Alerta de tsunami na América Central após forte terremoto no México

Foto: Getty Images

Um terremoto fez prédios balançarem com força na região central da Cidade do México nesta terça-feira (23). Centenas de pessoas deixaram suas casas e correram para a rua, depois que os alarmes da cidade avisaram os moradores minutos antes dos tremores.

Testemunhas disseram que não viram de imediato sinais de danos ou de feridos. O Instituto Sismológico do México disse que um terremoto de magnitude 7,1 atingiu o estado de Oaxaca, no Sul do país.

As autoridades americanas emitiram um alerta de tsunami para as costas do sul do México, Guatemala, El Salvador e Honduras, após um forte terremoto em território mexicano que abalou nesta terça-feira a América Central.

Este alerta emitido pelo Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico cobre um raio de 1.000 km ao redor do epicentro do terremoto, no estado mexicano de Oaxaca e de magnitude 7,4, segundo o Instituto Americano de Geofísica (USGS).

Diário de Pernambuco

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antônio disse:

    Estou esperando os comentários, para classificarem o tremor, se é de esquerda ou de direita

Terremoto de magnitude 7,5 atinge regiões sul e central do México

Carro soterrado após terremoto na estrada federal 190 no México. Foto: Reprodução/Monitor Oaxaca

Uma série de terremotos atingiu as regiões sul e central do México no início da tarde desta terça-feira(23).

O Sistema Sismológico do México apontou que um dos terremotos registrados em sequência foi de magnitude 7,5 na escala Richter.

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, publicou em seu Twitter um vídeo em que afirma que o epicentro ocorreu no estado de Oaxaca, 23 km ao sul da região de La Crucecita.

De acordo com a Reuters, o tremor sacudiu edifícios no centro da Cidade do México e fez com que centenas de pessoas deixassem suas casas após os alarmes dispararem. Não houve, até o momento, relatos de pessoas feridas ou danos em construções na capital mexicana.

Em Huatulco, um destino turístico no litoral do país, o terremoto derrubou mercadorias das prateleiras. Mari González, do hotel Princess Mayev, disse à AP que funcionários e convidados conseguiram evacuar o prédio. “Foi forte, muito forte”, disse ela.

González disse que havia alguns vidros e espelhos visíveis, mas nenhum dano grave. A equipe aguardava que os tremores secundários se dissipassem antes de avaliar completamente a propriedade.

UOL

VÍDEO: Câmeras captam imagens de OVNI em vulcão no México

Foto:  Animação/Ilustrativa/via Olhar Digital

vulcão Popocatépetl, no México, sempre foi um objeto de pesquisa e admiração, com muitas lendas relacionadas a esse local. Agora, um objeto voador não identificado (OVNI) foi visto e capturado em filmagens perto do famoso vulcão mexicano.

Imediatamente após um OVNI ser mencionado, as pessoas podem pensar que são alucinações por parte da pessoa que o relata. Em outras ocasiões, no entanto, pensa-se simplesmente que pode ser qualquer coisa, menos uma nave espacial extraterrestre.

Mas cabe destacar algo muito importante: nem todos os OVNIs precisam necessariamente ser de origem extraterrestre. Eles podem ser literalmente qualquer coisa, desde que não seja identificado. Daí vem o nome.

vídeo foi originalmente postado no Twitter neste domingo, dia 5 de janeiro, pelo perfil “Webcams de México”. Confira abaixo:

Nele, podemos ver uma luz estranha que parece se mover em alta velocidade em direção à ponta do Popocatépetl. Por se tratar de uma gravação oficial do governo, isso se torna ainda mais curioso.

O próprio perfil no Twitter diz que eles acham que podem ser alpinistas, mas isso não faz muito sentido, pela velocidade com que o ponto luminoso se move. Ninguém conseguiria escalar o vulcão nessa velocidade sem um veículo. Se fosse um caminhão, teria que subir com extremo cuidado e mais de uma luz seria visível. Caso fosse um helicóptero, também seria possível ver mais de uma luz, e até a silhueta.

Umas das opções mais plausíveis é que isso seja um drone. Mas de que tipo ainda é um mistério. Isso por conta do movimento irregular e da velocidade com que ele se move perto deste vulcão.

Olhar Digital, via FayerWayer

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Simone Abrahão disse:

    Me chamo Simone, e a primeiro contato que tive com objetos voadores foi no avistamentos do cometa Halley. Era em forma de disco com muitas cores e com uma velocidade inacreditável. O segundo contato foi com um grey foi enquanto eu dormia, fiquei paralisada e ele me observando.

  2. Bento disse:

    Deixa o "MAGO" trabalhar

VÍDEO: Evo Morales se irrita e se enrola com questionamento de jornalista: “Por que não foi à Venezuela em vez de vir ao México?”

Evo Morales, que em 2006 foi eleito o primeiro presidente indígena da Bolívia, está em um quarto de um hotel na Cidade do México, com uma intensa agenda de entrevistas e chamadas telefônicas.

Comenta que manteve seu velho hábito de levantar-se de madrugada desde que chegou ao México como asilado político, depois de renunciar à Presidência da Bolívia e denunciar um golpe de Estado no país, na semana passada.

Em uma franca e por vezes acalorada entrevista com a BBC News Mundo, Morales afirma que “a OEA (Organização dos Estados Americanos) também é responsável pelo golpe de Estado” e que o governo que assumiu a Bolívia é uma ditadura que terá resistência de movimentos sociais e indígenas.

Entrevista na BBC no fim de semana vem repercutindo desde então.

Entrevista completa abaixo, com registro de desentendimento no fim:

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo Arthur disse:

    Isso é perguntado a todos os nossos políticos do PT que gosta muito de viajar, pq não a Venezuela???? Kkkkkk

  2. Manoel disse:

    KKK. A esquerda sempre cheia de contradições… Só cego não vê!

  3. Faz de conta disse:

    A pergunta que está sem resposta até hoje: "Qual a razão dos defensores da igualdade nunca vão passar férias em países socialistas ou comunistas?" .
    Todos sabem que não existe "dinheiro público" e sim DINHEIRO ARRECADADO DOS IMPOSTOS.
    Quando um socialista ou comunista tem que sair do poder, vão se distrair nos países capitalistas que eles discursam contra, gastando os recursos que guardou proveniente dos recursos públicos que agora são dele para viver desfrutando tudo de melhor do mundo capitalista.
    Alguma dúvida? Está aí o exemplo e a prova mais recente da história.

  4. djalma disse:

    É.. e porque não levou Fátima e os outro do PT para lá.. sei não… esta turma esquerdista adora a burguesia européia e norte americana com seus caviars, champanhes, queijos e vinhos, Sim… o México fica na America do Norte, muito longe de Deus e muito perto dos Estados Unidos… O interessante foi que passou despercebido que a soltura do condenado por corrupção em três instâncias e por nove juízes, recebeu o livramento arranjado pelo STF justamente na semana que se comemorava a derrubada do Muro de Berlim, prova cabal e irrefutável do fracasso das idéias totalitárias e comunistas da seita petista.

  5. Az disse:

    Socialismo pra vcs, capitalismo pra mim, a hipocrisia reino no meio desses canalhas.

FOTOS: Colecionadora de medalhas nacionais e internationals, potiguar de apenas 13 anos conquista o vice-campeonato Pan Americano de Judô no México, na categoria sub-15

Fotos: Cedidas

A potiguar Ana Beatriz Feitosa, de apenas 13 anos, conquistou o vice-campeonato Pan Americano de Judô, em Guadalajara, no México, na categoria feminino sub-15 até 44 kg.

Única potiguar convocada para defender a seleção brasileira de judô nesta competição, “Bia”, como é conhecida, teve que vencer 3 lutas contra mexicanas e americanas para chegar na final.

Com mais um expressivo resultado, “Bia”, nesse momento, torna-se a segunda das Américas, e embarca no próximo final de semana para duas últimas competições: em Blumenau/SC, para defender o RN nos Jogos Escolares da Juventude, e Fortaleza/CE, para a Copa Fortaleza Internacional de Judô, no dia 23.

Colecionadora de medalhas de trajetória expressiva

Foto: Reprodução/Instagram

Noticiada por este Blog desde as suas primeiras conquistas, “Bia” é atleta de judô da Nagashima Futuro Campeão e de jiu-jitsu na Gracie Barra Natal.

Colecionadora de conquistas nas duas artes marciais, Ana Beatriz Feitosa vem sendo apontada como uma das grandes promessas do esporte potiguar e nacional. Os números falam por si só.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marlene disse:

    Está atleta é exemplo de força de vontade, disciplina, parabéns .

Família de atleta potiguar colecionadora de medalhas no judô e jiu-jitsu nacional realiza rifa para ajuda em custas mirando competição no México

A família da atleta potiguar Ana Beatriz de Freitas Malta Feitosa, de 13 anos, realiza uma rifa para ajudar nas custas para a participação no Pan Americano de Judô, que será realizado em Guadalajara, no México, entre os dias 06 a 10 de novembro.

Bia, como é conhecida, foi a única atleta potiguar convocada pela seleção brasileira de Judô para participar dessa competição. Um feito grandioso.

A atleta de judô da Nagashima Futuro Campeão e de jiu-jitsu na Gracie Barra Natal coleciona conquistas nas duas artes marciais e vem sendo apontada como uma das grandes promessas do esporte potiguar e nacional.

Felizmente, a cada dia são registrados novos colaboradores, de anônimos a professores, mestres, alunos, amigos e familiares. A rifa custa R$ 5,00.

Dados Bancários

Nome: Bruno de Carvalho Malta Feitosa
CPF: 008.416.604-50
BANCO ITAÚ
Agência: 9686
C/C: 14072-5
Op.: 001
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Agência: 3242
C/C: 25388-2
Op.: 001

Na rifa, são 8 prêmios que serão sorteados. Maiores informações através do WhatsApp (84) 98181-1980. O sorteio está programado para o dia 02/11, às 11 horas, em uma live no Instagram na página da Nagashima Futuro Campeão. Nesta data também será divulgado o valor arrecadado.

A família informa que após o doador realizar o depósito e/ou transferência, deverá enviar o comprovante para o número do WhatsApp (84) 98181-1980 e receberá os bilhetes digitais em seu WhatsApp em menos de 24 horas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bebeto Potência disse:

    Beatriz é uma super atleta a única representante do Rio Grande do Norte nessa competição esperamos contar com ajuda de todos.

Homens travam portas, ateiam fogo a bar e matam 25 pessoas no México

Pessoas do lado de fora do bar que foi incendiado em Coatzacoalcos – Angel Hernandez/AFP

Um incêndio criminoso em um bar da cidade de Coatzacoalcos, leste do México, matou ao menos 25 pessoas na noite de terça-feira (25), segundo o presidente do país, Antonio Manuel López Obrador. Há suspeitas de que o ataque tenha relação com os cartéis do tráfico de drogas.

“Os criminosos chegaram, fecharam as portas, bloquearam as saídas de emergência e atearam fogo ao local”, disse Obrador, em entrevista coletiva.

Sobreviventes afirmaram à AFP que o ataque foi executado por oito homens armados, que invadiram o bar com galões de gasolina.

“É a coisa mais inumana possível”, disse o presidente. “É lamentável que o crime organizado aja desta maneira”.

Obrador disse que as autoridades locais serão investigadas, pois os autores do ataque foram presos, mas soltos em seguida.

O bar, chamado Caballo Blanco, apresentava shows de pole dance e possuía quartos para os clientes passarem a noite. Ao menos oito mulheres morreram no incêndio.

Veracruz é uma das regiões mais violentas do país. Localizada no Golfo de México, é uma das principais áreas usadas pelos narcotraficantes para o transporte de drogas aos Estados Unidos. O lugar também é cenário frequente de extorsões e sequestros de migrantes.

“Em Coatzacoalcos o suposto ataque não ficará impune”, publicou o governador de Veracruz, Cuitláhuac García, em uma rede social. “Grupos criminosos não são mais tolerados”.

O ataque ocorre quase oito anos depois de um incêndio em um cassino em Monterrey matar 52 pessoas, em 2011, que foi atribuído a um cartel, como forma de aumentar a cobrança de taxas de proteção.

O incêndio no bar desta terça desperta temores de uma volta de atos de violência de grande porte, como os realizados entre 2006 e 2012 durante a guerra contra as drogas.

Folha de São Paulo

 

Grupo rouba R$ 10,1 milhões em ouro da Casa da Moeda do México; internautas comparam ação criminosa com série espanhola La Casa de Papel

FOTO: Wikimedia Commons

Um grupo armado invadiu nesta terça-feira (6) a Casa da Moeda do México e roubou o equivalente a 50 milhões de pesos mexicanos em ouro (cerca de R$ 10,1 milhões).

O crime foi confirmado por fontes da Secretaria de Fazenda e Crédito Público à Agência Efe. Funcionários da Secretaria de Segurança Cidadã da Cidade do México já estão prestando depoimento sobre o caso.

Veículos de imprensa locais afirmaram que o grupo armado levou 1.500 centenários de ouro, avaliados em 50 milhões de pesos mexicanos, do local. Há suspeita que funcionários da Casa da Moeda tenham ajudado os assaltantes.

O centenário é uma moeda cunhada pela primeira vez em 1921 para comemorar os primeiros 100 anos da Independência Mexicana.

A produção foi interrompida em 1931, mas retomada em 1943 devido à crescente demanda por moedas de ouro que havia na época.

Apesar de não ter uso corrente, o centenário é muito procurado por colecionadores. A moeda tem 34 gramas de ouro puro e preço estimado de 37,5 mil pesos mexicanos cada (cerca de R$ 7,6 mil).

Esta não é a primeira vez que a Casa da Moeda do México é alvo de um assalto. Em junho de 2018, durante uma reforma, a sede do órgão foi assaltada por quatro homens armados, que levaram moedas antigas e prata e ouro. O valor estimado, segundo a imprensa local, era de 3 milhões de pesos mexicanos (cerca de R$ 606 mil na cotação atual).

A Casa da Moeda do México é um órgão independente do governo federal e é responsável por produzir o dinheiro utilizado no país.

O crime já tomou conta das redes sociais do país. Muitos internautas estão comparando o assalto com os feitos criminosos ocorridos na série espanhola La Casa de Papel, da Netflix, que retrata a história de um grupo de ladrões que realiza ações similares graças à mente brilhante do personagem apelidado de Professor.

R7, com EFE

 

Trump anuncia emergência nacional para construir muro na fronteira com o México

Foto: Reuters/Carlos Barria/Direitos Reservados

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fala nesta sexta-feira (15) sobre construção de muro na fronteira com o México — Foto: Carlos Barria/ Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou nesta sexta-feira (15) emergência nacional para financiar o muro na fronteira com o México. Na prática, a declaração dá a Trump a permissão para usar fundos federais sem aprovação do Congresso.

Trump fez o anúncio a jornalistas no jardim da Casa Branca. Sua porta-voz, Sarah Sanders, tuitou a foto do momento em que o presidente assinou a declaração, no Salão Oval.

Entre dezembro e janeiro algumas agências federais dos EUA ficaram paralisadas, sem orçamento, por conta de um impasse entre os congressistas e o presidente sobre o financiamento para o muro. Foi a paralisação mais longa da história do país. No último dia 25, Trump assinou um acordo para encerrar a paralisação temporariamente, até esta sexta-feira (15), mas a questão da verba para o muro continuou em aberto.

Na noite desta quinta (14), o Congresso dos EUA aprovou um novo projeto de lei de orçamentos que, se ratificado por Trump, evita uma nova paralisação parcial do governo.

Trump queria incluir US$ 5,7 bilhões para a construção do muro fronteiriço na lei, mas os democratas, que têm maioria na Câmara dos Deputados, se recusaram, fazendo o mandatário optar pela declaração de emergência.

“Todo mundo sabe que muros funcionam”, afirmou Trump, que justificou a medida dizendo que há “tremendas” quantidades de drogas entrando nos EUA pela fronteira com o México. Ele também levou familiares de pessoas que foram mortas por imigrantes para a plateia de seu discurso.

Trump apontou que muros que já existem em locais como El Paso, no Texas, funcionam, mas que criminosos acabam dando a volta nesses muros, por isso é necessário fazer uma barreira maior.

Ele também falou que gostaria de ver “uma grande reforma da imigração, não apenas um muro”.

Mapa mostra onde passaria o muro na fronteira de EUA e México — Foto: G1

Democratas: ‘ilegal’

Em comunicado conjunto, a líder dos democratas na Câmara, Nancy Pelosi, e o líder no Senado, Chuck Schumer, disseram que consideram a medida de Trump “ilegal” que “viola” a Constituição do país.

“A declaração ilegal do presidente sobre uma crise que não existe viola gravemente nossa Constituição e faz dos Estados Unidos um país menos seguro, ao roubar fundos de Defesa urgentemente necessários destinados à segurança de nossos militares e nossa nação”, diz a nota.

Pelosi tinha dito, já antes de Trump concretizar a medida, que tomaria medidas judiciais para reverter a decisão do presidente.

Enquanto Trump ainda respondia a perguntas de jornalistas no jardim da Casa Branca, a procuradora-geral de Nova York, Letitia James, afirmou que vai recorrer à Justiça. “Declarar emergência nacional sem uma causa legítima criará uma crise constitucional”, disse em comunicado. “Não vamos tolerar esse abuso de poder e vamos combatê-lo com todas as medidas legais a nossa disposição”.

No final de seu discurso, o presidente disse já saber que provavelmente o tema será disputado na Justiça, indo parar na Corte Suprema, onde espera ganhar.

O líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, disse que apoiará a emergência de Trump. No início deste mês ele alertou Trump dizendo que declarar uma emergência poderia dividir os republicanos do Senado, noticiou o “Washington Post”.

Outras declarações de emergência

Estados de emergência nacional não são incomuns nos EUA – que já têm 31 declarações em vigor, uma delas assinada em 1979 pelo então presidente Jimmy Carter para impor sanções ao regime iraniano.

Na maioria das vezes, inclusive, os estados de emergência são assinados para punir com medidas econômicas países e integrantes de governos hostis aos Estados Unidos.

O próprio Donald Trump havia assinado três até então. O estado de emergência mais recente, declarado em 27 de novembro do ano passado, bloqueou bens de pessoas e políticos envolvidos com o regime de Daniel Ortega, na Nicarágua – país em crise política cujo governo responde com violência aos protestos.

Segundo levantamento da emissora norte-americana CNN, o democrata Bill Clinton foi o presidente que mais assinou declarações de emergência nacional – 17 em oito anos de governo (1993-2001). Seis ainda estão em vigor.

Em segundo lugar, outro ex-presidente democrata: Barack Obama (2009-2017) declarou emergência 13 vezes.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Robson Oliveira disse:

    O mais engraçado é ver democratas preocupados com a segurança dos militares. KKKKK São muito canalhas mesmo!! Benghazi é um belo exemplo de preocupação democrata com militares!!
    Está no sangue de esquerdista mentir!!

    • Júlio Jr disse:

      Os políticos da direita só falam a verdade!!! Nada mais que a verdade.
      Vc com certeza acredita em Papai Noel né kkkkkkkkk

  2. Marcelo disse:

    Deveriam construir um muro ao redor de Trump e deixar ele dentro… Kkk

FOTO: México vence Camarões na Arena das Dunas; drenagem de gramado é muito elogiada pela imprensa mundial

Mexico_AP_RicardoMazalan_13062014_932Em dia chuvoso nesta sexta-feira (13), em Natal, o México precisou fazer três gols para valer um. Com dois gols mal anulados no primeiro tempo, o atacante Peralta, aos 12 do 2º tempo, levou a torcida mexicana, em grande número na Arena das Dunas, a loucura. A vitória sobre Camarões pelo placar de 1 a 0 deixou a representante do país de “Chaves” na segunda colocação no Grupo A, atrás da Seleção Brasileira, com um gol a mais em seu saldo, primeiro critério de desempate. As duas nações, inclusive, duelam na terça-feira(17), em Fortaleza-CE.

Destaque

O gramado do estádio Arena das Dunas apresentou uma excelente drenagem, e mesmo com as chuvas que seguem na capital potiguar desde cedo o início da manhã, suportou o grande volume de água, e foi muito elogiado pela imprensa mundial.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zé Ninguém disse:

    Apesar de toda a torcida daqueles que tem usado a Copa do Mundo como instrumento político partidário, o verde-amarelo-azul e branco tomou conta das ruas no País inteiro. A felicidade voltou a pulsar nos corações unidos por um só grito de Gool. Os fracassomaníacos já começaram a copa perdendo. Estão tendo que lamber as feridas e engolir seus sentimentos negativos, porque essa copa será um sucesso.
    E mesmo que alguns não queiram, o complexo de vira-lata e a sua visão neoliberal de negação do Estado, do jornal da famiglia Frias fez de tudo para criar um clima desfavorável ao torneio.
    Brasil!!!!!!

  2. Carvalho disse:

    A população também tem que drenar os governos ruins.
    Chega de governos fulecos.

  3. fabio disse:

    Vamos Destacar a drenagem em vários pontos da capital elogiada….q tal hem????

  4. Daniel disse:

    E fora das 4 linhas, a drenagem da cidade funcionou ?

  5. Daniel disse:

    Bg por favor sabe dizer se ainda tem ingressos para os jogos da copa em natal e onde encontrar se possível os valores também!

  6. Prof. Júnior disse:

    México é um país localizado na América do Norte e não na América Central. OXENTE MY GAD!!!

Companhia de Dança do TAM viaja ao México com espetáculo Eu, Vós e Ele

384803_2613143252199_198254A Companhia de Dança do Teatro Alberto Maranhão (CDTAM) se prepara para embarcar na próxima quinta-feira, 7, para a sua terceira viagem internacional, dessa vez para o México. A companhia potiguar, que comemorou recentemente 15 anos de existência, e a Virtual Cia. de Dança (SP) foram convidadas pela Universidade Nacional do México (UNAM) para apresentar dois dias de espetáculos, 09 e 10 de novembro, na Cidade do México. O convite foi feito no mês de maio, por ocasião do Fórum Internacional de Dança do Estado de São Paulo, em que a coordenadora da Universidade Nacional do México estava presente e se encantou com o trabalho do grupo.

O espetáculo a ser apresentado na Cidade do México será o premiado e aplaudido “Eu, Vós e Ele…”, assinado pelo bailarino e coreógrafo da CDTAM, Juarez Moniz, e interpretado por ele próprio e pelas bailarinas Gabriela Gorges e Tatyelli Raulino. As passagens, hospedagens e alimentação são financiadas pela UNAM (Universidade Nacional do México). A diretora artística da Escola de Dança do Teatro Alberto Maranhão, e diretora da CDTAM, professora Wanie Rose, também viaja com o elenco. “Este é mais um momento especial para Companhia, que detém mais de 80 prêmios ao longo de sua existência”, destaca.

A Cia. de Dança do Teatro Alberto Maranhão, CDTAM, foi criada em 1998 e está vinculada à Fundação José Augusto, Secretaria Extraordinária de cultura e ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Em seus 15 anos de produção artística, sob a direção da professora Wanie Rose, desenvolve um trabalho em Dança contemporânea com abertura às diversas linguagens artísticas. Em sua trajetória, recebeu 80 prêmios ao participar de festivais de dança nacionais e internacionais.

Recentemente, foi contemplada com o Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna/2012. O projeto de circulação é o espetáculo Rio Cor de Rosa, coreografado pelo Clébio Oliveira. A CDTAM já circulou por Recife, Caruaru, Arcoverde, João Pessoa, Campina Grande, Caicó, Currais Novos, Macau, Natal e Olinda. Em novembro estará em Fortaleza e Juazeiro.

A primeira viagem internacional da CDTAM ocorreu em 2011, para  Berlim, na Alemanha, onde participou do Festival Tanzolymp,  festival com 600 participantes de 30 países distintos. A Companhia recebeu o prêmio de 1° lugar em conjunto Dança contemporânea, apresentando três coreografias: Éramos cinco, em um 5×5, na Figueiredo Magalhães e Uma barata só faz verão, ambas coreografadas pelo Clébio Oliveira e Eu, Vós e Ele… coreografado por Juarez Moniz.

