‘A paralisação precisa acabar, não interessa a mim, ao Brasil, o caos’, diz Bolsonaro

Por interino

O deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), em evento com prefeitos em Brasília – Adriano Machado – 23.mai.2018/Reuters

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) afirma que a paralisação dos caminhoneiros já chegou ao seu ápice e precisa acabar. “Não interessa a mim, ao Brasil, o caos agora”, afirmou.

Em entrevista à Folha, o deputado negou ter ligação com suas lideranças, especulação que cresceu nos últimos dias devido à presença frequente de apoiadores de sua candidatura entre os manifestantes.

Por “caos” ele exemplificou a ideia de derrubada do presidente Michel Temer (MDB). “Se faltasse um ano e meio, dois, três, tudo bem, pô.”

Bolsonaro repeliu a defesa de intervenção militar esposada por vários dos caminhoneiros em faixas, grupos de WhatsApp e bloqueios. “Se tiver de voltar [os militares], que volte pelo voto”, disse, para não “dar essa bandeira para o PT dizer que foi golpe, porque aí foi golpe mesmo”, afirmou.

O presidenciável falou pela primeira vez na paralisação em sua conta no Twitter na segunda (21). Ele deu apoio aos caminhoneiros e prometeu revogar eventuais multas caso eleito em outubro, mas criticou bloqueios de estradas.

Sua inflexão pelo fim do movimento ocorre no momento em que estão se agudizando os efeitos do desabastecimento em centros urbanos.

A modulação está em linha com o que defendem alguns de seus estrategistas, que temem a associação da imagem do deputado à de um radical.

Como o sr. vê o movimento dos caminhoneiros? 

Caso eu fosse presidente, isso não teria acontecido, pois há dois anos eu acompanho o movimento dos caminhoneiros. Estive com eles em Gramado, no Rio e em Brasília.

Nos últimos dias, o sr. foi o personagem político mais associado ao movimento. Como se deu isso? 

Eu não participei da eclosão do movimento. O Temer resolve agora isentar o pedágio por eixo levantado por MP, isso é uma reivindicação antiga deles, que eu conhecia. Eu vejo críticas na mídia de que o Temer está passando por cima de um contrato, mas não é um ato jurídico perfeito. Se é uma cláusula leonina, ela pode ser questionada na Justiça.

O que faltou? 

Faltou bom senso por parte do governo e por parte das empresas que exploram o governo. Há a questão do preço extorsivo do pedágio. A lombada eletrônica é outro problema. Deve ter mais de mil lombadas na BR-116, e isso vai para o frete, e acaba no preço do feijão que compramos no mercado.

Outro problema deles é a condição das estradas. E, em especial no Sudeste, roubo de carga. O prejuízo anual está na casa do R$ 1,5 bilhão, eu ouvi em reuniões em Brasília. E o governo não manda um representante nessas reuniões.

O sr. se disse contrário a bloqueios, mas apoiou o movimento. A paralisação chegou a um ponto em que, refluindo ou não, está afetando a população na ponta. Como fica o apoio? 

Eu estou conversando com, não digo lideranças, mas gente deles. Não existe liderança, tem muito voluntarismo. Eu estou dizendo para eles que isso é igual a remédio, se tomar demais, vira veneno.

A Federação Única dos Petroleiros anunciou uma greve para quarta, mas sem pauta nenhuma, não estavam negociando nada com o governo. É uma greve para voltar a Dilma? Pelo Lula livre? Isso é a pauta da esquerda, a pauta do caos.

Eles estão sabendo que, se morrerem centenas de milhares de galinhas por falta de ração, para aquela granja voltar a ter galinha, são seis meses. Isso vai encarecer o ovo.

A coisa chegou num ponto que precisa refluir. Aí entra o aspecto político. Não interessa, acredito eu, para mim, para o Brasil, para quem quer a democracia, o caos agora.

Querem tirar o Temer? A eleição está chegando, faltam cinco meses. Se faltasse um ano e meio, dois, três, tudo bem, pô. Estão faltando poucos meses. Por isso eu estou batendo na tecla de que a lei do voto impresso precisa ser cumprida, acabar com aquela suspeição sobre fraude.

E como o sr. vê o pedido de intervenção militar? 

Isso vem de um grupo pequeno. No desespero, cara, você pede qualquer coisa. Na minha opinião, dos meus amigos generais, se tiver de voltar um dia, que volte pelo voto. Aí chega com legitimidade, não dá essa bandeira para o PT dizer “Abaixo a ditadura” ou “Foi golpe”, porque aí foi golpe mesmo.

Não passa pela minha cabeça e eu não vi isso passar pela cabeça de nenhum general.

O que o pessoal tem saudade é dos valores, era uma época diferente. Hoje tem um desgaste de valores. Aí o [ex-governador paulista e presidenciável tucano Geraldo] Alckmin aceitou a questão de que qualquer pessoa que se sinta mulher vai para banheiro feminino [resolução de 2014 garante o uso de sanitários em escolas públicas baseado na declaração de gênero].

Que porra é essa, pô? Eu tenho uma filha, ela vai no banheiro e vai ter um cara balançando o peru lá dentro? Querem que eu aceite? A mulher que se sente homem não vai no banheiro dos homens. Duvido que uma mulher gay, bonita, vá no banheiro dos homens na rodoviária.

O sr. acha que a paralisação passou do limite? 

Ninguém quer o caos. Quem quer o caos é a esquerda, acusar os latifundiários, os empresários, os americanos. Querem pretexto. No que depender de mim, ninguém vai dar pretexto de fazer uma falta. Não tem uma bandeira vermelha [entre os manifestantes], estão de parabéns. Se querem ir para a frente de quartel, tudo bem. Quem garante a liberdade e a democracia são os militares.

Se eu puder dar um recado para o movimento, a corda esticou, todos vão perder. Até o que o caminhoneiro vai ganhar com o diesel, vai perder com o empurrão na inflação.

Até aqui estou com eles, chegou ao ápice, não exerço influência. Até porque em grande parte o governo entendeu que eles tinham razão, podemos voltar à normalidade. Eles mostraram que a população está ligada na questão dos tributos escorchantes no país.

Há algum tipo de insubordinação entre militares? 

O sentimento que eu tenho da tropa é de que ninguém quer ir para o confronto.

Folha de São Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno de Lira Alves disse:

    Palmas para o futuro presidente deste país perneta!… Gostei do que ele disse: claro, preciso, objetivo e lacônico. Tem de sere assim mesmo. O povo está cansado de enrolação, de blá, blá, blá desses aí (Temer e companhia) que, até agora, não fizeram nada para melhorar a vida do povo; aliás, apenas piorou! E se ele não for o presidente, que haja a intervenção militar…

    • Acorda Brasil disse:

      PIMENTA NO C#@$&¨DOS OUTROS É REFRESCO.
      CONVERSANDO LESEIRA.
      INTERVENÇÃO MILITAR. ESTUDE ESSE TEMA E VEJA RELATOS.
      FAÇA ASSIM, ADOTEM ESSE REGIME DENTRO DE SEUS CONDOMÍNIOS FECHADOS, COLOQUEM UM MILITAR E SUAS REGRAS DENTRO DE UM CONDOMÍNIO. NÃO DAREI 2 SEMANA PRA VCS PEDIREM PRA SAIR.

  2. Acorda Brasil disse:

    RAPAZ, EU TENHO VINTE E POUCOS ANOS E DARIA UMA RESPOSTA MELHOR SOBRE ESSA SITUAÇÃO ATUAL …

    A CADA DIA E DECLARAÇÕES DO "MITO", VOU ME CONVENCENDO QUE ESSE NÃO É O CARA PARA OCUPAR UM CARGO TÃO COBIÇADO NO BRASIL!
    TALVEZ O LUGAR DELE SEJA EM ALGUMA OUTRA PASTA, MAIS PRESIDENTE? COMPLICADO.

    EU FICO ME PERGUNTANDO… E SE ESSE "MITO" FIZER MERDA LÁ NA FRENTE E O POVO BRASILEIRO TENTAR REIVINDICAR SEUS DIREITOS NA RUA REALIZANDO PROTESTOS ASSIM COMO O DOS CAMINHONEIROS…

    LEVARIA CACETE DA PM E FORÇAS ARMADAS, SEM SOMBRA DE DÚVIDAS. FALO ISSO SEM MEDO DE ERRAR….

    MUITO CUIDADO, UM ERRO EQUIVALE A 4 ANOS.

    TUDO INDICA QUE BOLSONARO SEJA ELEITO, COMO TAMBÉM TUDO INDICA QUE ELE FARÁ BESTEIRA EM SEU MANDATO E POSSA OCORRER O SEU IMPEACHMENT.

    É AI QUE VEM A SURPRESINHA, ESSE CAMARADINHA JUNTAMENTE COM SEUS CORRELIGIONÁRIOS MILITARES PODERÃO DAR FORÇA A UMA INTERVENÇÃO MILITAR.

    BG SALVE ESSE COMENTÁRIO. NA VERDADE ESSA PREVISÃO!!

    • Waldemir disse:

      Eu tenho 75 anos e já passei muita coisa nesse Brasil vou dizer uma coisa a todos e só respeitar as leis que tudo vai bem

  3. Kayla disse:

    Aos eleitores desse cidadão, por favor, assistam toda a participação do "mito" nesse evento. Basta procurar por "XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios" no Youtube. Eu sei que para alguns é muito difícil assistir vídeos relativamente longos, mas façam um esforço, é pelo Brasil, meu caro patriota. Assistam atentamente e verifiquem se o que ele responde está de acordo com o que foi perguntado. Assistam e verifiquem se ele parece demonstrar conhecimento sobre o que fala. Assistam, e sem idolatrias avaliem a desenvoltura desse candidato em comparação aos demais.

  4. Nilvan Rodrigues da Silva disse:

    Fiasco e aberração do fazer política.

  5. Edu disse:

    Não adianta estribuchar, o Mito vem ai….

  6. JCabral disse:

    Cuidado… serão 4 anos!!!

  7. Ems disse:

    Esse é o nosso presidente !!! Sem fanatismo ideológico e proferindo um discurso sensato, pensando no melhor para o país. Vai vencer no primeiro turno !!!

  8. Hermes disse:

    A petelhada pira quando o mito fala.

  9. ELVIS BEZERRA disse:

    Da pra ver a qualidade de presidente que essa bosta seria. só abre a boca pra falar merda..

  10. Leo disse:

    Bugou a cabecinha já fraca dos Bolsominions!

  11. Ana disse:

    Cala a boca Bolsonaro, cada vez que vc abre a boca só sai besteira.

    • LULADRÃO disse:

      Respeite o nosso Presidente.

