Avião da NOAR que caiu em Recife perdeu peça de turbina no voo

Alyne Gama para o UOL

O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) apresentou, nesta quinta-feira (22), relatório parcial sobre as causas do acidente com o avião da Noar que matou 16 pessoas no dia 13 de julho, em Recife (PE). A apresentação foi restrita a familiares das vítimas do acidente, que informaram que as causas exatas da queda do bimotor ainda são desconhecidas.

A reunião foi presidida pelo chefe do Cenipa, brigadeiro Carlos Alberto da Conceição, e o investigador encarregado do caso, coronel Fernando Silva Alves de Camargo. Eles passaram a manhã com familiares das vítimas, no Mar Olinda Cult Hotel, em Recife.

Apesar de não explicar o que causou a queda, as investigações já revelaram um detalhe que aponta para problemas na aeronave, que teria ficado com apenas uma das turbinas durante o voo.

(mais…)

ANAC acha irregularidades na NOAR

Novo Jornal:

AUDITORIA DA ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) encontrou indícios de irregularidades na operação e na manutenção da empresa aérea Noar.

Em nota divulgada ontem a agência informou que entre os problemas estão o descumprimento dos limites de horas mensal e trimestral dos tripulantes, dos procedimentos para as anotações técnicas do diário de bordo e dos registros de manutenção das aeronaves.

A auditoria foi aberta quatro dias após acidente com um avião bimotor LET-410 da Noar, em Recife. A queda ocorreu no dia 13 de julho, matando todas as 16 pessoas a bordo.

Segundo a Anac, a auditoria na companhia aérea faz parte do processo instaurado para verificar se a Noar está de acordo com os regulamentos vigentes.

(mais…)

Áudio da caixa-preta do Avião da NOAR mostra que os comandos não respondiam aos pilotos

Recife – O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), em Brasília, já começou a coletar os dados de voz da caixa-preta do  bimotor LET-410 da Noar Linhas Aéreas que caiu num terreno baldio, em Boa Viagem, no dia 13 de julho, matando as 16 pessoas a bordo, entre elas dois potiguares: a professora Antônia Fernanda Jalles, de Natal, e o caminhoneiro Johnson Nascimento, de São Paulo do Potengi.

Um arquivo de áudio com duração aproximada de três minutos, recuperado pelos técnicos encarregados da investigação do acidente, registra os últimos momentos do voo e a tentativa dos pilotos de evitar o pior. “Estamos com problema. Vamos voltar!”, diz o comandante  Rivaldo Cardoso em tom apreensivo. Dois minutos depois, o piloto alerta:  “Não vai dar mais pra voltar.”

(mais…)

ANAC suspende NOAR temporariamente de Voar

Folha.com

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) determinou neste domingo a suspensão temporária das operações da companhia aérea Noar, responsável pelo avião bimotor que caiu na manhã de quarta-feira (13) em Recife, matando 16 pessoas.

O pedido de suspensão veio depois que a Anac recebeu informações da TV Globo de que a companhia “estaria adotando práticas que podem ferir tanto o Código Brasileiro Aeronáutico quanto as regras da agência”.

(mais…)

Piloto do Avião da NOAR não tinha controle da aeronave quando caiu

Estadão:

Perícia realizada no local do acidente do LET410 da Noar Linhas Aéreas por técnicos do instituto de Criminalística de Pernambuco indica que a tripulação não tinha controle da aeronave no momento da queda. “Não foi observada nenhuma marca que indicasse tentativa de aterrissagem”, afirmou o gestor do IC, Luiz Carlos Soares. “Houve um impacto pontual da aeronave sobre o solo, localizado”.

(mais…)

Blog do BG: Além fronteiras

O Blog do BG recebeu um comentário e publica com imensa alegria e satisfação. No BG nós liberamos comentários que elogiam e também que criticam. Só não liberamos comentários com ofensas. Mas esse, em particular, além de liberar, nós vamos publicar. Volto em seguida:

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Romeiro disse:

    Precisamos de objetividade para ler os assuntos e o seu blog esta no rumo certo. Parabéns e sucesso. Acido ou não, este blog, sem duvida alguma, encanta e surpreende.

  2. Borges Neto disse:

    Assassinato de advogado, assassinato de confeiteiro, protestos políticos, queda de avião, greves do funcionalismo, contratações do ABC e muito mais notícias com objetividade e em primeira mão! De novo: parabéns Brunão!

  3. Ricardo Albuquerque disse:

    Parabéns BG. Hoje em dia o seu blog é o melhor disparado das terras de poti. Além disso não é ligado nem recebe para falar bem de ninguem.

  4. Giann Oliveira disse:

    Não é Brinquedo não!!!!, parabéns pela objetividade, que prevalece no Blog do BG.

Segue relação de todas as vítimas da queda do Avião da NOAR

A Noar Linhas Aéreas divulga abaixo, oficialmente, a lista com os nomes das 16 vítimas da queda da aeronave modelo LET 410 com prefixo PR-NOB. A aeronave caiu às 06h52m dessa quarta-feira, dia 13 de julho, logo após decolar do Aeroporto Internacional do Recife (PE) e faria a rota Recife – Mossoró (RN), com escala em Natal (RN).

Seguem os nomes:

– Rivaldo Cardoso (piloto)

– Roberto Gonçalves (co-piloto)

– André Freitas

– Antônia Jalles

– Camila Marino

– Carla Moreira

– Débora Santos

– Bruno Albuquerque

– Natã Braga da Silva

– Marcelo Campelo

– Maria da Conceição de Oliveira

– Jonhson do Nascimento Pontes

– Marcos Ely Soares de Araújo

– Breno Faria

– Raul Farias

– Ivanildo Santos Filho

A Noar Linhas Aéreas concederá uma coletiva de imprensa hoje, às 17h, no Mar Hotel Recife. Endereço: Rua Barão de Souza Leão, 451, Boa Viagem, Recife-PE, Piso Banquete, Sala Carlos Penna Filho

Vejam o batismo do Avião da NOAR igual ao que caiu hoje em Recife

Fabricado pela empresa tcheca Let Aircraft, o LET-410 é um avião bimotor turbo-hélice penta-pá, modelo Walter M601 E, com potência de 751 hp.

Esse avião da NOAR do vídeo só tem um ano e quatro meses de uso, ele aterrissou no Brasil no dia 12 de março de 2010. O que caiu de prefixo PR NOB, igual a esse, tinha apenas um ano de operação:

Vejam o vídeo da chegada da aeronave em Recife e o batismo do mesmo:

Com capacidade para dois tripulantes e 19 passageiros, a aeronave é largamente utilizada em todo o mundo, principalmente nas rotas regionais. Suas asas altas permitem operações em pistas curtas.

O LET-410 tem 19,98 metros de envergadura, 14,42 metros de comprimento, 5,83 metros de altura e pesa 3.990 quilos. Voa a 388km/h de velocidade, com alcance máximo de 1.317km.

No Brasil, além da Noar Linhas Aéreas, o modelo é utilizado pelas empresas NHT Linhas Aéreas, Sol Linhas Aéreas, e TEAM Transportes Aéreos.

Mais três nomes confirmados entre as vítimas do acidente com o Avião da NoAR

Empresários, professores e funcionários de empresas que atuam na região Nordeste estão entre as vítimas.

De acordo com o tuiteiro @felipethiago, o professor de Ortodontia Bruno Albuquerque estaria entre os passageiros do voo. Bruno costuma dar aulas de pós-graduação em Ortodontia em Natal no Centro de Atendimento Ortodôntico (CEAO), uma instituição privada.

@felipethiago já foi aluno de Bruno, que mora em Recife desembarcaria hoje na capital potiguar para uma semana de aulas.

