Judiciário

Abin fez relatórios para orientar defesa de Flávio Bolsonaro na anulação do caso Queiroz com suposta organização criminosa na Receita, diz colunista

Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) produziu pelo menos dois relatórios de orientação para Flávio Bolsonaro e seus advogados sobre o que deveria ser feito para obter os documentos que permitissem embasar um pedido de anulação do caso Queiroz.

Nos dois documentos, obtidos pela coluna e cuja autenticidade e procedência foram confirmadas pela defesa do senador, a Abin detalha o funcionamento da suposta organização criminosa em atuação na Receita Federal (RFB), que, segundo suspeita dos advogados de Flávio, teria feito um escrutínio ilegal em seus dados fiscais para fornecer o relatório que gerou o inquérito das rachadinhas.

Enviados em setembro para Flávio e repassados por ele para seus advogados, os documentos contrastam com uma versão do general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, que afirmou publicamente que não teria ocorrido atuação da Inteligência do governo após a defesa do senador levar a denúncia a Bolsonaro, a ele e a Alexandre Ramagem, diretor da Abin, em 25 de agosto.

Um dos documentos é autoexplicativo ao definir a razão daquele trabalho.

Em um campo intitulado “Finalidade”, cita: “Defender FB no caso Alerj demonstrando a nulidade processual resultante de acessos imotivados aos dados fiscais de FB”. Os dois documentos foram enviados por WhatsApp para Flávio e por ele repassados para sua advogada Luciana Pires.

O primeiro contato de Alexandre Ramagem com o caso foi numa reunião no gabinete de Bolsonaro, em 25 de agosto, quando recebeu das mãos das advogadas de Flávio uma petição, solicitando uma apuração especial para obter os documentos que embasassem a suspeita de que ele havia sido alvo da Receita. Ramagem ficou com o material, fez cópia e devolveu no dia seguinte a Luciana Pires, que voltou ao Palácio do Planalto para pegar o documento, recebendo a orientação de que o protocolasse na Receita Federal. A participação da Abin, a partir daí, seguiria por meio desses relatórios, enviados a Flávio Bolsonaro, com orientações sobre o que a defesa deveria fazer.

No primeiro relatório, o que especifica a finalidade de “defender FB no caso Alerj”, a Abin classifica como uma “linha de ação” para cumprir a missão: “Obtenção, via Serpro, de ‘apuração especial’, demonstrando acessos imotivados anteriores (arapongagem)”. O texto discorre então sobre a dificuldade para a obtenção dos dados pedidos à Receita e, num padrão que permanece ao longo do texto, faz imputações a servidores da Receita e a ex-secretários, a exemplo de Everardo Maciel.

“A dificuldade de obtenção da apuração especial (Tostes) e diretamente no Serpro é descabida porque a norma citada é interna da RFB da época do responsável pela instalação da atual estrutura criminosa — Everardo Maciel. Existe possibilidade de que os registros sejam ou já estejam sendo adulterados, agora que os envolvidos da RFB já sabem da linha que está sendo seguida”, diz o relatório, referindo-se a José Tostes Neto, chefe da Receita.

Guilherme Amado – Época

 

Opinião dos leitores

  1. No PT todo mundo roubava… No governo do Bozo só rouba ele e sua familia. Isso não fez dele melhor. Apenas diferente. Fernando Collor quis roubar sozinho e se lascou, bem vindo ao Brasil.

    1. Votei no Bozó pra tirar o PT e acabar a roubalheira. O PT saiu mas o assalto aos cofres continua, com os mesmos personagens, agora aliados do Bozó. E agora pior, travestido de patriotismo, esse governo está fazendo o país regredir muitos anos. Mas eleição tem outras por vir. Vamos mandar o gado de volta ao curral em muito breve.

  2. Cuidado Manoel vc de tanto fase esse mugido, pode acabar igual a um jegue…….kkkkkkk

  3. Querem de qualquer jeito achar alguma coisa pra prejudicar o nosso presidente.
    Mais mito e mito 2022 ??????

  4. Alô PF, TCU e CGU? Estão usando a máquina para fins pessoais. Isso é ou não é crime de responsabilidade?

    1. Pergunta de leigo: um mandato de um parlamentar federal qualquer pode ser tomado como 'assunto pessoal'?

    2. Claro. O que está sendo investigado é a conduta PESSOAL de Flavio Bolsonaro e não atos praticados em função do cargo de Senador.

    1. Por completo, incluindo STF e todo o Judiciário, todos os escalões de governo (num tem mais um esquerdista), Congresso, estados, municípios, universidades… Bolsonaro faz o que lhe dá na telha.

  5. Isso não é aparelhamento do Estado para fins particulares não ????????????

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Semur em Parnamirim instala placas de orientação e alerta em falésias da Praia de Cotovelo

Fotos: ASCOM – cedidas pela SEMUR

A Prefeitura de Parnamirim, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semur) realizou na manhã desta sexta-feira (27) um trabalho que visa orientar e evitar possíveis problemas e acidentes com banhistas e turistas nas falésias da Praia de Cotovelo. A instalação de placas de sinalização no local, contou com a participação da Defesa Civil Municipal e visa orientar e alertar visitantes e turistas que se aproximem do local.

De acordo com o coordenador de meio ambiente da secretaria, Luiz Antônio de Melo, um trabalho de vistoria na falésia da Praia de Cotovelo é muito necessário, depois o incidente ocorrido na Praia da Pipa. “Estamos complementando o Plano de Ação que a Semur já tem. Iniciamos com o monitoramento na estrutura da falésia, agora fizemos a instalação das placas de orientação e seguiremos também com a ação de educação ambiental, orientando o pessoal para que não fiquem nas proximidades da falésia”.

A vistoria realizada nas falésias, detectou que o despenhadeiro da Praia de Cotovelo tem algumas vantagens em relação às falésias da Praia de Pipa. O relatório atual detectou que não existe risco de desmoronamento, mesmo assim, a instalação das placas é uma forma de prevenção e proteção para a população.

“A Praia de Cotovelo conta com pedras marítimas, próximo da parte inferior da falésia, isso acaba contribuindo para inibir de o pessoal caminhar, ou ficar próximo da parte baixa do despenhadeiro. Outra vantagem é que não temos construções em cima da falésia. Mesmo com esses prós, a afixação das placas é de extrema importância, para alertar e orientar a todos contra acidentes no local. Não existe risco iminente, mas queremos precaver”, comentou Luiz Antônio de Melo.

Ao todo foram instaladas três placas, duas na parte de baixo e uma no chapadão, todas na Praia de Cotovelo. Com a mensagem também em inglês, devido ao alto fluxo de turistas, a sinalização vertical é composta por um material especial para resistir à maresia e a estimativa de durabilidade das placas é de aproximadamente 10 anos.

Após a instalação das placas, a Semur seguirá com o trabalho de fiscalização e orientação no local. Caso a população perceba algum problema, como rachaduras nas falésias, ou risco de desmoronamento, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo pode ser acionada através dos telefones (84) 3644-8249 / 3644-8245.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

ATENÇÃO: TSE orienta eleitor que contrair Covid-19 a partir desta terça-feira a não ir votar

Foto: Reprodução

Eleitores e mesários que forem diagnosticados com o novo coronavírus a partir desta terça-feira até o dia da eleição municipal não devem comparecer à votação, segundo orientação do Plano de Segurança Sanitária do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O TSE começou a divulgar nos últimos dias uma série de vídeos e spots, transmitidos em meios de comunicação como a TV e plataformas como o Youtube, com dicas para eleitores e mesários se protegerem no dia da votação. Entre as medidas reiteradas estão a orientação para que cada pessoa leve sua própria caneta à seção, use a máscara desde o momento em que sair de casa e higienize as mãos antes e depois de digitar os números de seus candidatos na urna.

Aos candidatos, o apelo é para que, no dia da votação, se possível, eles se dirijam sozinhos à seção e mantenham a pelo menos um metro de distância dos eleitores.

Além dos cuidados pessoais, a Justiça Eleitoral deverá Fornecer álcool em gel para as seções eleitorais em quantidade que permita que cada eleitor higienize as mãos antes e depois de votar e fiscalizar a obrigatoriedade do uso de máscaras nas seções eleitorais e nos locais de votação.

O TSE ainda sugere o distanciamento mínimo de um metro nas filas, que deve ser demarcado com o uso de fitas adesivas no chão. As medida tem o intuito de combater a propagação do vírus durante o pleito eleitoral, que será realizado no dia 15 de novembro.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID-19 NO RN: “A orientação do Governo é ainda que as pessoas só devem sair se necessário e tomar todas as cautelas”

FOTO: SANDRO MENEZES / ASSECOM/RN

O início da segunda fração da primeira fase e da primeira fração da segunda etapa do Plano de Retomada Gradual das Atividades Econômicas no RN nesta quarta-feira, 15, não é momento de relaxamento das medidas protetivas para evitar a Covid-19. A subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Alessandra Luchessi, considera como de muito cuidado. “Os efeitos do reinício das atividades econômicas no comportamento da pandemia serão mensurados nos próximos 15 dias. Hoje temos tendência de queda, mas a população deve continuar tomando todas as precauções”, afirmou na entrevista coletiva para atualização dos dados epidemiológicos e prestação de contas das ações do Governo.

Lucchesi ainda destacou que na perspectiva de melhoria de processos de trabalho e de acompanhamento dos indicadores, a equipe de Vigilância Epidemiológica da Sesap passa a atuar mais fortemente junto aos municípios. “Nós sabemos que vamos conviver com a Covid-19 por um tempo e, portanto, continuaremos atuando de forma ativa com os municípios. Temos projetos estratégicos de apoio às regionais de saúde, nossas equipes avaliam processos de trabalho de cada local, reorganizam se necessário e buscam fazer esse acompanhamento, para que os processos possam e continuem a dar uma resposta efetiva ao combate e monitoramento do vírus”, disse.

Em outra frente de ação, o Governo do RN, através do Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador (CEREST) atua para garantir medidas sanitárias e de biossegurança nos estabelecimentos que voltam à atividade. “Não é suficiente apenas dispor de álcool, água e sabão e usar máscara. “É preciso evitar que o ambiente de trabalho seja causador da transmissão do novo coronavírus”, frisou a coordenadora do CEREST, Kelly Lima.

Neste sentido o CEREST está emitindo nota de recomendação aos empregados e empregadores com as medidas sanitárias e de biossegurança. A nota orienta a aferição da temperatura, que os casos sintomáticos, e de quem teve contato com o infectado, sejam afastados do trabalho por até 14 dias, investigação para constatar se há transmissão dentro do ambiente, teletrabalho ou cumprir tarefas sem contato com público para idosos e pessoas com comorbidades. “O empregador deve garantir os meios para a segurança do empregado. E o afastamento não deve ser motivo para ônus no salário do funcionário”, informou Kelly Lima.

ENTREGA DE MÁSCARAS

Ainda no combate à Covid-19, o Governo do RN realizou esta manhã uma ação em Natal para distribuir à população cerca de 20 mil máscaras de tecido. Quinze equipes coordenadas pela Defesa Civil estadual e integrada pelo Corpo de Bombeiros Militar, Cruz Vermelha e servidores estaduais – que reuniu mais de 50 colaboradores – foram a locais como a Feira do Carrasco, Terminal Rodoviário, Ceasa, Relógio do Alecrim, Parada Metropolitana e Centro de Natal para realizarem a entrega.

De acordo com o titular da Controladoria Geral do Estado (Control), Pedro Lopes, este trabalho terá continuidade e a partir de amanhã serão distribuídas mais 10 mil máscaras. “Estamos em um trabalho diuturno para proteger a população do RN”, disse Pedro Lopes ao acrescentar que “a orientação do Governo é ainda que as pessoas só devem sair se necessário e tomar todas as cautelas. As pessoas devem cuidar do distanciamento social, evitar aglomeração, usar máscara e desinfectar as mãos constantemente. Só assim teremos uma retomada segura, estável e sem retrocessos”, concluiu.

DADOS

Os registros da Sesap nesta quarta-feira contabilizam em toda a rede hospitalar 662 pacientes internados em consequência da Covid-19, sendo 343 em leitos críticos e 319 em leitos clínicos. Três pacientes estão em fila para UTI, 10 para leitos clínicos e 24 aguardam transporte sanitário.

A taxa geral de ocupação de leitos críticos é de 86,3%. Nas regionais, a ocupação em Pau dos Ferros é de 50%, na região Oeste 92%, Metropolitana de Natal 86 %, Mato Grande 100% e Seridó 83%.

Os casos confirmados são 40.606, casos suspeitos 54.421, descartados 63.158, óbitos 1.473 (13 nas últimas 24 horas), 221 óbitos em investigação.

Opinião dos leitores

  1. Que conversa é essa?! Tá aberto geral, povo na rua, Alecrim bombando, clínicas de Tirol lotadas, Coronavírus só passeando de pulmão em pulmão. Aguarde a conta.

  2. O governo tem sua parte de culpa pela sua ineficiência, mas o povo como se vê, não está nem aí, é só sair às ruas para comprovar! O corona agradece…⚰⚰⚰⚰⚰

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Aluno foi barrado por orientação do proprietário do Ciências Aplicadas; funcionário envolvido nega responsabilidade

É destaque no Blog do Dina – por Dinarte Assunção, nesta sexta-feira(8). O caso de um aluno barrado no curso de preparação vestibular do Ciências Aplicadas tomou proporção de crise, teve comunicado de demissão e contraponto do responsável pela instituição, Alexandre Pinto, ao longo dessa quinta-feira (7).

Mas, nesta sexta-feira (8), o caso ganhou novo episódio depois que o blog obteve com exclusividade o depoimento de um funcionário do curso Ciências Aplicadas sobre o assunto.

A fonte, que não terá seu nome revelado, isentou Carlos Dionísio, o coordenador do curso a quem foi atribuída a conduta de constranger o aluno barrado.

Dionísio foi execrado nas redes sociais. Procurado pelo Blog do Dina, ele afirmou abalado que entregaria o caso a um advogado antes de dar entrevista, mas confirmou que não barrou o aluno.

Orientação

No relato obtido pelo blog, a conduta que ganhou os ares de crise é normal no curso. A repercussão alcançada desta vez é que é inédita. O aluno que foi impedido de assistir aula, segundo o pai, não estava com matrícula vencida.

“O colaborador não é responsável por isso. As duas funcionárias estavam com a lista. Essa lista foi passada pelo professor Alexandre Pinto. Quando batia que um aluno não tinha entregue os sete cheques, eles iriam conversar com a coordenação, e é passado pelo professor Alexandre sobre como proceder”, explicou a fonte.

Parte da orientação é que os valores negociados com os pais sejam pagos em cheques ou transferidos para conta indicada por Alexandre.

“A orientação era: só entra quem tiver deixado os cheques ou feito o pagamento”, explicou o funcionário.

(Texto na íntegra pode ser conferido aqui)

DO BLOGDOBG

O BLOGDOBG falou com três pais que tem alunos no Cursinho do CIÊNCIAS APLICADAS. Todos confirmaram que lá o dono é Alexandre Pinto, o próprio se apresenta assim como também confirmaram que não existe boleto. Ou se paga à vista ou com cheque pré-datado. “Mesmo quem esteja em dia BG, se não tiver dado o cheque para os meses subsequentes o aluno fica sendo barrado”.

Abaixo segue o link de uma nota de esclarecimento enviada pela instituição de ensino na manhã desta sexta-feira(08).

Veja mais: Nota de esclarecimento – Ciências Aplicadas

Opinião dos leitores

  1. Incrível é que escolas como essa, que sem nenhum constrangimento recorrem a procedimentos administrativos atípicos, não sejam sequer alvo de averiguação por parte de órgãos como o Ministério Público, PROCONs (Natal possui um caçuá deles), Delegacia Regional do Ministério da Educação e que tais.

  2. e cadê o conselho tutelar? Expondo adolescente em situação vexatória… ahahah
    mais o CT sul … povo não trabalha …
    CONSELHEIRA Nubia passa tarde middway, ceiça só chega 14 e sai as 16h, edbergna vive usando carro para passear

  3. A maior punição que os pais podem dar e tirando os filhos desse local. Deixa ele sentir no bolso

  4. Tava muito suspeito essa conversinha do dono, se imiscuíndo de culpa e chamando de acusações levianas.
    Fora o fato de querer cheques ou transferências, nem para emitir um mero boleto.

  5. Alguém precisa fiscalizar esses cursinhos. Estão cobrando preços abusivos e impondo uma série de condições aos pais de alunos, já sofridos com a crise econômica! Essa história de pagar em espécie ou deixar os cheques ´é só a ponta do iceberg. Investiguem!

  6. Esse cabra, esse Alexandre Pinto, parece ter virado um mero empresário de uma empresa fadada ao fracasso.

  7. Sejamos INGÊNUOS MAIS NEM TANTO!
    Como um simples funcionário iria barrar o aluno por ele está, supostamente, com a mensalidade atrasada? É inquestionável que o funcionário teve orientação de alguém da diretoria ou setor financeiro. Ele foi pau mandado e agora paga o preço com a demissão, para se esconder o verdadeiro responsável.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Maioria dos partidos é pró-impeachment; saiba como cada sigla orientou voto

camara_deputadosOs líderes partidários fizeram nesta tarde a orientação dos parlamentares para votar contra ou a favor da presidente Dilma Rousseff na comissão especial do impeachment. A maioria dos partidos orientou pela procedência da denúncia, ou seja, a favor do relatório que aprova o processo contra Dilma. Seis legendas deixaram a bancada livre, uma não orientou, sete se posicionaram em defesa da presidente e onze pró-impeachment. Veja abaixo como cada legenda determinou, ou não, os votos.

A FAVOR:
SD
PV
PMB
PSDB
PSB
DEM
PRB
PTB
PSC
PPS
PSL
MINORIA (BANCADA)

CONTRA:
PT
PDT
PCDOB
PSOL
PROS
PTDOB
PEN
GOVERNO (BANCADA)

LIBEROU:
PMDB
PP
PSD
PTN
PHS
REDE

NÃO ORIENTOU:
PR

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Procon Natal orienta consumidores sobre troca de presentes

Passado o período natalino, começa a corrida de muitos consumidores pela troca de presentes. Para que não haja problemas, é importante que o consumidor esteja atento aos prazos estabelecidos pelas lojas. O diretor-geral do Procon, Kleber Fernandes, alerta que o código de defesa do consumidor não estabelece obrigatoriedade de troca de produtos que não apresentem defeito ou vício. “A loja não tem a obrigação legal de troca de produtos em virtude da cor, tamanho ou modelo. Entretanto, se no momento da venda o lojista assume esse compromisso, passa a haver a obrigatoriedade do cumprimento do que foi acordado, sob pena de ser considerada uma publicidade enganosa.”

Cada loja estabelece a sua política de troca de produtos, mas, para não ter problemas, é importante que o consumidor deixe as etiquetas originais do produto, não viole rótulos, nem utilize os presentes. Os produtos comprados pela internet, telefone, catálogo ou outra forma que não possibilite o prévio acesso e o manuseio deles podem ser devolvidos sem nenhum custo para o consumidor. O código estabelece em seu artigo 49 o direito de arrependimento do consumidor para compras feitas fora do estabelecimento comercial.

Os produtos que apresentem defeito ou vício deverão ser encaminhados à assistência técnica e ser consertados ou substituídos em no máximo 30 dias. Caso isso não ocorra, o consumidor tem o direito de escolher entre receber o dinheiro de volta, outro produto novo ou o abatimento proporcional ao problema apresentado. Algumas lojas dão um prazo de troca sem que seja necessário o envio à assistência técnica. Caso esse prazo tenho sido concedido e acordado antes da compra, o consumidor tem o direito de exigir a troca pelo próprio estabelecimento comercial.

Os consumidores que se sentirem lesados ou que tenham alguma dúvida acerca dos seus direitos poderão consultar o Procon pelos telefones 3232-9050 ou 3232-9052. O órgão fica localizado na rua Seridó, 355 no bairro de Petrópolis.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

UTILIDADE PÚBLICA: Suvisa orienta população sobre uso de água mineral

Antes de chegar em cada residência, a água produzida no Rio Grande do Norte para o consumo da população passa por um rigoroso processo de controle de qualidade que é realizado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), através da Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (Suvisa). Para manter o setor regulado, a Suvisa faz inspeções e auditorias sanitárias, com programas de coletas de análises laboratoriais. Já a fiscalização com relação ao transporte, distribuição e comercialização são atribuições das vigilâncias sanitárias municipais.

A prática saudável do consumo de água é fundamental à manutenção do bom estado de saúde da população. Por isso, explica o técnico do Setor de Alimentos da Suvisa, Valdemir Santiago, é de fundamental importância a população ficar alerta com relação à água que está consumindo. Além do controle integrado, envolvendo os órgãos competentes, os consumidores devem estar atentos a práticas abusivas de fraudes ou adulterações”, alerta ele, citando garrafões com data de vencimento expirada, água envasada de origem desconhecida e sem controle de qualidade e garrafões com sujeiras e corpo estranho. Ele ainda orienta que o consumidor deve manter sempre limpo o seu garrafão vazio e a limpeza e higienização do seu bebedouro.

Existem vários tipos de água para o consumo humano, entre elas a água mineral e a adicionada de sais. Existe diferença entre a água mineral e a água adicionada de sais, embora ambas devem estar próprias para o consumo humano. Tanto a mineral, como a adicionada de sais deverão atender o que determinam as normas referentes às boas práticas de fabricação e comercialização do produto.

“Assim, devem ser observados parâmetros referentes à localização, instalações físicas, elétricas e hidrossanitárias, além de todo procedimento para captação, adução, reservatório, envase, rotulagem, seleção de recursos humanos, transporte, embalagem e controle de qualidade com a aplicação de procedimentos operacionais padronizados, dando ênfase à realização de análises laboratoriais do produto oferecido à população”, explica Valdemir Santiago.

A água mineral é obtida diretamente de fontes naturais ou por extração de águas subterrâneas. Ela é caracterizada pelo conteúdo definido e constante de determinados sais minerais e é necessária também a autorização de lavra da fonte da água, que se refere a todos os trabalhos e atividades de captação, condução, distribuição e aproveitamento das águas e que é concedida pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Já a água adicionada de sais é preparada e envasada, contendo um ou mais dos compostos minerais previstos na legislação. É um produto com parâmetros microbiológicos, físico-químicos e radiativos que deverá atender à Norma de Qualidade da Água para Consumo Humano. Mesmo constando nos rótulos os sais que são adicionados à água, como bicarbonato, cloreto, sulfato e citrato de cálcio, magnésio, potássio e sódio, não se podem exceder os limites máximos permitidos pela legislação para água mineral.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Semob orienta motoristas e moradores sobre desvios causados pelas obras de mobilidade

17896A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), prossegue com ação educativa para orientar motoristas, comerciantes e moradores no entorno do estádio Arena das Dunas sobre as intervenções e obras de mobilidade na região.

O trabalho é desenvolvido pela equipe de educação, agentes de trânsito e fiscais de transporte da Semob.

As equipes estão visitando condomínios, casas e pontos comerciais para mostrar as opções de trânsito na região e orientar sobre as obras de mobilidade que estão sendo executadas pela Prefeitura do Natal na região.

“A ideia é promover uma ampla campanha no local como forma de minimizar os impactos com as intervenções que serão realizadas para execução das obras de mobilidade”, destaca a secretária de Mobilidade Urbana, Elequicina Maria dos Santos.

A ação inclui ainda a distribuição de um mapa onde estão todas as informações sobre as áreas interditadas, as opções de desvios e as mudanças de itinerários de ônibus.

Além da campanha no local, a Semob disponibiliza vídeo e infográfico sobre as obras e as intervenções no site da Prefeitura do Natal, no endereço www.natal.rn.gov.br/semob. Os telefones 3232.9144, 3232.9145 e 3232.9146 também estão à disposição dos usuários para dúvidas e sugestões.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Procon Natal orienta consumidores a buscar alternativas para quitar débitos durante greve dos bancos

A greve dos bancos que teve início nesta quinta-feira (19) não isenta o consumidor de pagar suas contas dentro do prazo estabelecido pelo credor; alerta o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor de Natal. Os consumidores precisam procurar os bancos e os prestadores de serviços em caso de dúvidas ou dificuldades na operação.

O diretor geral do Procon Natal, Kleber Fernandes, lembra que a greve não afeta diretamente o funcionamento dos caixas eletrônicos das instituições financeiras, sendo oferecidas alternativas para efetuar os pagamentos, como por exemplo, os canais on-line, depósitos bancários e os próprios caixas eletrônicos. “Atualmente o consumidor está cercado de meios alternativos para movimentar suas contas. Até por telefone é possível ouvir os saldos e extratos”, assegura.

Segundo o diretor geral do Procon Natal, há casos de transtornos durante paralisações de bancos. Ele citou como exemplo, os boletos bancários pagos exclusivamente nos bancos de origem; ou em caso de atrasos no recebimento do boleto. Nesses casos, o consumidor precisa entrar em contato com o respectivo credor o quanto antes, seja ele pelo banco ou prestador de serviço; como TV por assinatura ou concessionárias de água, luz e telefone. “Ele deve exigir uma maneira alternativa ou um novo boleto sem acréscimo de custos. Se o direito for negado, ele deve procurar os órgãos de defesa do consumidor e fazer sua reclamação”, afirmou.

Os agentes do órgão de proteção ao consumidor estarão à disposição da população em caso de dúvidas. O Procon Natal encontra-se em novo endereço, na rua Seridó, 355, Petrópolis, com horário de funcionamento das 8h às 17h. Para mais informações entre em contato pelo número 3232-9050.

Opinião dos leitores

  1. Concordo com voce Alison Jules, quem tem conta a pagar acima de R$ 3.000,00 tem muita dificuldade. Como os PROCON do Brasil inteiro defende os banqueiros fica dificil para nos correntistas.

  2. Quitar débitos sempre é bom, porém com o banco em greve como se faz para pagar um boleto de quitação com valores mais altos? Terminal não recebe, Internet Banking na maioria das vezez tem um limite diário, pague fácil entre outros não recebem títulos a cima de R$1.000,00. PIADA! tenho nojo deste BRASIL!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Economista alerta: Consumidor deve tomar cuidado na hora de renegociar dívidas

Os consumidores devem tomar alguns cuidados na hora de renegociar dívidas com as instituições financeiras. O economista da Serasa Experian Carlos Henrique de Almeida disse que antes de procurar um credor, é preciso saber quanto pode pagar e fazer uma contraposta.

“Brasileiro não sabe renegociar dívida. Quando procura o credor, acaba aceitando o que ele oferece. Primeiro, tem ver o quanto pode pagar e sempre fazer uma contraposta”, disse. Em uma renegociação, é preciso ter certeza se realmente é interessante aceitar a proposta. Uma dica é procurar o Procon para conferir a proposta.

Outra dica da Serasa é ficar de olho nas campanhas de renegociação de dívidas de instituições financeiras, com oferta de diminuição de juros e abatimento do valor principal da dívida. As financeiras veem vantagem nesse tipo de renegociação porque pode reduzir o prejuízo e fazer com que o cliente volte ao mercado.

O professor de finanças da Faculdade Ibmec Marcos Aguerri Pimenta de Souza destaca que quem está apertado com as contas deve evitar fazer mais dívidas e elaborar um orçamento anual. Nesse orçamento devem constar as despesas correntes (alimentação, transporte, moradia, lazer, educação, faturas do cartão de crédito etc) e as despesas previstas e sazonais como impostos (IPVA, IPTU, IRRF), datas comemorativas (dias da Mães, dos Pais, da Criança, aniversários, Natal) e férias (julho, dezembro).

“A partir desse orçamento, o consumidor deve fazer uma poupança suficiente para cobrir todas estas despesas. Além dessa poupança, ele deve fazer uma reserva financeira para despesas imprevistas como manutenção do veículo, remédios, multas e outras despesas extras que surgem ao longo do ano”, orientou.

“Obviamente que nesta reorganização das contas, espera-se que os consumidores tenham uma disciplina para anotar e controlar as despesas, e que tenham uma visão mais de longo prazo, ou seja, não planejar apenas as semana ou o mês, mas planejar o ano como um todo”, acrescentou.

Para Aguerri, os brasileiros ainda são “muito imediatistas”. “ Talvez isso tenha ocorrido por termos vivido um longo período de inflação em que se pressionava para o consumo imediato, somado ao fato de que os brasileiros também sejam muito otimistas em relação ao futuro. Tal otimismo nos faz acreditar que podemos consumir agora, mesmo não tendo dinheiro para pagar à vista, mas que teremos melhores condições no futuro para pagar em ‘suaves’ prestações”, destacou.

Na avaliação do professor de finanças, é preciso investir também na educação financeira da população, esclarecendo lojistas, bancos e consumidores. “Um cidadão educado financeiramente é muito bom para todos. Reduz a inadimplência e mantém o consumo regular e constante, sem altos e baixos. Isso promove maior produção e crescimento da economia do país”, enfatizou.

Fonte: Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

Manual de sobrevivência obriga alunas a ter relações sexuais

Na Universidade Federal do Paraná (UFPR), um “manual de sobrevivência” está sendo distribuído para calouros do curso de direito.

O ato causou muita indignação dos estudantes. O livreto contém oito páginas e dá conta que mulher “tem obrigação de dar” e que isso não pode ser “parcelado”.

Tal material também afirma que se alguma menina disser “vamos com calma”, o aluno deverá dizer “não pode o devedor obrigar o credor a receber parte em uma prestação e parte em outra”, de acordo com um trecho do artigo 252.

Por fim, o manual diz: “Ela vai ter que dar tudo de uma vez”. O livreto foi produzido pelo Partido Democrático Universitário (PDU), um grupo que comandava até 2011 o centro acadêmico da instituição. O manual teve a sua circulação iniciada no início deste mês.

Para André Arnt Ramos, que é presidente do PDU, o manual sempre se tratou de uma “piada” que nunca tiveram a intenção de ofender qualquer pessoa.

Para concluir, ele disse: “Peço desculpas se isso aconteceu”.

Fonte: Sobre Isso

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Mais de 24 mil pessoas já receberam orientações preventivas contra afogamentos e acidentes no verão

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), através do Corpo de Bombeiros Militar do RN (CBMRN), desenvolveu neste sábado, 14, mais uma ação da Campanha Praia Segura que tem por objetivo prevenir turistas e veranistas contra afogamentos e acidentes no litoral.

Iniciada no dia 7 de janeiro, a Campanha Praia Segura vem sendo considera uma das mais efetivas ações de segurança preventiva já realizada no estado, como reforço da Operação Verão, promovida pelo Governo do Estado do RN.

Na terceira ação realizada neste sábado, os bombeiros mais uma vez contaram com a participação da Cruz Vermelha, Samu, Policia Militar e Policia Rodoviária Federal. Também apóiam a Campanha, a Caern, Sejuc, Idema, Emater e Defesa Civil Estadual.

A novidade deste fim de semana foi a ativação da Campanha Praia Segura, também, nas regiões oeste e seridó do RN e a adesão de cadeirantes, voluntários da Cruz Vermelha, na ação Turista Legal, abordando visitantes que chegam ao estado pelo aeroporto Internacional Augusto Severo.

Na capital e praias circunvizinhas, a ação conquistou resultados surpreendentes. As equipes do “Criança a Vista” atuaram nas praias de Barreta, Camurupim, Búzios, Pirangi do Sul, Pirangi do Norte, Ponta Negra, Areia Preta, Artistas, Meio, Redinha Nova, Redinha Velha, Jenipabu, Pitangui, Jacumã e ainda foram nas lagoas de Pitangui e Arituba e Cachoeira de Pitangui.

Já as “Blitz Educativas” foram executadas nas principais vias de acesso as praias do litoral sul e norte, sendo montadas em Pium e Estivas.

Enquanto isso, a ação “Turista Legal” visitou pousadas, hotéis e pontos turísticos em Ponta Negra e praias do Forte, Meio e Artistas, abordando ônibus e vans de receptivos, taxis, guias turísticos, entre outros. A ação também foi desenvolvida no Aeroporto e no Forte dos Reis Magos.

Desde quando deu início, a Campanha já orientou, na região metropolitana e praias vizinhas, mais de 24 mil pessoas, abordou mais de 3.307 veículos, distribuiu mais de 13.500 folders e identificou, com as pulseirinhas 4.165 crianças. Nestes dados ainda não estão computados os resultados do interior do estado.

As próximas ações da Campanha Praia Segura serão realizadas nos dias 21 e 28 de janeiro e 4, 11, 18 e 19 de fevereiro de 2012, das 7h às 13h.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *