SISU: Estudantes selecionados têm até hoje para fazer a matrícula

Os estudantes selecionados na chamada regular do segundo semestre do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) têm até as 23h59 desta segunda-feira, 17 de junho, para fazer a matrícula na instituição de ensino superior. Também hoje se encerra o período para o candidato manifestar interesse em se inscrever na lista de espera.

Cabe aos candidatos verificar os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em edital próprio para não perder a oportunidade. O resultado da chamada única do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi divulgado na segunda-feira da semana passada, 10, e está disponível no site do programa.

Para o segundo semestre de 2019, o Sisu registrou 1.213.679 inscrições, número 24,3% superior ao de 2018 (976.765).O pré-requisito para concorrer ao Sisu é ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 e obtido nota acima de zero na redação. O resultado está disponível no site do Sisu. Para conferir, é necessário informar o número de inscrição e a senha do Enem 2018.

Inscrições para o Sisu estão abertas a partir desta quinta

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Instituições públicas de educação superior podem aderir a partir desta quinta-feira (p2) à edição do segundo semestre de 2019 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo para formalizar da adesão, que deve ser feita exclusivamente pela página eletrônica do Sisu Gestão se encerra às 23h59 do dia 10 de maio.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação pelo qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Podem concorrer às vagas para o segundo semestre deste ano estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação.

Os candidatos devem se inscrever no processo seletivo em até duas opções de vaga, especificando, em ordem de preferência, as opções em instituição de educação superior participante, com local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência.

Serão considerados selecionados os classificados dentro do número de vagas ofertadas em cada curso, por modalidade de concorrência.

Agência Brasil

 

UFRN cadastra aprovados e suplentes da segunda chamada do Sisu

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza desde a última quinta-feira, 14, o cadastramento dos convocados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para preenchimento das vagas remanescentes pelos candidatos que se inscreveram na lista de espera. O atendimento dos aprovados nos campi de Natal e Macaíba segue nos dias 15, 16 e 18 de fevereiro, na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) do campus central, em Natal. Para os demais campi, o cadastramento ocorre de 14 a 16 de fevereiro no Centro Regional de Ensino Superior (CERES) de Caicó e até esta sexta-feira, 15, nos campi de Currais Novos e Santa Cruz.

O atendimento acontece das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, com divisão por datas e turnos específicos para cada curso da UFRN. Devem comparecer tanto os aprovados efetivos quanto os suplentes, que podem realizar o cadastramento por procuração pública com firma reconhecida em cartório. O candidato que não comparecer nos prazos e locais indicados em edital, ou que apresentar documentação incorreta ou incompleta, será eliminado do processo de preenchimento de vagas remanescentes e impedido de compor o cadastro de reserva para futuras convocações.

A lista de convocados da segunda chamada está disponível no endereço www.sisu.ufrn.br, onde os candidatos também encontram o edital para conferir os documentos necessários, horários de cadastramento e outras informações importantes.

Com informações da UFRN

UFRN divulga segunda chamada do Sisu

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulgou nesta segunda-feira, 11, a segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para preenchimento das vagas remanescentes pelos candidatos que se inscreveram na lista de espera. Os convocados na primeira chamada regular ocuparam 5.050 das 6.933 vagas oferecidas para ingresso via Sisu, o que corresponde a 73% do total. O cadastramento dos novos aprovados será realizado a partir desta quinta-feira, 14, em dias e horários específicos para cada curso.

Os aprovados nos campi de Natal e Macaíba serão cadastrados nos dias 14, 15, 16 e 18 de fevereiro, na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) do campus central, em Natal. Para os demais campi, o cadastramento ocorre de 14 a 16 de fevereiro no Centro Regional de Ensino Superior (CERES) de Caicó e entre os dias 14 e 15 nos campi de Currais Novos e Santa Cruz, que recebem os aprovados nos respectivos locais.

O atendimento acontece das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, com divisão por datas e turnos para cada curso da UFRN. Devem comparecer tanto os aprovados para o primeiro quanto para o segundo semestre, que podem realizar o cadastramento por procuração pública com firma reconhecida em cartório. O candidato que não comparecer nos prazos e locais indicados em edital, ou que apresentar documentação incorreta ou incompleta, será eliminado do processo de preenchimento de vagas remanescentes e impedido de compor o cadastro de reserva para futuras convocações.

A lista de convocados da segunda chamada está disponível no endereço www.sisu.ufrn.br, onde os candidatos também encontram o edital para conferir os documentos necessários, horários de cadastramento e outras informações importantes.

Candidatos têm até esta terça para participar da lista de espera do Sisu

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Este terça-feira (5) é o último dia para participar da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo vale para os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso.

A adesão deve ser feita na página do Sisu. Os candidatos podem escolher entrar na lista de espera para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Os alunos na lista serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro. Os candidatos deverão acompanhar as convocações.

Para integrar a lista, os candidatos devem acessar o sistema e, em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu. Ao finalizar a manifestação o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

A partir desta edição do Sisu, os estudantes selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, os selecionados na segunda podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Puderam se inscrever no programa os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, mais de 1,8 milhão de candidatos se inscreveram.

Agência Brasil

 

Enem 2019: CEI Mirassol comemora aprovação de 74% dos estudantes na primeira chamada do Sisu

Nessa segunda-feira (28), foi divulgado o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e, mais uma vez, o CEI Mirassol se destacou com relação ao desempenho de estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Este ano, a escola aprovou, na primeira chamada do certame, 74% dos alunos para 13 cursos em universidades públicas federais e estaduais.

As conquistas englobam aprovações nas três áreas científicas de graduação superior (Humanas, Exatas e Biomédica), e incluem os cursos de medicina, direito, engenharia civil, letras-inglês, CeT, engenharia da computação, tecnologia da informação, odontologia, engenharia de produção, administração, jornalismo, farmácia e engenharia têxtil.

Se destacando entre os futuros universitários que partem do CEI Mirassol rumo à vida acadêmica estão os alunos Yago Fernandes e Caio Fonseca, ambos aprovados em medicina (UFRN e UFPB, respectivamente); as feras da computação, Lucas Agnez, aprovado em segundo lugar no curso de Tecnologia da Informação (UFRN), e Ana Luiza Matos, segunda melhor nota no curso de Ciência e Tecnologia (UFRN); o futuro engenheiro civil, Gustavo Henrique Carvalho, classificado em terceiro lugar na UFRN; e a garota de ouro: Ainoa Ingunza, primeira colocada no curso de letras-inglês, também na federal potiguar.

Corina Amorim, diretora pedagógica do CEI Mirassol, celebra o excelente resultado e explica que ele é decorrente da metodologia eficaz adotada pela escola. “Contamos com um turno de disciplinas regulares, um turno de aulas complementares e turmas divididas por áreas de interesses. Também intensificamos o apoio psicológico com testes vocacionais profissionais. Além disso, é essencial destacar a importância da forte parceria que envolve os nossos profissionais capacitados, os alunos sempre dedicados e a participação constante das famílias. Trabalhamos firmes na preparação e orientação para o Sisu deste ano e o resultado foi mais do que satisfatório”, declarou a educadora.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Abrahão disse:

    Filho do pobre so lhe resta subempregos, meritocracia é uma falácia , deveriam ir para as privadas a grande maioria dessed filinhos de papai. Esse país n mudará enquanto isso permanecer….

  2. FRASQUEIRINO TRI CAMPEAO disse:

    Começaram as estatísticas dos colégios e dos cursinhos pre Enem em Natal. Cada um se considerando melhor que o outro.

UFRN, IFRN e Ufersa iniciam nesta quarta-feira matrículas de selecionados no Sisu

Começam nesta quarta-feira (30) as matrículas para seus novos alunos das instituições federais e estaduais que disponibilizaram vagas para seus cursos de nível superior no Sisu 2019. No Rio Grande do Norte, mais de 13 mil vagas foram disponibilizadas neste ano no Rio Grande do Norte, em seleção que os candidatos usaram as notas do Enem 2018.

Veja abaixo informações sobre as matrículas em cada uma das instituições:

UFRN

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) inicia nesta quarta-feira, 30, o cadastramento e matrícula dos convocados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os aprovados nos campi de Natal e Macaíba serão cadastrados nos dias 30, 31, 1º e 4 de fevereiro, na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) do campus central, em Natal. Para os demais campi, o cadastramento ocorre nos dias 30, 31 e 1º no Centro Regional de Ensino Superior (CERES) de Caicó e entre os dias 31 de janeiro e 1º de fevereiro nos campi de Currais Novos e Santa Cruz, que recebem os aprovados nos respectivos locais.

O atendimento aos candidatos acontece das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, com divisão por datas e turnos específicos para cada curso da UFRN. Devem comparecer tanto os aprovados para o primeiro quanto para o segundo semestre, que podem realizar o cadastramento por procuração pública com firma reconhecida em cartório. A pró-reitora de Graduação da UFRN, Maria das Vitórias Vieira Almeida de Sá, ressalta a importância de consultar o edital para conferir os dias de atendimento e os documentos requeridos para verificação de conformidade com as exigências para ingresso na instituição.

O cadastramento deste ano também terá bancas de validação dos candidatos classificados para as vagas reservadas às pessoas com deficiência, incluídas no Sisu pelo segundo ano consecutivo. Na UFRN, os aprovados nesse grupo deverão apresentar os termos, exames e laudos comprobatórios para análise da banca, formada por 15 profissionais das áreas educacional, psicossocial e de saúde, que emitirá um parecer final relativo à deficiência alegada. Caso o cadastramento seja realizado por meio de procurador, o candidato deverá submeter-se à avaliação da banca em data agendada pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd).

Os documentos necessários, horários de cadastramento e outras informações estão disponíveis em edital, que pode ser acessado no endereço  www.sisu.ufrn.br.

Lista de espera

A UFRN oferece 6.933 vagas para ingresso por meio do Sisu, sendo 4.649 para o primeiro semestre e 2.284 para o 2º semestre, distribuídas entre os 107 cursos ofertados pela instituição. Os candidatos que não foram convocados têm até o dia 4 de fevereiro para manifestar no site www.sisu.mec.gov.br o interesse em participar da lista de espera, que será utilizada para preenchimento das vagas remanescentes. Neste ano, o estudante selecionado na primeira chamada regular em uma de suas opções, independentemente de ter feito a matrícula, não pode participar da lista de espera.

O resultado da segunda chamada será divulgado em 11 de fevereiro, já o cadastramento e matrícula ocorrem de 14 a 18 de fevereiro em Natal, 14 a 16 em Caicó e nos dias 14 e 15 em Currais Novos e Santa Cruz.

Ufersa

A Universidade Federal do Semiárido (Ufersa) começa a receber os documentos para cadastramento dos alunos também nesta quarta-feira (30) e segue até o dia 4 de fevereiro. Os selecionados devem ficar atentos ao cronograma de entrega da documentação, que está dividido por campus, dia e curso. Confira a tabela de dias e horários para cada curso.

Acesse aqui para conferir a lista de documentos, cronograma e orientações da Ufersa.

IFRN

O cadastramento na instituição também segue até o dia 4 deste mês. Todas as informações e documentos necessários foram especificados no edital da seleção, que pode ser conferido aqui.

O IFRN abiu 1032 vagas de seleção, sendo 366 vagas para os cursos de licenciatura (disponíveis em dez dos campi do Instituto), 626 vagas para cursos de tecnologia (ofertadas em 12 campi), além das 40 vagas para o curso de Engenharia de Energias, no Campus Natal-Central.

UERN

A Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, que disponibilizou 2.424 vagas em cursos de graduação pelo Sisu, só começa a realizar a matrícula dos novos alunos no dia 4 de fevereiro. O cadastramento segue até o dia 8 do mesmo mês. Segundo a instituição, o edital de convocação, com todos os detalhes, será publicado nesta terça-feira (29) e poderá ser consultado no site da instituição.

Começa o prazo para participar da lista de espera do Sisu

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) podem, a partir desta terça-feira(29), integrar a lista de espera do programa. O prazo para que isso seja feito vai até o dia 5 de fevereiro.

A adesão pode ser feita na página do Sisu. Os candidatos podem escolher entrar na lista de espera para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição.
Os alunos na lista serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

A partir desta edição do Sisu, os estudantes que foram selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, aqueles que eram selecionados na segunda podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

O resultado do Sisu está disponível desde ontem (28). Aqueles que foram selecionados devem fazer a matrícula nas instituições de ensino, no período de 30 de janeiro a 4 de fevereiro.

Os estudantes devem ficar atentos aos dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital próprio.

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Puderam se inscrever no programa os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, mais de 1,8 milhão de candidatos se inscreveram.

Agência Brasil

 

MEC prorroga inscrições do Sisu para dia 27

FOTO: Sisu/MEC

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) até as 23h59, no horário de Brasília, de domingo (27). As inscrições se encerrariam nesta sexta-feira (25).

Desde o primeiro dia de inscrição, estudantes relatam dificuldade de acessar o site e problemas na hora de fazer a inscrição.

“O sistema está funcionando de forma estável nesta quinta-feira (24) e a lentidão eventualmente registrada resulta do volume massivo de acessos simultâneos. O MEC continua realizando todos os procedimentos técnicos para que o sistema continue estável”, diz a pasta em nota.

O MEC também decidiu rever as divulgações de nota de corte. A partir de hoje as notas serão divulgadas apenas à 0h, como era feito nos últimos anos. Nesta edição a pasta começou a divulgar as notas cinco vezes por dia.

“A medida foi adotada para não prejudicar os estudantes que ainda não realizaram sua inscrição e melhorar o acesso devido ao alto tráfego existente”, justificou.

O resultado da seleção está mantido para segunda-feira (28), conforme calendário divulgado anteriormente.

Agência Brasil

 

Começam inscrições no Sisu para universidades de todo país; UFRN com 6.933 vagas

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) recebe, a partir desta terça-feira, 22, as inscrições para os interessados em ingressar em Instituições de Ensino Superior (IES) públicas em todo o país. Podem participar, até sexta-feira, 25, os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e não tiraram nota zero na prova de redação. As inscrições devem ser feitas na página do programa, www.sisu.mec.gov.br.

Para este ano, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) dispõe de 6.933 vagas para ingresso por meio do Sisu, sendo 4.649 para o primeiro semestre e 2.284 para o 2º semestre, distribuídas entre os 107 cursos ofertados pela instituição. A lista dos convocados na primeira chamada será disponibilizada pelo Ministério da Educação (MEC) na segunda-feira, 28.

A pró-reitora Maria das Vitórias Vieira Almeida de Sá, da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), ressalta que neste ano há uma novidade nas regras da lista de espera. Agora, o estudante selecionado  na chamada regular em uma de suas opções, independentemente de ter feito a matrícula, não pode participar da lista de espera. Caso não tenha sido selecionado, pode ficar na lista de espera de uma das opções escolhidas, apenas. Com isso, espera-se reduzir o tempo de convocação e matricular todos os estudantes no início do período letivo.

O cadastramento dos alunos aprovados na primeira chamada da UFRN será realizado a partir da próxima quarta-feira, 30, até o dia 4 de fevereiro, enquanto as matrículas dos convocados da lista de espera estão previstas para acontecer entre os dias 14 e 18 de fevereiro. Informações sobre os locais de matrícula, horários e documentação necessária podem ser acessadas no edital de cadastramento, disponível na página www.sisu.ufrn.br.

Com informações da UFRN

Publicado edital de seleção do IFRN para cursos de Graduação via Sisu

A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) do IFRN, divulgou o Edital 43/2018 referente a abertura das inscrições para o Processo Seletivo dos Cursos Superiores de Graduação ofertados pelo IFRN, via Sistema de Seleção Unificada (Sisu), com ingresso para o 1º semestre de 2019.

As inscrições no Sisu estarão abertas no período de 22 ao dia 25 de janeiro de 2019, até às 23h59, de acordo com o horário oficial de Brasília-DF, e serão efetuadas exclusivamente no Portal do SiSU. Caso o candidato não tenha acesso à internet, a inscrição poderá ser realizada presencialmente em qualquer um dos campi do IFRN, seguindo os horários pré-estabelecidos no edital.

Avaliação

Para efeito de cálculo da nota final do candidato serão utilizadas as notas obtidas nas avaliações de cada uma das áreas de conhecimento do Enem 2018 (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Redação), não sendo atribuídos pesos diferenciados. O candidato que desejar participar da lista de espera deverá obrigatoriamente confirmar no Portal do SiSU o interesse na(s) vaga(s) durante o período especificado pelo Ministério da Educação, no Edital nº 83/2018. O processo seletivo do Sisu referente à primeira edição de 2019, será constituído de 1 (uma) única chamada regular, que será divulgada no dia 28 de janeiro de 2019.

Acesse

Edital Nº 43/2018 – Proen/IFRN

Site do Sisu

Com informações do IFRN

 

Lista de vagas do Sisu está disponível; inscrições começam nesta terça

Os estudantes que querem concorrer a um lugar no ensino superior em instituições públicas podem consultar as vagas disponíveis no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). É possível fazer consultas por curso, por instituição de ensino e por município. As inscrições para o segundo semestre começam nesta terça-feira (12) e vão até o dia 15.

Neste processo seletivo, o Sisu vai oferecer 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior, segundo o Ministério da Educação.

Pode concorrer às vagas quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obteve nota acima de zero em redação. Todo o processo de inscrição é feito exclusivamente pela internet, na página do Sisu.

Ao ingressar no sistema, o candidato deverá escolher, por ordem de preferência, até duas opções de curso entre as vagas ofertadas. É possível alterar essas opções durante todo o período de inscrição. A última modificação confirmada é a considerada válida.

As vagas serão oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de educação tecnológica, 27 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e 30 universidades.

O resultado da chamada regular está previsto para o dia 18 de junho. O período de matrícula vai de 22 até 28 de junho e o prazo para participar da lista de espera é de 22 a 27 de junho.

Agência Brasil

UFRN inicia cadastramento e matrícula de alunos nesta segunda-feira da primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) começa nesta segunda-feira, 5, o cadastramento e matrícula dos candidatos convocados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que devem apresentar os documentos requeridos para verificação de conformidade com as exigências para ingresso na instituição. Os aprovados nos campi de Natal e Macaíba serão cadastrados entre os dias 5 e 8, na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) do campus central, em Natal. Para os demais campi, o cadastramento ocorre de 6 a 8 no Centro Regional de Ensino Superior (CERES) de Caicó e entre os dias 7 e 8 nos campi de Currais Novos e Santa Cruz, que recebem os aprovados nos respectivos locais.

O atendimento aos candidatos acontece das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, com divisão por datas e turnos específicos para cada curso da UFRN. A coordenadora geral do cadastramento, Andressa Medeiros Albuquerque, ressalta que devem comparecer tanto os aprovados para o primeiro como para o segundo semestre, mas estes últimos serão matriculados apenas de 19 a 21 de julho. “É importante ler com atenção a lista de documentos necessários para o cadastramento, que pode ser realizado por meio de procuração. Já a confirmação de vínculo deve ser efetuada pessoalmente pelos estudantes nas coordenações dos respectivos cursos, de 19 a 28 de fevereiro”, alerta.

O cadastramento deste ano também terá bancas de validação dos candidatos classificados para as vagas reservadas às pessoas com deficiência, incluídas pela primeira vez no Sisu. Na UFRN, os 367 aprovados nesse grupo deverão apresentar os termos, exames e laudos comprobatórios para análise da banca, que irá emitir um parecer final relativo à deficiência alegada. Caso o cadastramento seja realizado por meio de procurador, o candidato deverá submeter-se à avaliação da banca em data agendada pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd).

Os documentos necessários, horários de cadastramento e outras informações estão disponíveis em edital, que pode ser acessado no endereço  www.sisu.ufrn.br.

Lista de espera

Espera-se que 60% das 6.923 vagas disponíveis na UFRN sejam preenchidas no cadastramento dos aprovados na primeira chamada do Sisu. Os candidatos que não foram convocados têm até o dia 7 de fevereiro para manifestar no site www.sisu.mec.gov.br o interesse em participar da lista de espera, que será utilizada para preenchimento das vagas remanescentes. O resultado da segunda chamada será divulgado em 19 de fevereiro, já o cadastramento e matrícula ocorrem de 21 a 24 de fevereiro em Natal, 21 a 23 em Caicó e nos dias 22 e 23 em Currais Novos e Santa Cruz.

UFRN define quadro de vagas para Sisu

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovou na manhã desta terça-feira, 10, o quadro de vagas que a Instituição oferece neste ano através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ao todo, serão 6923 oportunidades pelo Sistema, das quais 4639 para o primeiro semestre e 2284 para o segundo.

A proposta foi aprovada sob a relatoria da conselheira Maria das Vitórias Vieira Almeida de Sá durante a oitava sessão extraordinária do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe). Em seu parecer, ela identificou que todas as propostas de acréscimo feitas pelos Centros Acadêmicos foram aceitas, resultando em mudanças no número de vagas nos seguintes cursos: Letras-Inglês, Letras-Língua Portuguesa, Canto e Instrumento, Pedagogia e Geografia, estes dois últimos vinculados ao Ceres de Caicó. Outra modificação é que o curso de Ciências da Computação passa a ofertar vagas para 2º ciclo.

A mesma resolução, também, delimitou as vagas que a UFRN oferece através de outros processos seletivos. Neste caso, o Processo Seletivo Específico, que é aplicado nos cursos de Dança, Letras Libras, Música e Teatro, serão 205 vagas; para cursos de 2º ciclo, 750 oportunidades; Programa Estudantes Convênio de Graduação (PEC G), com 98 vagas; convênio com instituições do Timor-Leste 44; por fim, 49 vagas para mobilidade interna, casos em que o estudante muda para o mesmo curso de outro campus. Somando estes números com o do Sisu, a UFRN oferece oportunidades para 8069 novos alunos ingressarem na Instituição. A Pró-Reitoria de Graduação publica ainda esta semana o edital completo no endereço www.sisu.ufrn.br.

Com informações da UFRN

Sisu: nota de corte parcial mais alta de medicina é da UFRN, no campus de Caicó, com 891,29 pontos

A nota de corte parcial mais alta do Sistema de Seleção Única (Sisu) para medicina é da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), no campus de Caicó: 891,29 pontos.

Dos 85 cursos dessa carreira ofertados, o que apresenta nota de corte mais baixa é o da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, em Santo Antônio de Jesus – 752,26 pontos. A comparação tomou como base as vagas de ampla concorrência – ou seja, as que não envolvem cotas raciais ou sociais.

Todos os dias, até sexta-feira (27), a 1h da madrugada, o sistema disponível em http://sisu.mec.gov.br/ atualizará as notas com base no desempenho dos inscritos. Se uma universidade disponibiliza 10 vagas, por exemplo, a nota de corte será a de quem tiver o décimo melhor desempenho, entre aqueles que se candidataram.

O sistema revela estas notas para que os estudantes possam estimar se possuem alguma chance de serem aprovados em cada instituição de ensino.

Top 10 – ampla concorrência

UFRN – UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE – 891,29
UNIPAMPA – FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA – 869,71
UNB – UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA – 830,09
UFPR – UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ – 826,54
UFPE – UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO – 822,97
UFRJ – UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO – 820,48
UFAL – UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS – 819,61
UFSC – UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA – 814,42
UFOP – UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO – 812,21
UFMG – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS – 809,42
UEMG – UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS – 809,25
UFTM – UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO – 805,2
UFRJ – UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO – 802,33
UFF – UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE – 802,26
UFJF – UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA – 802,02

Notas de cotas sociais e raciais mais altas

Considerando as notas de corte parciais das vagas que envolvem algum tipo de cota em medicina, a mais alta também é da Universidade Federal do Rio Grande do Norte: 891,29, mesma pontuação da ampla concorrência.

A categoria que exige esta nota é para candidatos que concluíram o ensino fundamental e cursaram todo o ensino médio em escolas públicas ou provadas das microrregiões de Borborema Potiguar-RN, Seridó Ocidental-RN, Seridó Oriental-RN, Agreste Potiguar-RN, Angicos-RN, Serra de Santana-RN, Vale do Açu-RN, Catolé do Rocha-PB, Curimataú Ocidental-PB, Curimataú Oriental-PB, Patos-PB, Seridó Ocidental Paraibano-PB, Seridó Oriental Paraibano-PB ou Sousa-PB. Estes candidatos recebem 20% de bônus na nota do Enem 2016.

A segunda nota mais alta também é de cota regional: 869,71 pontos, na Unipampa. Em terceiro lugar, estão as vagas para “candidato de cor preta ou parda e com traços fenotípicos que o caracterizem como negro”, na Universidade de Brasília (UNB), no campus universitário Darcy Ribeiro.

Notas de cotas sociais e raciais mais baixas

A nota de corte parcial mais baixa para cotas do curso de medicina é da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS): 666,9 pontos, para indígenas. A segunda mais baixa é da Unipampa, para autodeclarados pretos, pardos e indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham feito ensino médio em escola pública – 671,98 pontos.

Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. SANDRO disse:

    pode atualizar, pois CAICÓ já está com ponto de corte em: 899,8

MEC libera últimas notas de corte do Sisu; prazo termina nesta quinta

O MEC (Ministério da Educação) divulgou nesta quinta-feira (14) as últimas notas de corte do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) 2016. Os dados das notas foram atualizados na página a 0h, antecipando o horário programado, marcado para as 9h.

Os candidatos deverão se inscrever exclusivamente pela internet, no site do Sisu, até as 23h59 (horário de Brasília) desta quinta. Para isso, é preciso ter em mãos o número de inscrição e senha usados no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2015.

Podem se inscrever aqueles que fizeram a prova do Enem 2015 e tiraram nota acima de zero na redação. Cada candidato pode escolher até duas opções de curso -a lista completa das vagas oferecidas já está disponível na página do Sisu. O sistema indicará as notas de corte para cada curso ao estudante, que vai poder alterar as opções de acordo com a nota.

Até as 18h desta quarta (13), o MEC registrava 2.217.738 inscritos. O número de inscrições chegou a 4.228.536, uma vez que cada candidato pode fazer duas opções de curso. Ao todo, o Enem 2015 teve 5,8 milhões de participantes. Serão oferecidas 228 mil vagas em 131 instituições públicas de ensino superior em todo o Brasil.

O resultado será divulgado no dia 18 de janeiro na página do Sisu e nas instituições de ensino superior e as matrículas serão realizadas nos dias 22, 25 e 26 de janeiro.

PROBLEMAS

Alguns candidatos reclamaram que o site apresentou instabilidade e ficou fora do ar por cerca de meia hora no período da manhã e da tarde desta quarta.

“Devido ao alto número de acessos simultâneos, a equipe técnica do portal do Sisu realizou no dia de ontem otimizações no sistema para melhor atender aos participantes. Para tal procedimento, o portal foi retirado do ar por cerca de 30 minutos pela manhã e pela tarde e voltou a funcionar normalmente”, disse, em nota, o MEC.

USP

Pela primeira vez, a USP utiliza o Enem para a seleção de seus calouros -a maior parte deles, estudantes do ensino médio público. Ao todo, 13,4% dos novos alunos serão selecionados pelo Sisu neste início de ano.

Essa proporção inclui os alunos de escola pública (10,5%) e os demais inscritos no Sisu (2,9%). Para a ampla concorrência, a nota de corte mais elevada registrada nesta terça foi para o curso de ABI (Área Básica de Ingresso) de Física, em São Carlos, cuja pontuação mínima exigida é de 787,64.

Folha Press