Retorno de Wallyson tem tudo para fazer o ABC ressurgir na Série C

O ABC até o momento faz uma campanha ruim no Campeonato Brasileiro da Série C, integrando a zona de rebaixamento, principalmente, por perder pontos preciosos – desperdiçados em momentos finais dos jogos. Entre torcedores e até a própria crônica esportiva, uma opinião unânime: faltava alguém decisivo no setor de frente para colocar a bola para dentro.

Reforços chegaram, e o grupo do técnico Sérgio Soares caminha para se fortalecer, longe do ideal, em pleno campeonato, mas há tempo de recuperação. O ABC não tem o direito de disputar a Série C apenas para escapar da degola. Com a chegada do ídolo alvinegro Wallyson(30 anos), o alvinegro ganha criatividade, flutuação no setor de ataque e poderá fazer o time render muito mais, além de ser objetivo e cirúrgico nas oportunidades de gol.

Wallyson deve chegar a Natal na sexta-feira (31), quando se apresentará para realizar os exames médicos e iniciar os treinamentos.

Formado nas categorias de base do Alvinegro, vem para a sua terceira passagem com a camisa abecedista. O atacante surgiu para o futebol em 2007, quando levou o ABC ao título estadual e ao acesso à Série B 2008. Na temporada passada, depois de dez anos, o jogador retornou e ajudou o clube na conquista que deu o tricampeonato potiguar 2016/2017/2018.

Abaixo, a tabela da competição mostra um grupo equilibrado, em que uma vitória muda radicalmente a situação na tabela. Para o ABC, no fim de semana, ainda sem o seu grande nome, uma grande oportunidade de sair da zona incomoda e se aproximar do pelotão de frente, no duelo contra o vice-líder, Ferroviário-CE, no estádio Frasqueirão.

Reprodução/Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tales disse:

    Melhor contratação dos últimos tempos, craque de bola, Abcedista, goelador. Vamos domingo recebê lo no Frasqueirão, tudo vai mudar, Até a torcida da borréia na famigerada série D ficou arrepiada lembrando dos 5 a 2 lkkkkk

  2. ANTONIO FELIX NETO FELIX disse:

    ELE TEM QUE DÁ UMA PAUSA NA BEBIDA ALCOOLICA,

Copa RN – 2º turno do Campeonato Potiguar: América lidera seguido do ABC; próximo compromisso dos rivais será clássico de “seis pontos”

Reprodução: FNF

Neste fim de semana, pela terceira rodada, Glovo recebe o Santa Cruz de Natal, no estádio Barrettão, neste sábado(02), enquanto o Força e Luz encara o Potiguar de Mossoró, no estádio Frasqueirão, no domingo(03).

América e ABC terão seus jogos adiados na terceira rodada da Copa RN, por compromissos em competições como Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

Voltarão a jogar pelo segundo turno, justamente, em clássico na Arena das Dunas, no dia 10, às 17h, confronto que poderá fazer o alvirrubro abrir até quatro pontos do ABC, em caso de vitória.

Já um êxito do alvinegro colocaria o campeão do 1º turno na liderança da Copa RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Teresa disse:

    Pela sua tabela acima, se o America vencer o ABC, passa 5 na frente. Aritmética pura, só isso.

  2. Seimaisquevc disse:

    Bolsonaro capiroto. Abc deve vencer o turno. E matar o campeonato

  3. Burrinha de pium disse:

    Si a burrinha chegar na final do turno.

  4. LULADRÃO disse:

    Provavelmente outra vitória do ABC pois, o América treme e não consegue manter o ritmo quando engrenta o alvinegro.

    • Cidadão disse:

      Provavelmente, outra vitória do ABC. Pois, o AMÉRICA treme e não consegue manter o ritmo quando enfrenta o alvinegro.

    • Brasil! disse:

      Provavelmente, outra vitória do ABC, pois o América treme e não consegue manter o ritmo quando enfrenta o alvinegro.

    • Arqueiro -!) disse:

      Provavelmente, outra vitória do ABC, pois o América treme e não consegue manter o ritmo quando enfrenta o alvinegro.

ABC leva virada do Potiguar em Mossoró em jogo atrasado; veja classificação do 1º turno do Campeonato Potiguar

Time Macho chega aos seis pontos e ainda tenta vaga na decisão do primeiro turno. Mesmo com derrota, Alvinegro segue na liderança da Copa Cidade do Natal

Foto: Andrei Torres / ABC FC

Na noite dessa quarta-feira (6), o Potiguar venceu o ABC por 3 a 2, em jogo atrasado da quinta rodada da Copa Cidade do Natal. O confronto teve duas viradas a favor do Time Macho, que balançou a rede do Alvinegro com os gols de Jefinho, nos acréscimos do primeiro tempo, e aos 16 do segundo tempo, com Vinícius marcando o terceiro gol da equipe mossoroense, aos 43 minutos da etapa final. O ABC marcou com Neto e Xavier.

Mesmo com a derrota, o ABC se mantém na liderança, com 12 pontos. Já o Potiguar chegou aos seis pontos e pula para a quarta posição. No entanto, o clube ainda aguarda recurso no Tribunal de Justiça Desportiva, no caso da escalação irregular do jogador Sávio.

Na última rodada do primeiro turno, o ABC joga contra o Força e Luz no Frasqueirão, enquanto o Potiguar joga no Nogueirão contra o Santa Cruz de Natal. Os dois jogos estão marcados para o próximo domingo (10), às 16h.

Confira a classificação da Copa Cidade do Natal – 1º Turno

FNF

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. J. Fernandes disse:

    Sou ABC, mas esse time do Potiguar é o melhor do campeonato até o momento.

MPRN divulga nota preliminar e classificação de candidatos em processos seletivos para estágios; lista tem 227 estudantes

Processos seletivos são para estágios do curso de Direito e para a área administrativa. Ao todo, 227 estudantes estão nas listas divulgadas no Diário Oficial

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) divulgou as notas preliminares e a classificação dos candidatos habilitados que fizeram a prova dos processos seletivos de credenciamento de estagiários do curso de Direito e da área administrativa. Ao todo, 227 estudantes estão nas listas divulgadas na edição de sábado (26) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Os eventuais recursos contra o resultado das notas preliminares deverão ser feitos através de formulário disponibilizado no site do MPRN, no link concursos, opção estagiários, e enviado para o e-mail: [email protected], em até dois dias úteis, a contar da publicação no Diário Oficial.

Para ver as listas e notas, clique abaixo:

Copa do Nordeste: confira duelos da 2ª rodada e classificação.; entenda forma de disputa

Copa do Nordeste seguirá a sua segunda rodada até o próximo domingo(27). Diferentemente de outros anos, a competição está dividida em dois grupos, com oito times em cada um. No total, serão realizados oito jogos na primeira fase, com confrontos envolvendo times de grupos distintos.

Classificam os quatro melhores colocados em cada grupo. As fases de quartas de finais e semifinais também mudaram. Vão ser disputadas em jogo único, com mando do time de melhor campanha.

Apenas as finais serão disputadas em partidas de ida e volta.

Veja próximos duelos e classificação:

Classificação

Reprodução: Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. artur disse:

    Não vi os jogos do mequinha na tabela kkkkkkkkkkk pega fogo cabaré kkkkkkkkkkk

ABC visita o ASSU e América recebe o Palmeira em jogos atrasados neste meio de semana; veja a classificação do 1º turno do Campeonato Potiguar

Reprodução: FNF

Em jogos remarcados, válidos pela terceira rodada do 1º turno, no Campeonato Potiguar, ASSU e ABC duelam na noite desta quarta-feira(23), às 19h, no estádio Edgarzão. Na quinta-feira(24), América e Palmeira se enfrentam no estádio Arena das Dunas, às 20h.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lenilson Soares disse:

    O América tem um bom treinador mais o time de veteranos é uma piada de muito mal gosto. O pênalti perdido contra o ABC foi uma vergonha em dois atos.
    Primeiro o pênalti foi batido com total displicência e sem compromisso com o resultado.
    Segundo o mesmo perna de pau teve a chance de redimir a brincadeira e deu uma cabeçada tão fraca que mais pareceu está atrasando a bola para o goleiro.
    O América comete os mesmos erros todo ano e o time vem ladeira abaixo de forma vergonhosa.
    Na base do América tem no mínimo 08 jogadores melhores que os medalhões do time titular. Mas parece que jogar e valorizar a base não dá o retorno que esperam, então ficam os medalhões sem rendimento e o time vai sendo desmoralizado a cada final de competição.

    • Naldinho disse:

      Omi. Se max tivesse feito o gol no rebote, seria anulado pois não foi o goleiro que rebateu. Foi a trave e ela é neutra portanto seria impedimento.

    • Flávio A disse:

      Rapaz esse Max nunca jogou nem pedra na lua. A única coisa que fez foi um gol contra o Atlético Mineiro, aí alguns idolatram esse cara, que nem domínio da pelota ele tem. A zaga é mais lenta que crianças de dois anos em velocípedes. Enfim melhor colocar sub 20 para jogar do que gastar dinheiro com esses sujeitos.

Invicta, Argentina avança em 1º com Messi artilheiro; Bósnia derrota o Irã e ambos se despedem

Na melhor apresentação da Argentina nesta Copa do Mundo, Lionel Messi marcou duas vezes nesta quarta-feira na vitória sobre a Nigéria, por 3 a 2, em um Beira-Rio vestido de azul e branco, em Porto Alegre, e garantiu aproveitamento 100% de sua seleção, terminando na primeira colocação no Grupo F. Apesar da derrota, o time africano também avançou às oitavas de final.

A Argentina terminou a primeira fase da Copa com nove pontos, repetindo a sequência vitoriosa de Colômbia e Holanda, à frente da segunda colocada Nigéria, que ficou com quatro pontos. A Bósnia ficou com três, ao vencer o Irã, que terminou com apenas um ponto.

De quebra, a seleção argentina tem agora um dos artilheiros da Copa. Com os dois desta quarta-feira, Messi acumula quatro gols, empatando com Neymar. Ele também foi o primeiro jogador da sua seleção a marcar quatro gols seguidos – um na estreia, outro no segundo jogo e dois contra a Nigéria – desde Maradona, em 1986.

Além da exibição do craque, os cerca de 20 mil argentinos que compareceram ao Beira-Rio puderam assistir a um jogo eletrizante, principalmente no início dos dois tempos. Foram dois gols no começo de cada etapa e bons lances ofensivos dos dois lados.

Em festa no Beira-Rio, a empolgada torcida argentina contribuiu para pintar de azul e branco o reduto vermelho do Internacional, que teve que aceitar as cores do arquirrival Grêmio dominando nas arquibancadas do seu estádio.

Nas oitavas de final, a Argentina vai cruzar com o segundo colocado do Grupo E, possivelmente Suíça ou Equador, no dia 1º de julho, no Itaquerão, em São Paulo. E a Nigéria duelará com o líder desta mesma chave, cuja favorita é a França, em 30 de junho, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Sem esforço, Bósnia derrota o Irã e ambos se despedem

O Irã bem que tentou, mostrou-se valente nas partidas contra Nigéria e Argentina e complicou para ambas, mas confirmou-se como uma das seleções mais fracas da Copa do Mundo nesta quarta-feira. Mesmo diante de uma Bósnia-Herzegovina desanimada e desinteressada, que entrou em campo já eliminada, os asiáticos mal levaram perigo e foram dominados. Melhor para os bósnios, que aproveitaram as poucas chances que tiveram para vencer por 3 a 1, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e voltarão para casa podendo celebrar ao menos seu primeiro triunfo na história dos Mundiais.

Além disso, a Bósnia deixou a lanterna do Grupo F nas mãos do Irã – três pontos contra um -, mas a classificação à próxima fase ficou com Argentina e Nigéria. Nesta quarta, os bósnios nem forçaram muito, até porque já não tinham grandes pretensões, mas fizeram o suficiente para vencer. Os iranianos até tentaram algo diferente em busca de uma improvável classificação, foram para cima no segundo tempo, mas aí deixaram exposta toda a fragilidade técnica de uma seleção que se destacou somente pelo empenho nesta Copa.

A partida desta quarta ainda encerrou a sequência de grandes confrontos na Arena Fonte Nova, que havia recebido alguns dos melhores jogos do Mundial (Espanha 1 x 5 Holanda, Alemanha 4 x 0 Portugal e Suíça 2 x 5 França), mas ao menos manteve a alta média de gols em Salvador: são 21 em quatro partidas. Talvez se soubessem que o duelo manteria a chuva de gols na capital baiana, mais torcedores tivessem ido ao estádio. Foram apenas 48.011, na pior marca da arena nesta Copa.

 

Agência Estado

HISTÓRICO: Brasil vence a Hungria e vai para as semis do Mundial de Handebol

 1524944_704188369603974_997946617_nO Brasil entrou com tudo em quadra na partida desta quarta-feira pelas quartas de final do Mundial Feminino de Handebol. Abusando da raça e da força de vontade, as brasileiras venceram a Hungria por 33 a 31 e colocaram o Brasil entre as quatro melhores seleções do mundo pela primeira vez na história.

A tática brasileira, revelada por Duda pouco antes do jogo, foi abusar do estilo vibrante brasileiro para irritar as húngaras. Segundo a armadora, que joga na Hungria, as europeias ficam incomodadas com os gritos das brasileiras a cada gol e com a raça dentro de quadra.

E assim foi desde o primeiro minuto. Cheias de vontade, as brasileiras começaram o jogo com boa vantagem no placar, chegando a abrir 5 a 1 no início da partida.

Na metade do primeiro tempo, porém, o ritmo brasileiro caiu e o excesso de vontade atrapalhou. Aos dezessete  minutos, o Brasil ficou com três jogadoras fora de quadra, punidas com dois minutos.

Fabiana Diniz e Babi estavam fora do jogo por faltas cometidas quando, em uma substituição, a goleira Maíssa entrou em quadra antes da saída de Babi. Por isso, o Brasil foi punido com a saída de mais uma atleta, desta vez Ana Rodrigues, quando a Hungria estava no ataque.

Mas a goleira Maíssa se redimiu com uma grande defesa. Na jogada seguinte, a situação complicou ainda mais para as brasileiras. Dani Cavaleiro exagerou na marcação, causou sete metros e também foi punida com dois minutos, deixando o Brasil com apenas duas atletas na linha por 18 segundos.

O susto desestruturou a equipe que, mesmo após conversa no intervalo de jogo, perdeu consistência na defesa e viu as húngaras passarem à frente no placar na segunda etapa de jogo e levantar a torcida na Sérvia.

A partir de então, a ansiedade tomou conta da partida, com muitos erros de ataque de ambos os lados. O time brasileiro parecia perdido em quadra, sem paciência para armar as jogadas. Mas um vacilo das húngaras permitiu contra-ataque de Fernanda da Silva, que empatou o jogo e levou para a prorrogação.

No tempo extra, ainda mais emoção. As húngaras saíram na frente, pressionando as brasileiras com um gol nos primeiros cinco minutos, mas após o primeiro intervalo da prorrogação, o Brasil voltou a empatar e equilibrar o jogo, que, mesmo após os primeiros 10 minutos extras, continuou com o placar igual, em 29 a 29, e foi para a segunda prorrogação. O jogo continuou equilibrado e cada ataque valia a definição do jogo, mas o Brasil entrou para vencer e tinha a melhor jogadora do mundo em quadra.

Com um gol de sete metros, e outro de ataque, Alexandra Nascimento colocou o Brasil à frente do placar, com 33 a 31 e definiu a partida, para a emoção do time brasileiro. O apito final, que decretou a vaga histórica do Brasil nas semifinais, levou as atletas às lágrimas ainda dentro de quadra. Além de garantir a marca histórica, este time superou a eliminação do último Mundial com a vitória sobre a Hungria. Em 2011, as brasileiras perderam nas quartas de final para a Espanha, em casa.

O próximo adversário do Brasil na competição será o vencedora da partida entre Dinamarca e Alemanha, que será disputado ainda nesta quarta-feira. O jogo será disputado no próximo dia 20 de dezembro, às 15h, horário de Brasília.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo kasinsk disse:

    Tirando o nome pomposo aí, dessa tal Comissão Intersetorial, quero saber de uma providência simples e básica, importante para a segurança da população, que é tirar os carros e devolver as calçadas ao cidadão. Quando a lei será cumprida, sr. prefeito? E a Câmara? Que faz?, além de distribuir comendas e troféus e mandar beijinho para o Flamengo?

Ponte Preta faz história, ignora o Velez na Argentina, vence e pega São Paulo na semifinal da Copa Sul-Americana

A Ponte Preta fez história na noite desta quinta-feira (7). Pelas quartas-de-finais, o time paulista após empatar em 0 a 0 em Campinas, conseguiu vencer o poderoso Velez Sarsfield da Argentina, pelo placar de 2 a 0, e se classificou para a fase semifinal da Copa Sul- Americana. Os gols do time brasileiro foram marcados todos na etapa final. Elias, aos 3, e Fernando Bob, aos 48.

Com o resultado, a “macaca” encara o São Paulo. Vale lembrar que o campeão da competição garante vaga na Copa Libertadores da América 2014. O primeiro confronto está marcado para o dia 20.

Rússia e Bósnia se classificam para Copa do Mundo de 2014

Rússia e Bósnia se classificaram hoje (15) para a Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil. A Rússia empatou com o Azerbaijão em 1 a 1, mas, mesmo assim, ficou em primeiro lugar em seu grupo, um ponto à frente de Portugal. A Bósnia venceu por 1 a 0 a Lituânia, e se classificou para Copa, porque obteve saldo de gols melhor do que a Grécia.

Mais duas seleções europeias vão confirmar a vaga na Copa hoje. Inglaterra e Ucrânia disputam a vaga do Grupo H, enquanto Espanha e França jogam pela primeira colocação do Grupo I. A Inglaterra joga contra a Polônia. Está com um ponto a mais do que a Ucrânia, que enfrenta San Marino. A Espanha joga contra a Geórgia, ao mesmo tempo em que a França, com três pontos a menos do que a Espanha, joga contra a Finlândia.

Ao todo, 16 seleções estão garantidas na Copa 2014. Além do Brasil, estão classificados Argentina, Colômbia, Estados Unidos, Costa Rica, Japão, Austrália, Irã, Coreia do Sul, Alemanha, Itália, Holanda, Bélgica, Suíça, Rússia e Bósnia.

Agência Brasil

De olho nela: Bélgica se garante na Copa do Mundo após vencer a Croácia

thumbA badalada seleção da Bélgica garantiu seu retorno à Copa do Mundo. A equipe derrotou a Croácia em Zagreb, nesta sexta-feira, e carimbou o seu passaporte para o Brasil com uma rodada de antecipação. Com a vitória por 2 a 1, chegou aos 25 pontos, contra 17 dos rivais, que já estão na segunda posição, e podem se garantir na repescagem.

O herói da Bélgica foi Lukaku, que logo aos 15 minutos do primeiro tempo começou a escrever seu nome na história da partida. Recebeu passe do volante Defour, do Porto, driblou o goleiro e chutou. Ainda na etapa inicial, entrou em uma dividida com um zagueiro rival, depois novamente, e a bola acabou sobrando novamente para ele, que sozinho, ampliou.

Já no fim, Kranjcar diminuiu, mas a Croácia já não tinha a menor condição de empatar, e muito menos virar o jogo. Apenas a vitória ainda deixava a seleção croata com alguma chance de se classificar diretamente.

A Croácia já está garantida na segunda posição, e precisa ser uma das oito melhores desta colocação para ir à repescagem.

Lance

FOTOS: Natalense, Simona Talma é escolhida por Carlinhos Brown no The Voice Brasil II e se emociona

Untitled-1 Untitled-2 Untitled-3 Untitled-4 Untitled-5A potiguar cantou a difícil música “Tango de Nancy”, de Chico Buarque e Edu Lobo. Para seguir na competição, um dos técnicos precisaria virar a cadeira, e graças a Carlinhos Brown, no último segundo de apresentação, o tão esperado sonho aconteceu.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. https://www.facebook.com/RooMelodia disse:

    Aí, conterrânea. faça aquela calma na alma.
    Deixe seus músculos faciais explodirem como
    um tufão em suas interpretações.
    O que importa não é só você ganhar.
    Deixe sua marca.
    arregaça os beiços como se expressa o Mick Jagger.
    Perdoe-me se pareci irônico por não te conhecer
    pessoalmente e fazer-te essa impressão.
    Mas quem vivi nesse meio precisa de
    apoio; esse é o meu jeito.
    viva a música potiguar, por você está aí!
    Boa sorte.

  2. Carolinne disse:

    Fantástica a apresenteção da Simona Talma. Já fui a vários shows dela e ela é sempre assim, ouvir a Simona cantar é sempre uma emoção! Maravilhosa! 😀

  3. eliana torres dos santos disse:

    VAMOS IMITAR OS PERNAMBUCANOS EOS BAIANOS QUE VALORIZAM SEUS ARTISTAS… E PRESTIGIAR , SIMONA TALMA É PRATA DA CASA VAMOS LÁ RN, REPRESENTOU MUITO BEM, ELA É MARAVILHOSA

    • Romário disse:

      Simona Talma não representou somente a nossa cidade em sua interpretação, mas, sim, o Brasil como um todo. Ela trouxe uma apresentação limpa, excelente na escolha da música e, corrigindo o que Brown falou sobre voz "humilde", eu falaria de uma voz única e um cantar simples. Acredito que as pessoas precisam despertar para a beleza do simples, que, como ela fez, tornou a performance muito mais real e sincera.