Em 2012, a Cia de Dança do Teatro Alberto Maranhão realizou sua 2ª viagem internacional, St. Gallen, na Suíça, onde foram apresentados três espetáculos: Rio cor de rosa, Solosparestrios e Palavras do Corpo. Na ocasião os bailarinos e a Diretora da CDTAM ministraram aulas de ballet clássico, dança contemporânea, jazz e dança de rua no Marcelo’s Move Dance School.

Outra conquista também no ano de 2013 foi a ida da bailarina Tatyelli Raulino a Nova York, onde recebeu uma bolsa de estudo para fazer aulas no The Ailey School. E a CDTAM segue colhendo os louros do trabalho árduo que faz, em que seus integrantes se dedicam de corpo e alma ao ofício da dança.

Ainda surpreendidos pela morte recente do professor Edson Claro (ocorrida no dia 31/10), profissional conceituado em todo o Brasil, um dos fundadores da Escola de Dança do TAM, a CDTAM em breve estreia coreografia inédita criada este ano pelo mestre. E claro, será uma grande homenagem àquele que soube transmitir, com tanta sabedoria, os passos da dança do RN.

Após 24 pênaltis, México elimina o Brasil do Mundial Sub-17

Brasil-Mexico-Sub-17-Foto-AFP_LANIMA20131101_0077_49Depois de uma interminável disputa de pênaltis, o Brasil está fora do Mundial Sub-17. O algoz foi o México, que venceu a Seleção por 11 a 10, depois de um empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, nesta sexta-feira, em Dubai, pelas quartas de final do torneio.

Qualificados para a semifinal, os mexicanos enfrentam o vencedor de Argentina e Costa do Marfim, que se enfrentam neste sábado.

O Brasil teve uma atuação abaixo do esperado durante o primeiro tempo. Foi difícil conseguir criar mediante a um adversário tão cauteloso e plantado na entrada da área. As jogadas pelo alto também não surtiram efeito.

Apenas nos últimos minutos, a Seleção conseguiu chegar com perigo. No entanto, a grande chance foi do México, quando Ochoa saiu na cara do gol, mas foi detido por uma grande defesa de Marcos.

O time verde-amarelo seguiu nervoso durante a segunda etapa e foi deixando o México gostar do jogo atá abrir um placar em falha coletiva da defesa. O esperto Ochoa aproveitou e colocou lá dentro.

Com as três alterações feitas, a equipe de Alexandre Gallo teve cerca um pouco mais de dez minutos para tentar o empate. E finalmente acordou. Nathan deixou tudo igual e por pouco Leo Pereira, com uma cabeçada na trave, não vira a partida.

Nos pênaltis, Gabigol e Mosquito pararam em duas defesas do goleiro Godiño. Marcos pegou uma cobrança, mas a vaga foi mexicana.

Lance

FOTO: Túnel com trilhos para o tráfico de drogas é fechado na fronteira México-EUA

1nov2013---policial-caminha-por-tunel-usado-para-traficar-drogas-de-tijuana-no-mexico-para-san-diego-eua-o-tunel-e-equipado-com-eletricidade-ventilacao-e-um-sistema-de-trilhos-autoridades-1383302390011_615x300Um túnel com eletricidade, ventilação e um sistema de trilhos criado para transportar drogas de Tijuana, no México, para San Diego, nos Estados Unidos, foi descoberto por autoridades americanas na quinta-feira (31).

Os policiais também apreenderam mais de oito toneladas de maconha e 148 quilos de cocaína, de acordo com documentos judiciais. Três suspeitos que as autoridades disseram que trabalhavam como motoristas dentro do túnel foram indiciados por posse de drogas e tráfico. Segundo a procuradora Laura Duffy, se condenados, os suspeitos podem pegar penas que variam de dez anos de detenção à prisão perpétua.

O túnel tem o tamanho de seis campos de futebol e conecta depósitos em Tijuana à área industrial de Otay Mesa, em San Diego. A passagem foi fechada antes que drogas fossem encontradas.

Como os Estados Unidos aumentaram a vigilância em terra, os cartéis de drogas mexicanos passaram a transportar entorpecentes em aeronaves ultraleves, pequenos barcos de pesca e túneis. Mais de 75 passagens subterrâneas foram descobertas ao longo da fronteira desde 2008, em grande parte projetadas para contrabandear maconha.

Os túneis estão concentrados ao longo da fronteira da Califórnia e Arizona. San Diego é uma das cidades com mais passagens porque seu solo argiloso é fácil de cavar.

O túnel encontrado na quinta-feira é a oitava maior passagem descoberta em San Diego desde 2006, período em que o cartel de Sinaloa no México se tornou a maior quadrilha de traficantes de drogas na região.

UOL

A vingadora: mulher estaria matando motoristas de ônibus acusados de estupro

diana-cazadora-retrato-040913_gde_0Poderia ser o roteiro de um filme ou uma piada de mau gosto, mas a personagem autointitulada “Diana, a caçadora de motoristas” virou alvo de investigação da promotoria de Chihuahua, no México, após a assassinato de dois motoristas de ônibus em Ciudad Juarez, na semana passada. Depois dos crimes, que ocorreram em 28 e 29 de agosto, motoristas da rota onde os colegas foram assassinados deixaram de trabalhar, de acordo com informações do site da emissora “Univisión”.

Em ambos os casos, testemunhas relataram que uma mulher era responsável pelos assassinatos. Um dia depois, a redação do “El Diario de Juarez” recebeu um e-mail da suposta assassina, que se identificava como “Diana, a caçadora de motoristas”, sugerindo que suas ações eram uma retaliação a violações cometidas por motoristas contra mulheres, muitas delas trabalhadoras noturnas de fábricas.

“Não podemos ficar em silêncio sobre esses atos que nos enchem de raiva; eu e minhas companheiras sofremos com o silêncio, mas não podemos nos calar mais, fomos vítimas de violência sexual por motoristas que cobrem o turno da noite aqui em Juarez e, apesar de que muitas pessoas sabem o que sofremos, não nos defendem nem fazem nada para nos proteger.

Neste sentido, a suposta autora anuncia sua vingança:

“É por isso que eu sou um instrumento que vingará várias mulheres que aparentam ser fracas, mas na realidade não somos, somos valentes, e se não nos respeitam, seremos respeitadas pelas nossas próprias mãos; as mulheres de Juarez são fortes”.

O comunicado chegou a vários meios de comunicação e ganhou interesse em todo o México e das redes sociais. O porta-voz da promotoria de Chihuahua, Carlos Gonzalez, afirmou por telefone na quarta-feira que a polícia estava rastreando o e-mail em busca da suspeita.

O Departamento de Justiça divulgou um retrato falado da suposta autora dos crimes a partir do testemunho de 20 pessoas. Na imagem, ela aparece com os cabelos presos, com idade entre 35 e 40 anos.

Desde 2007, o número de assassinatos e abusos contra mulheres em Ciudad Juarez aumentou no contexto da luta contra o tráfico de drogas.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos Augusto. // Brasil. // Rio de janeiro disse:

    Gostaria de arrumar um emprego no México me estabelecer por lá. Alguém de lá poderia me ajudar?

  2. Carlos Augusto. // Brasil. // Rio de janeiro disse:

    Sou do Brasil e gostaria de arrumar um emprego de motorista de ônibus e me estabelecer lá.

Copa das Confederações: Brasil tenta tirar pedra do sapato para seguir em alta em Fortaleza

Há uma pedra no meio do caminho da Seleção Brasileira na Copa das Confederações. O técnico Luiz Felipe Scolari já identificou e localizou o obstáculo, logo após a estreia com vitória por 3 a 0 sobre o Japão. “O México é a nossa pedra no sapato há algum tempo”, disse, de olho na possibilidade de aliviar os pés na partida desta quarta-feira, às 16 horas (de Brasília), no Castelão.

“O México vem oferecendo algumas dificuldades a mais do que nos confrontos que temos contra outras seleções. Eu mesmo fiz um jogo com eles em 2001, na Copa América, e perdi. Depois, por Portugal, ganhei por 2 a 0. Pode ser que eles tenham uma superação mental contra o Brasil, tentando provar que são superiores. Mas precisamos nos preocupar com o jogo de agora, que vale a classificação, e não com o passado”, comentou Felipão.

O treinador se referiu ao revés por 1 a 0 que teve na fase de grupos do torneio continental de 2001, quando a Seleção Brasileira também foi derrotada de forma marcante, por 2 a 0, pela inexpressiva Honduras. Só neste século, o Brasil enfrentou o México 11 vezes: ganhou apenas duas e perdeu seis, a último delas a decisão dos Jogos Olímpicos de Londres.

Todos os jogadores brasileiros remanescentes do time vice-campeão das Olimpíadas se pronunciam com respeito sobre o México. “O passado fala por si só, mas isso fica para trás agora. Também já tive a felicidade de ganhar deles”, rebateu o zagueiro David Luiz. “Sabemos que o México tem muita qualidade. Não ganhar aquela final em Londres foi muito frustrante para nós, brasileiros”, relembrou o atacante Hulk, ainda lamentando.

Desta vez, o México está tão (ou mais) pressionado quanto o Brasil em busca de um resultado positivo. Enquanto os anfitriões da Copa das Confederações bateram os japoneses na primeira rodada e saltaram para a liderança do grupo A, os norte-americanos foram derrotados pela Itália por 2 a 1, no Maracanã, e precisam se reabilitar para evitar a eliminação precoce.

“Será um grande jogo porque eles precisam da vitória”, previu Felipão, apesar de desconversar sobre a estratégia para aproveitar os espaços eventualmente oferecidos pelo time adversário. “Temos uma filosofia de jogo e devemos segui-la com o que achamos mais correto, mas, do outro lado, existem técnicos e jogadores com um trabalho montado para dificultar o nosso.”

Na tentativa de encontrar facilidades, Felipão repetirá mais uma vez a formação titular que utilizou nos dois últimos jogos da Seleção Brasileira. E com menor pressão até sobre o seu camisa 10, já que o astro Neymar marcou um belo gol contra o Japão, o primeiro da Copa das Confederações. “Ele vem se comportando como um atleta de equipe, o que é importante para nós. Pode jogar pelo meio, pela esquerda, sempre com liberdade, mas precisa cumprir uma função defensiva quando está sem a bola”, ponderou o técnico.

Pelo México, o técnico José Manuel de La Torre ainda não encontrou a mesma paz de que gozam Felipão e Neymar. Ele está incomodado com os problemas de seu time nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014 e também, é claro, na Copa das Confederações. “Mas a equipe está comprometida para retomar o caminho das vitórias. Há coisas a serem melhoradas, e trabalharemos para isso”, prometeu o goleiro Corona.

No tropeço por 2 a 1 para a Itália, De la Torre confessou ter orientado o seu time a jogar mais recuado para proteger Corona, aguardando os erros do adversário para contra-atacar. O sistema não funcionou, e o único gol mexicano saiu justamente quando Giovani dos Santos ‘desobedeceu’ o comandante e fez pressão na saída de bola, resultando no pênalti convertido por Chicharito Hernández.

“O fato de termos deixado o oponente com mais saída de jogo não quer dizer que jogamos na defensiva. Era uma questão de esperar e criamos chances assim”, justificou o técnico do México, que, mesmo com o cargo ameaçado, deverá repetir a estratégia contra o Brasil.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X MÉXICO

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 19 de junho de 2013, quarta-feira
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Howard Webb (Inglaterra)
Assistentes: Michael Mullarkey e Darrenn Cann (ambos da Inglaterra)

BRASIL: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Fred e Neymar
Técnico: Luiz Felipe Scolari

MÉXICO: Corona; Flores, Francisco Rodríguez, Héctor Moreno e Salcido; Torrado, Aquino, Guardado e Zavala; Giovani dos Santos e Chicharito Hernández
Técnico: José Manuel de la Torre

Da Gazeta Esportiva

Copa das Confederações: Itália vence México com gols de Pirlo e Balotelli

A Itália estreou na Copa das Confederações com o pé direito. Neste domingo, no Maracanã, a equipe europeia derrotou o México por 2 a 1 em sua primeira partida pelo Grupo A, contando com gols de Andrea Pirlo e Mario Balotelli, que foram bastante aplaudidos pela torcida carioca. O resultado é fundamental para as pretensões de classificação para os italianos, já que teoricamente disputam o primeiro lugar da chave com o Brasil.

O técnico Cesare Prandelli fez o esperado e escalou a Itália somente com Balotelli no ataque, reforçando seu meio de campo e o setor criativo. No primeiro tempo, a equipe esbarrou na jornada pouco inspirada de Giaccherini e Marchisio. Já os mexicanos confiaram em Giovanni dos Santos e Chicharito Hernández para o setor ofensivo.

Na próxima partida, a Itália tenta encaminhar sua vaga contra o Japão, que foi derrotado pela Seleção Brasileira no último sábado. A partida acontece na quarta-feira, às 19h. Mais cedo, às 16h, o México tenta manter viva a chance de classificação em confronto com o Brasil, que lidera o Grupo A por conta do saldo de gols.

A partida teve um início bastante movimentado, em que as equipes arriscavam chutes de fora da área para testar os goleiros adversários. Pelo lado italiano, Balotelli era quem mais tentava, mas sem sua melhor mira. Aos 10min, Guardado tentou o arremate e acertou o travessão italiano.

Acertar o alvo não foi problema para Pirlo. Aos 27min, o meio-campista cobrou falta da entrada da área e acertou o ângulo direito de Corona, que recuou os braços em vez de tentar espalmar a bola. A vantagem italiana, entretanto, não durou muito tempo. Aos 32min, Barzagli vacilou e derrubou Giovanni dos Santos na área. Chicharito foi para a cobrança e chutou firme no canto esquerdo.

Depois do intervalo, a Itália tomou controle do jogo e foi mais ao ataque. A defesa do México, entretanto, se postava bem e dava poucos espaços. Pirlo teve chance de ampliar em cobrança de falta aos 8min, em que a bola bateu na barreira e, no rebote, Montolivo chutou em cima de Corona. Pouco depois, o meio-campista bateu nova falta que passou perto da trave esquerda.

Famosa por sua defesa, a seleção italiana enfrentava problemas neste setor, cometendo erros que davam ao México a chance de ampliar. Aos 24min, Guardado alçou bola na área e Flores subiu sozinho, mas cabeceou para fora.

Quando a marcação mexicana deu espaço, entretanto, a Itália não perdoou. Aos 33min, Balotelli recebeu bola de Giaccherini e tocou na saída de Corona para marcar. O gol do centroavante garantiu a partida para os europeus, que passaram a jogar com mais calma. Deu tempo até para Prandelli substituir Balotelli por Gilardino, para que o atacante saísse ovacionado pelo Maracanã lotado.

Do Terra