Diversos

Lendária `Coleção Vaga-Lume´ ganha novo livro depois de 13 anos sem inéditos; relembre sucessos

Foto: Reprodução

A Coleção Vaga-Lume, que revolucionou a literatura juvenil no Brasil a partir da década de 1970 e formou algumas gerações de leitores, está ganhando um novo livro depois de 13 anos sem publicar nada novo. Ponha-se no Seu Lugar, de Ana Pacheco, é uma releitura do conto clássico O Nariz, de Nikolai Gógol, de 1836. A obra conta com projeto gráfico do ilustrador Bernardo França.

No lançamento, na tarde dessa quarta-feira, 28, a Somos Educação, que comprou a Ática e em 2015 extinguiu o departamento editorial do selo logo após o anúncio da modernização da emblemática coleção e depois de ter relançado 10 títulos com novo projeto gráfico, promove um bate-papo sobre o novo livro e a Vaga-Lume (as inscrições devem ser feitas aqui). Participam, a partir das 17h, Jiro Takahashi, o editor por trás da criação da Coleção Vaga-Lume, a escritora Ana Pacheco e o escritor Luiz Puntel.

Puntel, um dos best-sellers da série, é autor de Meninos Sem Pátria, livro de 1981 que voltou ao debate em 2018, quando já estava em sua 23.ª edição, após pais de uma escola do Rio pedirem sua retirada da lista de leitura. O livro tem como pano de fundo a ditadura militar e fala sobre uma família que precisa deixar o Brasil depois que a redação do jornal em que o pai trabalha é invadida. A obra retrata, sobretudo, e com base na visão das crianças, a aventura de viver a infância e a adolescência longe de casa.

Ponha-se no Seu Lugar conta a história de Lucas, um menino que perde o seu nariz – ele foi jogado no lixo por seu inimigo. O nariz, no entanto, ganha vida própria e passa a fazer sucesso entre os jovens do colégio, conquistando até Florinha, a paixão de Lucas. O rapaz começa então sua aventura de reconquistar seu nariz e colocá-lo em seu lugar.

A Coleção Vaga-Lume surgiu num momento em que as crianças eram apresentadas à literatura por meio dos clássicos. Na reforma educacional de 1971, quando o ensino obrigatório se estendeu até a 8.ª série, o número de alunos aumentou. Além disso, foi incluída na Lei de Diretrizes e Bases uma cláusula que recomendava a preferência pela adoção de obras nacionais.

Ao longo de sua história, a coleção lançou obras como A Ilha Perdida, de Maria José Dupré; O Escaravelho do Diabo, de Lúcia Machado de Almeida, que virou filme; e A Turma da Rua Quinze, de Marçal Aquino. A coleção chegou a ter cerca de 100 títulos e reuniu, ainda, títulos de autores como Marcos Rey e Orígenes Lessa. As tiragens, no seu auge, eram de cerca de 80 mil exemplares – esgotados em cerca de um ano.

Os maiores sucessos da Coleção Vaga-Lume

A Ilha Perdida, de Maria José Dupré

O Escaravelho do Diabo, de Lúcia Machado de Almeida

A Turma da Rua Quinze, de Marçal Aquino

Meninos Sem Pátria, de Luiz Puntel

Tráfico de Anjos, de Luiz Puntel

O Caso da Borboleta Atíria, de Lúcia Machado de Almeida

Deu a Louca no Tempo, de Marcelo Duarte

Açúcar Amargo, de Luiz Puntel

A Guerra do Lanche, de Lourenço Cazarré

Menino de Asas, de Homero Homem

Terra, com Estadão

 

Opinião dos leitores

  1. Não esqueçamos do autor potiguar Homero Homem, que teve obras como 'O Cabra das Rocas' e "O Menino de Asas'.

  2. O primeiro livro que li da coleção foi:
    A serra dos dois meninos – Livro de Aristides Fraga Lima.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Investigação da Polícia Civil do RN resulta em resgate de adolescente de 13 anos levado para exploração sexual em São Paulo

Uma investigação da Delegacia Municipal de Nísia Floresta, com apoio da Polícia Civil do Estado de São Paulo, resultou no resgate, nessa terça-feira (14) de um adolescente de 13 anos, vulnerável e com deficiência mental que havia sido levado para a capital São Paulo, com o intuito de ser explorado sexualmente. A vítima morava na cidade de Nísia Floresta e havia sido subtraída por uma mulher, no dia 06 de julho deste ano.

De acordo com as investigações, uma mulher de 22 anos, suspeita de ser garota de programa teria subtraído o adolescente da residência dos familiares, localizada na Zona Rural de Nísia Floresta e o levado para São Paulo. Ela teria cometido o ato com o objetivo de submetê-lo à prostituição e teria prometido a vítima a oportunidade de ganhar dinheiro.

“Nossa equipe de Nísia Floresta identificou que a suspeita estava na capital paulista e conseguiu manter uma comunicação com a mulher, com o auxílio da internet. Durante aproximadamente quatro horas, nós negociamos para que ela entregasse o adolescente no 74º Distrito Policial de Parada de Taipas, uma delegacia mais próxima do local em que a vítima estava”, declarou o delegado titular de Nísia Floresta, Júlio Costa.

O adolescente será entregue à sua família no Rio Grande do Norte e Luciana Silva será indiciada pela Delegacia Municipal de Nísia Floresta pela prática dos crimes de subtração de incapaz e favorecimento à prostituição.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima por meio do Disque Denúncia 181 ou por meio do Disque Denúncia da DM de Nísia Floresta, no aplicativo WhatsApp, no número: (84) 98118-7675.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

FOTOS: Colecionadora de medalhas nacionais e internationals, potiguar de apenas 13 anos conquista o vice-campeonato Pan Americano de Judô no México, na categoria sub-15

Fotos: Cedidas

A potiguar Ana Beatriz Feitosa, de apenas 13 anos, conquistou o vice-campeonato Pan Americano de Judô, em Guadalajara, no México, na categoria feminino sub-15 até 44 kg.

Única potiguar convocada para defender a seleção brasileira de judô nesta competição, “Bia”, como é conhecida, teve que vencer 3 lutas contra mexicanas e americanas para chegar na final.

Com mais um expressivo resultado, “Bia”, nesse momento, torna-se a segunda das Américas, e embarca no próximo final de semana para duas últimas competições: em Blumenau/SC, para defender o RN nos Jogos Escolares da Juventude, e Fortaleza/CE, para a Copa Fortaleza Internacional de Judô, no dia 23.

Colecionadora de medalhas de trajetória expressiva

Foto: Reprodução/Instagram

Noticiada por este Blog desde as suas primeiras conquistas, “Bia” é atleta de judô da Nagashima Futuro Campeão e de jiu-jitsu na Gracie Barra Natal.

Colecionadora de conquistas nas duas artes marciais, Ana Beatriz Feitosa vem sendo apontada como uma das grandes promessas do esporte potiguar e nacional. Os números falam por si só.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Menina de 13 anos acusa 8 garotos de estupro e chantagem em SP

Uma estudante de 13 anos foi à polícia e afirmou que foi estuprada por oito garotos com idades entre 14 e 17 anos. Os jovens filmaram a ação. Segundo a vítima, os meninos a chantagearam dizendo que se ela contasse o caso a alguém divulgariam a filmagem do estupro na internet.

O caso ocorreu no último dia 4 na região da Vila Penteado, na zona norte de São Paulo. A polícia, no entanto, só ficou sabendo do crime na semana passada porque a menina disse para a mãe que estava com medo de ter sua imagem publicada.

Dois dos acusados de estupro são colegas de escola da menina. No celular de um dos rapazes, os policiais encontraram os 12 minutos de filmagem do estupro. Por meio desse vídeo que os outros seis foram identificados.

Em uma das cenas, é possível ver a menina pedindo para ir embora para casa.

Os oito garotos foram ouvidos pela polícia na quarta-feira. Todos disseram que a relação sexual foi consensual. O que ela nega.

Pelo Código Penal, independentemente do consentimento, houve estupro, porque a menina tem menos de 14 anos e os garotos tem acima desta faixa etária. É nessa linha que a polícia vai atuar. Se fossem maiores de 18 anos, a pena em caso de condenação seria de oito a 15 anos de reclusão.

Como todos são adolescentes, o caso será julgado pelo Juizado de Infância e Juventude que decidirá se eles serão encaminhados para uma unidade de internação da Fundação Casa (antiga Febem) onde poderão ficar por no máximo três anos detidos.

Em entrevista ao “Jornal da Record”, da TV Record, a menina afirmou que está abalada e há duas semanas não vai para a escola.

“Não tenho mais fome, não como mais nada, não durmo direito. Eu tenho pesadelo quando durmo. Foi horrível.”

A vítima contou que foi abordada quando estava perto de casa junto com uma amiga. Ela disse que tomou água e que em seguida ficou “dopada”. À polícia, ela afirmou que não sabe o que aconteceu com a amiga que a acompanhava naquele dia.

Devido a reação dos jovens quando foram interrogados, os policiais suspeitam que haja outras vítimas do grupo. Nas fotos tiradas pela polícia, quase todos apareceram com um discreto sorriso no rosto.

A polícia está analisando outros casos de estupro registrados na região neste ano.

Fonte: Folha

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Polícia prende homem acusado de estuprar enteada de apenas 13 anos

Policiais civis da Delegacia de Macaíba prenderam na manhã dessa sexta-feira (13) no município, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, um homem identificado como Gilvan de Lima Cavalcante, de 36 anos, acusado de estuprar a própria enteada de apenas 13 anos, que se encontra grávida.

Segundo relato da vítima o acusado a abusava sexualmente desde o início do ano e também a agredia. Na semana passada, devido a uma de suas agressões, a adolescente resolveu fugir de casa e ir para residência de parentes, que acabaram tomando conhecido do crime. Eles levaram a menina até à delegacia para denunciar o acusado.

A vítima foi encaminhada para o ITEP, onde foi constatado que ela estava com um mês de gestação. O padrasto negou as acusações e disse que a menor tentava seduzí-lo.

Gilvan, que já tinha passagem na polícia por violência doméstica, permanece preso aguardando decisão da justiça. De acordo com informações do delegado de Macaíba, Márcio Delgado, o acusado também é suspeito de agressões contra a filha de oito anos, que teria inclusive se tornado deficiente visual devido à violência sofrida.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Médico é preso em motel com paciente epilética de 13 anos em Pernambuco

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu em flagrante um médico que estava em um motel com uma adolescente e sua paciente de apenas 13 anos, no município de Catende, a 142 km do Recife. A prisão foi na tarde dessa terça-feira (20). No carro dele foi apreendido um revólver calibre 38.

Segundo a polícia, Gerluzio Lira e Silva, 60, já vinha sendo investigado havia um mês, graças a denúncia anônima feita ao Disque 100 -serviço nacional de proteção à criança e ao adolescente. O serviço de inteligência da Polícia Civil foi acionado e conseguiu descobrir o dia e horário exato do encontro dos dois.

Segundo o inspetor Saulo Barbachan, o médico era responsável pelo tratamento da adolescente, que sofre de epilepsia, é de baixa renda e tratada pelo SUS (Sistema Único de Saúde). “Ele é o médico que atua como clínico nos hospitais aqui da região e é bastante conhecido. Tratava essa adolescente na unidade mista de saúde”, informou.

O policial disse ainda que os policiais montaram campana horas da chegada do médico e da adolescente no motel. “O serviço de inteligência soube do encontro com a jovem e fizemos um trabalho de espera, até que e o acusado foi visto entrando no motel. Aguardamos alguns minutos e entramos no quarto cinco, onde eles estavam. O médico estava de cueca, e a adolescente, enrolada em uma toalha”, afirmou, citando que vítima tinha “rosto e corpo de criança.”

Em depoimento, a adolescente disse que mantinha relações sexuais com o médico há cerca de um mês. “Ela disse que mantinha essas relações forçadamente, inclusive dentro do alojamento do hospital da cidade. A menina foi encaminhada ao Conselho Tutelar do município e vai fazer uma perícia sexológica. Ela informou também que o médico dava presentes, dinheiro a ela”, informou o inspetor, dizendo que o médico será indiciado por estupro de vulnerável, exploração sexual de adolescente e porte ilegal de arma.

O caso envolvendo a adolescente não é o único que está sendo investigado pela polícia contra o médico. “Nós temos pelo menos duas outras suspeitas, que estão sendo investigadas, todas envolvendo adolescentes. Além disso, estamos investigando também a mãe da adolescente com que ele mantinha relações sexuais, já que há indícios de que ela era conivente com o caso”, disse.

Gerluzio Lira e Silva foi encaminhado ao presídio de Palmares, próximo a Catende, onde ficará preso à disposição da Justiça.

O advogado Roderick José e Silva, que defende o médico, não atendeu os telefonemas da reportagem. Eventual consultório de Silva também não foi localizado.

Fonte: UOL

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Polícia prende acusado de estuprar e engravidar menina de 13 anos

Um homem identificado como Antonio Martins Pereira, 62 anos, foi preso por ordem judicial na manhã desta sexta-feira (13), em Felipe Guerra, distante 351 quilômetros de Natal. Ele é acusado de estuprar uma adolescente de 13 anos que engravidou e hoje possui um filho de dois anos. O fato aconteceu em 2008.

Segundo o soldado Keiton, da Polícia Militar, a prisão aconteceu por volta de 11h30, na casa de Antonio Martins, localizada no Sítio São Lourenço, na zona rural do município.

O mandato de prisão foi cumprido pelo sargento Edésio, juntamente com os soldados Keiton e Eudinésio, sob o comando do Capitão Brilhante.
Fonte: DN Online

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *