Trabalhadores do transporte escolar, alternativo e taxistas reclamam de atraso diário em departamento de vistoria na STTU

Fotos: Divulgação

Trabalhadores do transporte escolar e similares enviaram uma reclamação ao Blog sobre o expediente da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). Eles se queixam quem o pessoal do DOP- Departamento de Operações, responsável para abrir os processos de vistorias, tem sido aberto de entre 9h e 9h30, enquanto muitos que precisam do atendimento ficam aguardando, diariamente, desde às 8h.

Segundo os denunciantes, o prejuízo com o atraso se estende também a categorias como taxistas e alternativos. Pedem, portanto, uma normalização e posicionamento da secretaria. “Revoltante”, resumem.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PAULO disse:

    BG
    Uma pergunta que não quer calar, quando essa secretaria há 20 anos na STTU, vai ser exonerada?. INCOMPETÊNCIA chegou ai e parou. Basta ver o exemplo recente da Av. Senador Salgado Filho o que ela e sua "equipe" impuseram, inclusive peitando a PRF em área fora de sua competência (sttu).

  2. Maxwell disse:

    Não sei porque a reclamação sempre que vou resolver alguma coisa resolvo dentro do horário, e sou muito bem atendido, principalmente por um rapaz de Óculos que atende super bem todos os usuários.

  3. Usuário disse:

    A central do usuário, prédio onde fica o departamento citado "DOP" abre as 08hs e encerra os atendimento às 14hs, todos os departamentos tem por obrigação de funcionar no horário estabelecido, são apenas 06hs de expediente para atendimento, agora se alguns tem regalias e trabalham menos e ainda tem.gente q defende, somente NiNa para resolver… chamem Nina!!!!

  4. Santos disse:

    Se o atendimento começa às 09 ou 09:30hs por q eles chegam as 08:00hs? … o povo gosta mesmo é de reclamar de tudo, a mesma coisa tá acontecendo com aquelas sebosas escadas que a PMN de forma certa retirou da praia de Ponta Negra, os quiosqueiros fizeram aqueles trambolhos para não ter que andar e usar as "oficiais" e agora vão para a TV reclamar.

  5. João Herculano disse:

    Acho que foi um caso isolado, pois todas as vezes que precisei, fui muito bem atendido pelo barbudo que fica no guichê.

  6. Manoel disse:

    Tem que ter a dificuldade para venderem a "facilidade"…

Carro do Diário de Natal se envolve em acidente próximo ao América

Um dos carros do Diário de Natal se envolveu em um acidente numa rotatória perto do comando da PM, próximo ao América. A frente do carro está toda danificada, mas todos passam bem.

O acidente, de acordo com informações de pessoas que estão no local, foi provocado por uma caminhonete que cruzou na frente do carro do DN. Nele estavam uma senhora e uma criança que também não tiveram ferimentos.

 

Veja quem é quem no "Diário" de Carla Ubarana

O que Carla Ubarana disse de desembargadores no diário:

Rafael Godeiro:

“Rafael Godeiro, ciente de como funcionava, recebia o dinheiro em mãos após sacar em guias, todas assinadas por Rafael Godeiro e João Cabral (sec), não queriam nem saber quem era o beneficiário o que importava era o fim”

Osvaldo Cruz:

“O presidente Osvaldo assinava cheque, nós depositávamos em nossa conta, sacava e depois dividia. E os valores foram crescente até porque chegou o dinheiro do RPV e muito dinheiro sem dono”

Judite Nunes:

“Houve omissão de Judite nas guias. Ela mandava assinar em branco para quando fosse necessário”

Caio Alencar:

“Des. Caio Alencar – pesos e medidas diferentes”

Zeneide Bezerra:

“Esposo da des. Zeneide solicita pagamento do mesmo precatório duas vezes”

João Rebouças:

“Quero colocar também a omissão do presidente da Comissão dos Precatórios, des. Rebouças”

Fonte: Tribuna do Norte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. caio fábio disse:

    Sentimentos diversos de revolta, repugnância, vergonha,  incapacidade, e o pior, saber que não vai dar em nada.
    E saber que pessoas de bem tiveram suas vidas, seus anseios, seus direitos, "julgados" por esse tipo de gente.

Servidores vão contradizer depoimento de Kalazans sobre o DOM

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga os contratos fechados pela Prefeitura do Natal vai ouvir no dia 16 de janeiro o depoimento de dois servidores que podem dar um novo rumo ao andamento dos trabalhos investigativos.

Os dois servidores, cujos nomes ainda não foram revelados, irão trazer novas versões sobre o poder do secretário-chefe do Gabinete da Prefeitura (Segap), Kalazans Bezerra, sobre o Diário Oficial do Município (DOM). Em seu depoimento, Kalazans negou ter qualquer tipo de influência sobre a publicação.

Inclusive, essa versão foi ratificada pelo presidente da Comissão do DOM, Wilton Cardoso. Wilton, durante o depoimento no plenário da Câmara Municipal de Natal, afirmou que Kalazans não tinha poder sobre o documento.

A informação de que o secretário-chefe teria tais poderes partiu do ex-secretário de Saúde (SMS) Thiago Trindade. Na frente dos parlamentares, Thiago deu a informação de que nenhum contrato ou extrato é publicado no Diário Oficial sem a prévia autorização de Kalazans e que ele tinha, inclusive, o poder de veto sobre qualquer assunto publicado.