EMPRESÁRIO CEARENSE

A Companhia de Dirigentes Lojistas de Fortaleza confirmou que o empresário André Louis Pimenta Freitas, 39 anos, estava entre os passageiros do avião da No Ar. Segundo a nota, ele era filho do presidente da entidade, Francisco Freitas Cordeiro.

De acordo com a nota, ele era sócio-diretor da empresa Imperjet, responsável pela expansão da área de negócios na região Norte e Nordeste do país.

Por conta da morte de Freitas, as diretorias da Federação das CDLs do Ceará e da CDL de Fortaleza comunicaram o adiamento da festa em homenagem ao Dia do Comerciante, que seria realizada nesta quinta-feira (14), às 20h, no Theatro José de Alencar, na capital cearense.

OUTRA VÍTIMA

Natan Braga, de 39 anos, também estava entre os passageiros. Ele trabalhava na Supergasbras e, segundo sua mulher, viajava a trabalho. “Eu estava dormindo quando soube do acidente e vim direto para cá [o local do acidente]”, afirmou Ana Claudia, emocionada, em entrevista ao G1.

(mais…)

Irmão do piloto que caiu com o Avião da NoAR disse que o aparelho já havia apresentado problemas em decolagem

O Globo:

O avião da Noar Linhas Aéreas, que caiu na manhã desta quarta-feira em Recife, matando pelo menos 16 pessoas, já havia apresentado problemas antes. O piloto Roberto Gonçalves, que morreu no acidente, havia dito ao irmão dele, o também piloto Jairo Gonçalves, que a aeronave apresentava perda de força na decolagem e havia atribuído o problema a um defeito do modelo LET-410. Ele havia dito ainda que um grupo de técnicos já havia vindo do exterior para verificar o problema. A aeronave é fabricada pela Let Aircraft, da República Tcheca, e a Noar opera com apenas dois aviões deste modelo.

– Pelo visto, o problema não foi solucionado – disse Jairo, acrescentando que não acredita em falha humana e que o irmão era “muito experiente e evitou uma tragédia” ao se afastar de uma área residencial e tentar um pouso forçado em um terreno baldio. Ainda segundo Jairo, o irmão estava de folga e só trabalhou porque atendeu a um pedido de um colega que tinha um compromisso.

Segundo informações da Aeronáutica, a aeronave decolou às 6h51m do aeroporto de Recife com destino a Mossoró, com escala em Natal, e caiu às 6h55m perto praia de Boa Viagem. O Comando da Aeronáutica, em nota, informou que o avião decolou e logo em seguida, o piloto informou à Torre de Controle estar em situação de emergência e que tentaria pousar na praia de Boa Viagem.

A queda ocorreu em um terreno baldio, entre Recife e Jaboatão dos Guararapes, a 100 metros da praia e quatro quilômetros do aeroporto.

O piloto teria buscado o terreno baldio para o pouso forçado, mas não conseguiu evitar a queda.

Logo depois de tocar o solo, o avião explodiu. Todos os ocupantes morreram carbonizados.

Segundo o Comando da Aeronáutica, o piloto do avião informou no plano de voo a existência de 16 pessoas a bordo e a informação foi ratificada pela tripulação quando em contato inicial com a torre de controle, antes da decolagem. O avião tem capacidade para até 19 pessoas, segundo a Noar.

Manutenção do Avião estava em dia. Vejam o LET-410 voando

A ANAC informou que aeronave da companhia Noar que caiu e matou 16 pessoas no início da manhã de hoje no Recife estava com manutenção normal.

A Noar informou que a lista de passageiros só vai ser divulgada quando notificar todos os familiares das vítimas que morreram. Ela marcou uma coletiva de imprensa para as 13h, em Recife, e depois remarcou para 17h. Está colhendo informações. Vem chumbo grosso por aí.

 

Vejam o depoimento do Marido da Professora da UFRN que estava no Avião

Esposo da professora da UFRN, Fernanda Jales, de 43 anos,  vítima do acidente com o avião da Noar na manhã desta quarta-feira (13), o professor Diógenes Carvalho, criticou a empresa aérea pela demora na divulgação de informações sobre os passageiros  da aeronave. “Estou esperando há uma hora e meia e até agora nada”, disse, angustiado.

De acordo com Diógenes, Fernanda era uma das pessoas a bordo no avião, cuja chegada em Natal estava prevista para às 7h30. Desde que foi informado do acontecimento, o marido vem tentando contato via telefone celular, mas sem sucesso.

Segue vídeo da Tribuna do Norte:

Novas Fotos do Acidente com o Avião da NoAR. Imagens Fortes

Foto Teresa Maia/DP/D.A Press
Foto Teresa Maia/DP/D.A Press
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. argemiro dias disse:

    muito boa as fotos queria ver com ficaran os corpos

    • marcos dantas disse:

      Boa Noite. Na primeira foto dar para ver perfeitamente um dos corpos com uma grande lesão, parece ser na cabeça, além de está completamente queimado.

Vejam relato desesperador do Vigia do terreno aonde caiu o Avião

Erandir da Silva, 42, vigia do terreno onde um avião caiu na manhã desta quarta-feira (13) no Recife disse que tentou ajudar os passageiros, mas teve que recuar por conta de várias explosões no interior da aeronave. O avião, da empresa No Ar, caiu por volta das 7h desta quarta-feira (13) e pegou fogo em um terreno na avenida Beira-Mar, no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes (PE), perto da divisa com o Recife. As 16 pessoas que estavam na aeronave morreram no acidente.

“Estava dormindo e escutei o barulho. Quando cheguei lá [no local da queda], o avião tava pegando fogo. Fiquei com medo de chegar perto por causa das explosões”, afirmou.

Segundo o vigia, os passageiros começaram a pedir ajuda de dentro do avião. “Vi o pessoal na janela pedindo socorro, mas quando cheguei perto começou a explodir. Senti remorso vendo o pessoal morrer sem poder fazer nada”, disse.

Terreno aonde caiu o Avião

A aeronave é um bimotor LET-410, fabricado pela empresa tcheca Let Aircraft, e saiu do aeroporto do Recife às 6h51 com destino à cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, com previsão de escala em Natal.

(mais…)

Especialista diz que avião da NoAR despencou como uma pedra

Especialista em gerenciamento de risco, Gustavo Cunha Mello, disse há pouco, ao vivo, no estúdio do Canal GloboNews, que o avião da NoAr Linhas Aéreas “estourou”, ou seja “despencou como uma pedra” no terreno localizado na orla da praia de Boa Viagem, a poucos quilômetros do Aeroporto Internacional do Recife, em Jaboatão dos Guararapes.

Cunha Mello disse que um acidente aéreo ocorre por causa de diversos fatores, mas que tudo indica que uma pane muito grave impediu o avião de ganhar altitude, levando à perda de sustentação e o choque com o solo.

Professora da UFRN está entre as vítimas, esposo só soube do acidente no caminho para aeroporto

NoMinuto.com

Diógenes Carvalho Veras se dirigia ao Aeroporto Internacional Augusto Severo na manhã de hoje (13), para pegar a esposa que estava fazendo pós-graduação em Recife, e segundo ele, era passageira do voo Noar que caiu em uma área da Zona Sul da capital Pernambucana. Veras disse que foi informado por telefone, pelo filho, sobre o acidente .

A professora Fernanda Jales lecionava na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ao chegar no aeroporto, Diógenes Veras falou com a imprensa.

“Eu estava vindo pegá-la quando um dos meus filhos ligou avisando que o avião da mãe tinha caído. Busquei informações com a Noar que de imediato não me disse nada, apenas me encaminhou para o auditório e estou esperando até agora”.

Apesar de ainda não ter saído uma lista oficial com os nomes das vítmas, Diógenes Carvalho está certo de que a esposa estava no vôo.

Segundo  marido da vítima, com Fernanda ele teve três filhos com as idades de 12, 14 e 24 anos.