Geral

Cantor Vicente Nery é internado com Covid-19 em Fortaleza

Foto: Thiago Gadelha/SVM

O cantor Vicente Nery foi internado em um hospital privado após ser diagnosticado com Covid-19, em Fortaleza. De acordo com a assessoria do cearense, em nota divulgada nesta quarta-feira (14), a hospitalização foi necessária para o tratamento ser mais eficaz.

“A assessoria do cantor Vicente Nery informa que nos últimos dias, Vicente testou positivo para coronavírus. Para melhores resultados, o tratamento está sendo feito em ambiente hospitalar. A família agradece o carinho, as orações e boas energias que estão sendo enviadas. Logo, logo nosso cantor estará de volta ao nosso convívio. Por hora, fica o pedido, usem máscara e evitem aglomerações”, disse o comunicado publicado no Facebook do forrozeiro.

Carol Rabelo, esposa do cantor, publicou foto no Instagram ao lado do companheiro no Hospital. “Meu amor, o meu maior presente é que você se recupere! Estamos juntos hoje e sempre meu amor”, escreveu na rede social.

AMIGOS PEDEM ORAÇÕES

A cantora de forró Taty Girl pediu orações pelo cantor Vicente Nery nas redes sociais. “Venho aqui hoje, pedir a todos vocês uma corrente poderosa de orações a meu amigo Vicente Nery que está internado com essa doença devastadora e maldita. Peço que orem sem cessar, orem com fé, com poder, clamem a Jesus que lá dos céus ouvira com certeza, pois todos juntos somos fortes. Eu Oro”.

O cantor Felipão também pediu energias positivas para o cantor e lembrou de outros nomes do forró que passam pelo mesmo. “Nossos amigos Vicente Nery e Dedim Gouveia estão precisando das nossas orações. Se puder, em um minuto do seu tempo, nos ajude em oração por eles!”.

LIVES DURANTE A PANDEMIA

Como a maioria dos cantores de forró sem eventos, durante o último ano por conta da pandemia do coronavírus, o cantor Vicente Nery realizou lives e participou de transmissões de amigos da música. A mais recente, realizada em março, aconteceu por convite de Taty Girl.

No ano passado, Vicente Nery realizou transmissões com ajuda de patrocinadores. No YouTube é possível assistir às lives “O show não pode parar em casa”, “Vicente Nery para as mamães”, “Churrasco do VN”, “Feijoada do VN” e “Vicente Nery canta Sítio Siqueira”.

Diário do Nordeste – Verdes Mares

 

Opinião dos leitores

    1. É um grande cantor nordestino. Já cantou com grandes nomes da música brasileira.
      Mas o quintal do vizinho é sempre mais verde, não é?

    2. Você deve ter um apurado gosto musical, seus prediletos devem ser os grandes “astros da MPB” Anita, Karol conká, Jojõ Todinho e outros dessa trupe. Voimicê deve ter nascido nas “óropa ou nos isteites”, ou, talvez, penso eu, deves ser uma aborrecente, de 15 anos. Só uma dessas alternativas para explicar o não reconhecimento do valor, por sua parte, desse bom intérprete da música nordestina. Vicente Nery não é um famoso desconhecido, você é que não conhece nada da nossa cultura musical. uma obsevação: sou adepto do Rock, já fui à mais de 30 shows internacionais, mas adoro a nossa musicalidade(a música de verdade). aconselho que pesquise antes de dizer besteiras. Sugiro que use o http://www.google.com.br

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Nemo Sushi fecha contrato com o aplicativo Rappi: vai abrir uma unidade em Recife e outra em Fortaleza

Foto: Reprodução

Como antecipado há alguns dias pelo blog, o restaurante Nemo Sushi fechou um contrato de exclusividade e passou a vender exclusivamente pela Rappi como aplicativo de delivery de alimentos.

Esse contrato foi nos moldes dos feitos com as grandes redes do sul e sudeste e envolve um maciço investimento em mídia, apoio para promoções exclusivas e apoio para a expansão das operações através do modelo de Dark Kitchen, já contemplando, inicialmente, a abertura de uma unidade em Recife e outra unidade em Fortaleza, onde a rede já opera, e podendo ser ampliado para o resto do país.

O modelo de Dark Kitchen é a mais nova tendência do mercado de delivery, onde a Rappi constrói em um mesmo espaço várias cozinhas e loca aos parceiros para operarem, se encarregando por toda a logística.

De acordo com Thiago Salem, diretor do Nemo Sushi, devido a grande alta dos preços dos insumos em decorrência do aumento do dólar, ou eles fechavam um acordo como esse, envolvendo reduções nas altas comissões cobradas pelos outros aplicativos, ou eles teriam que reajustar consideravelmente os preços para compensar o aumento de custos.

Além de todos esses fatores, pesou na escolha da Rappi os planos de expansão do aplicativo, que é considerado um Super App por concentrar em um mesmo local a venda de diversos tipos de produtos e serviços.

O Nemo Sushi continua atendendo pelos canais próprios de delivery, o aplicativo Nemo Sushi, disponível na app store e google play, pelo telefone, whatts app e pelo direct do instagram.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: Ultravioleta detectou falsificação de cheque de R$ 49,3 milhões em Fortaleza

O cheque falsificado no valor de R$ 49,3 milhões Fotos: Divulgação

Foi a partir do uso de luz ultravioleta que a Delegacia de Defraudações e Falsificações do Ceará (DDF-CE) confirmou a tentativa de golpe com um cheque falso de R$ 49,3 milhões em uma agência bancária no Bairro de Fátima, em Fortaleza. De acordo com o delegado Carlos Teófilo, o papel refletiu a luz UV – em um cheque verdadeiro, ela teria sido absorvida.

