Polícia

Baleados em atentado no litoral norte do RN, menina de 4 anos e adolescente morrem no hospital

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN destaca nesta segunda-feira(10) que a menina Hyslla Beatriz da Silva Araújo, de 4 anos de idade, e o adolescente Deymerson Vinícius da Silva, de 16, morreram na tarde desse domingo (9) no Hospital Walfredo Gurgel, após serem baleados em um atentado na noite de sábado (8) em Rio do Fogo. Segundo a Polícia Militar, homens armados invadiram a casa da família em Punaú por volta das 20h20 e atiraram contra todos que estavam no local. Leonardo da Silva Lima, de 22 anos, que usava tornozeleira eletrônica, morreu no local. Ele foi condenado por tráfico de drogas e cumpria pena no regime semiaberto. Leia mais detalhes aqui.

Opinião dos leitores

  1. Cadê a nossa (des)Governadora? A população do RN está acuada, encarcerada e é vítima da extrema violência que tomou conta do nosso Estado. O poder público nada faz, governadora parece viver em outro planeta e não se solidariza com as famílias vitimadas, sendo a única preocupação dela a escolha de quem será o candidato do PT para as eleições municipais…
    Uma vergonha! Salvem o RN! Fora Fátima!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Adolescente morre enquanto dormia após bateria de celular explodir

Imagem: Reprodução/Instagram

Uma garota de 14 anos morreu após o celular dela explodir no travesseiro enquanto ela dormia. A jovem, identificada como Alua Asetkyzy Abzalbek, morava em Bastobe, no Cazaquistão.

De acordo com informações do jornal britânico Daily Mail, a adolescente foi dormir ouvindo música e foi encontrada morta no dia seguinte. Segundo a polícia local, a bateria do aparelho explodiu perto de sua cabeça.

A perícia detectou que o caso aconteceu de madrugada após uma sobrecarga, que esquentou o aparelho até a explosão. Até o momento, a marca do celular não foi divulgada.

A também adolescente Ayazhan Dolasheva, uma das melhores amigas da vítima, fez um post no Instagram para lamentar o ocorrido.

“Eu ainda não posso acreditar. Você era a melhor, nós estivemos juntas desde a infância. Será difícil seguir sem você”, postou.

UOL

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Menina que tem o corpo coberto por pelos começa tratamento em GO

19_16_44_136_fileA família da pequena Kemylly está ansiosa para iniciar o tratamento da menina que tem o corpo coberto por pelos. Nesta segunda-feira (2), a criança passa por consulta no Hospital Materno Infantil de Goiás, após um cirurgião pediátrico acompanhar na imprensa o caso da garota e oferecer ajuda. Ela deverá passar ainda por procedimento de remoção dos pelos a laser.

O médico Zacharias Calil disse que nunca viu um quadro clínico como o de Kemylly e que, provavelmente, a doença se trate de hipertricose. Ele informou que o uso de laser é feito até em recém-nascidos e que o tratamento não oferece nenhum risco.

A família da garota é de Tocantins e viajou a Goiás após a determinação da Justiça. Especialistas pediram exames que somente laboratórios particulares oferecem. Após reportagens que mostraram a situação de Kemylly, exibidas na televisão, um estabelecimento ofereceu os exames gratuitamente e foram apresentados aos especialistas.

A hipertricose é de uma doença genética rara.  O pai, Antônio de Souza, conta que Kemylly já nasceu com bastante pelos, mas que eles foram crescendo ao longo do tempo e ficaram mais grossos. A menina sofre com preconceito em locais públicos, segundo a família, o principal motivo para buscar uma solução rápida.

R7

Opinião dos leitores

  1. É provável que seja um caso de "Hipertricose Lanuginosa Congênita". Apenas o termo "hipertricose" se refere a um achado comum no dia a dia, portanto a reportagem deveria ter colocado o nome correto da doença, para que pessoas ao ouvirem o Médico falar que ela tem hipertricose, não relacionem ao caso em questão na reportagem.
    Essa doença Hipertricose Lanuginosa Congênita é rara e tem que ser avaliada por equipe Médica e multiprofissional treinada, pois está relacionada com outras anormalidades, além de ter que se excluir outras doenças como Síndrome de Ambras, Hipertricose Ligada ao X, Hipertricose Universal, etc…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Morre menina de 11 anos baleada ao defender o pai em briga numa pizzaria

Morreu na noite de terça-feira (7) a menina de 11 anos baleada na cabeça ao defender o pai em uma briga em Aparecida de Goiânia (GO).

A informação foi divulgada pelo Hospital de Urgências de Goiânia na manhã desta quarta-feira (8). No domingo (5), os médicos já haviam constatado a morte cerebral da paciente.

A garota estava internada em estado gravíssimo desde o dia 27, dia em que foi baleada.

A jovem foi atingida por tiros na cabeça e na perna durante uma briga entre seu pai e o dono de uma pizzaria. A desavença entre os dois teria começado dias antes, por causa do atraso na entrega.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Morre menina de 5 anos estuprada e torturada na Índia

A menina de cinco anos violentada e torturada há duas semanas morreu no hospital na Índia, anunciaram fontes médicas nesta terça-feira. Ela sofreu uma parada cardíaca, depois de passar oito dias em coma induzido, disse um porta-voz.

A menina teria sido estuprada e torturada por um amigo de seus pais e abandonada em um quarto trancado por dois dias na região central da Índia. O ataque ocorreu quatro meses após o estupro coletivo de uma estudante em um ônibus de Nova Déli, que provocou uma onda de protestos contra a violência de gênero no país.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Menina de 2 anos pode ter sido estuprada em Nísia Floresta

Só haverá confirmação do crime após a realização de exames de conjugação carnal, mas há forte supeita de que uma menina de apenas dois anos e oito meses tenha sido abusada sexualmente por um rapaz de 22 anos em Nísia Floresta.

A mãe da menina percebeu uma movimentação suspeita no quarto da menina e, de imediato, acionou a polícia. Ao entrar no quarto, a mãe encontrou o rapaz. O homem foi preso bebendo em um bar, mas nega que tenha feito algo com a criança.

O suposto crime aconteceu no conjunto habitacional Carnaúbas.

Opinião dos leitores

  1. DEUS ME LIVRE!!! MAS SE UM DESGRAÇADO DESSES FIZESSE ISSO COM A MINHA FILHA EU ARRANCARIA O SACO DELE NA FACA !!! ANIMAIS IGUAL A ESSE NÃO MERECEM VIVER!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Menina de três anos leva tiro no lugar do pai em Apodi

Uma menina de apenas três anos de idade foi uma das vítimas de um tiroteio ontem na cidade de Apodi. Dois homens chegaram em uma motocicleta na casa da criança e começaram a atirar contra todos da casa. A suspeita da Polícia Civil é de que o alvo fosse o pai da pequena, mas apenas ela foi atingida.

O crime aconteceu por volta das 20h. Logo após a tentativa de assassinato, a criança foi levada para o Hsopital Regional Tarcísio Maia, onde foi submetida a uma cirurgia.

A polícia ainda não sabe do paradeiro dos bandidos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social

Padastro e enteada morrem atropelados por bêbado em Areia Branca

Mais um caso de completa irresponsabilidade no trânsito. Um rapaz de 26 anos, embriagado, atingiu com seu carro de passeio uma bicicleta, na noite de ontem, em Areia Branca. Nela estavam um homem de 44 anos e a sua enteada de apenas nove anos.  Os dois morreram no local.

O motorista do carro fez o teste do bafômetro e foi comprovado que ele estava com teor de álcool no organismo quatro vezes acima do permitido. O homem foi preso e levado para a delegacia de plantão da cidade de Mossoró. A PRF não divulgou o nome dos envolvidos.

 

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

[FOTOS] Veja o que sobrou da casa do assassino da menina Cinthia após incêndio

Após o enterro da menina Cinthia Lívia, de apenas 12 aos, vários moradores de Tibau atearam fogo na casa do assassino Poliano Cantarele Fernandes Lacerda, de 35 anos. Isso foi o que sobrou da residência. A imagem divulgada por Ismael de Sousa são de Erisberto Rego.

 O blog Retrato do Oeste, do jornalista Cezar Alves divulgou foto de como era a casa do réu confesso do assassinato da menina de 12 anos antes de os moradores incendiarem a residência.

 

O blog O Câmera também disponibilizou diversas fotos das ruínas as quais se resumem a casa de Poliano.

Fotos: Blog O Câmera

Mais notícias sobre o incêndio em População revoltada ateia fogo na casa do assassino da menina Cintha.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Menina nasce com pênis na testa na África do Sul

Médicos do Dr Malizo Mpehle Memorial Hospital, em Tsolo (África do Sul), nunca tinham visto nada parecido. Uma mulher deu à luz uma menina com um pênis na testa!

De acordo com um porta-voz do hospital, a menina, além do pênis, nasceu com um olho na testa e sem olhos onde deveriam naturalmente estar.

“Ela nasceu sem nariz e no local onde deveriam estar os olhos só havia pele”, disse Sizwe Kupelo, segundo o site “Sowetan Live”.

A menina, filha de uma adolescente de 16 anos, não sobreviveu.

Deformações graves têm sido registradas com frequência em partos na região. Nos últimos dois anos foram 50.

Fonte: Page Not Found

Opinião dos leitores

  1. Conforme relatado pelo filme O Jardineiro Fiel, os africanos são constantemente utilizados como Cobaias Humanas pela Industrias Farmaceutica, Bélica e Química. Não é de se admirar que a tendência é que as anomalias crescem cada vez mais! 
    A ONU, OMS e demais organizações deveriam abrir o olho.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Menina de 13 anos acusa 8 garotos de estupro e chantagem em SP

Uma estudante de 13 anos foi à polícia e afirmou que foi estuprada por oito garotos com idades entre 14 e 17 anos. Os jovens filmaram a ação. Segundo a vítima, os meninos a chantagearam dizendo que se ela contasse o caso a alguém divulgariam a filmagem do estupro na internet.

O caso ocorreu no último dia 4 na região da Vila Penteado, na zona norte de São Paulo. A polícia, no entanto, só ficou sabendo do crime na semana passada porque a menina disse para a mãe que estava com medo de ter sua imagem publicada.

Dois dos acusados de estupro são colegas de escola da menina. No celular de um dos rapazes, os policiais encontraram os 12 minutos de filmagem do estupro. Por meio desse vídeo que os outros seis foram identificados.

Em uma das cenas, é possível ver a menina pedindo para ir embora para casa.

Os oito garotos foram ouvidos pela polícia na quarta-feira. Todos disseram que a relação sexual foi consensual. O que ela nega.

Pelo Código Penal, independentemente do consentimento, houve estupro, porque a menina tem menos de 14 anos e os garotos tem acima desta faixa etária. É nessa linha que a polícia vai atuar. Se fossem maiores de 18 anos, a pena em caso de condenação seria de oito a 15 anos de reclusão.

Como todos são adolescentes, o caso será julgado pelo Juizado de Infância e Juventude que decidirá se eles serão encaminhados para uma unidade de internação da Fundação Casa (antiga Febem) onde poderão ficar por no máximo três anos detidos.

Em entrevista ao “Jornal da Record”, da TV Record, a menina afirmou que está abalada e há duas semanas não vai para a escola.

“Não tenho mais fome, não como mais nada, não durmo direito. Eu tenho pesadelo quando durmo. Foi horrível.”

A vítima contou que foi abordada quando estava perto de casa junto com uma amiga. Ela disse que tomou água e que em seguida ficou “dopada”. À polícia, ela afirmou que não sabe o que aconteceu com a amiga que a acompanhava naquele dia.

Devido a reação dos jovens quando foram interrogados, os policiais suspeitam que haja outras vítimas do grupo. Nas fotos tiradas pela polícia, quase todos apareceram com um discreto sorriso no rosto.

A polícia está analisando outros casos de estupro registrados na região neste ano.

Fonte: Folha

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Criança que pode ter visto assassinato da mãe e avó recebe acompanhamento psicológico

Uma menina de apenas 10 anos e que pode ter visto a mãe e a avó sendo mortas cruelmente. É com esse trauma que um profissional da psicologia contratado pelo Estado irá lidar no tratamento da filha da a estudante Tatiana Cristina Cruz de Oliveira, 36, e a mãe dessa, a aposentada Olga Cruz de Oliveira Lima, 61, assassinadas no início da semana em Nova Parnamirim.

A garota iniciou ontem a assistência psicológica providenciada pela promotoria da Vara da Infância e Juventude de Parnamirim.

A promotora Isabelita Garcia ressalta a importância do Estado em proteger e providenciar o acompanhamento e o auxílio psicológico a essa criança, que é a principal testemunha no duplo homicídio registrado em Nova Parnamirim.

“O Ministério Público, como instituição, tem o dever de dar esse respaldo e  fazer o acompanhamento, protegendo-a e resguardando a integridade física e mental dessa menina”. Segundo ela, o psicólogo, cuja identidade foi mantida sob sigilo, irá trabalhar tanto a questão da violência sofrida pela garota, como também o trauma de ter presenciado a barbárie contra sua mãe e avó e fazer a coleta de dados que possam contribuir com a investigação do crime.

Fonte: DN Online

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Menina de seis meses morre após abuso sexual praticado pelo pai, em Goiás

Uma menina de seis meses morreu na manhã do último domingo, 22, após ter sido violentada pelo pai, em Santo Antônio do Descoberto, na região leste de Goiás.

A criança chegou ao hospital da cidade por volta das 7 horas da manhã já morta, com ferimentos e indícios de abuso sexual. A Polícia Militar foi acionada por enfermeiros que suspeitaram da causa do óbito.

Ao interrogar os pais da criança, Hélio, de 29 anos, e Maria, de 25 anos, iniciaram uma discussão. Segundo informações da polícia, o pai afirmava que a menina de seis meses teria caído do carrinho.

A causa da morte da criança foi constatada pela perícia como abuso sexual. O casal foi preso e vai responder pelos crimes de abuso sexual e homicídio doloso.

Fonte: Estadão

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Polícia prende homem acusado de estuprar enteada de apenas 13 anos

Policiais civis da Delegacia de Macaíba prenderam na manhã dessa sexta-feira (13) no município, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, um homem identificado como Gilvan de Lima Cavalcante, de 36 anos, acusado de estuprar a própria enteada de apenas 13 anos, que se encontra grávida.

Segundo relato da vítima o acusado a abusava sexualmente desde o início do ano e também a agredia. Na semana passada, devido a uma de suas agressões, a adolescente resolveu fugir de casa e ir para residência de parentes, que acabaram tomando conhecido do crime. Eles levaram a menina até à delegacia para denunciar o acusado.

A vítima foi encaminhada para o ITEP, onde foi constatado que ela estava com um mês de gestação. O padrasto negou as acusações e disse que a menor tentava seduzí-lo.

Gilvan, que já tinha passagem na polícia por violência doméstica, permanece preso aguardando decisão da justiça. De acordo com informações do delegado de Macaíba, Márcio Delgado, o acusado também é suspeito de agressões contra a filha de oito anos, que teria inclusive se tornado deficiente visual devido à violência sofrida.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Médico é preso em motel com paciente epilética de 13 anos em Pernambuco

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu em flagrante um médico que estava em um motel com uma adolescente e sua paciente de apenas 13 anos, no município de Catende, a 142 km do Recife. A prisão foi na tarde dessa terça-feira (20). No carro dele foi apreendido um revólver calibre 38.

Segundo a polícia, Gerluzio Lira e Silva, 60, já vinha sendo investigado havia um mês, graças a denúncia anônima feita ao Disque 100 -serviço nacional de proteção à criança e ao adolescente. O serviço de inteligência da Polícia Civil foi acionado e conseguiu descobrir o dia e horário exato do encontro dos dois.

Segundo o inspetor Saulo Barbachan, o médico era responsável pelo tratamento da adolescente, que sofre de epilepsia, é de baixa renda e tratada pelo SUS (Sistema Único de Saúde). “Ele é o médico que atua como clínico nos hospitais aqui da região e é bastante conhecido. Tratava essa adolescente na unidade mista de saúde”, informou.

O policial disse ainda que os policiais montaram campana horas da chegada do médico e da adolescente no motel. “O serviço de inteligência soube do encontro com a jovem e fizemos um trabalho de espera, até que e o acusado foi visto entrando no motel. Aguardamos alguns minutos e entramos no quarto cinco, onde eles estavam. O médico estava de cueca, e a adolescente, enrolada em uma toalha”, afirmou, citando que vítima tinha “rosto e corpo de criança.”

Em depoimento, a adolescente disse que mantinha relações sexuais com o médico há cerca de um mês. “Ela disse que mantinha essas relações forçadamente, inclusive dentro do alojamento do hospital da cidade. A menina foi encaminhada ao Conselho Tutelar do município e vai fazer uma perícia sexológica. Ela informou também que o médico dava presentes, dinheiro a ela”, informou o inspetor, dizendo que o médico será indiciado por estupro de vulnerável, exploração sexual de adolescente e porte ilegal de arma.

O caso envolvendo a adolescente não é o único que está sendo investigado pela polícia contra o médico. “Nós temos pelo menos duas outras suspeitas, que estão sendo investigadas, todas envolvendo adolescentes. Além disso, estamos investigando também a mãe da adolescente com que ele mantinha relações sexuais, já que há indícios de que ela era conivente com o caso”, disse.

Gerluzio Lira e Silva foi encaminhado ao presídio de Palmares, próximo a Catende, onde ficará preso à disposição da Justiça.

O advogado Roderick José e Silva, que defende o médico, não atendeu os telefonemas da reportagem. Eventual consultório de Silva também não foi localizado.

Fonte: UOL

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Menina bebe gasolina por vício. Essa sim é a verdadeira Maria Gasolina

Foto: Reprodução/Site Mail Online

 

Para a maior parte das pessoas, apenas o cheiro de gasolina já é suficiente para causar sensação de enjoo. Mas para uma americana chamada Shannon, o combustível tem outro efeito. Personagem do programa “My Strange Addiction” (meu estranho vício, em português), da TV TLC, a garota aparece diante das câmeras bebendo o líquido no gargalo de um galão. “Mesmo me machucando, queimando minha garganta, isso me faz bem”, disse ela, que afirma ingerir até 12 colheres de chá por dia do líquido. Segundo o “Mail Online”, Shannon também tem o hábito de lamber a tampa do reservatório e, no ano passado, ela teria consumido mais de cinco litros do combustível.

As informações são do “Mail Online”, que também ouviu o Departamento de Saúde de Nova York. Em nota, a organização afirmou que beber gasolina pode causar queimaduras, vômitos, diarreia e, em grandes quantidade, sonolência ou morte.

O episódio completo sobre o estranho caso de Shannon está previsto para ir ao ar neste domingo, nos Estados Unidos. O programa também mostrará outros vícios incomuns, como o de uma mulher que carrega uma cabeça de boneca para onde vai, e o de outra que cheira líquido de limpeza a cada 15 minutos.

A história de Shannon vem à tona dias depois de um homem da Carolina do Norte morrer após, acidentalmente, beber um frasco contendo gasolina e acender um cigarro, em seguida.

Fonte: Extra

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *