Fórmula 1: Banco do Brasil se torna segunda estatal a patrocinar Williams

O Banco do Brasil anunciou na noite desta sexta-feira o patrocínio à equipe Williams de Fórmula 1. Durante toda a temporada de 2014, os carros da escuderia terão a marca do banco estatal na lateral do carro, nos macacões dos pilotos, nos uniformes, nos caminhões e nos boxes da equipe.

Conjuntamente ao anúncio do patrocínio, o piloto brasileiro Felipe Nasr, que desde 2012 é patrocinado pelo banco, foi confirmado como piloto de testes da Williams nesta temporada. O aporte do BB foi condição para que Nasr fosse escalado pela equipe, que já conta com o também brasileiro Felipe Massa como piloto principal.

De acordo com o presidente do BB, Aldermir Bendine, o aporte à Williams permitirá ao banco ampliar a estratégia de expansão internacional da marca.

“O projeto fortalecerá o posicionamento da marca BB no mundo por meio de uma modalidade esportiva que conta com transmissão para 185 países e que tem, no Brasil, um público cativo, apaixonado”, disse o presidente em comunicado distribuído à imprensa.

Esse é o segundo aporte de uma empresa estatal brasileira à Williams que é anunciado nesta semana. Na última terça-feira, dia 18 de fevereiro, a Petrobras confirmou o patrocínio à escuderia, bem como o fornecimento de combustíveis para a temporada.

Com o patrocínio das empresas do país, é grande a possibilidade de o Brasil continuar por mais alguns anos com pilotos alinhados no grid da Fórmula 1. Quando não renovou seu contrato com a Ferrari, no fim do ano passado, Felipe Massa, único representante do país na categoria, correu o risco de não ter equipe para correr em 2014. Agora, com o aporte do BB, Nasr deve ser preparado pela Williams para em breve assumir uma vaga na equipe titular. O outro piloto da equipe de origem britânica é o finlandês Valtteri Bottas.

Máquina do Esporte UOL

Site de relacionamentos extraconjugais oferece patrocínio à Arena da Baixada

BaixadaA Arena da Baixada foi ameaçada de perder o direito de ser uma das 12 sedes da Copa do Mundo, por conta de atrasos na obra. Na última semana, o presidente Mario Celso Petraglia concedeu entrevista aos veículos de comunicação do Atlético-PR, dono do estádio, na qual chamou atenção para a falta de capital nos cofres para a complementação do estádio. Isto pode mudar. O site de relacionamentos extraconjugais  AshleyMadison.com, segundo nota divulgada pela assessoria da rede de relacionamentos, ofereceu R$4 milhões pelos naming rights do estádio. O valor pode ser considerado irrisório, mas não. A empresa daria nome ao estádio durante apenas dois meses, enquanto a Arena sediar a Copa.

– Sabemos que Curitiba corre o risco de ficar fora da Copa por causa do atraso nas reformas do estádio, e gostaríamos de investir no Atlético-PR neste momento crucial para auxiliar nas obras – disse Eduardo Borges, diretor geral do site no Brasil.

A oferta teria sido feita pelo CEO mundial do site, Noel Biderman, e endereçada ao presidente Petraglia e ao diretor de marketing do Atlético, Mauro Holzmann. Em troca dos R$ 4 milhões, o estádio passaria a se chamar Arena AshleyMadison.com.

– Curitiba representa no Brasil a quarta maior região em termos de geração de receita para o AshleyMadison.com, e sabemos que o setor turístico contribui bastante para isso. Não podemos deixar que a cidade fique fora da copa – finalizou Borges

Não é a primeira vez que o AshleyMadison.com tenta se envolver no meio futebolístico. Em 2011, tentaram bancar a ida do atacante Vagner Love para o São Paulo. Em outra ocasião, quando houve a especulação de que Cristiano Ronaldo teria tido um ‘affair’ com a ex-Miss Bumbum Andressa Urach, o site ofereceu R$ 520 mil reais para fazer um comercial com o melhor do mundo no Brasil.

Lancenet

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. jose de arimateia campos disse:

    Caro Titico, vc ja começa se escondendo no apelido. Mas deixa eu te ajudar. O Joaquim não precisa ser mais honesto, até mesmo porque nao existe mais ou menos honesto. Ou se é honesto ou não é!!! E o fato é que esses que formam a quadrilha dos PeTralhas não são honestos.

Por R$ 105 milhões, São Paulo voltará a usar uniforme Penalty

O São Paulo anunciou nesta terça-feira de forma oficial que deixará a Reebok e passará a usar uniformes da Penalty. O contrato é válido até 2015 e o clube receberá mais de R$ 35 milhões por ano.

O acordo prevê que a equipe do Morumbi irá receber mais de R$ 105 milhões. A apresentação do uniforme ocorrerá no dia 17 de janeiro. A estreia será contra o Mirassol, na primeira rodada do Campeonato Paulista, dia 19 de janeiro, às 17h.

Mesmo com contrato de fornecimento de material assinado com a Penalty, o São Paulo vai jogar a Copa São Paulo sem o novo uniforme –a marca vai produzir uma camisa provisória para a disputa da competição.

“A Penalty tem uma história importante de quase duas décadas ao lado do São Paulo FC, e, juntos, passamos por momentos gloriosos como o bicampeonato da Libertadores e Mundial de Clubes em 1992 e 1993. Para nós é muito gratificante firmarmos novamente essa parceria, e temos a certeza de que juntos ainda vamos celebrar muitas vitórias do São Paulo”, afirmou Roberto Estefano, presidente da Penalty, ao site oficial do São Paulo.

DA LANCEPRESS

 

 

ABC viabiliza patrocínio com a Caixa

A diretoria do ABC continua fazendo seu trabalho fora dos gramados e fez um dos maiores acertos da história do clube.

O presidente do Alvinegro, Rubens Guilherme, viajou para Brasília acompanhado da deputada federal Fátima Bezerra para uma reunião com o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Fontes Hereda. Desse encontro que terminou agora há pouco ficou acertado um patrocínio da Caixa para 2013, restando apenas as assinaturas para fechar contrato.

O BG ainda não sabe o valor real de quanto será investido no ABC no próximo ano, mas, em se concretizando, esse será o maior patrocínio já fechado pela diretoria do Mais Querido.

Senado vai debater cotas de patrocínio do Campeonato Brasileiro

O que leva um time de futebol de determinada região a ter um patrocínio até 30 vezes maior que de outros lugares? É o que os senadores querem saber em Audiência pública.

Na próxima quarta-feira, 13 de junho, os senadores vão debater com jornalistas e  dirigentes esportivos as  distorções nas cotas de patrocínio do campeonato brasileiro, independente da série. A iniciativa dos senadores Paulo Davim (PV-RN) e Paulo Paim (PT-RS) ganhou o apoio da Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal. A audiência ocorrerá às 10h, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte, no Senado Federal.

Atualmente há uma concentração regional na distribuição do dinheiro arrecadado pela confederação  Brasileira  de Futebol. Os clubes do Norte, Nordeste e parte da região Sul recebem bem menos verbas dos direitos de imagem. Mesmo clubes centenários, líderes em conquistas estaduais e vencedores de séries nacionais são discriminados  na hora do rateio do patrocínio.

Segundo o senador Paulo Davim, essas distorções podem prejudicar o caráter nacional do campeonato e inibir o surgimento de novos e bons jogadores em todas as regiões do país. “Estamos assistindo uma perigosa concentração na série principal do campeonato, na qual  apenas oito estados estão representados. O problema se repete na segunda divisão, com apenas onze estados. Sem verbas os clubes ficam enfraquecidos, sem capacidade de investir em infraestrutura e, com isso, não revelam novos talentos nem conseguem reforços para brigar por títulos”, garantiu o senador.

A audiência pública é uma oportunidade para todos que estão diretamente ligados ao futebol discutam de forma propositiva uma maneira de valorizar os clubes de todas as regiões. O senador do Rio Grande do Norte destaca que o futebol continua sendo o esporte mais popular do país, sem distinção de classe social e uma característica singular da nossa nacionalidade.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Italo Andrade disse:

    Mania do poder público em se meter em assuntos privados. Como se não houvesse nada de importante para discutirem e que realmente lhes cabe…

Nélio Jr justifica patrocínio de 16 mil da prefeitura de Natal com revista e site de turismo

Um projeto de um site e uma revista de turismo para divulgar Natal em São Paulo.

Foi assim que o jornalista Nélio Júnior justificou o patrocínio de 16 mil reais dado pela prefeitura de Natal ao seu blog,

A informação sobre a ajuda de custo foi divulgada pelo secretário de comunicação Jean Valério, durante seu depoimento na CEI dos Contratos na última quarta-feira, 21.

Segundo Valério, Nélio, que atualmente mora no Canadá e trabalhou anos na TV Ponta Negra, de propriedade de Micarla, recebia 16 mil mensais para manter um blog na internet.

Nélio nega. Diz que esse dinheiro fez parte de um projeto turístico para confecção de uma revista que iria divulgar a capital potiguar fora do estado.

Em seu blog pessoal, o http://www.blogdenatalrn.blogspot.com – criado em novembro de 2010 e com apenas dois posts, o jornalista afirma que nunca teve qualquer patrocínio da prefeitura. Ele defende sua versão apresentando vídeos e fotos da distribuição da revista em São Paulo.

De acordo para o ex repórter da TV Ponta Negra, o patrocínio da prefeitura não era mensal e sequer tinha regularidade. “eu nunca consegui fazer um contrato de patrocínio pelo menos semestral com a Prefeitura […] que já tinha cancelado o patrocínio alegando dificuldades financeiras”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    O nosso executivo municipal a cada dia que passa e a cada denuncia de irregularidade que apareçe, lembra uma organização de captação de recursos ilicitos. Não é possível tanto apadrinhamento. É um absurdo não ter havido uma intervenção. O MP por muito menos está fazendo pirotecnia em outras atividades e em outras cidades.

  2. Curioso disse:

    Quem está mentindo? O secretário ou o beneficiado? Ou será que os dois são beneficiários do dinheiro público?

Vejam Bia Lula e todo o seu talento para fazer jus ao patrocínio de R$ 300 mil da OI

Bia Lula, que o blogueiro Reinaldo Azevedo comenta abaixo, é a neta do Presidente LULA, que vai receber  um patrocínio da OI no valor de R$ 300 mil para participar de sua primeira peça. O BlogdoBG noticiou ontem esse gentil apoio da OI, a mesma empresa que virou sócia de Lulinha(filho de Lula), e depois disso ele se tornou milionário.

Já tinham me enviado este vídeo faz tempo. Optei por deixar pra lá porque, afinal, o, por assim dizer, espetáculo dizia respeito apenas à vida privada, embora esteja num site de livre acesso, para regalo universal. Agora que sei que sou um dos financiadores da estréia no teatro da atriz Bia Lula, um filme de sua festa de 15 anos, que está no YouTube, ganha uma dimensão também pública. Sempre é bom a gente saber qual estética está apoiando, não é mesmo? Vi o filme abaixo e pensei: “Pô, finalmente a gente tem no Brasil algo parecido, assim, com uma aristocracia; sobretudo a do gosto.” Vejam. Volto depois.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Borges Neto disse:

    Lula, nos oito anos em que foi presidente, não fez só o pé-de-meia dele, não. A família toda foi garantida. É empresa, é artista, é passaporte diplomático, são férias nos paraísos do militares, são fazendas na Bahia, imóveis em SP… Só não compraram jatinhos porque sempre viajam de carona com mensaleiros, quer dizer, desculpe!, amigos…

MP quer anulação de patrocínio para os times de futebol do RN. Não vai sair. PONTO

Como diria Peninha “Tudo era apenas Uma brincadeira E foi crescendo Crescendo, me absorvendo E de repente eu me vi assim Completamente” sem……

Nominuto:

O Ministério Público Estadual (MPE) recomenda aos secretários Municipal de Turismo (Tertuliano Pinheiro) e Estadual de Planejamento (Obery Rodrigues), além do Gabinete Civil (Paulo de Tarso) que anulem os patrocínios concedidos aos maiores clubes de futebol do Estado. As cotas somam R$ 1,36 milhão.

A Recomendação nº 008/2011 se baseia no fato de que os clubes de futebol são empresas privadas com fins lucrativos e que “não se resumem a mera atividade lúdica, sendo organizadas, em caráter privado, mediante o pagamento de ingressos em estádios e concessões onerosas de transmissão de rádio e televisão, visando o lucro e sem qualquer retorno para a coletividade”.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. GUSTAVO CUNHA disse:

    O MP DEVERIA ENTÃO PROIBIR QUALQUER TIPO DE PROPAGANDA FEITA PELO O GOVERNO DO ESTADO. ORA MEUS AMIGOS… O PATROCINIO AOS NOSSOS CLUBES NÃO É DE GRAÇA!!! OS CLUBES (O ABC JÁ, INCLUSIVE) ESTAMPAM EM SUAS CAMISETAS, COM DIVULGAÇÃO A NÍVEL NACIONAL, A PROPRAGANDA DA COPA DO MUNDO EM NATAL. OU SEJA, NÃO VEJO NADA DE OUTRO MUNDO!!!. ALÉM DE QUE, APOIAR NOSSOS CLUBES A NOS REPRESENTAR BEM, EM COMPETIÇÕES NACIONAIS É ALGO EXTREMAMENTE SALUTAR… MAS OS MELINDROSOS DE PLANTÃO IRÃO ESPERNEAR COM OS DISCURSOS PRÉ FABRICADOS E CHATOS PRA CACETE!, DO TIPO: A EDUCAÇÃO E SAÚDE TÁ UM CAOS E O ESTADO DOA DINHEIRO FÁCIL PARA TIME DE FUTEBOL!!! ORA FAÇAM-ME MIL FAVORES!!! NÃO AGUENTO MAIS ESSAS BABOSEIRAS!!! ALÉM DO MAIS 1 MILHÃO DE REAIS NÃO RESOLVE EM NADA NOSSOS PROBLEMAS ESTRUTURAIS QUE SÃO PERENES!!!

  2. Elven Costa disse:

    Enquanto isso, em S. Paulo o MP tá nem ai para o incentivo monstruoso que o poder público está dando para o corinthias.
    Para mim há algo de errado!! Parece que lá o ministério ver tudo com outros olhos. Lá, tudo vai muito bem. vai bem a saúde, educação, etc, etc.
    Vejam que essa verba de publicidade, certamente será gasta utilizando-se algum outro meio de divulgação.
    agora é aquela coisa, A PRÁTICA DO DIREITO NÃO É COMO A MATEMÁTICA. Ou seja, o que vale para você, pode não valer para o seu vizinho.
    começo a achar que esse MP deve ser formado por pessoas que só gostam de jogar peteca ou xadrez. Futebol para ele nã0 é um lazer, uma diversão.

ALE, a nova patrocinadora do ABC

A distribuidora ALE, que já patrocinou grandes clubes como Flamengo, Vasco da Gama e Botafogo, é a nova patrocinadora do ABC Futebol Clube.

Depois de quase dois meses de negociações, o acordo foi fechado e passa a valer a partir de hoje até o final da série B do Campeonato Brasileiro.

O acordo foi considerado bastante proveitoso para ambos os lados. Para o ABC pelo lado financeiro. Para a ALE, pela divulgação de sua marca no uniforme de um dos melhores  times da série B.

A empresa atualmente estampa a marca no Vasco da Gama. A ALE tem fama de pé quente, o clubes que patrocinou todos foram campeões

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. vitorpipolo disse:

    Eu só compro a nova camisa , quando já estiver com o patrocinio da ALE estampado .

  2. O mequinha quer também o patrocínio da ale, mas afinal de contas, o que tem o mequinha prá mostrar??….só tristeze e decepção….

  3. bony inoue disse:

    "A ALE tem fama de pé quente, o clubes que patrocinou todos foram campeões"
    Exceto o Vasco…

  4. ju disse:

    Juntou o útil ao agradável!!! O ABC melhor clube do RN e ALE melhor rede de Postos de combustíveis!!!

  5. Que beleza!!!!!! Parabéns a todos do ABCFC

  6. Roussell Crowe disse:

    Demorou, mas chegou. Rumo à série A, ABC.

  7. Borges Neto disse:

    Parabéns ao marketing do ABC por mais essa conquista e parabéns a Marcelo ALEcrim por investir num clube da terra.

Neymar pode ganhar até R$ 25 milhões por ano

Jornal da Tarde

Se Neymar trocar o Santos pelo Real Madrid seu faturamento vai dar um salto de quase 100%. Entre salário e publicidade ele passaria a embolsar anualmente R$ 24,9 milhões (em valores de hoje, sem computar os três novos contratos de patrocínio que assinará semana que vem), contra R$ 13,9 milhões que ganha no Brasil.

O craque recebe na Vila um salário de R$ 350 mil, e fica com 70% do valor de cada contrato de publicidade que assina (os outros 30% entram nos cofres do Santos). Hoje a sua parte com as propagandas beira os R$ 800 mil. Além disso, a cada ano o primeiro milhão desses contratos fica com o clube.

Ou seja, se a soma de seus rendimentos com publicidade der R$ 10 milhões, R$ 1 milhão vai para o Santos e os outros R$ 9 milhões são divididos na base 70% e 30%. A exceção é o contrato com a Nike, cujo valor fica integralmente com ele.

A proposta feita pelo Real Madrid deixa Neymar com 100% de seus direitos de imagem. E o salário será de A 5 milhões (R$ 11,1 milhões) livres de impostos por temporada. Em miúdos: o salário será quase três vezes maior e o ganho com publicidade crescerá 30%. Sem falar que não precisará dar o primeiro milhão para o Santos.

Mão de Ronaldo

Os três novos contratos de publicidade já foram arrumados pela 9INE, a agência de marketing esportivo de Ronaldo Fenômeno. A empresa recebe na assinatura do acordo uma comissão pela intermediação do negócio.

(mais…)

Patrocínio do Governo do RN para os clubes pode não sair

Reprozudo post do Blog de Laurita Arruda:

Ricardo Wagner Alcântara é Procurador da Fazenda Nacional  e integrante de primeira hora do Marco, mas é como cidadão seu questionmento sobre o repasse de verba estadual para clubes de futebol.

Eis a representação:

REPRESENTAÇÃO

Eu, RICARDO WAGNER DE SOUZA ALCÂNTARA, brasileiro, servidor público, no pleno gozo de meus direitos políticos (Título de Eleitor nº 107641616/00) e considerando:

I – que é fato público e notório que a Exma. Governadora do Estado, Sra. Rosalba Ciarlini, prometeu o repasse de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) ao ABC FUTEBOL CLUBE, ao AMÉRICA FUTEBOL CLUBE, ao ALECRIM FUTEBOL CLUBE e ao SANTA CRUZ sob  pretexto de auxiliar no custeio de suas respectivas participações nas Séries B, C e D do Campeonato Brasileiro (vide reportagem Tribuna do Norte em anexo);

II – a impossibilidade de acompanhamento da destinação de tais recursos e de improvável e abstrata finalidade pública, bem como tendo em conta que, após a doação, o uso do dinheiro público ocorrerá ao exclusivo alvedrio dos dirigentes de tais clubes – pessoas jurídicas de direito privado –, cuja contabilidade não se sujeita a controle público;

III – que a doação a clubes de futebol representa absurda e inaceitável inversão de prioridades, em detrimento de setores essenciais como educação, saúde e segurança pública que enfrentam aguda crise no Estado do Rio Grande do Norte;

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Epitácio Belém disse:

    O Sr.Ricardo não está mais do que exercendo o seu direito de cidadão, o que também deveríamos fazer. Acho que propaganda em time de futebol que vai jogar nos quintos do inferno não vai acrescentar em nada ao nosso estado. Tenho certeza que se o cidadão Ricardo soubesse de anistia de IPTU para o América também teria tido o mesmo comportamento, coisa que o colega acima não teve (é bom lembrar que o estado vai gastar uma pequena fortuna no JL para o Mequinha jogar). Espero que essa iniciativa sirva de gatilho para tantas outras, e que não precisam ser tomadas por um advogado ou procurador e sim por qualquer cidadão exercendo seu direito de contribuinte.
    Dinheiro público é para ser gasto de forma responsável e quem não concordar tem que reclamar!!! Já vivemos na mediocridade há quinhentos anos e não quero que isso se perpetue.

  2. George Nery disse:

    Embora o estimado professor Ricardo Wagner esteja imbuído dos mais valorosos propósitos, o fato é que a representação parte de um pressuposto equivocado: o de que a verba se trata de doação aos clubes, o que não se confirma já que se trata de contraprestação pelo fato dos clubes estamparem a logomarca do Governo em seus uniformes. Fora isso o que há é a conveniência administrativa (escolha motivada do gestor), fora do âmbito dos órgãoes de controle do Estado.

  3. Thiago disse:

    Brincadeira a atitude do torcedor, com se impedir o repasse da verba aos fosse melhorar em alguma coisa a saúde, educação, ou transporte e a segurança pública. Então saiam aos clubes da visibilidade, não invistam mais, porque o estado irá resolver todos os nossos problemas. Brilhante idéia!

  4. Com toda razão essa ação. Uma instituição governamental não tem o direito de tirar verba oficial e prioritária de seu povo para incrementar clube de futebol que tem caráter de cunho profissional. Enquanto o esporte amador que é de direito, nem água…..

  5. PASTEL disse:

    Interesante, VERBA DE PUBLICIDADE É DE PUBLICIDADE!
    VERBA DE SAÚDE É DE SAÚDE! E, ASSIM , por diante.
    Já que o sr. Ricardo alcantara é procurador da Faz, nacional, PQ, NÃO VAI FISCALIZAR RICARDO TEIXEIRA, DONO DO FUTEBOL NACIONAL?
    O sr sabe quantos EMPREGOS O FUTEBOL OFERECE? QUANTOS POSTOS DE TRABALHO?
    Se dá isençao de impostos por 150,200,……..empregos com direito a placas e tudo mais!
    SR. se não poder ajudar, NÃO ATRAPALHE!
    EXISTEM COISAS MAIS RELEVANTES PRA FAZENDA PUBLICA FISCALIZARRRRRRRRRRRRRR!!!!!!!!!!!

  6. @borgesneto12 disse:

    Por que Dr. Ricardo Alcântara, que é Procurador da Fazenda Nacional, também não se preocupa com a verba federal que doada pelo governo do PT a ONG's não sei das quantas para fazer não sei o quê, que sai pelo ralo da corrupção via assessorias?… O Governo do RN vai patrocinar os clubes estampando a marca da Copa/14 aqui em Natal. Só isso.

  7. George disse:

    Não concordo com patrocinio aos clubes como investimento em divulgação do RN.
    Para fazer propaganda, que pegue o R$ 1 milhão e coloque em midia no interior de SP. Dá muito mais resultado para o nosso turismo.

    Acho que incentivo, através de um programa de trocas de notas fiscais por ingressos seria o mais coerente.
    1 – Ganhará mais aquele clube que mais motivar os seus torcedores a comparecer ao estádio, melhorando o espetáculo (que é o time em campo e a torcida na arquibancada);
    2 – Ganhará o governo que ampliará o poder de fiscalização, pois os próprio consumidores fariam a exigência da nota;
    3 – E o mais importante, ganhará aquele torcedor de baixa renda que não tem condições de bancar R$ 30,00 em um ingresso de futebol, promovendo a socialização através do lazer….

  8. andrey disse:

    tem um porém, o governo não ta "dando" de graça o dinheiro, e sim os clubes estampam em suas camisas a propagana do governo, muito PIOR É QUANDO O GOV e PREF. PAGAM MILHOES AS EMPRESAS DE PUBLICIDADE, RÁDIO E TVS , com propagandas MENTIROSAS .

  9. izael disse:

    MUITO BEM , É DE PESSOAS COM ESSE TIPO DE PENSAMENTO QUE PRECISAMOS, POIS SÓ ASSIM AINDA TEREMOS ALGUMA ESPERANÇA DE PELOMENOS UM ATENDIMENTO MÉDICO DE QUALIDADE.

  10. beto costa disse:

    Perfeito. Se todo cidadão, inlcusive, a minha pessoa, fizesse o que esse senhor está fazendo, não teriamos o quadro vergonhoso que o RN e Natal se encontram.

  11. Luiz Carlos disse:

    Quer aparecer, pois existem tantos desmandos na gestão pública, como exemplo temos a administração de Wilma de Farias e Iberê e atualmente a de Micarla de Sousa, pergunto a este procurador o que foi que ele fez para questionar o ROMBO financeiro que ficou? Quem vai pagar? a população com aumento de impostos?

  12. Eugenio Dantas disse:

    Só tenho a dar os meus sinceros parabéns para a atitude do corajoso Ricardo Wagner.

    Nada contra o futebol profissional norteriograndense em si, mas já era tempo de aprenderem a andar com as próprias pernas (embora com os pés não tenham feito grandes progressos).

    A propósito, em tempos de vacas magras na saúde, educação, segurança e na moralidade pública, dinheiro do Erário para tais destinações, assim como para festas e mídia, deveriam ser reduzidos ao máximo, pois não cumprem os objetivos principais (informar a população), servindo mais para a promoção pessoal do político.
    Seria uma boa medida representações como estas em outras searas…

  13. Higor disse:

    Muito bom. Todos ficaram indignados, mas ninguém sabia como proceder. Espero que dê certo que tudo seja devidamente apurado.