“A primeira coisa que vimos foi o papel, que não era o papel de segurança tradicional, que age de forma específica conforme a tecnologia UV. Mas ainda parecia muito bem feito, tinha até as ranhuras de quando a folha do cheque é destacada do bloco. Eles pecaram no papel apenas, que mais parecia uma folha de ofício um pouco mais grossa”, explicou o delegado Carlos Teófilo, responsável pelas investigações.

De acordo com Teófilo, dois homens e uma mulher foram presos em flagrante quando tentaram compensar o cheque falsificado em um banco na última terça-feira (22).Nenhum deles tinha antecedentes criminais. O alto valor – transações financeiras desse montante geralmente são feitas através de transferências – fez o gerente suspeitar do trio e acionar a Polícia Civil.

“O que parece é que eles iriam cometer um crime só e pronto, estariam com a vida garantida para sempre. Temos registsros de conversas deles com outras pessoas, combinando preço de jatinho, falando em aposentadoria e coisas do tipo”, contou o delegado.

Além do papel, foi possível identificar a clonagem do cheque por conta da assinatura falsa do gerente executivo de uma agência de São Paulo, que teria aprovado o depósito do valor. O carimbo, no entanto, seria na verdade da tesoureira do banco e os estelionatários não perceberam.

Histórico

Dois dos presos, que são pai e filha, já haviam conversado com funcionários do banco do Bairro de Fátima há duas semanas. Eles tentavam aplicar um golpe através de um contrato falso, no valor de R$1 milhão.

Segundo os depoimentos prestados, a dupla contou que a empresa deles prestaria serviços em Fortaleza para uma firma de Góias, que assinava o cheque milionário. Os golpistas apresentaram inclusive uma carteira de identidade da dona da empresa e um contrato social falsos.

Época

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

RN terá oferta maior da GOL em outubro e ligação direta com Fortaleza

O Estado do Rio Grande do Norte reforça sua importância para a GOL Linhas Aéreas a partir deste mês de outubro de 2020: a maior Companhia aérea do Brasil aumenta a oferta de assentos e destinos e retoma uma rota que conecta a capital potiguar a mais um dos hubs nacionais em operação: para Fortaleza (CE), que se soma a Brasília, São Paulo/Guarulhos, Rio de Janeiro/RIOgaleão e Salvador, já ligados a Natal.

Este voo direto (cerca de 1 hora no ar, ao invés de 7 horas por rodoviário) para a capital do Ceará tem início com operações em três dias por semana. Com essa ligação mais próxima será possível aos Clientes terem acesso mais rápido a todos os destinos da malha, além de aproximar novamente Natal aos voos internacionais, seja da Companhia ou de parceiros como a Air France-KLM – a aérea francesa planeja o retorno das operações de Fortaleza para a Europa a partir de 10 de outubro, realizando ali pousos e decolagens três vezes por semana.

Em relação a abril deste ano (o primeiro mês completo com impacto da pandemia), o aumento de oferta de assentos no Rio Grande do Norte em outubro já é superior a 600%. A comparação desse mesmo mês contra setembro revela crescimento de oferta de assentos em 85% da GOL. Todos esses destinos ampliam e melhoram o acesso para empresas, que terão mais opções para envios de produtos e cargas dos mais diversos pontos do País e do exterior. Favorecem, ainda, aqueles que precisam viajar neste momento, por questões familiares, médicas ou de trabalho, e o retorno gradual do fluxo de turistas.

“A GOL cumpre seu papel de maior Companhia aérea do País ao direcionar-se pelo atendimento aos principais mercados brasileiros, como Natal, que mês a mês tem sua malha ampliada e oferece ao Cliente mais opções e agilidade em seus deslocamentos, nesta retomada, sempre com confiança e Segurança, nosso valor número 1”, afirma Rafael Araujo, diretor de planejamento de malha aérea da GOL.

Para a secretária do Turismo, Ana Maria da Costa, esse crescimento de ofertas da GOL também está associado às iniciativas do Estado em relação ao Plano de retomada do Turismo, principalmente os protocolos de Segurança sanitária.

“Recebemos com muita alegria e entusiasmo o anúncio da GOL. O diálogo com a companhia aérea tem sido constante e agora, estamos começando a colher os frutos desse trabalho. O retorno do voo de Fortaleza, vem num excelente momento, aumentando a nossa conectividade, inclusive com a Europa”, ressaltou. O Rio Grande do Norte foi o primeiro Estado a garantir a chancela do Selo de Turismo Seguro Internacional da WTTC (World Travel and Tourism Council) e criou o selo estadual Turismo + Protegido, garantindo que o turista se sinta seguro na sua experiência no destino.

Caracterizada pela atenção absoluta ao cenário atual, a grade de voos da GOL leva em consideração as características do mercado, os horários mais convenientes para os Clientes e, sobretudo, a alta conectividade entre os mais diferentes pontos do Brasil, sem contar as rigorosas medidas de Segurança, aplicadas a fim de resguardar a Saúde e o bem-estar de Clientes, Colaboradores e parceiros.

Os bilhetes já estão disponíveis e podem ser adquiridos no site www.voegol.com.br, no aplicativo da Companhia, nas lojas GOL nos aeroportos, pelo telefone da Central de Relacionamento (0300 115 2121) e nas agências de viagem. Para conhecer todos os destinos, dias e horários que compõem a malha aérea em vigor da GOL: https://www.voegol.com.br/pt/informacoes/voos-gol

Opinião dos leitores

  1. Ligação direta com Fortaleza! QUE MARAVILHA!! Qual era a alternativa, fazer uma conexão em Assu?? Pelo amor de Deus é cada notícia que a gente é obrigado a ler…

    1. Acredito q para ir para Fortaleza tinha q fazer conexão em Rio, SP ou Brasília, haja vista não ter voo direto a partir de Natal operado pela Gol.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Rio, Manaus, São Luis e Fortaleza planejam voltar aulas até julho

No mês de junho, várias capitais brasileiras ampliaram a reabertura das atividades em meio à pandemia do coronavírus. As primeiras restrições foram adotadas em março, com decretos locais. Atualmente, alguns setores já estão funcionando com precauções e cuidados – é o caso, por exemplo, de comércios, shoppings, igrejas e templos, academias e parques, a depender da localidade.

Com base em dados colhidos pelo G1 junto às secretarias estaduais de Saúde, estão nas capitais 43% dos casos de coronavírus e 54% das mortes em razão da Covid-19 no Brasil.

Nesta quinta-feira (4), o Brasil chegou a 34.021 mortes coronavírus, com 614.941 casos confirmados da doença, segundo o Ministério da Saúde. Com esses números, o país registrou 1.473 mortes pela Covid-19 no 3º dia seguido de recorde de vítimas. A primeira morte foi registrada em 17 de março.

Em ao menos 6 capitais, junho marca o começo da flexibilização das medidas restritivas:

Belém
Fortaleza
Manaus
Recife
Rio
São Paulo

Poucas, entretanto, têm previsão de retomar as atividades escolares presenciais. Segundo o levantamento nacional do G1 junto às 26 capitais e a Brasília, 4 planejam voltar às aulas com datas marcadas até julho:

Fortaleza
Manaus
Rio de Janeiro
São Luís

Em um recorte nacional, é possível notar que em muitas capitais até há expectativa de retorno por conta da proximidade da data de validade dos decretos que suspendem às aulas, mas não existe ainda uma projeção nem detalhes de como será essa retomada presencial – tudo ainda é muito incerto por conta da crise da Covid-19.

O balanço mostra que:

a decisão de suspender as aulas presenciais foi tomada pelas redes de ensino entre 11 e 23 de março.

São Luís planeja a retomada em 15 de junho, de forma escalonada

Rio prevê reabertura em etapas, a partir de 2 de julho

Manaus tem previsão de retomar as aulas em 6 de julho

Fortaleza pretende retomar as aulas em 20 de julho

Dessas, apenas São Luís e Rio têm um plano de retomada mais detalhado. Na capital do Maranhão, todas as instituições de ensino deverão retomar as aulas começando das séries mais avançadas (terceiras séries do ensino médio e períodos finais das instituições de ensino superior) para as iniciais.

No Rio, a reabertura começa pelas creches – e depois vêm pré-escola, ensino fundamental e superior. No entanto, em nenhumas delas há especificação sobre como será a situação nas salas de aula – não há informação, por exemplo, se haverá limitação do número de alunos no espaço.

Já as outras capitais estão na dependência da vigência do decreto local. Na prática, significa que não sabem ainda se haverá uma prorrogação ou suspensão desses decretos.

Em Maceió, o decreto de suspensão para escolas públicas e privadas vale até 12 de junho.

Cuiabá e João Pessoa estão com todas as aulas presenciais suspensas por decreto pelo menos até 14 de junho.

Em Rio Branco, as aulas estão suspensas por decreto pelo menos até 15 de junho.

Em Salvador, as aulas estão suspensas por decreto pelo menos até 21 de junho.

Em Aracaju, Macapá, Vitória, Campo Grande, Teresina, Porto Velho, o decreto de suspensão das aulas vai até 30 de junho.

Em Natal, as aulas presenciais estão suspensas por decreto até 6 de julho.

Em Palmas, as aulas na rede estadual voltarão em agosto para o ensino médio e em setembro no ensino fundamental. Nas redes municipal e particular, ainda não há definição — há um decreto que vence em 30 de julho.

No mês de agosto, há expectativa de retomada das aulas em Brasília, Goiânia, Curitiba e São Paulo.

Belo Horizonte, Belém, Recife, Porto Alegre, Boa Vista e Florianópolis estão com aulas suspensas por prazo indeterminado.

Com G1

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Prefeitura de Fortaleza pagou até 4 vezes mais por respiradores comprados durante pandemia, diz PF

Operação da Polícia Federal investiga desvio de R$ 25 milhões na compra de respiradores pela prefeitura de Fortaleza. — Foto: Fabiane de Paula/ SVM

Os respiradores comprados pela Prefeitura Municipal de Fortaleza e o Instituto Doutor José Frota (IJF) para tratamento de pacientes com a Covid-19 custaram cerca de R$ 234 mil, valor até quatro vezes mais caro do que o adquirido por outras instituições e prefeituras brasileiras, segundo a Polícia Federal (PF), o Ministério Público Federal (MPF) e a Controladoria-Geral da União (CGU), que deflagraram a Operação Dispneia para investigar o caso, nesta segunda-feira (25).

O mesmo equipamento foi comprado em outras cidades do país por R$ 60 mil, para o enfrentamento da pandemia. Já o estado do Ceará pagou R$ 117 mil por um respirador, ou seja, metade do preço contratado pelas autoridades de Fortaleza. Dois contratos de dispensa de licitação realizados para compra de 150 respiradores são objeto da operação da Polícia Federal. A suspeita é de que o prejuízo aos cofres públicos pode chegar ao valor de R$ 25,4 milhões.

Em nota, a Secretaria da Saúde de Fortaleza e a direção do Instituto Doutor José Frota (IJF), maior hospital da capital, disseram estar “totalmente surpresas e indignadas com tal operação”. A pasta acrescentou que não existe possibilidade da mesma encontrar qualquer desvio de recurso público e que todos os procedimentos foram adotados conforme a lei. (veja a nota completa abaixo)

A controladora geral do município, Luciana Lobo, se pronunciou afirmando que parte do recurso aplicado pela prefeitura para a aquisição dos equipamentos, que não foram entregues, foi devolvido. Segundo ela, a outra parte vai chegar “ainda essa semana”. A controladora também destacou que as informações do contrato “estão disponíveis pelos órgãos de controle desde sexta-feira da semana passada”.

A operação policial acontece em parceria com o MPF e a Controladoria-Geral da União, e cumpriu, nesta segunda-feira, mandados de busca e apreensão em residências, empresas e órgãos públicos nas cidades de Fortaleza e São Paulo.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Ceará, após representação decorrente de um inquérito da PF.

Até a noite de domingo (24), o Ceará havia registrado 2.324 mortes por Covid-19. Já são mais de 35 mil pacientes com a doença. Fortaleza, epicentro da pandemia no estado já tem mais de 19 mil pessoas com a doença e 1.579 mortes.

Capacidade técnica

O contrato foi assinado em 30 de abril entre prefeitura e uma empresa de São Paulo, prevendo o recebimento dos ventiladores pulmonares até o dia 4 de maio. O prazo curto seria a justificativa para a cobrança do valor acima de mercado, informou a PF. No entanto, a empresa contratada pediu flexibilização do prazo até dia 15 de maio, mas os equipamentos nunca foram entregues.

O pagamento de cerca de R$ 25 milhões pelo material feito antecipadamente pela prefeitura, sem exigência de garantia, é uma das irregularidades investigadas.

A PF afirma que a empresa não tinha condições de fornecer os respiradores, com “duvidosa capacidade técnica e financeira” e capital social que não permite comprar sequer um equipamento. Além disso, a empresa já respondia a uma investigação em Rondônia por não fornecer testes rápidos contratados naquele estado.

Com o descumprimento do prazo, a Prefeitura de Fortaleza cancelou um dos contratos, oficialmente, com publicação no Diário Oficial do Município. Porém, o dinheiro ainda consta nas contas da empresa, de acordo com a PF. Com isso, a investigação segue para identificar se há conluio entre as empresas e favorecimento de personagens públicos.

A operação policial acontece sem prejuízos à continuidade do serviço público de saúde durante a pandemia. A Polícia Federal destacou que não estão sendo apreendidos equipamentos que são utilizados para o atendimento à população na rede hospitalar.

A órgão acrescentou que os investigados poderão responder pelo crime de peculato, tipificado no artigo 312 do Código Penal, e pelo crime de dispensa irregular de licitação, previsto no artigo 89 da Lei 8.666/83. O nome da operação remete ao nome técnico dado a um sintoma comum dos afetados pela Covid-19: a dificuldade de respirar.

Veja o posicionamento da Secretaria da Saúde de Fortaleza:

A Secretaria da Saúde de Fortaleza e a direção do Instituto Doutor José Frota (IJF) dizem estar totalmente surpresas e indignadas com tal operação e que não existe possibilidade da mesma encontrar qualquer desvio de recurso público, visto que todos os procedimentos foram adotados em completa obediência à legislação vigente e que todos os atos da gestão estavam sendo acompanhados por um comitê de governança que atualizava com informações, periodicamente, os órgãos de controle externo. Também destacou que desde a última sexta-feira (dia 22.05), esses órgãos de controle externo já estavam informados sobre a rescisão unilateral do contrato por parte da Prefeitura, com a devida devolução dos recursos, visto que a empresa contratada não entregou os equipamentos no prazo estipulado.

Veja o posicionamento da controladora geral do município, Luciana Lobo:

Nesse período de pandemia há uma oscilação muito grande dos preços de respiradores. Contudo, naquele momento, era extremamente necessário fazer a aquisição e quem demonstrava a melhor condição de entrega era aquela empresa. Com o tempo, ficou claro que o produto não ia ser entregue, a prefeitura correu pra fazer a rescisão do contrato dentro do prazo específico contratual. Após isso, começou o processo de recebimento desses recursos. Parte desses recursos já estão dentro da Prefeitura de Fortaleza e parte vai chegar ainda essa semana. Essas informações já estão disponíveis pelos órgãos de controle desde sexta-feira da semana passada, por isso, nos causou estranheza e perplexidade que essa operação tenha sido deflagrada hoje, especialmente, porque essas aquisições foram feitas com recursos municipais e os órgãos que fizeram a investigação foram órgãos federais. Contudo, acreditamos que é uma oportunidade para que haja melhor esclarecimento dos fatos e melhor explicação para a população de tudo o que está acontecendo. O compromisso da prefeitura é com a transparência.

G1

Opinião dos leitores

  1. Há ladrões, fico pensando na dinheirama que veio pro RN.
    Será que vão da Bagaço no dinheiro destinado a pandemia???
    Por caridade!

  2. Será que esse pessoal governantes do PT vão reeditar a velha ladroeira desenvolvida nos governos de Lulaladrão e de Dilma? Será que teremos uma nova lava jato da Covid 19 pense numa sede de roubar o erário público.

  3. Por isso que a senhora Fátima não quer que acabe a pandemia.
    As pessoas nas ruas e os comercios fechados !!
    Parabéns professora(nunca deu aula ) , você entrará pra a história como a paraivana que deu o ultimato ao RN .

  4. CIRO GOMES fica caladinho.
    Fale algo Sr Ciro Gomes, seu cunhado tá roubando em plena pandemia.

    O prefeito de Fortaleza é cunhado de Ciro Gomes-PDT.

  5. É coincidência, ou quase tudo que é administrado pelo PT tem corrupção no meio? Impressionante como isso se repete! E ainda se acham no direito de questionar a honestidade de qualquer pessoa. é muita cara de pau.

    1. Você tem certeza que leu a matéria direito? A PREFEITURA de Fortaleza não é administrada pelo PT, ao contrário, é um partido de direita.

    2. O prefeito de Fortaleza é do PDT. Já foi PHS, PSB, PROS mas nunca foi do PT. Se informe antes de emitir opinião.

    3. O irmão do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, é o nome que vai comandar os cofres da campanha de Ciro Gomes à Presidência da República.

    4. O vírus da corrupção não se restringe ao PT. Até partidos recentes tem em seus membros pessoas desonestas.

  6. Enquanto o GOVERNO FEDERAL socorre a todos, os governos de ESQUERDA usam mau os recursos enviados.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Após chamar PMs de Fortaleza de ‘vagabundos’, soldado da Marinha de Natal é afastado de operação e enviado de volta

Veículos blindados são usados pelo Exército na segurança das ruas de Fortaleza — Foto: Thiago Gadelha

Em um vídeo feito no seu próprio celular, um soldado do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal que participava da Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), em Fortaleza, chamou os policiais militares cearenses, amotinados desde a semana passada, de “vagabundos”. Após o vídeo circular na internet, ele acabou sendo afastado da operação e enviado de volta ao Rio Grande do Norte, onde deverá responder pela declaração. Veja reportagem do G1-RN aqui.

Opinião dos leitores

  1. parabems ao soldado das forças amadas so falor avedade pm
    ganho muito pra nao fase nada tem que espusa todos

  2. parabems ao soldado das forças amadas so falor avedade pm so fais besteira ja ganho muito pra nao fase nada tem que espusa todos

  3. Um policial ganhando o salário de fome para enfrentar bandidos ainda não pode fazer greve tem quê fazer todos os militares ganhando salário para defender a sociedade ainda não tem direitos de reclamar tem sim é esse militar que falou essa besteira ganhando um salário de fome também ainda fala essa besteira parece que ele está ganhando um bom salário

  4. Policiais militares são basicanente jovens sem perspectiva intelectual investidos de falsa autoridade a ser exercida contra os pobres na defesa do patrimônio dos ricos. Eles que experimentem fazer diferente…

  5. Os governantes não se importam com os policiais. Guando estoura greve,tiram o corpo fora e joga o problema para justiça militar resolver.

  6. O Fuzileiro fez um comentário infeliz e ao mesmo tempo se retratou e pediu desculpas aos Policiais, mas na minha opinião esses policiais deveriam ser punidos conforme a constituição e o regulamento das Forças Armadas da forma que o Fuzileiro vai ser punido pois militar nenhum seja ele das Forças Armadas ou Forças Auxiliares não podem de maneira alguma fazer motim e todos sabem disso pois está no regulamento da sua instituição.

  7. Ele disse a verdade, até pq nem manifestação a pm pode fazer, fora o transtorno e o caus que esses irresponsáveis causaram a população, quando eles entraram na pm eles sabiam o salário não tá satisfeitos pedi baixa.

    1. Concordo plenamente com o Milico.
      Quando entra na PM, já sabe das condições. Eu entrei, fiquei descontente, pedi baixa. Ainda fiquei 5 anos e meio protelando.
      Mas seja em Instituições Públicas ou Privadas, qualquer tipo de empresa, se o funcionário ou servidor que seja, não está contente, é só pedir desligamento e dar lugar pra outro. Simples assim.

  8. As forças têm hierarquia, respeito e obediência aos superiores, pilares que faltam mas polícias militares brasileiras. Um cabo fuzileiro naval não ganha três mil reais, um soldado fuzileiro especializado não fatura mais que dois mil reais.

    1. Aproveite, estuda e vá fazer concurso para a PM, pois assim vc verá o quanto é difícil ser PM. Não se compara com as forças armadas em nada, pois vivem em uma guerra de verdade constante dia a dia, digo; guerra de verdade, pois vc entrar em favelas e serem recebidos a bala, trocar tiros com bandidos e assaltantes de banco, isto sim é guerra. Não se pode comparar PM com militares federais, pois além de viverem nas ruas direto ainda respondem nods dias de folgas a vários inquéritos que são abertos pela justiça. ESTUDE A PM LHE AGRADECE.

  9. Disse alguma mentira por acaso. Ainda pegou leve, pois o adjetivo correto seria fora da lei e amotinado. O problema é que ele foi formado nas forças armadas, que todos os dias lembram a ele as consequências de um motim.

    1. Ordem Nº 1 – Missão dada, é missão cumprida. -(ordem essa, muito simples e fácil de obedecer).-

      Falou besteira, então…
      …não tinha permissão pra isso, ele acabou esquecendo disso.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

“BATENDO A PORTA” DO RN: Chuvas intensas atingem o Ceará e causam transtornos em Fortaleza

 Foto: José Leomar/SVM

A estação chuvosa na Região Nordeste nem bem começou e já causou transtornos e prejuízos para algumas cidades nordestinas. No Ceará, estado mais afetado pela chuva intensa que começou na noite dessa quinta-feira (30) e entrou madrugada adentro, Fortaleza e municípios da região metropolitana registraram alagamentos, entre outros problemas.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Fortaleza choveu o equivalente a 42,8 mm entre 7h e 11h de hoje (31). Pouco, se comparado aos 145 mm registrados no mesmo período em Redenção, a 55 km de distância da capital, mas suficiente para alagar ruas e avenidas. Vídeos compartilhados nas redes sociais nas últimas horas mostram veículos submersos em locais como o bairro Aldeota.

No Aeroporto de Fortaleza, a chuva se infiltrou pelas telhas danificadas pelo forte vento do domingo (26), atingindo parte da área de desembarque. Segundo a assessoria da Fraport Brasil, empresa concessionária que administra o aeroporto, o problema não atrapalhou as operações de embarque ou desembarque, e as medidas para evitar incômodo aos usuários foram adotadas. O telhado segue sendo reparado, mas a forte chuva que continua caindo na cidade impede a conclusão do serviço.

Até as 12h30 de hoje, a Defesa Civil de Fortaleza não tinha registrado nenhuma ocorrência grave, sem registros de mortos, feridos ou deslizamentos de volumes consideráveis de terra. O órgão está em alerta e deve divulgar, no final da tarde, um relatório do total de ocorrências atendidas nas últimas horas, a maioria relacionado a transtornos causados pelos efeitos das chuvas, como suspeita de risco de incidentes, queda de árvores e veículos parados em vias alagadas da cidade.

Zona de Convergência

A forte precipitação não se restringiu à região metropolitana de Fortaleza. Em Baturité, a 100 quilômetros da capital, choveu 127 mm das 7h as 11h de hoje. Em Maranguape, 112 mm.

Segundo a meteorologista Maitê Coutinho, do Inmet, o Ceará está sendo impactado pela ação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema meteorológico gerador das chuvas que atingem as regiões Norte e Nordeste do Brasil.

Ainda de acordo com a meteorologista, outros estados, como o Maranhão, também já sentem o efeito da Zona de Convergência Intertropical, embora em menor intensidade. Em Chapadinha (MA), a 230 quilômetros de São Luís, foram registrados 39,6 mm de chuva entre as 21h de ontem (30) e as 11h de hoje.

A previsão inicial para os dois próximos dias é de que a chuva perca força. O Inmet prevê pancadas isoladas de chuvas. Ainda assim, emitiu, as 11h30 de ontem (30), alerta para as defesas civis estarem atentas ao risco (baixo) de alagamentos, descargas elétricas, queda de galhos e de árvores e eventual interrupção do fornecimento de energia elétrica. As áreas onde o instituto recomenda mais atenção ficam no sudeste, centro-norte e norte do Piauí; no norte e noroeste cearense, além das áreas metropolitanas de Fortaleza, sertão cearense e Jaguaribe cearense.

A recomendação para a população é que, em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Também é aconselhável evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada durante chuvas intensas.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Marido mata mulher a tiros e joga vítima de carro em movimento em viaduto de Fortaleza

O homem foi capturado próximo ao cruzamento das rusa Gustavo Sampaio com Raimundo Arruda, na Parquelândia — Foto: Leábem Monteiro/SVM

Um homem atirou na mulher e a empurrou de um carro em movimento, nesta terça-feira (7), no viaduto do Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. A vítima foi socorrida, mas teve morte cerebral.

Segundo a polícia, o suspeito tentou cometer suicídio durante perseguição policial, mas foi capturado e levado para Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro da capital.

De acordo com a Polícia Militar, o homem efetuou três disparos contra a vítima. Logo em seguida, ele jogou a vítima do veículo e atirou na cabeça da mulher.

O suspeito tentou fugir, mas teve a placa do carro identificada por equipes do Raio, da Polícia Militar. Durante a perseguição policial, o homem tentou suicídio com um tiro na boca e com cortes de tesoura no pescoço.

Um inquérito foi instaurado e a polícia investiga a motivação do crime. O casal tem dois filhos.

G1-CE

Opinião dos leitores

  1. Isso é o que acontece com pessoas que não colocam Deus em primeiro lugar na vida: só desespero e desgraça. Que Deus tome providências em relação a isso porque esse homem, com certeza, foi usado pelo diabo. Ainda tem gente que diz que o diabo não existe. E é exatamente o que ele quer: que ninguém acredite nele.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

CONTRAMÃO: Fortaleza ignora Consórcio Nordeste e compra festival de João Pessoa

Foto: depositphotos

O tradicional Festival de Turismo de João Pessoa-PB recebeu um golpe duro do seu “irmão” Fortaleza-CE.  O evento consolidado há 9 anos, embora seja realizado pela inciativa privada, fazia parte do trade turístico local e até então um orgulho do povo paraibano.

O governo do Ceará, por outro lado, ao conhecer de perto o sucesso do evento, resolveu investir, mas de maneira negativa para a região: comprou o festival por três anos.

O “investimento”  vai na contramão do discurso do Ceará, principalmente, no Consórcio dos Governadores, que prega a união da região, com objetivo de diminuir a diferença entre os estados visando um fortalecimento conjunto.

 

Opinião dos leitores

  1. Exatamente cada governador é responsável pelo povo do seu estado, o RN é apenas uma capitania hereditária que passa de pai pra filho e seus aliados, jamais sairão desse atraso, exemplo os deputados federais e estaduais que foram eleitos.

  2. Ao que parece existe uma diferença fundamental entre os Estados maiores (CE, PE e BA) aos demais. Esses Estados estão sempre querendo vantagem e possuem união de suas bancadas. Aos demais, como o caso do RN, são meros coadjuvantes, abraçados com o atraso e subservientes aos interesses partidários. Os grandes abraçam esse discurso apenas para se beneficiar dele. Vai mexer com os ganhos e o desenvolvimento de algum para ver o tamanho da briga? O caso do HUB da LATAM é um exemplo. Atropelaram sem dó o RN. Enquanto existia a fantasia de que nós ganharíamos, PE e CE conseguiram outros HUB's para seus aeroportos. Esse governo do RN é, foi e será, uma piada nacional.

  3. Novamente, é a confirmação daquilo que eu comentara ontem por aqui: essa história de "fórum de governadores do Nordeste" não passa de lorota de "primo rico" para tirar onda com a cara de "parentes" que nunca deram certo na vida… E olhe que a Paraíba, em todos os aspectos, está bem melhor situada que este pobre elefante manco.

  4. Não vejo nada demais. O governo de lá está correto. Ficar abraçado na miséria com vizinhos miseráveis só vai levar pobreza para todos. Os Estados devem competir sim entre si. Os mais competentes conquistarão mais desenvolvimento.
    Quem não fizer sua parte, que fique para trás.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bombeiros confirmam quinta morte em desabamento em Fortaleza

Foto: REUTERS / Diario do Nordeste / Jose Eleomar/Direitos Reservado

O Corpo de Bombeiros do Ceará confirmou no início da tarde desta quinta-feira(17) o resgate de mais um corpo dos escombros do edifício Andrea, que desabou na última terça-feira (15), em Fortaleza. A vítima é uma mulher ainda não identificada.

Com isso, subiu para cinco o número de mortes já confirmadas pelas autoridades. Três das vítimas já foram identificadas. São elas Antônio Gildasio Holanda Silveira, de 60 anos, cujo corpo foi encontrado esta manhã; Frederick Santana dos Santos, de 30 anos; e Izaura Marques Menezes, de 81 anos.

As equipes de busca continuam tentando localizar cinco pessoas que, segundo parentes, estavam no interior do prédio no momento do acidente. Só hoje, cerca de 250 bombeiros estão trabalhando nos resgates das vítimas – operação na qual estão sendo empregados cinco cães farejadores, além de equipamentos como drones, utilizados na varredura da área, e uma plataforma mecânica.

A Polícia Civil instaurou inquérito policial para apurar as circunstâncias do desabamento do Edifício Andrea e as eventuais responsabilidades. Testemunhas já foram ouvidas, e as apurações estão em andamento.

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-CE) também criou uma comissão para analisar a situação legal da construção. Em entrevista à Agência Brasil, o presidente do conselho, Emanuel Maia Mota, reafirmou que, na segunda-feira (14), véspera do desabamento, o engenheiro civil José Andreson Gonzaga dos Santos registrou, no conselho, uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) relativa a uma reforma no prédio. A ART é o documento que define os responsáveis técnicos por qualquer empreendimento de engenharia, arquitetura e agronomia.

Mota disse ainda não saber se o serviço previsto chegou a ser iniciado. Segundo ele, o Crea já tentou fazer contato com o engenheiro civil a fim de obter mais informações, mas não o localizou. “O telefone que temos registrado não atende às chamadas. Mandamos um ofício para o endereço do cadastro e estamos aguardando uma resposta, um contato, pois precisamos esclarecer uma série de dúvidas”, disse Mota, acrescentando que o engenheiro civil está em situação regular e solicitou o registro profissional há poucos meses.

A Agência Brasil não conseguiu localizar nenhum contato do engenheiro civil. Além disso, também não foi possível, até o momento, identificar os responsáveis pelo registro do imóvel.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sobe para 4 número de mortes no desabamento de prédio em Fortaleza

Foto: João Pedro Ribeiro/ TVM

Aumentou para quatro o número de mortos no desabamento do Edifício Andréa, na cidade de Fortaleza. No início da manhã desta quinta-feira (17), as equipes do Corpo de Bombeiros retiraram dos escombros o corpo de homem ainda não identificado, segundo informação do comandante do Corpo de Bombeiros do Ceará, coronel Luís Eduardo Holanda, que coordena as operações de busca na área do desabamento.

O coronel informou também que, com o resgate desse quarto corpo hoje, restam ainda seis pessoas desaparecidas. “Continuamos trabalhando com seis pessoas a serem encontradas. Estamos Trabalhado agora em busca de uma possível sinalização, atuando em um ponto onde possam existir pessoas ainda vivas”, disse o comandante em entrevista à imprensa.

Um grupo de 130 bombeiros, divididos em várias equipes, com o apoio de voluntários, trabalha ininterruptamente no local.

Além da retirada desse corpo nas primeiras horas de hoje (17), estão confirmadas as mortes de Frederick Santana dos Santos, de 30 anos; Izaura Marques Menezes, de 81 anos; e de uma mulher, ainda não identificada, cujo corpo permanece sob os escombros.

O Edifício Andrea, localizado no cruzamento da Rua Tibúrcio Cavalcante com Rua Tomás Acioli, no Bairro Dionísio Torres, desmoronou na manhã de terça-feira (15). As causas do desabamento ainda estão sendo investigadas.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

“FOTO” – FORTALEZA: “Se essas imagens forem do prédio não precisa investigar mais nada”

Colunas de prédio que desabou estavam deterioradas e em reforma. (Foto: Via WhatsApp O POVO)

“Se essas imagens forem do prédio não precisa investigar mais nada. Está aí a explicação. Se a imagem for do prédio isso é suficiente para o prédio cair. Não há o que discutir”. Quem afirma é o engenheiro Gerardo Portela, doutor em Riscos e Segurança, com mais de 30 anos de experiência e um dos mais requisitados especialistas em Riscos e Segurança do Brasil.

A pedido do O POVO Online, Portela analisou o vídeo publicado no grupo de WhatsApp do condomínio, mostrando falhas na estrutura do Edifício Andrea. O engenheiro ficou estarrecido com as imagens. “Os dois pilares neste estágio já são suficientes para causar a queda do prédio. Primeiro, que são pilares com pouca robustez e completamente deteriorados, com uma exposição quase que total da armação. Não há dúvidas (da causa)”, completa

Em sua análise, Portela detalha. “Onde tem um pilar como este, geralmente tem mais. É a concretagem mal feita, o carro bate, encosta e ninguém conserta, e o concreto é fraco… Aí você começa a ter deterioração do pilar, ninguém faz nada. Botaram até um plástico para poder evitar umidade mas não adianta, até piora, porque cria um ambiente de corrosão ainda mais fechado, acelera o processo. São imagens muito, muito fortes”.

O Povo

Opinião dos leitores

  1. Então significa dizer que, o que restou do hotel reis magos, pode cair a qualquer momento.
    E ainda tem gente que defende aquele atraso.
    A deputada rainha da sucata é uma.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

‘Não sei como escapei, estava bem debaixo do prédio’, diz vigilante que trabalha próximo ao desabamento em Fortaleza

 Foto: Reprodução/SVM

Moradores, familiares e trabalhadores que presenciaram o desabamento do prédio de sete andares no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza, na manhã desta terça-feira (15), relataram o que viram momentos depois do acidente. O vigilante Vando Pereira, que trabalha em uma loja próxima ao prédio, disse que ouviu um barulho muito alto e, quando olhou para cima, viu tudo caindo. “Não sei como escapei, estava bem debaixo do prédio.”

O prédio desabou no cruzamento na Rua Tibúrcio Cavalcante com Rua Tomás Acioli, no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza. O Corpo de Bombeiros informou que de 10 a 15 moradores ficaram sob os escombros. Até a última atualização desta reportagem, sete pessoas haviam sido resgatadas dos escombros – entre elas, há uma senhora de 60 anos e um homem de 20 anos. Uma pessoa morreu.

Segundo o vigilante, que estava em frente ao local, os destroços do prédio ficaram espalhados por toda a rua. Houve correria de quem estava nas proximidades do edifício.

“Conseguimos sair correndo. Eu estava sentado. É muito tranquilo aqui. Minha rotina é sempre muito tranquila, pois tem mais idoso no prédio. Eu vi só os estragos caindo tudo, pois estava mesmo debaixo. Foi muito rápido. Rápido demais. Não sei nem como estou aqui”, disse.

Já Caio Menezes chegou ao local do desabamento alguns minutos após o acidente. Ele contou que seus avós e outros dois familiares moram no prédio. Ele tentou várias vezes contato com eles pelo telefone, mas não teve sucesso.

“No prédio mora meus avós, um casal de idosos, junto com a filha deles de aproximadamente 50 anos e o filho dela, de uns 20 anos. Quatro pessoas na casa. Já estou tentando contato com eles via WhatsApp, fiz muitas ligações, mas ninguém atende nada”, lamentou.

‘Minha casa estremeceu’

A fisioterapeuta Cecília Dantas, que mora na rua do prédio que desabou, afirmou ao G1 que estava tomando café da manhã junto com uma amiga quando ouviu um forte estrondo.

“Estremeceu toda a minha casa. Depois veio a penumbra da poeira, e depois a gente a gente saiu e não sabia de onde vinha o barulho. Depois que a poeira baixou e conseguimos ver que vinha do lado esquerdo que era esse prédio da Rua Tibúrcio Cavalcante”, afirmou.

Já o morador Mário Ferreira relatou que só ouviu um barulho muito forte, semelhante a uma batida de caminhão. Depois, escutou outros barulhos vindo do ponto onde o prédio desabou.

“Eu estava em casa. Há 30 minutos ouvi um barulho forte, como se fosse uma batida de caminhão, coisa do tipo. Em seguida ouvi um barulho desencadeado. Eu disse: ‘não, caiu alguma coisa. Desabou alguma coisa’. Olhei pela janela e vi poeira muito forte e gente correndo”, disse o morador.

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO mostra momento do desabamento de prédio em Fortaleza

Um vídeo mostra o momento em que o Edifício Andréa desaba em Fortaleza, na manhã desta terça-feira (15). O desabamento foi registrado por câmeras de segurança na rua Tomás Acioli, no Bairro Dionísio Torres, área nobre da capital cearense. ASSISTA AQUI.

Conforme o Corpo de Bombeiros, uma pessoa morreu e sete foram resgatadas com vida. Testemunhas relatam que viram moradores dentro do edifício Andréa no momento do desabamento. Logo após a construção ruir, pessoas foram vistas correndo para longe do condomínio.

Ao menos 11 ambulâncias do Samu e quatro dos bombeiros foram para o local. Policiais militares, agentes de trânsito e equipes da Defesa Civil também acompanharam o resgate. Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foi disponibilizado para auxiliar no transporte de pessoas feridas.

Por meio de nota, a Prefeitura de Fortaleza informou que montou um plano de contingência para atender as vítimas. Profissionais do Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, maior hospital de urgência e emergência do Ceará, foram deixados de prontidão para os atendimentos, junto com equipes de outras três unidades de saúde (UPA, Frotinhas e Gonzaguinhas).

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, foi ao local do desabamento para acompanhar o resgate. O governador do Ceará, Camilo Santana, cumpria agenda em Brasília nesta terça em Brasília e cancelou os compromissos para retornar para a capital cearense.

A Defesa Civil de Fortaleza informou ter mandado duas equipes para o local. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE) informou que vai se posicionar após fazer levantamentos na área.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS E VÍDEO: Prédio residencial desaba em Fortaleza-CE

Foto: Reprodução/SVM

Prédio que desabou em Fortaleza — Foto: Google/Reprodução

 

Um prédio residencial desabou, na manhã desta terça-feira (15), no cruzamento na Rua Tibúrcio Cavalcante com Rua Tomás Acioli, no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza. Ainda não há informações sobre o número de feridos ou mortos. REPORTAGEM EM VÍDEO AQUI.

Testemunhas relatam que viram pessoas dentro do prédio no momento do desabamento. Logo após o ocorrido, muitos moradores saíram correndo de dentro do condomínio.

Algumas pessoas que passavam pelo local e que sofreram ferimentos foram encaminhadas para algumas clínicas próximas ao prédio.

“Eu estava em casa. Há 30 minutos ouvi um barulho forte. Como se fosse uma batida de caminhão, coisa do tipo. Em seguida ouvi um barulho desencadeado. Eu disse: não. Caiu alguma coisa. Desabou alguma coisa. Olhei pela janela e vi poeira muito forte e gente correndo”, disse Mário Ferreira, morador da região.

Segundo informações de moradores do bairro, o prédio tinha sete andares, incluindo a cobertura. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada ao local. Duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também estão no local.

O Corpo de Bombeiros pediu para todos os moradores da região deixassem suas residências. Segundo os bombeiros, há risco de explosões devido a um possível vazamentos de gás, além do risco de choque elétrico devido aos fios de energia espalhados pela rua.

Por conta do desabamento, um trecho da Avenida Antônio Sales até a a Avenida Tomás Acioli ficou bloqueado.

 Foto: Cinthia Freitas/G1 Ceará

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *