Política

Prefeito do Município de Cocal – PI emite nota de esclarecimento e repúdio

NOTA OFICIAL DE ESCLARECIMENTO E REPÚDIO

O atual Prefeito do Município de Cocal – PI, Rubens Vieira, foi surpreendido na data hoje com o compartilhamento, em alta dimensão, de trechos de um discurso de ódio e cheio de acusações levianas proferidas por adversário político quando da realização de Convenção Partidária Progressistas e MDB na data de ontem, no Município. O senhor José Maria Monção, ex-prefeito de Cocal-PI, expôs de maneira confessa um conjunto de irregularidades de seu grupo político, e tentou justificar suas ações realizando uma exposição indevida do atual Prefeito, pelo que merece total REPÚDIO em suas palavras e atos. Hoje, em um dia simbólico, em que se comemora a independência do Brasil, a população brasileira necessita refletir, a partir desse tipo de confissão, e afastar da vida política grupos de pessoas que não estão preocupadas com a causa pública. O Prefeito Rubens Vieira reafirma o seu compromisso com a população de Cocal, e se encaminha para o encerramento do segundo mandato, em uma gestão comprometida, com a aprovação de quase 80% (oitenta por cento) da população, e, com muitas obras e melhoria de qualidade de vida para a população cocalense. Esse sim, o povo cocalense, deve ser conhecido e propagado, nacionalmente, em sua dignidade, e lembrado e honrado através de políticas públicas e ações eficazes, como se fez nesses quase 08 (oito) anos.

Assessoria de Rubens Vieira, atual Prefeito de Cocal – PI

Opinião dos leitores

    1. Com certeza, Luladrao roubou alguns BILHÕES a mais do que esse inocente.
      # voltaLulapracadeia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Ex-prefeito na Grande Natal emite nota de esclarecimento sobre prestação de contas na educação

O ex-prefeito de Extremoz, Klauss Rego, informa que no momento em que receber a citação da Justiça, “serão adotadas as providências necessárias à elucidação da suposta ação, onde restará comprovado, com a documentação necessária, a improcedência das acusações”

 

“Não fui, em nenhum momento, acionado a respeito de qualquer esclarecimento dessa matéria, que fez menção à uma suposta solicitação de informações à minha pessoa e isso não procede”.

Leia nota na íntegra aqui no portal Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. BG, o engraçado é q vc não publica em seu Blog o descaso no Município de Extremoz, a atual Administração tem 84% de rejeição, mas isso vc não fala, Secretário afastado por suspeita de corrupção e vc nunca divulgou, agora notícias do ex- prefeito, vc sequer checa as informações e joga a bomba no seu blog, vc não precisa disso, conquistou respeito e credibilidade, não jogue fora com matérias sem fundamentos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

TRE-RN emite nota sobre a Operação Balcão

NOTA – TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RN

Sobre investigações deflagradas nesta quarta-feira (dia 8 de maio), identificadas como Operação Balcão, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte esclarece que os fatos recaem sobre ex-integrantes da Corte Eleitoral e remontam a 2014.

O TRE-RN colabora com as instituições repassando informações solicitadas pelos responsáveis pela investigação.

A Corte Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral reafirma seu compromisso com a seriedade, ética e lisura em todos os seus procedimentos e ações e repudia quem não procede dessa forma.

Assessoria de Comunicação

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sesap emite nota sobre falta de insumos no Hospital Santa Catarina em Natal

A respeito de comunicado expedido pela equipe de plantão do Hospital Pedro Germano (Santa Catarina) do domingo (06.05) que relata a falta de insumos básicos para o atendimento no pronto-socorro, a Secretaria de Estado da Saúde Pública informa que o documento foi expedido à direção do hospital relatando um fato momentâneo que pode ocorrer com qualquer hospital pronto socorro de portas abertas. Devido o hospital receber casos além de sua demanda natural que é de urgência e emergência, naquele momento a equipe restringiu o atendimento a esses casos, encaminhando as demais demandas ambulatoriais para as UPAS e unidades básicas de saúde que, naturalmente, fazem esse tipo de atendimento. A direção do hospital informa que a situação já está está sendo resolvida e nos próximos dias o atendimento volta à normalidade.

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde Pública

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

IFRN emite nota sobre bloqueio orçamentário: 27 milhões a menos para o funcionamento da Instituição

Nota à Comunidade do IFRN

Como as demais instituições públicas de ensino superior e tecnológico do país (universidades e institutos federais), o IFRN recebeu na manhã dessa quinta-feira (2) a informação do bloqueio de parte dos recursos destinados para as suas ações no ano de 2019.

A porcentagem de bloqueio foi da ordem de 30%, representando um valor de 27 milhões de reais a menos em recursos de custeio (funcionamento da Instituição).

Os dados foram extraídos do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (SIAFI).

Conforme mostra o quadro, foram bloqueados R$ 26.154.174,00 dos R$ 67.380.582,00 aprovados na Lei Orçamentária Anual (LOA/2019) para o funcionamento do IFRN, o que representa uma perda de quase 39%. Além disso, são R$ 870.000,00 a menos em recursos aprovados para capacitação.

Os recursos destinados à assistência estudantil, da ordem de R$ 19.800.000,00, em princípio, foram mantidos.

“O corte é significativo e poderá inviabilizar o funcionamento do IFRN. Nesse sentido, estamos buscando interlocução com diversos agentes públicos a fim de garantir a integralidade do orçamento do IFRN. Na próxima semana estaremos participando da Reunião do Conselho de Reitores (CONIF) para debatermos o tema e propor encaminhamentos. No dia 7, o Secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Ariosto Culau participará dessa reunião; no dia 8 haverá uma reunião do CONIF com a Frente Parlamentar dos Institutos Federais, na Câmara dos Deputados. No dia 10 há também uma audiência marcada com o Ministro da Educação, Abraham Weintraub. Além disso, fizemos contato com o coordenador da bancada federal, Deputado Federal Rafael Motta, para uma reunião com todos os deputados federais e senadores do Rio Grande do Norte. Em paralelo, discutiremos com toda a comunidade acadêmica do IFRN sobre a situação da Instituição e os impactos do bloqueio dos recursos orçamentários”, explicou o reitor Wyllys Farkatt Tabosa.

