Diversos

DESABAFO DE UM LEITOR: Quem danado consegue pegar uma linha de crédito da AGN?

Um leitor do Blog do BG enviou resposta da Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) a sua solicitação de crédito para tentar sobreviver na pandemia no estado do Rio Grande do Norte. Verifique a resposta e veja como é fácil:

“Bom dia, em resposta a solicitação para análise de pesquisa cadastral identificamos que existem anotações restritivas para o seguinte documento:

SERASA – CNPJ – BANCO BRADESCO

SERASA – CNPJ – PROTESTOS (NATAL)

Para darmos continuidade ao cadastro e a solicitação de financiamento precisamos que todos os envolvidos estejam sem restrições. Lembrando que é necessário o aval de um terceiro para empresas que não são constituídas de pelo menos 2 sócios, nesse sentido, é preciso enviar número da documentação do avalista e cônjuge se for o caso. Qualquer dúvida, entrar em contato.

Atenciosamente,
Subgerência de Cadastro.
Tel.: 84 3232-2601”.

Opinião dos leitores

  1. Sugestão que dou ao governo estadual e AGN, que se as restrições for de pequena monta, e o empréstimo seja superior ao pleito, que as dívidas das restrições sejam pagas pelo Emprestimo, com limite máximo de quitação de 30% por cento do valor liberado! Simples e possível! Abs Marcio Lima

  2. Será que na linha do tempo dessa pessoa sua dívida no SPC e SERASA foi gerada pós pandemia ou pré pandemia?
    Só citar uma dívida sem contexto deixam algumas interrogações.

  3. Muita gente estava contando com essa ajuda para sobrevier ao último decreto vigente. Desse jeito ninguém tira um centavo da AGN. Nos próximos 15 dias vai ser uma quebradeira sem precedentes. É preciso rever isso com urgência.

  4. Também estou sendo prejudicado por essa política de concessão de crédito da AGN. No meu caso minha Esposa possuí um Salão de Beleza é Empreendedora Formalizada (MEI), nome limpo etc. Mas quando fomos solicitar o crédito, pediram meu CPF já que sou o cônjuge, até aí tudo bem meu nome estava sem restrições nos Órgãos de Proteção, tais como Serasa, SPC e SCPC, mas "eles" (a AGN) acharam uma pendência minha no Banco Central de uma dívida que até prescreveu e por isso não foi viabilizado a Linha de Crédito nesse momento em que estamos passando. Em vez de ajudarem estão atrapalhando! Fica o meu desabafo.

  5. O governo estadual deveria está com restrições no SPC e Serasa, pois deve 2 folhas aos servidores. Em vez disso, recebeu inúmeras transferências e repasses do governo federal. Onde foram aplicados esses recursos se nem um hospital de campanha a governadora conseguiu abrir ???

  6. Essa é apenas a primeira análise, após realizar os devidos ajustes Serasa e Protestos, caso disponha de recursos para pelo menos tirar as certidões e limpar o nome, ainda tem as análises cadastrais da PJ e da PF titular ou titulares da empresa, depois ainda tem a Situação Fiscal que com certeza vão pedir 05 certidões negativas no mínimo.
    Aí quando ultrapassar todas as barreiras burocráticas, vem o tiro de misericórdia que tem que ter um avalista que não tenha nenhuma restrição e patrimônio maior que o empréstimo /financiamento solicitado.
    Em síntese o cidadão diante de toda essa situação já quebrou em muitos pedaços, que nem um aspirador industrial será capaz de juntar.
    É assim, que chega às pseudas ajudas do desgoverno Fátima!

  7. BG, na realidade a AGN é a mais burocrática e são muitas exigências para nós que trabalhamos legalmente e empregamos legalmente, coisa que não deveria porque estão emprestando dinheiro dos nossos impostos, mas outras instituições também tem muitas exigências e que na realidade só tem acesso a credito os grandes empresários que estão classificados como atividade essencial, por toda essas dificuldades e a falta de sensibilidade do Ministério da Economia(GOVERNO FEDERAL) esta quebrando e deixando muita gente endividado, lamentável mais é a realidade em que vivemos. JEAN REGIO

  8. Perguntar não ofende. Para o Governo dar 5.000.000,00 Cinco milhões para o consórcio nordeste para compra de RESPIRADORES inexistentes,teve todo esse zelo com o erário ? Só tem Pelé e o empresário que se LASQUE!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Natal quer ampliar a linha de trem dentro do município e promover a integração do transporte público

A Tribuna do Norte destaca em reportagem que durante a solenidade com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, para o lançamento da pedra fundamental das obras da Linha Branca do sistema de transporte de passageiros sobre trilhos da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) em Natal (RN), o prefeito de Natal, Álvaro Dias, destacou o interesse do município em ampliar a linha férrea dentro de Natal.

“Temos o interesse de ampliar a linha do trem dentro de Natal e promover a integração do transporte público. Isso vamos propor dentro de estudo da STTU para definir um trecho de trem dentro de Natal”, declarou o prefeito. Confira matéria completa AQUI.

Opinião dos leitores

  1. O VLT ampliado dentro de Natal será a maior revolução do transporte público. Na torcida que seja materializado.

  2. Tem que ampliar é a FAIXA DE VACINAÇÃO, são Gonçalo ja esta vacinando o pessoal de 68 anos, aqui nao tem jeitonde sair desse 75.

  3. Pensei que fosse falácia do Prefeito Álvaro Dias, mas tem a palavra do Ministro do Bolsonaro, então eu confio. Rogério Marinho o Futuro Senador da República pelo RN.
    E a inepta da Governadora qual vai ser a grande obra dela?
    Fábio Faria fez o saneamento de Natal e o trevo da Redinha.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

EcoSport, Ka e Troller T4 saem de linha com encerramento da produção de carros no Brasil pela Ford

Foto: Auto Esporte

Após um século de operação, a Ford deixará de produzir veículos no Brasil. Por meio de um comunicado, a montadora americana anunciou o encerramento de operações de todas as suas linhas de montagem no país.

Como consequência, três modelos sairão de linha em 2021: o Ford Ka, o EcoSport e o Troller T4.

A empresa afirmou que a crise econômica provocada pela pandemia de Covid-19 foi a principal responsável pela medida, reduzindo ainda mais as vendas e prejudicando a operação. De acordo com projeções, ao menos 5 mil trabalhadores serão afetados.

No Brasil, as fábricas de Camaçari (BA) e Taubaté (SP) serão fechadas imediatamente. A unidade de Horizonte (CE), que fabrica o Troller T4, também será afetada com a decisão e encerrará suas atividades no quarto trimestre de 2021.

Segundo a empresa, o mercado brasileiro continuará a receber outros lançamentos programados, como a nova Ford Ranger, o Mustang Mach 1, a Transit e o SUV Bronco.

As operações de vendas, peças de reposição, serviços e garantia não serão afetados. A Ford também afirma que manterá o Campo de Provas localizado na cidade de Tatuí (SP), o Centro de Desenvolvimento de Produto (na Bahia), além de sua sede administrativa na cidade de São Paulo.

Até o momento, as fábricas da companhia localizadas na Argentina e no Uruguai não serão afetadas.

No final de 2020, a Ford oficializou a venda de sua fábrica em São Bernardo do Campo (SP) para a construtora São José e o fundo de investimentos FRAM Capital. O fechamento da fábrica, inaugurada em 1967, foi anunciado em fevereiro de 2019.

Auto Esporte – Globo

Opinião dos leitores

  1. A ford tem que montar a fabrica no Paraguai.
    Lá o trabalhador custa bem mais barato para as empresas.
    Essas leis trabalhistas do Brasil, um dia vai afungentar muitas âncoras no Brasil, parece que foi dado o primeiro passe.
    Não tem outro motivo pra Ford ir embora, pois o mercado de automóveis no Brasil, esta bombando mesmo com a pandemia.

  2. Isso mesmo, Silver. Eles são desonestos intelectualmente e acham que somos todos idiotas sem informação. A Ford só manterá as filiais da Argentina e do Uruguai pq produzem os modelos que ainda irão continuar a comercializar.

  3. O Brasil está indo rumo ao abismo, com apoio de alguns norte riograndenses, principalmente aquele pessoal que orbita as oligarquias, um pessoal que hj se diz liberal, tem bastante espaço na mídia local, mas que sempre ocuparam uns carguinhos comissionados nas prefeituras, secretarias e gabinetes pelo RN a fora, desde os 17 e 18 anos de idade e agora são comentaristas de política.
    Basta acompanhar os programas de rádio de Natal.
    Cliques dá dinheiro e pra obter vale tudo.

  4. Só trouxa compra carro hoje. São taxas, taxas e taxas, depreciação gigante, custo de manutenção, seguro etc. famílias que tinham 3 carros se foi esperta hoje só tem um carro, pois o Uber está para ser utilizado.

  5. Parece que o USA não tem medo da pólvora de Bolsonaro , pois optaram em manter as fábricas da Argentina.
    São 5.000 empregos perdidos, para um governo que já demonstro incapacidade e inaptidão para o diálogo interno e externo.
    Estamos isolados do mundo e brigando internamente com todo núcleo federativo (Estados e municípios, )

    1. "É só fazer arminha que a Ford volta"
      Seu jegue comedor de capim, essa é uma decisão global da Ford. A montadora já vem encerrando suas atividades e fechando fábricas em várias partes do mundo, seu alienado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Banco do Brasil lança linha de antecipação de saque aniversário do FGTS

Foto: © Tânia Rego/Agência Brasil

O Banco do Brasil lançou nesta semana nova linha de crédito para trabalhadores que aderiram à modalidade de saque aniversário do Fundo de Garantia por tempo de Serviço (FGTS), anunciou na noite dessa terça-feira (28) a instituição financeira. Os trabalhadores que aderiram à modalidade de saque passam a ter a possibilidade de antecipar os valores previstos para saque anual no mês de aniversário, utilizando o saldo de sua conta FGTS como garantia.

A autorização prévia é indispensável para contratar a operação. O cliente deve concedê-la pelo App FGTS ou pelo site da Caixa Econômica Federal. Só a partir dessa autorização é que o BB pode consultar o saldo e fazer o bloqueio do valor com vinculação ao empréstimo. O site da Caixa também disponibiliza os limites de valores por faixa de saldo, bem como as regras de adesão ao saque aniversário.

A linha de crédito permite antecipar até três anos dos recursos do saque aniversário do FGTS, tem valor mínimo por operação de R$ 1 mil e taxas a partir de 0,99% ao mês.

O cliente pode solicitar o empréstimo diretamente no App BB (Empréstimos >> Antecipe seus créditos >> CDC FGTS Saque Aniversário). A contratação pode ser feita também pela Central de Atendimento BB (0800-7294117 ou 4003-4117) e nas agências. A liberação do crédito em conta corrente ocorre após a reserva do saldo na conta do FGTS.

No último dia 23, a Caixa Econômica Federal também anunciou o lançamento da linha de crédito.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

VÍDEO: Caixa lança linha de crédito que antecipa saque-aniversário do FGTS; empréstimo a partir R$ 2 mil com juros a 0,99% ao mês

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães. Foto: Reprodução/Caixa

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira (23) que pessoas que optaram pelo saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) poderão antecipar até três parcelas dos valores anuais – ou seja, correspondentes a três anos de retiradas.

O cliente do banco poderá acessar uma linha de crédito a partir de R$ 2 mil, que é o saldo mínimo necessário que o usuário precisa ter para participar. Não há teto para o valor solicitado, no entanto, podendo chegar até o saldo total. A taxa de juros será de 0,99% ao mês.

O detalhamento foi feito pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, em vídeo divulgado pelo canal do banco no Youtube nesta quinta.

A adesão já está liberada, segundo a Caixa, mas os recursos só estarão disponíveis a partir de segunda-feira (27). A contratação será 100% digital, podendo ser feita pela internet por meio do site da Caixa, do FGTS, ou ainda pelo aplicativo do FGTS.

A expectativa é que 1 milhão de clientes faça a antecipação, o que vai corresponder a R$ 5 bilhões em créditos.

Saque-aniversário

O saque-aniversário foi uma modalidade criada pelo governo em 2019 para permitir a retirada de parte do saldo da conta do FGTS anualmente, no mês do aniversário do trabalhador e nos dois meses seguintes.

O trabalhador que opta por esse saque perde o direito à retirada do saldo total de sua conta do FGTS quando é demitido sem justa causa, o chamado saque-rescisão.

Segundo números da Caixa, 61 milhões de trabalhadores estão vinculados ao FGTS. Desse total, 6,1 milhões (10%) optaram pelo saque-aniversário.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

AGN lança linha de crédito exclusiva para jovens empreendedores do RN

Foto: Divulgação

A Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN-RN) criou mais uma ferramenta de estímulo ao empreendedorismo e apoio aos novos negócios protagonizados por jovens. O Credjovem, mais uma linha de financiamento do programa Microcrédito do Empreendedor Potiguar, já está disponível para contratação e chega em um importante momento para assegurar a manutenção de negócios e garantir a geração de renda, mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O Credjovem atende empreendimentos geridos por jovens entre 18 e 29 anos – formais ou informais, do campo ou urbanos, solidários ou convencionais – aliada à capacitação para utilização do recurso e sobrevivência na crise. Para ter acesso ao crédito, além de já ter um empreendimento em curso, o jovem deve estar sem pendências com seu CPF ou CNPJ (se Microempreendedor Individual) e passar por cadastro e triagem a ser realizado pela SEMJIDH, bem como, participar de capacitação e acompanhamento da execução do plano de negócio.

Os jovens poderão obter financiamentos com valores que podem chegar até R$ 12 mil, sendo este o valor máximo para operações realizadas por empreendedores formalizados como Microempreendedor Individual (MEI). Para aqueles que atuam de maneira informal, os financiamentos podem chegar até R$ 3 mil. A carência é de 90 dias para contratos assinados até 30 de junho.

O financiamento é condicionado a análise de crédito do cliente realizada pela AGN-RN, após triagem pela SEMJIDH. O prazo para quitação das parcelas é de 12 meses para informais e de 24 meses para os profissionais formalizados. A taxa de juros varia de 1,5% a 1,7% ao mês a depender da natureza do financiamento. O cliente que efetuar o pagamento em dia terá um bônus de adimplência, ou seja, os juros serão subsidiados pela própria Agência.

A capacitação e orientação para elaboração do plano de negócios e gestão de empreendimentos acontece através de parceria com o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e contará ainda com apoio, a depender do perfil do negócio, da SEDRAF (Secretaria Estadual do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar) e SETHAS (Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social).

Os jovens que buscarem o financiamento deverão cumprir, dentre outras exigências, o disposto na legislação relacionada a prevenção e combate ao trabalho infantil, trabalho adolescente (salvo na condição de aprendiz) e na condição análogo ao escravo, sob pena de não liberação do crédito.

Para se inscrever, o jovem precisa entrar em contato com a Subsecretaria da Juventude via e-mail (sejuv.semjidh@gmail.com) para preenchimento dos formulários para análise de viabilidade. Caso tenha alguma dúvida, basta enviar email para o mesmo endereço com o respectivo questionamento.

Para a diretora-presidente da AGN, Márcia Maia oferecer condições de competitividade e manutenção do negócio durante a pandemia é fundamental para minimizar os prejuízos decorrentes da crise no cenário econômico atual e assegurar acesso ao sistema nacional de fomento.

“Sabemos da dificuldade, especialmente dos jovens em busca do primeiro emprego, de buscar uma vaga, ainda mais neste momento de pandemia. E neste cenário de crise, torna-se fundamental oferecer alternativas através do empreendedorismo uma saída para transformar talentos em negócios. construir uma alternativa para garantir renda e reconhecimento de seus empreendimentos”, afirma Márcia Maia.

Para Gabriel Medeiros, Subsecretário da Juventude da SEMJIDH, é fundamental oferecer oportunidade aos jovens para desenvolverem seus empreendimentos e garantirem renda. “O objetivo principal é contribuir para a sustentabilidade de empreendimentos de jovens durante o período da epidemia do COVID-19 a fim de garantir a autonomia financeira da juventude a partir do incentivo a geração de renda”, destaca.

Sobre o Credjovem

• Limite de financiamento: Até R$ 3 mil (informais) / Até R$ 12 mil (formais)

• Carência: 3 meses

• Juros: 1,5% ao mês (investimento) e 1,7% ao mês se capital de giro

• Condição especial: Se parcelas forem pagas em dia, há bônus de adimplência (juro zero)

• Garantia: avalista (permitido aval cruzado/aval solidário)

• Prazo para quitação: 12 meses (informais) e 24 meses (formais)

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

VÍDEO: Caixa explica linha de crédito para micro e pequenos empresários

Foto: © Marcello Casal JrAgência Brasil

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, participou de entrevista online sobre como será realizada a linha de crédito do Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). 

O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) abre crédito especial no valor de R$ 15,9 bilhões. O objetivo é garantir recursos para os pequenos negócios e manter empregos durante a pandemia do novo coronavírus no país.

Pelo texto, aprovado no fim de abril pelo Congresso, micro e pequenos empresários poderão pedir empréstimos de valor correspondente a até 30% de sua receita bruta obtida no ano de 2019. Caso a empresa tenha menos de um ano de funcionamento, o limite do empréstimo será de até 50% do seu capital social ou a até 30% da média de seu faturamento mensal apurado desde o início de suas atividades, o que for mais vantajoso.

Cronograma do Pronampe

16 de junho – Micro e pequenas empresas com faturamento até R$ 4,8 milhões anual optantes pelo Simples.

23 de junho – Micro e pequenas empresas com faturamento até R$ 4,8 milhões anual não optantes pelo Simples.

30 de junho – Microempreendedor individual (MEI)

Agência Brasil

Opinião dos leitores

  1. Mais uma excelente notícia do governo, para salvar milhares de empresas/comércio da falência.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Rede de sorveterias com sede no Rio lançará linha com… canabidiol

Geladinho de canabidiol

Sorvete | Reprodução

A rede internacional de sorvetes Ben & Jerry’s, que tem lojas no Rio, anunciou lá nos EUA que está preparando uma linha com canabidiol. A informação é do Blog Ancelmo Gois, em O Globo.

Opinião dos leitores

  1. Hell de Janeiro, cidade infernal onde milícias constroem prédios ilegais que chegam a 6 andares e autoridade nenhuma consegue impedir. Infestado de " Zé Carioca" e tudo o que não presta. Retirando a Zona Sul e a Barra, aquilo tudo é um lixo, abbarrotado de pilantras, corruptos, traficantes, milícias e exxxxpertos em geral.

    1. A zona sul e a barra são os locais onde o lixo de verdade mora… não se engane, nobre leitor…

  2. Tem gente que quer financiar o crime organizado de qualquer jeito. Prefiro ouvir o que diz a musica o careta de roberto carlos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Linha da Zona Sul tem itinerário ampliado pela Avenida Nascimento de Castro

Atendendo a solicitação da comunidade do bairro de Ponta Negra, a partir desta quarta-feira (15), a linha de ônibus 54 A aumentará o seu itinerário, passando pela Avenida Nascimento de Castro, bairro Dix-Sept Rosado.

A medida anunciada pela secretária municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Elequicina Santos, visa acolher estudantes e trabalhadores que precisam se deslocar de Ponta Negra até a universidade particular naquela região e pontos comerciais, mas estavam sem opção de transporte público.

A linha funcionará de segunda a sábado com sete veículos e disponibilizará outros destinos para os usuários dos conjuntos Village dos Mares e dos Professores, além da unidade da Polícia Rodoviária Federal e a Universidade Potiguar (Campus da Av. Nascimento de Castro).

Há quase um mês a Semob já havia feito alterações no itinerário da linha 54-A, que atende o bairro de Ponta Negra, na zona Sul da cidade. Desde o dia 21 de abril os ônibus começam a passar pelo campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Tim, Oi, Claro e Vivo são proibidas de vender novas linhas no Rio Grande… do Sul

Quatro empresas de telefonia estão proibidas de comercializar linhas de telefones móveis e internet 3G em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, a partir desta segunda-feira. A suspensão das vendas é uma medida do Procon da capital gaúcha que denuncia a qualidade do serviço oferecido. Segundo o serviço de defesa do consumidor, a providência é temporária até que as empresas apresentem uma resposta às solicitações cautelares.

Até às 11h desta segunda todas as notificações foram entregues, de acordo com a diretora executiva do Procon de Porto Alegre, Flávia do Canto Pereira. Já às 15h30 os fiscais foram às ruas para fiscalizar as lojas que descumprem o mandato. As fiscalizações acontecem até a próxima sexta-feira, 20.

Segundo Flávia, as empresas Tim, Oi, Vivo e Claro fazem propaganda de uma cobertura do sinal das linhas que não é o real. “Há pontos cegos em toda Porto Alegre. E o consumidor compra uma linha ou um serviço de 3G que não funciona em algumas regiões ou onde mora”, explica.

O Procon pede, então, que as empresas respondam à medida cautelar informando os usuários das linhas quais são os bairros da capital cuja cobertura está comprometida. O órgão pede também o reembolso pelos momentos em que os usuários ficaram sem sinal.

“É possível que as empresas consigam calcular o valor de reembolso de todos os usuários afetados porque eles têm registros de quando os aparelhos não recebem o sinal”, conta a diretora executiva do Procon.

Tim, Oi, Claro e Vivo têm 10 dias para apresentar uma resposta, segundo o Procon de Porto Alegre. Caso alguma loja caia na malha fina da fiscalização descumprindo a medida cautelar, a multa é de R$ 555 mil.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *