Ex-deputado e comunicador Paulo Wagner morre de infarto aos 57 anos, em Pirangi

Foto: Reprodução/Programa Cara a Cara com BG/Band

O ex-deputado federal e comunicador Paulo Wagner, que também foi vereador em Natal, morreu por volta das 23 horas desse domingo, de um infarto fulminante, dentro de seu apartamento, na praia de Pirangi, em Parnamirim.

O velório está acontecendo no cemitério Morada da Paz e a cerimônia de cremação, às 18 horas desta terça-feira. O ex-apresentador deixa mulher. Não tinha filhos.

Segundo fontes do Blog do BG, Paulinho, como era mais conhecido, havia feito recentes exames de saúde, mas nada de anormal havia sido observado no coração. Contudo, sofria de problemas renais crônicos. No início de 2018, ele foi diagnosticado com diabetes e precisou fazer uma cirurgia de redução de estômago, ficando ‘irreconhecível’ para muitos. Paulo Wagner era irmão do também radialista George Wagner, que faleceu em julho passado, em decorrência de problemas renais.

Paulo Wagner Leite Dantas nasceu no município de Areia Branca no dia 19 de julho de 1962. Radialista e apresentador de televisão, começou sua carreira em Mossoró, nas rádios Difusora e Libertadora. Também foi editor de polícia nos jornais Gazeta do Oeste e O Mossoroense.

Foto: Divulgação/Redes sociais

Em 1993, passou a trabalhar na TV Ponta Negra, afiliada do SBT no Rio Grande do Norte, e tornou-se apresentador cinco anos depois. Seu programa “Patrulha da Cidade” ganhou grande popularidade. Paulo era debochado. Com gestos desconsertantes, fazia piadas irônicas com os entrevistados suspeitos de praticar crimes. Sua performance conquistou uma legião de fãs.

Em 2005, iniciou o curso de Direito na Universidade Potiguar de Natal – formando-se em 2010 – e, em 2008, resolveu ingressar na política.

Foto: Reprodução/TV Ponta Negra

Filiado ao Partido Verde (PV), candidatou-se à Câmara Municipal de Natal, sendo eleito com, aproximadamente, 14 mil votos, como o vereador mais votado. Dois anos depois, pelo mesmo partido, candidatou-se a deputado federal, sendo novamente eleito com cerca de 50 mil votos.

Na Câmara dos Deputados, foi membro titular das comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, de Defesa do Consumidor e suplente nas comissões de Minas e Energia e de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. Nas comissões especiais da Casa, foi titular nas de Agentes Comunitários da Terra, de Segurança Pública, de Competência da Investigação Criminal e da Zona Franca do Semiárido Nordestino. Além disso, foi suplente na Comissão de Normas da Administração Tributária.

Foto: Divulgação/Redes sociais

Foi também membro da Comissão Externa de Transposição do Rio São Francisco e primeiro vice-presidente do PV de Natal. Em 2011, depois de eleito, retornou as suas atividades como apresentador no programa “Alô, Meu Povo”, desta vez, na SIM TV, afiliada da Rede TV! no Rio Grande do Norte.

Na Legislatura 2011-2015, em 22 de dezembro de 2014, foi concedida pelo ex-presidente do Congresso, o ex-ministro e ex-deputado federal Henrique Alves, a polêmica aposentadoria por invalidez ao deputado federal.

Um levantamento feito em março de 2019 pelo portal Congresso em Foco, apontou que Henrique Alves (MDB) e Paulo Wagner estavam na lista dos ex-deputados federais – do país, e não apenas do RN – que mais ganham com aposentadoria da Câmara: cada um recebe R$ 33.763,00.

POLÊMICA

Em 2014, o Ministério Público Federal no RN (MPF/RN) representou ao Tribunal de Contas da União (TCU), ao Procurador-Geral da República e ao Ministério Público Federal no Distrito Federal contra a aposentadoria por invalidez concedida ao então deputado federal Paulo Wagner Leite Dantas, com proventos correspondentes à totalidade da remuneração dos membros do Congresso Nacional.

Foto: Reprodução/Facebook

A representação tinha por base matérias jornalísticas que davam conta da existência de possíveis irregularidades na concessão da aposentadoria. De acordo com a imprensa, antes de assumir o cargo, com base no qual se aposentou, Paulo Wagner já detinha a patologia que fundamenta a aposentadoria por invalidez. Além disso, mesmo com o pedido de aposentadoria por invalidez, de forma contraditória, participou no pleito eleitoral de 2014 como candidato à reeleição, tendo inclusive o seu registro sido deferido. Por outro lado, para o MPF/RN pesava contra Paulo Wagner o fato de que a doença que lhe rendeu a aposentadoria não o impedia de exercer outras funções de tal forma que apresentava, na época, um programa de televisão da afiliada à RedeTV em Natal, a SimTV.

Foto: Divulgação/Redes sociais

Dotado de um humor incomparável, Paulo Wagner revelou os bastidores da política no Rio Grande do Norte e em Brasília ao comunicador Bruno Giovanni, no programa Cara a Cara com BG. CONFIRA!

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucelia disse:

    Meus sentimentos a todos familiares que Deus conforte toda todos amigos ,

  2. Cláudio disse:

    Parece que a notícia não deu muito ibope…

  3. Martinho disse:

    Sentirei muito. Amigo leal.

  4. Igor Melo disse:

    Deixará muitas saudades

VÍDEO: Confira a entrevista com Júnior Bass Groovador no talk show The Noite, no SBT, com Danilo Gentili

O The Noite dessa segunda-feira (7), recebeu o baixista Júnior Bass Groovador, que vem ganhando fama após ter tocado no Rock In Rio 2019. O cantor foi convidado a tocar no festival após ter seu vídeo viralizado na internet e repostado pelo músico Jack Black da banda Tenacious D no Instagram.

Desde então o músico vem conquistando fãs e arrancando sorrisos pelo Brasil. “Minha missão é trazer alegria, não me considero um professor de música, sou um músico que faz a galera sorrir” conta Junior.

Além de tocar ao lado da banda Tenacious D, do ator e músico Jack Black, o baixista, que também trabalha como segurança vigilante, comenta sobre suas inspirações musicais e como despertou o interesse pela música “Começei a escutar rock desde pequeno, quando conheci o baixo, me apaixonei, comprei um e não parei mais desde então”.

SBT

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Genial, maravilhoso, parabéns cara, Deus capacita os escolhidos.
    Orgulho do Rio Grande do Norte e agora do Brasil.
    Representaste muito bem a tua categoria que é ser vigilante e tão pouca valorizada.

  2. J. Fernandes disse:

    Que pena ele ter começado a entrevista falando que é apaixonado pelo Palmeiras/SP, poderia ter dito isso citando um time do RN, por esse motivo, preferi não compartilhar esse vídeo no WhatsApp.
    "Prefiro sofrer com uma camisa que representa meu povo, a idolatrar algo que pertence aos outros"
    Orgulho de ser potiguar e de torcer somente pelo ABC.

    • Alguém disse:

      Deixa o cara, ele torce para quem quer, a entrevista ele frisa muito o RN e fala também que tem orgulho de ser VIGILANTE, pois como todos sabem é bem díficil a vida de musico no BR.

      Outra engraçada é quando ele fala que começou a receber uma enxurada de telefonemas ( DE OPORTUNISTAS) só porque ia tocar no ROCK IN RIO com TENACIOUS D e do nada todos conheciam o trabalho e etc.

      Mas apesar de tudo, muito sucesso, o cara é uma figura e merece muito mais do que já colheu.

VÍDEO: SBT revela passado de confusões de acusadora de Neymar; BOS com acusações de agressão e até ataque com faca em ex

Novas revelações sobre a acusadora do craque Neymar foram divulgadas pelo SBT. Segundo a reportagem abaixo, entre tantas polêmicas, mulher tem até Boletim de Ocorrência de ex com agressões e tentativa até de facada.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LULADRÃO disse:

    Neymar foi se envolver com uma moça recatada e do lar. O tiro vai sair pela culatra e essa espertinha vai se dar mal. Que sirva de exemplo para futuras golpistas.

Silvio Santos convida Bolsonaro para participar do encerramento do Teleton no SBT

Gabriel Souza do site Notícias da TV informa que Silvio Santos quer a companhia de Jair Bolsonaro no encerramento do Teleton, na noite do próximo sábado (10). Diante do momento difícil que a economia brasileira atravessa, o apresentador aposta na presença do presidente eleito para turbinar as doações para a campanha em prol da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente). Assessores de Bolsonaro confirmam o convite.

Se aceitar o pedido de Silvio Santos, Bolsonaro será o segundo presidente da República a participar do Teleton. O primeiro foi Luiz Inácio Lula da Silva, dez anos atrás, quando o Brasil vivia outra crise econômica. Mas o então governante não foi ao palco da atração: ele gravou um depoimento para a abertura da campanha, que foi ao ar em 7 de novembro de 2008.

O Notícias da TV apurou que duas possibilidades foram ofertadas a Bolsonaro. A primeira, e a mais desejada, é que o futuro presidente esteja nos estúdios do SBT para participar do encerramento da campanha na noite de sábado, ao lado de Silvio Santos e de outros membros da família Abravanel.

Com informações de UOL e Diário do Centro do Mundo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. E. Costa disse:

    Apenas ratificando seu papel de fantoche de empresário. Silvio tá certo, o rapaz é vingativo e agora tem o poder…

  2. Sei lá disse:

    Deveria ir fazer companhia ao barba se diabo no dia do Teleton.

  3. Joaquim disse:

    Esse tipo de gente tem apoio da maioria dos brasileiros

  4. Poeta Cypriano Maribondo disse:

    Eu sempre assisti o TELETON e quando pude até participei com doações mas va partir deste ano, quem quiser me criticar pode, não vou assistir e vou tentar evitar que amigos façam qualquer doação. Um programa que acolhe este tipo de gente não merece o nosso apoio.

    • Sem Medida disse:

      Mais um comentário de uma das inúmeras viúvas de Lula.

    • Fábio disse:

      Esse tipo de gente?
      O cara foi eleito presidente com aproximadamente 11 milhões de votos sobre o candidato derrotado.

    • Gustavo disse:

      Diga assim: Não vou doar, pois acabou a mamatinha e não recebo mais pão com mortadela. Uma dica: O trabalho dignifica o homem. É melhor JAIR se acostumando ou pode se mudar para a Venezuela.

FOTOS: Cantor potiguar Gilliard será o entrevistado no início da madrugada desta sexta, no talk show The Noite, no SBT, com Danilo Gentili

Reprodução: Instagram

Cantor natalense Gilliard, dono de uma discografia romântica digna de acervo, faz sucesso desde a década de 70, e tem reconhecimento de fãs por todo o país – além do exterior.

Colecionador de premiações, como, por exemplo, 12 discos de ouro, 10 de platina, 8 discos de platina duplo e 3 de diamante, o cantor potiguar será entrevistado no SBT por volta de 0h30 desta sexta-feira(03), no programa The Noite, com Danilo Gentili, líder de audiência no Brasil na televisão aberta neste horário.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. eliana torres disse:

    que legal parabens ao SbT….ELE MERECE

  2. Sincero disse:

    Será que vai ter propaganda das cestas de natal São Cristovao?

Veja a íntegra da representação do PCdoB contra Rachel Sheherazade e o SBT

Líder do partido na Câmara pede à Procuradoria-Geral da República que solicite ao governo federal a suspensão da verba publicitária da emissora, estimada em R$ 150 milhões, enquanto durar investigação por incitação ao crime. Veja abaixo:

Untitled-9 Untitled-10Congresso em Foco – UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. joana steinbock disse:

    Ela nao fez nenhuma apologia ao crime, quem faz isso sao os Politicos, que defendem a impunidade, ate porque eles praticam os mesmos crimes que esses menores Bandidos. Eu sim defendo, ja que nao temos seguranca, temos que nos Defender sim, e punir se for possivel o bandido com nossas proprias Maos. Meu Filho ja teve um Revolver de um desses marginais apontado para sua cabeca, e ele e Pai de dois filhos, Sem falar que na minha familia a unica que nao foi assaltada ainda, foi eu, porque vivo presa em minha propria casa, tenho medo de sair. Agora vem esse bando tentar jogar seus erros horrendos e criminosos na Jornalista, isso nao. Nao iremos aceitar.

SBT é condenado a pagar R$ 300 mil por danos morais aos ex-donos da Escola Base

1mh358g4ng_81sdz2tcwr_fileO SBT foi condenado a pagar R$ 300 mil aos ex-donos da Escola Base, instituição de ensino que foi envolvida em um escândalo em 1994. A Justiça entendeu que a emissora veiculou, sem provas, reportagens que os acusavam de abuso sexual contra crianças.

A decisão foi publicada nesta quarta-feira (19), no site do Superior Tribunal de Justiça.

Na época, duas mães acusaram os ex-donos da escola de suposto abuso de seus filhos, crianças de quatro anos de idade.

A Justiça entendeu que as manchetes sensacionalistas da época incitaram a revolta da população, que passou a saquear e depredar o colégio, além de ameaçar os acusados de morte.

Os ex-proprietários processaram o SBT por danos morais, alegando que a emissora ajudou a destruir suas reputações e acabar com a escola. Inicialmente, foi pedido R$ 300 mil para cada um dos donos.

O relator admitiu a revisão da sentença por entender que o valor era desproporcional à ofensa e a indenização ficou em R$ 100 mil para cada um.

R7

Novo programa de Danilo Gentili no SBT vai fazer 'homenagem' a Jô Soares com inclusão do "Onze e meia"

img-574451-danilo-gentili20131225111387976563O novo programa de Danilo Gentili no SBT já tem nome: será Jô Soares Onze e Meia com Danilo Gentili. O martelo foi batido em reunião entre o apresentador e diretores da emissora na segunda-feira, 20, mas ainda depende de registro.

O nome é uma “homenagem” a Jô Soares – que apresentou seu Onze e Meia durante nove anos (de 1988 a 1999) na emissora de Silvio Santos, até se transferir para a Globo, onde comanda o Programa do Jô.

Segundo fontes de CARAS Digital, a novidade será anunciada oficialmente após a obtenção do registro do nome, que está em andamento. O programa estreia no primeiro trimestre deste ano.

Danilo Gentili deixou a Band e o comando do Agora é Tarde em dezembro. O SBT anunciou sua contratação no mesmo mês.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marx disse:

    Infelizmente o SBT contratou o sr. Danilo Gentili para os seus quadros. É raro extrair algo, de fato, inteligente e edificante da boca desse sujeito. Predomina em sua língua nada sadia imoralidades e brincadeiras de muito- seriam só brincadeiras?- mau gosto, tais como a comparação de uma mulher doadora de leite a uma vaca e o racismo que lhe rendeu um processo na Justiça. Ademais, devo dizer que entre Gentilli e Jô Soares existe uma distância muito grande: em ética, inteligência e no refinamento do humor. Ao invés de homenagear o Jô, o SBT na verdade o ofende.

SBT exibirá 14 episódios inéditos de Chaves

921e73a494af90d069c314adcaebafb7Depois de vários meses, o seriado “Chaves” voltará à programação diária do SBT, no horário que o consagrou: no fim de tarde.

O anúncio foi feito pelo diretor de programação da emissora, Murilo Fraga, que escreveu no Twitter: “Todo mundo ligado na volta do seriado mais famoso do Brasil na próxima segunda, às seis e meia da tarde! Tem 14 inéditos no pacote!”.

Os episódios em questão foram redublados em 2012 e foram produzidos pela Televisa entre 1972 e 1979. A lista dos inéditos são: Cofre/Marteladas/Zarabatanas (1972); Marujo Enjoado/Sustos na Vila (1973); Os Bombeiros (1975); Entre touros e chifradas (1976); A guerra é de terra (1976); O exame de recuperação (1976); A venda da vila – Parte 2 (1976); O Festival da Boa Vizinhança (1976); Pintando a Vila, parte 2 (1977); Um gesseiro de mão cheia (1978); Batendo uma bolinha (1978); Vai graxa? (1978); O engraxate – parte 2 (1979); O Parque de Diversões – Parte 1 (1979).

A intenção é que “Chaves” marque uma audiência suficiente para alavancar o horário nobre do canal, já que a faixa das 18h está em baixa desde a estreia do extinto jornalístico “SBT Notícias”.

“Chaves” foi exibido apenas nas manhãs de sábado e domingo durante 2013. A desculpa do SBT era que o seriado estava desgastado e precisava descansar sua imagem.

A série volta a partir do próximo dia 6, às 18h30, substituindo o seriado “Eu, a Patroa e as Crianças”.

UOL

Danilo Gentili leva equipe e programa para o SBT

imagesLogo após perder Sabrina Sato para a Record, a Band está perdendo Danilo Gentili para o SBT. O humorista deve ser anunciado em breve como o mais novo contratado da emissora de Silvio Santos.

A Folha apurou que Gentili, que anda muito insatisfeito com a Bandeirantes, passou o final de semana acertando a sua ida para a concorrente. No pacote oferecido pelo SBT estão um gordo salário, participação no faturamento e carta branca para montar uma equipe e um novo programa.

Gentili deve ganhar um “talk-show” diário no SBT, exibido no final da noite, ao estilo do “Agora É Tarde” (criado em 2011), da Band.

O ex-“CQC” tem uma reunião agendada para hoje na Bandeirantes, em que ele deve se desligar do canal.

A pressa do humorista está diretamente relacionada ao término de contrato de parte de sua equipe do “Agora É Tarde”. Ele pretende levá-los para o SBT.

Patrocinadores da atração na Band estariam dispostos a seguir o humorista caso ele realmente troque de emissora. O contrato de Danilo Gentili com a Band vence no final de 2014, mas o SBT pretende pagar a multa rescisória.

Além do humorista, o SBT está contratando a jornalista Najad Haddad e o apresentador Otávio Mesquita, também ex-Band.

Danilo Gentili está muito próximo de assinar com o SBT

 O futuro do Danilo Gentili será decidido nessas próximas horas. A informação que chega é que ele está muito próximo de assinar com o SBT. As negociações vêm de alguns dias.

Ainda no dia de ontem, muito se falou do descontentamento deste apresentador com a Bandeirantes. Um almoço foi marcado, entre as tentativas de amenizar um clima de certo desconforto, mas ele, Danilo, chegou com quase duas horas de atraso.

Ainda nesta quinta-feira (19), sabe-se, ele teve uma demorada reunião com as pessoas que o cerca, os amigos mais próximos, já colocando o SBT como principal possibilidade para o futuro de seu programa. Aliás, o desejo é este mesmo, desenvolver na nova emissora um modelo bem parecido com o “Agora É Tarde”.

Diretores do SBT, consultados pela coluna, admitem a negociação, mas garantem que ainda não tem nada assinado. As próximas horas, como se percebe, serão decisivas.

Convém ainda lembrar que o contrato do Danilo com a Band é válido até dezembro de 2014. Havendo a rescisão, será necessário o pagamento da multa.

UOL

Gugu acerta sua volta ao SBT para março de 2014

0906guguDepois de duas longas conversas com Silvio Santos, ficou acertado que Gugu Liberato voltará para o SBT em março de 2014. O apresentador que descansar e estudar.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta segunda-feira (4).

A última aparição de Gugu no SBT foi no Teleton desde ano, mas ele não dividiu o palco com o ex-patrão, como era esperado.

Gugu gravou um vídeo em sua casa, conforme antecipado pelo “F5”.

Fora do ar na televisão brasileira desde junho, quando rescindiu seu contrato com a Record, o apresentador ainda tem seu programa exibido pela Record Internacional, além de protagonizar comerciais de um banco.

Folha

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fina Ironia disse:

    Que notícia importante…

Silvio Santos convida Ivete Sangalo para ter programa no SBT

dtmbwmd0h47b97zo0fp5wmvsf

Silvio Santos aprovou mesmo a participação de Ivete Sangalo no Teleton 2013. Segundo o jornal “O Dia”, o dono do SBT ficou ainda encantado com a cantora e, logo após a apresentação de Ivete, foi pessoalmente fazer uma proposta à baiana.

Ele a quer num programa da emissora no dia que ela quiser, no horário que ela quiser e com o salário que ela estipular.

“Silvio Santos é um ícone brasileiro. Foi um prazer estar com ele no sábado. Ainda mais pelo motivo especial do encontro. Acredito que os motivos fazem os encontros serem especiais. Foi uma noite de alegria e ele foi um querido comigo”, disse Ivete, ao ser questionada pela publicação se aceitaria a proposta de Silvio.

A parceria entre Ivete e Silvio levou o Teleton à liderança no Ibope da Grande São Paulo.

Folha

SBT pagará R$ 59 mil por considerar placar errado em programa de perguntas sobre o Corinthians

O SBT terá de pagar R$ 59 mil a um participante do programa de perguntas e respostas “21”. Baseada em texto fictício, a emissora considerou errada uma resposta correta que havia sido dada pelo concorrente.

Ao rejeitar recurso da emissora, a Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve entendimento de segunda instância que aplicou a teoria da perda da chance e considerou o direito dos telespectadores à informação verdadeira.

O participante era torcedor do Corinthians e deveria responder a questões sobre o time. Se acertasse a pergunta sobre o placar do jogo de inauguração do estádio do Pacaembu, em 1940, receberia R$ 70 mil e poderia concorrer a R$ 120 mil na fase seguinte.

Preto no branco

O jogo contra o Atlético-MG ficou em 4 a 2 para os paulistas. O participante escolheu a resposta certa. Porém, os produtores consideraram para o gabarito informações publicadas de forma intencionalmente erradas no livro Corinthians é Preto no Branco, de Washington Olivetto e Nirlando Beirão.

Ocorre que o livro traz, nas páginas pretas, informações reais sobre o time. Mas, nas páginas brancas, as histórias são inventadas pelos autores. Nas páginas que tratavam do jogo em questão, a história fictícia apontava o placar de 4 a 0, com dados reais sobre os marcadores do Corinthians, mas sem nenhuma menção aos gols dos mineiros.

Bibliografia e verdade

O contrato entre o concorrente e o SBT indicava que o livro seria a bibliografia a ser considerada nas respostas. Por esse motivo, ao julgar a ação movida pelo participante, o juiz de primeiro grau considerou a indenização indevida. Mas o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) reformou a sentença para impor a condenação de R$ 59 mil.

Para os desembargadores paulistas, ainda que o contrato tenha visado dar maior segurança às partes e evitar polêmicas, não poderia impor ao concorrente a obrigação de dar resposta errada baseada na parte ficcional da obra.

O ministro Sidnei Beneti, relator do recurso interposto pelo SBT, confirmou o entendimento do TJSP: “O concurso era sobre o clube, não sobre o livro. O dever de veracidade mais se acentuava tratando-se de programação pública, transmitida a milhares de telespectadores – muitos dos quais também perfeitamente conhecedores da história do clube e crendo-se a assistir a certame sobre o clube e não a certame de bibliografia livresca”.

Direito do telespectador

Conforme o voto condutor no TJSP, a liberdade dos meios de comunicação se contrapõe ao direito difuso dos indivíduos a receber informações corretas, exatas, desinteressadas, transparentes, pluralistas e imparciais. “A liberdade dominante é a de ser informado”, anota o relator do acórdão atacado no STJ, desembargador Francisco Loureiro.

“No caso, o que foi vendido ao público telespectador é que um candidato responderia a questões variadas sobre o Corinthians, e não sobre uma obra de ficção sobre o Corinthians”, acrescentou Loureiro.

Para ele, a interpretação do contrato sob a perspectiva da boa-fé objetiva e da causa do negócio jurídico aponta que o livro só poderia ser considerado como gabarito em sua parte preta (verdadeira), sob pena de comprometer o formato do programa e o interesse do público.

Perda da chance

O valor da indenização foi calculado com base na chance que o candidato tinha de continuar no programa. Se acertasse a resposta, passaria à fase final, na qual poderia ganhar R$ 120 mil. Como sua resposta foi considerada errada, levou apenas R$ 1 mil de consolação.

Para o TJSP, a chance perdida foi de metade do valor total possível, R$ 60 mil. Como já tinha recebido R$ 1 mil, a indenização ficou em R$ 59 mil.

“Pelos conhecimentos do autor e segurança nas respostas anteriores, poderiam suas probabilidades de sucesso ser calculadas até mesmo em percentual superior à metade. O tema, porém, está fora da divergência posta nestes embargos, de modo que não pode ser alargada a condenação”, anotou o relator na corte local.

O ministro Beneti considerou que o recurso do SBT não reunia condições de ser apreciado quanto a esse ponto, porque a avaliação do contrato e da responsabilidade da emissora pela perda da chance envolveria matéria de fatos e provas.

Duas das primeiras súmulas do STJ impedem a análise desse tipo de questão em recurso especial. Os tribunais locais são, nas palavras do relator, soberanos para esse exame.

STJ

A Fazenda 6: apresentador revela problemas com Silvio Santos e diz que tentaram puxar seu tapete no SBT

292684-640x480-1O apresentador Yudi Tamashiro, 20, comentou os motivos que o levaram a sair do SBT. Participante da sexta edição de “A Fazenda” (Record), ele contou que apresentadores mais experientes tentaram puxar seu tapete na emissora.

“Eu trabalhei com a pior raça que existe”, afirmou no confinamento. “Porque se o cara está lá na emissora como apresentador bem-sucedido, você acha que eles não queriam me cortar também não?”

“E para ele estar ali, ele já passou por muita coisa”, disse. “E eu, novão, tive que passar por eles o mais rápido possível senão eu caía, mano.”

Na mesma conversa, ele ainda revelou que teve problemas com o patrão, Silvio Santos.

“É fácil você lidar com aviãozinho, agora você lidar com o patrão, aí a casa cai”, contou. “Eu, sem experiência, mesmo assim segurei a barra.”

“E eu não fui mandado embora. Eu pedi demissão”, afirmou. “Cheguei e falei assim: ‘Eu tô bem já financeiramente, tô muito bem, e vou sair porque vou fazer algo diferente da minha vida’.”

R7

Retorno de Gugu ao SBT já está em fase de negociações

gugu sbtNo final do ano passado, em uma visita ao cabeleireiro Jassa –o caminho mais rápido para chegar até Silvio Santos–, Gugu Liberato falou sobre a sua insatisfação na Rede Record e a vontade de voltar ao SBT.

Rapidamente Silvio soube que seu pupilo havia se arrependido e os dois voltaram a se aproximar.

Segundo fontes do SBT, já foram, ao todo, três encontros. Silvio Santos estaria disposto a trazer Gugu, desde que ele resolva seu contrato com a Record.

A ideia é que Gugu tire férias e, um mês depois, volte ao SBT aos domingos. O problema é: onde?

Celso Portiolli, Eliana, que acaba de renovar contrato, e o próprio Silvio ocupam quase toda a programação dominical do SBT.

Mas Silvio Santos estaria disposto a apertar e até diminuir o programa dos coleguinhas para encaixar Gugu no domingo.

Para alguns diretores do canal, a volta de Gugu era considerada impossível, uma vez que a sua saída, levando vários profissionais da casa, tumultuou o SBT.

Mas Silvio deixou claro para Gugu que as portas da emissora estariam abertas. Tudo isso pode acabar num domingo legal.

Da Folha

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. rogerio disse:

    o gugu tém que voltar pro sbt mesmo