Como superar o término de relacionamento? Estudo diz que solução é fazer sexo com o ex

shutterstock

Existe uma fórmula para superar o término de um relacionamento? Apesar de cada pessoa viver a fossa da sua própria maneira, um estudo realizado pela Universidade Estadual de Wayne, nos Estados Unidos, dá uma dica: fazer sexo com o seu ex.

Pode até parecer um conselho estranho, mas a pesquisa, publicada no periódico “Archives of Sexual Behavior” , afirma que existe uma razão para isso. Os resultados mostraram que quem procurou se relacionar de novo com o ex usou o sexo não só para “matar a saudade”, também como uma forma de conseguir se reaproximar e criar conexão.

Essa relação despertou sentimentos positivos no cotidiano dessas pessoas, principalmente comparando-as àquelas que não transaram com o ex depois do término . Outra observação foi que não houve diferença emocional entre quem procurou o antigo parceiro e quem manteve distância. Na realidade, todos estavam igualmente apegados.

O estudo foi dividido em duas partes. A primeira fez um acompanhamento de 113 pessoas que estavam tentando transar com o ex no período de um mês, no qual a maioria das tentativas foram bem-sucedidas. Já a segunda foi uma entrevista com 459 pessoas que fizeram sexo com o ex, na qual foi perguntado se a decisão tornou o término mais difícil.

Segundo a pesquisadora responsável, Stephanie Spielmann, as descobertas mostram que há uma necessidade de compreender melhor os términos e o impacto que o fim do relacionamento pode ter na saúde mental de alguém.

IG

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. toni disse:

    e isso mesmo carlos quem sabe vendo o video de uma gata muito gostosa toda nua puta merda e uma boa sacoooooo!!!!!!!

  2. Bruno disse:

    Nos dias de hoje, num é preciso terminar para fazer sexo com o ex…
    Vivemos numa sodoma e gomorra faz tempo!

Agressor no RN deverá pagar indenização de R$ 20 mil após ameaçar e divulgar fotos íntimas de ex

Foto: Ilustrativa

Após agredir, ameaçar e divulgar fotos íntimas da vítima com a qual mantinha um relacionamento, um homem foi condenado pela 1ª Vara de Currais Novos a três anos e um mês de reclusão em regime aberto e deverá pagar a quantia de R$ 20 mil em razão dos danos morais a ela causados. A sentença é do juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior. O processo corre em segredo de Justiça.

Veja decisão judicial aqui no Justiça Potiguar.

Pesquisa diz que 88% das pessoas usam o Facebook para espiar vida do ex

O amor pode ter até acabado, mas tem muita gente usando o Facebook para espionar a vida de ex-namorados. Uma pesquisa feita pela Universidade de Western Ontario, no Canadá, aponta que 88% das pessoas continuam de olho no que seus ex-parceiros andam fazendo, através da rede social. A pesquisa também mostra que 74% das pessoas usam o Facebook para pesquisar sobre os interesses do ex em um possível novo amor.

Para evitar a supervisão, a maioria das pessoas terminam a amizade no Facebook depois de terminar o namoro. Segundo o estudo, apenas 48% dos casais optam por continuar amigos no Facebook, com permisão para ver atualizações e fotos. Ainda assim, 70% das pessoas usam amigos em comum para matar a curiosidade sem que o ex saiba.

Fonte: O Globo

Ex enfurecida vai presa após atacar e morder a genitália do ex-marido

A americana Tiffany Ronita McGregory, de 29 anos, foi presa no Condado de Jefferson, no estado de Alabama (EUA), depois que atacou e mordeu a genitália de seu ex-marido, segundo reportagem da emissora de TV “NBC”.

O incidente aconteceu no último sábado (2). De acordo com a polícia, Tiffany entrou na casa de seu ex-marido através de uma porta do porão e o atacou enquanto ele dormia com sua atual namorada.

A mulher também feriu o ex-marido nas costas e no braço com uma tesoura. Tiffany foi acusada de violência doméstica e agressão. Ela deixou a cadeia após pagar uma fiança de US$ 45 mil.

Fonte: G1