Opinião dos leitores

  1. Já passava da hora de se dar um "chega pra cá" na educação brasileira. Afinal, investe-se nela um oceano de dinheiro público e não se colhe mais que resultados pífios.

  2. Todos os comentários aqui foram ditos por "achismo", então vamos com calma. Assim como qualquer repartição pública, todos sabemos que há exceços de gastos sem necessidades. Creio que esse corte venha para apertar tudo e depois o governo vai soltando para o que for realmente indispensável. Eu GOSTARIA que fosse assim.

  3. Esse governo tem muita coisa ruim, mas de TUDO, tenho certeza que o PIOR foi ter aberto a tampa do bueiro da podridão das pessoas. Inveja todo mundo sente, é humano, mas as pessoas perderam a vergonha de vomitar isso em público, coisa deprimente e contrangedora. Sério mesmo que tem quem acredite que o grande custo de instituições desse porte e relevância vem da gasolina do carro da reitora? Francamente! Haja malabarismo cognitivo para justificar o injustificável e disfarçar o indisfarçável.

    1. Uau! "Malabarismo cognitivo"! Aprendeu certinho na UFRN!…

      A gasolina do carro oficial e as cenrenas de motoristas das UFs e IFs, na contramão das universidades públicas mundo afora, são sim de interesse público. Assim como as muitas gorduras das UFs e IFs. Basta de malabarismo ético!

  4. Porque não cortam seus salários e penduricalhos, esse presidente está na contra-mão do que prega as maiores potências mundiais, investimentos em educação. Pior é ter gente que ainda concorda. Lamentável. Educação é o maior legado que um país pode deixar para seu povo.

    1. Vc devia se preocupar com o auxílio moradia de Juiz q mora na cidade, com auxílio terno, com filhas que não casam para receber a pensão do pai militar ou da justiça, com auxílio creche para filhos do pessoal da justiça até mais de 20 anos, com planos de saúde pago a aos filhos até…….enfim se preocupar com ônibus usados para levar alunos para aulas, carro q leva o servidor para atividades de trabalho…..que preocupações pequenas vc tem. Procure se informar para não ficar dizendo inverdades.

  5. O presidente sempre me surpreende, quanto penso que não pode ficar pior, ele mostra que pode kkkkkkkkk.

  6. É inimaginável ver comentários de gente exaltando cortes de verbas para a educação. Vivemos tempos de trevas, de exaltação à ignorância. O anti-intelectualismo do bolsonarismo é a evidência clara do ódio e da inveja ao conhecimento que não possui.

  7. Parabéns,Presidente,tem cortar as mordomias desses parasitas,e uma rígida fiscalização no gasto de verbas nas Universidades Federais e Ifrns,

    1. Vc devia se preocupar com o auxílio moradia de Juiz q mora na cidade, com auxílio terno, com filhas que não casam para receber a pensão do pai militar ou da justiça, com auxílio creche para filhos do pessoal da justiça até mais de 20 anos, com planos de saúde pago a aos filhos até…….enfim se preocupar com ônibus usados para levar alunos para aulas, carro q leva o servidor para atividades de trabalho…..que preocupações pequenas vc tem. Procure se informar para não ficar dizendo inverdades

  8. A esquerda ainda vai chorar muito, mas é bom, acalma a alma e até faz refletir, mas diga onde estar sendo cortado os recursos?! Ninguém quer abrir mão das regalias, simples assim.

    1. Vá pesquisar na UFRN, IFRN e UFERSA e verifique onde estão os cortes, não podemos falar por achismo. Todo órgão público esta aberto ao cidadão para exposição de suas contas públicas, basta a população querer procurar informações, e não falar opiniões por senso comum.

    2. Que regalias, rapaz? Pare de se alimentar de "notícias" de zap e procure conhecer a realidade das instituições. Povo fica consumindo essas correntes patéticas, cheias de mentiras, se alimentando de ódio e despeito por realidades que desconhecem completamente. Os dados são abertos. Não é difícil descobrir quanto se gasta e o que se produz nessas instituições.

  9. Só eu notei que os cortes estão sendo objeto de críticas atingiram apenas as mamatas de servidores de dirigentes?
    Para os estudantes tudo igual. Mas quem se importa com eles? Os reitores? Não. A preocupação é se vai ter gasolina e carro para seus afazeres. Quem não lembra que um motorista da reitora da UFRN foi morto quando ia buscá-la para deixá-la no aeroporto?
    Esquerdalha não se preocupa com educação. Se preocupa com suas vantagens, seus próprios benefícios e se sobrar tempo, em doutrinar alunos.

    1. Nossa senhora, é muita ignorância!
      Como discriminado na reportagem, cortes no "Funcionamento da Instituição" significa redução de verba para pagamento de energia, de segurança, de água, de limpeza… Isso não representa salários, meu caro apedeuta.
      Enquanto você parabeniza o corte de verbas de CUSTEIO, tem gente distribuindo 40 milhões por voto para a reforma da previdência.

    2. Obrigado por sua opinião sem nenhum dado fundamental concreto, apenas sua opinião por senso comum. Quanto ignorância.

    3. Vc devia se preocupar com o auxílio moradia de Juiz q mora na cidade, com auxílio terno, com filhas que não casam para receber a pensão do pai militar ou da justiça, com auxílio creche para filhos do pessoal da justiça até mais de 20 anos, com planos de saúde pago a aos filhos até…….enfim se preocupar com ônibus usados para levar alunos para aulas, carro q leva o servidor para atividades de trabalho…..que preocupações pequenas vc tem. Procure se informar para não ficar dizendo inverdades

  10. Meu Deus, quanta estupidez! Me aponte um país que diminui seus investimentos em educação? Principalmente nos IfRN´s espalhados pelo interior, os alunos são filhos de gente humilde, agricultores…

  11. Quem passa pelo IFRN vê os absurdos desperdícios de lá: ônibus sem fim, carros oficiais para boa parte da diretoria, obras sem número. Quem conhece universidades públicas na Europa sabe que não é assim: nada de reitores e sub-reitores com carro e motorista.

    Então, há sim muito espaço para cortes. O país está em crise já há muitos anos e as universidades devem buscar otimizar recursos e receitas alternativas.

    1. BG
      Uma frota enorme de ônibus e automóveis nos IFs e Universidades Federais a gastar gasolina, diesel, manutenção,motoristas,etc. Tem que vender essa frota e quando precisar usar legalmente, faz licitação para transportes de atividades exclusivas curriculares, nada de passeio. O dinheiro é público dos impostos pagos pelos Cidadãos e precisam serem usados com critérios.

    2. Quanta ignorância. Procure informações dos gastos das instituições citadas. Veja qual o motivo do deslocamento dos veículos, todas essas informações estão em suas mãos, apenas vá em busca dela e não falar o senso comum.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Detran-RN emite nota sobre Operação do Ministério Público

NOTA DETRAN/RN:

Operação Ministério Público

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) vem a público se pronunciar a respeito da operação desencadeada na manhã desta terça-feira (30), pelo Ministério Público do RN, que investiga o processo de credenciamento de estampadoras de Placas Veiculares no padrão Mercosul:

1- O Detran reitera seu compromisso com a legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, e diante do ocorrido, se coloca a inteira disposição dos órgãos públicos de investigação e controle para esclarecer e contribuir com a verdade dos fatos;

2- De imediato deixamos claro que a investigação alvo do Ministério Público do RN trata de um ato validado no ano de 2018, portanto, em gestão e Governo anteriores;

3- Seguindo os parâmetros do Governo atual, ressaltamos que qualquer investigação que venha edificar os processos nos pilares da transparência e da legalidade, necessariamente, vai contar com o apoio, com a contribuição e com o agradecimento da atual Direção do Detran;

4- Por fim, aguardamos o trabalho de investigação e os devidos esclarecimentos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Midway Mall emite nota sobre incêndio e tranquiliza que ninguém ficou ferido

O Midway Mall esclarece que na tarde desta segunda-feira (29/04) detectou em área externa do empreendimento um incêndio.

Imediatamente a brigada de incêndio do Shopping iniciou o combate. Logo em seguida, o Corpo de Bombeiros se juntou a equipe e o fogo foi controlado, apesar de ainda haver fumaça, ocasionada pelo resfriamento.

O Midway Mall informa que o incêndio foi pontual nesta área externa e ninguém ficou ferido. Devido a interferência no sistema de ar condicionado, o shopping encerrou suas atividades antecipadamente.

“Oportunamente, informaremos sobre a reabertura”, encerrou a nota.

Opinião dos leitores

  1. Aos diretores do Midway, foram seus Bombeiros Civil que combateram o incêndio . Profissão regulamentada por LEI! Reapeitem estes profissionais.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

IPTU 2019: Secretaria Municipal de Tributação em Natal emite nota de esclarecimento sobre o reajuste geral incidente no imposto e cita correção de “injustiças”

Contribuintes têm reclamado do reajuste do IPTU 2019 em Natal e usado as redes sociais para destacar casos que chegam a ultrapassar até mesmo 100% comparado a valores do ano anterior. O município, através da SEMUT,  justifica em alguns fatos a necessidade e correção de “injustiças”. Confira íntegra abaixo:

Em razão de notícias desencontradas a respeito do IPTU 2019, a Secretaria Municipal de Tributação vem a público esclarecer que o reajuste geral incidente no imposto foi de 4,28% em relação ao praticado em 2018, para os imóveis que se submeteram à avaliação genérica, índice oficial da inflação medida pelo IPCA_E pelo IBGE, conforme previsto na lei 3882/89.

Outro fato que enseja acréscimo no imposto decorre da vigente redação do artigo 44 do CTM. A REGRA anterior estabelecia a alíquota de 1% para imóveis não residenciais com área superior a 1 mil m² e de 0,6% para imóveis com área inferior a essa. A nova redação estabelece a igualdade da alíquota de 1% para todos os imóveis não residenciais, corrigindo-se injustiças até então cometidas, por exemplo, com uma indústria fomentadora de milhares de empregos em bairros menos abastados, que arcava com 66,66% de IPTU a mais que uma agência bancária ou uma loja de grife estabelecidas em áreas nobres da capital.

De mais a mais, deve-se ressaltar que a Constituição Federal estabelece em seu artigo 156, inciso I, que o IPTU poderá ter alíquotas diferentes em razão da localização e do uso do imóvel. Assim, em sintonia com o preceito constitucional, Natal e todos os demais municípios brasileiros sempre estabeleceram carga tributária menos gravosa para os imóveis estritamente residenciais. Pensamos que, nesse particular aspecto, as leis municipais, além de se alinharem com o texto constitucional, abrigam traços de justiça e harmonizam-se com a função social dos imóveis que satisfazem o fundamental direito à moradia.

Outro fator que tem alterado, por vezes, o valor do imposto diz respeito à forma de se chegar ao valor venal do imóvel, que é a base de cálculo para efeito do IPTU, nos termos do artigo 33 do Código Tributário Nacional e 23 do Código Municipal, possibilitando a avaliação individual em detrimento da genérica. Tal fato tem propiciado a atualização de muitas bases de cálculos do referido tributo que se encontravam demasiadamente inferiores ao real valor de mercado. Portanto, o que se busca com o procedimento fiscal é evitar a renúncia indevida, sem embasamento legal, de receitas tributárias.

Finalmente, a SEMUT se coloca à disposição dos contribuintes caso haja dúvidas ou divergência na interpretação do valor venal dos imóveis para analisar eventuais reclamações, que poderão ser anexadas no próprio processo eletrônico de fiscalização, informado nos boletos, seja pela internet – no endereço eletrônico natal.rn.gov.br/semut – ou na sede da secretaria, na rua Açu 394, Tirol.

 

Opinião dos leitores

  1. Absurdo !!!! No meu caso aumento acima de 40% !!!! A PMN tem instalações e serviços de péssima qualidade, ruas sujas sem varrição, buracos por toda parte e por ai vaii. Sabe qdo abrirei empresa em Natal…NUNCA, construir outro imóvel…NUNCA !!!! O Sr prefeito q faça a lição de casa organizando a PMN e reduzindo seus custos….

  2. Todos os contribuintes que tiverem seu IPTU reajustado de forma abusiva devem ajuizar ação contra a prefeitura, pois assim estaremos exercendo nossa cidadania. Não podemos aceitar de forma passiva tais reajustes, pois ninguém pode ser pego de surpresa, principalmente sem nenhum beneficio correspondente a tal aumento absurdo.

  3. Absurdo isso, o governo e município só que venha nós a nosso reino e serviços de qualidade que é bom, nada…!

  4. Vou ter que demitir funcionário para pagar a prefeitura quão exacerbado foi o aumento, meu salário não aumentou. É isso que dá: O "estado" atrapalhando a vida do povo e ocasionando desemprego. Socialismo é isso. Ao invés do "estado" se enxugar, ele incha para suportar indicados políticos, suga dinheiro dos trabalhadores e os mais pobres são quem pagam a conta.

  5. Absurdo o valor do IPTU,isto é uma extorsão,já basta a quantidade de imposto que pagamos.Taxa de lixo,onde está sendo usada?Ruas esburacadas e com muito lixo,daqui a alguns anos precisarei vender o imóvel para poder pagar o IPTU,estou revoltada.

  6. Os buracos nas ruas de Natal e os valores do IPTU aumentam todos os anos! Incrível como isso acontece em sincronia. E o interessante é que os valores dos imóveis em Natal, como é notoriamente sabido, estão em queda há 5 anos, com uma desvalorização de 20%, pelo menos. Só o IPTU que continua se valorizando.
    Se continuar desse jeito, daqui a 10 anos, terei que vender meu imóvel para pagar o IPTU.
    Enfim, cadê o MP ? Ah! Pode atuar não porque é matéria de ordem tributária! kkkkk

  7. O povo Potiguar elegeu Fátima, correto? Logo, queremos um Estado grande. O município apenas captou a mensagem política. E de onde virá o custeio tolinho? Do seu e do nosso bolso, nobre amigo. Lembre-se que o Estado nada produz.

    1. Quando o indivíduo não contextualiza o que lê e não consegue distinguir Estado unidade federativa de Estado instituição e se acha autorizado a chamar o próximo de idiota.
      Retrato perfeito dessa geração de incapazes: ignorante e arrogante. Muito triste.

  8. Aumentar com correção tudo bem, mas poderia ser GRADATIVO! Numa crise dessas, repassar para o contribuinte de uma vez e sem aviso prévio, é um desserviço à população!!

  9. Como o contribuinte não pode fazer greve, o ideal seria depositar em juízo e entrar na justiça.

  10. Nao justificou nenhum reajuste acima de 5%. mudanças nas regras nao podem vir para prejudicar a atividade economica. A prefeitura tem que reduzir seus custos. Um vereador ganha muito.

  11. A prefeitura está transferindo o ônus da crise e dos gastos com a máquina pública para os contribuintes, já tão sacrificados pela alta dos preços e falta de perspectivas de crescimento do país. Lamentável isto, além de não haver retorno para a população da cidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

CASO MP EM NATAL: Defesa do ex-servidor Guilherme Wanderley emite nota

Defesa do ex-servidor Guilherme Wanderley Lopes da Silva, que será julgado no dia 11 deste mês, sob a acusação de tentar matar os promotores Rinaldo Reis, Wendell Beetoven e Jovino Pereira, em março do ano passado, na sede do MP em Natal, emite nota sobre acusações e saúde mental do réu.

Nota

A Defesa Técnica do sr. Guilherme Wanderley Lopes da Silva, vem através deste instrumento, tendo em vista as publicações distorcidas e incompletas veiculadas nos canais de comunicação, esclarecer ao povo Potiguar que, na primeira fase do procedimento do Júri, o mesmo foi acusado de atentar contra a vida três Promotores de Justiça por tripla tentativa de homicídio com duas qualificadoras: uma pelo motivo fútil e a outra pela dissimulação.

Em face das peculiaridades do fato, ocorrido na manhã do dia 24/03/2017, bem como a carta apresentada pelo acusado, onde continha evidências de que o sr. Guilherme Wanderley apresentava transtorno mental, o Juízo da 3ª Vara Criminal da Comarca de Natal, deflagrou o Incidente de Insanidade Mental, oportunidade que fora rechaçada de plano, tanto pela Defesa Técnica, quanto pelo Juízo a perícia realizada pelo Ministério Público em sede de processo administrativo disciplinar.

Esclarecemos, ainda que, por motivos óbvios, qual seja a busca pela imparcialidade, não poderíamos aceitar que a Parte interessada produzisse a própria perícia, e por este motivo, como já dito acima, o Juízo da 3ª Vara Criminal determinou que o Instituto Técnico-Científico de Perícia /ITEP/RN providenciasse o exame de insanidade de Guilherme Wanderley.

Para tanto, foi designado, por orientação do próprio Ministério Público, o Dr. João Batista de Souza, médico-perito psiquiátrico forense do ITEP/RN, com larga experiência atividade na área de psiquiatria forense (aproximadamente 30 anos). O referido perito constatou e asseverou em seu laudo técnico oficial, que no dia do fato, Guilherme Wanderley, era parcialmente incapaz de entender o caráter ilícito dos seus atos, assim como esclareceu detalhes do seu trabalho em juízo, através de laudo complementar e depoimento prestado em audiência de instrução e julgamento.

Ressalte-se que o próprio Juízo, em sede de sentença de pronúncia, reconheceu que Guilherme Wanderley, estava parcialmente incapaz na data do fato, haja vista que revogou a qualificadora do motivo fútil, por entender que os motivos estressores alegados em sua carta, não poderiam ser considerados como fúteis.

Ademais, vale o registro que a impressa potiguar noticiou diversos entreveros e problemas institucionais de toda ordem ocorridos no período da gestão do então Procurador-Geral de Justiça, com o Colégio de Procuradores e servidores em geral.

Portanto, diferentemente do que está sendo veiculado de forma distorcida, equivocada e omissa, estamos diante de um cidadão que, no dia 24 de março de 2017, era parcialmente e mentalmente incapaz de entender o caráter ilícito de sua conduta, é tanto que, até a presente data, ainda se encontra recolhido no MANICÔMIO JUDICIÁRIO e não em clínica particular como desavisadamente restou repercutido nos meios de comunicações.

Em relação aos caminhos jurídicos dispensados para a Defesa Técnica do sr. Guilherme Wanderley ou para qualquer outro caso semelhante, competirá de forma exclusiva ao Tribunal do Júri da Comarca de Natal/RN, apreciar este caso e decidir livremente entre a sua absolvição ou uma condenação com redução de pena.

Mas, o caso em tela já conta com uma verdade incontroversa, extreme de dúvida, estamos diante de um processo que envolve um cidadão portador de transtorno mental que, no dia fato narrado na denúncia, era parcialmente incapaz de entender a ilicitude de sua conduta, circunstância essa provada pela única perícia admitida pelo Juiz do feito.

(Advogados: José Maria Rodrigues, Jonas Antunes e Marcelo Antunes.)

 

Opinião dos leitores

  1. E aquele Promotor que matou uma pessoa atropelada em São Miguel do Gostoso?
    Será que serão igualmente duros com ele, na medida de sua culpa e nos limites da lei?
    Tenho lá minhas dúvidas…

  2. Se todo mundo que resolver matar pessoas, por um motivo que não seja de legítma defesa, alegar insanidade naquele intervalo de tempo, não teremos mais assassinos, apenas doidos!!! A defesa do cara que esfaqueou o Bolsonaro deve tá alegando o mesmo…Ôh paísin conivente como criminoso esse nosso!!! Varêi…

  3. Pode não, só pode demitir depois do transito em julgado da sentença, o rapaz é inimputável!

  4. ABSURDO A DEMISSÃO DESSE CARA!
    Agora tem juiz e promotor que roubou milhoes e foi premiado com aposentadoria compulsoria!
    Essa turma das regalias é demais!
    Bolsonaro tem que acabar essa farra, começando pelo respeito ao teto salarial que hoje é salario base considerando os penduricalhos que inventam para driblar o teto, quando toda e qualquer verba deveria entrar no calculo, senao o jeitinho brasileiro aparece…
    Fim de regalias JÁ, férias 60 dias e muitas outras imoralidades

    1. Se o crime tivesse ocorrido de forma inversa , ou seja praticada por um promotor contra servidores, com certeza não haveria demissão, nem júri popular. O Ministério Público pode tudo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Governo do Estado emite nota de esclarecimento e cita “fake news”

NOTA

O Governo do Estado publicou nota nesta sexta-feira sobre as recentes informações divulgadas pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte/RN) de que o Governo do RN, após uma reunião na semana passada entre o governador Robinson Faria e representantes do Sindicato, não pagaria o restante do décimo-terceiro de 2017 e 2018. Diante de polêmicas, a assessoria Comunicação esclarece:

– Não houve reunião entre o governador Robinson Faria e representantes do Sinte/RN na semana passada para discutir o assunto do pagamento do décimo-terceiro ou qualquer outra pauta com o Sindicato;

– O Governo do RN se coloca à disposição, não apenas do Sinte/RN, como de outros sindicatos, para tratar qualquer pauta;

– O Governo do Estado, via assessoria de Comunicação, repudia este tipo de expediente com fins exclusivamente eleitoreiros. Trata-se, portanto, de uma fake news plantada para desestabilizar e enfraquecer o Rio Grande do Norte;

– O Governo do Estado pagou no último dia 17/08 o décimo-terceiro de 2017 para quem recebe entre R$ 3 mil e R$ 4 mil, atingindo o número de 84 mil servidores ativos e inativos com décimo pago, equivalente a 75% do total de 111 mil servidores;

– Quanto ao décimo-terceiro salário dos servidores que recebem acima de R$ 4 mil (25% da folha), o Governo informa que segue acompanhando as receitas, para anunciar em breve a finalização do pagamento;

– 81% do décimo-terceiro dos Policiais também já foi pago;

– Já foi pago em julho a antecipação de metade do décimo-terceiro de 2018 dos servidores da Educação e dos órgãos da administração indireta que têm receita própria;

– Sobre os salários do funcionalismo público, o Governo do Estado reitera que a FOLHA ESTÁ EM DIA.

Opinião dos leitores

  1. salario em dia isso é uma piada, como salario em dia, que so paga todo mês em atraso sempre dia 06 ou até mais, ele poderia dizer salario em dia, se pagasse todo dia 30.

    1. Está chei da grana, fica mentindo para o POVO mas engana que sempre terá resposta para esse tipo de gestão.

    2. Governinho mentiroso e ordinário. A folha só está em dia se for paga até o último dia do mês. O pagamento da folha de agosto só conclui no dia 10/09. Estão pensando que estão fazendo campanha para analfabetos?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Em nota, Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte destaca ‘interpretação equivocada’ noticiada sobre salários dos juízes e desembargadores

Nota – Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte – AMARN

Sobre a notícia veiculada na Tribuna do Norte, segundo a qual “os juízes e desembargadores da Justiça Estadual do RN recebem, em média, R$ 63.449,00 por mês”, é importante esclarecer que a afirmação de que os magistrados do Estado recebem essa média salarial é uma interpretação equivocada dos dados trazidos no relatório Justiça em Números do CNJ.

Os salários dos juízes e desembargadores variam entre R$ 24.816,00 (início de carreira) e R$ 30.471,11 (desembargador). Levando em conta que são devidas, à maioria dos integrantes da categoria, verbas indenizatórias (Auxílio Moradia, auxílio saúde, por exemplo), o máximo que pode chegar a receber um desembargador, teto da categoria, é pouco mais de R$ 30.000,00 (em valores líquidos), o que se dá após várias décadas de serviço.

Alguns veículos da imprensa não souberam interpretar os dados contidos no relatório e a divulgação desta distorção, tenta, mais uma vez, deturpar a verdade dos fatos e colocar a população contra o Judiciário e seus integrantes; o objetivo é nítido, uma vez que essas informações estão disponíveis no Portal da Transparência.

No que se refere à despesa anual de Magistrados, os valores representam o custo do serviço público, computados pagamentos de encargos sociais, previdenciários e imposto de renda, e não o valor efetivamente recebido por magistrados a título de apenas remunerações. Os valores consideram, inclusive, despesas de viagens a serviço, tais como passagens e diárias; bem como os pagamentos com inativos e pensionistas, o que pode acarretar diferenças quando feita a comparação entre Tribunais, uma vez que a modalidade de tais vencimentos pode ocorrer a expensas do órgão ou por meio de fundos de pensão, neste caso, não computados.

A AMARN, instituição privada que representa mais de duas centenas de juízes e desembargadores, lutará diuturnamente para que a população se mantenha devidamente informada sobre a realidade que os membros do Judiciário enfrentam para prestar, sem interrupção, e com total devotamento, o serviço de levar JUSTIÇA à população potiguar.

José Herval Sampaio Júnior
Presidente da Amarn

Opinião dos leitores

  1. Rapaz , quando eu li essa notícia me deu vontade de chorar com peninha desse povo. Os cara gostam de malhar mesmo com os outros menos abastados.

  2. Realmente é uma classe muito sofredora, sem privilégios e que colabora com a sociedade, ora sendo super eficiente, ora devolvendo recursos do duodécimo.
    Não se entende como são tão massacrados, tão perseguidos e tão mal compreendidos.

  3. kkkk
    Quer dizer que líquidos o salário é só 30mil "após décadas" e bruto será que bate com a realidade do CNJ?
    Sem comentários!

  4. Pelo amor de Deus, era melhor a associação ficar quieta!
    Todo mundo sabe a realidade, alem de auxilio moradia de quase 5mil, recebem 1.600reais de auxilio alimentação, talvez o maior do PLANETA!
    Acreditem, basta ver no portal da transparência. ABSURDO!
    Esse nosso estado/RN quebrado paga mais a um juiz e promotor do que a União paga aos juizes federais. Não dar para entender! Sobra para eles e falta pros outros.
    Seria cômico se não fosse tragico!

  5. Essa nota da AMARN-RN é cômica. Admite o salário de R$ 30.000,00 (TRINTA MIL REAIS) LIQUIDOS. Imagine o valor bruto???? Fora os auxílios moradia, saúde, alimentação.. que são legais, mas não deixam de ser IMORAIS.

  6. Doutor tenha vergonha, a realidade todo mundo sabe!
    A MÉDIA É MESMO MAIS DE 50MIL REAIS!
    O que se calcula não é liquido e sim bruto, o senhor sabe disso, assim se o cara tiver 10 emprestimos o salario dele liquido é lá embaixo.
    Outra coisa, todo mundo sabe que juiz entra com salario de 26mi e com auxilios ja passa de 30mil, MAS CHEGA AO TOPO em apenas 3anos DOUTOR, será que o senhor esqueceu, que depois do estagio probatorio já ganha o SALARIÃO DO SENHOR.
    Vocês não precisam esperar várias décadas de serviço para chegar no fim de carreira, esqueceu?!
    Doutores, vcs ainda tem privilegios. Diferentemente dos outros funcionários públicos que demoram ate 20 anos pra chegar ao topo de carreira, vcs bastam 3 anos.
    kkkkk
    Isso é querer achar que o povo é besta!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Lei eleitoral: ortopedista Dr. Tiago de Medeiros Almeida emite nota

Médico filiado ao PSDB emite nota. Veja íntegra:

Eu, Tiago de Medeiros Almeida, venho por meio da presente nota, informar que nunca usei os meus serviços médicos como ferramenta para angariar votos. É fato público e notório que sou Ortopedista e integrante do Instituto Mais Saúde, que há mais de quatro anos vem prestando os seus serviços em várias cidades do Rio Grande do Norte através de atendimento filantrópico.

Em nenhum atendimento do Instituto Mais Saúde como médico, usei meios de coerção ou pedido explícito de voto.

No entanto, os atendimentos de forma voluntária e filantrópica que propiciam o bem da população estão sendo interpretados de forma equivocada. Nesta tarde, fui surpreendido com matéria em site no qual se reporta a uma Representação Eleitoral ora formulada anonimamente e contra a minha pessoa. Em momento algum, utilizei o Instituo para me promover politicamente, não havendo pedido ou qualquer representação campanha por minha parte e pelos demais que agregam o instituo Mais Saúde.

Apesar da surpresa, de forma consciente vou exercer o meu direito de defesa e através de provas documentais e testemunhais vou demonstrar que não houve qualquer violação à Lei Eleitoral, estando os atendimentos pautados dentro da Ética e conduta médica, sem existir qualquer ato ou conduta minha, nem tão pouco dos outros profissionais que participam do Instituto Mais Saúde que possam caracterizar aliciamento eleitoral ou propaganda antecipada.

Sou médico, e por juramento atendo a todos que necessitarem, nunca distingui cor e partido em meus atendimentos e por achar que a saúde pode e deve ser diferente comecei a atender no Instituto Mais Saúde, com o intuito de proporcionar qualidade de vida ao nosso povo. Continuarei o meu trabalho de cabeça erguida, apesar das perseguições veladas que tentam tolher o direito da população em ter uma saúde de qualidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Associação dos Supermercados do RN emite nota sobre manifestação de caminhoneiros

Por interino

NOTA
GREVE DOS CAMINHONEIROS

A Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte (ASSURN) informa que respeita o direito de manifestação e se solidariza com a categoria profissional dos caminhoneiros, que assim como o restante do país, sofre com os constantes aumentos dos preços dos combustíveis.

Ao mesmo tempo, a associação se preocupa com os impactos que a paralisação dos caminhoneiros podem causar no abastecimento de produtos de necessidade básica, principalmente os alimentos perecíveis, tais como frutas, legumes, verduras, carne in natura e demais categorias de produtos resfriados, como laticínios.

Até o momento, poucos supermercados associados à ASSURN relataram desabastecimento, mas não descartam que o problema se amplie nos próximos dias.

Na tarde desta quinta-feira, a ASSURN participou de uma reunião com a Secretaria de Segurança do estado e outras entidades de classe onde foram discutidas medidas para tentar buscar soluções para os possíveis impactos causados pela paralisação dos caminhoneiros.

Além disso, a ASSURN junto às Associações Estaduais e à Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) alerta as autoridades competentes à questão no Rio Grande do Norte e no país para que negociem o mais rápido possível com os manifestantes a adoção de providências de curto prazo que permitam a circulação de veículos de cargas perecíveis. Também conclama para que o diálogo prossiga para além das providências de curto prazo e que permita o perfeito restabelecimento dos fluxos de logística no Brasil, evitando que a população sofra com a falta de produtos de necessidades básicas.

ASSURN – Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte

Opinião dos leitores

  1. Só sai da greve quando pagarmos nos combustíveis e gás, o mesmo valor que a Venezuela e Colômbia paga a Petrobrás. Por gasolina pura ainda mais. Tenho dito

    1. O valor é o mesmo. Aquele valor é o valor pago pelos postos, sem os impostos. Aqui, pagamos aquele valor, acrescido de magem de lucro dos postos, pis, Cofins, ipi e icms.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Hemonorte emite nota

NOTA

Natal (RN), 15 de maio de 2018.

O Hemocentro do RN (Hemonorte) informa aos seus usuários que o Posto de Coleta de sangue da Zona Norte, que funciona na Biblioteca Américo de Oliveira Costa, na Av. Itapetinga, no Conjunto Santarém, estará fechado temporariamente para fins de reorganização dos serviços.

Os interessados em doar sangue devem procurar a sede do Hemonorte, na Av. Alexandrino de Alencar, 1800, Tirol, de segunda a sábado, das 7h às 18h.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Defesa da advogada Brenda Martins, alvo de ação policial em Natal, emite nota

N O T A

A advogada Brenda Martins, através de sua defesa, vem a público repudiar todas as acusações lançadas em seu desfavor na pirotécnica operação deflagrada pela polícia civil(Delegacia Especializada de Furtos e Roubos-DEFUR), na última quinta-feira, 25 de janeiro do corrente ano, que desencadeou sua injusta prisão, dando conta de que a Empresa MFA(Pague Fácil) teria em tese noticiado possíveis crimes perpetrados contra a nossa constituinte.

Esclarecemos que a atuação Advogada Brenda Martins neste imbróglio criado pela Polícia Civil, se resume exclusivamente na questão de demandar judicialmente contra a empresa MFA(Pague Fácil), por inúmeros abusos cometidos contra seus franqueados desde evidências de exploração do trabalho escravo até coação moral, ou seja, judicialmente protocolou inúmeras ações na justiça pública, representando os franqueados da Pague Fácil, por possíveis abusos cometido por esta empresa, o que levou inúmeros pequenos empresários a falência, sendo estes fatos alvo de apuração por inquérito policial na Polícia Federal a pedido do Ministério Público Federal.

É importante que a opinião pública tome conhecimento que todas as acusações fomentadas em desfavor da Dra Brenda são inverídicas e no momento oportuno será provada sua inocência, logo quanto devolvida sua liberdade, resgatando a lesão de sua imagem pela irresponsabilidade de alguns agentes públicos que em malfadadas investigações arruínam a moral de pessoas ante a instauração sequer do devido processo legal.

Notadamente, é o fetiche da prisão e da condução ao bel prazer da investigação no Brasil. Logo é bem verdade, que a Constituição Federal assegura a Dra Brenda Martins a garantia da presunção de inocência, sendo a prisão a exceção, o que tem lhe sido imposta como uma verdadeira antecipação de cumprimento de pena.

Apesar disso, a “Pague Fácil” continua se utilizando de práticas espúrias, homiziando fatos seja à justiça pública, seja à polícia civil, com um nítido intuito de ludibriar e induzir a erro a o Poder Judiciário.

Por fim, a defesa lançara mão de todos os meios jurídicos cabíveis para fazer prevalecer as garantias fundamentais da Dra Brenda Martins, que não se conformar com a privação de sua liberdade, com base em ilações falaciosas promovidas no abjeto conflito de interesses, em decorrência de fantasiosos atos ilícitos os quais jamais cometeu no âmbito de uma investigação marcada por flagrantes ilegalidades.

Natal, 01 de fevereiro de 2018

Fernandes Braga

OAB-RN 8674

Opinião dos leitores

  1. Olha… esse caso é tão relevante, essa Brenda é tão conhecida, que todos nós vamos à Paraíba ver esse movimento na delegacia.

    Acho até que o caso lula vai perder os holofotes depois da nota desse "adevogadu".

  2. Hoje na delegacia de defraudacoes da Paraíba está ocorrendo uma manifestação.
    são famílias denunciando essa empresa .
    a mesma empresa que foi denunciar a Dra. Brenda
    hj está na delegacia sendo acusada .

    então os Srs.
    podem ir até lá e vericar
    que a empresa Pagfácil
    não é vítima. Está empresa e uma fraude.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN emite nota

Nota à imprensa

Na tarde desta terça-feira (26), a Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares (ASSPMBMRN) foi notificada judicialmente pelo Tribunal de Justiça do RN sobre a decisão da desembargadora Judite Nunes, que acatou o pedido do Governo do Estado e determinou o retorno imediato dos policiais à rotina habitual de trabalho. O setor jurídico da Associação está ciente do caso e tomará as medidas Legais cabíveis. Nesta quarta-feira (27), às 14h, será realizada uma Assembleia Geral, no Clube Tiradentes, para esclarecimento da situação aos policiais e bombeiros.

Não cabe à Associação obrigar seus associados ao retorno normal das atividades de policiamento ostensivo, principalmente contrariando dispositivos legais e de segurança. A decisão de aderir ou não à Operação Segurança com Segurança foi, e ainda é, individual de cada policial e bombeiro. Os militares estaduais atuam em situação precária, se esforçam todos os dias para prestar um bom serviço, mas não têm o reconhecimento do Governo que sequer oferece condições mínimas e adequadas para o trabalho e nem mesmo a garantia do salário mensal em dia.

 

Opinião dos leitores

  1. Pague os atrasados. MAS não é pra pagar esses dias aí de greve. Aquartelamento é ficar no são gastando wi-fi e luz do Estado.

  2. A SITUAÇÃO é difícil, começa pelo sucateamento de viaturas, armamento, munição É agora salários atrasados, não temos condições de voltar dessa forma.

  3. Admiro profundamente o poder da justiça. Porem, nao consigo entender como esse poder so manda para baixo. O governo so cumpre quando a decisao é a favor da propria justiça, do legislativo e ate mes.o do MP. Como ficamos nós que nso tivemos dinheiro para comprar uma ave para jantar na noite de natal. É impossivel sair para resolver conflitos com fome e sem dinheiro. É impossivel sair para uma guerra real sem o aparato necessário. Senhora justiça, tenha dó.

  4. Receber atrasado é uma questão de tempo.
    Ou seja, atrasa mas paga.
    Mas se não trabalha, então também não tem direito de receber.
    Fica até mais fácil o governo colocar os salários em dia.
    Vai ser uma folha a menos para pagar.
    Em vez de pagar dezembro, paga direto janeiro.
    O risco de faltar ao trabalho, é verem que a pessoa não faz falta…

  5. Vejo muita gente falando de salário em dia.
    Mas a categoria já deixou bem claro.
    O problema não é salário.
    É só problema de viatura e colete.
    Se fosse por causa de salário seria greve, o que é proibido.
    Militar não pode fazer greve sob pena de expulsão da corporação.
    Quem ganha até 3 mil já está em dia.
    Só quem ganha mais não recebeu novembro ainda, um mês de atraso.
    Com a greve a arrecadação cai e o salário vai atrasar ainda mais.
    O governo do Estado já deveria ter chamado o exército.
    Porque aí as polícias poderiam ficar um, dois meses esperando as viaturas serem consertadas.
    Essa história de documentação atrasada é besteira.
    O Estado não pagou ao Detran.
    Ou seja, o Estado deve a si próprio.
    Não cabe ao policial trabalhando questionar isso.
    Falta dinheiro para se deslocarem ao local de trabalho, mas não para irem protestar.
    Todo mundo sabe que salário atrasado não é bom, mas o Estado não tem dinheiro. Precisa desenhar?
    O governo poderia comprar bicicletas para rondas em duplas.
    Economizaria combustível e deixaria os policiais em forma.
    Nem precisaria gastar com documentação ou conserto de viatura
    Governador, na falta de verbas, há que se ter criatividade.
    Em São Paulo, muitas empresas fizeram doações.
    Será que alguma fábrica de bicicleta não poderia doar umas 200 bicicletas?
    Duplas a pé também no alecrim seria muito útil.
    Entre os pedestres.
    Viatura atrapalha o trânsito.

  6. Constituição Estadual do RN:
    "§ 5°. Os vencimentos dos servidores públicos estaduais e municipais, da administração direta,
    indireta, autárquica, fundacional, de empresa pública e de sociedade de economia mista, são pagos até o
    último dia de cada mês, *corrigindo-se* *monetariamente* *os* *seus* *valores* *se* *o* *pagamento* *se* *der* *além* *desse*
    *prazo* ."

    E agora TJRN?
    Vai determinar a correção dos valores de todos os servidores a serem pagos ??????

  7. A situação é grave, ninguém se deu conta que o RN não tem fábrica de dinheiro? Do jeito que está com as dispezas maior que a arrecadação não tem governador que faça mágica,milagres. lamento dizer se preparem, mesmo com essa ajuda de 600,00 milhões não vai resolver, ja na mês de março para abril a situação sera a mesma, vai faltar dinheiro de novo, podem ter certeza.

  8. Dinheiro tem pois pagou o duodecimo + auxilio moradia retroativo + prestação arena das dunas

    1. Mas aí faltou para vcs. Se pagar a vcs falta p o duodécimo, p a Arena e para o aux moradia dos sem teto. É lá ou lô. Resultado quebrou.

  9. Pode deixar como está, pois ninguém ver polícia na rua mesmo. Em são São Paulo é comum vc ver duplas de PMs nas ruas, enquantoisso, aqui vc só vê PM dentro de viatura em frente aos restaurantes esperando as quentinhas.

  10. Mandar os outros arriscar a vida sem ao menos o salário no bolso, quando o seu retroativo de auxílio moradia está garantido é muito fácil. A cada dia as cortes estão mais desconexas da realidade da população. É muito dinheiro na mão de desembargadores, Juízes e promotores, autoridades, que pelos seus atos demonstram que pouco sabem o que está se tornando o mundo real da população do RN. A eles nada falta, nem salário, nem auxílios nem insensibilidade.

    1. engraçado pq o judiciário tem salários altos e pagos rigorosamente em dia, fora as mordomias e vantagens que recebem como ajuda de custo de paletó moradia vale alimentação
      O executivo o vale misericórdia

  11. Quando um PM me parar na rua, eu vou dizer que analisarei a situação e farei uma assembleia com outros motoristas no dia seguinte.

    1. Aproveite e cobre o documento da viatura em dia, porque é isso que estão tentando passar cidadã mediano, que o Estado anda ilegal pra fiscalizar quem está ilegal ou legal.

    2. Murilo caríssimo cidadão, quando a polícia lhe parar, aga como cidadão: colabore. O não fazer lo, mostrará que a polícia será necessária pra você!

    3. A solução é simples: bota quem não quer trabalhar pra fora e faz concurso pra contratar quem quer trabalhar. Tem terceirizado com 5 meses de atraso, vá fazer greve pra ver… E vcs que comenta a favor de PM devem ter boquinha… Vão trabalhar e deixe de mimimi

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *