vídeo em outra ocasião, não acredite em fake news

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: Polícia Civil apreende, durante festa promovida por facção criminosa em Santa Cruz, drogas como cocaína, maconha e “loló”

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da 9ª Delegacia Regional de Polícia de Santa Cruz deflagraram, neste domingo (29), a segunda fase da Operação “Estrondo” e apreenderam porções de cocaína e de maconha, além de frascos de “loló”, variante do lança-perfume. As drogas foram apreendidas durante uma festa, promovida por uma facção criminosa, que ocorria em um balneário, localizado no município de Santa Cruz.

Ainda no local, foram apreendidos aparelhos celulares. A ação contou com o apoio da Delegacia Municipal de Tangará e Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado (FT-NUDEM), coordenada pela Polícia Federal (PF) e pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP). A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: Polícia Civil deflagra Operação “Estrondo” e prende sete pessoas em festa promovida por facção criminosa no interior do RN

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da 9ª Delegacia Regional de Polícia de Santa Cruz deflagraram, nesse sábado (19), a Operação “Estrondo”, realizada com o apoio da Polícia Militar (PM) e da Polícia Federal (PF). Ao longo da Operação, seis homens foram presos em uma festa promovida por uma facção criminosa, que ocorria em um balneário, localizado no município de Santa Cruz. Além disso, um homem foi apreendido; em desfavor dele, havia um mandado de internação em aberto.

As diligências contaram ainda com o apoio do Grupo Tático Operacional (GTO); em desfavor dos seis homens presos, haviam mandados de prisão em aberto. No local, foram apreendidos dois revólveres, porções de maconha, “crack”, cocaína e “loló”, além de vários aparelhos celulares. Quando os policiais chegaram no balneário, todo o material foi descartado no chão do salão, onde a festa estava acontecendo; motivo pelo qual os proprietários não foram identificados.

As investigações contaram com o apoio da Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado (FT-NUDEM), coordenada pela Polícia Federal e pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP). Foram capturados: Manoel Lopes da Silva, 25 anos, Francisco Jadielson Nascimento dos Santos, 22 anos, Dalvan Soares de Souza, 22 anos, Leonel Luiz da Silva Filho, 21 anos, José Andrier Oliveira Cunha, 34 anos, José Alessandro Medeiros de Lima, 21 anos, e Leonardo dos Santos Silva, 18 anos.

Os suspeitos foram conduzidos até a 9ª DRP e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

  1. Mesmo com dificuldade de efetivo a polícia civil do RN vem se destacando cada vez mai, com prisões e apreensões em todo o estado.

  2. Todos os envolvidos foram crianças e adolescentes nos governos do PT. Cresceram achando que tudo isso é normal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS E VÍDEO: Participante de festa em barcos de luxo joga notas de R$ 50 no mar no litoral de SP

Notas são exibidas em vídeo durante festa com embarcações de luxo — Foto: Reprodução

Um dos participantes de uma festa realizada no mar com dezenas de barcos de luxo em Guarujá, no litoral de São Paulo, foi flagrado jogando notas de R$ 50 na água durante o evento. As imagens, obtidas pelo G1 nesta sexta-feira (18), mostram o homem mostrando um maço de dinheiro durante a celebração, que reuniu aproximadamente 350 pessoas. (ACESSE VÍDEO AQUI EM MATÉRIA NA ÍNTEGRA).

O evento ocorreu na tarde de quinta-feira (17), no Canto do Tortuga, localizado no bairro Enseada, desrespeitando as medidas de prevenção ao novo coronavírus, como o uso de máscaras de proteção e o distanciamento social. Um video (veja acima) mostra um homem jogando diversas notas no mar. Já outro participante da festa comemora a ostentação.

Em seguida, o rapaz que joga as notas vira para quem está filmando e entrega uma grande quantidade de supostas cédulas de R$ 100 e R$ 50 a ele. Outras imagens mostram as embarcações reunidas e centenas de banhistas celebrando em meio a música alta e bebidas. Além de lanchas, iates e motos-aquáticas, duas escunas foram vistas com dezenas de pessoas.

Segundo apurado pelo G1, para participar da festa nas escunas, as pessoas compraram ingressos, que na quinta pela manhã já haviam esgotado. Os barcos de luxo funcionavam como uma espécie de ‘camarote’ e não precisaram pagar para participar do evento, que reuniu ao menos dois DJs. Durante a festa, uma empresária da região também celebrou seu aniversário.

O evento foi divulgado pelas redes sociais e teve centenas de confirmações de presença. Até a última atualização desta reportagem, os organizadores da festa não foram localizados.

Proibição

Conforme os decretos municipais de enfreamento à Covid-19, em Guarujá, está proibida a aglomeração de pessoas e também a locação de embarcações e motos náuticas.

Em nota, a prefeitura ainda informa que enviou equipes da Força-Tarefa, da Guarda Civil Municipal (GCM), além de fiscais de postura e comércio para impedir a festa no fim da Praia da Enseada, no Canto do Tortuga. A operação contou, também, com o apoio da Polícia Militar.

A Capitania dos Portos de São Paulo informou que também foi acionada para fazer a retirada e as autuações das pessoas que estavam no mar. Já na areia, as equipes dispersaram os participantes, apreenderam bicicletas e identificaram uma marina que locou embarcações e será devidamente responsabilizada conforme os decretos. A multa varia de R$ 300 a R$ 9 mil.

Dezenas de barcos foram flagrados em festa no mar em Guarujá, SP — Foto: Reprodução/Jimmi Drone Guarujá

O órgão reiterou que duas equipes de Inspeção Naval da Capitania foram direcionadas ao local a fim de verificar o cumprimento da Lei sobre a Segurança do Tráfego Aquaviário e das Normas da Autoridade Marítima. A ação de fiscalização permanece em andamento. A Marinha do Brasil enfatiza que disponibiliza o telefone 185 para denúncias e emergências náuticas.

Covid-19 na Baixada Santista

A festa ocorre após a Baixada Santista registrar aumento de casos e mortes por Covid-19. Esta alta no número de confirmações foi contabilizada duas semanas após um fim de semana ensolarado, com estradas e praias lotadas na região. Segundo o último levantamento realizado pelo G1 com as nove prefeituras, a Baixada soma mais de 52.323 confirmações e 1.925 mortes causadas pelo vírus.

G1

Opinião dos leitores

  1. E segue a briga de quem roubou ou rouba mais ou menos. Parabéns, tudo farinha do mesmo saco. Muda os cachorros mais …… Prá.

  2. Eita mané mané, isso de fato é uma ostentação idiota e descabida, ridículos nós encontramos em todas as classes sociais, recantos e níveis, não acredito ser de um rico, mais sim um abestalhado. E veja que temos muitos, uns votam no PT, outros no MDB, PSDB E por aí vai, só para corroborar o que vc falou, mais não pensou. Esse buraco começou com nove dedos e a Anta enriquecendo seus filhos apaniguados, os ronaldinhos da vida, copiadores de teses, sócios de grandes empresas, aqueles que no passado catavam excremento de rinoceronte e hoje são ricos. E vc já viu o babaca do lulinha falando e fazendo besteira em uma lancha, cercado por meninas de família boa? Está no YouTube. Vai lá obtuso.

  3. Dinheiro fácil roubado da Petrobrás durante os desgovernos petistas. Devemos sempre lembrar que o PT no poder promoveu o maior roubo do mundo. Devemos lembrar sempre da delação de Palocci, de Marcos Valério, de Sérgio Cabral e muitos outros.

  4. Cara cagada e cuspida da elite brasileira, de familia tradicional cristã e bolsonarista fervorosa.
    Tem uns perrapados que seguem essa turma.
    Caminhamos para um buraco cada vez mais fundo.

    1. Ideal é que essas reuniões sejam realizadas no sitio de Atibaia ou no triplex de Guarujá. Só gente honesta…!!
      Vá lá mané?

    2. Cristão que nem o Lula? Ou o Maduro podre? Ou o Fidel Castro paredon? Ou o médico argentino Tche Guevara? Ou a Anta Dilma guerrilheira?
      Parece que os esquerdistas retiraram as faltas no evento…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEOS: Empresário Antônio Leite é recebido com festa pelos colaboradores da Sterbom no RN em seu 1º dia de trabalho após cura da covid-19

Ao chegar para trabalhar pela primeira vez após a alta hospitalar da covid-19, o empresário Antônio Leite foi recebido com festa pelos colaboradores da sua Sterbom no Rio Grande do Norte. Registro flagra mistura de alegria e fortes emoções.

Opinião dos leitores

  1. Grande homem, extraordinaria fgura humana, pessoa do bem, um empresario vitorioso , Deus o devolveu ao nosso convivio para a alegria de todos, Antonio Leite um exemplo no meio empresarial.

  2. Homem do bem! Um líder. Manso e humilde de coração. Grande amigo. Deus continue te abençoando.

  3. São demonstrações desse tipo que faz o ser humano acreditar no bem , na união, na amizade e no amor para com o seu semelhante, esse perfil aí desse empresário demonstra que tem uma grande admiração e apreço dos seus funcionários e que mais de que seus servidores são seus amigos e o estimam muito, parabéns a todos e Que Deus possa os conserve todos com muita saúde. Todo ser humano do bem fica feliz em testemunhar uma cena dessas. ??????????

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Esquema de corrupção no Exército ocorrido em 2005/2006 pagou festa com prostitutas em motel

Operação da Polícia Federal desvendou esquema que ocorreu no CMA, entre 2004 e 2005/ Foto: Divulgação

Um esquema de corrupção que envolveu um conluio entre oficiais do Exército e empresários em fraude de compra de alimentos para a caserna, ocorrido entre 2005 e 2006, começa a ser punido agora. A Justiça Militar condenou recentemente 26 acusados sendo onze oficiais — dois coronéis, um tenente-coronel, um tenente, um subtenente, um major e cinco capitães –, oito militares de baixa patente e sete empresários da área de alimentos.

Os militares e civis foram condenados pelo juiz federal substituto da Justiça Militar Alexandre Quintas a penas que chegam a 16 anos, no caso de um coronel.

Na sentença, o juiz relata que a proximidade entre dois capitães e um empresário era tamanha que “este último contratou prostitutas e promoveu uma festa em um motel de Manaus para os referidos oficiais”.

O esquema foi desvendado pela Operação Saúva, realizada pela Polícia Federal em 2006. Revelou, com gravações e documentos, fraude em licitação na compra de alimentos, pagamento de propina, manipulação de preços, fraude no recebimento dos produtos em qualidade e quantidade.

Esse esquema — coisa de petequeiro, se comparado aos bilhões do petrolão ou ao dinheiro administrado por Fabrício Queiroz — se repetiu em alguma unidades militares, como batalhões de suprimentos, e até mesmo no Comando Militar da Amazônia e na Diretoria de Suprimentos do Exército em Brasília.

A sentença não traz um valor atualizado do montante desviado. Em valores de 2005, os oficiais, segundo dados da PF, dividiram entre eles um total 620.000 reais.

A denúncia original envolvia 39 pessoas, dos quais 29 militares, incluindo praças que recebiam “mesadas” dos oficiais de 500 reais. A ação se arrastou porque ao longo desses anos foram muitos recursos, trancamento do processo e habeas-corpus.

Alguns acusados confessaram o esquema, outros argumentaram violação da garantia do contraditório e ampla defesa e tentaram descaracterizar o crime de peculato para lei de licitações. Como todos são primários e com bons antecedentes, poderão recorrer da sentença em liberdade.

Radar – Veja

Opinião dos leitores

  1. O dinheiro público paga tudo, basta os gestores quererem, não tem MPU q consiga fiscalizar. Quando acha o dinheiro nunca retorna, fica por isso mesmo.

  2. Isso tudo aconteceu entre 2005 e 2006, em pleno governo Lula, o PT conseguiu implantar a corrupção até no exército quando esteve no poder.

    1. Verdade, caro Luan. Isso é uma vergonha que mancha a honradez dos nossos homens. Envolvimento com prostitutas? Jamais! Isso é inaceitável. Acabou essa falta de vergonha. Agora é broderagem. Machos! Fardados e desfardados! Armas em punho! Delicia.

  3. Parece que os corruptos foram punidos com penas de até 16 anos, pelo juiz Alexandre Quintas, como informado acima. Lá pode ter corrupto (tem em todo lugar), mas são punidos, devolvem o que roubaram e não tem campanha de "Lula Livre" nao.

    1. Teve sim, entre 2004 e 2005 no governo Lula, ness época não escapou nada no Brasil, o PT passou o rodo!

  4. Exército Comunista! não acredito nisso… vou rasgar minha camisa da Cbf e apagar minha tatuagem do mito.

  5. E tem alienado que pensa que os milicos não têm os mesmos defeitos dos políticos, dos magistrados… em suma, do povo brasileiro.

  6. Será que seguiram o exemplo do Comandante Supremo das Forças Armadas da Época. Diga-se de passagem o Sr Ladrão Mor 9 dedos? Kkkk

    1. Esse Gibira sempre dá uma checada embaixo da cama antes de dormir com medo que o Lula esteja lá. Kkkkkkkk

  7. Vixe ! Pensei que não tinha corrupção nas forças armadas… Quero ver daqui a alguns anos o que descobriremos mais…

    1. As Forças Armadas assim como outras instituições tem bons e maus profissionais.
      A diferença é que quando alguma conduta ilegal é descoberta, os culpados são punidos,o que muitas vezes não ocorre em outras instituições.

  8. Corrupção no exército? Isso não existe. Puxa, BG! Não pública essas mentiras não. A gente quer ler matérias do Cláudio Humberto., Robson Pires(espancador de mulher) e do Allan Santos. O resto é mentira pra agradar comunistas. Nas forças armadas só há santos.

    1. E os milicos verde oliva e seus asseclas cristãos, patriotas e cidadãos de bem frequentam bordéu?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

DENUNCIADA POR AGLOMERAÇÃO – (VÍDEO): Bailarina do Faustão é presa durante festa em Santa Catarina

Foto: Reprodução/Instagram

Natacha Horana, bailarina do Domingão do Faustão, foi presa na madrugada desta segunda-feira (20) durante uma festa que organizou em um apartamento alugado na cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Segundo a assessoria de imprensa de Natacha, guardas municipais invadiram o apartamento juntamente com fiscais, sem autorização prévia. O porta-voz também informou ao R7 que a dançarina teria sido denunciada “por aglomeração” na pandemia, já que o condomínio não permite reuniões no local.

No momento da chegada dos agentes, a bailarina estaria sozinha no próprio quarto e não teria achado necessário abrir a porta do cômodo, ainda de acordo com a assessoria dela. Os guardas teriam decidido arrombar a porta do quarto onde a modelo estava.

Em vídeo enviado pela assessoria, é possível ver a abordagem da polícia na hora da prisão.

Natacha foi levada para a delegacia e, segundo o porta-voz da bailarina, ela teria assinado um termo que a permitia retornar para a casa. A dançarina estaria muito abalada com a situação.

A defesa de Natacha também alegou que ela “não teria cometido nenhum crime, pois sequer estava reunida com as demais pessoas presentes no local” e considerou “inadimissível” a postura dos agentes.

“Não havia situação de flagrante delito que justificasse a invasão do apartamento, bem como detiveram Natacha à força sob fundamentos ilegais, além dos guardas usurparem a função da Polícia Militar, estabelecida na Constituição Federal”, informou a nota oficial.

A assessoria de imprensa garantiu que a bailarina não agrediu nenhum dos guardas verbal ou fisicamente.

A equipe do R7 tentou contato direto com a assessoria de imprensa de Natacha para esclarecer a razão da denúncia que a modelo recebeu.

R7

 

Opinião dos leitores

  1. Só acho o seguinte se tá certo ou errado , não sei, agora quando tiverem doente com covid-19 , continue na festa e não ocupe a Samu pra ir pro hospital ocupar leito de quem tava trabalho e ficou doente, pronto falei bando de desocupado, o povo agora tá esquecendo da doença depois fica doente e pedindo desculpa com a cara mais cinica.

  2. ABSURDO ! Onde chegamos.
    Totalmente desproporcional a atitude desses guardas municipais. Quero ver fazer isso na casa de um ministro do supremo ou de qualquer outra autoridade do MP !

  3. Sem mandado judicial, cometeram CRIME! Processo no Estado. Incompetentes e despreparados intelectuais!

    1. Amigo, a constituição prevê em caso de flagrante delito…
      Se houver alguém matando outra pessoa qualquer um pode arrombar a casa.
      A moça dando festinha em casa.

    2. Leia a constituição e as Súmulas do STF amigo.

      Valeu Raimundo. Isso ae.

    3. Acontece que desobedecer a decreto não é crime, pode ser no máximo infração administrativa até pq em matéria penal só quem legisla é a União. Logo a invasão dos guardas foi ilegal, agiram com abuso de poder.

  4. Se fosse o apto de um promotor ou desembargador será que teriam invadido e o levado à delegacia? Não precisa explicar eu só queria entender!!

    1. Não entendi uma funcionária da Globo fazendo festinha em apartamento…

    2. Dançarina do Faustão com assessoria e porta voz. Vai vendo!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Prefeitura de SP cancela festa de réveillon na Paulista devido à pandemia do novo coronavírus

Foto: Ricardo Bastos/Fotoarena/ Estadão Conteúdo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou nesta sexta-feira (17) que a tradicional festa de réveillon da Avenida Paulista, região central da cidade, não será realizada na virada para 2021 devido à pandemia do coronavírus e o risco ainda alto de transmissão da doença em aglomerações.

“Hoje, a gente anuncia que nós também não teremos o réveillon na Paulista nessa virada de ano de 2020 para 2021. Tanto a prefeitura quanto o governo do estado de São Paulo, os técnicos da vigilância sanitária e do governo do estado entendem muito temerário nós organizarmos um evento para um milhão de pessoas na Avenida Paulista para dezembro deste ano”, disse Covas durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, Zona Sul de São Paulo.

Covas ressaltou que, apesar das perdas econômicas para a cidade, o importante é a manutenção da saúde da população.

“A área da saúde foi preponderante para que a gente tomasse essa decisão. Não há nenhuma possibilidade de se pensar nesse momento numa festa que reúne 1 milhão de pessoas. Claro que o réveillon na Paulista ajuda o setor de turismo, mas é um evento muito mais para os paulistanos do que para os turistas”, afirmou ele.

O coordenador do Centro de Contingência do estado de São Paulo contra o coronavírus, Paulo Menezes, afirmou que a decisão vai ajudar a salvar vidas: “Não é momento para pensar nisso. O Centro de Contingência fica mais tranquilo. Vamos evitar muitas mortes dessa forma, salvando vidas”, argumentou.

À espera de vacina

Na última quarta-feira (15), o governador João Doria já tinha mencionado que megaeventos como réveillon e carnaval não deverão ser celebrados diante da pandemia do coronavírus, sem a criação da vacina contra a Covid-19.

“É a maior tragédia da história desse país em qualquer tempo. Não há nada a celebrar, não há nada a comemorar. E muita atenção àqueles que diante de um quadro como esse ainda querem fazer atividades festividades de Ano Novo ou de carnaval. Nós não temos que celebrar nem Ano Novo, nem carnaval diante de uma pandemia.

“Apenas com a vacina pronta e aplicada, e a imunização feita, é que podemos ter celebrações que fazem parte do calendário do país, mas neste momento, não”, afirmou Doria, na ocasião.

Nova data para carnaval 2021

O prefeito Bruno Covas também disse nesta sexta-feira que a Prefeitura de SP está dialogando com as escolas de samba para definir uma nova data para a realização do carnaval 2021.

“Nós continuamos a dialogar com as escolas de samba, com outras cidades do Brasil, para tentar tomar uma decisão conjunta em relação a possibilidade de adiamento e qual seria a nova data da realização do carnaval”, declarou.

Em relação ao carnaval de rua, Covas disse que os blocos precisam de um período menor para se organizarem do que as escolas de samba que desfilam no sambódromo do Anhembi.

“Algo em torno de 2 ou 3 meses a gente consegue organizar o carnaval de rua. Mas, para a realização do carnaval no sambódromo, pelo menos, 6 meses entre a preparação dos carros alegóricos e os ensaios que as escolas fazem.”

G1

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *