Invicta, Argentina avança em 1º com Messi artilheiro; Bósnia derrota o Irã e ambos se despedem

Na melhor apresentação da Argentina nesta Copa do Mundo, Lionel Messi marcou duas vezes nesta quarta-feira na vitória sobre a Nigéria, por 3 a 2, em um Beira-Rio vestido de azul e branco, em Porto Alegre, e garantiu aproveitamento 100% de sua seleção, terminando na primeira colocação no Grupo F. Apesar da derrota, o time africano também avançou às oitavas de final.

A Argentina terminou a primeira fase da Copa com nove pontos, repetindo a sequência vitoriosa de Colômbia e Holanda, à frente da segunda colocada Nigéria, que ficou com quatro pontos. A Bósnia ficou com três, ao vencer o Irã, que terminou com apenas um ponto.

De quebra, a seleção argentina tem agora um dos artilheiros da Copa. Com os dois desta quarta-feira, Messi acumula quatro gols, empatando com Neymar. Ele também foi o primeiro jogador da sua seleção a marcar quatro gols seguidos – um na estreia, outro no segundo jogo e dois contra a Nigéria – desde Maradona, em 1986.

Além da exibição do craque, os cerca de 20 mil argentinos que compareceram ao Beira-Rio puderam assistir a um jogo eletrizante, principalmente no início dos dois tempos. Foram dois gols no começo de cada etapa e bons lances ofensivos dos dois lados.

Em festa no Beira-Rio, a empolgada torcida argentina contribuiu para pintar de azul e branco o reduto vermelho do Internacional, que teve que aceitar as cores do arquirrival Grêmio dominando nas arquibancadas do seu estádio.

Nas oitavas de final, a Argentina vai cruzar com o segundo colocado do Grupo E, possivelmente Suíça ou Equador, no dia 1º de julho, no Itaquerão, em São Paulo. E a Nigéria duelará com o líder desta mesma chave, cuja favorita é a França, em 30 de junho, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Sem esforço, Bósnia derrota o Irã e ambos se despedem

O Irã bem que tentou, mostrou-se valente nas partidas contra Nigéria e Argentina e complicou para ambas, mas confirmou-se como uma das seleções mais fracas da Copa do Mundo nesta quarta-feira. Mesmo diante de uma Bósnia-Herzegovina desanimada e desinteressada, que entrou em campo já eliminada, os asiáticos mal levaram perigo e foram dominados. Melhor para os bósnios, que aproveitaram as poucas chances que tiveram para vencer por 3 a 1, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e voltarão para casa podendo celebrar ao menos seu primeiro triunfo na história dos Mundiais.

Além disso, a Bósnia deixou a lanterna do Grupo F nas mãos do Irã – três pontos contra um -, mas a classificação à próxima fase ficou com Argentina e Nigéria. Nesta quarta, os bósnios nem forçaram muito, até porque já não tinham grandes pretensões, mas fizeram o suficiente para vencer. Os iranianos até tentaram algo diferente em busca de uma improvável classificação, foram para cima no segundo tempo, mas aí deixaram exposta toda a fragilidade técnica de uma seleção que se destacou somente pelo empenho nesta Copa.

A partida desta quarta ainda encerrou a sequência de grandes confrontos na Arena Fonte Nova, que havia recebido alguns dos melhores jogos do Mundial (Espanha 1 x 5 Holanda, Alemanha 4 x 0 Portugal e Suíça 2 x 5 França), mas ao menos manteve a alta média de gols em Salvador: são 21 em quatro partidas. Talvez se soubessem que o duelo manteria a chuva de gols na capital baiana, mais torcedores tivessem ido ao estádio. Foram apenas 48.011, na pior marca da arena nesta Copa.

 

Agência Estado

HISTÓRICO: Brasil vence a Hungria e vai para as semis do Mundial de Handebol

 1524944_704188369603974_997946617_nO Brasil entrou com tudo em quadra na partida desta quarta-feira pelas quartas de final do Mundial Feminino de Handebol. Abusando da raça e da força de vontade, as brasileiras venceram a Hungria por 33 a 31 e colocaram o Brasil entre as quatro melhores seleções do mundo pela primeira vez na história.

A tática brasileira, revelada por Duda pouco antes do jogo, foi abusar do estilo vibrante brasileiro para irritar as húngaras. Segundo a armadora, que joga na Hungria, as europeias ficam incomodadas com os gritos das brasileiras a cada gol e com a raça dentro de quadra.

E assim foi desde o primeiro minuto. Cheias de vontade, as brasileiras começaram o jogo com boa vantagem no placar, chegando a abrir 5 a 1 no início da partida.

Na metade do primeiro tempo, porém, o ritmo brasileiro caiu e o excesso de vontade atrapalhou. Aos dezessete  minutos, o Brasil ficou com três jogadoras fora de quadra, punidas com dois minutos.

Fabiana Diniz e Babi estavam fora do jogo por faltas cometidas quando, em uma substituição, a goleira Maíssa entrou em quadra antes da saída de Babi. Por isso, o Brasil foi punido com a saída de mais uma atleta, desta vez Ana Rodrigues, quando a Hungria estava no ataque.

Mas a goleira Maíssa se redimiu com uma grande defesa. Na jogada seguinte, a situação complicou ainda mais para as brasileiras. Dani Cavaleiro exagerou na marcação, causou sete metros e também foi punida com dois minutos, deixando o Brasil com apenas duas atletas na linha por 18 segundos.

O susto desestruturou a equipe que, mesmo após conversa no intervalo de jogo, perdeu consistência na defesa e viu as húngaras passarem à frente no placar na segunda etapa de jogo e levantar a torcida na Sérvia.

A partir de então, a ansiedade tomou conta da partida, com muitos erros de ataque de ambos os lados. O time brasileiro parecia perdido em quadra, sem paciência para armar as jogadas. Mas um vacilo das húngaras permitiu contra-ataque de Fernanda da Silva, que empatou o jogo e levou para a prorrogação.

No tempo extra, ainda mais emoção. As húngaras saíram na frente, pressionando as brasileiras com um gol nos primeiros cinco minutos, mas após o primeiro intervalo da prorrogação, o Brasil voltou a empatar e equilibrar o jogo, que, mesmo após os primeiros 10 minutos extras, continuou com o placar igual, em 29 a 29, e foi para a segunda prorrogação. O jogo continuou equilibrado e cada ataque valia a definição do jogo, mas o Brasil entrou para vencer e tinha a melhor jogadora do mundo em quadra.

Com um gol de sete metros, e outro de ataque, Alexandra Nascimento colocou o Brasil à frente do placar, com 33 a 31 e definiu a partida, para a emoção do time brasileiro. O apito final, que decretou a vaga histórica do Brasil nas semifinais, levou as atletas às lágrimas ainda dentro de quadra. Além de garantir a marca histórica, este time superou a eliminação do último Mundial com a vitória sobre a Hungria. Em 2011, as brasileiras perderam nas quartas de final para a Espanha, em casa.

O próximo adversário do Brasil na competição será o vencedora da partida entre Dinamarca e Alemanha, que será disputado ainda nesta quarta-feira. O jogo será disputado no próximo dia 20 de dezembro, às 15h, horário de Brasília.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo kasinsk disse:

    Tirando o nome pomposo aí, dessa tal Comissão Intersetorial, quero saber de uma providência simples e básica, importante para a segurança da população, que é tirar os carros e devolver as calçadas ao cidadão. Quando a lei será cumprida, sr. prefeito? E a Câmara? Que faz?, além de distribuir comendas e troféus e mandar beijinho para o Flamengo?

Ponte Preta faz história, ignora o Velez na Argentina, vence e pega São Paulo na semifinal da Copa Sul-Americana

A Ponte Preta fez história na noite desta quinta-feira (7). Pelas quartas-de-finais, o time paulista após empatar em 0 a 0 em Campinas, conseguiu vencer o poderoso Velez Sarsfield da Argentina, pelo placar de 2 a 0, e se classificou para a fase semifinal da Copa Sul- Americana. Os gols do time brasileiro foram marcados todos na etapa final. Elias, aos 3, e Fernando Bob, aos 48.

Com o resultado, a “macaca” encara o São Paulo. Vale lembrar que o campeão da competição garante vaga na Copa Libertadores da América 2014. O primeiro confronto está marcado para o dia 20.

Rússia e Bósnia se classificam para Copa do Mundo de 2014

Rússia e Bósnia se classificaram hoje (15) para a Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil. A Rússia empatou com o Azerbaijão em 1 a 1, mas, mesmo assim, ficou em primeiro lugar em seu grupo, um ponto à frente de Portugal. A Bósnia venceu por 1 a 0 a Lituânia, e se classificou para Copa, porque obteve saldo de gols melhor do que a Grécia.

Mais duas seleções europeias vão confirmar a vaga na Copa hoje. Inglaterra e Ucrânia disputam a vaga do Grupo H, enquanto Espanha e França jogam pela primeira colocação do Grupo I. A Inglaterra joga contra a Polônia. Está com um ponto a mais do que a Ucrânia, que enfrenta San Marino. A Espanha joga contra a Geórgia, ao mesmo tempo em que a França, com três pontos a menos do que a Espanha, joga contra a Finlândia.

Ao todo, 16 seleções estão garantidas na Copa 2014. Além do Brasil, estão classificados Argentina, Colômbia, Estados Unidos, Costa Rica, Japão, Austrália, Irã, Coreia do Sul, Alemanha, Itália, Holanda, Bélgica, Suíça, Rússia e Bósnia.

Agência Brasil

De olho nela: Bélgica se garante na Copa do Mundo após vencer a Croácia

thumbA badalada seleção da Bélgica garantiu seu retorno à Copa do Mundo. A equipe derrotou a Croácia em Zagreb, nesta sexta-feira, e carimbou o seu passaporte para o Brasil com uma rodada de antecipação. Com a vitória por 2 a 1, chegou aos 25 pontos, contra 17 dos rivais, que já estão na segunda posição, e podem se garantir na repescagem.

O herói da Bélgica foi Lukaku, que logo aos 15 minutos do primeiro tempo começou a escrever seu nome na história da partida. Recebeu passe do volante Defour, do Porto, driblou o goleiro e chutou. Ainda na etapa inicial, entrou em uma dividida com um zagueiro rival, depois novamente, e a bola acabou sobrando novamente para ele, que sozinho, ampliou.

Já no fim, Kranjcar diminuiu, mas a Croácia já não tinha a menor condição de empatar, e muito menos virar o jogo. Apenas a vitória ainda deixava a seleção croata com alguma chance de se classificar diretamente.

A Croácia já está garantida na segunda posição, e precisa ser uma das oito melhores desta colocação para ir à repescagem.

Lance

FOTOS: Natalense, Simona Talma é escolhida por Carlinhos Brown no The Voice Brasil II e se emociona

Untitled-1 Untitled-2 Untitled-3 Untitled-4 Untitled-5A potiguar cantou a difícil música “Tango de Nancy”, de Chico Buarque e Edu Lobo. Para seguir na competição, um dos técnicos precisaria virar a cadeira, e graças a Carlinhos Brown, no último segundo de apresentação, o tão esperado sonho aconteceu.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. https://www.facebook.com/RooMelodia disse:

    Aí, conterrânea. faça aquela calma na alma.
    Deixe seus músculos faciais explodirem como
    um tufão em suas interpretações.
    O que importa não é só você ganhar.
    Deixe sua marca.
    arregaça os beiços como se expressa o Mick Jagger.
    Perdoe-me se pareci irônico por não te conhecer
    pessoalmente e fazer-te essa impressão.
    Mas quem vivi nesse meio precisa de
    apoio; esse é o meu jeito.
    viva a música potiguar, por você está aí!
    Boa sorte.

  2. Carolinne disse:

    Fantástica a apresenteção da Simona Talma. Já fui a vários shows dela e ela é sempre assim, ouvir a Simona cantar é sempre uma emoção! Maravilhosa! 😀

  3. eliana torres dos santos disse:

    VAMOS IMITAR OS PERNAMBUCANOS EOS BAIANOS QUE VALORIZAM SEUS ARTISTAS… E PRESTIGIAR , SIMONA TALMA É PRATA DA CASA VAMOS LÁ RN, REPRESENTOU MUITO BEM, ELA É MARAVILHOSA

    • Romário disse:

      Simona Talma não representou somente a nossa cidade em sua interpretação, mas, sim, o Brasil como um todo. Ela trouxe uma apresentação limpa, excelente na escolha da música e, corrigindo o que Brown falou sobre voz "humilde", eu falaria de uma voz única e um cantar simples. Acredito que as pessoas precisam despertar para a beleza do simples, que, como ela fez, tornou a performance muito mais real e sincera.

Última rodada do 1º turno da Série B acontece nesta terça; veja jogos e classificação

A 19ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, última do 1º turno, será realizada nesta terça-feira(3), com todos os times em campo. O América,em 17º, faz jogo seis pontos contra o Oeste(15º), em São Paulo, enquanto o ABC(20º), busca os três pontos diante do América -MG(9º), no estádio Frasqueirão. Confira os duelos e classificação:

19h30     Joinville-SC     x     Ceará-CE
19h30     Oeste-SP     x     América-RN
19h30     Icasa-CE     x     Paraná-PR
19h30     Boa Esporte-MG     x     Avaí-SC
19h30     Figueirense-SC     x     Bragantino-SP

21h50     São Caetano-SP     x     ASA-AL
21h50     Guaratinguetá-SP     x     Atlético-GO
21h50     ABC    x     América-MG
21h50     Paysandu-PA     x     Sport-PE
21h50     Palmeiras-SP     x     Chapecoense-SC

Untitled-1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rui Nascimento disse:

    O ABC ta procurando petróleo no Pré-Sal? Ta quase saindo da tabela!
    Se juntar os pontos dos quatro times do RN (18+11+10+2) no Campeonato Brasileiro, ainda não passa o Palmeiras.
    Pobre futebol Norteriograndense!

  2. RUI FILHO disse:

    Já já o ABC desaparece da tabela. Hahaha

Confira a classificação e próxima rodada do Brasileiro Série B

Próxima rodada -(10ª)

23/07 – 21h00     ASA-AL     x     Bragantino-SP
23/07 – 21h00     Icasa-CE     x     Joinville-SC

26/07 – 21h00     Atlético-GO     x     América-RN
26/07 – 21h00     Sport-PE     x     Oeste-SP

27/07 – 16h20     Paraná-PR     x     Ceará-CE
27/07 – 16h20     Chapecoense-SC     x     Avaí-SC
27/07 – 16h20     Guaratinguetá-SP     x     Palmeiras-SP
27/07 – 16h20     Boa Esporte-MG     x     América-MG
27/07 – 21h00     ABC     x     Paysandu-PA
27/07 – 21h00     Figueirense-SC     x     São Caetano-SP

Série B tem rodada completa nesta terça; confira jogos e classificação

Nesta terça-feira(4), a quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B será completa, com ABC e América em busca de um salto na tabela. Confira confrontos e a classificação atualizada:

19h30     Boa Esporte-MG     x     ASA-AL
19h30     Figueirense-SC     x     Chapecoense-SC
19h30     Paysandu-PA     x     Paraná-PR
19h30     Palmeiras-SP     x     Avaí-SC
19h30     Oeste-SP     x     Ceará-CE

21h50     Guaratinguetá-SP     x     Sport-PE
21h50     ABC-RN     x     Bragantino-SP
21h50     Joinville-SC     x     América-RN
21h50     São Caetano-SP     x     Atlético-GO
21h50     Icasa-CE     x     América-MG

Índice

Classificação da Série B após a 3ª rodada

Clube PG J V E D GP GC SG A%
Figueirense-SC 9 3 3 0 0 10 6 4 100,0
Chapecoense-SC 7 3 2 1 0 6 2 4 77,8
Avaí-SC 7 3 2 1 0 7 5 2 77,8
Joinville-SC 6 3 2 0 1 6 2 4 66,7
Palmeiras-SP 6 3 2 0 1 4 1 3 66,7
Oeste-SP 5 3 1 2 0 3 2 1 55,6
Ceará-CE 5 3 1 2 0 2 1 1 55,6
Paraná-PR 4 3 1 1 1 2 1 1 44,4
Icasa-CE 4 3 1 1 1 6 6 0 44,4
10º
Atlético-GO 4 3 1 1 1 2 2 0 44,4
11º
Boa Esporte-MG 4 3 1 1 1 2 4 -2 44,4
12º
Sport-PE 3 3 1 0 2 4 5 -1 33,3
13º
América-MG 3 3 1 0 2 3 5 -2 33,3
14º
Bragantino-SP 3 3 1 0 2 2 4 -2 33,3
15º
Guaratinguetá-SP 3 3 1 0 2 2 4 -2 33,3
16º
América-RN 2 3 0 2 1 4 5 -1 22,2
17º
Paysandu-PA 2 3 0 2 1 2 3 -1 22,2
18º
São Caetano-SP 2 3 0 2 1 0 1 -1 22,2
19º
ABC-RN 1 3 0 1 2 1 4 -3 11,1
20º
ASA-AL 1 3 0 1 2 1 6 -5 11,1

Classificação Série B – 2ª rodada

Clubes PG J V E D GP GC SG A%
Palmeiras-SP 6 2 2 0 0 4 0 4 100,0
Figueirense-SC 6 2 2 0 0 7 4 3 100,0
Chapecoense-SC 4 2 1 1 0 5 2 3 66,7
Paraná-PR 4 2 1 1 0 2 0 2 66,7
Avaí-SC 4 2 1 1 0 3 2 1 66,7
Icasa-CE 4 2 1 1 0 3 2 1 66,7
Ceará-CE 4 2 1 1 0 1 0 1 66,7
Joinville-SC 3 2 1 0 1 4 2 2 50,0
Atlético-GO 3 2 1 0 1 2 2 0 50,0
10º
Guaratinguetá-SP 3 2 1 0 1 2 2 0 50,0
11º
Sport-PE 3 2 1 0 1 2 2 0 50,0
12º
Boa Esporte-MG 3 2 1 0 1 2 4 -2 50,0
13º
Oeste-SP 2 2 0 2 0 2 2 0 33,3
14º
São Caetano-SP 2 2 0 2 0 0 0 0 33,3
15º
América-RN 1 2 0 1 1 3 4 -1 16,7
16º
Paysandu-PA 1 2 0 1 1 1 2 -1 16,7
17º
ASA-AL 1 2 0 1 1 1 4 -3 16,7
18º
América-MG 0 2 0 0 2 2 5 -3 0,0
19º
ABC-RN 0 2 0 0 2 0 3 -3 0,0
20º
Bragantino-SP 0 2 0 0 2 0 4 -4 0,0

Classificação Série B. América é o 3º e o ABC 14º

 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Criciúma-SC 35 14 11 2 1 36 21 15 83.3
2  Vitória-BA 32 14 10 2 2 26 14 12 76.2
3  América-RN 26 14 8 2 4 24 17 7 61.9
4  América-MG 26 14 8 2 4 22 16 6 61.9
5  São Caetano-SP 26 14 7 5 2 19 11 8 61.9
6  Goiás-GO 26 14 7 5 2 23 19 4 61.9
7  Joinville-SC 24 14 7 3 4 23 13 10 57.1
8  Paraná-PR 22 14 6 4 4 21 18 3 52.4
9  Atlético-PR 20 14 6 2 6 17 14 3 47.6
10  CRB-AL 20 14 6 2 6 21 22 -1 47.6
11  Avaí-SC 18 14 5 3 6 14 16 -2 42.9
12  Boa Esporte-MG 18 14 4 6 4 19 18 1 42.9
13  Ceará-CE 18 14 4 6 4 22 23 -1 42.9
14  ABC-RN 17 14 4 5 5 21 19 2 40.5
15  Guarani-SP 15 14 3 6 5 14 15 -1 35.7
16  Bragantino-SP 12 14 2 6 6 18 22 -4 28.6
17  ASA-AL 11 14 3 2 9 16 23 -7 26.2
18  Guaratinguetá-SP 9 14 2 3 9 11 24 -13 21.4
19  Grêmio Barueri-SP 6 14 1 3 10 10 30 -20 14.3
20  Ipatinga-MG 4 14 1 1 12 9 31 -22 9.5
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo Couto disse:

    Não podemos deixar de observar que o ABC já disputou 8 jogos fora de casa e apenas 6 em casa, enquanto o América já disputou 8 jogos em casa e apenas 6 fora de casa, portanto o ABC tem 2 jogos a menos em casa.

    Além disso, dos próximos 6 jogos do ABC, 5 serão no Rio Grande do Norte e apenas 1 fora do estado.

América perde para o Joinville e sai do G-4

Em duelo da parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro de Série B, o Joinville recebeu o América e venceu por 1 a 0 com gol de Lima, tirando o adversário do G-4 e mantendo a luta para se aproximar da zona de promoção.

A primeira chance do jogo veio pelos pés de Isac, que se beneficiou de um pivô feito por Lúcio Curió para finalizar da entrada da área aos 12 minutos. O chute, no entanto, não foi bom o suficiente para dificultar a vida do goleiro Ivan.

O América voltou a ter um lance de perigo cinco minutos depois, quando Tiago Real foi lançado por Eduardo, invadiu a área e, em ótima posição, caiu após chegada de Glaydson. A arbitragem, porém, não concedeu pênalti.

O goleiro Dida começou a se destacar aos 29 minutos, quando defendeu chute da entrada da área de Isac em lance de contra-ataque. Cinco minutos depois, o arqueiro foi bem para defender uma cobrança de falta direta de Ricardinho.

O Joinville partiu para o ataque no segundo tempo e logo abriu o placar, com Lima aproveitando rebote de Dida em chute de longa distância de Eduardo para balançar as redes aos cinco minutos.

Dida voltou a fazer grande defesa aos 20 minutos, quando se esticou para defender puxeta de Lima após a bola ficar viva na área em cobrança de escanteio de Ricardinho. Lima ainda voltou a balançar a rede aos 34 minutos ao desviar cruzamento na segunda trave, mas o tento foi anulado por posição de impedimento do atacante.

Com o resultado, o Joinville se mantém na sétima posição, mas passa a somar 21 pontos e ficar a sete do G-4. Já o América deixa o grupo dos quatro melhores do campeonato, ficando com 23 pontos, um a menos que o Goiás. Na quinta posição, o clube ainda pode cair para a sexta em caso de vitória do São Caetano sobre o Ipatinga no sábado.

* Fonte: gazetaesportiva.net