Polícia

Mulher é presa suspeita de ter pago R$ 5 mil para mandar matar marido no interior do RN

O portal G1-RN destaca em reportagem nesta sexta-feira(16) que uma mulher apontada como mandante da morte do próprio marido foi presa nesta quarta-feira (14) em Baraúna, no Oeste potiguar. Agentes da Delegacia Municipal de Baraúna cumpriram um mandado de prisão preventiva contra ela no centro do município.

Segundo a Polícia Civil, a mulher foi apontada como mandante do assassinato de José Ivan Ângelo da Silva, que aconteceu em 13 de agosto de 2020. Ela teria pagado R$ 5 mil, pela morte da vítima. A suspeita já tinha sido presa temporariamente no ano passado, mas estava em liberdade. Ela foi conduzida à delegacia e, em seguida, encaminhada ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.

Entenda o crime AQUI em reportagem no G1-RN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Espanha exige libertação de jornalista presa em Cuba após ter publicado informações e fotos das manifestações nas redes sociais

Foto: Reprodução/CNN Brasil

O ministro espanhol das Relações Exteriores, José Manuel Albares, pediu ao governo de Cuba a libertação da jornalista Camila Acosta. Ela foi presa depois de cobrir os protestos em Havana para um jornal do país europeu.

“A Espanha defende o direito de manifestação livre e pacífica e pede às autoridades cubanas que o respeitem. Defendemos os direitos humanos sem condições”, disse Albares no Twitter.

A prisão aconteceu após Acosta ter publicado informações e fotos das manifestações nas redes sociais. Segundo a imprensa espanhola, ela pode ser acusada pelo governo de Cuba por “crimes contra a segurança do Estado”.

Protestos

Milhares de cubanos foram às ruas de Havana no fim de semana, nas maiores manifestações contra o governo em décadas. De acordo com grupos de ativistas, pelo menos 100 pessoas foram detidas desde domingo (12).

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: Dupla é presa pela PRF após abastecer carro roubado de Recife em posto de combustíveis do RN e fugir sem pagar a conta; armas são apreendidas

Fotos: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na tarde dessa segunda-feira (12), no km 108 da BR 101, município de Parnamirim/RN, uma dupla de assaltantes e recuperou um veículo roubado. Junto a dupla foram encontrados um revólver calibre .38, uma pistola calibre .40 e 27 munições.

A equipe PRF recebeu uma denúncia, via 191, informando que um veículo modelo ARGO, de cor branca, teria realizado abastecimento em um posto de gasolina na cidade de Goianinha/RN, e teria se evadido sem pagar. Os policiais realizaram diligências nas imediações e visualizaram o veículo, que prontamente empreendeu fuga. Após cerca de 6 quilômetros de acompanhamento tático, a equipe PRF conseguiu abordar o veículo que se acidentou durante a fuga.

No interior do veículo foram encontrados um revólver e uma pistola e, junto ao corpo dos ocupantes, foram encontrados carregadores e munições.

Após vistoria veicular, constatou-se que se tratava de um veículo roubado no município de Recife/PE há pouco mais de 1 mês. O passageiro do veículo, um homem de 22 anos, também era foragido da justiça pelos crimes de roubo e desobediência.

Diante dos fatos, os homens receberam voz de prisão e a ocorrência foi encaminhada à Central de Flagrantes da Zona Sul de Natal.

Opinião dos leitores

  1. É louvável o trabalho desenvolvido pela PRF no RN e em todo o país. Polícia séria que merece todo o nosso aplauso.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Milionária presa por morte de namorado deu festa após o crime; Porsche de R$ 2 milhões foi um dos presentes de Anne

Porsche de R$ 2 milhões foi um dos presentes de Anne. FOTO: REPRODUÇÃO/RECORD TV

A empresária Anne Cipriano Frigo, de 46 anos, presa por suspeita de participação na morte de seu namorado, Vitor Lúcio Jacinto, deu uma festa dois dias depois do assassinato do homem. Carlos Lex Ribeiro de Souza, corretor de imóveis e ‘faz-tudo’ da família da milionária, que confessou a execução a mando da mulher.

De acordo com informações são da Record TV, além da festa, Anne tinha a intenção de manter a família de Vitor acreditando que ele estivesse vivo.

