Polícia Militar prende homem após série de assaltos em Natal

Foto: PM/ASSECOM

Por volta das 22h dessa segunda-feira (20), policiais militares da Força Tática do 4° Batalhão (FT4) detiveram um homem suspeito de participar de vários assaltos em série em Natal.

Com o objetivo de localizar uma dupla que estava realizando diversos roubos na zona Norte, os policiais se dirigiram a região da Brasilia Teimosa, na zona Leste, para averiguar suspeita. Ao se aproximar do Residencial Ayambra na Praia do Meio, os militares se deparam com a dupla e após um acompanhamento na região, o garupa da motocicleta sofreu uma queda e foi detido pela FT4.

Com o suspeito, que já foi preso pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, foram encontrados 08 aparelhos celulares, pouco mais de R$ 500,00 e um relógio, Já o condutor da moto conseguiu se evadir.

O suspeito foi conduzido e apresentado na Delegacia de Plantão da Zona Norte.

Petrobras vai demitir funcionário aposentado após reforma da Previdência

Foto: Sergio Moraes / Reuters

A Petrobras anunciou que os empregados celetistas da empresa que ingressaram com pedido de aposentadoria após a reforma da Previdência serão demitidos quando o benefício for concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A empresa foi questionada sobre quantos funcionários estão nesta situação, quanto a empresa deve gastar na rescisão dos contratos e se os trabalhadores serão substituídos, mas não respondeu. A companhia também não informou como será feito o processo de desligamento.

A estatal informou, por meio de nota, que adotou a medida em acordo com a Emenda Constitucional 103 (reforma da Previdência), que estabeleceu que “a aposentadoria concedida com a utilização de tempo de contribuição decorrente de cargo, emprego ou função pública acarretará o rompimento do vínculo que gerou o tempo de contribuição”.

Segundo a petroleira, os empregados que solicitarem a aposentadoria com a utilização do tempo de contribuição a partir de 13 de novembro de 2019 terão seu contrato de trabalho com a Petrobras extinto quando da concessão da aposentadoria pelo INSS.

A estatal afirmou ainda que o funcionário que protocolou pedido de benefício poderá permanecer na empresa, desde que cancele a solicitação junto ao Instituto Nacional do Seguro Social.

“Para os empregados que deram entrada com o tempo de contribuição decorrente de vínculo com a Petrobras e desejarem desistir do benefício, o cancelamento poderá ser solicitado desde que o empregado exerça essa prerrogativa antes do primeiro recebimento do benefício ou do saque do FGTS ou do PIS”.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil já havia anunciado a mesma medida para extinguir o contrato de trabalho dos funcionários celetistas que se aposentarem após a reforma da Previdência. Os empregados podem ter o contrato de trabalho mantido, desde que não tenham recebido o benefício ou feito saque do FGTS ou do PIS .

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Medida correta tem que abrir espaço para os jovens valores.
    Obrigado pela contribuição e vá curtir sua aposentadoria.
    A família agradece

Polícias param de divulgar nomes e fotos de presos após lei de abuso de autoridade entrar em vigor

Foto: Reprodução/EPTV

Polícias militares e civis de pelo menos 5 unidades da federação (São Paulo, Espírito Santo, Distrito Federal, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), ouvidas pelo G1, deixaram de publicar em redes sociais, em páginas institucionais e de divulgar à imprensa fotos e nomes de suspeitos ou presos desde o dia 3 de janeiro, quando entrou em vigor a nova lei de abuso de autoridade.

A lei, criticada por juristas e magistrados quando foi sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), em 2019, define cerca de 30 situações que configuram abuso e é alvo de questionamentos de organizações que defendem agentes públicos no Supremo Tribunal Federal (STF).

Agora, passam a ser crimes ações que até então eram consideradas infrações administrativas ou atos ilícitos punidos no âmbito cível. Um exemplo são os atos de constranger o detento a exibir seu corpo “à curiosidade pública” ou de divulgar a imagem ou nome de alguém, apontando-o como culpado”. Agora isso pode levar uma autoridade a ser punida com penas de 1 a 4 anos de detenção e de 6 meses a 2 anos, mais multa, respectivamente.

Não é necessário que a vítima acuse o agente público pelo fato. Os crimes são de ação pública incondicionada, quando é dever do estado investigar e punir.

A exceção para divulgação de nome e fotos ocorre com suspeitos foragidos com mandado de prisão em aberto.

Delegado vê prejuízo às investigações

Em São Paulo, por exemplo, a Secretaria da Segurança Pública informou que “os policiais são constantemente orientados acerca das legislações em vigor”. “No tocante a lei de abuso de autoridade, simpósio e cursos foram ministrados aos policiais civis pela Acadepol, que, inclusive, editou súmulas de orientação deixando-as disponibilizadas para consulta de todos os agentes.”

Para o delegado Gustavo Mesquita Galvão Bueno, presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil de São Paulo (ADPESP), a proibição da divulgação das imagens de suspeitos “causa prejuízo nas investigações”.

“A divulgação de fotos de presos, não de forma irresponsável e indiscriminada, mas com responsabilidade e em casos com prova de autoria do crime, é um instrumento que nos ajudava a solucionar inúmeros crimes, porque a população reconhecia. Infelizmente, isso será prejudicado, para não dizer, anulado”, diz Bueno.

“Infelizmente, nesta lei, optou-se por privilegiar a privacidade do criminoso do que a segurança pública”, afirma o delegado.

Além da divulgação ou exposição indevida da imagem de detentos, passam a ser considerado crimes:

colocar presos de diferentes sexos ou crianças no mesmo espaço;
o agente público não se identificar durante uma abordagem;
iniciar investigação sem indícios;
apontar alguém como culpado antes da Justiça;
decretar prisão sem fundamento;
entrar na casa de alguém “à revelia”.

(Veja, mais abaixo, maiores detalhes sobre os crimes):

A Polícia Militar do Espírito Santo fez uma cartilha de bolso para lembrar aos policiais que, no dia a dia do trabalho, não podem expor, em determinadas situações, o preso a uma situação vexatória, mas diz que continuará repassando à imprensa o histórico das ocorrências, sem divulgar nomes.

A Polícia Civil capixaba também orientou, por meio de um documento interno, seus agentes a tomarem precauções em entrevistas “atentando-se para a não divulgação de dados qualificativos de presos/indiciados/investigados ou qualquer elemento que possa qualificar como criminalização prévia ou exposição da intimidade.”

PM do Espírito Santo faz cartilha ‘lembrando’ policiais de usar a identificação profissional e para não divulgarem imagens de pressos — Foto: Reprodução

Orientações sobre divulgação de fotos

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ems disse:

    O crime venceu !!!

  2. Naldin disse:

    Engraçado as leis brasileiras, não pode divulgar a foto dos ladrões, mas pode divulgar a dos policiais, deve ser para as facções identificar melhor os policiais e executá-los.

  3. Brasil disse:

    Certissimo, no Brasil se divulga tudo dos pobres, enquanto dos ricos nap divulga nada, pelo menos assim fica tudo igual

    • Dilma disse:

      Esse é um tonto, ser favorável a impunidade, ainda mais achando que ladrões são pobres. Imbecil, isso é uma reação dos bandidos poderosos, iguais a luladrão, Gilmar mendes, dilma, Rodrigo maia, empresários, banqueiros. Se fosse por causa de ladrões de galinha ficava como tava. Acorda babaca

  4. Bento disse:

    AGRADEÇAM AO SENADOR RODOLFO DPVAT DO AMAPÁ.
    Esse trabalha contra a "Nação Brasileira "
    Defensor da bandidagem e contra as autoridades polícias .

  5. Diogo disse:

    O engraçado que só divulgavam fotos e nomes dos passa fome, os filhos da elite as notícias em sua maioria eram abafadas, quando muito falavam por cima.

  6. Luciano disse:

    Esse é o Brasil que o PT criou, só quem tem direitos são os bandidos, os cidadãos de bem tem que ficar em casa trancado, desarmado e rezando pra não ser roubado.

  7. Pedro Melo disse:

    Isso deveria acontecer , mas com a morte do vagabundo.
    Mata e joga no esgoto.

  8. ForaCanalhas disse:

    Até quando a POPULAÇÃO de BEM vai aceitar esses mandos e desmandos desse CONGRESSO CANALHA? 🤔🤔🤔

  9. N.A. disse:

    Com isso ACABOU o DISQUE DENUNCIA, NÃO pode divulgar NOME nem FOTO dos santinhos. 👏👏👏👏

  10. Francisco disse:

    Ninguém pode ser exposto à execração pública. Ainda mais não existindo sequer uma Denúncia.

  11. FranciscoMP disse:

    Às vezes podem ocorrer malentedidos que só depois são esclarecidos depois do devido processo. Mas nada vai repor a imagem do sujeito chamado de tudo o que não presta por um apresentador de TV.

  12. Silvia disse:

    Fora bossonaro e a turma dele,isso é uma vergonha.brasilllllll👎

    • André disse:

      se informe melhor mulher , isso foi criado por um deputado apoiador de Lula , o presidente vetou e derrubaram o veto , se informe melhor pra não falar besteira.

  13. Francisco disse:

    Obrigado PT, Rodrigo maia , centrao; a quebrada agradece. Agora a galera cola sem ser reconhecida. Demorô!

  14. Creso Rabello disse:

    Tratamento vip! Trabalhadores honestos se matan mês a mês para receber um mísero salário de R$930,00 enquanto o novo mercado de trabalho gerado por bandido, chega a faturar o valor R$ 1.300,00, s m contar com todo apoio jurídico e saúde… Uma vergonha para um país como o Brasil. Bandido tem que se mostrar a cara independente de idade, quando eles matam e estupram, ele não tem pena nem dó das vítimas. Temos que lutarmos para implantar Leis mais severas e alertar a sociedade desses vermes exclupulossos que vivem em nossa sociedade com o codnome de seres humanos.

  15. Manoel disse:

    Parabéns ao nosso Congresso por pensar nos seus pares e deixar a população sem poder saber da face e nome dos bandidos…

  16. Francisco Alves disse:

    Essa aberração em forma de lei tem como seu patrono um dos maiores canalhas do Congresso Nacional! Como não podemos divulgar o nome do corrupto e ladrão, basta dizer que é senador pelo estado de Alagoas. Bandido protegendo os pares…

    • Marcelo disse:

      Ele é bandido e todos os senadores e deputados federais que votaram para aprovar a lei, são também. Inclusive o presidente que sancionou.
      Vergonha de ter votado nesse presidente.

  17. joão carlos disse:

    pronto, era tudo que os bandidos queriam, esse país é uma vergonha!

  18. joaozinho da escola disse:

    Parece que os politicos de esquerda e seus cumplices desejam dificultar ao maximo a punicao e a elucidacao de crimes com essas leis.

    • Manoel disse:

      Infelizmente não foram somente os políticos de esquerda que construíram e aprovaram essa lei. Muita gente do centrão e até direita apoiou a lei…

Joice, Doria e Witzel desabam em popularidade digital após embates com Bolsonaros

Foto: Reprodução

Entrar em choque com o presidente Jair Bolsonaro parece ser fatal, ao menos nas redes sociais. A deputada Joice Hasselmann (PSL) e os governadores João Doria (PSDB-SP) e Wilson Witzel (PSC-RJ) são grandes exemplos disso, aponta índice de popularidade digital, feito pela consultoria Quaest.

A empresa analisa o desempenho digital de figuras públicas no Facebook, Instagram e Twitter.

Enquanto eram aliados a Bolsonaro, Joice, Doria e Witzel chegaram a ser líderes no índice em seus grupos (deputados federais e governadores, respectivamente). Após o rompimento, ambos desabaram no levantamento.

“A rede montada organicamente pela família Bolsonaro, entre 2014 e 2018, faz com que eles tenham alta capacidade de mobilização e engajamento. Rompimentos políticos com eles têm sido traduzidos, nas redes, em retração da influência digital”, afirma Felipe Nunes, diretor da Quaest e professor de ciência política da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

“Geralmente perde quem bate de frente com eles, pois eles deixam de ter o apoio digital da rede montada pelo clã Bolsonarista e que tem grande capilaridade nacional”, completou.

Além disso, Joice, Doria e Witzel passaram a ser criticados abertamente na rede por pessoas próximas ao presidente, como seu filho Eduardo.

Ferrenha apoiadora de Bolsonaro na campanha eleitoral e líder do governo na Câmara, Joice dividia a liderança de popularidade digital entre deputados federais paulistas com o então aliado Eduardo Bolsonaro.

Próximo ao meio do ano, porém, ela se aproximou do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que tem buscado se distanciar do presidente (ainda que o tucano tenha sido eleito pregando o voto “Bolsodoria”).

Em setembro, Bolsonaro criticou a sua então líder do governo na Câmara, em entrevista à Folha. “Joice está com um pé em cada canoa”, disse Bolsonaro.

Naquele mês, Joice teve queda de 13% no índice de popularidade feito pela consultoria —ela vinha crescendo desde junho. Os embates entre Joice e os Bolsonaros seguiram, e o índice da deputada não parou de cair, chegando em novembro ao patamar mais baixo do ano.

Doria também perdeu popularidade digital após começar a se distanciar do presidente. O tucano chegou a ser o governador com a maior popularidade, em 1º de junho, mas teve queda de quase 40% no índice dois meses depois (foi de 61 para 39 pontos, em escala que vai a 100).

A queda coincide com o momento que o tucano passou a deixar mais claro o seu distanciamento em relação a Bolsonaro. Em junho, Doria defendeu publicamente ser contra alinhamento automático com Bolsonaro.

Movimento semelhante aconteceu com o governador fluminense, Wilson Witzel. Em, agosto e setembro, ele foi o gestor estadual com melhor popularidade nas redes sociais, segundo o índice.

Witzel também se elegeu apoiando o então candidato Bolsonaro e manteve alinhamento até meados deste ano. Em setembro, porém, passou a se colocar enfaticamente como possível candidato a presidente em 2022.

Após esse movimento, Witzel passou também a ser criticado por Bolsonaro e seu entorno. O presidente tem dito que a polícia do Rio, sob comando de Witzel, tem perseguido o senador Flávio Bolsonaro na investigação sobre “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio quando era deputado estadual.

Witzel, então, desabou no índice de popularidade digital, ficando em novembro apenas como o 9º governador com maior popularidade.

A liderança parece ter relação com a polarização em âmbito nacional. O primeiro colocado entre os governadores é Ronaldo Caiado (DEM-GO), um grande defensor de Bolsonaro.

Em segundo entre os governadores aparece Rui Costa (PT-BA), que se posiciona como um grande aliado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva —ainda que, recentemente, tenha cobrado de Lula um discurso menos agressivo.

O ÍNDICE

O levantamento feito pela consultoria Quaest considera cinco dimensões: fama dos personagens públicos (quantos seguidores); engajamento (comentários por postagem); mobilização (compartilhamento das postagens); valência (reações positivas/negativas às postagens); e presença (quantas redes sociais a pessoa está ativa).

Modelo estatístico pondera e calcula a importância de cada dimensão; os personagens analisados são, então, colocados numa escala de 0 a 100.

Folha de São Paulo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Silva disse:

    A onde o Mito vai, o povo vai atras.
    Em Salvador, no farol da barra foi uma loucura.
    Ovacionado!!
    Já o ex presidiário é OVO cionado em Recife.
    Kkkkkkk
    Imagine o dia que for em Santa Catarina.
    Kkkkkm

  2. Ojuara disse:

    Nem o papa teve paciência com quem veio encher o saco dele, imagine Bolsonaro com esses três cagões.

  3. Bruno disse:

    Eu só não concordo com esse José Augusto, porque seria duas pessoas, falando bosta.

  4. Porfirio disse:

    Já falei aqui, Doria vai pra reeleição e olhe lá.
    Essa deputada e esse governador ja era, o povo tá atento a fome de poder dessa turma de aloprados.
    Alguem avise também pra essa turma do partido do Lula, que ele tá fudido também, o Brasil e outro, a direção é outra, esse negocinho de boquinha, de pratinho de comida, acabou, discursos vencido.
    O que faz PENA e dar DÓ, é a grande mídia, no momento está perdendo a oportunidade anunciar e reportar o tamanho da mudança que passa o nosso Brasil.
    Parabéns a Jair Bolsonaro, pensa grande, quer um país forte, pujante, e não um país de jeitinhos, de arrumadinhos.
    Estou convicto que o Brasil tem jeito sim, só não nas mãos desses esquerdistas ladrões.

    • José Augusto disse:

      Há muitos anos nao lia tanta idiotice como a cagada pelos dedos desse porfirio

    • Silva disse:

      Ainda bem zezim, que foi pelos dedos, já a tua foi pela boca.
      Kkkkk
      Tá certo o que está escrito pelo Porfirio. Quem se meter na frente do MITO perde, o único que topa a parada é MORO, que vai esperar.
      Já o Lula, não passa de um cadáver ambulante.

    • Neto disse:

      Gargalhei com a resposta do Silva ao José Augusto. Muito boa!

  5. Rômulo© disse:

    Quem não seguiu a cartilha bolsonarista perdeu o apoio e passou a ser atacado pelos MAVs incitados pelo Gabinete do Ódio! A "queda de popularidade digital" já era esperada! O que importa é popularidade real, já que robôs de internet não votam!

    • Plim plim. disse:

      Tu é que é um jagunço do PT.
      Pau mandado.
      Va procurar o que fazer.
      Vá contar os poster da Cosern na ZN. Z.Sul
      Kkkkkk

  6. Antonio Turci disse:

    O MITO está fazendo um bom governo. Só não reconhece quem não quer.

    • Osvaldo disse:

      Realmente ,para Flávio Rocha, o véi da havan. O empresariado em comum.

    • mauricio disse:

      Vdd mas temnq reconhever a corrupção do filho senão n vale nada

    • mauricio disse:

      Enquanto eles reclamam do governos Bolsonaro, o país vai melhorando. Melhor assim, pois ficam mais entretidos com o ódio e a reclamação. Kkkkk

    • Sandro Sergio Trigueiro Costa disse:

      Só reconhece como bom governo um LOUCO fora da realidade

Empresário recifense morre após comer ostras na praia de Boa Viagem

Foto: Reprodução / Pixabay

Um empresário recifense morreu dias após ingerir ostras na praia de Boa Viagem, Zona Sul de Recife. “Ele deve ter ingerido umas 17 ostras. No dia seguinte a gente se encontrou em uma confraternização, ele não quis comer nada, disse que estava muito mal”, afirma Silvio Amorim, presidente do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano e amigo da vítima. “Ele ainda foi atendido em uma clínica, mas não melhorou. Precisou ser internado dias depois. A bactéria que ele contraiu se espalhou pelo corpo. É muito violenta. Saiu pegando fígado, estômago… É muito triste o que aconteceu.”

A Secretaria de Saúde do Recife investiga, desde ontem, um caso de morte por infecção exógena, mas não confirma ligação com o empresário, que não teve o nome divulgado em respeito à família. Este tipo de contaminação tem origem externa ao organismo e pode ser causada por vírus presentes no ar ou por infecções locais. Alguns dos meios em que ela pode ser contraída são picadas de mosquitos, mordidas de animais e intoxicação alimentar. A vítima faleceu em um hospital de rede privada, na capital pernambucana.

“Toda primeira sexta-feira do mês ele saia com a esposa para a praia. Os dois ‘derrubavam’ um balde de ostra. Nesse dia ela estranhou o gosto da segunda ostra e não comeu mais, ele continuou. Acho que se ela continuasse estava morta também”, comenta um amigo próximo da família, que não quis se identificar.

De fato, quem escolhe comer ostras cruas está sujeito a vários riscos. In natura este tipo de alimento pode causar diarreias, febre, tremores e náuseas. Problemas como gastroenterite e infecção intestinal severa podem ser identificados em casos mais complicados. Elas também podem ser hospedeiras da Vibrio vulnificus, uma espécie de bactéria que vive em ambientes marinhos e é conhecida por “comer carne”, já que ela costuma se instalar em uma ferida e consumir o tecido ao seu redor até se espalhar rapidamente para o resto do corpo, o que mata cerca uma a cada sete pessoas infectadas.

“A ostra funciona como o filtro do mar, ela absorve todas as impurezas, mas o risco principal não é esse. Acontece que as ostras devem ser consumidas imediatamente após sair do ambiente marinho”, explica o médico infectologista Filipe Prohaska. “As únicas formas de conservar ostras após pesca são mantendo as mesmas em aquários com água salina ou congelando e, após descongelar, consumi-las de imediato. A partir do momento que ela sai destes ambientes a ostra morre e começa seu estado de putrefação.”

Na orla de Boa Viagem, este tipo de alimento é vendido – literalmente – aos baldes. Não é incomum encontrar ambulantes carregando ostras em isopores e vendendo-as com azeite e limão. “Além de não serem armazenadas em locais adequados, elas estão sendo comercializadas na beira da praia, submetidas ao calor de Recife, que não é pouco. Isso acelera o processo de apodrecimento”, explica o especialista. “Não é incomum que você conheça alguém que comeu ostras e teve uma diarreia, um mal-estar. Isso acontece nos casos mais leves. Casos mais severos de infecção podem levar a paralisia e até mesmo insuficiência respiratória. Por isso, todos devem ficar atentos ao consumir este tipo de alimento.”

Diário de Pernambuco

 

Jean, do São Paulo, é solto nos Estados Unidos após pagar fiança; em depoimento, goleiro diz que sua mulher o agrediu por ciúmes

Foto: Reprodução/Orange County

O goleiro Jean, do São Paulo, foi solto na tarde desta quinta-feira nos Estados Unidos após pagamento de fiança. Segundo a versão do jogador, a briga entre ele e a esposa Milena Bemfica começou por causa de ciúmes. Milena teria se irritado ao vê-lo conversar com outra mulher ao telefone e o teria agredido primeiro, conforme consta no boletim de ocorrência feito pela polícia de Orlando, nos Estados Unidos, na quarta-feira. No entanto, após o depoimento da sua mulher e das filhas do casal, os policiais levaram Jean preso para a prisão Orange County.

O documento foi anexado pela Justiça americana ao processo em que o goleiro é acusado de violência doméstica. Jean participará de uma audiência nesta quinta-feira na qual o tribunal decidirá se permite sua soltura após pagamento de fiança.

No depoimento, Jean conta que Milena o acertou com uma chapinha de cabelo na cabeça e mordeu uma das suas coxas. Ao ser confrontado pelos policiais de como ela teria dado a mordida naquele local, não soube responder.

Na versão de Milena, que foi corroborada pelas crianças, ela foi agredida com oito socos e puxada pelos cabelos pelo marido no quarto de hotel em Orlando. O casal e as filhas estão de férias na cidade. As autoridades concluíram que ela agiu em legítima defesa.

O São Paulo já se manifestou por meio de notas e vai rescindir o contrato com o jogador. Porém, por questões trabalhistas, só poderá fazê-lo ao fim das férias do atleta.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ronaldo Barros disse:

    Goleiro Jean é solto nos EUA sem pagamento de fiança…O goleiro Jean Fernandes, do São Paulo, foi liberado, sem pagamento de fiança, na tarde desta quinta-feira 19, confirmou a VEJA o sistema prisional da Flórida, nos Estados Unidos…….ALGUÉM PRECISA CHECAR A NOTICIA

Maurício Mattar é internado após sofrer infarto em SP e passará por cateterismo

Foto: Reprodução/Instagram

O ator Maurício Mattar, 55 anos, foi internado na madrugada desta segunda-feira (16), no Hospital Estadual de Bauru (SP) após sofrer um infarto.

A informação foi confirmada pelo hospital. Segundo a nota, o músico deu entrada por volta das 3h30 da madrugada após começar a sentir fortes dores no peito. Mattar estava em Bauru cumprindo compromissos profissionais.

O estado de saúde dele é considerado estável. Ele será transferido para o Hospital das Clínicas, em Botucatu (SP), para tratamento cardiológico.

A assessoria de Mauricio Mattar disse que o músico teve um mal estar repentino, começou a ter taquicardia e foi procurar uma unidade hospitalar as pressas. “Ele fez alguns exames que constataram o início de um infarto. Mas ele estava bem lúcido, quem me contou todos esses detalhes foi ele próprio por meio de áudios”, afirmou Adriana Gonçalves, produtora do ator.

Ele passará na tarde desta segunda-feira, 16 por um cateterismo com o objetivo de entender a extensão desse infarto.

Durante a madrugada, o ator postou em suas redes sociais uma foto com uma frase em que fala sobre vida, morte e agradecimento. “Gratidão por tudo”, escreveu o ator.

A seguir, a nota do Hospital Estadual de Bauru:

“O ator Maurício Mattar Kirk de Souza, 55, deu entrada na UTI da unidade às 3h27 de 16/12/2019, por infarto, vindo da UPA Geisel. O paciente, avaliado pela equipe médica da instituição do HEB, está consciente e estável e foi transferido às 12h30 desta segunda, 16, para o Hospital das Clínicas de Botucatu da Faculdade de Medicina da Unesp para tratamento cardiológico.”

Veja

 

NOVO FÔLEGO: Após cinco anos de crise, setor do óleo e gás volta a contratar no Brasil

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Apesar do clima de decepção com a ausência das grandes petroleiras nos dois últimos leilões do pré-sal, em novembro, o mercado de trabalho no setor de óleo e gás volta a ganhar fôlego no Brasil. Depois de cinco anos encolhendo sem trégua, o porcentual de vagas abertas para cargos de média e alta gerência na área saltou 8,5% nos primeiros dez meses deste ano. Os salários ainda não se recuperam no mesmo ritmo, mas tiveram alta de 2% no ano, segundo levantamento feito pela consultoria de recrutamento internacional Michael Page a pedido do jornal O Estado de S. Paulo e do Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Depois de viver um boom de 2010 a 2013, a partir de 2014 o setor foi atingido por uma espécie de tempestade perfeita: preços do barril de petróleo em baixa; denúncias de corrupção na operação Lava Jato; a crise na Petrobras; a derrocada da OGX de Eike Batista; escassez de leilões de concessão de áreas; economia desaquecida e um freio em projetos de exploração de petróleo e gás.

A combinação desses fatores terminou com uma queda brusca de 20% nos salários em 2014, que se seguiu ao longo de 2015 (-10%) e 2016 (-5%).

Responsável na Michael Page pela área de recrutamento em óleo e gás, Otávio Granha afirma que já é possível detectar uma retomada em termos de demanda e salários em posições técnicas ligadas à fase de exploração e desenvolvimento de campos de petróleo.

“Esse crescimento não vai ser acelerado como foi na época do boom, mas vai ser mais sustentável do que foi naquela época”, diz Granha, para quem o crescimento mais acelerado virá em 2021.

A volta dos leilões de blocos promovidos pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nos últimos dois anos aqueceu a demanda por profissionais atuantes no início da cadeia petrolífera. É o caso dos cargos de geofísico e geólogo, cujos salários tiveram uma alta de 64% e 38%, respectivamente, no acumulado de janeiro a outubro de 2019.

Segundo a Michael Page, atualmente um geofísico no Brasil pode ganhar até R$ 27 mil, enquanto o salário de um geólogo tem um piso de R$ 14 mil e um teto de R$ 42 mil. Já um engenheiro de reservatório, outro cargo em curva ascendente, recebe entre R$ 12 mil e R$ 40 mil, um patamar 44% superior ao de 2018.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Davi disse:

    Era só os vermes PTralhas serem presos que a empresa começou a dar lucros …essa história que o petróleo é nosso , esse ratos ladroes levaram a sério…e roubaram oque puderam

Dois bandidos morrem após troca de tiros com a PM em Natal

Foto: Ilustrativa

Em una ocorrência ainda a ser detalhada, dois bandidos morreram e dois fugiram após uma troca de tiros com a Polícia Militar na noite dessa segunda-feira (9), no bairro Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal. De acordo com informações preliminares, os criminosos estavam em um carro modelo Up de cor branca roubado, que foi abandonado na percepção de diligências policiais. Em seguida, tomaram um outro veículo de cor branca, de um motorista por aplicativo, mas a polícia foi acionada e começou uma perseguição.

Segundo a polícia, os bandidos deram início a um tiroteio durante e acabaram batendo o veículo no muro de uma casa no bairro Felipe Camarão. Na ocasião, dois conseguiram fugir, enquanto os outros dois baleados morreram no caminho para o Hospital Walfredo Gurgel, na Zona Leste de Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Roberto Lopes disse:

    a policia tira de circulação humanos desumanos o que é seu papel muitas das vezes.
    aqueles que teem pena e ou dó de bandidos que optam pelo crime deviam ir trabalhar nos presídios como voluntários e ou adotar alguns desse anjos da morte! Parabéns o Poder público e alei da vida, ACÃO E REAÇÃO!

  2. Jesus disse:

    Que Deus conforte todas as famílias envolvidas.

    • Vitor Silva disse:

      Só gente mau caráter vibra com morte de seres humanos. Os próprios policiais não vibram com morte de ninguém não. O trabalho deles não é matar, mas se eventualmente acontece isso não é motivo de festa.

    • Jesus disse:

      Cuidado que vão te chamar de comunista, por esse pensamento cristão.

  3. Jão disse:

    Dois CPFs cancelados com sucesso!!!

  4. Mão Branca disse:

    Os policiais deveriam receber como prêmio a isenção do IPTU e IPVA. Parabéns!

  5. Anti-Político de Estimação disse:

    Parabéns aos policiais, menos dois a nos atormentar .

Repórter do Grupo Globo é demitido após filmar colega editor na redação comemorando vitória do Flamengo

Um editor de esportes da Rede Globo foi demitido nessa quarta-feira (04/12/2019), após filmar um colega de trabalho e publicar o vídeo nas redes sociais. Segundo Leo Dias, trata-se de Adalberto Neto, do jornal O Globo, que gravou o editor Márvio dos Anjos comemorando a vitória do Flamengo na final da Libertadores.

No vídeo que viralizou na internet, é possível ver o editor do jornal correndo pela redação, gritando e se jogando no chão enquanto comemorava a virada do time carioca sobre o River Plate, da Argentina. Ao fundo, Adalberto diz: “Gente, o que é isso? Isso aqui é a redação de um jornal sério”.

De acordo com Leo Dias, inúmeros internautas criticaram a postura do profissional filmado. “O jornalista tem que ser isento, a comemoração teria que ser feita fora do ambiente de trabalho. Péssimo exemplo”, disse um usuário. Outro escreveu: “Se eu faço isso no trabalho, sou demitido. Imagina se o meu trabalho fosse ser imparcial sobre o assunto”.

Mesmo com todas as críticas, a coluna do Leo Dias relatou que a Rede Globo realizou o desligamento de Adalberto Neto, jornalista que filmou e publicou o vídeo nas redes sociais. A situação da demissão ocorreu sem nenhuma justificativa, segundo o blog.

Metrópoles

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MARCELO disse:

    Oh frescura.

  2. Carlos Alberto da silva disse:

    Então tem q demitir Galvão Bueno, casa grande entre outros,Galvão Bueno quase morria antes da final

Bandido é imobilizado e preso após vítima reagir a tentativa de assalto com arma de brinquedo em Natal

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca nesta quarta-feira(04) que um homem de 23 anos que tentou assaltar um motociclista foi preso na noite dessa terça-feira (3) em Dix-Sept Rosado, Zona Oeste de Natal, após a vítima reagir e entrar em luta corporal com o suspeito. Depois de ser imobilizado, o criminoso quase foi linchado pela população.

Segundo a reportagem, o comerciante que reagiu ao assalto disse que parou em um semáforo e foi abordado pelo criminoso que queria tomar o veículo. Ao tirar o capacete, foi agredido e percebeu que a arma não era de verdade pelo peso do objeto.Na reação, não recomendada pela polícia, a vítima recebeu ajuda de outros motociclistas que ajudaram a imobilizar o suspeito até a chegada da PM.

O bandodp foi levado para a Central de Flagrantes da Zona Sul de Natal.

Reginaldo Leme deixa Globo após 41 anos e não comenta GP de Abu Dhabi

(Foto: Duda Bairros/Stock Car)

Reginaldo Leme não vai seguir nos comentários das corridas da Fórmula 1 na TV Globo. Desde 1978 na casa, o jornalista deixa a emissora antes mesmo do fim da atual temporada, tendo feito a despedida da F1 no GP do Brasil e, das transmissões, na etapa de Goiânia da Stock Car, realizada no último final de semana.

Leme enviou um e-mail em tom de agradecimento e lamentação para a redação de esportes da Globo nesta terça-feira (26) e revelou que sequer vai participar da transmissão do GP de Abu Dhabi. A informação é do site Yahoo Esportes, confirmada pelo GRANDE PRÊMIO.

O GP apurou que Reginaldo estava descontente com as mudanças de caráter trabalhista que o Grupo Globo tem aplicado a seus funcionários. O primeiro contrato do jornalista era com registro e carteira assinada (CLT); depois, foi modificado para PJ, em que o profissional emite uma nota fiscal para recebimento dos provimentos sem ter todos os benefícios; de uns tempos para cá, a emissora resolveu retornar ao regime CLT. Leme era um dos únicos que não havia aceitado a mudança.

Ao GP, Leme negou a informação e disse que ainda está em processo de negociação com a Globo. Questionado sobre a mensagem que enviou à redação, retrucou. “É mentira. Mandei esse e-mail para quem?”, tornou a dizer. Quatro fontes, da emissora e familiares ao caso, confirmaram, no entanto, a existência do correio eletrônico.

Reginaldo foi parceiro de Galvão Bueno por muitos anos e, mesmo na ausência do narrador, seguia como titular das transmissões ao lado de Luciano Burti e, na Stock Car, com Sergio Maurício e Felipe Giaffone.

A trajetória de Leme na cobertura de F1 começa ainda na década de 1970. Mais precisamente em 1972, quando cobriu um Grande Prêmio pela primeira vez, trabalhando para o ‘Estado de São Paulo’. A passagem pela TV Globo, por sua vez, começou seis anos depois, em 1978. Foi através da emissora carioca que o jornalista se consolidou como grande referência na cobertura de automobilismo no Brasil.

A chegada do narrador Galvão Bueno às transmissões de F1 da Globo, em 1981, formou uma dupla das mais icônicas. Os dois, lado a lado, cobriram títulos de Nelson Piquet e Ayrton Senna, nos anos dourados do Brasil no automobilismo mundial.

Os mais de 40 anos de envolvimento com a F1 colocaram Leme em uma posição privilegiada. O jornalista já cobriu mais de 500 GPs, sendo recentemente homenagem pela própria categoria. Reginaldo, entretanto, teve o azar de não participar da cobertura do 1000º GP, o da China de 2019, por conta de problemas de saúde.

O ‘furo’ do ‘Singapuragate’, escândalo em que Nelsinho Piquet bateu de propósito no GP de Singapura de 2008 para atender pedido da Renault, pode ser considerado o ponto alto da carreira de Leme. O jornalista foi o primeiro a divulgar que o brasileiro agiu de má fé, abrindo investigações daquele que se consolidaria como um dos maiores escândalos da história da F1.

Com a saída de Leme, a tendência é que a Globo coloque Felipe Giaffone ao lado de Luciano Burti para comentar o GP de Abu Dhabi.

Em nota, a Globo confirmou que o jornalista “não faz mais parte” de seu quadro de funcionários.

Grande Prêmio

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Andinho disse:

    O último a sair, apague a luz!!! Eita que o negócio está feio por lá, parece que sem verba pública a potência não aguenta.

  2. Zanoni disse:

    Ah ladrão! Enganou a este que vos fala, mas acordei cedo.

  3. Jucar. Pau de da em doido disse:

    Kkkkkkkkkkkkkk
    A muito pouco tempo atrás, se brigava pra entrar na platinada, agora estão pedindo pra sair, só pode ser brincadeira uma coisa dessas.
    Olhe!!
    Bem empregado, quem mandou trabalharem errado, o povo estar percebendo a putaria nas novelas e a tentativa de derrubar o presidente com menos de um ano de mandato, só pra agarrar nas tetonas, se bem que diminuíram os ataques a Bolsonaro e o governo.
    BG!!
    Nesse nosso Nordeste véi sofrido, eu ja tinha visto o caba amansador de burro brabo, touro brabo, cavalo brabo, côrno, o satanás de rabo
    Agora, amansador de TELEVISÃO, foi a primeira vez. kkkkkkkkkk
    Ou seja o presidente Jair Bolsonaro é diferente papai.
    É um MITO sem dúvida nenhuma. É ou não é moçada??
    Kkkk

Trabalhador é morto por engano na Grande Natal após ser confundido por criminosos

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN destaca nesta quarta-feira(27) a morte de um homem de 30 anos na comunidade Olhos D’água do Carrilho, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, na noite dessa terça-feira (26). De acordo com a reportagem, a família acredita que ele pode ter sido confundido pelos criminosos e morto por engano. Na ocasião, conta a Polícia Militar, três homens armados deixaram um veículo longe do local do crime para procurar duas pessoas, teriam passado por Ronilson Barbosa de Lima,  e confundido a vítima com um dos homens procurados.

A esposa de Ronilson confirmou a versão da PM e relatou que ele não sofria ameaças. A vítima trabalhava em uma empresa de jardinagem no bairro Ponta Negra, Zona Sul de Natal. O emprego era a única fonte de renda da família. Ele deixa a mulher e dois filhos. Matéria completa aqui.

 

CCJ da Câmara aprova relatório favorável à proposta que permite a prisão após condenação em segunda instância

Foto: Ilustrativa

A CCJ da Câmara acaba de aprovar, por 50 votos a 12, relatório favorável à proposta que permite a prisão após condenação em segunda instância.

Agora o texto segue para a comissão especial, antes de ser encaminhado ao plenário.

A CCJ analisou um parecer complementar apresentado pela deputada Caroline de Toni, do PSL de Santa Catarina.

Ela se manifestou de forma favorável a uma PEC que altera os artigos 102 e 105 da Constituição, acabando com o chamado recurso extraordinário, apresentado ao STF, e também com o recurso especial, ao STJ.

Veja mais: “Essa é uma vitória do povo brasileiro”, diz relatora da PEC da 2ª instância

Na prática, isso faria com que o réu só pudesse recorrer da sentença até a segunda instância — depois dessa etapa, a prisão já poderia ocorrer.

A proposta foi apresentada inicialmente pelo deputado Alex Manente, do Cidadania de São Paulo.

“Reconheço que a PEC 199/2019 apresenta solução ainda mais assertiva que as demais, porque a um só tempo inibe a interposição de recursos meramente protelatórios e desafoga a carga de trabalho da suprema corte”, destacou a relatora.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manoel disse:

    Quem será que votou contrário a prisão em segunda instância pra proteger os corruptos?

No Senado, relatora apresenta parecer para permitir prisão após condenação em 2ª instância

Senadores reunidos durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) nesta quarta-feira (20) — Foto: Pedro França/Agência Senado

A senadora Juíza Selma (Podemos-MT), relatora do projeto de lei que altera o Código de Processo Penal (CPP) para permitir a prisão após condenação em segunda instância, leu nesta quarta-feira (20) seu relatório favorável na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado (veja no vídeo abaixo).

Apesar da leitura do relatório, o projeto não será votado nesta quarta devido a um pedido de vista coletiva dos senadores Humberto Costa (PT-PE) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE), acolhido pela presidente do colegiado, senadora Simone Tebet (MDB-MS).

O colegiado também aprovou um requerimento para fazer uma audiência pública antes que o projeto seja votado. Entre a sugestão de nomes para compor a discussão, está o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. A previsão é que o debate aconteça na próxima terça-feira (26) no colegiado, com a votação do projeto no dia seguinte.

No último dia 7, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu derrubar a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, alterando um entendimento adotado desde 2016.

A maioria dos ministros entendeu que a prisão de uma pessoa condenada só pode ser decretada após o trânsito em julgado, isto é, quando se esgotarem as possibilidades de recurso a todas as instâncias da Justiça.

Projeto de lei

O texto em discussão na CCJ é um substitutivo ao projeto de lei apresentado pelo senador Lasier Martins (Podemos-RS) no ano passado. A proposta foi elaborada após articulação entre alguns senadores e o ministro Sergio Moro. O projeto altera artigos do CPP.

Atualmente, o CPP indica que “ninguém poderá ser preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente, em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado ou, no curso da investigação ou do processo, em virtude de prisão temporária ou prisão preventiva”.

Na versão apresentada no colegiado, a prisão poderia acontecer “em decorrência de condenação criminal exarada por órgão colegiado”. Na prática, isso garante a prisão após condenação em segunda instância.

Pelo texto, ao determinar a condenação, o tribunal determinará a execução provisória das penas. Recursos extraordinários e especiais não terão efeito suspensivo, isto é, não anulam a prisão.

Além disso, o projeto permite que o tribunal de segunda instância “excepcionalmente” deixe de autorizar a prisão “se houver questão constitucional ou legal relevante, cuja resolução por Tribunal Superior possa levar à provável revisão da condenação”. Isso significa que o tribunal precisa fundamentar os argumentos para a não execução da pena.

O projeto prevê, ainda, que o Supremo Tribunal Federal (STF) ou o Superior Tribunal de Justiça (STJ) possam atribuir efeito suspensivo ao recurso, também “excepcionalmente”, se forem verificadas as duas hipóteses, cumulativamente:

O recurso não tem propósito meramente protelatório

O recurso levanta questão constitucional ou legal relevante, com repercussão geral, e que pode resultar em absolvição, anulação da condenação, substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos ou alteração do regime de cumprimento da pena para o aberto

O texto tem caráter terminativo, o que significa que, se aprovado, ele poderia seguir diretamente para a Câmara dos Deputados.

Segundo a presidente da CCJ, senadora Simone Tebet (MDB-MS), porém, há um acordo para que seja apresentado requerimento para o projeto ser levado ao plenário da Casa. “Para que uma matéria como essa todos os senadores pudessem e possam se pronunciar”, disse.

Outros projetos

Inicialmente, o colegiado iria analisar nesta quarta-feira uma proposta de emenda à Constituição (PEC) de autoria do senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR). Porém, havia um receio de que uma eventual emenda constitucional esbarrasse em cláusula pétrea – isto é, que não poderia ser alterada por se tratar de “direitos e garantias individuais”.

Além disso, alterações na Constituição têm um caminho mais demorado no Congresso. Precisam ser aprovadas em dois turnos, nas duas Casas, por três quintos dos parlamentares – ou seja, 49 senadores e 308 deputados.

Na avaliação dos senadores, um projeto de lei passaria com mais facilidade, já que depende de maioria simples de votos. Por isso, durante o acordo costurado nesta terça-feira, ficou decidido que a PEC seria retirada de pauta da CCJ.

Paralelamente, a Câmara dos Deputados também discutirá propostas de emenda à Constituição sobre o tema nesta quarta-feira. Para Tebet, porém, não há disputa por protagonismo sobre o tema entre as duas Casas.

“Por parte do Senado, há um compromisso do senador Davi Alcolumbre [presidente da Casa], aliás o aval foi dele, o pedido foi dele para que se construísse um texto, para que nós possamos entregar ainda neste ano, ainda neste mês, a aprovação ou não, a votação deste projeto pelo plenário para ser encaminhado à Câmara dos Deputados”, afirmou a senadora.

G1

 

Após ter carro roubado, Maria do Rosário lamenta ‘situações como essa’

Foto: Divulgação

A deputada petista Maria do Rosário, que teve o carro roubado hoje no centro de Porto Alegre, como registramos há pouco aqui, divulgou uma nota confirmando o episódio e fazendo o seguinte comentário:

“É lamentável que situações como essa sejam vivenciadas todos os dias por brasileiras e brasileiros. Num momento como esse mais uma vez nos solidarizamos com todas e todos que são vítimas de violência com perdas maiores ainda, como a vida.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alexandre disse:

    Seu carro senhora ptralha canalha, não foi roubado foi socializado com as vítimas da sociedade q o seu partido das trevas e puxadinhos criaram devido a grande corrupção orquestrada pelo chefe de vocês, o luladrao ptralha vagabundo.

  2. CURITIBA JA disse:

    Quando o ladrão descobrir de quem e o dono do carro ele devolvera logo logo, por trata-se de uma defensora ferrenha dos excluidos da sociedade , os coitadinhos

  3. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Essa mulher só não é mais ridícula do que o próprio partido dela.
    Pessoa dissimulada.

  4. Carlos disse:

    a madrinha dos bandidos que chamam eles de vítima da sociedade provou do mesmo ferrão que nós pobres mortais provamos todos os dias. parabéns deputada a sra. agora ta passando pelo o que nós pobres passamos todos os dias e ainda vem um certo alguém falar que eles são vítimas da sociedade seja bem vinda ao outro lado !!

  5. Flauberto Wagner disse:

    Ela foi vítima de quem tanto ela defende e que diz aos quatros ventos que os bichinhos são vítimas da sociedade.
    Espero que ela não sai dizendo por aí que foi a mando do presidente o afano de seu carro.

  6. Francisco disse:

    Kkkkkkk, quem com ferro fere, com ferro será ferida. Tome vagabunda

  7. Lucio disse:

    Kkkkkkk vai defender……

  8. SERGIO CRUZ disse:

    QUE PENA QUE O CARRO NÃO FOI ROUBADO COM ELA DENTRO, E DESAPARECIDO PARA SEMPRE KKKKKKK SERIA UM FAVOR PARA TODOS OS BRASILEIROS. GARANTO QUE A SEGURADORA NÃO IRIA NEM INVESTIGAR O ROUBO.

  9. joão dantas disse:

    leva pra casa rs

    • sergio cruz disse:

      bem que o ladrão poderia ter roubado o carro com ela dentro né????? e desaparecido para sempre, seria um favor para todos os Brasileiros kkkkkkk

    • Antônio disse:

      Sérgio, pensei igual a vc. Rsrsrsrs…

  10. Antonio Turci disse:

    Que é isso dona maria. Reclamando de ladrão? A senhora enlouqueceu? Localize-o e adote a pobre vítima da sociedade. Ou a senhora mudou??

  11. Marcelo disse:

    Quem fez isso, na ideologia de Dona Maria do Rosário, é uma vítima da sociedade, a menos que ela esteja pensando diferente agora. 😂😂"Boa dos outros é refresco " hipócrita.