    • Ana disse:

      Luladrao, ele tem que arranjar uma asseessoria que preste, do contrário cada vez que abre a boca só sai besteira. Como dizia Romário, ele é um filósofo, calado.

Juízes federais convocam greve contra julgamento do auxílio-moradia no STF

por Dinarte Assunção

Os juízes federais de todo o Brasil estão sendo convocados para ato de greve, a ser deliberada nos próximos dias, com paralisação, se aprovada em assembleia, para vigorar a partir de 15 de março.

Uma semana depois, dia 22, o Supremo Tribunal Federal terá julgado a validade do penduricalho que jogou a magistratura no centro do debate sobre a moralidade do pagamento do auxílio-moradia, intransigentemente defendida pela categoria.

O comunicado de convocação para assembleia de greve está sendo distribuído pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe). A votação para adesão da greve ocorre entre esta quinta (22) até a próxima quarta-feira (28)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bonitao disse:

    Essas classes so Jesus na causa

  2. Ana disse:

    Sempre cerceando minhas mensagens. Kkkkkkkk

  3. Beto disse:

    Os sem terras e os sem tetos deveriam tbm requerer na justiça o auxílio moradia, iriam ter vida melhor q a maioria do trabalhadores q ganham 1/5 do AM

  4. Maria disse:

    Vou soltar fogos quando essa imoralidade acabar!
    Um idiota esposa de um promotor há tempos atrás ainda teve o atrevimento de me dizer que quem critica auxílio moradia tem inveja, mas não fiquei calada ouvindo a nojenta, dei-lhe uma lição de moral e mostrei a realidade de muitos trabalhadores frente as regalias injustificáveis.
    FIM DE REGALIAS JÁ !

  5. Gonçalves disse:

    Tenho nojo desse pessoal que só olha pra o próprio umbigo, são incapazes de reconhecer a sua própria imoralidade, como pode julgar os outros?
    Fim de regalias já!
    E com apoio da população !

  6. Fernando Alves disse:

    Farão falta!?

  7. Bernardo disse:

    Falso moralismo total, são iguais a políticos, senão piores porque tem um dever moral maior.
    Muita folga e pouco trabalho com artifícios pra ganhar acima de 33mil e vivem de indenizações retroativas

  8. Adriano disse:

    Muita cara de pau mesmo, só no Brasil ainda vemos trem da alegria na justiça !
    Tem que acabar também a férias 60dias, recesso de 20 dias, licença prêmio de 90dias, gratificações e incluir toda e qualquer verba extra no teto geral de 33mil, acabando os artifícios que essa turma cria pra driblar o teto e ganhar 60mil.

  9. Cassimiro disse:

    Kkkkk
    São verdadeiros palhaços !
    Pq não pedem demissão ?

  10. Ferreira disse:

    Cômico se não fosse trágico!
    Quando os Professores que vivem feito um bando de malucos para ter os seus parcos direitos serem respeitados, entram em greve, é um Deus nos acuda…

  11. Nequim disse:

    Já pensou uma parada só de Juizes fazendo movimento em frente ao Miduei, interrompendo o trânsito, achincalhando com o direito de ir e vir dos outros, seria até bacana. Tirando Selfies e colocando nos grupos de uatszap e gritando " Eu quero meu auxilio e meus penduricalhos e quem achar ruim vão prá casa do c……….." Acho que eles não vão fazer isso não! Vão dá exemplo de civilidade e procurar outros meios!! kkkkk Eita Brasil bom demais.

  12. Rômulo disse:

    A greve vai só expor a inutilidade dessa casta de vida nababesca! Abaixo o auxílio moradia e outros penduricalhos imorais!

  13. Paulo do Tirol disse:

    Será que a polícia vai baixar o cacete neles igual fez com os professores?

  14. JUNIOR MELO disse:

    QUE ABSURDO

  15. Lorenzo disse:

    É muita falta de absurdo!

  16. Roberto disse:

    Deviam fazer greve quando Gilmar Mendes desmoraliza vocês, lixos.

  17. Gari disse:

    É muita cara de pau. Esses sujeitos ganham mais de 30 mil de salários, todos tem boas casas ou aps e carros gigantes e beberrões kkkk e ficam, em meio a 14 milhões de desempregados, fazendo greve para manter esse absurdo.

  18. Alyson disse:

    Palhaçada

  19. Legalidade disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o cara ganha 25.000 líquido fazer greve é piada

    • Paulo do Tirol disse:

      25mil liquido???? Só se for por semana!! Quase todo mês tem uma indenização retroativa e eles embolsam 200mil… 500mil extras….

  20. Araújo disse:

    Acordem militares, deem um basta nisso…

  21. contador disse:

    um dia a mais um dia a menos, de um processo que leva 20 anos para chegar ao fim, não vai fazer falta. Arroxem.

  22. euzim disse:

    São miseráveis. Façam greve mesmo, inúteis!

PMs não exigem apenas salários atrasados; confira principal reivindicação para tropa voltar às ruas

por Dinarte Assunção

O presidente da Associação Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN, Eliabe Marques, informou em entrevista do Blog do BG que o movimento que a categoria tem realizado desde terça-feira não cessará com o pagamento imediato dos salários atrasados.

“Há três folhas em aberto. Além da quitação dessas folhas, reivindicamos não mais receber os salários de forma fracionada. Trata-se de uma mudança de postura. Não vamos mais aceitar isso. Houve tempo para planejamento e não foi feito. Não podemos arcar com as consequências”, afirmou.

De acordo com ele, as condições de trabalho da Polícia Militar são precárias, mas os policiais estavam saindo às ruas em respeito e pela defesa da população. “Mas não podemos mais. Não podemos mais oferecer segurança sequer a nós mesmos, imagine à sociedade”, afirmou Eliabe.

Com a decisão do Tribunal de Justiça do RN em não interferir na movimentação, os PMs continuarão indo para os quartéis em que são lotados, mas sem sair às ruas.

“Não estamos em greve porque estamos indo trabalhar. Agora, sair às ruas é outra história. Não temos condições. Então, vamos manter essa postura”, garantiu Eliabe.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Funesto disse:

    Caveira você qm deve respeitar agente, cidadãos de bem, trabalhadores. Não vou mais dar bola.

  2. Lauro disse:

    Nós empresários vamos fazer greve contra esse vício de PM, que já ganham bem,( mais de 4 mil), pedir comida nos restaurantes e caixinha para passar na frente da loja.

    • Caveira disse:

      O senhor tenha mais respeito pois sou policial militar a 13 anos e nunca precisei de comida de nenhum comerciante. E se o senhor está sendo extorquido por alguém vá a uma delegacia de polícia e faça o procedimento. Ficar falando de um modo geral não é o procedimento correto.

    • Maia disse:

      1) Ir à delegacia prestar queixa contra um policial? KKKKKKKKKKKKKKKKKKK;

      2) Quem deve ter respeito à população é você, cabra de peia. Respeite a gente, respeite a Instituição Polícia Militar, respeite o Gov. Robinson, o comandante supremo da Polícia Militar. Ele é seu patrono e o povo é seu patrão..

  3. CONSELHEIRO disse:

    Omi eles tão é no zapzap deitados nos quarteis e o povo aí se lascando. País de cabeça pra baixo aquele que militar pode fazer greve.

    • Caveira disse:

      O senhor fique sabendo que a polícia militar não está em greve. Estamos esperando viaturas e armamento em condições de trabalho. Todos os policiais estão cumprindo com a escala de serviço nos batalhões e bases comunitárias. Além desse fator estrutural temos que receber os nossos salários.

    • Maia disse:

      Mentira, quem é empregado e não quer trabalhar é grevista. Duvido que não vão voltar a trabalhar com os carros quebrados qdo o Estado puder efetuar o pagamento.
      Não queira estar na pele do governador.

  4. Lúcio disse:

    Vc estão em greve, deixe de conversa mole. PM é para estar nas ruas em policiamento ostensivo. Quartel é só para cagar e dormir. Bora trabalhar que pm não pode fazer greve.

    • Rômulo disse:

      Mande seu governador pagar primeiro, antes de mandar alguém trabalhar sem receber!

    • CONSELHEIRO disse:

      FOME NÃO PASSA, eles são acostumados a pedir quentinha e lanche nos estabelecimentos.

  5. Amigo disse:

    Apoiado!

Agentes Penitenciários decidem retomar paralisação de serviços nesta quarta-feira

 

Os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte decidiram que vão paralisar novamente os serviços a partir desta quarta-feira (20). Eles estão em estado de greve desde o dia 13 de dezembro, mas tinham retomado as atividades após o Governo enviar o projeto referente aos níveis da categoria.

No entanto, de acordo com a presidente do Sindasp-RN, Vilma Batista, os agentes penitenciários foram surpreendidos por um projeto diferente daquele que tinha sido acordado com a categoria e que tinha sido compromisso assumido pelo governador Robinson Faria.

“O Governo enviou um projeto que não contempla nossos níveis, reduz e congela nossos salários, pois inclusive retira nossos qüinqüênios. Ou seja, um projeto altamente nocivo e, por isso, não vamos aceitar e vamos paralisar novamente as atividades”, esclarece Vilma Batista.

Além disso, na noite desta terça-feira (19), os agentes ocuparam o prédio da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), no Centro Administrativo, e só devem sair caso uma nova mensagem seja enviada, contemplando o que já havia sido acordado.

“Esperamos que nesta quarta-feira o Governo envie a mensagem original, que implanta nossos níveis, conforme estabelece a Lei Complementar 566/2017. Inclusive, o secretário de Justiça, Luiz Mauro, disse que está do nosso lado e caso o acordo não seja cumprido ele irá pedir para sair”, afirma Vilma Batista.

Os níveis são a implantação das diferenças remuneratórias entre os agentes penitenciários, de acordo com o tempo de serviços prestados ao Sistema Penitenciário e capacitação do agente através de cursos.

Vilma Batista ainda lembra que os agentes penitenciários também estão com salários atrasados e vão se somar a outras categorias que deliberaram por paralisar suas atividades nesta quarta-feira. Durante a paralisação, apenas os serviços essenciais serão realizados. Vários agentes penitenciários do interior estão em Natal participando da mobilização promovida pelo Sindasp-RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    Terceiriza e corta o ponto dos grevistas, simples!!! Sairá mais barato e muito mais eficiente, o terceirizado tem mais motivação, necessidade e menos regalias para trabalhar.

  2. Paneleiro disse:

    Se colocarem Fátima Bezerra ou Mineiro no governo garanto q em 1 mês em colocam os salários em dia e ainda criam plano de cargos novo para os FP. Vejam os Correios como exemplo, a administração PTista deixou a empresa muito mais rica e eficiente kkkkkkklk

  3. Jonas disse:

    Quinquênios?? E isso ainda existe? É por essas e outras que o RN está falido. Tem uma tal de licença-prêmio e acharam pouco e criaram uma tal de diária operacional e auxílio moradia. Blz vão criando mais penduricalhos q o Estodo rico paga.

  4. ARNALDO disse:

    Se fossem de empresa privada, não faziam greve. Mas tem salário garantido e crédito gigante nos bancos, sabem que não serão demitidos.
    Desculpa pra não trabalhar.
    Agora quero ver um pobre de um segurança de carro forte fazer greve…

    • Rômulo disse:

      Se está achando ruim, vá lá fazer o serviço deles!

    • ARNALDO disse:

      RÔMULO, Vou não, meu amigo. Eu não fiz concurso pra isso. Quem fez, que vá. Minha função de pagador de imposto não abrange atributos de servidor público.
      Igual a PM que manda chamar o batman. Só preguiçoso pra sugerir chamar um personagem imaginário pra defender a sociedade.
      Se me pagassem pra tomar conta de carceragem com o salário que esse povo ganha, com o crédito e os benefícios que servidor tem, eu iria. Não ficaria inventando desculpas, não.

    • Rômulo disse:

      Falou bem, caro ARNALDO! Se pagassem! Ficar mais de trinta dias sem receber um centavo e passar o Natal sem ceia e presentes para as crianças ninguém merece, né?

    • ARNALDO disse:

      Faz empréstimo no BB. depois paga. Isso é besteira.
      Adianta o 13º, faz um emprestimozinho de 500 reais, paga no consignado.
      É o preço de ser efetivo e não ser demitido nunca.

  5. joao disse:

    Tomara que venha aumento de impostos.. afinal a iniciativa privada anda muito preguiçosa e deve ta sobrando dinheiro.. a realeza do funcionalismo publico agradece. Preparemos para a proxima diarreia eleitoral pra governo do estado no ano que vem.. o povo continua inteligente so em olhar as pesquisas. Mais 4 anos de "competência" e muito gópi nos ouvidos… afinal, Natal vive no fiofo do elefante.

    • Junior 100 disse:

      É verdade joão, espero que nosso sistema prisional seja RAPIDAMENTE terceirizado igual ao estado do amazonas, lá o padrão é de "PRIMEIRO MUNDO".

  6. Lorena disse:

    Muito bem agentes temos que parar este estado

  7. Maria de Fátima disse:

    Pega fogo cabaré!

  8. Bolsonaro 2018 disse:

    GOVERNO ROBINSON FARIA, GOVERNO DA MENTIRA E DO MASSACRE AO SERVIDOR PÚBLICO.

Empregados da Eletrobras discutem possível paralisação contra privatização

A Associação dos Empregados da Eletrobras (Aeel) começa a discutir nesta semana uma possível paralisação de funcionários, em protesto ao anúncio de que o governo federal pretende privatizar a estatal do setor elétrico. Além do mobilizar os empregados no Rio, onde se localiza a sede da empresa, o diretor da entidade Emanuel Mendes revela que a Aeel pretende levar o tema para ser debatido no próximo dia 30 em Brasília com os outros representantes do sistema Eletrobras no País.

Mendes conta que o tema privatização já estava no radar da entidade por conta do interesse da companhia em privatizar até 14 usinas hidrelétricas.

Nessa data haverá uma audiência pública no Congresso Nacional da Frente em Defesa do Setor Elétrico para tratar o assunto e a intenção da Aeel é sensibilizar os políticos sobre essas vendas. “O tema já estava no nosso cronograma de luta e com essa notícia de privatização da Eletrobras, temos que debater com uma nova forma de mobilização”, disse.

Entre as opções, explica o sindicalista, está uma paralisação nacional a partir de setembro. Segundo Mendes, a privatização de usinas ou da Eletrobras será prejudicial para a sociedade brasileira, pois resultará em aumento no valor das contas de energia.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Waldemir disse:

    Kkkkk e agora eles vão ter que trabalhar kkkkk
    Deveria privatizar tudo
    O governo deveria ficar só com segurança educação saúde e mobilidade
    Diminuir em 50% o número de parlamentares e funcionários públicos

  2. Jair disse:

    Eu sei para quem vai ser prejudicial. Para o consumidor tenho certeza que não é.

  3. Humilde Iconoclasta disse:

    Por que não aproveita a onde e privatiza logo a cereja do bolo, a falida Petrobras?

Paralisação nos Hospitais Universitários

Na tarde desta quarta-feira(11), empregados públicos da Ebserh fazem, em frente ao Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), paralisação da atividades e votação sobre greve por tempo indeterminado.

Neste momento, vários serviços já são afetados. Internações foram reduzidas e grande concentração acontece em frente ao HUOL.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio Nogueira disse:

    E eu jurando que a UFRN tinha tooooooooodos os motivos do mundo para agradecer ao PT. Será que os militontos vão fazer algum ato de protesto? Será?

  2. Rose disse:

    É muita ignorância acreditar que todos os problemas que existem no Brasil se deve ao PT.

  3. Damião Rocha disse:

    Vá atrás que tem a galera do ParTido por trás!

Em nota, Sesap não nega dívidas e nem esclarece paralisação de serviços de roupas higienizadas para hospitais

SesapA Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) emitiu uma nota acerca do caso da lavanderia que suspendeu o fornecimento de roupa para hospitais do Estado por falta de pagamento que o Blog noticiou hoje. Uma dívida de quase R$ 1 milhão.

Na nota, a Sesap informou que o secretário Ricardo Lagreca e o adjunto Haroldo Vale não se negaram a receber os responsáveis pelo serviço, mas não negou a existência da dívida, tampouco esclareceu sobre a paralisação do fornecimento de roupas esterilizadas e higienizadas.

Com a paralisação dos serviços, ficam sem roupas para os leitos hospitalares, os hospitais de Macaíba, Ruy Pereira, Lacen, Samu Natal, Hospital João Machado e o Hospital Deoclécio Marques. Essa situação pode vir a suspender os procedimentos cirúrgicos.

Confira a nota na íntegra:

NOTA

NATAL (RN), 27 de abril de 2016.

Em relação à matéria publicada por este conceituado BLOG “Lavanderia suspende fornecimento de roupa para hospitais do Estado por falta de pagamento”, informamos que o secretário de Estado da Saúde Pública, Ricardo Lagreca, bem como o secretário adjunto da Saúde, Haroldo Vale, em nenhum momento se negaram a receber os representantes da referida empresa – Levebras Gestão de têxteis S/A – para conversar ou negociar o débito como foi informado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Júnior 100 disse:

    Enquanto isso o Tarcísio Maia em Mossoró firme e forte lavando roupa até demais.
    Batam palmas agora para livre terceirização que afunda dia a dia nossos serviços públicos.

COOPMED-RN anuncia paralisação nesta sexta-feira

Médicos cooperados do RN se programam para nova paralisação devido a atraso de pagamento

No último dia 28 de março, a COOPMED-RN enviou uma notificação a SESAP/RN, ao Hospital Deoclécio Marques, Walfredo Gurgel, SAMU Metropolitano e Hospital Santa Catarina sobre o atraso no pagamento dos contratos referentes ao mês de janeiro de 2016.

O pagamento ainda não foi efetuado o que vem provocando um enorme insatisfação dos profissionais da Cooperativa que prestam serviço à SESAP, o que ocasiona uma dificuldade na organização das escalas dos plantões, bem como, a manutenção da prestação do serviço.

Para isso, a direção da COOMPMED-RN a acatar a decisão de uma assembleia, informa que a partir do dia 15 de abril (sexta-feira) acontecerá a suspensão dos serviços nas unidades citadas acima. Os médicos receberam dezembro com mais de 70 dias de atraso, sendo injusto que os médicos do Estado recebam em dia e os cooperados demorem mais de dois meses.

No Walfreldo Gurgel será paralisado as serviços de ortopedia, vascular, clinica geral e clinica médica. No Hospital Santa Catarina sofre a clinica geral e médica, neonatologia e obstetrícia. No Deoclécio Marques a cirurgia geral e ortopedia. Além do CRO e UTI do Walfredo Gurgel, Samu Metropolitano e Alta e média da OGE.

Os atendimentos do município também sofre com a paralisação, como a alta e média complexidade.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zaira Raposo Leandro Mendes disse:

    Gostaria de receber msg deste blog , pois quando consigo ver alguma notícia eu gosto muito !!!! Assim me manterei sempre atualizada com o que ocorre na cidade !!!!

    • bruno disse:

      Envieu seu fone para o nosso Zap 992122276 que cadastramos e vc passa a receber.

Bugueiros entram em acordo e suspendem paralisação

A paralisação dos bugueiros que estava prevista para acontecer nesta sexta-feira (6) foi suspensa. A categoria decidiu suspender, após um acordo firmado com o Departamento de Trânsito (Detran), Departamento de Estradas de Rodagens (DER), Secretaria de Estado de Turismo (Setur), Procuradoria-geral do Estado (PGE) e Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE).

Em conversa com o blog, o presidente do Sindicato, Luiz Thiago Emanoel, afirmou que o principal pleito que era o combate aos clandestinois foi atendido e os demais estão em fase de solução.

“Queremos agradecer a compreensão de todos os órgãos que endenteram quanto a atividade ilegal dos clandestinos prejudica não apenas os bugueiros, mas também o turismo potiguar. Agradeço, em especial, o advogado Luiz Gomes, que, como nosso advogado, mediou toda essa solução”, disse.

Bugueiros do RN denunciam falta de fiscalização e perseguição e podem paralisar

litoral-norte-buggy-09O passeio de buggy, um dos principais atrativos turísticos do Rio Grande do Norte, pode estar ameaçado para a alta estação. Os bugueiros profissionais estão organizando uma paralisação das atividades na próxima quinta-feira (5) em protesto contra a falta de fiscalização dos passeios clandestinos e contra a perseguição de fiscais.

De acordo com Luiz Thiago Manoel, presidente do Sindicato dos Bugueiros Profissionais do RN (Sindbuggy), vários veículos estão conseguindo placas vermelhas através de favores políticos nos municípios e realizando passeios clandestinamente sem a autorização da Secretaria de Estado do Turismo (Setur).

“Nós, bugueiros profissionais, temos que passar por cursos de qualificação, temos que ter uma autorização para rodar, um registro na Setur para realizar os passeios e o que estamos vendo é que, cada vez mais, clandestinos estão realizando passeios só porque tem a placa vermelha. Tem até carro com falso adesivo de permissionário. Falta fiscalização”, denunciou lembrando que a atividade é disciplinada pela lei estadual 8.817 de 2006.

Além da falta de fiscalização contra os passeios clandestinos, o Sindbuggy também denuncia que policiais militares do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) e fiscais do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) estão descumprindo a Portaria 711/07 que regulamenta o acesso dos buggys às praias.

“Tem bugueiro sendo multado por estar trafegando em praias permitidas pela portaria do Detran. Será que o turista que vê uma coisa dessas volta? E como fica a situação do bugueiro? Nós estamos errados ao ajudar o turismo do Estado dentro da lei? O que queremos é que o poder público resolva esses problemas”, concluiu.

Nesta terça-feira (3), as 10h, na sede do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), haverá uma reunião da categoria com representantes da Setur e do Detran para encontrar uma solução definitiva para o problema, já que está começando o período da alta estação. Se não houver solução, os bugueiros farão uma paralisação de advertência na próxima quinta-feira (5) e não descartam medidas mais sérias para cobrar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Wilton Barbosa disse:

    Acho que também tem que ter uma vistoria mai severa nos bugres em relação a manutenção, muitos vejo que não tem condições de fazer passeios, e em relação as multas na beira mar eu presenciei a CPRE abordando os bugueiros em pitangui um estava sem habilitação e outro tinha consumido bebida alcoólica.

  2. Jean disse:

    O problema esta neste tal de Luiz Thiago, cara sem noção….vai procurar o que fazer !

  3. Eduardo disse:

    Os bugueiros querem ser donos das Dunas, não querem dividir o espaço com ninguém, inclusive já presenciei agirem com certa violência com outros veículos. Me digam onde compraram a posse dessa dádiva da natureza? E alegam que fizeram cursos, ora o que mais têm é bugueiro irresponsável e embriagado levando mais turistas que o permitido e sem cinto de segurança.

  4. Carlos disse:

    Thiago vc como presidente é um excelente buggueiro kkkkk

Servidores do ITEP decidem paralisar atividades no dia 4 de novembro

ITEPEm assembleia geral realizada na noite desta quarta-feira (28), os servidores do ITEP decidiram paralisar as atividades no dia 4 de novembro, quarta-feira da próxima semana. A categoria esperava que o Governo apresentasse a minuta do Estatuto até hoje, conforme havia sido prometido, no entanto, mais uma vez o prazo não foi cumprido.

“Havia uma deliberação de paralisação na semana passada, no entanto, entendendo que o Governo do Estado mudou a equipe da Consultoria Geral do Estado, os servidores do ITEP declinaram do movimento paredista e deram mais esse prazo que havia sido solicitado pelo consultor geral interino, Francisco Wilker, que também é Procurador Geral do Estado”, esclarece Paulo César de Macedo, presidente do SINPOL-RN.

Ele detalha ainda que, em reunião com o SINPOL-RN, Francisco Wilker e o consultor adjunto disseram que até esta quarta, dia 28, entregariam a proposta final do Estatuto. “Durante todo o dia de hoje, estivemos em busca de Wilker e fomos até mesmo ao Gabinete Civil, conversamos com Tatiana Mendes Cunha e, até o momento da assembleia dos servidores, às 18h, nenhuma resposta nos foi dada. Então, os servidores entenderam isso como uma falta de compromisso do Governo com a categoria”.

Os servidores votaram e deliberaram que, a partir das 8h do dia 4 de novembro, vão cruzar os braços. “Já são dez meses de negociação com o Governo do Estado, demos prazos e mais prazos ao Governo e nenhum deles foi cumprido. O próprio governador deu a palavra por várias vezes, dizendo que era seu compromisso enviar o Estatuto para a Assembleia Legislativa, sem nenhum tipo de prejuízo aos servidores. Mas, infelizmente, a palavra dele não foi posta em prática”, afirma Paulo César.

Ainda na assembleia da noite desta quarta-feira, os servidores decidiram que vão se reunir na sede do SINPOL-RN, na manhã do dia 4. Somente neste dia é que eles vão decidir o formato da paralisação.

Servidores do DETRAN paralisam atividades na próxima quinta (3)

Nesta quinta-feira (3) os servidores do DETRAN/RN vão paralisar as atividades por 24 horas em protesto contra o travamento nas negociações da pauta da categoria entre o SINAI-RN e o Governo. A deliberação ocorreu em assembleia realizada hoje, segunda-feira (31).

Reposição salarial, reestruturação do plano de carreira e nomeações dos concursados são os pontos principais da pauta da categoria nesta Campanha Salarial 2015.

INSEGURANÇA: Nova paralisação dos ônibus acontece na tarde desta sexta em Natal

Rodoviários realizarão nova paralisação em Natal contra a insegurança do transporte público. O movimento está programado para às 15h desta sexta-feira(29), com caminhada dos trabalhadores pelas ruas do centro do capital.

Os trabalhadores do transporte rodoviário, inclusive, começaram a informar sobre a paralisação aos passageiros.

Servidores da Saúde de São José de Mipibu e de Canguaretama param nesta quarta

Os servidores da saúde de duas cidades do Rio Grande do Norte irão paralisar as atividades nesta quarta-feira, 08 de abril. Os servidores de Canguaretama fazem uma paralisação de 24 horas, exigindo a retomada das negociações sobre o Plano de Cargos. Os trabalhadores da Saúde de São José de Mipibu param por tempo indeterminado, se unindo a outras categorias em greve. Servidores das duas cidades exigem ainda condições de trabalho, reajuste salarial e a garantia de medicamentos e insumos nas unidades básicas.

De acordo com texto enviado pelo SindSaúde-RN, a greve em São José ocorre após o prefeito Arlindo Duarte Dantas (PMDB) ter retirado o pagamento do qüinqüênio, um direito do funcionalismo, com aprovação de todos os vereadores. Os servidores de São José também denunciam a quantidade de cargos comissionados na Prefeitura. Segundo levantamento publicado na revista Exame, com dados do IBGE, São José do Mipibu possui 25% de cargos comissionados, enquanto a média nacional nas prefeituras é de 8%. A cidade está entre as 300 com maior índice de comissionados, entre os 5.561 municípios brasileiros. “Ao mesmo tempo em que retira direitos dos servidores, a Prefeitura mantém essa quantidade escandalosa de comissionados”, denuncia Paulo Martins, diretor do Sindsaúde-RN.

Em Canguaretama, os servidores se reúnem às 08h, em frente à Prefeitura, para exigir a criação do Plano de Cargos, Carreira e Salários dos servidores da Saúde. As negociações com a Prefeitura foram interrompidas em setembro. Os servidores cobram uma audiência com a prefeita Fátima Marinho (PSD) e uma resposta sobre a proposta de PCCS feita por uma comissão mista, com trabalhadores e representantes da gestão. Os servidores também cobram o pagamento do adicional de insalubridade a todos os servidores da saúde, correção nas gratificações e condições de atendimento à população.

Sindsaúde-RN

FOTOS: Após mais um trabalhador ser baleado, rodoviários realizam paralisação em Natal

Mais uma vez, em decorrência da insegurança contra os trabalhadores da categoria, os rodoviários iniciaram uma paralisação de protesto nesta quarta-feira (8), na capital potiguar, após um cobrador da Linha 38(Planalto – Praia do Meio) ter sido baleado na noite dessa terça-feira (7). A vítima atingida por uma bala no pescoço foi socorrida logo em seguida, passou por cirurgia e, felizmente, não corre risco de morte.

O suspeito, um adolescente, foi surpreendido por populares após a ação covarde e foi espancando e encaminhado com vários traumas ao Hospital Walfredo Gurgel.

IMG-20141008-WA0009IMG-20141008-WA0011Fotos: Alice Soares

Os trabalhadores, como de costume, realizam o protesto no baldo, próximo ao Sintro, e também nos principais corredores da cidade, como  as avenidas Bernardo Vieira, .Prudente de Morais e Hermes com a Salgado FIlho.  A expectativa é que o movimento se protesto se encerre a partir das 11h.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Oneide disse:

    BOA TARDE!!!

    CERTÍSSIMO GENTE, POLICIA É NAS RUAS!!

  2. Oneide disse:

    Bom dia!!
    Isso mesmo precisamos de policia na rua………………….. não guardado vocês não Governantes!! CERTÍSSIMO AMIGO!!

  3. Carla disse:

    É assim mesmo….As autoridades só enxergam quando prejudica a normalidade. tem todo meu apoio.

  4. Rivaldo disse:

    A polícia vem conversando e planejando ações a 4 anos, planejamento demais ação de menos. A primeira atitude SERIA ACABAR COM AS SESSÕES DE POLICIAIS AS SECRETARIA E ÓRGÃOS DO GOVERNO, afastados de suas funções.
    Se entrou na polícia é para ser policial e não burocrata. Quer fazer outro serviço, peça baixar e faça novo concurso.

  5. Francisco S J Filho disse:

    Não sou contra o protesto, sylton, mas, sim, a maneira como ele é feito. Temos que atingir e cobrar, diretamente, as nossas ditas "autoridades", que são os responsáveis pelo quadro de violência que aí está e que atinge, não só os valorosos profissionais rodoviários mas, toda a população, infelizmente.

  6. sylton disse:

    InvestiImoveis e Francisco, é porque não foi ninguém da sua família. Eles estão certo sim.

  7. Milla disse:

    TENS TODA RAZÃO!!!!!!!!!!

  8. InvestImoveis disse:

    Ah vá se lascar pra lá de que vai servi isso?
    O que mudou da ultima paralização que vocês fizeram?
    Não é esse tipo de protesto que vai dar jeito
    Procurem outro Tipi de atitude por que desse jeito só atingi o cidadão trabalhador

  9. Francisco S J Filho disse:

    Deveriam, isso sim, levar todos os ônibus para a GOVERNADORIA e/ou para o QUARTEL DO COMANDO-GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO RN e não infernizar a vida do cidadão trabalhador, como se este fosse o culpado de tanta violência. S A C O!!!

FOTOS: Rodoviários iniciam paralisação em Natal

IMG-20140529-WA0006 IMG-20140529-WA0007Fotos: Cedidas

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn) negocia com o Sindicato dos Profissionais de Transporte do Rio Grande do Norte (Sintro) desde o início da tarde desta quinta-feira (29) para que os rodoviários não deem seguimento a paralisação na capital, iniciada por volta de 15h. Informações dão conta que os rodoviários reivindicam melhores salários e estabilidade de cobradores. Vários veículos já se encontram parados na Ribeira e proximidades do Via Direta.

IMG-20140529-WA0004 IMG-20140529-WA0005Fotos: advogada Michele Gibson Pereira

Motoristas abandonam coletivos no largo urbana e ninguém entra ou sai da zona norte pela ponte de Igapó. Fotos abaixo de Tácio Cavalcanti/ Robson Buarque: Via Certa Natal

1907994_598744526900420_7976344420462936741_n 10417446_686032651464382_3753423534251761675_n

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Mauro disse:

    Palhaçada e desrespeito com o cidadão. Protestem na urna! Que tal?