PT, PSOL e Rede protocolam no Conselho de Ética pedido de cassação de Flávio Bolsonaro “por ligação com a milícia e rachadinhas”

Foto: Reprodução/Twitter

O pedido de cassação do senador Flávio Bolsonaro, anunciado mais cedo pelo deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ), foi apresentado há pouco no Conselho de Ética do Senado.

A representação foi protocolada por deputados e senadores de PT, PSOL e Rede.

Eles foram ao gabinete do presidente do Conselho de Ética da Casa, senador Jayme Campos (DEM-MT), e entregaram formalmente o pedido.

Os parlamentares acusam Flávio de envolvimento com milícias e de ter feito “rachadinha”.

O Antagonista

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MAURICIO disse:

    o caso das rachadinhas tem uma lista de 26, encabeçada pelo presidente da alerj que é do pt, tem do psol,da rede, do pc do b, porque só o flávio, é porque é bolsonaro, como disse o freixo na reuniao da quadrilha , tem que derrubar o governo

  2. Bolsominion disse:

    O miliciano Adriano da Nóbrega já começou a produzir milagres. Depois de morto, fez Jair Bolsonaro defender os direitos humanos e criticar a brutalidade policial

    • Chicó disse:

      Não vi um esquerdista exigir o esclarecimento dos fatos neste caso. Por quê será ?

  3. Só Comento disse:

    Só mesmo um deputado desqualificado como o Marcelo Freixo poderia cometer uma asneira tremenda dessas, certamente foi orientado pelo demônio do Lula.

    • Decepcionado disse:

      O medo da perícia nos celulares é grande. O homem de família abençoada por Edir Macedo, RR Soares e Silas Mafaia fica nervoso toda vez que o assunto vem à tona. Mas durante anos e anos seguidos empregaram a mãe e a esposa do miliciano.
      Reparem que para defender o filho, o Presidente já mexeu no Coaf, no MP, na PF, já fez acordos com STF, e agora diz que ele foi quem mandou homenagear um herói, um grande homem.
      E MORO?
      Apoiando tudo caladinho…

  4. Bento disse:

    Pense numa imundície essa corja.
    Ahhhhh!! Vou vomitar .

  5. Flavio disse:

    Esses FDP tudinho fazem isso, e ainda tem a coragem de acusar os outros.

    • Maria disse:

      Falou TUDO!
      Falso moralistas!
      São tudo farinha do mesmo saco!
      Diziam que o PT era diferente, mas realmente "foi diferente do esperado", ROUBOU mais que todos juntos!

  6. Zulmira Melo disse:

    Bando de ladrãozinho,Ow povo de esquerda sem futuro!!!!! Todos revoltados,pq o nosso governo tá dando resultados satisfatórios,coisa que eles nunca fizeram,só roubaram!!!!!💰💰💰💰💰💰💰💰💰

  7. Pedrão disse:

    entendendo: O PT, PSOL, PCdoB e a REDE já sentenciaram que Flávio tem ligação com miliciano. eles já determinaram isso e agora querem que a decisão deles seja atendida pelo senado?
    que por isso ele deve ser cassado? ligação e submissão a corrupto não leva a perda de mandato? está sendo investigado em processo por corrupção e formação de quadrilha não leva a cassação?
    qual a moral ou conduta ilibada que esse tal freixo tem para pedir a cassação de alguém?
    isso ultrapassa a barreira da hipocrisia, da imoralidade, da incapacidade de lidar com as situações adversas, de não tolerar divergência de posicionamento, demonstram o quanto são totalitários e anti democráticos.
    ele inventam, eles julgam, eles condenam, eles exigem providências
    será que foram pessoas deles que tomaram providências na Bahia no caso de tal Adriano? pensando bem, forma policiais enviados pelo governo do PT com cobertura do governo do Rio, todos opositores ao governo federal

  8. Ceará-Mundão disse:

    Vivenciamos tempos estranhos. Bandidos e defensores de bandidos, que ignoram condenações judiciais de seus parceiros, proferidas após análise definitiva do mérito (2a. Instância) e confirmadas pelos tribunais superiores, agora resolvem pedir a cassação de opositor, mesmo sem qualquer condenação ou prova. Para essa cambada, basta ser adversário poítico (que eles encaram como "inimigos"). Muito interessante essa notícia.

Potigás investe em ampliação da rede e registra recorde de novas ligações

Foto: Divulgação

A Companhia Potiguar de Gás realizou, em 2019, o maior investimento em ampliação da rede em áreas de saturação dos últimos dez anos. No total, até outubro deste ano, foi aplicado o montante de R$ 4,3 milhões nesse setor, o que já supera os valores aplicados de janeiro a dezembro dos anos anteriores e resulta em infraestrutura para a Grande Natal e Mossoró.

Os investimentos realizados ao longo desse período possibilitaram também o maior acréscimo de rede dos últimos dez anos, totalizando mais de 24 mil metros na malha de gasodutos da Potigás. No total, a Companhia possui quase 450 mil metros de gasodutos espalhados pelas principais ruas e avenidas dos municípios de Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Goianinha.

Através da expansão da rede, novos usuários dos quatro segmentos de atuação (comercial, residencial, veicular e industrial) puderam ser interligados aos gasodutos. Em 2019, a Potigás superou em mais de 70% o número de ligações de 2018 e apresentou também um crescimento superior ao registrado nos anos anteriores. Atualmente a empresa conta com mais de 25 mil clientes em todos os segmentos.

“Esse crescimento é uma tendência do mercado tendo em vista que o gás natural canalizado é mais moderno e completo porque consegue congregar atributos importantes como praticidade já que é distribuído 24 horas por dia nos sete dias da semana, economia, segurança porque dispensa o armazenamento e sustentabilidade, pois emite menos poluentes que os demais combustíveis fósseis”, afirma Larissa Dantas Gentile, diretora presidente da Potigás.

Reportagem do UOL com informações do The Intercept noticia que Deltan Dallagnol “usou” a Rede para mover ação contra decisão de Gilmar Mendes

Com base em outras mensagens roubadas, o UOL, parceiro agora oficial de Glenn Greenwald, diz que Deltan Dallagnol “usou” a Rede para mover ação contra decisão de Gilmar Mendes, depois que o ministro concedeu um HC de ofício em favor do tucano Beto Richa.

O UOL diz que, como procurador de primeira instância, Deltan “usurpou” a competência da PGR.

Análise de O Antagonista rechaça “análise” e diz que um partido político, que tem legitimidade para propor ADPFs, pode muito bem ser convencido por qualquer cidadão — e procuradores são cidadãos — a propor ações de qualquer tipo. É do jogo. E a Rede não pode ser tratada como legenda de aluguel.

Procurador não é juiz, senhores.

O Antagonista ainda provoca reportagem e diz que “Usurpação é o que ministro de tribunal superior faz ao encontrar-se na calada da noite com poderosos acusados de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro”.

Com informações de O Antagonista e UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Raimundo disse:

    Lula livre, Cunha livre Cabral livre solta tudo a lava jato foi uma farsa! Eram 3 anjinhos junto com Dirceu e mais 155 condenados solta tudo foi tudo forjado

    • Fábio disse:

      Raimundo, acho que estão confundindo as coisas. Lula e todos que devem têm que ficar presos, porém não justifica uma ação ilegal para coibir outra. Se for assim, não haverá justiça no real sentido da palavra. Tem que ser punido quem erra, independente de que é.

  2. Edilson Sion disse:

    Homi, Dallagninho parece que não trabalhava muito não, era como diz minha mãe "dipindurado" nos apps de conversas. agora ele arranjou o chapéu da viagem, cutucou onça com vara curta mesmo, querendo reiar logo quem? Gilmarzinho não é de levar desaforo para casa, o procurador bb da nívea e lisa pele que aguarde.

  3. Walsul disse:

    Essa operação lava jato parece cometer mais ilegalidades que a quem eles acusam. Qualquer cidadão pode acionar partidos, mas quando um cidadão, procurador, usa isso para conseguir algo que não seja por interesses coletivos e sim, de um grupo, isso não pode. Por que não acionaram a procuradoria geral da república para obter o que queriam? Porque é um jogo, não movimentos republicanos.

    • Arthur disse:

      Eu até acredito que a Lava Jato começou com uma boa intenção, mas visivelmente foi contaminada pelo viés político e deixou de ser imparcial. Perdemos uma ótima oportunidade de colocar muita gente dos dois "lados" na cadeia. Conseguiram o que queriam, esquerda na cadeia e direita no poder. Pau que bate em Chico deveria bater em Francisco.

Rede vai ao STF contra corte de 30% de verba em universidades federais

A Rede Sustentabilidade apresentou uma ação ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o corte de 30% no orçamento de universidade federais anunciado nesta semana pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. O pedido foi protocolado nesta quinta-feira (2).

A ação, um mandado de segurança, foi sorteado ao ministro Marco Aurélio Mello. Cabe a ele decidir se suspende ou não a determinação do governo federal.

Na última terça-feira (30), o Ministério da Educação (MEC) anunciou o corte de verbas de três universidade federais, mas não indicou o motivo. A Universidade Federal Fluminense (UFF), a Federal da Bahia (UFBA) e a Universidade de Brasília (UNB) foram as primeiras terem o orçamento bloqueado em 30%.

No mesmo dia, o MEC estendeu a determinação para todas as universidades e todos os institutos do país. A rede federal inclui mais de 60 universidades e quase 40 institutos em todos os estados do Brasil.

Em entrevista ao jornal “Estado de S.Paulo”, o ministro da pasta, Abraham Weintraub, disse que “universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia, terão verbas reduzidas. A lição de casa precisa estar feita: publicação científica, avaliações em dia, estar bem no ranking”.

Na ação, a Rede pede que o ministro da Educação “se abstenha” de promover o corte nos orçamentos das universidades. Caso a medida já tenha sido tomada, o partido pede a suspensão deste bloqueio.

“Assim, percebe-se que, se tratando de ato vinculado na forma, e de motivação obrigatória, não poderia o Ministro proceder a tais cortes de forma absolutamente discricionária, sem a exposição dos motivos respectivos e a da fundamentação atuarial ensejadora desta necessidade de limitação de empenho”, diz o partido na ação.

O partido sustenta que é preciso consultar o Congresso para proceder ao contingenciamento dos 30% no orçamento das universidades federais.

“Se mesmo em virtude de medidas fiscais contingentes, carece o ato de limitação de empenho de exposição circunstanciada de seus motivos ensejadores, não se requerem maiores esforços argumentativos quanto à total improcedência de contingenciamentos aleatórios, baseados exclusivamente em preferências político-partidárias dos governos de plantão: o Estado brasileiro não é um laboratório experimental de políticos aventureiros!”, critica a Rede.

Na ação, a Rede ressalta ainda que as universidades gozam de autonomia didático-científica, administrativa e de gestão financeira e patrimonial.

O partido destaca que tal independência financeira garante autonomia de ensino e de livre circulação de ideias.

“Do contrário, a constrição de recursos orçamentários serviria de mecanismo insidioso para a patrulha ideológica das maiorias circunstanciais, como efetivamente pretende o atual Governo e vocalizou o Ministro da Educação”, diz o partido em um trecho da peça judicial.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. […] Rede vai ao STF contra corte de 30% de verba em universidades federais […]

  2. Ricardo disse:

    Agora f****, governo remaneja as verbas de acordo com suas conveniências e convicções. STF não manda em políticas de governo, ou vá ser candidato e repasse toda as verbas pra universidades, só. Babacas, luladrão tá preso

PSB e Rede divergem sobre data para anunciar chapa ao Planalto

Apesar de PSB e Rede estarem dispostos a apresentar uma chapa única com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e a ex-senadora Marina Silva na disputa pela Presidência, o calendário eleitoral de seus aliados está fora de sintonia.

O comando dos socialistas pressiona e programa para o fim deste mês, ou no máximo em fevereiro, o anúncio de Marina como vice de Campos.

O governador já convocou reunião com os principais dirigentes do PSB para o próximo dia 17 com o objetivo de afinar o discurso, resolver pendências e preparar o anúncio de sua candidatura presidencial, que deve ser antecipado, segundo confidenciou a interlocutores.

O cenário ideal no entendimento de Campos é ter fechado o nome de Marina na chapa para fortalecer o ato. A presença dela no encontro, porém, não está confirmada e integrantes da Rede avaliam que este não é momento adequado para fazer o anúncio.

“O calendário eleitoral não se sobrepõe às definições programáticas. Essa questão da vice ainda não está colocada”, disse à Folha o deputado Walter Feldman (PSB-SP), importante aliado de Marina.

Apesar de resistir em antecipar a definição, a cúpula da Rede aponta como caminho mais provável a futura formalização da ex-senadora no posto de candidata a vice.

Antes, porém, será preciso dirimir divergências na formação de palanques regionais. Um dos principais problemas está em São Paulo.

No Estado, a Rede é contra apoiar a reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB), como pretendia o PSB paulista. Os aliados de Marina defendem chapa própria do PSB com a Rede, que represente “o novo” e seja uma alternativa à polarização entre petistas e tucanos.

A deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP) expressou, de dentro do partido, o incômodo gerado pela aproximação com o PSDB.

Amiga de Marina, ela declarou não haver “coerência política” nas alianças regionais que o PSB tem fechado para fortalecer a candidatura de Campos à Presidência.

O vice-presidente do PSB, Roberto Amaral, defende a antecipação do anúncio da chapa presidencial para evitar eventuais intrigas entre os dois grupos políticos. “Não era do nosso interesse antecipar, mas isso é até mesmo uma vacina, um antídoto”.

Amaral negou que as polêmicas sobre alianças regionais estremeçam a relação do PSB com a Rede. “É preciso encarar a nossa relação como a relação do PT com o PMDB [aliados no governo federal]. São dois partidos. Podemos ter candidaturas diferentes nos Estados, já dissemos isso”, afirmou.

Amaral disse ainda que “a Rede dentro do PSB é uma acomodação jurídica” e não “uma absorção” e que o partido “respeita a identidade da Rede e da Marina”.
14006756    
Folha

Marina Silva culpa falta de estrutura de cartórios pela indefinição de registro da Rede

 11_15_37_50_fileA ex-senadora Marina Silva, em entrevista à rádio CBN nesta segunda-feira (30), disse que a falta de estrutura dos cartórios do País é a responsável pela indefinição da criação de seu partido, a Rede Sustentabilidade.

Nesta semana, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) deve decidir se aprova ou não o pedido criação do partido após a recontagem das assinaturas coletadas necessárias para criação de uma legenda. O resultado deve sair até a a próxima quinta-feira (3).

— A dificuldade está na falta de estrutura dos cartórios. Mesmo com poucos recursos conseguimos mobilizar mais de 12 mil pessoas que coletaram 910 mil assinaturas em menos de 7 meses, que foram enviadas no prazo para os 1.800 cartórios. Mesmo depois da triagem, enviamos mais de 668 mil assinaturas.

Segundo a lei eleitoral, são necessárias 492 mil assinaturas validadas para a criação de um partido. De acordo com Marina, as assinaturas necessárias foram enviadas aos cartórios pela Rede, mas 53% dos cartórios perderam o prazo de 15 dias para se manifestar. Além disso, a ex-senadora argumenta que 95 mil assinaturas foram invalidadas injustamente.

— Nos encaminhamos 668 mil assinaturas com 550 mil certidões. O problema é que houve invalidação injusta de 95 mil assinaturas que aguardamos pronunciamento do TSE.

Em relação a algum motivo político para a invalidação das assinaturas e, consequentemente a dificuldade com o registro, Marina desconversa.

— Não tenho como provar, mas tenho certeza que os ministros vão fazer o certo […] Não podemos pagar o preço.

Enquanto aguarda a decisão, Marina se diz confiante no trabalho da Rede e diz que não existe plano B para ela, e nem a possibilidade de lançar a candidatura por outro partido.

— Não tenho plano B. Depois de um trabalho tão rigoroso, tão criterioso, só ficaremos sem o nosso registro por culpa dos cartórios.

Em nota, Marina Silva negou que vá se filiar a outro partido, caso a Rede não seja aprovada pela Justiça e saia efetivamente do papel.

— A ex-senadora Marina Silva e a Rede Sustentabilidade reafirmam que não está agendada nenhuma reunião com o Partido Ecológico Nacional, ao contrário do que tem declarado o presidente do PEN, Adilson Barroso. […] Marina Silva reafirma que não discute um plano B e está confiante que a Justiça Eleitoral concederá o registro ao partido antes de 5 de outubro.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo Costa disse:

    Marina deixou para criar o partido aos 45 mimutos do segundo tempo e agora tenta passar a imagem de perseguida e injustiçada, culpa cartórios, justiça eleitoral e acha que está havendo um complô contra sua candidatura.

  2. Bony Inoue disse:

    A Marina quer ganhar no grito…

Olimpíadas: Globo fará transmissão limitada dos jogos de Londres

A Rede Globo emitiu uma nota falando sobre como será a sua transmissão dos jogos olímpicos de Londres. Como não é detentora dos direitos de transmissão, a gigante da televisão brasileira sofrerá uma série de restrições que limitam o acesso a cobertura, mas, mesmo assim, garantiu uma transmissão nos telejornais com as principais notícias das Olimpíadas, alegando que não pode abrir mão da informação aos seus telespectadores, respeitando os acordos sobre direitos esportivos.

Confira a nota na íntegra

Cobertura dos Jogos Olímpicos de 2012 na Globo

A cobertura jornalística da Rede Globo dos Jogos Olímpicos 2012 seguirá dois princípios de que não pode abrir mão: informar os seus telespectadores e respeitar acordos sobre direitos esportivos. Para isso, a emissora comprou da OBS (Olympic Broadcast Services) o acesso às imagens dos Jogos Olímpicos vendido a não detentores dos direitos de transmissão que aceitam as regras do COI (Comitê Olímpico Internacional) para a utilização jornalística em suas coberturas do evento.

Essas regras determinam que, ao longo do dia, um total de apenas seis minutos de imagens sejam usados por no máximo três programas jornalísticos regulares, sendo que cada um deles poderá usar apenas até dois minutos, não ultrapassando, por evento ou prova, 30 segundos ou 1/3, o que for menor. A OBS produzirá boletins atualizados de 30 minutos sobre as Olimpíadas a cada meia hora, que serão transmitidos via satélite a todos os assinantes do serviço.  Imagens de arquivo de Jogos Olímpicos passados contam nos seis minutos diários e, portanto, nos dois minutos por programa. Outra restrição é que as imagens só poderão ser usadas três horas depois que tiverem sido exibidas pelo detentor dos direitos de transmissão em TV aberta. No momento em que as imagens dos Jogos Olímpicos estiverem sendo mostradas nas reportagens, os assinantes do serviço da OBS se comprometem a creditá-las ao detentor dos direitos de transmissão.

Seguindo a experiência internacional, e sem ferir as regras do COI, fotos serão utilizadas sempre que imagens de um evento não puderem ser exibidas. São restrições importantes do COI que a TV Globo acata num esforço para bem informar os seus telespectadores. Como acontece em todo o mundo com os não detentores de direitos de transmissão, o respeito a essas regras implicará, naturalmente, uma cobertura mais limitada do que a que realizamos nos últimos anos, mas suficiente para divulgar as principais notícias sobre os Jogos Olímpicos.

Secretário investiga suposta rede de corrupção no sistema penitenciário do RN

O secretário Kércio Pinto, titular da pasta de Justiça e Cidadania (Sejuc), não gostou das notícias de uma possível rede de corrupção dentro do sistema penitenciário potiguar e já solicitou a abertura de um inquérito policial para investigar as denúncias.

A informação veio através de nota divulgada pela própria Sejuc. Confira nota na íntegra:

Nota à imprensa

O Secretário de Estado da Justiça e da Cidadania, Kércio Pinto, em decorrência das matérias veiculadas pela Tribuna do Norte (edição de 24/07) e Novo Jornal (edições de 23 e 24/07), versando sobre a existência de uma possível “REDE DE CORRUPÇÃO” no Sistema Penitenciário do Estado do Rio Grande do Norte – notadamente na Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta, expediu oficio ao Secretario de Segurança e da Defesa Social solicitando a apuração dos fatos noticiados, através de Inquérito Policial.

Isto porque as matérias jornalísticas veiculadas contam, inclusive, com depoimentos de Agentes Penitenciários abordando, dentre outras coisas, fatos inquinados de ilícito penal. Tais fatos requerem imediata investigação para individualização e responsabilização dos seus autores.

Tais medidas deixam claro que esta Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (SEJUC) não compactua com desvios de conduta e nem se submeterá a desmandos de quaisquer ordem.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rodrigomuora disse:

    Amigo, conheço vc e toda sua família, vc tb me conhece,  depois falo com seu irmão e ele vai ti dizer quem sou eu, olhe leio todos os dias seu bog , uma coisa que tenho conhecimento é , como funciona o sistema da sejuc, tão feliz como em outras notas, vc pode ter certeza a sejuc é um câncer, a começar das compras, fornecedores, encargados das despensas,recebedores de mercadorias,  etc se a policia quiser ser federal vai pegar sim.  

Ator global dá garrafada em segurança para tentar entrar em área vip de boate

O ator Marcelo Faria aprontou durante show na casa noturna Miranda, na noite de quarta-feira (18), no Rio de Janeiro, segundo informa Roberta Pennafort no blog da coluna Sonia Racy, do Estado de S.Paulo.

Faria, atualmente na novela Amor Eterno Amor, da TV Globo, deu até carteirada para tentar entrar na área vip, mas foi reprimido por um segurança e reagiu com ofensas e garrafadas. Segundo testemunhas, o segurança manteve a calma, mesmo com a testa ensanguentada.

O segurança da casa foi levado ao hospital e prestou queixa contra Faria – que deixou o local em seguida e tentou abafar o barraco. O ator confirmou que esteve na casa, por meio de sua assessoria de imprensa, mas garantiu que a briga não foi com ele. A casa de shows confirma o ocorrido, segundo o blog.

Fonte: Blog E+

Caern implanta 67 km de rede de água em 49 municípios

O aumento das cidades, o lançamento de novos empreendimentos imobiliários e a entrega de casas populares tem feito com que a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) precise ampliar constantemente a rede de distribuição de água. Somente entre 2011 e 2012, a empresa já ampliou em mais de 67 quilômetros a rede de água em 49 municípios. O último serviço concluído foi na cidade de Jardim do Seridó, onde a Caern instalou 744 metros de tubulação, garantindo o acesso à água potável para as 39 famílias que moram nas casas recém entregues do conjunto Aluízio Alves.

A extensão da rede de água em Jardim do Seridó atende 160 pessoas. “A obra foi realizada em parceria com a prefeitura. Nós entramos com o material e ela com a escavação de vala e reaterro”, explica o gerente da Caern na região, José Nilson Araújo. Segundo ele, a extensão beneficia os moradores da rua Sebastião Emiliano dos Santos, no conjunto Aluízio Alves, localizado no bairro Baixa da Beleza.

Em todo o Estado, os serviços de extensão realizados entre o ano passado e este ano garantiram acesso à água potável para mais de 19 mil pessoas. Segundo informações dos gerentes regionais da Caern, os serviços não param e são realizados à medida que novos pedidos de ligações de água são feitos à Companhia. A cada nova solicitação é feito uma análise de viabilidade, que leva em consideração as condições dos terrenos e a disponibilidade hídrica na região.

Além de Jardim do Seridó, a Caern já realizou extensões de rede em Arês, Assú, Baraúna, Bento Fernandes (comunidades Fechado II e Ubaia), Bom Jesus (comunidade Grossos), Caicó, Campo Redondo, Carnaúba dos Dantas, Carnaubais, Cerro Corá, Encanto, Equador, Florânia, Goianinha (comunidade Aniquim), Governador Dix-Sept Rosado, Guamaré, Japi, Jardim de Angicos, Lagoa de Velhos, Lagoa Nova, Lagoa Salgada, Jardim do Seridó, Jucurutu, Macau (comunidade Cacimba de Baixo), Marcelino Vieira, Messias Targino e Monte Alegre (comunidade Olho D’água).

Em Natal foram realizadas extensões de rede na comunidade Parque 13 de Maio, na Zona Oeste. A Caern também ampliou a rede de distribuição de água nas cidades de Ouro Branco, Parelhas, Parnamirim (Jardim Planalto), Paraú, Pedro Avelino (Conjunto da Cohab), Pendências (conjunto Feliz Pendências), Pau dos Ferros, Pilões, Porto do Mangue, Riacho de Santana (Sítio Catolezinho), Santo Antônio (bairro Novo Horizonte), São Francisco do Oeste, São José de Campestre (loteamento Alto Bela Vista), São José do Seridó, Serra Caiada (Riacho do Meio), Severiano Melo (Pereiral), Taipu (comunidade de Ubiratan), Timbaúba dos Batistas, Upanema (comunidades Boa Água I e II) e Venha Ver.

ZONA RURAL

Além de garantir acesso à rede de água para novas áreas habitacionais nas zonas urbanas, os serviços de extensões de rede realizados, na maioria dos casos, com recursos próprios da Companhia, tem chegado às áreas rurais. Diversas comunidades afastadas dos centros urbanos estão sendo contempladas. Em todo o Estado, as obras de implantação ou ampliação de sistemas de abastecimento de água totalizam investimentos de R$ 307,8 milhões.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Caern

[FOTOS] McDonald's terá maior loja da rede dentro da Vila Olímpica dos jogos de Londres

O McDonald’s terá o maior restaurante e cardápio da rede durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres. Focada em sustentabilidade, a marca levou três anos entre planejamento e execução do projeto, instalado na Vila Olímpica do evento.

Ao todo, o restaurante tem 1.500 lugares, incluindo 70 em um balcão no segundo piso, e cerca de 500 funcionários. O maior da rede em todo o mundo. Entre as inovações, estão as filas expressas, com pagamento sem dinheiro, e equipamentos de cozinha com dispositivos que diminuem o consumo de água e energia.

O fast food também recolherá e reciclará o óleo usado, que será transformado em biodiesel para abastecer caminhões durante as entregas no Reino Unido. Após o evento, 75% dos materiais serão reutilizados e alguns itens reciclados para serem reaproveitados e distribuídos entre os restaurantes futuros e já existentes.

Twitter anuncia novas ferramentas para melhorar buscas na rede social

O Twitter anunciou novidades para o mecanismo de busca da rede social. Segundo o blog oficial do serviço, o sistema de pesquisas agora está mais simples e vai exibir funções como autocompletar, pessoas que você segue, correções ortográficas e resultados relevantes de acordo com os assuntos buscados. “As atualizações farão com que você se aproxime mais rápido das coisas que você mais gosta”, diz a publicação.

No total, são quatro novos recursos, como a correção ortográfica automática, que corrige uma palavra incorreta e sugere termos que melhor condizem com aquilo que você deseja procurar, e assuntos relacionados, que fornece opções ligadas à sua pesquisa e prioriza resultados em tempo real.

Os nomes de usuário de pessoas que você segue também vão aparecer na aba de buscas e, além de ver todos ou os tuítes mais populares, agora você pode checar mensagens sobre um determinado assunto apenas de acordo com o que seus seguidores estão dizendo, permitindo uma busca bem mais seletiva.

As novas funcionalidades de pesquisa do Twitter estarão disponíveis para todos os usuários ao longo das próximas semanas. A atualização chega também para as versões da rede social no iOS e Android.

Fonte: Olhar Digital

Justiça determina abastecimento imediato de insumos e medicamentos nos hospitais estaduais

Em decisão favorável ao pedido do Ministério Público Estadual em Ação Civil Pública, o Juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, Airton Pinheiro, determinou que o Estado do Rio Grande do Norte providencie a imediata aquisição de insumos e medicamentos em falta nos hospitais da Rede estadual, regularizando o abastecimento no prazo de 20 dias.

A Ação Civil proposta pelo MP/RN denunciou a omissão do Estado do Rio Grande do Norte apurada nos autos do Inquérito Civil n° 020/2011. O Inquérito realizou o levantamento do abastecimento de insumos e medicamentos hospitalares na rede hospitalar estadual e concluiu que a falta destes era causada pelo omissão da Secretaria Estadual de Saúde que não atendia as solicitações daqueles materiais encaminhadas pela direção dos hospitais com compõe a rede estadual.

Em caso de descumprimento da decisão, esta também determina o bloqueio imediato do valor necessário a aquisição direta dos insumos e medicamentos pelos diretores dos hospitais, conforme orçamento fundamentado a ser encaminhado anexo aos pedidos de execução da determinação.

Conselho Tutelar da PB investiga rede de prostituição que leva crianças para o RN

O Conselho Tutelar da cidade de Guarabira, no Brejo do estado da Paraíba, está investigando a existência de uma rede de prostituição infantil que estaria recrutando crianças e adolescentes para serem abusadas sexualmente em cidades do vizinho estado do Rio Grande do Norte.

A confirmação foi feita na tarde deste domingo (20) pela conselheira Jussara Cunha, depois que ela e os demais profissionais, receberam a informação do desaparecimento de uma menina de apenas 14 anos de idade. “A jovem vivia com os avós e há mais de nove dias havia desaparecido. Na tarde de hoje descobrimos que ela estava escondida na casa de uma outra criança, de 12, na comunidade do Rabo da Lacraia, no bairro do Nordeste II. Quando chegamos lá, encontramos a menina e descobrimos toda a história” declarou a conselheira.

De acordo com as investigações a menina de 14 anos – que já estava dando muito trabalho aos avós porque fugia de casa frequentemente – recebeu o apoio da mãe da outra adolescente, que possivelmente sabia de todo o esquema. “Além delas duas, ainda existe uma outra menina de 13. A jovem que foi localizada hoje contou todos os detalhes do esquema. Disse que saiu de casa e durante três dias, ficou pelas ruas de Guarabira, principalmente durante a noite. Há cinco dias, as meninas conseguiram uma carona e estavam na cidade de Nova Cruz, no vizinho estado do Rio Grande do Norte.

Lá ficaram em um bar, possivelmente se prostituindo e usando drogas. Acreditamos que esta realidade é antiga e conta com o apoio de outras pessoas que estariam levando essas crianças para lá” completou.

A jovem de 14 anos foi encontrada com várias escoriações no corpo. Quando questionada, ela contou que se machucou depois que sofreu um acidente de moto. “Ela contou que estava no bar em Nova Cruz quando saiu com um amigo de moto e em uma curva, eles caíram. Inclusive existem registros do atendimento da menina no hospital da cidade” comentou Jussara.

O caso está preocupando o Conselho Tutelar, que neste domingo, realizou várias oitivas com as adolescentes e seus familiares, e, já começou a fazer um relatório que deverá ser encaminhado emergencialmente ao Ministério Público. A Polícia Civil também está acompanhando o caso.

Fonte: Portal Correio

Sesap estrutura Rede de Atenção às Urgências

Representantes do Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) estiveram reunidos na manhã desta terça-feira (17) para discutir a estruturação da Rede de Atenção às Urgências no Rio Grande do Norte.

A Rede faz parte da Política Nacional de Atenção às Urgências, instituída pela portaria nº 1.600, de julho de 2011, pelo Ministério da Saúde. O acolhimento com classificação do risco, a qualidade e a resolutividade na atenção constituem a base do processo e dos fluxos assistenciais de toda Rede de Atenção às Urgências.

A coordenadora de Planejamento da Sesap, Terezinha Rêgo, falou sobre o andamento e estruturação da Rede no estado. “Estamos trabalhando no nosso Plano de Ação e já esboçamos a criação de um comitê gestor de atenção às urgências, conforme indica a portaria”, disse. Terezinha Rêgo também apresentou os membros do grupo condutor que tem a função de orientar e monitorar os planos municipais de atenção às urgências.

O grupo condutor é formado por representantes da Sesap – das coordenações de planejamento, hospitalar, recursos humanos, promoção à saúde e SAMU – Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do RN (Cosems) e conta com o apoio do Ministério da Saúde.

Estiveram presentes na reunião o Secretário de Estado da Saúde Pública, Domício Arruda, a secretária adjunta da Saúde, Dorinha Burlamaqui, a coordenadora geral de Regulação e Avaliação do Ministério da Saúde, Bianca Veloso, além de outros representantes do Ministério da Saúde, Secretaria de Saúde de Natal, Cosems e diretores de hospitais estaduais.

A Rede de Atenção às Urgências é constituída pelos componentes: Promoção, Prevenção e Vigilância à Saúde; Atenção Básica em Saúde; Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) e suas Centrais de Regulação Médica das Urgências; Sala de Estabilização; Força Nacional de Saúde do SUS; Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) e o conjunto de serviços de urgência 24 horas; Atenção Hospitalar e Domiciliar.