A empresária chegou, inclusive, a utilizar o celular de Vitor para tranquilizar os familiares e amigos da vítima depois da execução, como revelaram as investigações da Polícia Civil, que descobriu a farsa ao encontrar o corpo do homem na represa do Guarapiranga, na zona sul paulistana.

Vitor recebia presentes de luxo

Herdeira de uma família de industriais e de empresas do setor de papelão, Anne presenteou o namorado, que trabalhava como segurança, com relógios caros, uma bicicleta de R$ 120 mil, um Porsche avaliado em R$ 2 milhões e até pagava a moradia de Vitor, em um imóvel cujo aluguel era de R$ 32 mil, em Alphaville, bairro nobre localizado em Barueri, na Grande São Paulo.

Segundo os investigadores, o casal vivia uma vida de luxo e se dividia entre duas residências: ela vivia com os filhos na Vila Nova Conceição, em São Paulo, e ele no imóvel de luxo pago pela companheira.

O caso

Após a morte de Vitor Lúcio Jacinto, no último dia 17, a empresária milionária Anne Cripirano Frigo foi presa nesta terça-feira (29) como suspeita de ser a mandante da execução. Ela deverá prestar depoimento na sede da Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (30). Carlos Lex Ribeiro de Souza, funcionário da família, também foi detido e confessou ter executado o homem.

Segundo as investigações, o casal havia se separado e tentava retomar o relacionamento. Porém, Anne descobriu várias traições de Vitor, o que a polícia considera como uma possível motivação para o crime.

Ela deverá prestar depoimento na sede da Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (30).

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Empresária é presa em bairro nobre de São Paulo suspeita de mandar matar o namorado por R$ 200 mil; polícia diz que mulher teria descoberto uma traição

Anne Frigo e Vitor Lúcio Jacinto Foto: Reprodução

Uma empresária foi presa, nesta terça-feira, em um prédio em Vila Nova Conceição, bairro nobre de São Paulo, por policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Anne Cipriano Frigo é suspeita de ter mandado matar o namorado, Vitor Lúcio Jacinto, de 42. De acordo com o depoimento do corretor de imóveis Carlos Lex Ribeiro de Souza, que está preso acusado de ser o executor do crime, ela lhe pagaria R$ 200 mil.

O crime aconteceu no último dia 17. De acordo com as investigações, Carlos — que já havia prestado serviços para o casal — foi à casa de Vitor e o convenceu a ver um terreno. No trajeto, porém, ele atirou na vítima. O disparo, feito pelas costas, acertou o coração.

O corpo de Vitor foi localizado no dia seguinte, numa região de mata fechada perto da Represa Guarapiranga, Zona Sul de São Paulo. Ele tinha marcas de queimaduras na cabeça e na canela direita, o que indica que o suspeito tenha tentado dificultar a identificação da vítima.

O depoimento de Anne, que teve a prisão temporária por 30 dias decretada pela Justiça e passou a noite no 89º DP (Portal do Morumbi), será nesta quarta-feira. O GLOBO não conseguiu contato com as defesas dela e de Carlos.

Motivação passional

De acordo com a investigação da DHPP, a motivação do crime seria passional. Anne, que os agentes descobriram ser muito ciumenta, teria descoberto uma traição de Vitor. Os dois teriam se conhecido há quatro anos, por meio de um aplicativo.

Após a morte de Vitor, ainda segundo a polícia, Anne teria ficado com o celular dele e passava mensagens para parentes e amigos. Ela teria, inclusive, mandado parabéns para si mesma, no dia de seu aniversário.

Extra – O Globo

Opinião dos leitores

  1. O cara deve ser de direita, pra ter uma pi$@ gostosa igual a minha, pra ela querer exclusividade kkk. Chega de violência contra os homens.
    Cadê a lei do João da Penha.

    1. Todo mundo sabe que tu é um canequeiro frustrado que não tem outra ocupação.

  2. Com esses 200 mil poderia ter feito tanta coisa… Agora vai gastar bem mais para contratar um advogado e defender no júri…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mulher que atropelou e matou criança 10 anos no interior do RN permanece presa

A Tribuna do Norte noticia que a condutora do veículo que atropelou Nathan Pablo Félix Costa, de 10 anos, nesse domingo (13) em Acari, no Seridó potiguar permanecerá presa à disposição da justiça.

Segundo a TN, a decisão ocorreu após audiência de custódia realizada na manhã desta segunda em Caicó, na qual a mulher reconheceu que ingeriu bebida alcoólica antes de dirigir o veículo.

Opinião dos leitores

    1. Concordo que a pena para esse tipo de crime deveria ser a máxima permitida, que não é mais 30 anos e sim 40 anos desde a que Lei 13.964/2019 foi aprovada…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mãe põe veneno de rato na comida da filha e é presa no Mato Grosso do Sul

Foto: Reprodução

Uma moradora da cidade de Ivinhema, a 298 km de Campo Grande, foi presa após envenenar a própria filha com veneno de rato. A criança foi internada e, assim que teve alta médica, último sábado (08), foi escoltada para a delegacia da cidade. A mãe confessou o crime e disse que buscava ‘chamar a atenção’ do ex-companheiro, já que era contrária ao término da relação.

Daniella Nunes, delegada titular interna está responsável pelas inevstigações e ordenou a prisão da criminosa. Segundo informações oficiais, a mulher fazia ameaças ao antigo parceiro por ter finalizado o relacionamento. Na última semana, comprou veneno de rato e, ao almoçar com a filha no fim de semana, colocou a substância no suco e em um doce da criança.

“Ela comprou um veneno de rato e aí colocou em diversos alimentos para filha e ambas comeram tudo. Ao que nós soubemos ela já tinha tentado suicídio em outras ocasiões e dizia que iria cumprir e levar a filha junto, só que ela se arrependeu e ela mesmo acionou o Corpo de Bombeiros”, explicou a delegada Nunes.

Após se arepender, por volta das 22h do horário local, a mulher ligou para o Corpo de Bombeiros e solicitou atendimento. Ambas foram encaminhadas ao hospital de Dourados.

Daniella explicou que a oitiva com o pai da criança está sendo analisada, bem como o depoimento da criança. “a mãe estava muito abalada. Ela já tinha recebido voz de prisão e responderá por tentativa de homicídio qualificado por uso de veneno”.

Último Segundo – IG

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Blogueira é presa em MG por suspeita de vender cosméticos falsificados para todo país

Blogueira é presa na Grande BH por suspeita de vender cosméticos falsificados para todo país — Foto: Polícia Civil/Divulgação/ Foto: Reprodução/Redes sociais

Quatro pessoas de uma família foram presas em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, por suspeita de falsificar cosméticos e vender os produtos adulterados para todo o Brasil. Segundo a Polícia Civil, a principal suspeita, uma blogueira com milhares de seguidores nas redes sociais, passava-se por estudante de biomedicina e dizia ter criado métodos exclusivos, principalmente para tratamento de melasmas.

Só em um dos perfis, Rafaela Braga é seguida por cerca de 70 mil pessoas. De acordo com a delegada Andrea Pochmann, a jovem, o pai, a mãe e o marido foram detidos em flagrante na semana passada durante cumprimento de mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos suspeitos.

“É uma menina, de 21 anos, muito bonita e chamava a atenção pela questão luxuosa, pela ostentação. Ela viaja, tirava fotos, já estava com um carro de luxo e já estava residindo em uma casa também luxuosa em um condomínio de Contagem de alto padrão”, afirmou a delegada.

O esquema passou a ser investigado há cerca de 1 mês e, de acordo com a polícia, além de consumidores, empresas estão entre as vítimas. O nome dos presos não foi divulgado pela polícia.

Segundo a polícia, a jovem era dona de uma clínica de estética na cidade da Região Metropolitana. As investigações apontam que os produtos falsificados eram vendidos no estabelecimento, pela internet e também durante cursos que a suspeita ministrava de forma presencial e online.

Pelas aulas, a jovem chegava a cobrar até de R$ 5 mil. Já os kits de produtos eram vendidos por cerca de R$ 1,5 mil.

Falsificação

De acordo com a delegada, a blogueira, que atuava no ramo de estética desde os 15 anos, e os familiares agiam de várias formas na falsificação dos produtos. Em um dos endereços em que polícia esteve na semana passada, foi encontrado um laboratório clandestino.

Segundo Andrea, a jovem chegou a ter uma linha de cosméticos licenciada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas até mesmo esses produtos seriam alvo de adulteração.

“Ela tinha diversos métodos de falsificação. Ela adulterava, em si, o produto, colocando no produto original o rótulo dela e colocando outro cosmético lá dentro. Como ela também pegava o produto original de uma outra empresa e colocava somente o rótulo dela”, disse a delegada.

Segundo Andrea, há inclusive produtos adicionados aos cosméticos originais que ainda são desconhecidos da polícia. O material foi encaminhado para a vigilância sanitária, mas, de acordo com a polícia, há relatos de vítimas que sofreram danos com o uso dos cosméticos, como queimaduras no rosto.

Ainda conforme a delegada, para divulgar os métodos de tratamento, a blogueira postava fotos de antes depois das pessoas, mas há informações de que, muitas vezes, ela teria usado programas de edição de imagem.

Durante as investigações, segundo Andrea, a jovem negou as suspeitas e disse que tinha todas as autorizações. Após a prisão, os detidos ficaram em silêncio.

G1

 

 

Opinião dos leitores

  1. OU PAÍS para ter LADRÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO. ENRAIZOU e ninguém acaba mais essa RAÇA.

  2. Quem é a blogueira, qual é o produto, qual é a empresa???
    Como se proteger e parar de usar um produto que faz mal a saúde, sem saber do que se trata?

    1. Rico nesse país não tem nome nem sobrenome quando é flagrado com a mão no roubo,Sr. Luís. Se fosse pobre tinha até o fator RH exposto.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem e uma travesti são presos no interior do RN suspeitos de estupro contra bebê de 4 meses; ato foi postado em vídeo em redes sociais

O G1-RN destaca nesta quinta-feira(08) que a Polícia Militar prendeu e levou à delegacia um homem e uma travesti suspeitos de estupro contra um bebê de 4 meses no interior do Rio Grande do Norte. Um adolescente, que é irmão da vítima e teria participado do crime também se apresentou à Polícia Civil no final desta manhã desta quinta-feira (8). Um vídeo do crime foi postado pelos próprios envolvidos nas redes sociais.

Segundo o sargento Francisco Marinho, da Polícia Militar, o estupro de vulnerável aconteceu na tarde desta quarta-feira (7) em Canguaretama, no Litoral Sul, foi filmado por um dos envolvidos e compartilhado nas redes sociais. Nas imagens, o adolescente e outro jovem aparecem “manipulando” o órgão sexual do bebê, como em um ato de masturbação, em cima de uma cama – o terceiro envolvido filmava a cena.

Segundo a Polícia Civil, ao final das investigações, os suspeitos poderão responder por estupro de vulnerável e produção imagens contendo pornografia infantil.

Mais detalhes AQUI em texto na íntegra.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mulher que matou companheira em João Pessoa é suspeita de ter assassinado duas pessoas no RN, noticia imprensa na PB

Foto: Reprodução/TV Correio

A mulher que matou a companheira em um apartamento no bairro de Gramame, na Zona Sul de João Pessoa, no dia 20 de março , pode ter cometido outros dois assassinatos no Rio Grande do Norte. A apuração é resultado do trabalho de investigação da Polícia Civil da Paraíba, divulgado nesta segunda-feira (29). O inquérito do crime em João Pessoa foi concluído. Além do homicídio, ela tentou matar por envenenamento o sobrinho e a mãe da vítima.

De acordo com as investigações, a mulher teria matado, em 2011, José Edilson dos Santos, depois de dopar a vítima e deixar o corpo queimado dentro de um carro. Ela pode ter recebido a ajuda de outro homem. Em razão desse crime, foi expedido mandado pela Comarca de Santo Antônio, no Rio Grande do Norte.

Em 2014, na cidade de Natal (RN), ela teria matado esse comparsa, provavelmente envenenado, segundo informações colhidas junto à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. Quem explica é a delegada da Paraíba, Emília Ferraz.

“Os crimes cometidos não param por aí. Em 2021, em João Pessoa (PB), ela matou Gilmara Santos da Costa e atentou contra as vidas de duas pessoas fazendo uso de tranquilizante e carrapaticida”, concluiu a delegada, da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (DCCPES) de João Pessoa.

A mulher foi presa em Campina Grande, dois dias após o crime. Segundo a Polícia Civil, a suspeita estava escondida no bairro Vila Cabral.

Portal Correio

https://portalcorreio.com.br/mulher-que-matou-companheira-em-joao-pessoa-e-suspeita-de-ter-assassinado-duas-pessoas-no-rn/

Opinião dos leitores

  1. Ai é o cão em figura de gente, pena de morte para essa ai seria pouco. Lembrando que ela ainda vai matar na cadeia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

MPRJ denuncia e pede que técnica de enfermagem indiciada por falsa vacinação em Niterói seja presa

Rozemary Gomes Pita, de 42 anos, técnica de enfermagem investigada por usar seringa vazia — Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou e pediu à Justiça a prisão preventiva – por tempo indeterminado – da técnica de enfermagem, Rozemary Gomes Pita, de 42 anos, indiciada pela polícia por peculato e crime contra a saúde pública.

No dia 12 deste mês, a profissional não aplicou a vacina CoronaVac em um idoso em Niterói, na Região Metropolitana. Em depoimento à Polícia Civil, ela alegou que estava “extremamente cansada e estressada”.

Para justificar a necessidade da prisão preventiva, o MP afirma que, “tratando-se de uma profissional de saúde, sua liberdade traz riscos para a ordem pública, sendo a custódia cautelar preventiva solicitada a medida necessária para a prevenção do crime narrado”.

A 2ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Territorial do núcleo de Niterói afirma que os crimes cometidos Rozemary são dolosos (intencionais), e o caso de peculato (apropriação ou desvio de um bem público por servidor) prevê prisão por mais de quatro anos.

A técnica também foi denunciada por não cumprir determinação do poder público para impedir propagação de doença contagiosa.

A denúncia foi apresentada à Justiça na sexta-feira (19). O G1 tenta entrar em contato com a defesa da técnica de enfermagem.

Demissão

Após a conclusão do inquérito, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que a profissional de saúde “foi desligada do quadro de funcionários do órgão”.

O delegado titular da 76ª Delegacia, Luiz Henrique Marques Pereira, afirmou ao G1 que o inquérito já foi finalizado e encaminhado à Justiça. Ele decidiu indiciar a técnica de enfermagem pelo crime de peculato na modalidade de desvio e pelo crime contra a saúde pública, artigo 268 do Código Penal.

“Ela disse que não sabia explicar por que fez aquilo, que em 10 anos de profissão ela nunca tinha cometido tal deslize e não conseguiu explicar as razões de não ter aplicado o êmbolo. Inicialmente, ela alegou que estava estressada e extremamente cansada. Mas é muito difícil explicar o inexplicável”, disse o delegado.

O crime de peculato pode chegar até 12 anos de prisão, segundo a polícia.

Imagens registraram falsa vacinação

Rozemary aparece em um vídeo no posto drive-thru do bairro do Gragoatá fazendo a imunização da população. As imagens foram gravadas pela família do idoso e compartilhada em redes sociais.

Segundo o delegado, a gravação foi fundamental para a conclusão do caso. Após a ocorrência, o idoso foi procurado pelas autoridades de saúde e imunizado.

“Fica claro que ela não aperta o êmbolo, fica claro que ela não estava estressada. E mais, quando questionada se apertou a seringa de forma correta, ela responde de forma irônica. O que demonstra que ela tinha plena consciência do que estava fazendo.”

A funcionária já tinha sido afastada das funções assim que o caso foi divulgado. A secretaria reforçou a orientação dos protocolos de aplicação da vacina com os funcionários e supervisores dos pontos de vacinação.

O Conselho Regional de Enfermagem do Rio (Coren-RJ) recebeu a denúncia contra a profissional e abriu um procedimento para “averiguar se houve ocorrência de negligência, imperícia ou imprudência, e irregular conduta ética”.

Ainda de acordo com o conselho, a técnica e a enfermeira responsável serão convocadas, para prestar depoimento à Comissão de Ética do órgão. Segundo o Coren, ela pode ser punida com a suspensão ou a cassação do registro profissional.

O G1 fez contato com a funcionária, mas ainda não recebeu retorno.

Falsa aplicação em Copacabana

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS) afastou nesta quinta-feira (18) uma técnica de enfermagem que teria deixado de aplicar a vacina contra a Covid-19 em uma idosa de 85 anos, no Centro Municipal de Saúde João Barros Barreto, em Copacabana, na Zona Sul. O caso aconteceu no dia 27 de janeiro.

Segundo informações da família do idosa, no momento da vacinação, a seringa estava vazia ou com uma quantidade mínima do imunizante. O caso está sendo investigado pela 12ª DP (Copacabana). Segundo a Polícia Civil, a profissional de saúde já foi identificada e prestará depoimento.

Outros casos no país são investigados

Além do caso registrado em Niterói, outros ocorreram em: Goiânia, Maceió, Rio de Janeiro e São Paulo. O Jornal Nacional mostrou denúncias na terça-feira (16) sobre aplicação incorreta da vacina contra Covid. Os conselhos de enfermagem, o Ministério Público e a polícia estão investigando os profissionais de saúde envolvidos.

As autoridades de saúde consideram as vacinas fake fatos isolados, mas já viraram caso de polícia. Vídeos que registram a hora da vacinação servem de prova das irregularidades para a investigação.

G1

Opinião dos leitores

  1. A mais pura verdade Sra. Luciana Morais Gama, quem trabalha na saúde sabe dessa verdade. Concordo com vc em gênero, número e grau, vivemos num país de piadas constantes e pior, a justiça só funciona para os desvalidos.

  2. Os ESQUERDOPATAS são de um fanatismo lamentável, para eles quem está matando não é o virús que veio da China Comunista, tampouco a falta de hospitais que deixaram de ser construído para a realização de Copa do Mundo e Olimpíadas.
    Culpam o atual governante sem enxergar que todos países estão sofrendo com a doença, muitos inclusive estão piores do que o Brasil.

    1. Né isso! APESAR de termos um presidente inepto e negacionista, AINDA não estamos entre os piores países no índice de mortes por milhão de habitantes pois nossa população eh predominantemente jovem, bem diferente da população europeia, por exemplo. Mas ainda bem que só os esquerdopatas são cegos… Já os bolsopetistas não são cegos, só usam viseira pra só enxergarem à frente … Muuu

  3. O desejo frenético de aparecer nos holofotes da mídia crua todo tipo de "maluco". Esta aí está tendo seus momentos de "glória".

  4. Por enganar um idoso com falsa vacina, o MP pediu a prisão dessa técnica, imagine o miliciano que enganou 57 milhões de bovinos e o negacionismo dele já matou 246 mil pessoas.

  5. Essa técnica de enfermagem tá errada, deve ser punida, porém Lula matou muita gente nos corredores dos hospitais e tá solto até hoje.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Dupla é presa em flagrante em Natal ao tentar roubar peças de picanha em supermercado

Dois homens foram presos em flagrante nessa quarta-feira (3), depois de tentarem roubar 7 peças de picanha, avaliadas em R$ 870,00, em um supermercado em Cidade da Esperança,  na Zona Oeste de Natal. De acordo com a polícia, a dupla foi abordada no estacionamento pelos seguranças do estabelecimento quando tentava sair com as carnes.

Segundo a polícia, os seguranças do supermercado contaram que suspeitaram dos dois homens e começaram a segui-los pelas câmeras de monitoramento. Na ocasião, um deles colocou 7 peças de picanha (cada uma delas de cerca de 2 kg) dentro de uma carrinho do supermercado. Em seguida eles esconderam as peças dentro de uma mochila nas costas. Toda ação foi vista pelas câmeras.

Os dois homens foram encaminhados para a central de flagrantes na Zona Sul e ficaram presos. Segundo informações da Polícia Civil, um deles já tinha passagens pelo sistema prisional por assalto e tráfico de drogas. As carnes foram apreendidas e devolvidas para o supermercado.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Mulher é presa após destruir celulares em loja de shopping em SP

Uma mulher foi presa, na noite da última quinta-feira (14), após destruir vários aparelhos eletrônicos no Shopping Penha, na zona leste da cidade de São Paulo. A Record TV recebeu o vídeo que mostra a suspeita destruindo telefones celulares, tablets, vitrine e até o balcão de atendimento onde estavam o computador e telefones.

As imagens mostram a mulher dando golpes com o extintor em tudo o que vê pela frente. Os funcionários da loja saem para o corredor do shopping e assistem incrédulos ao ataque de fúria.

A mulher grita, diz ter câncer em estágio terminal e que é a terceira vez que comparece à loja para pegar um celular. Mesmo com a chegada de um segurança do shopping e um outro homem, que tentam acalmá-la, ela prossegue: “Vocês não vão me pagar? Não vão me pagar?”, grita a mulher até cair no canto da loja e ser cercada pelos seguranças.

Em novembro do ano passado, a mesma mulher esteve no shopping da Penha e provocou uma confusão parecida, quando estava no estacionamento e quebrou cancelas, totens e luminárias. Ela saiu do shopping antes da chegada da polícia.

O programa Balanço Geral, em novembro do ano passado, localizou a mulher. Na época, ela disse que teve o ataque de fúria porque não conseguia ser ressarcida por um problema que teve no aparelho de celular. Desta vez, ao destruir a loja, a mulher foi presa e levada para o 10º distrito policial.

R7

Opinião dos leitores

  1. Consumidor depois de tanto desrespeito resolveu agir. Se começa essa 'moda' os comerciantes e prestadores de serviços começarão a agir de forma menos desleal e abusiva.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia prende dupla após assaltos na lateral do Midway, em Natal

Foto: Cedida

Uma dupla não identificada foi presa na manhã desta quinta-feira(14) após assaltos na lateral do shopping Midway, em Natal. Sobre a ocorrência, até a publicação deste post, não se tem mais outros detalhes.

Opinião dos leitores

  1. investir em presídios ou delegacias faveladas é muito mais caro que investir nos Hospitais e Postos de Saúde.

    1. A dupla ESTAVA, não é estavam, titia. A dupla é singular. Faça um cursinho de alfabetização e pare de tomar ozônio.

    2. procurando ganhar dinheiro, n conseguiram uma vaga p trabalhar comentando na net a favor da familia do bozo

    3. o correto é: o que essas duplas de ptistas…………………. (as outras fugiram).

    4. o sine diariamente oferece um monte de vaga de emprego, o problema e que essa turma não quer suar a camisa para ganhar.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mulher é esfaqueada em frente a UPA e morre na Zona Norte de Natal; suspeita é presa

Caso aconteceu na noite desse domingo (13) na UPA Pajuçara, na Zona Norte de Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca em reportagem na manhã desta segunda-feira(14) que uma mulher de 28 anos foi esfaqueada no peito e morreu dentro da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Pajuçara, Zona Norte de Natal, na noite deste domingo (13). De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu em frente à unidade de saúde e teria sido motivado por ciúmes. Outra mulher, também de 28 anos, foi presa como suspeita do crime. Matéria completa AQUI.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Filha caçula do cantor Belo é presa acusada de golpe milionário

A filha do cantor Belo, a estudante de odontologia Isadora Alkimin, de 21 anos, foi presa nesta quarta-feira (11), acusada de participar de uma quadrilha de golpes eletrônicos.

Isabela foi presa no Rio, em flagrante, por agentes da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) no Rio.

A estudante, que é a caçula do pagodeiro, está sendo acusada de participar de uma organização criminosa junto com mais 15 pessoas. A quadrilha fazia com que as vítimas repassassem dados bancários e entregassem cartões de crédito a motoboys. A polícia vinha recebendo denúncias do golpe há meses.

Na operação policial que prendeu Isabela e outras pessoas, foram apreendidos máquinas de cartão, notebooks, cartões de crédito, celulares, entre outros objetos. A investigação apontou que as mulheres têm ligação com traficantes de uma facção no Rio.

Os policiais estimam que a organização criminosa conseguia lucrar de R$ 600 mil a R$ 1 milhão por mês.

A prisão da quadrilha, na manhã desta quarta, na Barra da Tijuca, foi feita em flagrante depois de uma denúncia anônima. Isadora teve celular e computadores apreendidos.

Belo teria ficado arrasado com a notícia. Além da pensão, o cantor paga a faculdade da jovem e tem contato semanal com ela. Segundo fontes, a jovem é a ‘queridinha’ do papai, por ser muito carinhosa e a caçula de quatro filhos.

O cantor já estaria providenciando ajuda jurídica para a filha.

Casado com Gracyanne Barbosa, Belo é pai de Arthur, de 27 anos, Paula Cristina, de 25, e Ingrid, de 23. Ele ainda tem uma neta, Hanny.

Procurado pelo KTV, o cantor ainda não se manifestou sobre o assunto.

Keila Jimenez – R7

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *