Ciro Gomes frustra a Folha de São Paulo, diz que liberdade de imprensa não está ameaçada e minimiza fala de Bolsonaro

Ciro Gomes respondeu o que, provavelmente, a Folha de São Paulo não esperava, ao ser questionado sobre o presidente eleito Jair Bolsonaro, e possibilidade de ameaça a liberdade de imprensa. Confira parte de trecho em entrevista publicada nesta quarta-feira(31).

A liberdade de imprensa está ameaçada? É muito epidérmica a nossa sensibilidade. Não acho que tem havido nenhuma ameaça à liberdade de imprensa até aqui. Por isso que digo que uma das centralidades do mundo político brasileiro deveria ser um entendimento amplo o suficiente para cumprir a guarda da institucionalidade democrática. E um dos elementos centrais disso é a liberdade de imprensa. A imprensa brasileira nepotista e plutocrata como é parte responsável também por essa tragédia.

A imprensa ajudou a eleger Bolsonaro? A arrogância do [William] Bonner achando que podia tutelar a nação brasileira, falar pela nação brasileira. A Folha que repercute uma calúnia contra uma cidade inteira que é reconhecida mundialmente como um elemento de referência de educação para me alcançar [Ele se refere a reportagem sobre relatos de estudantes de fraudes em avaliações nas escolas de Sobral, no Ceará].

E os ataques feitos pelo Bolsonaro à Folha? É uma ameaça? Não considero, não. A Folha tem capacidade de reagir a isso e precisa ter também um pouco de humildade, de respeitar a crítica dos outros.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo disse:

    Estamos aguardando o GRANDE Moro agir no caso dos outros acusados na lava jato. Muitos deles agora Sem Forum privilegiado. Ou apenas Lula deve ser condenado. JUSTIÇA PARA TODOS. Inclusive para os ministros do caçador de corruptos Bolsonaro.

  2. Tonho disse:

    Pelo andar da carruagem esse vai mostrar a verdade sobre a pseudo esquerda, o iludido que quiserem não acreditem, igual fizeram com Palocci , o publicitário e o líder do governo petistas, quero ver qdo moro soltar o restante das sentenças, babacas militontos

Ciro Gomes considera dólar alto ‘estimulante’ e cogita manter cotação atual

Ciro Gomes, candidato à Presidência do Brasil durante fórum de infraestrutura em São Paulo, Brasil – 20/08/2018 (Nelson Almeida/AFP)

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, se reuniu com economistas em São Paulo na manhã dessa quarta-feira 5 para apresentar suas propostas de governo. Na entrada, afirmou que considera “estimulante” para a economia a atual cotação do dólar, acima de 4 reais, e que cogita mantê-la caso assuma a condução da economia brasileira em 2019.

“Por mais que haja alguma dificuldade para setores intensivos em importação, o câmbio no nível que está hoje é estimulante e talvez a gente nem precise mexer”, afirmou. Para o candidato, um câmbio mais elevado pode estimular a produção nacional, diante da dificuldade em importar.

Ciro disse compreender que a atual gestão do Banco Central, comandada por Ilan Goldfajn, já está “fazendo mais ou menos isso” hoje, no sentido de utilizar a gestão do câmbio para fins de crescimento, mas que ele não terá sucesso se seguir tentando reduzir a cotação do dólar no Brasil.

O candidato reafirmou a defesa do duplo mandato do BC e do plano dele de destravar as obras de infraestrutura para gerar dois milhões de empregos este ano. No encontro, fechado à imprensa, Ciro esteve com 28 economistas, entre os quais os ex-ministros Luiz Carlos Bresser Pereira e Luiz Gonzaga Belluzzo e o economista-chefe da corretora Spinelli, André Perfeito.

Acompanhado do assessor econômico Mauro Benevides e do coordenador do programa de governo, Nelson Marconi, Ciro se esquivou de dizer qual dos dois escolheria para quais ministérios. “Isso a gente vai resolver no par ou ímpar”, brincou.

Apoio

Nessa quarta-feira, Ciro Gomes ainda vai a Minas Gerais para receber o apoio do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, à sua candidatura. Formalmente, o partido de Kalil apoia a candidatura de Henrique Meirelles (MDB), com quem Ciro também divide o palanque de Adalclever Lopes (MDB) ao governo do estado.

Ciro disse que a aproximação com o prefeito se deu “pelo nosso jeitão franco e despachado de ser”. “Vamos discutir como vamos conseguir a maioria dos votos em Minas Gerais”, afirmou o candidato, em referência à reunião que terá nesta quarta para selar o apoio. No encontro, serão distribuídos panfletos com a mensagem “Kalil é Ciro”.

Veja, com Estadão Conteúdo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chico Silva disse:

    Estimula o litro da gasolina passar de 5.00 paus, isso sim.

  2. Vitor disse:

    Doido por Doido, prefiro um doido inteligente do que um doido burro. Ciro Presidente!

  3. Paulo disse:

    Vote certo. Vote Ciro 17!

  4. Nando disse:

    Vamos todos CIRANDAR.

    • Abre o Olho Povo disse:

      Cada povo tem o governo que merece, que seja testemunha o povo da Venezuela todos iguais na MISÉRIA graças ao socialismo. Ciro o engodo para perpetuar o socialismo! O povo brasileiro não merece isso, quem vota nesse tipo de político É CONTRA O BRASIL

  5. Fernando Andrade disse:

    Melhor vocês JAIRem se acostumando CIRO PRESIDENTE! Para o Bem do Nordeste!

    • Waldemir disse:

      Você é um eleitor sábio kkkk
      E continua querendo dividir o Brasil entre Norte e Sul
      BOLSONARO quer um Brasil para os brasileiros
      BOLSONARO presidente

  6. Eleitor Consciente disse:

    Digo e repito quem já mostrou competência como prefeito, governador e ministro e não responde nenhum processo administrativo tá comprovado como o mais preparado pra ser presidente CIRO GOMES 12!

    • Acorda Brasil disse:

      Caro "Eleitor Consciente", não esqueça de acrescentar ao currículo de seu "candidato mais preparado" o apoio a Hugo Chavez, a admiração por Fidel Castro e a declaração recente de que a Venezuela vive na "mais ampla normalidade democrática" em entrevista à Jovem Pan.

    • Abre o Olho Povo disse:

      OBBBAAAAA!! Vai ganhar mesmo?? Então vou começar a comprar e NÃO PAGAR. Ciro já disse, repetiu e afirma que VAI TIRAR O NOME DOS CALOTEIROS DO SPC
      VVVIIIIIVVVVAAAAA!!!
      Vou começar a comprar adoidado, mas aqui entre nós: Quem será que vai pagar a conta? Os bancos (muito difícil), Os empresários (talvez), nós com o governo pagando os débitos dos caloteiros (é a maior possibilidade)

    • Ceará-Mundão disse:

      E já disse também que vai soltar o presidiário corrupto e lavador de dinheiro. Esse Ciro é um maluco, descompensado, um "coronel". E tem denúncias dando conta de um esquema que existiria no Ceará. Saiu esses dias uma extensa reportagem sobre isso. Você não viu?

  7. Sanduba disse:

    Futuro presidente do Brasil!

    • Miguel de Lima disse:

      Só se for com as urnas fraudadas. Votar em mais 01 esquerdopata é sinal de descompensação mental ou dependência financeira. Pode até ter experiência, mas o Brasil não precisa de mais um adorador do socialismo e vendedor de sonhos irrealizáveis.

    • Sanduba disse:

      O cálculo é fácil. O Estado de Ciro é o melhor em educação, mais aparelhado em segurança, melhor de se trabalhar, mais bem estruturado do Nordeste, paga os funcionários adiantados! O Estado de Bolsonaro: favela, não paga em dia, pior na economia do país, cidade mais corrupta do país, mais violenta e mal estrutura. Eu voto no Ciro, já ganhou!

    • Abre o Olho Povo disse:

      Heim? Como? Está falando de qual estado? Só não é do Ceará que está entre os 03 MAIS VIOLENTOS DO BRASIL. Sanduba, você deve ser PETISTA raiz, pois INVERTE tudo… coitado!

    • Ceará-Mundão disse:

      É mesmo impossível trocar idéias de forma sensata e honesta com um petista. O Ceará é um dos estados mais violentos do Brasil, "cumpanhero". E beneficiou-se de um acordo feito com o governo federal que adiou o pagamento das dívidas de estados que possuem dívidas com a União. E por lá os políticos se unem em prol do estado, diferente de outros onde os adversários lutam entre si, uns "derrubando" os serviços do outro. No Ceará, a propósito, Eunício Oliveira, aquele senador que vocês chamam de "golpista", do partido e da turma do Temer, está coligado com o PT. É melhor vc não falar do que não sabe, petista. Ou então seja honesto naquilo que diz. Fale a verdade, enfim.

    • Sanduba disse:

      Não, bom de se morar é o Rio. Não vejo bolsonarianos falando do Rio. O Ceará é a potência do Nordeste. Primeiro em educação. Lembre-se Ciro vem aí, Bolsoninos vão chorar. Façam currículos para animadores de circo..kkkkk

“Não sou dessa esquerdinha boboca, não, que fica alisando bandido”, diz Ciro Gomes

Foto: Wesley Masrcelino

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, disse, nesta segunda-feira (3), em sabatina promovida pela Folha em parceria com o UOL e o SBT, que não faz parte “dessa esquerdinha boboca que fica alisando bandido” e que mandará prender empresários que estiverem praticando locaute em meio a greves.

Ciro deu a declaração ao ser questionado como trataria uma greve de caminhoneiros e as demandas do setor se for eleito. O candidato disse que, se for eleito, em seu governo “ninguém vai fechar estrada para impedir pessoas doentes de transitar, para impedir galinha de chegar viva”.

Segundo ele, 70% dos que pararam na greve de maio não eram caminhoneiros, mas “empresários que usam a linguagem da greve para fazer locaute”. “E esses daí a gente vai buscá-los no escritório de ar condicionado deles. Vai buscar com a Polícia Federal, e se for necessário, vou mandar prender”, disse.

“Quem transgredir a lei vai preso, não tem conversa. Não sou dessa esquerdinha boboca, não, que fica alisando bandido”, completou.

No fim de semana, uma nota assinada pela União dos Caminhoneiros do Brasil afirmava que haveria uma greve após o feriado.

O comunicado foi uma iniciativa isolada de um dos membros do grupo de WhatsApp, de acordo com o caminhoneiro Salvador Edimilson Carneiro, que administra o grupo de Facebook União dos Caminhoneiros do Brasil.

Ciro criticou ainda a política de preços da Petrobras, mas disse que não subsidiará o petróleo aqui.

“Como devemos cobrar esse petróleo? Pelo preço especulativo internacional ou pelo custo de produção aqui?”, disse. “Eu não vou colocar dinheiro público para fazer um preço artificial. Eu vou garantir que a Petrobras vai cobrar todos os seus custos de produção, vai remunerar o seu imobilizado, vai remunerar o investimento e vai ter lucro em linha com as melhores práticas internacionais.”

Na sabatina, o candidato defendeu sua proposta de refinanciamento para brasileiros que estão no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), dizendo que os bancos públicos não assumiriam a dívida no caso dos cidadãos que não pagarem as novas parcelas.

Segundo ele, sua proposta prevê o “aval solidário” —grupos de cinco a dez pessoas que se comprometerão de pagar as dívidas uns dos outros, no caso de inadimplência. Ciro afirmou que isso já foi aplicado no Banco do Nordeste e a inadimplência registrada foi de 1,5%.

Ciro voltou a defender a revogação da PEC do teto de gastos e da reforma trabalhista e disse que vai propor as duas, junto com a reforma da Previdência, já nos primeiros seis meses de governo, se for eleito.

“Propor na primeira hora faz da eleição um plebiscito”, disse.

Ao ser questionado sobre Previdência para funcionários públicos, Ciro Gomes disse que passará um “pente fino, finíssimo” assim que eleito para reduzir gastos.

Ele, contudo, disse que o maior problema nacional não é o funcionalismo público, mas os juros da dívida pública e a falta de profissionais nas áreas da saúde, educação e Forças Armadas.

CORRUPÇÃO

Durante a sabatina, Ciro atacou o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, que, segundo ele, “deixa roubar”.

Ele comentava a proposta presente no seu plano de governo entregue ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), de que em caso de “qualquer acusação ou denúncia específica fundamentada”, o ministro ou ocupante de cargo de confiança “se afastará voluntariamente da posição e pedirá uma apuração independente”.

“O presidente da República tem que dar exemplo, a tarefa do presidente, do chefe de Estado, não é só não roubar, é não deixar roubar. Eu não tenho dificuldade com as questões escandalosas que envolvem o [Geraldo] Alckmin, mas é flagrante que ele deixa roubar”, afirmou.

Ao ser questionado sobre reportagem da revista Veja em que o ex-tesoureiro do Pros Niomar Calazans diz que Ciro “sabia e participava” de um esquema de extorsão no Ceará denunciado pelos irmãos Batista e que envolveria seu irmão, Cid Gomes, Ciro disse não haver “gravação, delação premiada, um testemunho, um documento, uma pista, uma pegada, seja o que for” contra ele.

Ciro acusou ainda o presidente Michel Temer (MDB) de ter “encomendado” a reportagem da revista, que chamou de “moribunda”.

Questionado se tinha provas sobre essa acusação, o candidato do PDT disse que o “financiamento que, com o BNDES quebrado, estão obtendo” provaria.

A série de entrevistas continua nesta terça (4), com a candidata da Rede, Marina Silva. Foram convidados nove presidenciáveis. Segundo a lei eleitoral, concorrentes de partidos com ao menos cinco parlamentares têm direito a participar de debates no rádio e na TV.

Folha de São Paulo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chiquinho disse:

    Ciro não sabe o que diz, depois do pé na bunda que o presidiário deu nele. Aliás ele nao quer o apoio de jeito nenhum do MDB mais morre de amor pelo PT. Pergunto, qual a diferença entre esses dois partidos? Os dois protagonizaram o maior escândalo de corrupção do mundo. Por fim dr Ciro Gomes, como vai a bandidagem no Ceará, onde o Sr e seu irmão governou???

  2. André Carvalho disse:

    #Ciro2018

  3. Jefferson disse:

    Isso e um Louco!!! acho que pior e o cidadão que vota num cara desses.

  4. George Luiz de Almeida Souza disse:

    De manhã ele critica a atuação policial;
    De tarde elogia a polícia.
    No outro dia de manhã diz que vai mandar soltar bandido;
    ao chegar a tarde, diz que vai endurecer com os bandidos;
    Fala que quer o apoio do PT e ao levar o pé na bunda do partido, afirma que nunca correu atrás dos petistas;
    Diz que vai dar um jeito do povo pagar suas dívidas, como? Alguém vai sair perdendo, se ele perdoar perdem as empresas, se ele bancar o financiamento perdemos nós através dos impostos, é um mágico?
    De manhã ele dá escândalo com os eleitores, perde completamente a linha. De tarde sai em caminhada abraçando jovens e beijando crianças.
    Ciro é normal?
    Qual a confiança que podemos ter numa pessoas que muda de opinião ao sabor do momento?
    Sem contar que ele já disse que vai dar perdão judicial a turma corrupta condenado pela lava jato. É isso que o povo brasileiro quer?? Tô FORA! Chega de esquerda bipolar! Basta de vermos um país sem rumo! Foram 13 anos de imoralidades sociais, legais e contra a família.
    O povo brasileiro não precisa de mais enroladas

  5. Tico disse:

    Numa hora ataca a direita, depois a esquerda, isso entrega a alma ao diabo pra ter voto e roubar

  6. Rosa disse:

    Uma hora diz que vai dar fuga a bandido, que recebe a polícia a bala, que vai botar a justiça num quadradinho, aí outra hora dá uma declaração dessa, é um desespero da mulesta p receber votos. Mas num vai não, ele num vai ter voto não.

Líder do PDT, presidenciável Ciro Gomes rechaça aliança com o MDB; lógica não vigora no RN

Valeria para o Rio Grande do Norte a declaração do presidenciável polêmico Ciro Gomes?

Em entrevista à Band, o paulista que fez carreira política no Ceará, disse que não quer negócio com a “quadrilha do PMDB”.

Para ele, governar com o MDB é o “caminho do fracasso sem falta”.

No solo potiguar, a aliança PDT/MDB vem sendo uma das parcerias mais duradouras na política local.

Em que pese o desgaste da legenda à qual é filiado Henrique Eduardo Alves, PDT e MDB conseguem atravessar com estabilidade a união, totalmente alheia às opiniões inflamadas de Ciro Gomes.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro Eneas disse:

    Certamente o blogueiro tem algum "probleminha" com algum (ou alguns) caciques do MDB no Estado. O que o faz misturar alhos com bugalhos, causando, no mínimo, aos mais desavisados, confusão.
    Apesar disso ainda existe brasileiros/potiguares com massa cinzenta e que conseguem diferenciar o que é bom para o país/Estado e o que é pura "moralidade de goela".

  2. Uthred Bebaburg disse:

    Só com a quadrilha do PT e com estado islâmico

  3. Marcelo disse:

    Ciro disse que não fará aliança alguma com "o lado quadrilha do MDB", tanto na entrevista na BAND quanto na FOLHA e em outras oportunidades. Em todas elas Ciro afirma que há gente boa no MDB, mencionando o Roberto Requião e outros. Com esses, Ciro disse que faria alianças. Seu posto não condiz com a verdade.

Ciro Gomes: ‘Só quem for idiota acredita’ em reaproximação entre Dilma e Temer

CZRa2oSWAAEwNqDO ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) afirmou que somente um “idiota” deve acreditar numa reaproximação entre a presidente Dilma Rousseff e seu vice, Michel Temer, que tiveram uma reunião nesta quarta-feira. O PDT, partido ao qual Ciro se filiou na expectativa de ser candidato a presidente da República em 2018, referendará nesta sexta-feira decisão de fechar questão contra o impeachment de Dilma. A presidente fará uma visita à sede do partido.

— Só quem for idiota acredita (numa reaproximação). Isso não quer dizer que a presidente tem de repudiar isso, até porque a política vive desses bailados. O que é importante é não acreditar, porque ele (Temer) está no golpe e é o capitão dele — afirmou o ex-ministro.

Ciro voltou a fazer ataques ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmando que o poder dele foi construído “roubando e distribuindo 80%”. O ex-ministro disse que há uma “fração bandida no PT” e fez ataques ainda a setores do PMDB. Reiterou, porém, haver bons quadros nos dois partidos.

CRÍTICAS NA FRENTE DE DILMA SERIAM “DESELEGANTES”

O ex-ministro e o presidente do PDT, Carlos Lupi, concederam entrevista para falar do evento em que receberão Dilma. Os dois fizeram diversas críticas à política econômica do governo, mas afirmaram que essas críticas não serão feitas na frente da presidente nesta sexta-feira porque seria “deselegante”. Segundo Lupi, Dilma fará uma visita e participará de uma homenagem ao ex-governador Leonel Brizola. A presidente foi filiada ao PDT antes de ir para o PT.

Lupi afirmou ser favorável à recriação da CPMF, mas disse ter dúvidas se este é o momento correto para esta proposta. Sobre o aumento da idade mínima para aposentadoria afirmou que é preciso antes rediscutir o déficit da Previdência retirando da conta gastos que teriam caráter mais vinculado à assistência social, como os benefícios pagos a trabalhadores rurais. Lupi disse que o partido apoiará apenas algumas medidas do ajuste fiscal do governo e não votará nada que considere contra os direitos dos trabalhadores.

O Globo

Carlos Eduardo Alves lança Ciro Gomes como candidato do PDT à Presidência

ciro gomesNo ato de sua filiação ao PDT, o ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes foi lançado pré-candidato a presidente da República em 2018 pelo prefeito de Natal, Carlos Eduardo.

“Esse partido, agora, tem uma referência nacional. Pode voltar suas vistas para 2018 e pode fazer Ciro Gomes presidente da República”, disse o prefeito, puxando aplausos e gritos de “Ciro, Ciro” do plenário lotado da sede do PDT em Brasília.

O presidente nacional do partido, Carlos Lupi, disse, em tom de brincadeira, que não estava planejando tocar no assunto. “Acabou saindo”, respondeu o prefeito.

O ministro Manoel Dias (Trabalho) também foi na mesma linha, em tom mais cauteloso. “O Ciro pode ser, daqui a três anos, uma importante alternativa para as forças do campo popular”, afirmou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ronaldo disse:

    Só aparece assombração…

  2. Eduardo disse:

    Sou mais Dagô kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Mané disse:

    Vai perder feio… nem 0,00001% dos votos vai ter. Nem de Patricia Pilar.

  4. Luiz disse:

    BG, vamos organizar um programa de HUMOR para o prefeito de Natal…kkkkkkkkkk

  5. peter disse:

    Os candidatos que nos apresentam hoje, para o futuro, são os mesmos que nos apresentaram no passado, portanto contribuíram fortemente para o nosso presente.

  6. jeremias disse:

    Pensei que este doido estivesse num manicômio.

Baixaria no PSB do Ceará revela que Ciro Gomes recebe R$ 22 mil como consultor

Folha

Sem mandato desde fevereiro, o ex-deputado Ciro Gomes recebe mensalmente R$ 22 mil do PSB do Ceará.

A pedido do irmão Cid Gomes, governador cearense e mandachuva do PSB no Estado, Ciro foi designado “consultor político” do partido.

A revelação veio à luz nas pegadas de uma conflagração do diretório do PSB no Ceará, que se encontra em pé de guerra.

O conflito acentuou-se após recente troca de comando da legenda.

O novo presidente, Karlo Kardozo, acusa o antecessor, Sérgio Novais, de ter inviabilizado as finanças do PSB cearense.

Kardozo anuncia que levará o caso à polícia, registrando boletim de ocorrência sobre R$ 140 mil que, segundo diz, Novais sacou indevidamente da conta do partido.

Em meio ao lufalufa, Novais esteve na redação de ‘O Povo’, o mais importante jornal do Ceará. Munido de documentação, negou que tenha procedido mal.

Lero vai, lero vem Novais revelou que Cid Gomes disignara Ciro Gomes como consultor do PSB-CE. Mencionou também a remuneração mensal de R$ 22 mil.

Ciro ainda não se pronunciou sobre o episódio.

Josias de Souza

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. cecilia disse:

    Uma auditoria no RN talvez encontrara-se servidores federais prestando consultoria em outras esferas públicas.

  2. Eduardo disse:

    Esse povo só muda de endereço, no restante, são todos iguais. Como é que um partido político tem um consultor político? É muita cara de pau.

Ciro Gomes é condenado a indenizar Fernando Collor em R$ 100 Mil

Consultor Jurídico

A Justiça paulista condenou o ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB) a pagar indenização de R$ 100 mil ao senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL). A decisão é do juiz Marcos Roberto de Souza Bernicchi, da 5ª Vara Cível Central da Capital. O magistrado entendeu que Ciro maculou a honra do senador alagoano, quando em entrevista chamou Collor de “cheirador de cocaína”, “playboy” e “safado”. Da sentença cabe recurso ao Tribunal de Justiça.

De acordo com o juiz, o valor da condenação seria suficiente para compensar o senador Fernando Collor pela ofensa sofrida e para por um freio na conduta do ex-ministro e ex-deputado federal Ciro Gomes. “Não existe qualquer dúvida de que tais expressões tenham sido proferidas com intenção clara de ofender o autor, mesmo porque escapam plenamente a qualquer campo do debate político e ingressam em seara pessoal que jamais deve ser exposta”, afirmou o juiz Marcos Roberto de Souza Bernicchi.

(mais…)

Governador do Ceará chama Ministro de Desonesto

Mais agressivo do que o irmão Ciro Gomes, o governador do Ceará, Cid Gomes, do PSB, deu com força no ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, e no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit). Cid Gomes responsabilizou os dois órgãos federais pelas péssimas condições nas BRs que cortam o Ceará. Chamou o ministro de “incompetente e desonesto”, classificou o MT de “laia” e o Dnit de “quadrilha” e propôs aos cearenses um “rally” pelos buracos da BR-222, que está marcado para o dia 16 deste mês.

É mole ou querem mais?

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Talvez o Governador HILUX esteja estressado. Precisando fazer turismo com a SOGRA usando estrutura do Estado. Ele realmente é um exemplo de "homem" público?!