Polícia

Blogueira é presa em MG por suspeita de vender cosméticos falsificados para todo país

Blogueira é presa na Grande BH por suspeita de vender cosméticos falsificados para todo país — Foto: Polícia Civil/Divulgação/ Foto: Reprodução/Redes sociais

Quatro pessoas de uma família foram presas em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, por suspeita de falsificar cosméticos e vender os produtos adulterados para todo o Brasil. Segundo a Polícia Civil, a principal suspeita, uma blogueira com milhares de seguidores nas redes sociais, passava-se por estudante de biomedicina e dizia ter criado métodos exclusivos, principalmente para tratamento de melasmas.

Só em um dos perfis, Rafaela Braga é seguida por cerca de 70 mil pessoas. De acordo com a delegada Andrea Pochmann, a jovem, o pai, a mãe e o marido foram detidos em flagrante na semana passada durante cumprimento de mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos suspeitos.

“É uma menina, de 21 anos, muito bonita e chamava a atenção pela questão luxuosa, pela ostentação. Ela viaja, tirava fotos, já estava com um carro de luxo e já estava residindo em uma casa também luxuosa em um condomínio de Contagem de alto padrão”, afirmou a delegada.

O esquema passou a ser investigado há cerca de 1 mês e, de acordo com a polícia, além de consumidores, empresas estão entre as vítimas. O nome dos presos não foi divulgado pela polícia.

Segundo a polícia, a jovem era dona de uma clínica de estética na cidade da Região Metropolitana. As investigações apontam que os produtos falsificados eram vendidos no estabelecimento, pela internet e também durante cursos que a suspeita ministrava de forma presencial e online.

Pelas aulas, a jovem chegava a cobrar até de R$ 5 mil. Já os kits de produtos eram vendidos por cerca de R$ 1,5 mil.

Falsificação

De acordo com a delegada, a blogueira, que atuava no ramo de estética desde os 15 anos, e os familiares agiam de várias formas na falsificação dos produtos. Em um dos endereços em que polícia esteve na semana passada, foi encontrado um laboratório clandestino.

Segundo Andrea, a jovem chegou a ter uma linha de cosméticos licenciada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas até mesmo esses produtos seriam alvo de adulteração.

“Ela tinha diversos métodos de falsificação. Ela adulterava, em si, o produto, colocando no produto original o rótulo dela e colocando outro cosmético lá dentro. Como ela também pegava o produto original de uma outra empresa e colocava somente o rótulo dela”, disse a delegada.

Segundo Andrea, há inclusive produtos adicionados aos cosméticos originais que ainda são desconhecidos da polícia. O material foi encaminhado para a vigilância sanitária, mas, de acordo com a polícia, há relatos de vítimas que sofreram danos com o uso dos cosméticos, como queimaduras no rosto.

Ainda conforme a delegada, para divulgar os métodos de tratamento, a blogueira postava fotos de antes depois das pessoas, mas há informações de que, muitas vezes, ela teria usado programas de edição de imagem.

Durante as investigações, segundo Andrea, a jovem negou as suspeitas e disse que tinha todas as autorizações. Após a prisão, os detidos ficaram em silêncio.

G1

 

 

Opinião dos leitores

  1. OU PAÍS para ter LADRÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO. ENRAIZOU e ninguém acaba mais essa RAÇA.

  2. Quem é a blogueira, qual é o produto, qual é a empresa???
    Como se proteger e parar de usar um produto que faz mal a saúde, sem saber do que se trata?

    1. Rico nesse país não tem nome nem sobrenome quando é flagrado com a mão no roubo,Sr. Luís. Se fosse pobre tinha até o fator RH exposto.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem e uma travesti são presos no interior do RN suspeitos de estupro contra bebê de 4 meses; ato foi postado em vídeo em redes sociais

O G1-RN destaca nesta quinta-feira(08) que a Polícia Militar prendeu e levou à delegacia um homem e uma travesti suspeitos de estupro contra um bebê de 4 meses no interior do Rio Grande do Norte. Um adolescente, que é irmão da vítima e teria participado do crime também se apresentou à Polícia Civil no final desta manhã desta quinta-feira (8). Um vídeo do crime foi postado pelos próprios envolvidos nas redes sociais.

Segundo o sargento Francisco Marinho, da Polícia Militar, o estupro de vulnerável aconteceu na tarde desta quarta-feira (7) em Canguaretama, no Litoral Sul, foi filmado por um dos envolvidos e compartilhado nas redes sociais. Nas imagens, o adolescente e outro jovem aparecem “manipulando” o órgão sexual do bebê, como em um ato de masturbação, em cima de uma cama – o terceiro envolvido filmava a cena.

Segundo a Polícia Civil, ao final das investigações, os suspeitos poderão responder por estupro de vulnerável e produção imagens contendo pornografia infantil.

Mais detalhes AQUI em texto na íntegra.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mulher que matou companheira em João Pessoa é suspeita de ter assassinado duas pessoas no RN, noticia imprensa na PB

Foto: Reprodução/TV Correio

A mulher que matou a companheira em um apartamento no bairro de Gramame, na Zona Sul de João Pessoa, no dia 20 de março , pode ter cometido outros dois assassinatos no Rio Grande do Norte. A apuração é resultado do trabalho de investigação da Polícia Civil da Paraíba, divulgado nesta segunda-feira (29). O inquérito do crime em João Pessoa foi concluído. Além do homicídio, ela tentou matar por envenenamento o sobrinho e a mãe da vítima.

De acordo com as investigações, a mulher teria matado, em 2011, José Edilson dos Santos, depois de dopar a vítima e deixar o corpo queimado dentro de um carro. Ela pode ter recebido a ajuda de outro homem. Em razão desse crime, foi expedido mandado pela Comarca de Santo Antônio, no Rio Grande do Norte.

Em 2014, na cidade de Natal (RN), ela teria matado esse comparsa, provavelmente envenenado, segundo informações colhidas junto à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. Quem explica é a delegada da Paraíba, Emília Ferraz.

“Os crimes cometidos não param por aí. Em 2021, em João Pessoa (PB), ela matou Gilmara Santos da Costa e atentou contra as vidas de duas pessoas fazendo uso de tranquilizante e carrapaticida”, concluiu a delegada, da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (DCCPES) de João Pessoa.

A mulher foi presa em Campina Grande, dois dias após o crime. Segundo a Polícia Civil, a suspeita estava escondida no bairro Vila Cabral.

Portal Correio

https://portalcorreio.com.br/mulher-que-matou-companheira-em-joao-pessoa-e-suspeita-de-ter-assassinado-duas-pessoas-no-rn/

Opinião dos leitores

  1. Ai é o cão em figura de gente, pena de morte para essa ai seria pouco. Lembrando que ela ainda vai matar na cadeia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

MPRJ denuncia e pede que técnica de enfermagem indiciada por falsa vacinação em Niterói seja presa

Rozemary Gomes Pita, de 42 anos, técnica de enfermagem investigada por usar seringa vazia — Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou e pediu à Justiça a prisão preventiva – por tempo indeterminado – da técnica de enfermagem, Rozemary Gomes Pita, de 42 anos, indiciada pela polícia por peculato e crime contra a saúde pública.

No dia 12 deste mês, a profissional não aplicou a vacina CoronaVac em um idoso em Niterói, na Região Metropolitana. Em depoimento à Polícia Civil, ela alegou que estava “extremamente cansada e estressada”.

Para justificar a necessidade da prisão preventiva, o MP afirma que, “tratando-se de uma profissional de saúde, sua liberdade traz riscos para a ordem pública, sendo a custódia cautelar preventiva solicitada a medida necessária para a prevenção do crime narrado”.

A 2ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Territorial do núcleo de Niterói afirma que os crimes cometidos Rozemary são dolosos (intencionais), e o caso de peculato (apropriação ou desvio de um bem público por servidor) prevê prisão por mais de quatro anos.

A técnica também foi denunciada por não cumprir determinação do poder público para impedir propagação de doença contagiosa.

A denúncia foi apresentada à Justiça na sexta-feira (19). O G1 tenta entrar em contato com a defesa da técnica de enfermagem.

Demissão

Após a conclusão do inquérito, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que a profissional de saúde “foi desligada do quadro de funcionários do órgão”.

O delegado titular da 76ª Delegacia, Luiz Henrique Marques Pereira, afirmou ao G1 que o inquérito já foi finalizado e encaminhado à Justiça. Ele decidiu indiciar a técnica de enfermagem pelo crime de peculato na modalidade de desvio e pelo crime contra a saúde pública, artigo 268 do Código Penal.

“Ela disse que não sabia explicar por que fez aquilo, que em 10 anos de profissão ela nunca tinha cometido tal deslize e não conseguiu explicar as razões de não ter aplicado o êmbolo. Inicialmente, ela alegou que estava estressada e extremamente cansada. Mas é muito difícil explicar o inexplicável”, disse o delegado.

O crime de peculato pode chegar até 12 anos de prisão, segundo a polícia.

Imagens registraram falsa vacinação

Rozemary aparece em um vídeo no posto drive-thru do bairro do Gragoatá fazendo a imunização da população. As imagens foram gravadas pela família do idoso e compartilhada em redes sociais.

Segundo o delegado, a gravação foi fundamental para a conclusão do caso. Após a ocorrência, o idoso foi procurado pelas autoridades de saúde e imunizado.

“Fica claro que ela não aperta o êmbolo, fica claro que ela não estava estressada. E mais, quando questionada se apertou a seringa de forma correta, ela responde de forma irônica. O que demonstra que ela tinha plena consciência do que estava fazendo.”

A funcionária já tinha sido afastada das funções assim que o caso foi divulgado. A secretaria reforçou a orientação dos protocolos de aplicação da vacina com os funcionários e supervisores dos pontos de vacinação.

O Conselho Regional de Enfermagem do Rio (Coren-RJ) recebeu a denúncia contra a profissional e abriu um procedimento para “averiguar se houve ocorrência de negligência, imperícia ou imprudência, e irregular conduta ética”.

Ainda de acordo com o conselho, a técnica e a enfermeira responsável serão convocadas, para prestar depoimento à Comissão de Ética do órgão. Segundo o Coren, ela pode ser punida com a suspensão ou a cassação do registro profissional.

O G1 fez contato com a funcionária, mas ainda não recebeu retorno.

Falsa aplicação em Copacabana

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS) afastou nesta quinta-feira (18) uma técnica de enfermagem que teria deixado de aplicar a vacina contra a Covid-19 em uma idosa de 85 anos, no Centro Municipal de Saúde João Barros Barreto, em Copacabana, na Zona Sul. O caso aconteceu no dia 27 de janeiro.

Segundo informações da família do idosa, no momento da vacinação, a seringa estava vazia ou com uma quantidade mínima do imunizante. O caso está sendo investigado pela 12ª DP (Copacabana). Segundo a Polícia Civil, a profissional de saúde já foi identificada e prestará depoimento.

Outros casos no país são investigados

Além do caso registrado em Niterói, outros ocorreram em: Goiânia, Maceió, Rio de Janeiro e São Paulo. O Jornal Nacional mostrou denúncias na terça-feira (16) sobre aplicação incorreta da vacina contra Covid. Os conselhos de enfermagem, o Ministério Público e a polícia estão investigando os profissionais de saúde envolvidos.

As autoridades de saúde consideram as vacinas fake fatos isolados, mas já viraram caso de polícia. Vídeos que registram a hora da vacinação servem de prova das irregularidades para a investigação.

G1

Opinião dos leitores

  1. A mais pura verdade Sra. Luciana Morais Gama, quem trabalha na saúde sabe dessa verdade. Concordo com vc em gênero, número e grau, vivemos num país de piadas constantes e pior, a justiça só funciona para os desvalidos.

  2. Os ESQUERDOPATAS são de um fanatismo lamentável, para eles quem está matando não é o virús que veio da China Comunista, tampouco a falta de hospitais que deixaram de ser construído para a realização de Copa do Mundo e Olimpíadas.
    Culpam o atual governante sem enxergar que todos países estão sofrendo com a doença, muitos inclusive estão piores do que o Brasil.

    1. Né isso! APESAR de termos um presidente inepto e negacionista, AINDA não estamos entre os piores países no índice de mortes por milhão de habitantes pois nossa população eh predominantemente jovem, bem diferente da população europeia, por exemplo. Mas ainda bem que só os esquerdopatas são cegos… Já os bolsopetistas não são cegos, só usam viseira pra só enxergarem à frente … Muuu

  3. O desejo frenético de aparecer nos holofotes da mídia crua todo tipo de "maluco". Esta aí está tendo seus momentos de "glória".

  4. Por enganar um idoso com falsa vacina, o MP pediu a prisão dessa técnica, imagine o miliciano que enganou 57 milhões de bovinos e o negacionismo dele já matou 246 mil pessoas.

  5. Essa técnica de enfermagem tá errada, deve ser punida, porém Lula matou muita gente nos corredores dos hospitais e tá solto até hoje.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Dupla é presa em flagrante em Natal ao tentar roubar peças de picanha em supermercado

Dois homens foram presos em flagrante nessa quarta-feira (3), depois de tentarem roubar 7 peças de picanha, avaliadas em R$ 870,00, em um supermercado em Cidade da Esperança,  na Zona Oeste de Natal. De acordo com a polícia, a dupla foi abordada no estacionamento pelos seguranças do estabelecimento quando tentava sair com as carnes.

Segundo a polícia, os seguranças do supermercado contaram que suspeitaram dos dois homens e começaram a segui-los pelas câmeras de monitoramento. Na ocasião, um deles colocou 7 peças de picanha (cada uma delas de cerca de 2 kg) dentro de uma carrinho do supermercado. Em seguida eles esconderam as peças dentro de uma mochila nas costas. Toda ação foi vista pelas câmeras.

Os dois homens foram encaminhados para a central de flagrantes na Zona Sul e ficaram presos. Segundo informações da Polícia Civil, um deles já tinha passagens pelo sistema prisional por assalto e tráfico de drogas. As carnes foram apreendidas e devolvidas para o supermercado.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Mulher é presa após destruir celulares em loja de shopping em SP

Uma mulher foi presa, na noite da última quinta-feira (14), após destruir vários aparelhos eletrônicos no Shopping Penha, na zona leste da cidade de São Paulo. A Record TV recebeu o vídeo que mostra a suspeita destruindo telefones celulares, tablets, vitrine e até o balcão de atendimento onde estavam o computador e telefones.

As imagens mostram a mulher dando golpes com o extintor em tudo o que vê pela frente. Os funcionários da loja saem para o corredor do shopping e assistem incrédulos ao ataque de fúria.

A mulher grita, diz ter câncer em estágio terminal e que é a terceira vez que comparece à loja para pegar um celular. Mesmo com a chegada de um segurança do shopping e um outro homem, que tentam acalmá-la, ela prossegue: “Vocês não vão me pagar? Não vão me pagar?”, grita a mulher até cair no canto da loja e ser cercada pelos seguranças.

Em novembro do ano passado, a mesma mulher esteve no shopping da Penha e provocou uma confusão parecida, quando estava no estacionamento e quebrou cancelas, totens e luminárias. Ela saiu do shopping antes da chegada da polícia.

O programa Balanço Geral, em novembro do ano passado, localizou a mulher. Na época, ela disse que teve o ataque de fúria porque não conseguia ser ressarcida por um problema que teve no aparelho de celular. Desta vez, ao destruir a loja, a mulher foi presa e levada para o 10º distrito policial.

R7

Opinião dos leitores

  1. Consumidor depois de tanto desrespeito resolveu agir. Se começa essa 'moda' os comerciantes e prestadores de serviços começarão a agir de forma menos desleal e abusiva.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia prende dupla após assaltos na lateral do Midway, em Natal

Foto: Cedida

Uma dupla não identificada foi presa na manhã desta quinta-feira(14) após assaltos na lateral do shopping Midway, em Natal. Sobre a ocorrência, até a publicação deste post, não se tem mais outros detalhes.

Opinião dos leitores

  1. investir em presídios ou delegacias faveladas é muito mais caro que investir nos Hospitais e Postos de Saúde.

    1. A dupla ESTAVA, não é estavam, titia. A dupla é singular. Faça um cursinho de alfabetização e pare de tomar ozônio.

    2. procurando ganhar dinheiro, n conseguiram uma vaga p trabalhar comentando na net a favor da familia do bozo

    3. o correto é: o que essas duplas de ptistas…………………. (as outras fugiram).

    4. o sine diariamente oferece um monte de vaga de emprego, o problema e que essa turma não quer suar a camisa para ganhar.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mulher é esfaqueada em frente a UPA e morre na Zona Norte de Natal; suspeita é presa

Caso aconteceu na noite desse domingo (13) na UPA Pajuçara, na Zona Norte de Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca em reportagem na manhã desta segunda-feira(14) que uma mulher de 28 anos foi esfaqueada no peito e morreu dentro da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Pajuçara, Zona Norte de Natal, na noite deste domingo (13). De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu em frente à unidade de saúde e teria sido motivado por ciúmes. Outra mulher, também de 28 anos, foi presa como suspeita do crime. Matéria completa AQUI.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Filha caçula do cantor Belo é presa acusada de golpe milionário

A filha do cantor Belo, a estudante de odontologia Isadora Alkimin, de 21 anos, foi presa nesta quarta-feira (11), acusada de participar de uma quadrilha de golpes eletrônicos.

Isabela foi presa no Rio, em flagrante, por agentes da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) no Rio.

A estudante, que é a caçula do pagodeiro, está sendo acusada de participar de uma organização criminosa junto com mais 15 pessoas. A quadrilha fazia com que as vítimas repassassem dados bancários e entregassem cartões de crédito a motoboys. A polícia vinha recebendo denúncias do golpe há meses.

Na operação policial que prendeu Isabela e outras pessoas, foram apreendidos máquinas de cartão, notebooks, cartões de crédito, celulares, entre outros objetos. A investigação apontou que as mulheres têm ligação com traficantes de uma facção no Rio.

Os policiais estimam que a organização criminosa conseguia lucrar de R$ 600 mil a R$ 1 milhão por mês.

A prisão da quadrilha, na manhã desta quarta, na Barra da Tijuca, foi feita em flagrante depois de uma denúncia anônima. Isadora teve celular e computadores apreendidos.

Belo teria ficado arrasado com a notícia. Além da pensão, o cantor paga a faculdade da jovem e tem contato semanal com ela. Segundo fontes, a jovem é a ‘queridinha’ do papai, por ser muito carinhosa e a caçula de quatro filhos.

O cantor já estaria providenciando ajuda jurídica para a filha.

Casado com Gracyanne Barbosa, Belo é pai de Arthur, de 27 anos, Paula Cristina, de 25, e Ingrid, de 23. Ele ainda tem uma neta, Hanny.

Procurado pelo KTV, o cantor ainda não se manifestou sobre o assunto.

Keila Jimenez – R7

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

DENUNCIADA POR AGLOMERAÇÃO – (VÍDEO): Bailarina do Faustão é presa durante festa em Santa Catarina

Foto: Reprodução/Instagram

Natacha Horana, bailarina do Domingão do Faustão, foi presa na madrugada desta segunda-feira (20) durante uma festa que organizou em um apartamento alugado na cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Segundo a assessoria de imprensa de Natacha, guardas municipais invadiram o apartamento juntamente com fiscais, sem autorização prévia. O porta-voz também informou ao R7 que a dançarina teria sido denunciada “por aglomeração” na pandemia, já que o condomínio não permite reuniões no local.

No momento da chegada dos agentes, a bailarina estaria sozinha no próprio quarto e não teria achado necessário abrir a porta do cômodo, ainda de acordo com a assessoria dela. Os guardas teriam decidido arrombar a porta do quarto onde a modelo estava.

Em vídeo enviado pela assessoria, é possível ver a abordagem da polícia na hora da prisão.

Natacha foi levada para a delegacia e, segundo o porta-voz da bailarina, ela teria assinado um termo que a permitia retornar para a casa. A dançarina estaria muito abalada com a situação.

A defesa de Natacha também alegou que ela “não teria cometido nenhum crime, pois sequer estava reunida com as demais pessoas presentes no local” e considerou “inadimissível” a postura dos agentes.

“Não havia situação de flagrante delito que justificasse a invasão do apartamento, bem como detiveram Natacha à força sob fundamentos ilegais, além dos guardas usurparem a função da Polícia Militar, estabelecida na Constituição Federal”, informou a nota oficial.

A assessoria de imprensa garantiu que a bailarina não agrediu nenhum dos guardas verbal ou fisicamente.

A equipe do R7 tentou contato direto com a assessoria de imprensa de Natacha para esclarecer a razão da denúncia que a modelo recebeu.

R7

 

Opinião dos leitores

  1. Só acho o seguinte se tá certo ou errado , não sei, agora quando tiverem doente com covid-19 , continue na festa e não ocupe a Samu pra ir pro hospital ocupar leito de quem tava trabalho e ficou doente, pronto falei bando de desocupado, o povo agora tá esquecendo da doença depois fica doente e pedindo desculpa com a cara mais cinica.

  2. ABSURDO ! Onde chegamos.
    Totalmente desproporcional a atitude desses guardas municipais. Quero ver fazer isso na casa de um ministro do supremo ou de qualquer outra autoridade do MP !

  3. Sem mandado judicial, cometeram CRIME! Processo no Estado. Incompetentes e despreparados intelectuais!

    1. Amigo, a constituição prevê em caso de flagrante delito…
      Se houver alguém matando outra pessoa qualquer um pode arrombar a casa.
      A moça dando festinha em casa.

    2. Leia a constituição e as Súmulas do STF amigo.

      Valeu Raimundo. Isso ae.

    3. Acontece que desobedecer a decreto não é crime, pode ser no máximo infração administrativa até pq em matéria penal só quem legisla é a União. Logo a invasão dos guardas foi ilegal, agiram com abuso de poder.

  4. Se fosse o apto de um promotor ou desembargador será que teriam invadido e o levado à delegacia? Não precisa explicar eu só queria entender!!

    1. Não entendi uma funcionária da Globo fazendo festinha em apartamento…

    2. Dançarina do Faustão com assessoria e porta voz. Vai vendo!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Secretária de Saúde do Amazonas é presa em operação da PF

Coronavírus: o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), inaugura o hospital de campanha Nilton Lins, em Manaus. Foto: Divulgação/Secom-AM

A secretaria de Saúde do Amazonas, Simone Papaiz, foi presa na operação da Polícia Federal desta terça-feira (30) que investiga desvios na compra de respiradores no estado.

De acordo com fontes da Polícia Federal, trata-se de um dos 8 mandados de prisão que estão sendo cumpridos. A prisão é temporária, ou seja, em um primeiro momento deve durar 5 dias.

O governo de Wilson Lima (PSC) vem se defendendo das acusações. No início do mês, a secretária defendeu a regularidade da compra dos respiradores e rechaçou chances de prisão.

“Não há possibilidade de ninguém ser processado. O administrativo de aquisição aconteceu como é previsto em lei. A secretaria do estado abriu o processo de aquisição dos equipamentos baseados em questões técnicas e o quantitativo não foi absurdo. Então não temos nenhuma possibilidade de prisão, de forma alguma”, afirmou Simone Papaiz na ocasião.

Outros funcionários e ex-funcionários de governo também foram alvos, além de empresários.

A suspeita de desvio é investigada em uma CPI na Assembleia Legislativa do Amazonas. No início da pandemia, o governador do estado chegou a responder a um pedido de impeachment por suposto mau uso de recursos públicos e gestão. Esse caso foi arquivado. Há um segundo pedido em curso, diante das investigações envolvendo a compra de respiradores.

“Não tenho dúvida que dá gás ao processo de impeachment. A cúpula de saúde era da confiança do vice governador (Carlos Almeida). Era impossível o governo não saber. Havia uma quadrilha montada na secretaria de saúde para lesar o contribuinte em plena calamidade pública”, afirmou o líder da oposição no Amazonas, Wilker Barreto (Podemos), à CNN.

Wilson Lima não estava no Amazonas no momento da operação. Ele está em Brasília.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Bombeiros resgatam cadela presa em telhado de casa no Alecrim

Foto: CBM/ASSECOM

Uma cadela precisou ser resgatada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) após subir ao telhado de uma residência. O fato inusitado ocorreu na manhã desta segunda-feira (18), no bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal.

A cadela que atende pelo nome de ‘Princesa’ estava presa no telhado desde a noite de domingo (17) e por várias vezes o dono não conseguiu resgatar o animal. Foi por volta das 10h que uma equipe de salvamento do CBMRN foi acionada e enviada para o local.

De acordo com informações da guarnição, uma pia foi usada pela cadela como degrau para subir ao telhado. Em 20 minutos ‘Princesa’ foi resgatada e devolvida ao dono sem maiores problemas.

Opinião dos leitores

  1. Com todo respeito a vc Igor, e Cigano lulu, vcs representam o mundo da indiferença, do orgulho e do desprezo a vida. Qualquer animal, representa a vida. Qualquer vida, é mais importante do quê, qualquer bem material. Com certeza Igor, vc já está com um novo carro. Torço por isso. Sejamos mais humanos e menos mesquinhos. João Macena.

  2. Eu queria q os bombeiros tivessem chegado p salvar meu carro q pegou fogo. Taxa de bombeiro, meu dinheiro jogado no lixo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Bombeiros resgatam mulher presa em ferragens após acidente na Grande Natal

FOTO: CBM/ASSECOM

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) foi acionado, nesta terça-feira (12), para atender uma ocorrência de vítima presa às ferragens de veículo na estrada de Tororomba, no município de Nísia Floresta, Região Metropolitana de Natal. O acidente de trânsito ocorreu por volta das 11h e envolveu um ônibus e um automóvel modelo Strada que estava sendo dirigido pela mulher.

A ocorrência foi registrada pela central do CBMRN e imediatamente uma guarnição do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) foi enviada para realizar o salvamento. A ação durou cerca de 15 minutos e apesar do susto a mulher foi resgatada consciente, apresentando apenas ferimentos leves nos braços após ser atingida por estilhaços de vidro. A vítima ficou sob os cuidados do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Opinião dos leitores

  1. Parabéns aos sempre-alertas e incansáveis homens e mulheres do Corpo de Bombeiros Militares do RN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: ‘Miss presidiária’ procurada pela Justiça é presa em casa de bronzeamento em MT

Foto: Facebook/Reprodução

Uma mulher fugitiva da Justiça de Rondônia foi presa na tarde dessa terça-feira (10) em uma casa de bronzeamento localizada no bairro Santa Clara, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

De acordo com a Gerência Estadual de Polinter e Capturas (GEPOL) da Polícia Civil de Mato Grosso, Fabiana Garcia Verão, de 31 anos, estava com a prisão decretada pela 1ª Vara Criminal de Cacoal.

A reportagem não localizou a defesa dela.

Ela responde pelo crime de tráfico de drogas, autuada em flagrante em 2009 quando foi presa transportando grande quantidade de entorpecente em Mato Grosso do Sul.

Após a prisão, Fabiana participou de um concurso de beleza realizado no âmbito do sistema prisional de Mato Grosso do Sul e saiu vencedora, sendo condecorada como “Miss presidiária”.

Já em Rondônia, a miss foi julgada e condenada por furto qualificado e associação criminosa na cidade de Cacoal.

Nesta terça, em diligências os policiais civis localizaram a mulher numa casa especializada em bronzeamento.

Fabiana foi encaminhada a sede a Polinter e em seguida encaminhada a audiência de custódia.

G1

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Atriz de ‘Capitão América’ é presa por suspeita de matar a mãe esfaqueada

Foto: Reprodução

A atriz Mollie Fitzgerald, que teve participação no filme “Capitão América: O Primeiro Vingador” (2011), foi presa pela suspeita de ter participado da morte por esfaqueamento de sua própria mãe no Kansas, Estados Unidos.

Segundo publicou a “Variety”, a polícia local informou que no dia 20 de dezembro, policiais responderam a um chamado na casa de sua mãe, Patricia E. Fitzgerald, na cidade de Oltahe. Patricia, de 68 anos, foi encontrada ferida por uma facada e morreu no local.

A polícia encotrou Mollie na casa e a prendeu sob a acusação de assassinato. Ela está detida sob fiança de US$ 500.000, segundo publicou o “Kansas City Star”.

Em “Capitão América: O Primeiro Vingador” ela teve um pequeno papel, vivendo uma personagem chamada “Stark Girl”. Ela também já trabalhou como assistente do diretor Joe Johnston.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Advogada transexual que havia sido presa com maconha, é novamente detida após furto em supermercado de Mossoró

Foto: Montagem/Ivanúcia Lope/Inter TV Costa Branca

O Justiça Potiguar destaca nesta quarta-feira(18) que a advogada transexual Maitê Ferreira Nobre, de 24 anos, foi presa em flagrante na tarde dessa terça-feira (17), após furtar um queijo e uma castanha do Pará de um supermercado no Centro de Mossoró. Maitê já havia sido presa há menos de um mês por tráfico de drogas.

Segunda a polícia, Maitê Ferreira teria colocado dois itens sem pagar durante uma compra de R$ 86,00 no supermercado. O sistema monitoramento do estabelecimento percebeu a ação da advogada, e a segurança deu voz de prisão. A Polícia Militar foi acionada e conduziu a advogada para Delegacia de Furtos e Roubos para ser autuada pelo crime. Veja mais detalhes aqui em texto na íntegra.

Opinião dos leitores

  1. Da primeira vez que foi presa ela alegou que era perseguição porque era transsexual…
    Quando recebeu a carteira da OAB gritou Lulalivre! e ela que foi presa, ironia da vida.

    1. Isto é formação de caráter não por estudo de formação.

    1. Foste lúcido, sem destilar ódio ou babaquice. É isso aí, furtou tem que pagar.

  2. Uma advogada dos tempos atuais.
    Passa mais tempo em audiência de custódia tentando ser solta que defendendo os clientes.
    A OAB sequer vai abrir PAD. Quem aposta?

    1. OAB ?kkkkkk, Já passou da hora desses " Adevogados " ir as ruas saber o que o Povo Honesto pensam deles.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *